Esportes

| Geral

O advogado do ex-craque Diego Maradona, Matías Morla, garantiu que o argentino pretende processar a plataforma de streaming Netflix por uso indevido de sua imagem no filme "The Hand of God", que será dirigido pelo cineasta italiano Paolo Sorrentino.

Morla também revelou em suas redes sociais que já está em contato com "colegas italianos". Além disso, o representante do ex-camisa 10 confirmou que fará uma "apresentação formal" por uso ilegal de uma marca registrada de Maradona.

##RECOMENDA##

"Diego Maradona não autorizou o uso de sua imagem para este filme. Com nossos colegas italianos, já estamos fazendo um diagrama da estratégia legal para fazer uma apresentação formal perante a Justiça pelo uso indevido de uma marca registrada", disse Morla.

O nome do filme faz referência ao mitológico e irregular gol de mão que Maradona marcou contra a Inglaterra nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986, no México.

Até o momento, não há informações sobre a data de lançamento do novo filme de Sorrentino ou do elenco que participará do longa.

Da Ansa

O Grêmio revelou nesta segunda-feira (13) que detectou mais dois casos de Covid-19 no clube. Desta vez, dois jogadores apresentaram resultado positivo no teste e foram afastados para cumprir quarentena. O clube gaúcho não revelou o nome dos atletas, que estavam assintomáticos.

Anteriormente, o meia Diego Sousa havia sido confirmado com a nova doença, ainda no início de maio. Também houve caso positivo em dois funcionários no mesmo mês. Antes disso, logo no começo da quarentena, houve seguidos casos na diretoria. O próprio presidente Romildo Bolzan Júnior testou positivo, assim como os vices Claudio Oderich, Marco Bobsin e Adalberto Preis e Eduardo Fernandes, assessor da base.

##RECOMENDA##

Os novos testes positivos foram detectados na última bateria de exames realizada pelo clube gaúcho, nesta segunda-feira. Jogadores, membros da comissão técnica e demais funcionários foram submetidos a 79 testes, no total. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o clube já soma 487 exames.

Os novos casos foram confirmados justamente no dia em que jogadores puderam ter maior contato no treino, após meses de atividades escalonadas e à distância. Justamente por causa desta permissão, o técnico Renato Gaúcho retornou a Porto Alegre para retomar as atividades no CT.

Ele estava afastado do clube há quatro meses por recomendação do departamento médico do clube. O treinador faz parte do grupo de risco e estava no Rio de Janeiro com a família. Em seu retorno, ele também foi submetido ao exame, que apresentou resultado negativo.

TREINO - Agora sob o comando de Renato Gaúcho, o elenco gremista iniciou as atividades do dia com uma sessão de trabalho físico. Na sequência, puderam enfim retomar os treinos técnicos e táticos, agora liberados pelo governo estadual. Antes divididos em quatro grupos, os jogadores agora passam a treinar juntos, no mesmo horário. As atividades serão realizadas, sem descanso, até o domingo.

A liberação de academias e parques da cidade de São Paulo para a prática de esportes, ainda com horários reduzidos e limitação de capacidade, pode não ganhar muitos adeptos neste momento. Com as academias fechadas há quase quatro meses, as pessoas investiram para manter a rotina de exercícios dentro de casa.

A venda de equipamentos para a prática de esportes explodiu e a locação, antes restrita à academias, tornou-se comum entre os atletas amadores que, agora, estão renovando os contratos de aluguel.

##RECOMENDA##

"O pessoal descobriu que dá para treinar em casa, ainda bem", afirma Fernando Benatti, sócio da Aluga Fitness, uma das grandes locadoras de equipamentos de ginástica, e da Ergolife Fitness, fabricante.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A organização da Maratona de Chicago anunciou nesta segunda-feira (13) que a corrida deste ano foi cancelada devido à pandemia do novo coronavírus. A prova estava agendada para o dia 31 de outubro, nos Estados Unidos.

"Em resposta às preocupações de saúde pública causadas pela pandemia do coronavírus, a Cidade de Chicago anuncia a decisão de cancelar a Maratona de 2020 e todas as atividades relacionadas à prova", disse a organização, em comunicado.

##RECOMENDA##

"A esperança nos impulsiona como corredores e como seres humanos", afirmou o diretor executivo da prova, Carey Pinkowski. "Minha esperança era de ver todos na linha de partida no domingo, dia 11 de outubro, mas nossa mais alta prioridade tem sido a segurança dos participantes e dos nossos voluntários.

Os organizadores informaram que os inscritos poderão obter o dinheiro de volta ou poderão confirmar seu lugar nas edições de 2021, 2022 e 2023 da corrida.

Nos últimos dias, os Estados Unidos vêm registrando picos de contaminações por covid-19 em diferentes estados. O país segue como o recordista em número de mortos e infectados, à frente de Brasil e Índia.

Nas últimas semanas, diversas maratonas tradicionais do circuito mundial foram canceladas pelo mesmo motivo, casos de Nova York, Boston e Berlim, na Alemanha.

O lateral esquerdo Roberto foi um dos jogadores da Chapecoense que testaram positivo para o novo coronavírus na semana passada. Ele, inclusive, está internado em um hospital na cidade de Chapecó (SC). A revelação foi feita pelo próprio atleta, já que o clube não divulgou os nomes dos infectados. Em uma postagem nas redes sociais, disse que esse é o "maior desafio da vida".

O jogador de 29 anos foi internado depois de começar a sentir tosse e falta de ar. Ele esteve no banco de reservas na partida de ida das quartas de final do Campeonato Catarinense contra o Avaí, na última quarta-feira (8), na Arena Condá, em Chapecó.

##RECOMENDA##

O técnico Umberto Louzer também foi um dos contaminados, assim como outros membros da comissão técnica. Além deles, 10 jogadores - contando com o atacante Roberto - testaram positivo para a Covid-19.

Cabe destacar que o Campeonato Catarinense retornou na última quarta-feira após cerca de quatro meses de paralisação por conta da pandemia. E a doença causada pelo novo coronavírus forçou uma nova parada, que foi anunciada no último sábado pela Federação Catarinense de Futebol (FCF).

Foto: Reprodução/Instagram

Após quase quatro meses paralisado em razão da pandemia do novo coronavírus, o Campeonato Cearense volta a ser disputado nesta segunda-feira (13). A competição estadual só pôde ser retomada graças a ações dos dois principais clubes do Estado: Fortaleza e Ceará. Ambos emprestaram gratuitamente jogadores para o Guarany de Sobral, que está em quarto lugar e havia dispensado o elenco ainda em março. Além disso, parceria do Ceará com um laboratório forneceu testes de covid-19 para os seis clubes de menor expressão que estão na elite cearense.

O Ceará cedeu sete jogadores do time sub-23 e três profissionais para a comissão técnica do Guarany de Sobral (massagista, auxiliar e preparador de goleiros). "Não temos como jogar sozinhos, estamos tentando ajudar os clubes. É hora de unir forças, amadurecer em relação ao momento e tentar ajudar o futebol a não emperrar", afirmou o presidente do Ceará, Robinson de Castro, em entrevista ao Estadão.

##RECOMENDA##

Já o Fortaleza disponibilizou 13 jogadores para o Guarany de Sobral. "Foi uma maneira de viabilizar o retorno do campeonato. Fizemos esse esforço para que o Guarany tivesse elenco para jogar. Desde quando começo a discutir a volta, com a federação e os clubes, vimos quem estava em situação mais complicada. Fortaleza, Ceará e Ferroviário foram se virando e fomos vendo a melhor forma de ajudar", disse o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz.

As equipes foram liberadas para treinar no início de junho. Na avaliação dos dois dirigentes ouvidos pela reportagem, o Campeonato Cearense poderia ter sido retomado anteriormente. Restam duas rodadas para a fase de grupos acabar, além da semifinal e final. Os finalistas serão conhecidos no final de semana, na maratona de três jogos em apenas sete dias. A partir da próxima semana tem o início da Copa do Nordeste, que será realizada na Bahia.

"Voltar agora foi fundamental. Se não começasse, não teríamos tempo para terminar o campeonato. Vai apertar um pouquinho, com as finais cavalando com a Copa do Nordeste, mas vamos concluir o campeonato", avaliou o presidente do Ceará.

O presidente do Fortaleza endossou o discurso. "Aqui no nosso Estado poderíamos ter voltado antes, já tinha condição porque até os shoppings estavam funcionando. Mas entendemos que precisa ter muito cuidado também. Vai ficar muito apertada essa semana de jogos, mas pelo menos é uma forma de salvar o campeonato", comentou.

Vice-lanterna desta segunda fase do Campeonato Cearense e sem chances de se classificar para a semifinal, o Barbalha dispensou elenco e comissão técnica durante a paralisação. Para disputar as duas rodadas finais, o clube firmou parceria com o União, da segunda divisão estadual, que cedeu os jogadores e a comissão comandada pelo técnico Kelvin Freitas.

COMO ESTÁ A TABELA - O Ferroviário lidera o Campeonato Cearense com 13 pontos, mas realizou um jogo a mais do que os principais rivais antes da paralisação do futebol. O Fortaleza está em segundo lugar com 12, seguido pelo Ceará, com 11, e Guarany de Sobral, com 10. O quinto colocado, Atlético-CE, tem seis pontos e ainda sonha em conquistar uma vaga na semifinal. Caucaia, Barbalha e Pacajus não têm chances de passar de fase.

A partir desta segunda-feira (13), os clubes sociais poderão voltar com as suas atividades em Pernambuco nas modalidades esportivas individuais, exceto lutas. Os esportistas deverão respeitar as determinações das Secretarias de Saúde e Educação. 

Fica permitida, também, nas instituições de ensino superior situadas no Estado, a realização de aulas práticas e de estágio curricular presenciais relativas ao primeiro semestre letivo. A medida abrange ainda as instituições de educação profissional e técnica, nos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou de qualificação profissional.

##RECOMENDA##

Essa autorização não se aplica para cursos técnicos de nível médio, em instituições públicas e privadas, e nem para as demais atividades pedagógicas de instituições de ensino superior, que seguem suspensas até o dia 31 de julho.

Municípios na fase quatro

Os municípios do Agreste, que estavam na Etapa 2 do Plano de Convivência com a Covid-19, avançam para a Etapa 4, nesta segunda-feira. Lojas de varejo de rua, salões de beleza e estética, comércio de veículos, incluindo serviço de aluguel e vistoria, com 50% da carga, construção civil com 100% do efetivo e shoppings centers com atendimento presencial poderão abrir as portas.

Igrejas e templos religiosos também vão poder realizar celebrações. Tudo isso respeitando os protocolos para conter a disseminação do vírus. As cidades do Sertão pernambucano permanecem ainda nesta mesma fase, na etapa 4.

Nova fase na próxima semana

A realização de jogos de futebol, sem público, em todo o Estado, está liberada, a partir do dia 19 deste mês. Já no dia 20, ficará liberado o funcionamento de serviços de alimentação, com horário reduzido, e academias de ginástica, com novos protocolos, na Região Metropolitana do Recife (RMR) e Matas Norte e Sul.

Com informações da assessoria

Entrando como azarão na luta pelo cinturão vago do peso-galo no UFC 251, na "Ilha da Luta", em Abu Dabi, nos Emirados Árabes, José Aldo não resistiu ao russo Petr Yan e foi nocauteado aos 3min24s do quinto round após uma série de fortes golpes sofridos no chão.

Assim, o brasileiro, que recentemente se colocou entre os três melhores da história do UFC, não conseguiu cumprir a promessa de trazer o cinturão e perdeu a oportunidade de se tornar o oitavo lutador da história do Ultimate a ser campeão em duas categorias de pesos diferentes.

##RECOMENDA##

O ex-campeão do peso-pena teve bons momentos no combate e chances para vencer, mas não foi páreo diante da agressividade e do bom preparo físico do oponente russo. Depois de quatro rounds equilibrados, o que desmontou o "Campeão do Povo" foi um duro golpe de esquerda sofrido no quinto assalto. Cansado, ele sofreu golpes de forma consecutiva no chão até que a luta foi interrompida, decretando o nocaute técnico e vitória de Petr Yan, que segue invicto e engatou o sétimo triunfo seguido.

O evento também teria outro brasileiro lutando pelo cinturão, mas Gilbert Durinho recebeu diagnóstico positivo para o coronavírus e foi afastado. Ele foi substituído por Jorge Masvidal, que foi facilmente derrotado por nigeriano Kamaru Usman. O nigeriano venceu por decisão unânime (50-45, 50-45 e 49-46) e permaneceu com o cinturão dos meio-médios.

Na outra disputa de cinturão da noite, o australiano Alexander Volkanovski superou o americano Max Holloway por decisão dividida (48-47, 47-48 e 48-47), no co-evento principal e manteve o título do peso-pena.

MULHERES - Duas mulheres abriram o card principal do UFC 251 e obtiveram resultados diferentes. Em ascensão, a brasileira Amanda Ribas atropelou a americana Paige VanZant ao finalizá-la com uma chave de braço aos 2min21s no primeiro round do duelo do peso-mosca. Ela alcançou a sua quarta vitória no Ultimate e manteve a sua invencibilidade.

Já Jéssica "Bate-Estaca" Andrade mostrou evolução e parecia que aplicaria um novo nocaute em Rose Namajunas, mas a americana aguentou a pressão da brasileira e conseguiu sua revanche ao sair com uma vitória por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) no duelo de ex-campeãs do peso-palha.

BRASILEIROS - Outros cinco brasileiros subiram ao octógono na Ilha da Luta para disputas no card preliminar na noite deste sábado. Três saíram vitoriosos e dois foram derrotados. Na luta entre compatriotas, Karol Rosa venceu Vanessa Melo por pontos (30-26, 30-26 e 30-27), na disputa do peso-galo.

Depois, o peso-leve Léo Santos encarou o estreante russo Roman Bogatov e triunfou por decisão unânime dos juízes (triplo 29-26), mantendo-se invicto no UFC. O seu oponente chegou a acertar três golpes ilegais - na região genital, uma dedada no olho e uma joelhada ilegal na cabeça.

Já Raulian Paiva superou uma dura luta diante do cazaque Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime (triplo 29-28). O lutador peso-mosca do Amapá não teve seus treinadores titulares no córner porque eles testaram positivo para a covid-19 e foram retirados do evento.

Quem não deixou o octógono vitorioso foi Elizeu Capoeira. Em luta polêmica, ele perdeu para o russo Muslim Salikhov por decisão dividida. A vitória parecia encaminhada ao brasileiro, uma vez que ele acertou os golpes mais potentes e claros nos dois primeiros rounds do combate, mas dois dos três juízes viram diferente.

Um assinalou 29-28 (dois rounds a um) para Capoeira, outro viu 29-28 para Salikhov e o terceiro apontou, de forma controversa, 30-27 (três rounds a zero) para o russo. O brasileiro prometeu pedir revisão da decisão.

Um jovem surfista de apenas 15 anos de idade morreu ao ser atacado por um tubarão em Wooli Beach na Costa Norte da Austrália. Mani Hart-Deville teve suas pernas arrancadas. O ataque aconteceu neste sábado (11). 

Segundo relatos, a moradora Helen Dobra chegou a avisar sobre a presença do animal na água. Ela procurou os familiares do rapaz após presenciar o ataque. "Foi uma cena muito traumática, meu coração parecia que ia pular, é uma grande choque para nossa comunidade", contou ao jornal Daily Telegraph.

##RECOMENDA##

O terceiro treino livre para o GP da Estíria da Fórmula 1, segunda etapa da temporada de 2020, foi cancelado na manhã deste sábado (11) em razão da forte chuva na região do circuito Red Bull Ring de Spielberg, na Áustria. A pista estava muito molhada e as condições para pilotagem eram muito ruins.

Como estava previsto, caiu uma tempestade neste sábado em Spielberg. A direção da prova aguardou por um tempo, mas como o temporal só aumentou, não teve o que fazer senão cancelar a prática. A sessão foi cancelada quando restavam 19 minutos para o horário previsto para o seu desfecho.

##RECOMENDA##

Dessa maneira, o treino classificatório que define as posições do grid, previsto para as 10 horas (de Brasília) deste sábado, está ameaçado. A Fórmula 1 planeja realizar a sessão classificatória neste sábado se as condições climáticas melhorarem, o que deve não acontecer, já que a previsão meteorológica não aponta para isso.

Assim, a categoria trabalha com a ideia de o treino ser adiado para a manhã do domingo, até três horas antes do início da corrida no circuito austríaco, marcada para as 10h10 (no horário de Brasília).

"Há muitas opções, para simplificar. Se houver o pior cenário, já tínhamos uma ideia e o treino classificatório pode ocorrer no domingo de manhã", apontou o diretor de corridas da F-1, Michael Masi, responsável por tomar a decisão final.

Na sexta-feira, ele já tinha avisado às equipes que o segundo treino livre poderia definir o grid de largada, o que de fato acontecerá caso os pilotos não voltem à pista para o treino de classificação.

Se os tempos da segunda atividade forem considerados, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, ficaria com a pole, seguido pelo finlandês da Mercedes Valtteri Bottas, vencedor da primeira corrida, e o mexicano Sergio Peres, da Racing Point. O hexacampeão mundial Lewis Hamilton largaria apenas em sexto.

Ross Brawn, diretor-esportivo da categoria, está otimista quanto à possibilidade de realizar o treino do domingo. "Este circuito é sempre desafiador em termos de clima. Já tivemos esse tipo de condição aqui. É uma grande tempestade que chegou aqui neste sábado, e que está se movendo de forma imprevisível. Há uma chance de que possamos ir à pista hoje, mais para o final do dia, mas amanhã a previsão é de tempo bom", disse.

Os narradores esportivos, assim como os atletas, também precisam se adaptar com as mudanças ocorridas nas transmissões dos eventos em razão da pandemia do coronavírus. A falta de ritmo, a ausência do público e as novas formas de trabalho são alguns dos obstáculos a serem superados para que os profissionais levem emoção aos fãs do "novo futebol".

Para Cesar Augusto, locutor da plataforma DAZN, a falta de público exige uma mudança no ritmo da narração. "Sem torcida, o futebol é um esporte novo para ser narrado. Este é o grande desafio do narrador. A voz é mais exigida neste sentido. É um ritmo novo de narração, não pode ter espaço em branco, que era preenchido anteriormente pelo grito de gol da torcida."

##RECOMENDA##

Segundo o ex-repórter da TV Globo nos anos 90, "não temos mais o respiro da comemoração da torcida após um gol. Em um jogo do Boca Juniors não existe mais o caldeirão de La Bombonera". "Eu narro futebol turco e a torcida é muito participante, mas não há mais isso", disse o jornalista.

Fernando Nardini, da ESPN, se sentiu "meio engessado, com ferrugem" com o longo período fora dos microfones e aponta o trabalho em casa como uma das adaptações a serem feitas. "A dinâmica é diferente. Você mistura o seu dia a dia doméstico com o profissional. Trabalha onde tem também lazer e descanso. Interditei minha casa, mudei a rotina, não pode haver grande barulho. Fechei a porta e trabalhei, com camisa da TV e bermuda por baixo, pois só apareço da cintura para cima."

Nardini também chama a atenção para a saúde mental neste período obscuro de confinamento. "O mais importante é controlar a cabeça e não pirar por conta do isolamento", disse o narrador, um dos melhores do País quando o assunto é tênis.

No Fox Sports, Eder Reis é a "voz" das lutas e também narra os diversos campeões europeus do canal. Para ele, a parte técnica é outro obstáculo a ser superado. "Por fazer as transmissões de casa, eu tenho de entrar no ar muito antes do que quando o trabalho era feito na sede. É preciso uma boa conexão para entrar com o link da transmissão, além de modular o microfone", disse o narrador.

Eder descreve como é feito seu trabalho. "Anoto todas as informações dos clubes e dos jogadores no papel, pois o computador é usado para receber as imagens. O celular também é um aliado na transmissão. Aí preciso acompanhar o jogo em uma tela de 15 polegadas, onde os lances não são tão detalhados."

O futebol mundial está de volta e tenta superar a pandemia, assim como os profissionais que contam a história para cada torcedor dentro de casa. E eles estão renovados e prontos para gritar: "Gooooooooool".

Paralisado desde 15 de março, o Campeonato Gaúcho tem data para recomeçar. Nesta quinta-feira (9), após reunião com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) anunciou que o torneio estadual será retomado em 23 de julho, dentro de duas semanas.

Além disso, ficou definido que os treinos com contato físico poderão começar a ser realizados na próxima segunda-feira (13), desde que exista o aval das prefeituras. Isso, inclusive, deverá levar o Grêmio a desistir de deixar Porto Alegre para realizar seus treinamentos em Criciúma.

##RECOMENDA##

Nesta quinta, Leite se encontrou com o presidente da FGF, Luciano Hocsman para definir o retorno do Estadual. Antes, havia comunicado a aprovação do protocolo de retorno e conclusão do Campeonato Gaúcho.

As medidas incluem a redução de profissionais envolvidos nos jogos, assim como das sedes a serem utilizadas, realização dos jogos com portões fechados, testagem de todos os envolvidos e orientações que vão desde a concentração dos atletas até as entrevistas após os confrontos.

O Campeonato Gaúcho foi paralisado a três rodadas do fim do segundo turno, que será seguida por semifinal e final. Se o campeão não for o Caxias, que faturou o primeiro turno, o torneio terá uma decisão.

Em sua volta, o torneio terá os confrontos Juventude x Caxias, Internacional x Grêmio, Pelotas x Brasil de Pelotas, Ypiranga x Esportivo, São Luiz x São José e Novo Hamburgo x Aimoré.

A data de volta do Gaúcho é próxima da de outros torneios estaduais, pois o Paulistão retornará no dia 22 e o Campeonato Mineiro vai recomeçar no dia 26. O Catarinense foi retomado na última quarta-feira e o Carioca terá a decisão disputada no domingo e na próxima quarta.

O risco de uma segunda onda do novo coronavírus no país fez a China decidir nesta quinta-feira pelo cancelamento de eventos esportivos internacionais programados para 2020. A Administração Geral do Esporte divulgou um programa chamado "plano de retomada dos eventos esportivos baseado na ciência e na ordem" e as únicas exceções são os preparatórios e classificatórios para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, que serão realizados em 2022.

Por conta desse documento, muitos eventos esportivos internacionais serão afetados. Entre as modalidades mais afetadas estão o tênis e a Fórmula 1. O GP da China, na cidade de Xangai, adiado desde abril, deve ser oficialmente cancelado e não disputado na atual temporada, que sofreu diversas mudanças em seu calendário e teve a estreia somente no último final de semana, na Áustria.

##RECOMENDA##

No tênis, a ATP ainda não divulgou o seu calendário para depois do remarcado Roland Garros, que terminará em outubro, e por isso não haverá necessidade de novas alterações com a ausência dos eventos chineses. Já a situação da WTA é bem diferente, uma vez que o circuito feminino planejou todos os seus torneios até o final de 2020, sendo sete deles em cidades chinesas: Pequim, Wuhan, Nahnchang, Zhengzhou, Shenzhen, Zhuhai e Guangzhou. Entre eles o destaque é para o WTA Finals em Shenzhen, que agora deverá buscar outra sede se quiser ser realizado.

Em Xangai, dois grandes eventos de golfe de nível mundial, o World Golf Championship e o LPGA, seriam realizados ainda em 2020 e devem ser cancelados. Em outubro, Xiamen receberia o torneio asiático de escalada e, em dezembro, o World Tour Finals de badminton seria disputado em Guangzhou.

Um resultado inconclusivo em seu teste para Covid-19 causou preocupação nesta quinta-feira no Real Madrid e tirou o atacante Vinicius Junior do último treinamento do time para a partida contra o Alavés, nesta sexta (10), no estádio Alfredo Di Stéfano, em Madri, pela 35.ª rodada do Campeonato Espanhol. Seguindo protocolos de saúde, o brasileiro teve que refazer o exame para afastar a possibilidade de testar positivo para o novo coronavírus.

Na entrevista coletiva por videoconferência desta quinta-feira, o técnico francês Zinedine Zidane comentou sobre a ausência de Vinicius Junior na atividade no CT de Valdebebas, nos arredores de Madri, e revelou que o resultado do novo teste deve sair em breve.

##RECOMENDA##

"Não é que ele tenha coronavírus; É que, às vezes, ao fazer o exame se dá um erro e precisa repetir. Foi feito pela manhã e à tarde saberemos o resultado. Não há problemas e o lógico é que esteja conosco amanhã (sexta-feira)", disse o treinador.

Nesta quarta-feira, outro jogador do Real Madrid, o atacante sérvio Luka Jovic, se isolou por conta do risco de contágio pelo novo coronavírus. Ele esteve em contato com um amigo que apresentou teste positivo e o clube decidiu aplicar o protocolo de segurança. Apesar de estar em quarentena, o resultado do exame de controle que Jovic se submeteu deu negativo. Ainda assim, está pendente um segundo teste para que anos possa voltar aos treinamentos normalmente.

"Vocês têm a informação e, como não queremos arriscar, ele (Jovic) não está conosco. São coisas que acontecem. É verdade que ele não está muito feliz, sobretudo com a lesão. Mas é um jogador muito bom, um atacante que faz gols, mas não jogou muito. Contamos com ele para o próximo ano. Houve pequenas coisas, mas como jogador é bom", afirmou Zidane.

Para encarar o Alavés, o treinador poderá contar com o retorno do meia Hazard, uma vez que o belga treinou normalmente após sobrecarga muscular. "Ele não tem medo, mas é a terceira recaída e o incomoda um pouco. Aqui há quem saiba muito mais que eu e a imagem (exame) está limpa, está perfeita. Mas as dores são normais depois de um jogo ou treino forte. Ele não tem medo e quer ajudar o time e estará conosco amanhã", completou.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) anunciou pouco depois do término da final da Taça Rio, as datas da decisão do Campeonato Carioca. Flamengo e Fluminense vão se enfrentar neste domingo (12) e na próxima quarta-feira (15), às 16 horas e 21h30, respectivamente, e a tendência é que os jogos tenham transmissão apenas na internet, nos canais dos clubes no YouTube.

O Estadão apurou que a Rede Globo não pretende entrar na briga para exibir o jogo e que outras emissoras não demonstram muita confiança em fazer uma ofer ta para Fluminense e Flamengo justamente por temer que possam enfrentar algum tipo de disputa jurídica em razão dos direitos de transmissão. A emissora carioca não tem acordo com o clube rubro-negro e isso por si só já faz com que ela não pretenda investir na tentativa de exibição do clássico.

##RECOMENDA##

Os dois jogos serão no estádio do Maracanã. A primeira partida acontecerá neste domingo e terá transmissão da FluTV, já que o Fluminense é o mandante. A volta será na próxima quarta-feira e a FlaTV é quem vai passar. O Flamengo, por ter tido melhor campanha somando a Taça Guanabara e Taça Rio, teve o direito de escolher o mando do campo e decidiu ser o mandante no segundo duelo.

A final da Taça Rio foi cercada de polêmicas e brigas em TJD-RJ e STJD. Chegou um momento em que não se sabia nem mesmo se haveria transmissão. Depois, ficou decidido que seria só na FluTV, até que o TJD-RJ decidiu que o Flamengo também tinha direito. Mas algumas horas depois, o STJD mudou a decisão e decidiu que apenas o Fluminense, como mandante, poderia passar a partida.

Vale lembrar que a polêmica sobre direitos de transmissão teve início quando uma medida provisória assinada pelo presidente da República Jair Bolsonaro determinou que os direitos de transmissão dos jogos passassem a ser apenas do mandante. Antes, era necessário existir o acordo com os dois times envolvidos.

Com a decisão, o Flamengo transmitiu o jogo contra o Boavista, pela fase de classificação da Taça Rio, em seu canal no YouTube e a Rede Globo decidiu rescindir o contrato de transmissão do Campeonato Carioca, alegando quebra da cláusula de exclusividade da competição. A partir daí, foram dias de muitas disputas nos tribunais envolvendo clubes, Globo e a Ferj.

Dois dias depois de sua chegada ao Casaquistão, o atacante brasileiro Vagner Love assinou nesta quarta-feira, após passar por exames médicos, um contrato de seis meses com o Kairat, clube que lidera o campeonato nacional. De acordo com a direção do time, o vínculo do ex-jogador do Corinthians tem a possibilidade de prorrogação ao final desse período.

"Oficialmente, o Kairat Football Club contratou o atacante brasileiro Vagner Love. Vagner Silva de Souza é mais conhecido por nossos fãs por suas excelentes atuações no CSKA Moscou, com o qual venceu a Copa da Uefa e também ganhou 13 outros títulos, incluindo três Campeonatos Russos", informou o clube Casaque em um post nas redes sociais.

##RECOMENDA##

A ida de Vagner Love para o Casaquistão havia sido confirmada pelo próprio jogador no final de junho. O atacante de 36 anos teve o seu contrato com o Corinthians rescindido no início do mês passado e desde então estava livre no mercado.

O Kairat será o nono clube de sua carreira. No Brasil, Vagner Love começou no Palmeiras e atuou pelo Flamengo, além do Corinthians. No exterior, o atacante defendeu o CSKA Moscou (Rússia), Shandong Luneng (China), Monaco (França) e os turcos Alanyaspor e Besiktas. Também teve convocações para a seleção brasileira, na qual participou das conquistas das edições de 2004 e 2007 da Copa América.

No entanto, a empolgação pela estreia terá de ser freada. A sua chegada ao Casaquistão acontece depois de, na última sexta-feira, o Campeonato Casaque ter sido suspenso pela segunda vez devido à pandemia do novo coronavírus, que colocou medidas restritivas adicionais no país como a suspensão de eventos esportivos pelo menos por duas semanas.

Vagner Love é a principal contratação do Kairat, que ocupa a primeira posição no campeonato nacional após quatro rodadas - são três vitórias e apenas uma derrota. Nesta temporada, pelo Corinthians, o atacante havia marcado um gol em sete jogos.

Juninho Pernambucano, em entrevista ao jornal inglês The Guardian, teceu críticas ao governo Bolsonaro, a Neymar e disse que não fala com cerca de 80% a 90% de sua família por divergências políticas. "Bolsonaro é um filho do WhatsApp e fake news", disse.

O ex-atleta criticou as medidas de combate ao novo coronavírus tomadas pelo governo federal. "Eu sinto uma profunda tristeza. Desespero. Estamos fazendo tudo errado, indo contra tudo que o resto do mundo está fazendo. sou brasileiro, eu sei que somos um país pobre e nosso povo precisa trabalhar, mas isso é uma questão de vida. Se tivéssemos um lockdown, poderíamos estar perto do fim disso, mas não, é desesperador ver nosso país agora", afirmou.

##RECOMENDA##

Atual dirigente do Lyon e residindo na França, Juninho  declarou que não está mais em contato com 80% a 90% de sua família por causa de desentendimentos sobre a política de Bolsonaro. "As pessoas que apoiavam Bolsonaro eram maioria e foi minha decisão me afastar delas. Eu sei que alguns estão se arrependendo de suas decisões agora. Eles acreditavam que Bolsonaro era a única opção."

"Bolsonaro é o resultado de um juiz orgulhoso como Moro no caso de Lula, uma cultura de ódio contra o Partido dos Trabalhadores e notícias falsas", completou.

Juninho disse que o Twitter, Facebook e WhatsApp decidiram a eleição no Brasil. O ex-jogador relatou que denuncia fake news constantemente. "Observe quantos canais de extrema-direita existem no YouTube. Eles ganham muito dinheiro para espalhar fake news, mas eles são autorizados pelo YouTube. Eu denuncio quase todo dia, mas eu raramente recebo uma resposta."

Na entrevista, Juninho também falou sobre a violência contra jovens negros na periferia no país. "Há milhares de George Floyds no Brasil e milhares de outros que têm sofrido em silêncio e nós não sabemos". A frase foi uma referência ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), que disse não haver casos no Brasil como o de George Floyd, homem negro que morreu em abordagem policial nos Estados Unidos. "É desumano dizer que nós não temos George Floyds no Brasil. Os tiroteios acontecem todo dia. Gays são perseguidos também e essa é uma das coisas que mais fazem eu me irritar com apoiadores de Bolsonaro. No entanto, ninguém pode vencer o tempo. Algum dia todos descobrirão quem você realmente é."

O ex-atleta criticou Neymar e fez um paralelo entre o jogador e a sociedade brasileira, que seria gananciosa. "Ele foi para o PSG apenas por causa de dinheiro. O PSG deu tudo a ele, tudo que ele queria, e agora ele quer sair antes do fim do contrato. Mas agora é hora de devolver, de demonstrar gratidão. É uma troca. Neymar precisa dar tudo que ele pode no campo, mostrar dedicação total, responsabilidade e liderança. O problema é que o establishment no Brasil tem a cultura de ganância e sempre quer mais dinheiro. Isso é o que nos foi ensinado e o que nós aprendemos."

Ele continuou: "Eu preciso diferenciar entre Neymar como um jogador e Neymar como pessoa. Como jogador, ele está no top 3 do mundo, no mesmo nível de Cristiano Ronaldo e Leo Messi. Ele é rápido, forte, pode fazer gol e assistência como um verdadeiro número 10. Mas como pessoa, eu penso que ele é culpado porque precisa se questionar e crescer. No momento, porém, ele está fazendo o que a vida ensinou ele a fazer."

O futuro de Sebastian Vettel parece estar mesmo longe da Fórmula 1 a partir de 2021. Depois da Ferrari decidir não renovar o seu vínculo para contratar o espanhol Carlos Sainz Jr., a Renault estar perto de anunciar o retorno do espanhol Fernando Alonso à categoria e a Red Bull não ter qualquer indicação de querer contar com sua volta, o alemão foi descartado pela Mercedes, que sinalizou a renovação com o inglês Lewis Hamilton e o finlandês Valtteri Bottas.

Quem falou sobre esse assunto foi Ola Kallenius, diretor-executivo da Daimler, proprietária da Mercedes. O dirigente disse estar muito satisfeito com a dupla atual e descartou contratar Vettel. "Vamos ficar com nossos dois rapazes", disse à emissora de TV alemã Sky Sports.

##RECOMENDA##

"Posso entender que este (ter Vettel) seja um pensamento muito empolgante para os fãs alemães. Mas com Lewis e Valtteri, nós já temos dois pilotos top que atuam no nível mais alto. Vimos isso com Valtteri conquistando a pole com uma volta fantástica. Ficamos com os dois pilotos que temos agora", encerrou Kallenius.

Contratado pela Mercedes depois da temporada de 2012, Hamilton já conquistou 62 poles, subiu ao pódio em 102 oportunidades e venceu 63 vezes, levantando cinco troféus de campeão mundial - o primeiro foi com a McLaren, em 2008. Já o finlandês, que chegou em 2017 para substituir o alemão Nico Rosberg, que anunciou a sua aposentadoria em 2016 após faturar o título, venceu oito vezes, com 37 pódios e 12 poles.

Com pouco mais de quatro meses e meio de atraso, a temporada do beisebol nos Estados Unidos vai começar no próximo dia 23. Na noite de segunda-feira (6), a MLB (Major League Baseball) anunciou a tabela da temporada de 2020, que será reduzida a apenas dois meses de duração por conta da pandemia do novo coronavírus. Cada time jogará 60 partidas - ao invés das 162 em um campeonato normal - até o dia 27 de setembro, o que fará com que cada um tenha só seis dias sem atuar nesse período.

O dia de estreia, chamado de "Opening Day", terá dois jogos: o atual campeão Washington Nationals receberá o New York Yankees e, em uma das maiores rivalidades da MLB, o Los Angeles Dodgers - em busca do oitavo título seguido da divisão Oeste da National League - jogará em casa contra o San Francisco Giants.

##RECOMENDA##

A confirmação do início da temporada foi divulgada três dias após a MLB anunciar que 31 jogadores e sete membros de comissões técnicas deram positivo para covid-19 nos testes gerais promovidos pela liga durante a retomada dos treinamentos. Foi pouco mais de 1% de contaminados entre as 3.185 pessoas testadas.

As equipes não podem revelar os atletas que deram positivo, mas Delino DeShields Jr., do Cleveland Indians, e Brett Martin, do Texas Rangers, revelaram que estão com a doença. Segundo o protocolo da MLB, qualquer jogador que testar positivo terá que ter resultado negativo duas vezes, com 24 horas entre os testes e sem febre por 72 horas, para estar apto a se juntar a sua equipe.

Os organizadores da tradicional Volta Internacional da Pampulha anunciaram, nesta segunda-feira (6), o adiamento da edição deste ano, que estava prevista para 13 de dezembro, e a realização de um evento especial em 12 de dezembro de 2021, com uma corrida especial, reunindo as duas edições.

Segundo nota, o adiamento foi causado pela "instabilidade do cenário atual em todo o País no que tange a eventos esportivos de grande público onde os decretos de quarentena estão sendo postergados, não havendo ainda uma definição de retorno das corridas de rua deste porte até o mês de dezembro".

##RECOMENDA##

O comunicado também destaca que os "atletas que vão correr uma prova como a Volta Internacional da Pampulha necessitam de treinamento e programação de deslocamento". As inscrições efetivadas continuam válidas e atualizações serão publicadas no site oficial, através da assessoria de imprensa e nas mídias sociais.

A Volta da Pampulha é disputada desde 1999 e tem um percurso de aproximadamente 18 quilômetros, com largada e chegada em frente ao estádio Mineirão e trajeto pelo contorno da Lagoa da Pampulha.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando