Esportes

| Geral

O boxeador Esquiva Falcão foi vítima de racismo, nesta terça-feira, após um de seus seguidores no Instagram chamá-lo de "macaco, preto, feio, pobre e sua cor é de vagabundo". O medalha de prata em Londres-2012 e primeiro colocado no ranking da Federação Internacional de Boxe (FIB) respondeu: "Não são só vocês, eu também passo por isso, uma pessoa dessa precisa de amor. Eu não trato ódio com ódio, eu trato ódio com amor."

Como primeiro desafiante do título da FIB, Esquiva aguarda a possibilidade de enfrentar o campeão Gennady GGG Golovkin ainda este ano. Sergio Batarelli, manager do pugilista nacional, aguarda para os próximos dias uma carta da organização, indicando o que vai acontecer com a carreira do brasileiro.

##RECOMENDA##

Como GGG também é dono do cinturão da Associação Mundial de Boxe (AMB), existe a possibilidade do boxeador do Casaquistão enfrentar o cubano Erislandy Lara e abdicar do título da FIB. Com isso, Esquiva pode lutar pelo cinturão vago com o australiano Michael Zerafa ainda este ano.

Esquiva Falcão tem 32 anos e está invicto em oito anos no boxe profissional. Ele soma 30 vitórias, com 20 nocautes.

Enquanto aguarda uma definição sobre o futuro de sua carreira, Esquiva viaja na semana que vem para o Vietnã, onde vai participar de um evento promocional de um de seus patrocinadores.

O volante brasileiro Douglas Luiz, do Aston Villa, rebateu publicamente o apresentador e jornalista Milton Neves pela publicação de um vídeo polêmico envolvendo a namorada do jogador. Nas imagens, a atacante Alisha Lehmann, que também defende o time inglês, é sexualizada ao aparecer comemorando um gol de costas para a câmera. Em seguida, surge uma mensagem desafiando as pessoas a lembrarem qual o número na camisa da atleta. Milton publicou o vídeo com a legenda "Assista e opine!".

"Você já velho, anos no futebol e posta um vídeo que não respeita o futebol feminino e nem a própria jogadora que ainda por cima é minha namorada. Não aprendeu o que é respeito é sacanagem!", escreveu Douglas Luiz, em tom de revolta.

##RECOMENDA##

Douglas Luiz e Alisha Lehmann estão juntos desde o ano passado. A atacante começou a carreira nas categorias de base do Young Boys, onde atuou até 2018. Profissionalizou-se na Inglaterra, pelo West Ham, e passou também pelo Everton antes de assinar com o Aston Villa. Ela defende a seleção suíça desde 2015 e recentemente esteve na equipe que disputou as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023.

Aos 23 anos, Alisha também leva a carreira de influenciadora digital, acumulando cerca de 8,3 milhões de seguidores no Instagram. Na página da atleta é possível ver fotos ao lado de Douglas Luiz, incluindo imagens de quando o casal passou férias no Rio de Janeiro, cidade natal do volante, onde costuma visitar familiares e amigos sempre que desembarca no Brasil.

Por sua vez, Douglas Luiz surgiu para o futebol em 2016, revelado pelo Vasco. As boas atuações do jogador fizeram o clube vendê-lo rapidamente, negociando o atleta com o Manchester City no ano seguinte. Sem espaço no time de Pep Guardiola, foi emprestado ao Girona, onde permaneceu por duas temporadas.

Douglas Luiz voltou ao futebol inglês em 2019, quando foi contratado pelo Aston Villa por 15 milhões de libras (cerca de R$ 71 milhões na cotação da época). O volante passou a jogar regularmente e ganhou chances com Tite na seleção brasileira. Contudo, a forte concorrência no setor de meio-campo fez o jogador não ser chamado nas convocações mais recentes.

Multicampeão dentro do campo, Zlatan Ibrahimovic irá se aventurar em uma nova área: o cinema. No novo filme de "Asterix & Obelix: The Middle Kingdom", o atacante sueco do Milan fará sua estreia como ator em um longa-metragem. O anúncio foi feito no domingo.

Por meio de suas redes sociais, o jogador divulgou a sua presença. "Em breve. Viva a França", afirmou Ibrahimovic. Criado por Albert Uderzo e Rene Goscinny, Asterix e Obelix é uma série de quadrinhos francesa e conta a história de uma dupla gaulesa e seu povo durante o período do Império Romano.

##RECOMENDA##

Ibrahimovic irá interpretar o personagem "Antivirus" no filme dirigido por Guillaume Canet, que tem estreia prevista para o ano que vem. Em 2021, o atacante já havia dado pistas de sua presença no próximo longa de Asterix.

No trailer de anúncio, Ibrahimovic tem cinco segundos de tela, o suficiente para dar um gostinho de seu papel no filme. No papel de um legionário romano, o jogador não abre mão de suas habilidades no futebol: para atingir seu oponente durante uma batalha, faz uma espécie de "carretilha" com um elmo para atingir seu oponente durante uma batalha.

Na cena seguinte, em sua comemoração clássica com os braços abertos ao lado de Julio Cesar (interpretado por Vincent Cassel, de "Doze Homens e Outro Segredo" e "Cisne Negro") ele chama a atenção da dupla Asterix e Obelix, interpretada por Guillaume Canet e Gilles Lellouche, respectivamente.

Inédita para Ibrahimovic, esta não será a primeira vez que um atleta participa de uma produção de Asterix e Obelix. Em "Asterix nos Jogos Olímpicos", filme de 2008, Michael Schumacher e Zinedine Zidane atuaram no longa-metragem.

[@#video#@]

No futebol, Ibrahimovic iniciou sua carreira no Malmö, da Suécia, e tem passagens por diversos gigantes da Europa, como Ajax, Barcelona, Inter de Milão, Juventus, Manchester United e Paris Saint-Germain. No Milan desde 2020, conquistou o Campeonato Italiano na última temporada. Recuperando-se de uma cirurgia no joelho, ainda não estreou na nova temporada europeia.

O ex-surfista australiano Chris Davidson, de 45 anos, morreu na madrugada deste domingo (25) após se envolver em uma briga de bar. Segundo a mídia australiana, o homem saia de um estabelecimento na cidade de South West Rocks, na Austrália, quando foi atingindo por um soco no rosto.

'Davo', como era conhecido, caiu no chão e bateu a cabeça na calçada. De acordo com a polícia australiana, Davidson chegou a ser socorrido e foi levado, já inconsciente, ao hospital da cidade de Kempsey. Ele, no entanto, não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. O agressor foi detido pela polícia.

##RECOMENDA##

O surfista chegou a ser número 14 do mundo em 2010 e disputou a final da etapa espanhola do WCT contra o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, em 2009.

Ricardo Maurício, sem dificuldades na primeira corrida, e Rubens Barrichello, na segunda, em disputa marcada por acidente nos boxes, foram os vencedores da etapa dupla de Santa Cruz do Sul da Stock Car, neste domingo (25).

Depois de uma boa largada, Ricardo Maurício não teve ameaças durante a primeira corrida, que contou com disputas de outros pilotos para abrir uma distância que chegou a quase cinco segundos em relação ao segundo colocado.

##RECOMENDA##

Tricampeão da Stock, Ricardo Maurício vem de vitória na segunda corrida do Velocitta, quando teve o argentino Julian Santero em seu encalço. Desta vez, foi Rubens Barrichello quem esteve em 2º por mais tempo, especialmente após um abandono de Átila Abreu.

O 3º lugar também foi digno de disputa entre Daniel Serra e Andi Jakos. O argentino conseguiu ultrapassar e se segurou na posição apesar da proximidade do adversário.

A segunda corrida teve um contexto dramático. Barrichello ficou com a vitória, seguido por Matías Rossi e Gabriel Casagrande. Porém, o momento da corrida aconteceu ainda na metade. Um acidente entre Denis Navarro e Pedro Cardoso nos boxes atingiu o carro de Bruno Baptista, que estava recebendo sua manutenção.

Três mecânicos foram atingidos no momento. Estavam todos conscientes, segundo a reportagem da Band, e dois deles foram levados de ambulância para avaliação do acidente. A prova continuou sob safety car até que os boxes fossem liberados para a continuação da prova.

CORRIDA 1

A largada foi conturbada para a maioria dos pilotos, com batidas logo na primeira volta. Felipe Massa, por exemplo, saiu da prova nesse começo. Ricardo Maurício se manteve tranquilo na liderança e passou a abrir distância, enquanto Rubens Barrichello e Átila Abreu disputavam a 2ª posição, além de Daniel Serra e Andi Jakos pela 4ª. Átila, inclusive, ficou na pista na oitava volta. O carro parou repentinamente, ocasionando uma bandeira amarela no local. Nelsinho Piquet também abandonou.

Gabriel Casagrande foi subindo no grid e protagonizou uma boa disputa com Bruno Baptista. Usando o botão de ultrapassagem, ele conseguiu passar o carro do adversário e apertou o pé para se manter à frente. Perto do final, a maioria dos pilotos preferiu se preparar para a segunda corrida em vez de disputar posições na primeira.

CORRIDA 2

Na segunda prova, como é costumeiro na Stock Car, houve a inversão dos 10 primeiros colocados da primeira corrida. O décimo colocado é o primeiro; o nono, o segundo e assim sucessivamente. Por conta disso, Cacá Bueno assumiu a liderança. A corrida teve um momento inusitado protagonizado por Guilherme Salas, que correu durante quase 10 minutos com o capô de seu carro levantado. Depois, ele abandonou a prova.

Pedro Cardoso também fez uma boa disputa com Cacá Bueno pela primeira posição, mas isso beneficiou Ricardo Zonta, que ultrapassou os dois com tranquilidade. Após a disputa, Cacá Bueno ainda foi ultrapassado por Matías Rossi e caiu para a 4ª posição. Ele ainda cometeu um erro e saiu da pista, descendo até a 16ª posição.

Três carros se engalfinharam na hora da saída dos boxes. Denis Navarro tentou sair, Pedro Cardoso não aliviou e eles se chocaram com o carro de Bruno Baptista, além de três mecânicos terem sido atingidos. A ambulância foi chamada e o safety car precisou entrar na pista. Os três mecânicos estavam conscientes e dois foram levados de ambulância do local.

Se você acompanha minimamente as redes sociais de Tom Brady e Gisele Bündchen, sabe que a modelo está sempre indo nos jogos de futebol americano do marido - que atualmente joga pelo Tampa Bay Buccaneers. Acontece que os dois estão sofrendo rumores de crise no casamento, e o motivo seria justamente a decisão de Brady de não se aposentar - segundo informações do Page Six e do New York Post.

Bom, é esse contexto que está fazendo os fãs do casal ficarem ainda mais ansiosos para o jogo de Brady deste domingo, dia 25. Afinal, Gisele irá manter a tradição e ir torcer pelo marido, ou não? Fontes ouvidas pelos jornais afirmam que o quarterback está contando com isso.

##RECOMENDA##

Gisele aparecia quase exclusivamente nos jogos em casa. Tom e todo o time esperam que ela volte ao camarote da família com as crianças para a partida de domingo, disse a fonte.

O jogo começa 17h25 no horário de Brasília.

O ex-jogador brasileiro Kaká, 40 anos, está em Berlim, na Alemanha, para correr sua primeira maratona.

O site alemão "Der Spiegel" afirmou que o Bola de Ouro de 2007, quando jogava pelo Milan da Itália, disputará a Maratona de Berlim no domingo (25) e pretende concluir a prova abaixo do tempo de três horas e 40 minutos.

##RECOMENDA##

"O que trago comigo do esporte profissional é principalmente a mentalidade. Meu corpo estava acostumado a outros movimentos. Uma maratona plana, uma cidade muito bonita e uma boa atmosfera, um pacote completo para correr em Berlim", declarou o brasileiro.

[@#video#@]

Da Ansa

O meio-campista David Silva, com passagens pela seleção espanhola e ídolo do Manchester City, foi condenado a pagar uma multa no valor de 1.080 euros (cerca de R$ 5,5 mil) por agredir uma mulher durante uma confusão em uma festa de carnaval na Espanha.

O jogador espanhol, que atualmente defende a Real Sociedad, foi condenado por "um pequeno crime de lesão" por agarrar e empurrar uma mulher, identificada apenas como L. A vítima sofreu uma lesão no pescoço ao cair no chão, além de uma escoriações no cotovelo esquerdo e ferimentos menores no dedo da mão esquerda, joelhos e pernas.

##RECOMENDA##

A agressão aconteceu no dia 19 de junho, durante uma briga generalizada no Campo Internacional de San Bartolomé de Tirajana, na ilha de Gran Canaria, na Espanha, na celebração do carnaval de Maspalomas. A decisão judicial pela multa foi precedida de um acordo entre as duas partes.

Outras duas pessoas também foram condenadas pelo episódio, incluindo o irmão de David Silva, multado por dois crimes de lesão leve. O terceiro envolvido foi condenado a oito meses de prisão por crime de lesão e multa por um crime de ameaças.

David Silva chegou ao Manchester City em 2010, mesmo ano em que conquistou a Copa do Mundo com a seleção da Espanha. No time inglês, foi peça fundamental na transformação do clube em um dos grandes do futebol europeu, tendo se sagrado quatro vezes campeão do Campeonato Inglês, duas vezes da Copa da Inglaterra e cinco da Copa da Liga Inglesa.

Falar de greve no esporte é algo não muito usual. O ano de 1982 foi muito importante e marcante para a temporada da NFL (National Football League), pois a principal liga de futebol americano dos Estados Unidos parou por causa de uma greve. Um acontecimento que foi um divisor de águas para esse esporte e que ficou conhecido como o “Strike” de 82. Um choque financeiro e principalmente ideológico para a liga, que até hoje é lembrado.  

Os atletas pleiteavam 55% dos lucros totais da liga em forma de salários e benefícios. Os salários naquela época não eram altos como nos dias de hoje, não havia planejamento de aposentadoria e os donos de clubes não garantiam assistência médica. Nesse contexto, a Associação de Jogadores da NFL teve um papel crucial, sendo a primeira vez que uma entidade de classe dos atletas teve uma estruturação adequada para lutar pelas suas exigências.

##RECOMENDA##

Da parte dos donos, houve um desinteresse em negociar. O impasse se estendeu e, depois de duas semanas, veio a greve. Foram 57 dias de paralisação, sete semanas de jogos perdidos e milhões de dólares devolvidos às emissoras de televisão.  

Quem representou a Associação de Jogadores (NFLPA) foi o advogado Ed Garvey (1940-2017). Ele defendeu o estabelecimento de uma escala de salário mínimo que garantisse aos jogadores uma remuneração, em função dos anos de serviço e condições básicas. Ainda buscava instituir um sistema de indenização em caso de demissão e uma reorganização da liga. Entretanto, o assunto que era difível negociar era o percentual dos 55%.

A proposta faria os donos repassarem um bilhão de dólares vindos de bilheteria e contratos de TV e rádio aos jogadores nos anos seguintes. Vale lembrar que naquele ano teve a vitória do San Francisco 49ers sobre o Cincinnati Bengals, que rendeu à CBS a maior audiência de um evento esportivo até então. Isso fez com que a NFL assinasse um novo contrato com a emissora, mas depois os proprietários recusaram. As negociações seguiram, a temporada começou e nenhum acordo foi firmado. No dia 20 de setembro de 1982 a greve começou. A reação dos donos de franquia foi imediata. Os jogadores foram totalmente proibidos de acessar campos, salas de treinamento, assim como utilizar os equipamentos.  

No início, os atletas estavam mantendo seus treinamentos da forma que podiam, esperando pela volta aos jogos. Entretanto, à medida que o tempo passava, alguns saíram de férias e outros chegaram a desistir. Os jogadores perderam muito dinheiro, mas os mandatários da NFL também. Isso mantinha a esperança. Além disso, a TV pressionava muito por causa da audiência, porque ninguém se preparou para um fim de ano sem NFL. O impasse chegou ao ponto em que todos estavam perdendo e, por isso, resolveram negociar.  Depois de 57 dias, a greve teve seu fim. Um acordo coletivo de trabalho foi assinado e os jogadores receberam incentivos.

Mas a vitória mesmo foi  da Associação de Jogadores da NFL. O episódio a deixou muito forte, ao ponto de exigir mais melhorias a partir de 1983, tornando as carreiras dos jogadores mais dignas e vencendo processos trabalhistas.

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) busca se aproximar do público jovem e sua primeira ação para alcançar tal faixa etária, abaixo dos 20 anos, foi entrar no metaverso. A entidade promoveu a Arena Seleção, um espaço que reúne atividades interativas, com inauguração na Blockman Go, da Garena, plataforma para jogos online e também envolvida com o Free Fire, febre entre a garotada dos games.

Durante o evento, usuários faturaram moedas do jogo, que foram trocadas por itens importantes na brincadeira para quem entrasse no local com o uniforme virtual da seleção brasileira e postasse fotos de seu avatar com as hashtags #JogaBolaBlockmanGo e #CelebreAPaixãoSeleção.

##RECOMENDA##

"Os jovens estão no digital e, para garantir que estes consumidores tenham interesse no seu produto, na sua marca, é preciso estar neste mundo. Sejam com os NFTs, seja com uma presença no Metaverso. É neste ambiente que o consumidor convive com seus pares, interage com as marcas e consome. A CBF está no caminho certo, marcando presença neste universo", comenta Sylmara Multini, CEO da IDG, empresa especializada em NFTs.

O visitante da Arena Seleção também pode navegar por mapas interativos, tirar foto com o Canarinho, mascote do time brasileiro que estará no Catar com o time de Tite, conhecer o museu virtual da CBF com todas as conquistas dos títulos até o pentacampeonato mundial, ir para o vestiário e até disputar uma partida de futebol com outros amigos.

"Sem dúvidas esse caminho da gamificação dos esportes tradicionais é sem volta. Para conseguirmos cativar o público jovem e envolvê-lo na transmissão, certamente será necessário fazer um formato mais próximo do que eles estão acostumados nos games", destaca Guilherme Figueiredo, CEO da NSports. "A pandemia só acelerou esta tendência de inserir os indivíduos no ambiente digital. O metaverso é um assunto muito promissor e deve consolidar esse conceito de fusão dos mundos real e virtual, já presente no ambiente dos games, mas que ganhou uma força ainda maior agora com o contexto do Facebook."

Com a constante busca por algo novo entre as próximas gerações, o público do futebol também acompanha as atualidades tecnológicas e cabe a todos se adequar ao mercado. "O desafio das instituições esportivas passará por desenvolver novas propriedades intelectuais, que façam sentido se desdobrarem no metaverso e nas realidades virtuais. Há muito para se explorar nesse sentido e esse passo da CBF indica um início importante", avalia Bruno Maia, CEO da Feel The Match e especialista em inovação e novas tecnologias do esporte e entretenimento.

O primeiro passo começou pela CBF, mas logo deverá chegar aos clubes e seus torcedores. Toda forma de renda e monetização é bem-vinda no cenário do futebol brasileiro. "Os clubes precisam buscar o melhor para todas as faixas etárias de sua torcida. O campo virtual, o metaverso, além de outros jogos que aproximem o público mais jovem e o torne mais ativo junto à instituição é um caminho necessário. Será uma área cada vez mais explorada nos próximos anos", destaca Pedro Melo, diretor de marketing do Atlético-MG.

O Blockman GO Garena está disponível de graça para Android via Google Play e iOS via Apple Store e quem acessar já fatura a skin completa do uniforme do Brasil, chuteiras e uma bola, tudo para atuar com estilo na nova plataforma da CBF.

O prefeito de Madri, José Luis Martínez-Almeida, prometeu trabalhar pela identificação dos torcedores do Atlético de Madrid que cantaram ofensas racistas contra o atacante brasileiro Vinícius Júnior, do Real Madrid, no último domingo. O pronunciamento foi feito pelo político espanhol durante um ato municipal realizado nesta segunda-feira, um dia após a vitória por 2 a 1 dos merengues no dérbi madrilenho.

"Não tem cabimento em nenhum lugar, não apenas em um espetáculo esportivo, mas em nenhum estado da vida. Acredito que o que deve ser feito é identificar as pessoas que proferiram as ofensas, porque acredito que elas não são dignas e merecedoras de entrar no estádio do Atlético de Madrid", afirmou Almeida.

##RECOMENDA##

Torcedor do time colchonero, o prefeito se disse envergonhado pelo episódio. "Esse comportamento é absolutamente reprovável e condenável. Digo isso da minha dupla perspectiva como prefeito de Madri, e como todos sabem, de um torcedor do Atlético. Para mim é embaraçoso que torcedores do Atlético sejam capazes de proferir esse tipo de insulto racista", condenou.

Um registro em vídeo feito pela Rádio Cadena Cope antes do dérbi mostra um grande grupo de torcedores do Atlético de Madrid entoando o canto "É um macaco, Vinicius é um macaco". Além disso, um torcedor rival foi visto com um boneco estereotipando o jogador.

O fato se deu dias após o atacante brasileiro ter sido alvo de comentários racistas por parte de Pedro Bravo, agente de jogadores de futebol na Espanha. Durante o programa televisivo ‘El Chiringuito de Jugones’, Bravo criticou o fato de Vini Jr. dançar em suas comemorações e afirmou que o atleta precisa "deixar de fazer macaquice".

Após a repercussão do caso, Bravo pediu desculpas ao atleta. Josep Pedrerol, apresentador da atração, tentou explicar a fala, afirmando que elas foram "impróprias" e não racistas. "Na Espanha, não fazer macaquices significa não se fazer de tonto. Aqui cometemos erros de utilizar expressões inapropriadas, mas não racistas. Peço desculpas se isso te incomodou", afirmou Pedrerol.

É o fim de uma era. José Aldo, um dos maiores lutadores de MMA, vai se aposentar. O ex-campeão peso-pena acertou a sua saída do UFC sem lutar o último embate que tinha no contrato. A entidade aceitou o pedido e encerrou a passagem do brasileiro pelo esporte.

Aos 36 anos, José Aldo venceu 31 lutas e perdeu apenas oito, ostentando o título de peso-pena por muitos anos. Apesar da aposentadoria no MMA, o brasileiro, assim como outros compatriotas, pode seguir lutando em outros esportes, a exemplo do boxe.

##RECOMENDA##

Curiosamente, a última luta de José Aldo foi no mesmo local onde Michael Jordan fez sua partida derradeira de basquete, na Vivint Arena, em Utah, nos Estados Unidos, no dia 20 de agosto, quando foi superado por Merab Dvalishvili.

A decisão passou muito pela vida pessoal do lutador, que está esperando o segundo filho com sua esposa Viviane. No entanto, ele já indicava a aposentadoria ao final de seu contrato com o UFC.

Nomeado, "Campeão do Povo", José Aldo entrou no UFC já como campeão dos penas, mérito conquistado no antigo WEC. Defendeu o cinturão de 2010 até 2015. Ficou invicto, contando todas as competições, por dez anos, derrotando 17 adversários.

O cinturão caiu na dura luta contra Conor McGregor. Desde então, revezou entre bons e maus momentos. Recuperou o posto de campeão depois de vencer Frankie Edgar, combinado com a decisão de McGregor de subir para o peso-leve.

Em 2017, Aldo defendeu o título contra Max Holloway e acabou sendo derrotado. Chegou a fazer novas lutas, mas sem o mesmo ímpeto de outrora. O desafio diante de Dvalishvili colocou um ponto final na história de um dos maiores vencedores do UFC.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) vai contar com um CEO (Chief Executive Officer) pela primeira vez em sua longa história. O anúncio foi feito nesta sexta-feira e surpreendeu também porque a entidade já definiu quem vai ocupar o cargo de chefia. Será uma mulher, Natalie Robyn, dona de larga experiência em funções semelhantes no mundo do automobilismo.

A surpresa se deve à presença pequena de mulheres na cúpula da FIA. Para se ter uma ideia, somente no início deste ano uma mulher passou a ocupar uma função de peso na federação. Trata-se da brasileira Fabiana Ecclestone, que se tornou a primeira vice-presidente do sexo feminino da história da FIA - há outros seis vices, todos homens, assim como o presidente, Mohammed Ben Sulayem.

##RECOMENDA##

Natalie Robyn vem seguir os passos de Fabiana na cúpula da federação. A americana tem experiência de 15 anos como executiva tanto na área automotiva, com passagens por empresas como Volvo, Nissan e DaimlerChrysler, quanto em setores financeiros.

"Estou muito feliz por ser escolhida para ocupar o novo cargo de CEO da FIA num momento tão importante e empolgante da federação. Estou ansiosa para trabalhar com todos os membros da entidade, as lideranças dos times e com o presidente para representar sua visão de reforma e crescimento envolvendo a todos", declarou a americana.

A contratação de um CEO confirma as disposições de Ben Sulayem de fazer mudanças tanto na cúpula quanto na gestão geral da federação, considerada muito conservadora nas últimas décadas. O ex-piloto de rali, nascido em Dubai, é o primeiro não europeu a ocupar a presidência da FIA, eleito em dezembro.

De acordo com o mandatário, a CEO terá como responsabilidade melhorar os resultados da área operacional e financeira numa "administração mais integrada e alinhada" da FIA. Ela também terá a função de liderar a estratégia de reforma da entidade e buscar novas fontes de renda, por meio de novos planos de crescimento comercial.

"A contratação de Natalie Robyn como nossa primeira CEO é um momento de transformação para nossa federação. Sua longa experiência e liderança serão cruciais para o crescimento das nossas finanças, governança e operações", declarou o presidente da FIA.

A chegada da americana ao posto de CEO confirma o crescimento da presença feminina no automobilismo e corrobora declarações de Fabiana Ecclestone em entrevista exclusiva ao Estadão, em abril deste ano. Na ocasião, ela comemorou o maior espaço para as mulheres na FIA e disse que esse era apenas o começo. "Não seria surpresa ver uma mulher na presidência da FIA", afirmara a brasileira.

Marcado para ocorrer no dia 30 de Setembro em Recife, no icônico ginásio de esportes Geraldo Magalhães, o “Geraldão”, o evento mundial de MMA Legacy Fighting Alliance, popularmente conhecido como LFA, divulgou por meio de suas redes sociais, quais atletas irão compor o card da sua 143ª edição, a primeira realizada no Nordeste. Ao todo, vinte e dois atletas tiveram seus nomes confirmados pela organização.

 Dos vinte lutadores revelados, seis deles irão representar Pernambuco no octógono do LFA. Entre eles está o veterano Caio Machado, de 29 anos e natural da cidade de Olinda. O atleta vai em busca de sua décima sexta vitória e terá pela frente um oponente duro; o ex-UFC Gabriel Silva, que assim como Caio, também vem de vitória de sua última luta. 

##RECOMENDA##

De acordo com Caio Machado, o fato de lutar com um atleta que está entre os melhores do mundo, é combustível para seu camping (fase de treinamento), que vem sendo direcionado exclusivamente para o MMA. “Nosso objetivo é surpreender. Se ele (Gabriel Silva) quiser lutar em pé ou no chão, estarei pronto. Fora isso, não vejo oportunidade melhor. Lutar em casa com o apoio da torcida em um evento do tamanho do LFA, é o momento de mostrar que o nordestino também tem MMA.” declarou o atleta pernambucano. 

Caio se consagrou entre os nomes do MMA nacional por atuar nas principais organizações nacionais e internacionais, como Shooto e LFC. Atualmente o atleta se valida por ser o lutador peso-pena que lidera o ranking nordestino, ao mesmo tempo que é, também, detentor dos cinturões peso-pena de duas das principais organizações do país: o Number 1 e o GFC.

Outro pernambucano que também confirmou presença na 143ª edição do LFA, é o atleta Maicon Silva, mais conhecido popularmente pelos entusiastas do esporte como Maicon “Mamute”. O atleta de 30 anos é natural da cidade de São Lourenço da Mata e possui 8 vitórias em seu cartel. Entre seus feitos como atleta, estão os títulos do Paulista Fight e Recifight, ambos na categoria peso-pesado. Em abril deste ano, Mamute fez sua primeira luta internacional. O atleta subiu ao octógono do EMC, que é considerado um dos principais eventos de luta da europa e enfrentou o croata Martin Bartur. O combate ocorreu na cidade de Dusseldorf, na Alemanha.

De acordo com Mamute, a preparação segue intensa até o dia da luta. O atleta afirma fazer cerca de três treinos diariamente, com o principal objetivo de finalizar a luta no primeiro assalto.  “Eu vou buscar a luta no chão e vou com tudo para finalizar no primeiro Round. Estou treinando intensamente e meu camping está sendo feito com os melhores. A parte técnica está sendo trabalhada com o atleta Caio Machado e o técnico Diego Veiga”, disse.

Também foram confirmados nomes locais como o dos recifenses Fábio Aguiar (Ex Bellator) e José Arly, o toritamense Willyanedson Paiva, a olindense Mayara Thays e a atleta Ingrid Silva, natural da cidade de Jaboatão dos Guararapes. 

Atletas de outros estados do Brasil também já tiveram seus nomes revelados. O Rio Grande do Norte é o segundo estado em representatividade e conta com cinco atletas no card. São eles: Augusto Matias, Rose Conceição, Neto Oliveira, Natália Alves e Gabriela Hermogenes, que fará a disputa de título contra a carioca Karoline Martins. Ainda representando o nordeste, o certame conta com o baiano Ednaldo Nalzinho e os cearenses Marcelo Marques e Leonardo da Silva. O paulista Bruno Lopes, o capixaba Gabriel Silva e o carioca Kauê Fernandes completam o card desta edição. 

Sobre o LFA

O LFA é o maior revelador de talentos do MMA mundial, sendo o principal celeiro para exportação de atletas aos principais eventos do mundo, como Bellator e UFC. Representado no Brasil por Rafael Feijão (ex-campeão do Strikeforce, com passagem pelo UFC) e Ed Soares, CEO do LFA e empresário de inúmeros atletas da elite do MMA mundial, o evento terá investimento em torno de R$ 2 milhões e geração de aproximadamente 200 empregos em torno da sua realização. Em termos de público, a organização estima a presença de nove a dez mil pessoas.

Card Principal

Peso-meio-pesado: Bruno Lopes (SP)  x Willyanedson Paiva (PE)

Peso-mosca feminino: Karoline Martins (RJ) x Gabriela Hermogenes (RN)

Peso-leve: Augusto Matias (RN) x Marcelo Marques (CE)

Peso-pena: Gabriel Silva (ES) x Caio Machado (PE)

Peso-palha feminino: Rose Conceição (RN) x Mayara Thays (PE)

Peso pesado: Ednaldo Novaes (BA) x Maicon Douglas (PE)

Card Preliminar

Peso-médio: Lucas Fernando (RJ) x Fábio Aguiar (PE)

Peso-pena: Neto Oliveira (RN) x Leonardo da Silva (CE)

Peso-leve: Kauê Fernandes (RJ) x José Arly (PE)

Peso-mosca feminino: Ingrid Silva (PE) x Natália Alves (RN).

SERVIÇO LFA Nº 143 | Recife-PE

Data: 30 de setembro de 2022.

Local: Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães (Geraldão).

Horário: 17h (abertura dos portões); 19h (início dos embates).

Ingressos

Site

Instagram oficial: @lfafighting @lfa_brasil

Da assessoria

O banco Itaú Unibanco teria mandado leiloar o apartamento duplex de Caio Ribeiro por conta de uma dívida de dois milhões de reais do comentarista da TV Globo. Segundo informações do colunista Diego Garcia, a empresa teria ficado com o imóvel e declarado quitados os débitos do famoso após duas tentativas falhas de venda, em que não surgiram interessados.

O jornalista noticia que a escritura apartamento informa que o ex-jogador de futebol teria adquirido o duplex de parentes por dois milhões e 400 mil reais em 2016, sendo que cerca de um milhão e 400 mil reais foi por meio de financiamento. Na época, Caio manteve a posse e deu o imóvel em alienação fiduciária ao Itaú Unibanco, ou seja, transferiu a propriedade para a instituição financeira de modo a ser usada como garantia até o pagamento da dívida.

##RECOMENDA##

No caso do comentarista, ele prometeu pagar em 360 prestações mensais e sucessivas com juros. O apartamento foi avaliado em dois milhões de reais, o que correspondia à dívida de Ribeiro com o banco e fez com que o duplex fosse a leilão por conta da lei de alienação fiduciária após o ex-atleta não cumprir com sua parte do acordo.

Procurado, o comentarista não retornou o contato até o momento para esclarecer os fatos.

Nesta quinta-feira (15), o influenciador digital Iran Ferreira foi às redes sociais para desmentir o colunista Leo Dias. Luva de Pedreiro refutou que o seu anúncio de "fim de carreira" tenha a intenção apenas de deixar de ser agenciado por Falcão.

De acordo com Leo Dias, Iran Ferreira quer ser agenciado pelo TikToker sênegales Khaby Lame, que atualmente acumula mais de 148 milhões de fãs e é um sucesso na rede social. Nos stories, Luva de Pedreiro afirmou que Falcão segue sendo seu empresário. 

##RECOMENDA##

“Agora foi que deu, estão dizendo que Falcão agora não é meu empresário, que eu saí, que mentira é essa parceiro? Vem esse Leo Dias dizer que Falcão não é meu empresário mais, que eu sai, é tudo mentira, é fake news, é mentira”, afirmou.

Na matéria, Leo Dias afirma que o "fim de carreira" foi idealizado após Luva conhecer Khaby, em sua casa em Milão na itália. Com a estratégia, o influenciador brasileiro conseguiria acabar a sua parceria com Falcão sem maiores problemas.

Fim da carreira

Na quarta-feira (14), Luva apagou todas as postagens do feed do seu Instagram e publicou um vídeo no qual anuncia o encerramento da sua carreira para os fãs. O garoto informou que seguirá sua vida normal, sossegado e que sua equipe é “gente boa” e “faz parte da sua família”, de modo que isso foi uma decisão pessoal.

Logo após anunciar seu afastamento das redes sociais e apagar todos os seus vídeos como Luva de Pedreiro, Iran Santana Alves, teve um recurso contra seu ex empresário, Allan Jesus, negado pela Justiça. O pedido feito por Iran era uma tentativa de derrubar a decisão judicial que o obriga a depositar em juízo 30% dos seus rendimentos totais, até pagar o montante de R$ 5,2 milhões devidos ao seu ex-empresário como multa rescisória do contrato que eles tinham anteriormente.

Em juízo, Iran pedia que as prestações devidas ficassem em sua conta bancária até que saia o resultado do processo que move contra Allan. A sentença foi dada pelo desembargador Gabriel de Oliveira Zefiro, da Décima Nona Câmara Cível, mas cabe recurso. 

##RECOMENDA##

O processo movido por Luva de Pedreiro para romper o contrato com o antigo empresário tramita na 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Ele alega que não tinha como compreender as cláusulas desse contrato por não ter sido alfabetizado, bem como seus pais.

O estipulado pela Justiça é que, caso Iran não deposite para seu ex agente o estipulado judicialmente, o influenciador terá suas contas pessoais bloqueadas e o pagamento de multa diária de R$ 10 mil. 

Atualmente, Luva de Pedreiro tem como empresário o ex-jogador de futsal, Falcão e recebe um salário mensal de R$ 100 mil além de 60% dos valores arrecadados de todos os novos contratos assinados por ele. As despesas de Iran também são bancadas por seu agente. 

Mesmo anunciando sua aposentadoria, Luva de Pedreiro ainda tem contratos com marcas renomadas como a Pepsi e a Amazon, firmados quando ele ainda estava com seu antigo empresário. 

Nas redes sociais, após o anúncio de que ia parar sua carreira, Luva voltou ao Instagram recentemente para divulgar dois comerciais que gravou para a Copa do Mundo do Catar e justificar a parada nas gravações de seus famosos vídeos.  

"Fala minha tropa, todo mundo está falando aí que eu parei de fazer vídeo foi porque eu não tenho mais conteúdo, não tenho vídeo para postar... Eu fiz dois comerciais que ninguém nunca fez, que vai (sic) passar agora nos meses da Copa do Mundo, que vai passar em todas as televisões do mundo, que o cara da Luva de Pedreiro vai estar no meio. É porque eu decidi mesmo parar, tá ligado? , disse ele.

Por Joice Silva

Sob o comando do experiente técnico Fabiano Souza, mais conhecido como Chokito, a Seleção Pernambucana de Futsal masculino Sub-17 estreou no VI Campeonato Brasileiro de Seleções da categoria/Divisão Especial 2022, que está sendo realizado no Recife (sede: Centro Esportivo Santos Dumont - bairro de Boa Viagem).

Na rodada de abertura, disputada na última terça-feira (13/09), Pernambuco empatou em 2x2 com a Seleção Alagoana, pelo Grupo A (1ª fase - etapa classificatória - turno único). Nesta quarta-feira (14/09), os pernambucanos enfrentam a Seleção de São Paulo, às 18h15. A competição nacional de base segue em ação até o próximo domingo (18/09), quando acontece a grande final. 

##RECOMENDA##

O atual campeão do Brasileiro de Seleções Sub-17 é justamente Pernambuco, estado que mais sediou certames nacionais nos últimos seis anos. A última disputa do Brasileiro da categoria foi em 2017, na cidade de Uberlândia/MG. Para a disputa deste ano, em sua 6ª edição da história, PE conta com 29 pessoas na delegação, sendo 19 atletas e dez membros da comissão técnica. Pernambuco está no Grupo A, ao lado da Bahia, São Paulo e Alagoas. 

O campeonato nacional reúne 12 estados este ano: Pernambuco, Bahia, São Paulo, Alagoas, Pará, Mato Grosso, Sergipe, Rio Grande do Norte, Goiás, Ceará, Paraíba e Rio de Janeiro. Metade das federações participantes é da região Nordeste. A 1ª fase tem três grupos formados por quatro federações cada. As seleções jogam entre si dentro do próprio grupo na 1ª fase (ida - etapa classificatória), com as duas primeiras colocadas de cada chave e as 1º e 2º melhores índices técnicos avançando para as quartas de final (2ª fase - jogo único). As semifinais (3ª fase) e a final (4ª fase) também acontecem em partida única.

Da assessoria

O atacante Thomas Müller entrou para a lista dos jogadores vítimas de assaltos enquanto defendem seus times em campo. Na terça-feira, a casa do alemão foi invadida em Munique durante a partida entre o Bayern e o Barcelona, na Espanha, pela fase de grupos da Liga dos Campeões.

Müller era um dos titulares do seu time na vitória por 2 a 0 quando sua residência sofria um roubo, de acordo com o jornal alemão Bild. O assalto teria ocorrido por volta das 22 horas, momento em que o jogador disputava o segundo tempo no Camp Nou, em Barcelona, pelo horário local.

##RECOMENDA##

Ainda segundo o periódico, os ladrões teriam levado dinheiro vivo, joias e objetos de valor, não especificados. O prejuízo para Müller pode ter chegado à casa dos 100 mil euros, equivalente a R$ 517 mil), segundo estimativa inicial. Não há registro se havia familiares ou funcionários do jogador na casa durante o assalto.

O atacante do Bayern e da seleção da Alemanha só ficou sabendo do roubo ao fim da partida. E não se manifestou sobre o caso.

Os assaltos a casas de jogadores de futebol se tornaram comuns nos últimos anos, em diferentes países europeus. Uma das vítimas mais recentes foi o atacante Pierre-Emerick Aubameyang, então do Barcelona. Ele chegou a ser agredido e sofreu lesões no rosto dias antes de acertar sua transferência para o Chelsea.

Antes dele, Robert Lewandowski, outro atacante do Barça, teve roubado um relógio do seu pulso quando chegava para treinar no CT do clube. Atletas como Casemiro, Morata, Piqué, Umtiti, Jordi Alba e até o técnico Zinedine Zidane (ex-Real Madrid) foram vítimas destas investidas criminosas.

No último mês, um vídeo em que um jovem pesa os envelopes do álbum viralizou nas redes sociais. A maioria dos pacotinhos pesa quatro gramas, então caso a balança registre o número cinco (gramas) significa que há uma figurinha a mais da Copa do Mundo - o tão procurado cromo extra, avaliado em centenas de reais, em alguns casos, na internet. O que no início pode ter sido uma brincadeira, virou assunto sério. Será que as pessoas realmente pesam os envelopes, em busca dessas figurinhas raras?

Segundo a editora Panini, dona do produto, a chance de encontrar uma dessas em um pacotinho é de 1%: a cada 100 pacotes, em um haverá um cromo especial do Neymar, do Mbappé ou do Messi, por exemplo. Ao todo, são 80 destes na coleção, mas que não possuem espaço para serem colados no livro ilustrado. Mesmo assim, por serem bem avaliadas no mercado - uma figurinha dourada do craque brasileiro foi colocada à venda por R$ 9 mil na internet -, o interesse e a busca por elas cresce.

##RECOMENDA##

Na banca de jornal mais próxima ao estádio do Pacaembu, há apenas uma regra: é proibido ao cliente pesar ou selecionar os pacotinhos. O aviso pode soar curioso, mas para toda placa há uma história que a antecede. Fabiana, que trabalha no local, conta que alguns colecionadores tentaram usar suas balanças para encontrar as figurinhas extras.

"Alguns clientes chegavam com balança própria para pesar os pacotinhos, logo nos primeiros dias do lançamento da coleção, mas nós nunca permitimos", conta. Essa prática, que é eficiente de acordo com vídeo que vazou, divide opiniões até entre os colecionadores, inclusive na Praça Charles Miller e no Museu do Futebol.

Leandro Fonseca, de 40 anos, é um colecionador e organizador do evento de trocas no Museu do Futebol, que ocorre aos sábados. Ele é sucinto sobre o assunto: "quem fala que nunca pesou os envelopes está mentindo". Segundo ele, o método funciona. "Eu compro diversos pacotinhos e vou pesando. Se der cinco gramas, eu sei que tem a figurinha especial", conta. Por meio desse procedimento - além do evento aos sábados no Pacaembu -, ele já conta com mais de 50 cromos especiais.

Mas a opinião sobre esse método não é unânime. José Ferreira, de 60 anos, com mais de 40 de experiência nesta área do colecionismo, vai na contramão. "Não existe isso de pesar os pacotinhos, porque nem todo envelope tem o mesmo tipo de papel". Na edição deste ano, há duas versões vendidas para o Brasil: uma branca, comercializada nas bancas, e uma bordô, geralmente comprada pelos colecionadores na internet e por meio de lotes da Panini.

"Cada um destes (envelopes) tem textura e peso diferentes. Um é mais fino do que o outro, então a balança não é eficiente", relata. Em busca das figurinhas extras, Ferreira as compra (em média, por R$ 20) e comercializa em sua loja. Com preços que variam de R$ 50 a R$ 200, os colecionadores podem ter fácil acesso às raridades.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando