Cultura

| Moda

A modelo pernambucana Domitila Barros é uma das 40 finalistas do Miss Alemanha 2021/2022. Ela enfrenta, agora, a terceira fase da disputa, que será decidida no último final de semana deste mês de  novembro. A grande final do concurso está prevista para acontecer em fevereiro de 2022.

Para além do visual das candidatas, o Miss Alemanha busca uma representante não só da beleza feminina mas também de autenticidade, diversidade e tolerância. A primeira fase do concurso contou com 160 modelos que passaram pelo voto popular para seguirem adiante na disputa. 

##RECOMENDA##

A pernambucana topou concorrer ao título por identificar-se com as premissas do concurso. Saída da comunidade da Linha do Tiro, na periferia da capital de Pernambuco, ela hoje atua como atriz, empreendedora social, cantora, compositora e influenciadora ambiental (greenfluencer). Além de gerir uma marca de moda sustentável, a She Is From The Jungle (Ela é da Selva, em tradução livre), ela também continua a trabalhar, mesmo que à distância, na ONG Centro de Atendimento a Meninos e Meninas (CAMM), fundada por sua mãe há mais de 30 anos na Zona Norte do Recife. 

Nesta quinta-feira (18), Mônica Martelli usou as redes sociais para falar de sua participação no São Paulo Fashion Week. A atriz e apresentadora vibrou ao marcar presença nas passarelas no evento de moda, representando a grife Lilly Sarti. "Ontem foi minha estreia desfilando no São Paulo Fashion Week para a Lilly Sarti", escreveu ela, na legenda da publicação.

"Que saudade estava dessa adrenalina de esperar para 'entrar em cena'. [...] Foi tudo incrível", finalizou. Assim que falou da emoção do desfile, Mônica colecionou mensagens carinhosas dos fãs e de famosas como Astrid Fontenelle, Tatá Werneck, Fabiana Karla, Mayana Neiva, Daniella Sarahyba e Alexia Dechamps.

##RECOMENDA##

Pouco antes de desfilar para a marca, Mônica Martelli falou sobre a experiência no SPFW. "Conquistei muitas coisas na minha vida graças ao trabalho. Escrevo peças, faço filmes, apresento programa de TV e sempre rodei o Brasil lotando teatros. Desfilar será mais uma experiência que tenho certeza que me trará muita alegria. Sou fã da moda e acredito… A passarela é um palco", disse, em entrevista ao Gshow.

[@#video#@]

O Shopping Patteo Olinda promove, desta quinta-feira (21) até domingo (24), a última edição deste ano do Brechó dos Bloggers, evento solidário que reúne roupas e acessórios de influenciadores convidados com preços a partir de R$10 e parte da renda revertida para projetos sociais. O Instituto Juventude Criativa, que atua em diversas comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica no município de São Lourenço da Mata, será o beneficiado deste mês.

A loja pop-up, que recebe diariamente, durante o evento, novas peças como roupas, sapatos e acessórios para reposição, tanto para o público feminino quanto para o masculino, está localizada no piso L1 do Patteo Olinda. O horário de funcionamento é das 13h às 22h na quinta e sexta-feira, e das 13h às 21h no sábado e domingo. A entrada é gratuita. O Shopping Patteo Olinda fica na Rua Carmelita Soares Muniz de Araújo, nº 225, em Casa Caiada.

##RECOMENDA##

Sobre o Instituto Juventude Criativa

Fundado em 2015 por um grupo de jovens do município de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, o Instituto Juventude Criativa promove e apoia ações que incentivam o desenvolvimento cultural, econômico, social, esportivo e ambiental das comunidades inseridas no projeto, fortalecendo a cidadania e melhorando a qualidade de vida das crianças, jovens e adultos atendidos. Mais informações sobre a instituição estão disponíveis na página oficial no Instagram.

*Da assessoria

[@#galeria#@]

A professora, criadora e pesquisadora Yorrana Maia está apresentando um novo método para a criação de coleções autorais de moda no “MODA-C: o novo MÉTODO 5C para dominar o processo de criação de coleções”. O lançamento será nesta quinta-feira (14), no Instagram, às 19 horas, e também presencialmente na sexta-feira (15), na Casa NaMata, em Belém, a partir das 17 horas.

##RECOMENDA##

A obra, contemplada pela Lei Aldir Blanc de Moda e Design do Pará, carrega um conjunto de conteúdos ministrados em sala de aula por Yorrana no curso de Moda da UNAMA - Universidade da Amazônia, sobre Criatividade, Pesquisa e Criação de Moda, Pesquisa de Tendências e Consumo de Moda e Planejamento e Desenvolvimento de Coleção.

A professora revela que sempre teve vontade de escrever um livro, e que se sentiu preparada para organizar um passo a passo e um método que surgisse a partir das disciplinas. “Para mim foi uma experiência única, como se eu estivesse de fato fechando um ciclo superimportante dentro da minha carreira, ensinando moda há 12 anos”, conta.

Segundo Yorrana, a principal proposta do livro foi criar um método para que as pessoas que pensam em construir uma coleção possam ter esses processos de construção, criação, planejamento e coleção organizados passo a passo. “Muita coisa eu fui melhorando dentro desses meus processos até chegar nesse método que organiza esse conteúdo”, complementa.

A professora conta que chegou ao método por meio de estudos e pesquisas. “É uma compilação que traz esse meu olhar, tanto teórico como pesquisadora, quanto o prático de sala de aula, através de ferramentas que eu acredito que funcionem para uma pessoa que pretende desenvolver coleções de moda autorais”, afirma.

Yorrana ressalta que aprendeu bastante durante o processo de criação do livro, que ela acredita ser o resultado de uma maturidade ao longo de sua trajetória. Para ela, o grande aprendizado gerado pela organização da obra foi a conexão entre a criação, a comercialização, a técnica e a comunicação, principalmente no meio digital – aspectos necessários para o mercado da moda.

Yorrana fala sobre a complexidade do segmento. Ela acredita que um criador tem mais chances de ter uma marca bem-sucedida e viver da moda quando ele consegue ter uma visão sistêmica. “O meu sonho sempre é que os meus alunos e as pessoas com as quais o trabalho, a quem eu presto mentoria, possam viver do seu sonho de fazer moda e de ter as suas marcas”, reitera.

A professora afirma que o livro contribui para o mundo da moda por trazer essa metodologia de planejamento de coleção – baseada em cinco pilares: consciência, contexto, coleção, confecção e comercialização – considerando que ela não é encontrada de maneira ampla. Yorrana destaca que a proposta é oferecer uma visão com estratégias que podem tornar as marcas mais assertivas, com mais consciência e coerência no mercado.

“Quando a marca tem essa clareza, em todos esses pilares, ela consegue gerar uma conexão maior com os clientes. É a conexão que vai fazer com que os clientes tenham o desejo de consumir os produtos”, conclui.

Por Isabella Cordeiro.

Na noite do último domingo (10), Santa Catarina conheceu a primeira mulher negra a vencer seu concurso regional do Miss Universo. Bruna da Silva Valim, de 27 anos, representante do município Otacílio Costa, foi a candidata coroada e vai representar o Estado na etapa nacional do concurso, em novembro deste ano. 

Bruna é modelo, atriz e, atualmente, trabalha em uma startup de educação financeira em Itapema, no Vale do Itajaí. Ela já havia participado de outros concursos de Miss e chegou a ficar em segundo lugar no Miss Universo Santa Catarina 2020, realizado em agosto de 2019, em Balneário Camboriú.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Pelo Instagram, a modelo celebrou a vitória e falou sobre as dificuldades de chegar até ali. “A jornada até o Miss Universo Santa Catarina teve momentos solitários, em que me encontrava longe de quem sempre esteve perto em momentos tão importantes. Um dia antes, arrumando tudo sozinha, chorei muito sentindo o peso dos momentos solitários e de outras dificuldades. Meu coração está cheio de alegria, Deus ouviu as preces da menina Bruna, que sonhou a vida inteira com esse momento”. 

O Miss Alemanha 2021/2022 começou. Mas, o que isso tem a ver com nós brasileiros, sobretudo, os pernambucanos? Explicamos: entre as 160 candidatas que disputam uma vaga na primeira fase do concurso está Domitila Barros, modelo nascida e criada na periferia do Recife, na comunidade da Linha do Tiro, que há cerca de 15 anos vive e trabalha no país europeu. Após conseguir entrar na disputa, ela tem feito uma verdadeira campanha, através de suas redes sociais, chamando os conterrâneos para participar da votação popular do evento, que pode garantir sua passagem para a próxima etapa da seleção. 

Além de modelo, Domitila é atriz, empreendedora social, cantora, compositora e influenciadora ambiental (greenfluencer). Ela é criadora de uma marca de moda sustentável, a She Is From The Jungle (Ela é da Selva, em tradução livre) e, à distância continua a trabalhar na ONG Centro de Atendimento a Meninos e Meninas (CAMM), fundada por sua mãe há mais de 30 anos na sua comunidade, Linha do Tiro, localizada na Zona Norte do Recife. 

##RECOMENDA##

O currículo da brasileira deu ‘match’ com a premissa do Miss Alemanha, que prioriza os feitos das candidatas à sua beleza física. O concurso busca mulheres que estão atuando de forma positiva na sociedade e que possam servir de inspiração para transformar a realidade a partir de suas narrativas e exemplos. Em seu Instagram, a pernambucana disse o motivo de ter entrado na disputa. “Eles estão procurando uma mulher que seja referência, uma mulher que esteja tentando mudar o mundo positivamente com atitude e diversidade. Eu super me identifiquei, me candidatei e foi tudo muito rápido”. 

Agora, Domi, como é chamada pelos amigos, está entre 160 candidatas que buscam pelo voto popular para conseguirem uma vaga na próxima etapa da seleção. “Desde que as eleições virtuais começaram, eu não durmo. É uma agonia porque eu sou atacada. Mas estou muito feliz, estou muito grata por cada um que está votando”, brincou a brasileira em um vídeo de seus stories.

Domitila já alcançou três pontos na votação popular e precisa totalizar cinco para ficar entre as 80 candidatas que seguirão na disputa. A votação ficará aberta, no site oficial do concurso, até a próxima segunda (18), às 9h (horário do Brasil). A grande final do Miss Alemanha acontece em 19 de fevereiro de 2022, quando a vencedora receberá a faixa e a coroa. 

Para votar, é preciso selecionar os cinco símbolos amarelos. Imagem: Reprodução
 

A Semana da Moda de Paris ocorre desde 28 de setembro de 2021. As maiores marcas e grifes do segmento estão presentes neste evento. Uma delas, a grife Balenciaga, decidiu inovar em seu desfile e apresentou sua coleção de primavera-verão com os personagens dos Simpsons,

Realizada no sábado (2), a apresentação da Balenciaga ocorreu em dois atos: no primeiro, um curta-metragem de dez minutos foi exibido, e nele, a família Simpsons desfilava com as roupas da grife em Paris:

##RECOMENDA##

[@#video#@]

No próximo ato, uma live foi iniciada de um tapete vermelho por onde passaram famosos da moda, esporte e entretenimento, mas sem modelos. Entre as personalidades do vídeo estavam Lewis Hamilton, Elliot Page, Isabelle Huppert e o rapper Offset.

Um dia, preveem os defensores da moda digital, as pessoas poderão passear por enormes armazéns virtuais, escolher roupas de cores, ou designs, impossíveis, comprá-las e vesti-las instantaneamente, jogá-las fora e começar de novo.

Um sonho para os fãs, mas talvez um pesadelo para os fabricantes.

##RECOMENDA##

A moda digital é um fantasma que ronda as passarelas da Fashion Week de Paris, um desafio evocado com muita cautela pelas casas de alta-costura, mas que ferve nas redes sociais e entre os mais jovens.

A pandemia da Covid-19 significou o influxo de transmissões de coleções sem público, inclusive da moda virtual, com roupas que se moviam no vazio, para substituir a magia da passarela ao vivo.

A Semana de Moda de Paris, que termina nesta terça-feira (6), confirmou que esta tendência híbrida veio para ficar.

Mas o confinamento mundial trouxe outro fenômeno que ameaça desestruturar completamente o setor do luxo: as criações para serem usadas exclusivamente nas redes, ou em videogames.

Roupas futuristas, encomendadas a criadores muito jovens, a partir de fotos de corpo inteiro. Os preços vão de algumas dezenas de euros, dólares, ou bitcoins, até milhares, se o cliente quiser exclusividade mundial, guardar em uma carteira digital, graças aos NFTs, os "tokens não fungíveis".

E, no caso dos mais ousades, roupas para vestir a "skin" (pele) de seu avatar favorito, sem precisar revelar sua identidade.

Um mundo repleto de imagens sintéticas, de pessoas com grossos óculos escuros, que se movem ou gesticulam dependendo do que surge nesse "metaverso" paralelo, narrado pelo diretor Steven Spielberg em seu filme "Jogador n. 1" (2018).

- Uma roupa de luz -

"Nós acreditamos totalmente na ausência de fisicalidade. E a moda é, acima de tudo, uma experiência. Não precisamos necessariamente experimentar de forma física a emoção de usar uma roupa fabulosa", explicou assessora de imprensa da empresa da firma digital holandesa The Fabricant, Michaela Larosse, em entrevista por Zoom à AFP.

Com vários artistas gráficos e designers, The Fabricant começou a criar roupas digitais em 2018. Mas foi com a pandemia e com o confinamento que seu faturamento "disparou", afirma Larosse.

The Fabricant tem relações com marcas conhecidas, como Puma, ou Tommy Hillfiger. Desenham suas roupas em três dimensões, o que ajuda a reduzir os custos de produção.

Mas a proposta desta empresa recém-nascida vai muito muito além, e passa pelo "metaverso", que é "uma coleção de universos virtuais", reflete Larosse.

Equipado com sua identidade virtual e seus óculos, o cliente poderá falar com dependentes que também serão virtuais. Será possível comprar, ou revender suas roupas, seu NFT, para outro consumidor, instantaneamente.

Tudo isso sem necessidade de usar matéria-prima, nem de fabricar, nem de emitir CO2, a grande obsessão de alguns jovens, lembra Larosse.

"Se você pensar nisso como uma expressão de identidade, todos nós vamos fazer isso de alguma maneira. E, se você escolher ficar nu, também não tem problema", explica ela.

"Ou talvez você escolha uma roupa de luz, ou use um chapéu de fumaça", acrescenta.

Isso implica imperiosamente ter uma identidade digital.

"Pessoas com menos de 20 anos não se lembram de um mundo não digital", ressalta Larosse.

- Silêncio das grandes marcas -

Para as grandes marcas de luxo, porém, que baseiam sua identidade no artesanato, no cuidado extremo com a matéria-prima, este desafio implica uma mudança radical.

Três grandes marcas de luxo que voltaram com orgulho às passarelas de Paris esta semana se recusaram a explicar seus planos no "metaverso", ao serem questionadas pela AFP.

No entanto, esses planos existem. Como no caso de Balenciaga, que fez uma incursão no popular videogame Fortnite, propondo roupas e tênis para mais de 250 milhões de jogadores.

O francês Jean-Paul Gaultier, que quebrou os moldes da moda, disse à AFP que não está mais interessado.

"Estou muito feliz com minha aventura. Eu sou muito tátil. No fim das contas, criar uma roupa virtual é outro trabalho. É quase como fazer um filme. E não me interesso por videogames", explicou.

Que preço um cliente está disposto a pagar por uma roupa digital de uma grande marca? O mercado é muito recente para se ter uma resposta, reconhecem os pioneiros.

Fundada há apenas um ano em San Francisco, a DressX optou por adotar a linha de empresas como o Spotify, ou a Netflix.

Por meio de seu aplicativo, por um preço inferior a dez dólares por mês, propõem centenas de vestidos, joias digitais, obras de arte, explicou uma das duas fundadoras, Daria Shapovalova, à AFP, por videoconferência.

Há problemas a serem resolvidos, admite sua sócia, Natalia Modenova.

"Existem problemas de compatibilidade. Quando você está no mundo real, você pode ir para todo o lugar com sua roupa, mas não no metaverso", acrescenta.

Mas é o futuro, elas insistem.

"É como o início da Internet: algumas marcas relutavam a pôr seus produtos à venda on-line", lembra Shapovalova. Mas, "quanto mais cedo você se posicionar, melhor".

A representante de Sairé, Millena Vas, foi coroada Miss Universo Pernambuco 2021, em cerimônia realizada na noite de ontem, no Hotel Bristol Recife Hotel & Convention, em Boa Viagem. A jovem de 24 anos e 1,75 de altura é modelo internacional e digital influencer. Ela concorreu com outras dez candidatas de cidades do Litoral ao Sertão do Estado.

No meio de meninas lindas e com tanto conteúdo eu ter sido escolhida é uma honra. Foi Deus que me designou para esse caminho e eu vou fazer por merecer esse título a cada momento", declarou, logo após o anúncio da coroação. O título de Miss Universo Pernambuco representa para a vencedora a continuação de um legado deixado por sua mãe, Maria Elizabete, que participou do concurso, em 1991.

##RECOMENDA##

Millena é idealizadora de alguns projetos como o InStars, escola que ensina mulheres a ganharem dinheiro no Instagram como influencers, e o Movimento Conexão (eventos que incentivam a vida saudável nas pessoas em contato com a natureza). "O Movimento surgiu por conta do impacto causado pela pandemia. Quero espalhar essa semente espalhar para Pernambuco o máximo que puder", destacou.

[@#galeria#@]

A solenidade, conduzida por Marcos Salles e Wilma Gomes, contou com a presença de Lia de Itamaracá e outras personalidades importantes na plateia, além das torcidas das candidatas. O corpo de jurados foi formado pelo colunista social do Diário de Pernambuco, João Alberto, o cirurgião plástico Gustavo Vidal, a digital influencer Nanda Figueiras, a educadora física Juliana Reis, a dermatologista Gleyce Fortaleza e a representante do Miss Universo Brasil, Aretha Procópio.

As 11 candidatas participaram de um desfile de moda praia, da marca Iska Viva, e traje de gala, com vestidos da grife Mônica Lima, e foram avaliadas nos quesitos beleza, simpatia e desenvoltura. A cerimônia também contou com a apresentação do ator, bailarino e compositor pernambucano Ciel Santos, e da participação do cantor Charles Matoso acompanhado de um saxofonista, durante o desfile de gala.

público presente no evento conferiu com exclusividade o desfile da coleção Resort, para o verão 2022 da marca Kascais. Foram apresentados 30 looks, entre saídas de praia e kaftans. A marca traz um conceito de moda praia chique e despretensiosa, com estampas exclusivas e autorais, e transmite a leveza que os dias de sol pedem, valorizando qualquer tipo de silhueta. O desfile teve a participação especial da modelo Luana Mourato, estrela da nova campanha da grife.

Millena agora vai se preparar para representar Pernambuco no Miss Universo Brasil. A disputa nacional acontecerá entre os dias 29 de outubro e 8 de novembro, e parte será em alto mar, a bordo do navio MSC Preziosa, que partirá de Salvador até Santos, São Paulo. Entre a fase de preparação para o concurso está um laboratório de passarela e produção com Romildo Alves, que envolve dialética e oratória.

*Da assessoria

Nesta sexta (1º), uma pernambucana será escolhida para representar o Estado no Miss Universo Brasil 2021. São 11 candidatas, de cidades do litoral ao sertão, a disputar o título de Miss Universo Pernambuco 21, em um evento realizado no Hotel Bristol Recife Hotel & Convention, em Boa Viagem, a partir das 20h. O concurso volta a ser realizado após ter sido cancelado no ano anterior, por conta da pandemia do novo coronavírus. 

A apresentação da noite será feita pelo produtor de moda Marcos Salles e a Miss Universo Pernambuco 2007, Wilma Gomes. O público poderá acompanhar a escolha da vencedora, no entanto, haverá o limite de 120 pessoas no local, em virtude dos protocolos de segurança sanitária. Os ingressos estarão à venda por R$50.

##RECOMENDA##

A candidata coroada como Miss Universo Pernambuco vai participar de um laboratório de passarela e produção com Romildo Alves, que envolve dialética e oratória. Ela também representará o Estado no Miss Universo Brasil, que acontecerá entre os dias 29 de outubro e oito de novembro. Parte da competição será em alto mar, a bordo do navio MSC Preziosa, que partirá de Salvador até Santos, São Paulo.

Pocket Show

Para embalar as candidatas e convidados da noite, o cantor, ator, bailarino e compositor pernambucano Ciel Santos fará um pocket show no evento desta sexta (1º). Ciel apresenta músicas de seu repertório que são repletas de influências da cultura popular nordestina, com ritmos latinos, jazz e música erudita.



 

O espetáculo das passarelas volta à Semana de Moda Paris, após as de Nova York, Londres e Milão, com cerca de trinta desfiles e eventos.

"Todas as grandes marcas estarão presentes, com algumas exceções. Há novas marcas e um desejo pelo físico, o show", depois de meses de confinamento e restrições, explicou à AFP o presidente executivo da Federação de Alta Costura e Moda, Pascal Morand.

##RECOMENDA##

Não é um retorno total: das 97 grandes marcas inscritas no calendário oficial, entre 27 de setembro e 5 de outubro, apenas um terço convida o público para seus desfiles. E os participantes deverão apresentar passe sanitário.

Saint Laurent, primeira grande casa a deixar o calendário oficial durante a crise da Covid-19, para mostrar seu desacordo com o frenesi das semanas de moda, retorna em sua programação habitual na terça-feira, com um desfile.

Dior, Chanel, Hermès, Louis Vuitton também optaram por desfiles presenciais, como Givenchy, que apresentará o primeiro desfile de seu novo diretor artístico, Matthew Williams.

O americano traz um toque rebelde, com correntes e cadeados, à histórica marca francesa, que é a personificação do chique aristocrático.

A Balenciaga, que vestiu na semana passada Kim Kardashian com um vestido preto integral no Met Gala em Nova York, também reunirá seus fãs para um desfile "real".

Entre realidade e virtualidade

Outros criadores, como a francesa Marine Serre, optaram pela apresentação online, como o belga Dries Van Noten. Durante o confinamento, os dois estilistas lançaram um manifesto, apoiado por centenas de pequenas marcas, em favor de uma moda mais ecologicamente responsável.

"Essa dualidade do físico e do virtual vai ficar. O digital não era modismo. Enriquece a Semana de Moda", avalia Pascal Morand.

Muitas empresas multiplicaram os projetos em relação ao mundo digital, como Balenciaga, que acaba de anunciar uma parceria com a plataforma de jogos online Fortnite.

Neste jogo, muito popular entre os mais novos, aparecerão vestidos, mochilas e tênis da linha Triple da Balenciaga, que também lançará uma edição limitada de produtos "físicos".

Entre as grandes ausentes estarão Celine, liderada pelo estilista Hedi Slimane, que considera as semanas de moda obsoletas, e Stella McCartney, da gigante do luxo LVMH.

Off-White, marca do americano Virgil Abloh, que também é responsável pelas coleções masculinas da Louis Vuitton, abandonou o calendário há várias temporadas.

"É uma minoria e pode corresponder a desejos muito particulares dos criadores", diz Pascal Morand.

Um desfile de homenagem ao israelense-americano Alber Elbaz, diretor artístico da Lanvin, que morreu por Covid-19 em abril, encerrará o evento parisiense.

E o espetáculo não acontecerá apenas nas passarelas de Paris.

A partir de 30 de setembro, o Museu de Artes Decorativas (MAD) receberá uma exposição dedicada a Thierry Mugler, o pioneiro dos desfiles.

Jean Paul Gaultier, que deixou a moda em 2020, apresentará na Cinemateca de Paris uma exposição a partir de 6 de outubro em que "desfilará" vestidos de filmes que marcaram o mundo da moda.

E o Palazzo Galliera, um museu da moda, comemora os 100 anos da revista Vogue Paris com uma gala de abertura em 2 de outubro.

A ex-supermodelo Linda Evangelista disse que foi permanentemente desfigurada por um procedimento estético de redução de gordura que deu errado e a deixou "irreconhecível".

Evangelista, de 56 anos, contou que passou pelo procedimento "CoolSculpting" há cinco anos e sofreu um raro efeito colateral que faz com que suas células de gordura aumentem em vez de diminuir.

##RECOMENDA##

Ícone da moda dos anos 90, que dominou as passarelas ao lado de Cindy Crawford e Naomi Campbell, a canadense Evangelista disse em postagem em seu Instagram que não foi avisada sobre os riscos do procedimento e entrará com um processo.

Ela garantiu que sua aparência atual - produto de uma condição chamada hiperplasia adiposa paradoxal - explica sua ausência dos holofotes nos últimos anos.

"Para meus seguidores que se perguntam por que não tenho trabalhado enquanto as carreiras de minhas colegas prosperam, o motivo é que fui brutalmente desfigurada pelo procedimento CoolSculpting de Zeltiq, que fez o oposto do que prometia", escreveu Evangelista.

"Minhas células de gordura aumentaram, não diminuíram, e fiquei permanentemente deformada mesmo depois de passar por duas cirurgias corretivas dolorosas e mal sucedidas. Tenho estado, como a mídia descreve, 'irreconhecível'", acrescentou.

O procedimento cosmético de modelagem deve congelar e matar as células dos depósitos de gordura para que o corpo possa eliminá-las.

Evangelista disse que o fracasso do procedimento a levou a se isolar e a ficar deprimida, enquanto seu meio de trabalho desapareceu.

“Estou avançando para me libertar de minha vergonha e divulgar minha história a público”, escreveu Evangelista. "Estou tão cansada de viver assim. Gostaria de sair pela porta com a cabeça erguida, embora não me pareça mais comigo mesma."

Depois de um longo intervalo, devido à pandemia da covid-19, Nova York inaugura sua Semana de Moda Primavera/Verão 2022 com a volta dos desfiles em uma passarela com público presencial, apresentando grandes nomes, como Tom Ford e Altuzarra.

As restrições contra o coronavírus privarão esta edição, no entanto, de seu habitual sabor internacional.

##RECOMENDA##

A pandemia ofuscou as últimas duas Semanas da Moda, em setembro de 2020 e fevereiro de 2021, marcadas pela prevalência dos desfiles virtuais.

O CEO do Conselho de Designers de Moda da América (CFDA, na sigla em inglês), Steven Kolb, diz que vê espaço para apresentações em modo virtual e presencial.

Segundo ele, "há um otimismo real, energia e entusiasmo com o retorno dos shows ao vivo".

"Somos resilientes e otimistas", acrescentou Kolb.

Em Nova York, cujos "desfiles de moda" precedem os de Londres, Milão e Paris, não faltam passarelas icônicas, como a de Tommy Hilfiger no Apollo Theatre, em 2019, ou o evento inspirado no Studio 54 de Michael Kors no mesmo ano.

"Este é um momento importante para Nova York e estamos orgulhosos de apoiar a cidade e a indústria", disse o estilista Michael Kors.

Na terça (7), a fundadora da Collina Strada, Hillary Taymour, confirmará sua proposta de conscientização ambiental, com a apresentação de um jardim, em um terraço no Brooklyn.

Na quinta à noite (9), LaQuan Smith apresentará sua coleção no Empire State, e o dia terminará com desfiles de Moschino, Sergio Hudson e Carolina Herrera.

Nos dias 19, 20, 21 e 22 de agosto, a partir das 13h, quem estiver passeando no Shopping Patteo Olinda vai poder conferir mais uma edição do Brechó dos Bloggers. O evento, que reunirá peças de grandes influenciadores digitais do Recife, vai direcionar parte de sua renda para o projeto 'Meninos de Peixinhos'. Criado há três anos, sob idealização de Lúcio Sócrates, o programa beneficia crianças e adolescentes por meio da música.

Para esta sétima edição, 11 influenciadores foram escalados para marcarem presença na campanha. Camila Diniz, Joaneza Galvão, Mari Lindoso e Karla Santos são alguns dos nomes que abraçaram a causa. Quem também vai participar da ação é a dupla Cacau Rebêlo e Poli Aguiar, do perfil @asmeninasreal, sucesso no Instagram.

##RECOMENDA##

As duas encantam os internautas dando dicas de entretenimento e compartilhando momentos de diversão. Inclusive, recentemente, elas mostraram aos seguidores alguns detalhes de suas doações para o brechó. Os objetos ficarão em uma loja pop-up do Shopping Patteo Olinda, no piso L1, disponíveis na quinta e sexta-feira, das 13h às 22h, e no sábado e domingo, das 13h às 21h. O centro de compras fica localizado na Rua Carmelita Soares Muniz de Araújo, 225, em Casa Caiada.

Israel sediará o concurso de beleza Miss Universo pela primeira vez em sua história em dezembro na cidade costeira de Eilat, no sul do país, anunciou o Ministério do Turismo de Israel nesta terça-feira (20).

"Nós, em Israel, estamos felizes de receber as comemorações do 70º aniversário do icônico concurso de Miss Universo", declarou o Ministro do Turismo, Yoel Razvozov, em um vídeo enviado por seu gabinete.

##RECOMENDA##

"Espero sinceramente que em dezembro celebremos não apenas o novo Miss Universo em Israel, mas principalmente o fim da pandemia", acrescentou.

A edição de 2020 foi cancelada devido à crise de saúde. Em meados de maio, Andrea Meza, Miss México, conquistou o 69º título de Miss Universo nos Estados Unidos, após a sul-africana Zozibini Tunzi, Miss Universo 2019.

"Israel está na nossa lista de países anfitriões do evento há vários anos por causa de sua rica história, paisagens magníficas e variedade de culturas", disse Paula M. Shugart, presidente da organização responsável pela eleição da Miss Universo, citada no comunicado enviado pelo Ministério do Turismo.

Delegações de cerca de 100 países são esperadas em Israel por ocasião do evento, que será transmitido para 160 países e territórios ao redor do mundo, segundo o comunicado.

De quinta-feira (22) a domingo (25), o Shopping Patteo Olinda vai promover a sexta edição do Brechó dos Bloggers, evento solidário que reúne roupas e acessórios de influenciadores convidados com preços a partir de R$10,00, e parte da renda revertida para projetos sociais. O beneficiado deste mês será o Instituto Juventude Criativa, que atua em diversas comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica no município de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife.

Roupas, sapatos e acessórios, femininos, masculinos e infantis, saídos diretamente dos armários dos influenciadores, estarão à venda por preços imperdíveis. Influenciadores digitais como Camila Diniz, Gaby Queiroz, Jefferson Limah, Sayonara Veras e Ka Holanda estarão presentes nesta edição do evento.

##RECOMENDA##

A loja 'pop-up' do Brechó dos Bloggers funciona no piso L1 do Patteo Olinda, na quinta e sexta-feira das 13h às 22h e no sábado e domingo das 13h às 21h. A entrada é gratuita. O Shopping Patteo Olinda fica na Rua Carmelita Soares Muniz de Araújo, nº 225, em Casa Caiada.

*Da assessoria

A dupla siciliana Dolce & Gabbana apresentou neste sábado em Milão uma coleção masculina fiel ao seu DNA, cheia de luz, cor e excentricidade, pronta para deixar para trás o cinza da pandemia.

A coleção primavera/verão 2022 da Dolce & Gabbana foi batizada de "Terapia Luminosa". O antigo cinema Metropol se transformou em um templo cheio de luz, como se quisesse recuperar a vitalidade da Sicília natal de Domenico Dolce e Stefano Gabbana, sua eterna fonte de inspiração.

##RECOMENDA##

O desfile foi o primeiro com público na Semana de Moda masculina de Milão, e acenou para a extravagância da marca nos anos 2000.

Os modelos exibiram camisas de popeline estampadas ou com efeitos que lembravam joias, abertas ou cruzadas, por cima de calças jeans desestruturadas, misturando voluntariamente informalidade e uma elegância sofisticada.

Quimonos de flores, casacos com estampa de leopardo ou zebra decorados com cristal, brocados de renda ou cetim: uma homenagem ao espírito de festa e folclore que sempre caracterizou a dupla. Como acessórios, brincos dourados, chapéus e bolsas de cores vivas.

A volta dos desfiles com público "é uma mensagem clara, que ilustra a vontade de retornar gradativamente à vida normal com segurança absoluta", disse à AFP o presidente da Câmara de Moda italiana, Carlo Capasa. Como os demais espectadores, ele usava máscara. O distanciamento entre as cadeiras foi rigoroso.

Apenas três dos 47 desfiles que irão acontecer até terça-feira em Milão terão plateia. A maioria das marcas optou por vídeos pré-gravados ou curta-metragens pela internet.

O curso de Moda da UNAMA - Universidade da Amazônia promove, virtualmente, a primeira edição da Semana Slow Fashion, de 21 a 26 de junho, em parceria com o Slow Fashion Brasil (@slowfashion.brazil). O evento terá um ciclo de palestras sobre consumo consciente e outros temas que incentivam a reflexão em relação ao comportamento das pessoas enquanto consumidoras para um futuro mais ético e sustentável no âmbito da moda.

A coordenadora do curso de Moda da UNAMA, professora Lara Dahas, afirma que a tendência comportamental do Slow Fashion está em expansão. Consumidores e profissionais da moda, atualmente, compram e produzem de forma mais consciente, e são mais preocupados com a ética e com a sustentabilidade.

##RECOMENDA##

Além disso, destaca Lara, há também uma atenção maior para os impactos gerados pelo consumismo desenfreado e o lixo têxtil que modelos de negócios, como o fast-fashion, geraram no decorrer das últimas décadas.

“O Slow Fashion constitui-se de uma série de práticas em várias instâncias da moda, como o Upcycling (reutilização e aprimoramento de um produto pré-existente), o Zero-Waste (produção mínima de resíduos) e o Localismo e a Autoralidade (valorização dos produtores locais e modelos de negócios comprometidos com a sustentabilidade)”, explica.

Para falar sobre essas práticas e dando início à programação, no dia 21, às 16 horas, haverá uma roda de conversa sobre “Slow Fashion – Da urgência global às potências regionais”, mediada por Lara Dahas, com a participação dos palestrantes Mariana Moreira, Mariana Brilhante, Mario Tito, Paula Martin, Valdecir Babinski e Yorrana Maia.

No dia 22, no mesmo horário, a professora Yorrana Maia fala sobre "Localismo e Autoralidade Amazônica dentro do Slow Fashion". Já no dia 23, às 16 horas, Mariana Moreira abre uma discussão a respeito da prática do Upcycling. Às 19 horas, haverá a palestra sobre Zero-Waste, com o professor Valdecir Babinski.

No dia 24, às 19 horas, para falar sobre "Moda Inclusiva para Pessoas com Deficiência", a palestrante será Mariana Brilhante. No dia 25, às 19 horas, Paula Martin discute os hábitos de consumo e cultura Slow.

As inscrições são gratuitas no site extensão.unama.br e o link para as palestras será fornecido por e-mail. 

Por Isabella Cordeiro.

 

A maison Dior retomou nesta quinta-feira (17) os desfiles abertos ao público, com uma apresentação ao som de fogos de artifício para lançar sua coleção cruise 2022 no Estádio Panatenaico, sede dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna.

Na presença de celebridades, como a atriz Catherine Deneuve, a modelo Cara Delevingne e a presidente da Grécia, Katerina Sakellaropoulou, a marca mostrou criações inspiradas na antiguidade e na vestimenta tradicional grega. "Tenho muito interesse pelo artesanato, é a minha paixão", disse à AFP a diretora criativa da Dior, Maria Grazia Chiuri.

##RECOMENDA##

As coleções cruise são apresentadas entre as coleções primavera/verão e outono/inverno, e as casas francesas as lançam com frequência em outros países. O evento em Atenas mistura "o poder da tradição com a inventividade contemporânea", informou a Dior.

A túnica tradicionalmente usada pelas mulheres na Grécia antiga foi "uma inspiração chave" para as túnicas do desfile. A coleção, a maioria em preto, branco, cinza, dourado e azul, inclui peças esportivas e terninhos inspirados naqueles usados por Marlene Dietrich.

O Moda Center Santa Cruz divulga a data do seu evento anual de moda, o Estilo Moda Pernambuco (EMP). O EMP deste ano está confirmado para acontecer nas noites de 21 a 23 de setembro, adotando o formato 100% on-line devido às restrições provocadas pela pandemia e seguindo todos os protocolos de segurança e higiene conforme as orientações do Comitê de Combate à Covid-19 do Governo de Pernambuco.

"O foco desta quinta edição serão os desfiles e a ampliação da repercussão do EMP dentro e fora do estado. “Devido ao número de casos ainda alto em Pernambuco, não poderemos produzir o evento presencial como nos anos anteriores. Acreditamos que o formato digital, totalmente focado na roupa e na comercialização, vai trazer bons resultados para os participantes. No momento em que estaremos preparados para as vendas da alta temporada de final de ano e verão, o EMP será mais do que nunca uma vitrine para a nossa produção", comenta José Gomes Filho, síndico do Moda Center Santa Cruz, realizador do evento.

##RECOMENDA##

Produzido pela Amazing Model e coordenado pela Combogó Comunicação, o novo formato do EMP 2021 vai contar com três noites de transmissão ao vivo e on-line de desfiles nos perfis das redes sociais do Moda Center Santa Cruz. A produção será realizada em agosto, no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda, com cenografia projetada pelo arquiteto Isac Filho, da Casa Criatura, em um formato totalmente adaptado para segurança de todos os envolvidos. A apresentação será da jornalista Viviane Rolemberg e contará com convidados para comentar os desfiles.

Este ano, o evento reunirá mais de 30 marcas de moda feminina, masculina, infantil, plus size, moda íntima, jeans e moda praia do Polo de Confecções de Pernambuco. Mesmo em um ano atípico, quatro delas estão investindo pela primeira vez na visibilidade proporcionada pelo EMP: Idise Jeans, Lisbelli, Paraíso Mar e Pôr do Sol. Entre as outras marcas confirmadas estão: AB&C, Areia Molhada, Iska Viva, Joggofi, John Cunningham, Josh, Marands Kids, Maryb, Michelle Lingerie, Peixote, Rótulo do Corpo, Spertos, Sport Company e Zuzinha Kids.

Dois dos desfiles contarão com a organização do Coletivo Criativo, com marcas do Calçadão Miguel Arraes, área de comercialização de confecções situada por trás do Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe.

"Essa iniciativa já vinha acontecendo nas duas últimas edições do EMP com confeccionistas do próprio Moda Center. Este ano, com o patrocínio da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, ampliamos o foco e continuamos investindo na divulgação da moda produzida por pequenos confeccionistas da nossa região", explica José Gomes Filho. Em breve, o Coletivo Criativo divulgará um edital de seleção das marcas do Calçadão que participarão gratuitamente do evento.

A indústria têxtil Nacional Têxtil, patrocinadora do evento, promoverá seu desfile conceitual, apresentando as suas últimas tendências, e também patrocinará nove marcas dentro do seu projeto institucional Fashion4ALL (do inglês, moda para todos). As confecções serão escolhidas pela empresa entre seus clientes.

Desde sua primeira edição, o evento também conta com patrocinadores para acontecer. O poder público, instituições e marcas interessadas em adquirir uma das cotas de apoio ao EMP 2021 e se juntarem à Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe e à Nacional Têxtil devem entrar em contato pelo (81) 99268-2976. Outras informações, em breve, no site do evento e no perfil do evento no Instagram.

*Da assessoria

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando