Cultura

| Cinema

É consenso até entre os fãs mais apaixonados da Marvel que Thor (2011) e Thor: o Mundo Sombrio (2013) não estão entre os melhores filmes do MCU. Por conta disso, Thor: Ragnarok (2017) deu uma repaginada no herói, o tornando um personagem mais cômico. Com esse sucesso em mãos, a Marvel tinha um novo Deus do Trovão, que permaneceu engraçado em Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato.

Eis que o Thor descontraído, e sarado de novo, está de volta em Amor e Trovão, uma comédia tão comédia, que mais parece uma paródia. Assim como seu antecessor, o longa é dirigido por Taika Waititi, que também interpreta, mais uma vez, o personagem Korg.

##RECOMENDA##

Como visto em Vingadores: Ultimato, ele e Thor deixaram a Terra na companhia dos Guardiões da Galáxia para viver aventuras no espaço. Enquanto enfrenta uma série de ameaças menores ao lado dos amigos, Thor sofre de amor, pois não consegue esquecer Jane Foster (Natalie Portman), sua namorada no início da saga.

Em meio a isso, um novo vilão surge para tirar a paz, não só do nosso herói, mas de todos os seres divinos: Gorr, o Carniceiro dos Deuses. O antagonista tem um plano maléfico para acabar com todas as divindades do universo de uma vez só, o que o leva direto ao filho de Odin. 

Interpretado por Christian Bale, Gorr é um dos primeiros problemas do filme. Não que o ator tenha sido uma má escolha, pelo contrário, é que fica claro como ele foi desperdiçado. A motivação do personagem para odiar os deuses é bastante plausível e ganha força durante a história, mas a atuação de Bale, com o desenrolar do enredo, se resume a fazer caretas e trocar porrada. Fica a sensação que sua escalação para o papel foi só para estampar o nome no poster.

Mas Thor, como diz o título do filme, é sobre amor. E o fio condutor da trama é seu reencontro com Jane Foster, que deixa der ser a eterna mocinha em perigo para embarcar em uma aventura com o amado, sendo uma versão feminina do próprio herói, empunhando o Mjölnir e tudo mais.

A jornada dos dois, ao lado de Korg e Valquíria (Tessa Thompson), é permeada de romantismo. Apesar da forçada de barra de dar um ar cômico à Jane, podemos dizer que a química entre Portman e Chris Hemsworth funciona para o que o roteiro propõe. Até mesmo uma forte carga dramática é colocada aqui. Mas esse é o único ponto que pode ser tratado como eficaz.

O humor verborrágico, já presente em Ragnarok, não causa mais impacto, nem quando temos a presença dos Guardiões da Galáxia, precursores da Marvel nesse quesito. O público infanto juvenil, alvo direto desse tipo de produto, vai relevar tudo isso, pois o estúdio atingiu um status de adoração entre os fãs.

Admiradores mais antigos dos quadrinhos da Casa das Ideias, no entanto, terão dificuldades com o humor pastelão cada vez mais saturado e as ideias requentadas, sejam elas retiradas das páginas das HQs ou não. Thor: Amor e Trovão pode funcionar como um capítulo especial da vida amorosa do herói e causar empatia com os espectadores, mas não passa de uma paixão de verão. Logo, logo você esquece.

Nota: ★★☆☆☆

Thor: Amor e Trovão (Thor: Love and Thunder, 2022)

Elenco: Chris Hemsworth, Natalie Portman e Christian Bale

Direção: Taika Waititi

[@#video#@]

Taron Egerton, conhecido por seus papéis em “Kingsman” e “Rocketman”, admitiu ter se encontrado com o diretor geral da Marvel Studios, Kevin Feige, para assumir um papel no MCU. Em uma entrevista para o The New York Times, Taron deu a entender que o papel em que ele está em negociações é o de Wolverine, personagem que ficou muito conhecido com a atuação de Hugh Jackman.

“Eu não acho que seria errado dizer isso. Eu ficaria animado, mas também apreensivo, porque Hugh está tão associado ao papel que eu me pergunto se seria muito difícil para outra pessoa fazê-lo”, disse o ator. Apesar da pressão, Taron reafirmou sua vontade em assumir o papel: “Mas espero que, se acontecer, eles me deem uma chance”.

##RECOMENDA##

Após a aquisição da Fox pela Disney, a Marvel Studios tenta integrar os personagens do universo X-Men ( que já apareceram em filmes produzidos pela 20th Century Studios) no Universo Cinematográfico Marvel (MCU). Ainda não há qualquer sugestão de que Wolverine voltará ao MCU em breve, ainda que Doutor Estranho no Multiverso da Loucura trouxe Patrick Stewart de volta ao papel de Professor X.

 

“Papai é pop”, com Lázaro Ramos e Paolla Oliveira e dirigido por Caito Ortiz, ganhou seu primeiro trailer nesta segunda-feira (4). O longa conta a história do casal Tom e Elisa, que tem a rotina transformada depois do nascimento da filha. Tem estreia prevista para o dia 11 de agosto. 

O filme relata sobre a história de Tom (Lázaro) e Elisa (Paolla), que veem suas rotinas mudarem com o nascimento da filha, Laura (Malu Aloise). Enquanto Tom encara transformações na relação com a companheira e com a sua mãe, Gladys (Elisa Lucinda), que o criou sozinho, Elisa enfrenta as dificuldades da maternidade vivida com total dedicação.  

##RECOMENDA##

O longa é com o roteiro de Ricardo Hofstetter e inspirado no livro homônimo de Marcos Piangers. O elenco ainda conta com Dadá Coelho como Joana, melhor amiga de Elisa, e Leandro Ramos como Júlio, parceiro de vida e trabalho de Tom.  

 

O filme O Diabo Veste Prada faz o maior sucesso ainda nos tempos atuais e ele simplesmente se tornou um verdadeiro clássico das telonas. Anos depois e no aniversário de lançamento do filme, Anne Hathaway que era a Andrea Sachs na trama foi falar sobre o assunto nas redes sociais.

O filme chegou nas telonas em meados de 2006 e após 16 anos de seu lançamento, ele ainda dá o que falar.

##RECOMENDA##

A atriz aproveitou o momento para compartilhar algumas fotos da trama e se declarou na legenda da publicação escrevendo: "Minha roupa favorita revelada a Michael Kors! Feliz aniversário para O Diabo Veste Prada, com amor especial para o incrível Patrícia Field! Ela nos colocou nos trajes mais incríveis, icônicos e alegres que de alguma forma continuam servindo 16 anos depois. Isso é magia. Olhando para as fotos deste filme amado que moldou a vida e a carreira de tantos - inclusive a minha - fico impressionada com o fato de que as jovens personagens femininas deste filme construíram suas vidas e carreiras em um país que honrou seu direito de escolha sobre sua própria saúde reprodutiva. Vejo você na luta!"

[@#video#@]

Quem não sente saudades do ator e comediante Paulo Gustavo? Ele conquistou o coração dos brasileiros com os filmes da trilogia 'Minha mãe é uma peça' e sua morte trouxe um sentimento de luto para o país durante a pandemia da Covid-19 no ano de 2021. Mas, agora os fãs podem matar um pouquinho dessa saudade com uma obra póstuma lançada pela Prime Video.

A notícia foi anunciada pela própria plataforma de streaming nesta quinta-feira (30). O filme terá como base os materiais inéditos gravados durante a turnê de shows que o ator fez ao lado da mãe, Déa Lúcia. O documentário que recebe o nome 'Filho da mãe' retomará a trajetória de Paulo Gustavo na carreia artística com muito humor e emoção, como era característico do intérprete de Dona Hermínia.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

A narrativa contará também com depoimentos e entrevistas de amigos e familiares do ator, além de mostrar momentos da intimidade de Paulo Gustavo com a mãe e seu relacionamento com o marido, Thales Bretas.

O filme será uma jornada muito emocionante, mas também muito engraçada, assim como a vida e a obra de Paulo Gustavo, algo que todos os brasileiros e fãs ao redor do mundo terão o prazer de assistir, conta Malu Miranda, head de Conteúdo Original Brasileiro do Amazon Prime.

A data de estreia ainda não foi anunciada, mas os fãs já podem ficar esperançosos em reviver algumas memórias felizes na vida do ator que arrancou a risada de milhares pessoas pelo mundo.

O longa segue a história de origem de Buzz Lightyear, o personagem no qual o boneco astronauta de Toy Story (1995) é inspirado. Buzz e sua equipe foram abandonados em um planeta a 4,2 milhões de anos-luz da Terra e precisam encontrar um jeito de voltar para casa. Para isso, eles irão contar com a ajuda de um grupo de recrutas e um gato-robô.

Minions 2: A Origem de Gru - 30 de junho

##RECOMENDA##

Na década de 1970, Gru é um menino de 11 anos crescendo no subúrbio da cidade. Ele é fã do grupo de supervilões “Vicious 6” e deseja se juntar a eles. Quando o garoto conhece os minions, os seres amarelos o ajudam em suas primeiras missões, e ao lado dos inseparáveis Kevin, Stuart, Bob e Otto, Gru elabora um plano para participar dos Vicious 6.

Pluft, o Fantasminha - 21 de julho

Maribel foi sequestrada pelo pirata Perna-de-Pau, que busca o tesouro perdido do avô da menina. Enquanto espera pelo resgate dos marinheiros Sebastião, João e Juliano, a garota conhece o fantasma Pluft, que morre de medo de gente e os dois desenvolvem uma amizade improvável.

DC SuperPets - 28 de julho 

Após a Liga da Justiça ser capturada por Lex Luthor, Krypto, o cachorro do Superman recruta um time de animais com poderes para resgatar os heróis. Entre eles Ace, o Batcão; PB, a Poderosa Oinc;  Merton, a Tartaruga-Foguete; e Chip, O Esquilo. Baseado nas HQs da DC Comics.

 

Longe da carreira de atriz desde 2014, Cameron Diaz está escalada para o filme Back in Action, produção da Netflix. Ela atuará ao lado de Jamie Foxx, que revelou o retorno da colega em uma postagem no Twitter.

“Cameron, espero que você não esteja brava por eu ter gravado isso, mas sem volta agora. Cameron Diaz e eu estamos de volta à ação - nosso novo filme com a Netflix Produção começando ainda este ano!!

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Seth Gordon dirigirá a comédia de ação. Ele também assina o roteiro ao lado de Brandan O'Brien.

Após cerca de 30 anos adormecidas, as Irmãs Sanderson voltam à vida quando um  grupo de jovens as invocam. Quando as adolescentes percebem o estrago que as bruxas podem causar, elas fazem de tudo para complicar a vida das feiticeiras nos dias atuais e evitar o caos na cidade de Salém.

O novo grupo é protagonizado por Whitney Peak (Gossip Girl), Lilia Buckingham (Crown Lake), e Belissa Escobedo (American Horror Stories).

##RECOMENDA##

Com direção de Anne Fletcher, o elenco também conta com Froy Gutierrez, Hannah Waddingham e Tony Hale.

Veja o teaser: https://youtu.be/s3b7uG0sEdU

 

O assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, então herdeiro do Império Austro-Húngaro junto a sua esposa, duquesa Sophie, é considerado por historiadores como o episódio decisivo para que a Primeira Guerra Mundial tivesse seu início. A morte do nobre e figura importante da política europeia aconteceu em um atentado executado no dia 28 de junho de 1914, em Sarajevo, atual capital da Bósnia e Herzegovina, na época, província da Áustria-Hungria.

O assassinato foi planejado pelo ativista sérvio Gavrilo Princip, membro do grupo “Jovem Bósnia” (organizaçã que reunia sérvios, croatas e bósnios). O assassinato, segundo Gavrilo, serviria para causar o rompimento de provincias eslavas da Áustria-Hungria, para que posteriormente pudessem se reunir em uma Grande Sérvia, ou “Iugoslávia”.

##RECOMENDA##

Na matéria de hoje, conheça filmes que você pode assistir para entender melhor esse período da história, confira:

Nada de Novo no Front - Lewis Milestone (1930)

Um grupo de estudantes alemães é convencido por um professor excessivamente nacionalista a se alistar no Exército durante a Primeira Guerra Mundial. Ao testemunharem morte e mutilações, o heroísmo dá lugar aos horrores e às tragédias da guerra.

Lawrence da Arábia - David Lean (1962)

Graças ao seu conhecimento dos beduínos, o oficial britânico T.E. Lawrence é enviado à Arábia para encontrar o príncipe Faisal e servir de ligação entre árabes e ingleses na luta contra os turcos. Com a ajuda do nativo xerife Ali, Lawrence se rebela contra as ordens de seus superiores e enfrenta uma jornada através do deserto para atacar um porto turco bem protegido.

Glória Feita de Sangue - Stanley Kubrick (1957)

Durante a Primeira Guerra Mundial, o General Comandante Broulard ordena que seu subordinado, o general Mireau, ataque a trincheira alemã, oferecendo-lhe uma promoção como incentivo. Embora a missão seja imprudente ao ponto de suicídio, Mireau manda seu próprio subordinado, o coronel Dax, planejar o ataque. Quando o plano termina em desastre, o General Mireau exige a corte marcial de três soldados, aleatoriamente escolhidos para manter as aparências.

Eles Não Envelhecerão (Documentário) - Peter Jackson (2018)

Por mais que a Primeira Guerra Mundial tenha terminado há mais de 100 anos, ainda hoje existem diversos materiais capturados por câmeras que jamais foram liberados ao público. Junto a uma equipe de pesquisadores e restauradores, o cineasta Peter Jackson reuniu vídeos e trechos extremamente impactantes e fez uma remontagem através da perspectiva cronológica dos detalhes mais sórdidos e intimistas da época.

 

O novo filme de Tom Cruise, “Top Gun: Maverick” vem se mostrando um sucesso de bilheterias. O filme alcançou a marca de US$ 1 bilhão em arrecadamentos globais, tornando-se o longa de 2022 mais visto até agora, desbancando outros competidores como Batman e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

Segundo o portal Deadline, o lançamento do longa na Coreia do Sul, que ocorreu no dia 25 e com direito a presença do próprio Tom Cruise, pode ter impulsionado a nova leva de números. O longa está há um mês em cartaz e continua no topo das bilheterias dos Estados Unidos.

##RECOMENDA##

Além disso, o filme também é a maior bilheteria de toda a carreira de Tom Cruise, superando Missão Impossível - Efeito Fallout (2018), que arrecadou um total de US$ 800 milhões.

Top Gun: Maverick traz Tom Cruise de volta ao papel de Pete Maverick, 36 anos após sua última aparição em Top Gun: Ases Indomáveis. O longa conta com presenças de Jennifer Connelly, Miles Teller, Jon Hamm e Val Kilmer no elenco.

 

Wagner Maniçoba de Moura nasceu no interior da Bahia em 27 de junho de 1976, filho de um militar da Aeronáutica e de uma dona de casa. Começou a se dedicar para o teatro ainda na adolescência. Formou-se em Jornalismo, porém não atuou na profissão, dedicando-se à carreira artística. O Leia Já preparou um especial sobre a trajetória do artista, além de dicas dos seus principais filmes. Confira: 

Seu primeiro papel de destaque foi na peça de teatro “A Máquina”, em 2000. No mesmo ano, o ator participou de dois outros curtas. Sua estreia no cinema se deu no filme “Sabor da Paixão”, que trazia a famosa atriz espanhola Penélope Cruz no elenco.

##RECOMENDA##

Depois de participar em outros filmes como “Abril Despedaçado” (2001) e “As Três Marias” (2002), o ano de 2003 trouxe para o ator papéis que trariam destaque no  cinema.  No drama “Carandiru”, interpretou o presidiário Zico, além de participar de comédias como “Deus é Brasileiro, contracenando com Antônio Fagundes.

Em 2007, já estabelecido noo cinema, Wagner interpretou o polêmico Capitão Nascimento, no sucesso de bilheterias “Tropa de Elite”, de José Padilha. O filme obteve enorme repercussão dentro e fora do Brasil, sendo premiado com o Urso de Ouro como Melhor Filme no Festival de Berlim. Moura voltaria a interpretar Nascimento na continuação do longa, que bateria recordes de bilheteria no Brasil.

Após seus sucessos nacionais, foi sondado por produtores estrangeiros. Como principais papéis internacionais estão “Narcos”, produção da Netflix e Elysium (2013), em que contracenou com Matt Damon e Jodie Foster.

Tropa de Elite (2007)

Nascimento, capitão da Tropa de Elite do Rio de Janeiro, é designado para chefiar uma das equipes que tem como missão apaziguar o Morro do Turano. Ele precisa cumprir as ordens enquanto procura por um substituto para ficar em seu lugar. Em meio a um tiroteio, Nascimento e sua equipe resgatam Neto e Matias, dois aspirantes a oficiais da PM. Ansiosos para entrar em ação e impressionados com a eficiência de seus salvadores, os dois se candidatam ao curso de formação da Tropa de Elite.

Ó Paí, Ó (2007)

Em um animado cortiço do centro histórico do Pelourinho, em Salvador, tudo é compartilhado pelos seus moradores, especialmente a paixão pelo Carnaval e a antipatia pela síndica do prédio, Dona Joana. Todos tentam encontrar um lugar nos últimos dias do Carnaval, seja trabalhando ou brincando. Incomodada com a farra dos condôminos, Dona Joana decide puni-los, cortando o fornecimento de água do prédio.

Elysium (2013)

No ano de 2154, os mais ricos vivem em uma estação espacial enquanto o resto da população mora em uma Terra arruinada. Um homem assume a missão de tentar trazer igualdade aos mundos polarizados.

Praia do Futuro (2014)

Donato trabalha como salva-vidas, e seu irmão caçula tem grande admiração por ele, devido à coragem demonstrada ao se atirar no mar para resgatar desconhecidos. Um deles é Konrad, um alemão de olhos azuis que muda por completo a vida de Donato após ser salvo por ele. É quando Ayrton, querendo reencontrar o irmão, parte para Berlim.

Marighella (2021)

Comandando um grupo de jovens guerrilheiros, Marighella tenta divulgar sua luta contra a ditadura para o povo brasileiro, mas a censura descredita a revolução. Seu principal opositor é Lúcio, policial que o rotula como inimigo público. 

Nesta quarta-feira (22), a Paramount Pictures liberou nas redes sociais o trailer do filme Sorria. A produção de terror conta a história da médica Rose Cotter, interpretada pela atriz Sosie Bacon, que passa a presenciar situações misteriosas durante encontros com seus pacientes.

As pessoas que ficam cara a cara com Rose são surpreendidas por um ser aterrorizante, que deixam estampadas no rosto delas um sorriso para lá de intrigante, ocasionando uma série de mortes. Para dar um basta nos momentos assustadores, a profissional de saúde vai ter que buscar ajuda para solucionar os problemas dos seus pacientes e também de pessoas bem próximas.

##RECOMENDA##

Dirigido e roteirizado por Parker Finn, o filme está previsto para estrear nos cinemas em 29 de setembro. Além de Sosie Bacon, o longa-metragem tem atuações de Jessie T. Usher, Kyle Gallner, Rob Morgan, Kal Penn, Robin Weigert e Caitlin Stasey.

Confira ao trailer de Sorria:

Thor: Amor e Trovão”, novo longa do super-herói da Marvel, começa a pré-venda dos ingressos no Brasil nesta quinta-feira (23). Através de sites de ingressos e bilheterias, será possível garantir a sua entrada para as primeiras sessões de exibição do longa.

De acordo com Taika Waititi, diretor e produtor do longa, o filme terá como temas principais o amor (explícito no título), além de um conflito existencial do protagonista, algo como uma “crise da meia-idade” de um dos deuses mais poderosos do panteão nórdico.

##RECOMENDA##

Além de revisitar os Guardiões da Galáxia, como Peter Quill (Chris Pratt), Mantis (Pom Klementieff) e Drax (Dave Bautista), o longa contará novamente com Natalie Portman, na pele da “Poderosa Thor”. Russel Crowe voltará ao papel de Zeus, e Christian Bale interpretará o papel de vilão, na pele de Gorr.

Gorr, nos quadrinhos, habitava um planeta no qual todos compartilhavam de uma fé inabalável nos deuses. Porém, quando ele perde toda sua família de forma trágica, percebe a desgraça e omissão das divindades em relação ao seu destino, jurando vingança contra cada uma delas.

No Brasil, a estreia do longa acontece no dia 07 de julho, exclusivamente nos cinemas. 

O astro de Hollywood Ben Stiller se reuniu nesta segunda-feira com o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, a quem chamou de herói.

"É uma grande honra para mim. Você é meu herói", disse Stiller, embaixador da Boa Vontade da ONU, que se reuniu com o líder ucraniano por ocasião do Dia Mundial dos Refugiados.

##RECOMENDA##

"O que você fez, a forma como uniu seu país, o mundo, é realmente inspiradora", disse o comediante americano, 56 anos, referindo-se aos discursos de Zelensky para levantar o moral dos ucranianos e pedir apoio ao restante do mundo frente à invasão russa.

As imagens do encontro foram divulgadas pelo gabinete de Zelensky, que, antes de entrar na política, ficou conhecido como ator ao interpretar o presidente da Ucrânia em uma série de comédia. Antes, Stiller visitou Irpin, cenário de intensas batalhas na periferia de Kiev e posição mais próxima da capital que chegou a ser tomada pela Rússia.

Zelensky agradeceu Stiller por sua visita e ressaltou a importância da mesma. "É muito importante para nós que as pessoas não se esqueçam. Não é interessante falar sobre a guerra todos os dias, mas, para nós, é muito importante", assinalou.

A série do universo Star Wars “Obi-Wan Kenobi” ainda não terminou, porém, as especulações sobre a segunda temporada continuam. Na noite deste domingo (19), o roteirista Joby Harold comentou sobre a questão. A série foi inicialmente criada para o formato de minissérie, com o sexto episódio chegando nesta semana à Disney+.

Apesar de não haver nenhuma confirmação sobre planos de uma segunda temporada, as perguntas sobre a sequência tomaram as redes sociais, principalmente depois de “Obi-Wan Kenobi” ter a melhor estreia da história do serviço de streaming Disney+.

##RECOMENDA##

“Além de ser perguntado sobre isto constantemente, eu venho pensando sobre isso por tanto tempo como uma história fechada que a minha mente está tão focada nisto como uma minissérie, que eu não pensei além dela,” comentou o roteirista principal de “Obi-Wan Kenobi”, Joby Harold, ao podcast do Deadline. “Mas ele é um grande personagem, todos eles são personagens incríveis”.

Apesar dos comentários, Joby não indicou muitas informações em relação ao potencial futuro da série. Existem especulações que o sucesso da série pode motivar uma segunda temporada, além do próprio Ewan McGregor já ter comentado que gostaria de voltar a interpretar o personagem na sequência.

Obi-Wan Kenobi está disponível na Disney+ e o último episódio chega à plataforma esta semana.

Steven Spielberg é considerado um ícone do cinema. Para muitos fãs apaixonados, o diretor é uma lenda viva da cinematografia, indicado sete vezes ao Oscar de Melhor Direção. Spielberg fez sua primeira aparição no cenário internacional com o filme Tubarão, de 1975. Além disso, também é produtor de icônicas obras como De Volta para o Futuro, Os Goonies, Poltergeist, entre outras.

Os filmes de Spielberg apresentam ao espectador uma imersão orgânica, misturando narrativa e linguagem de uma maneira sólida e eficiente, capaz de entreter os mais diversos públicos. Desde "Transformers" (filme do qual é produtor executivo), até títulos mais profundos e densos, como "A Lista de Schindler".

##RECOMENDA##

Confira a seguir cinco títulos icônicos de Steven Spielberg para revisitar a obra do diretor:

Minority Report: a Nova Lei

Lançado em um momento na qual a tecnologia ganhava mais e mais espaço na estética dos filmes, essa ficção científica, baseada em um conto de Philip K. Dick. Enquanto alguns construíam seus trabalhos a partir dos aparatos computacionais, Spielberg sempre confiou na história, utilizando-se do restante como elementos operários.

Minority Report é daqueles filmes em que estar grudado com os olhos na tela é fácil, passa rápido e é recompensador. Este filme está no panteão de clássicos do sci-fi.

O resgate do Soldado Ryan

ET: O Extraterrestre

Na história um menino reúne coragem para ajudar um alienígena amigável a escapar da Terra e retornar ao seu planeta. Aqui, Spielberg traz a visão de uma criança até mesmo em suas escolhas de planos, revelando sempre o mundo por um olhar em contra-plongée (de baixo para cima).

Além disso, enquanto alguns filmes fazem pensar, outros são uma experiência sensorial e alguns promovem distração por meio do entretenimento, esse reúne tudo e demonstra claramente o quanto o cinema de Spielberg é completo.

Tubarão

Tubarão é um clássico que parece sempre atual. Foi o sexto trabalho de Spielberg em um longa-metragem, um filme já  entregava todo o estilo entertainer do diretor de forma completa. Aliado aos seus sempre sugestivos comentários sociais e à sua competência artística, o filme (que de todos desta lista teve a produção mais complicada) acabou de alguma forma criando ou redefinindo o conceito de blockbuster.

Além de tudo, a composição de John Williams para a trilha sonora é das mais emblemáticas da história: um intervalo simples, entre duas notas, substitui a aparição do tubarão durante mais de dois terços das pouco mais de duas horas de duração. Sabemos que o bicho está presente e quem indica isso é a música. Tubarão é um clássico, um trabalho que moldou o cinema em mais de uma camada.

A Lista de Schindler

Spielberg é judeu e seus pensamentos religiosos sempre estiveram em suas obras, por mais que em caráter implícito. A Lista de Schindler é, portanto, o seu filme mais pessoal, no qual ele se utiliza do conhecimento e da experiência  adquiridos durante mais de três décadas de carreira para alimentar um filme que é sensível e, ao mesmo tempo, duro.

A Lista de Schindler constrói informações sobre o Holocausto, mas não o explica. Isso porque, para o trabalho de Spielberg, é inexplicável como um genocídio como tal foi praticado. Acontece que o filme, a partir dessa sensação, também está alcançando uma relação extrafilme, visto que a prática do genocídio é, infelizmente e dolorosamente, um lugar-comum na história humana.

O diretor e roteirista de cinema canadense Paul Haggis, vencedor de vários Oscars, foi detido no sul da Itália por suspeita de agressão sexual qualificada, informaram agências de notícias italianas neste domingo, citando promotores locais.

O diretor e roteirista é "suspeito dos crimes de agressão sexual qualificada e lesão corporal, crimes cometidos sobre uma jovem estrangeira", segundo as agências ANSA e AGI, citando uma nota escrita pelos promotores de Brindisi.

##RECOMENDA##

Haggis, de 69 anos, que escreveu e produziu o filme vencedor do Oscar "Crash", seria a atração principal do festival de cinema "Allora Fest", que começa na terça-feira na cidade de Ostuni, na província de Brindisi.

A vítima estava hospedada na casa de Haggis antes do festival, segundo os promotores.

"O suspeito supostamente forçou a jovem, que ele conhecia há algum tempo, a ter relações sexuais", escreveram.

Após um dos encontros, a mulher foi "forçada a procurar atendimento médico", escreveram.

A AFP enviou uma mensagem de voz e e-mail para um dos advogados de Haggis, mas ainda não houve resposta.

Carla Diaz foi às redes sociais para contar uma novidade. A jovem contou aos fãs que está indicada ao CCXP Awards pelo seu trabalho nos filmes A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais, nos quais interpretou Suzane von Richthofen. Em sua postagem, a também ex-participante do Big Brother Brasil celebrou a notícia.

"Simplesmente concorrendo com atrizes maravilhosas, dentre elas Fernanda Montenegro. Quando que eu iria imaginar isso? Com certeza já é a realização de um sonho apenas pela indicação", disse. Assim que fez a publicação, Carla Diaz recebeu uma chuva de mensagens carinhosas dos internautas e também de famosos como Marcos Veras e Mel Fronckowiak.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

A entrega dos prêmios do CCXP Awards acontecerá em 15 de julho, em São Paulo. Ao todo o evento contará com 36 prêmios, entre eles melhor filme, melhor série, melhor ator, melhor desenhista e melhor quadrinho.

O cinema feito no Brasil já passou por diversas fases e hoje conta com produções de qualidade e público crescente. O dia 19 de junho foi escolhido para render-lhe homenagem

O cinema brasileiro já atravessou diversas fases. A chanchada, na década de 1930; o 'Cinema Novo', nos anos 1950; a pornochanchada nos 1970; e uma espécie de renascimento, na chegada dos 1990, com o 'Cinema de Retomada'. De lá para cá, a produção nacional vem crescendo, resistindo às dificuldades e crises e mostrando o potencial do país na sétima arte. 

##RECOMENDA##

O dia 19 de junho é dedicado a celebrar esta arte nacional. O Dia do Cinema Brasileiro foi escolhido nesta data pois foi quando, em 1898, foram registradas as primeiras imagens, em solo nacional, com um cinematógrafo. Para celebrar, que tal conhecer alguns dos filmes brasileiros mais assistidos nos últimos tempos? Confira.

Os Dez Mandamentos (2016) - 11, 216 milhões de espectadores

Tropa de Elite (2010) - 10.736.995 de público

Dona Flor e Seus Dois Maridos (1977) - 10.735.524 espectadores

Minha Mãe é uma Peça 2 (2016) - 8,8 milhões de espectadores

A Dama do Lotação (1978) - 6.509.134 de público 

Se eu fosse você 2 (2009) - 6.112.851 de espectadores

O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão (1977) - 5.786.226 de público

2 Filhos de Francisco (2005) - 5.319.677 de pessoas

Nada a Perder (2018) - 11.285.248 de espectadores



 

Recentemente, Kevin Spacey foi intimado a comparecer ao Tribunal de Magistrados de Westminster, no Reino Unido, para enfrentar as acusações que sofreu de crime sexual.

Segundo o New York Post, o ator compareceu ao local nesta quinta-feira, dia 16, e após seu advogado, Patrick Gibbs, negar veemente as acusações, Spacey recebeu a chance de fiança.

##RECOMENDA##

- O senhor Spacey nega veemente qualquer e toda a criminalidade neste caso.

A audiência durou cerca de 30 minutos e o próximo passo é o juiz solicitar uma defesa formal, que acontecerá na próxima audiência, marcada para o dia 14. Enquanto isso, ele possui a fiança. Segundo a Vanity Fair, a justificativa, como pediu seu advocado, era para que deste modo o ator pudesse circular livremente entre as datas das audiências, podendo buscar empregos como ator e cuidar de seu cachorro.

- Ele deveria ficar encarcerado em seu apartamento em Londres, sem poder trabalhar, sem poder ver a família ou participar de audições para trabalho? Neste ramo ele precisa das audições, trabalhar requer que ele vá à reuniões e encontrar cara a cara com escritores, diretores, e agentes.

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando