Tópicos | 26ª edição

Começa nesta quinta (8) a 26ª edição do É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários. A mostra, totalmente online e gratuita, conta com 69 documentários, de 23 países, que abordam diversos temas - desde tribos indígenas do Brasil à crise sanitária que assola o mundo há mais de um ano. As exibições acontecem até o dia  18 de abril.

Entre os selecionados para a mostra desta edição, estão os brasileiros, A Última Floresta, assinado por Bolognesi e Davi Kopenawa Yanomami, escritor, xamã e líder político yanomami; e Alvorada, em que Anna Muylaert e Lô Politi fazem um registro do Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff; além dos americanos MLK/FBI, filme de Sam Pollard sobre a investigação do FBI sobre Martin Luther King Jr; e Sob Total Controle, do vencedor do Oscar Alex Gibney, que aborda a ação do governo Trump contra a pandemia de coronavírus; entre outros títulos; e dos europeus Glória à Ranha e Fuga. 

##RECOMENDA##

Também acontece, durante o festival, uma mostra em celebração ao centenário do diretor francês Chris Marker e homenagens ao cineasta Ruy Guerra e ao cantor Caetano Veloso com programações especiais. Toda a programação será exibida pelo YouTube e também pelas plataformas digitais Looke, Itaú Cultural, Sesc em Casa e Spcine Play, além do Canal Brasil, na televisão.

O São João da Macuca, localizado no município de Correntes, no Agreste Pernambucano, vai comemorar sua 26ª edição nos dias 19 e 20 de junho. No primeiro dia, a festa começa às 20h com Benedito da Macuca, que há anos coloca a sua sanfona para 'chorar' no São João da fazenda.

O tradicional Cortejo do Boi da Macuca, repleto de carros de boi, cavalos e pessoas a pé, acompanhados pela Banda de Pífanos Esquenta Mulher, abre a festa no dia 20, às 12h, partindo do povoado de Baixa Grande. A partir das 18h, na fazenda, os Aboiadores Ronílson e Arlindo retomam o festejo no palco, seguidos de muito forró por conta do Conjunto Bole-Bole e Quarteto Olinda. Os ingressos variam entre R$ 15 e R$ 60 e o camping custa R$ 30. Os bilhetes podem ser adquiridos no site do evento.

##RECOMENDA##

Programação

19 de junho

20h - Benedito da Macuca

20 de junho

12h - Cortejo do Boi da Macuca, de Baixa Grande para a Fazenda Macuca, com a Banda de Pífanos Esquenta Mulher

18h - Aboiadores Ronílson e Arlindo; Conjunto Bole-Bole e Quarteto Olinda

Serviço

São João da Macuca

19 e 20 de junho

Fazenda Macuca – Distrito de Poço Comprido, Correntes-PE.

Ingressos

19 de junho
Meia -> R$ 15
Social -> R$ 20 + 1 Kg de alimento não perecível
Inteira -> R$ 30

20 de junho
Meia -> R$ 30
Social -> R$ 40 + 1 Kg de alimento não perecível
Inteira -> R$ 60

Passaporte de ingressos para os dois dias -> R$ 50

Cinquenta e cinco veleiros já cruzaram a linha de chegada da Regata Recife/Fernando de Noronha, até a noite desta segunda-feira (29). A largada foi realizada entre 12h30 e 14h do último sábado (27), no Marco Zero. Contando com os nove que não completaram o trajeto, por conta de algum tipo de problema, restam apenas três barcos para completar a 26ª edição da Refeno.

A embarcação do Rio Grande do Sul conquistou, no último domingo (28), o troféu Fita Azul da regata. O barco, chamado de Camiranga, com 14 tripulantes, percorreu as 298 milhas (cerca de 545 quilômetros) do Marco Zero do Recife até a praia do Boldró, em Noronha, em 22h40min43.

##RECOMENDA##

Embarcações que abandonaram a prova:

Tiare 2 - Ancorado em Cabedelo

Travessia - Sem informações

Fandango - Abriu a gaiúta do casco de sotavendo, embarcando água. Está no Cabanga Iate Clube de Pernambuco

Ave Rara - Problemas com velas rasgadas. Está no Cabanga Iate Clube de Pernambuco

Ivadel - Quebra do mastro. Está no Cabanga Iate Clube de Pernambuco

Carcará II - Quebra do mecanismo do leme e vela rasgada. Está no Cabanga Iate Clube de Pernambuco

Zawati - Está no Cabanga Iate Clube de Pernambuco

Patoruzú - Quebrou leme

Nativo – Tripulação resgatada a 26 milhas de Natal

As primeiras embarcações que disputarão a 26ª Edição da Regata Internacional Recife/Fernando de Noronha, com partida prevista para o dia 27 de setembro, começaram a atracar no Cabanga Iate Clube de Pernambuco nesta quarta-feira (10). Sete embarcações já estão no local: Jamaica III (Argentina), Tranquilidade (RN), Sogno (RJ), Tarú Andé (SP), Muakã (RN), Mistralis (RJ) e Kironsete (ES).

Além das sete embarcações de fora, nove barcos pernambucanos inscritos para Refeno já estavam atracados no clube - Avatar, Aventureiro ao Quadrado, Avoador II, Boleiro II, Carcará II, Chegado V, JR 01, Lampião II e Patoruzú. O primeiro barco gringo a atracar no Cabanga foi o Jamaica III, que estava em Suape desde o final de julho. O comandante do barco, o argentino Hugo Nunatack, de 62 anos, resolveu algumas questões burocráticas e adquiriu as quatro cartas náuticas necessárias para edição 2014 da Refeno.

##RECOMENDA##

Hugo, que fez o percurso Buenos Aires/Recife com seu próprio barco, deixou sua terra natal no dia 14 de abril (partindo do Clube Náutico Barlovento) e chegou ao porto de Suape em 30 de julho. Com tempo de sobra, o gringo aproveitou para conhecer o que Pernambuco tem de melhor a oferecer. “Já visitei muitas praias, como Porto de Galinhas, Cabo (de Santo Agostinho), Gaibu, Enseada (dos Corais) e Recife”, disse o velejador.

Até o momento, 98 embarcações estão inscritas ou pré-inscritas na Refeno 2014. Este número envolve participantes de 11 estados do Brasil, além de três países: três argentinos, um holandês e um francês. O Rio de Janeiro é o lugar mais bem representado, com 24 barcos inscritos. São Paulo vem logo atrás, com 22. Pernambuco é o terceiro, com 19 embarcações.

EMBARCAÇÕES QUE JÁ CHEGARAM

Jamaica III (Argentina) – Comandante: Hugo Krumm
Tranquilidade (RN) – Comandante: Flávia Araújo
Sogno (RJ) – Comandante: Leandro Bergman
Tarú Andé (SP) – Comandante: Moacir Marte
Muakã (RN) – Comandante: Gilson Araújo
Mistralis (RJ) – Comandante: Felipe Caire
Kironsete (ES) – Comandante: Simão Bassul Neto

Com informações da assessoria

Nesta terça-feira (1º), acontece uma das maiores festas da diversidade cultural pernambucana e do Nordeste, a Festa da Lavadeira, que em 2012 chega à sua 26ª edição. O evento, que acontecia tradicionalmente na Praia do Paiva (Cabo de Santo Agostinho), transferiu-se este ano para o Recife Antigo, com programação espalhada por quatro polos de animação: Palco do Mar (Marco Zero), Palco da Terra (Rua da Moeda), Palco da Lama (Praça do Arsenal), além de cortejos passando por diversos pontos do bairro. A expectativa de público para esse ano é de 100 mil pessoas.

De forte caráter religioso, a festa promove um grande encontro entre grupos e estilos de todo o Estado, entre tribos indígenas, sambistas, coqueiros, maracatus, ciranda, forró, afoxé, etc. Destaque para as apresentações de Karynna Spinelli, Lia de Itamaracá, afoxé Alafin Oyó, Maracatu Estrela Brilhante de Recife, Orquestra de Frevo Juvenil de Paulista (com participação especial Claudionor e Nonô Germano), entre outros, que acontecem no Marco Zero, a partir das 16h30.

##RECOMENDA##

Você pode acessar a programação completa, bem como maiores detalhes sobre as principais atrações no site do festival.

Confira o mapa ilustrativo com os locais das apresentações da 26ª Festa da Lavadeira:

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando