Coronavírus: Câmara dos EUA aprova lei que libera recursos

Na sexta-feira, o presidente americano, Donald Trump, declarou o surto como emergência nacional

sab, 14/03/2020 - 11:51

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou, durante a madrugada, legislação para apoiar americanos que estejam sofrendo fisicamente, financeiramente e emocionalmente da pandemia de coronavírus. Na sexta-feira, o presidente americano, Donald Trump, declarou o surto como emergência nacional, liberando dinheiro para combatê-lo, e depois apoiou o pacote de auxílio que tramitava no Congresso.

O projeto teve apoio dos dois partidos, e foi aprovado por 363 votos contra 40. Agora, ela irá para o Senado. O apoio de Trump praticamente garante que os Republicanos votem a favor da legislação.

Partes centrais do projeto do Congresso, que complementa os US$ 8,3 bilhões de emergência aprovados na semana passada, estão testes gratuitos, licença familiar e pagamento para trabalhadores que se ausentarem do trabalho.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, prometeram um terceiro pacote ligado ao coronavírus em breve, com medidas mais agressivas para impulsionar a economia americana, que economistas temem já ter entrado em recessão.

O presidente Donald Trump disse que ele deve fazer o teste para coronavírus após ter múltiplos contatos diretos ou indiretos com pessoas que testaram positivo para a doença. Trump, no entanto, disse que não precisa se isolar porque não estava exibindo sintomas.

Em Porto Rico, oficiais disseram que testes confirmaram três casos do novo coronavírus, os primeiros no território.

COMENTÁRIOS dos leitores