Tópicos | Douglas

Os jogos começaram de verdade no BBB22 e, nesta sexta-feira (21), os telespectadores conheceram o primeiro líder do programa, o ator brasileiro, Douglas Silva, que chegou ao pódio após ganhar uma prova de inteligência e outra de sorte. Porém, a liderança do ator causou polêmica nas redes sociais por ter escolhido apenas homens para o quarto do líder e a lista VIP, onde os integrantes têm maiores regalias, como mais opções de alimentos e conforto.

Muitas pessoas questionaram nas redes sociais qual o motivo da escolha e na madrugada deste sábado (22), Douglas, em conversa com os amigos, justificou que sua escolha veio por conta de um pedido da filha, Maria Flor: “'Pai, se você ganhar o líder, eu não quero nenhuma mulher lá no quarto'.

##RECOMENDA##

Atendendo ao pedido da filha, Douglas convidou para participar do VIP os participantes do reality, Luciano, Lucas, Paulo André, Pedro Scooby, Rodrigo e Tiago Abravanel.

Na tarde desta sexta-feira (21), o Big Brother Brasil 22 iniciou a disputa para a Super Prova do Anjo e Líder. Formando duplas, os participantes tiveram que correr contra o tempo para conquistar os benefícios da semana. A dinâmica consistia em montar um quebra-quebeça que remetia à uma pequena cidade. Na brincadeira, os brothers e sisters tiveram que encaixar peças em uma rodovia.

Os parceiros que tivessem o menor tempo ganhariam a liderança e o anjo autoimune. Ao final, quem acabou levando a melhor foi a dupla Douglas Silva e Rogrigo Mussi, cravando 172,5 segundos. Quando descobriram que haviam vencido, os dois vibraram com os outros confinados. Resta saber agora quem vai optar pelo Líder e o Anjo.

##RECOMENDA##

Veja quais duplas competiram a prova:

- Rodrigo e Douglas Silva

- Tiago Abravanel e Eslovênia

- Linn da Quebrada e Jessilane

- Brunna Gonçalves e Bárbara

- Laís e Naiara Azevedo

- Paulo André e Vinicius

- Pedro Scooby e Natália

- Maria e Lucas

- Arthur Aguiar e Luciano

- Eliezer e Jade Picon

Um dos principais jogadores da seleção brasileira de vôlei e homossexual assumido, o ponteiro Douglas Souza foi ao twitter para comentar a “punição” dada ao jogador Maurício de Souza, após este fazer comentários homofóbicos nas redes sociais. Para Douglas, a “retratação” do colega de profissão não é suficiente e “não vai dar em nada”.

Após viralizar os posts homofóbicos de Maurício em suas redes, a direção do Minas Tenis Clubes, pressionada pelos patrocinadores, decidiu afastar o jogador do time e exigir uma retratação.

##RECOMENDA##

“O famoso não vai dar em nada né. Toda vez a mesma coisa, cansado disso de sempre ter falas criminosas e no máximo que rola é uma 'multa' e uma retratação nas redes sociais. Até quando? Feliz pelas empresas se juntando contra e triste por atletas tentar (sic) passar o pano nisso. Vergonhoso”, disparou Douglas.

Vale ressaltar que o pedido de desculpas de Maurício de Souza veio através de uma postagem no Twitter, onde ele acumula pouco mais de 500 seguidores. No Instagram, onde o jogador tem mais de 275 mil fãs, não há nada que faça referência a um possível arrependimento. Pelo contrário, as postagens de cunho homofóbico seguem por lá.

“Todos os dias, todas as horas, um dos nossos morrem. E o que temos? Uma retratação”, finalizou Douglas Souza.

[@#video#@]

A seleção brasileira masculina de vôlei não vive seus melhores momentos fora das quatro linhas. Um atrito envolvendo dois jogadores tomou conta das redes sociais nesta sexta-feira. Maurício Souza e Douglas Santos trocaram farpas em suas contas. O motivo: a orientação sexual de um herói de uma revista em quadrinhos.

Maurício usou de suas redes sociais para criticar o fato de que a nova versão do super-homem é bissexual. O jogador ironizou a escolha da empresa que desenha o personagem dizendo que "vai nessa que vai ver onde vamos parar..."

##RECOMENDA##

Revoltado, Douglas também usou de suas redes sociais para apoiar a decisão da editora e aproveitou para rebater o companheiro de seleção.

"Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito mas eu tenho uma novidade pra sua heterossexualidade frágil. Vai ter beijo sim", escreveu.

"Obrigado DC por pensar em representar todos nós e não só uma parte", escreveu, agradecendo à editora.

Maurício, por sua vez, retrucou. "Aqui é frágil igual esticador de canto de cerca!"

Os dois serviram juntos ao time de Renan Dal Zotto que disputou a Olimpíada de Tóquio. Douglas, que é homossexual, já passou por episódios homofóbicos antes, durante viagem para a Itália.

Ele e o namorado foram detidos no aeroporto de Amsterdã por 15 horas. A situação só foi resolvida quando seu empresário e o Vibo Valentia, time que defende, intervieram e conseguiram a autorização de entrada dos dois na Holanda.

Douglas Souza, jogador da seleção brasileira de vôlei, deu detalhes sobre o caso de homofobia que viveu ao lado de seu namorado, Gabriel. Por meio de vídeos publicados em seu Instagram, o novo reforço do Vibo Valentia, da Itália, explicou como a viagem que deveria durar três horas durou 15.

"No controle de passaporte, perguntaram o que eu faria na Itália, eu disse que seria jogador de vôlei e o Gabriel era meu namorado. Logo, a fisionomia dele mudou na hora e o tratamento também. Ele perguntou o que ele faria lá, eu mostrei o documento de união estável, eu disse que ele iria me acompanhar e trabalhar", relatou Douglas.

##RECOMENDA##

Após mais de cinco horas, o jogador foi chamado pelos agentes do aeroporto em Amsterdã para uma entrevista em uma 'salinha'. Perguntado mais uma vez sobre o que iria fazer na Itália, Douglas percebeu que seu namorado não seria liberado facilmente. "Aí bateram na tecla do Gabriel, e eu falava que era meu namorado, e eles não entendiam esse termo, insistiam no companheiro e não queriam deixar ele passar de jeito nenhum."

A situação só foi resolvida quando seu empresário e o Vibo Valentia intervieram e conseguiram a autorização de entrada dos dois na Holanda. "Aconteceu, passou, meu clube não tem nada a ver. Eles ajudaram, meu empresário, também. Eu espero que ninguém passe por isso, sei que infelizmente vai passar e a gente tem que passar por isso", lamentou. "Acabou que passei 15 horas no aeroporto, e era para ter sido umas três, no máximo. Não achei normal. Eu sei o que eu vivi. Foi muito constrangedor."

Antes de contar todo o caso, Douglas usou as redes sociais nesta terça para expressar seu descontentamento com o tratamento recebido em solo europeu. "Hoje é um dos piores da minha vida. Foi horrível. Está sendo horrível. Eu só não vou contar realmente o que aconteceu hoje porque eu tenho medo deles tirarem a minha passagem e me deportarem", disse.

A capital do país tem pouca tradição na história do futebol brasileiro. Mas, aparentemente, a última equipe de Brasília que incomodou a nível nacional tem apostado em nomes de pesos para voltar a ter destaque. O Brasiliense assinou nesta quarta-feira (11) com o meia Douglas, ex-Grêmio e Corinthians. 

Mas esse é apenas mais um nome de peso que a equipe candanga tem no seu elenco. A equipe trouxe na ‘bagagem’ dos atletas muita experiência e títulos expressivos. Ao todo, o elenco soma duas Libertadores, quatro Copas do Brasil, um brasileiro e um mundial de clubes. 

##RECOMENDA##

O reforço mais recente, o meia Douglas, tem currículo extenso. São duas Copa do Brasil, uma com o Corinthians em 2009 e outra com Grêmio em 2017. Em 2012, ganhou uma Libertadores e um mundial do clubes com a equipe paulista.

[@#video#@]

Edno é outro medalhão do Brasiliense que também fazia parte do elenco da equipe paulista que venceu a Copa do Brasil em 2009. O atacante ainda venceu um Campeonato Brasileiro com o Corinthians em 2011. 

Marcos Aurélio é um andarilho do futebol brasileiro e velho conhecido da torcida do Sport. Nessas andanças, desembarcou em Brasília e acabou sendo mais um nome de peso que chegou para a equipe do Distrito Federal. A maior conquista da carreira do meia foi em 2010 quando venceu a Série B com a camisa do Coritiba. 

O próximo medalhão ficou conhecido pelos seus gols e suas polêmicas. O 'frescador' Neto Baiano, que deixou o CRB, onde atuou em 2019, foi mais um a assinar com o Brasiliense para disputar a Série D e o Candangão 2020. 

Zé Love talvez seja o que mais perto chegou do sonho de atuar em um grande time europeu. Depois de vencer a Copa do Brasil em 2010 e a Libertadores em 2011, o atacante, em 2012 aportou no Milan da Itália para passar por um período de testes, mas o jogador acabou por não se firmar na equipe.

Em evento marcado para acontecer no próximo sábado (16) na Vila Mariana, em São Paulo, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL) se prepara para lançar uma “nova versão” da União Nacional dos Estudantes (UNE), denominada União Nacional dos Estudantes Conservadores (Unecon). A cerimônia de abertura promete promover o concurso “Vá Estudar História”, que premiará o vencedor com o livro “A Verdade Sufocada”, de autoria do torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra, apontado como responsável por crimes na ditadura pelo Estado brasileiro através da Comissão Nacional da Verdade. Fundada em 1938, a UNE foi um dos principais focos de resistência estudantil contra a ditadura militar, tendo sua sede incendiada pelo militares no dia 1 de abril de 1964, dia do golpe contra o presidente eleito Jango Goulart, e diversos filiados mortos e torturados pelo regime.

O evento oficial do lançamento no Facebook afirma que as inscrições foram encerradas “devido à lotação”. O deputado Douglas Garcia, que é estudante de direito e terá a responsabilidade de ministrar uma palestra sobre “como organizar os estudantes conservadores nas instituições de ensino”, disse ao colunista Fábio Zanin, da Folha de São Paulo. Segundo Garcia, a Unecon será uma aliada do astrólogo Olavo de Carvalho. “O professor foi muito importante na minha formação intelectual”, resumiu.

##RECOMENDA##

Garcia comentou ainda que o objetivo da Unecon não é substituir a UNE, mas tomá-la por dentro, através de uma espécie de partido da direita estudantil. O deputado ingressou na política através das mobilizações de 2013 e foi eleito com 74.351 votos. Em 2016, criou a Direita São Paulo e chegou a promover um bloco de carnaval chamado “Porão do DOPS”, que apoiava abertamente a ditadura militar. A agremiação foi impedida de desfilar pelo Ministério Público.

Depois de anunciar que não renovaria o contrato de Douglas, o Grêmio se despediu oficialmente do meia nesta terça-feira. Em carta aberta ao jogador de 36 anos, a diretoria o agradeceu pelos serviços prestados e falou na "idolatria" que ele deixa no clube após duas passagens.

"O Grêmio comunica a sua torcida que o atleta Douglas não renovará seu contrato para 2019, encerrando assim sua segunda passagem pelo clube, iniciada em 2015 e marcada por um ciclo de vitórias, idolatria e identificação raros no futebol", comentou.

##RECOMENDA##

Em entrevista à Rádio Grenal, na última segunda-feira, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, já havia informado que não renovaria com Douglas. O contrato do jogador tinha duração até o fim desta temporada e o clube considerou que não havia interesse em prorrogá-lo.

"O Douglas não vai ficar conosco. Ele vai receber todas as homenagens. Já tem ciência de que pode procurar outro clube. Eu lamento porque se ele não tivesse a lesão, teria nos ajudado muito", disse Bolzan.

Em suas duas passagens pelo clube - a anterior foi de 2010 a 2012 -, Douglas realizou 253 partidas com a camisa tricolor e marcou 44 gols. Teve a sequência prejudicada por duas graves lesões no joelho, que o afastaram do futebol por cerca de um ano e meio, mas retornou durante o Brasileirão e atuou em 18 partidas, marcando dois gols.

O presidente Romildo Bolzan confirmou o interesse do Grêmio em contratar Thiago Neves. O jogador de 33 anos é um sonho da diretoria do clube gaúcho para reforçar o elenco em 2019, mas o Cruzeiro não parece disposto a liberá-lo facilmente. Além disso, o Corinthians e o Santos também já demonstraram que querem o meia.

O Grêmio já teria chegado a um acordo salarial com Thiago Neves, e agora precisa convencer o Cruzeiro a negociá-lo. Se há o interesse, o presidente prometeu "não fazer loucuras". "Tem que ser um negócio muito bom. Não vai ser uma loucura", garantiu em entrevista à Rádio Grenal nesta segunda-feira.

##RECOMENDA##

Em conversas com o empresário de Thiago Neves, o Grêmio teria sinalizado a intenção de manter seu salário e oferecido um contrato de dois anos. O problema é que a multa rescisória do jogador é de 10 milhões de dólares (cerca de R$ 39,2 milhões), valor que o time gaúcho considera muito elevado.

O Grêmio, então, busca outras formas de viabilizar o negócio e poderia incluir jogadores do elenco na troca por Thiago Neves. Questionado sobre um possível pedido do Cruzeiro pelo volante Victor Bobsin e o meia Jean Pyerre, Bolzan desmentiu: "Não pediram, não existe nada disso".

Se a presença de Thiago Neves em 2019 é incerta, algumas novidades no elenco já estão confirmadas. A principal delas é a saída do meia Douglas, de 36 anos. Assolado pelas lesões nas últimas temporadas, o jogador fica sem contrato neste fim de ano e não será procurado para renovar.

"O Douglas não vai ficar conosco. Ele vai receber todas as homenagens. Já tem ciência de que pode procurar outro clube. Eu lamento porque se ele não tivesse a lesão, teria nos ajudado muito", afirmou Bolzan.

Outro que não fica para o ano que vem é o zagueiro Bressan, considerado grande vilão da eliminação para o River Plante nas semifinais da Libertadores, que deve ir para o Dallas FC, dos Estados Unidos. "O Bressan concluiu seu ciclo. Ele tem uma situação de acerto encaminhada já com os Estados Unidos."

Diante deste cenário, Bolzan apontou os setores em que o Grêmio deverá buscar reforços nesta virada de ano. "O Grêmio precisa se reforçar em todos os setores. Precisa ter dois laterais, volante, meia e atacantes. Agregar peças. Estamos olhando o mercado sul-americano, mas, principalmente, aqueles jogadores que estão saindo da Europa."

Jogador de características raras no futebol brasileiro, o meia Douglas, do Grêmio, também se comporta de maneira diferente nas entrevistas. Recuperado de lesão que o tirou dos gramados por quase um ano e meio, o camisa 10 revelou em entrevista coletiva nesta segunda-feira que pensou em parar de jogar, mas voltou atrás em razão da baixa qualidade técnica dos jogadores no Brasil.

"Após a segunda cirurgia (no joelho esquerdo), chegou o momento que pensei, sim. Mas foi muito breve. A vontade de jogar era maior ainda e acabei superando isso rapidamente" afirmou o meia, para dizer no final da entrevista o motivo que o fez reconsiderar a decisão. "Na realidade é que ainda tem muito jogador ruim [no mercado]. Não tinha por que eu parar agora", disse.

##RECOMENDA##

A última partida oficial de Douglas pelo Grêmio foi em fevereiro de 2017, pelo Campeonato Gaúcho. Pouco depois, ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em uma treinamento e foi operado. Quando estava prestes a voltar, ainda no ano passado, teve um problema no ligamento e foi obrigado a passar por outra cirurgia.

Totalmente recuperado da lesão, o meia afirmou que está muito bem fisicamente, mas que ainda precisa readquirir o ritmo de jogo. Ele esteve em campo três vezes neste período sem jogos oficiais devido à disputa da Copa do Mundo da Rússia. Enfrentou Chapecoense e Santos, pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, e entrou no segundo tempo no amistoso do último domingo, contra o Corinthians.

"Estou 100%, é só readquirir o ritmo de jogo e dar sequência. Fisicamente me sinto muito bem. Problema maior é o ritmo de jogo e o funcionamento durante a partida", disse o meia.

Ele rechaçou o comentário do técnico Renato Gaúcho, que havia dito após o jogo contra o Corinthians que o meia se reapresentou 14 quilos acima do peso na volta aos treinamentos e que ainda precisava perder dois ou três quilos para estar no peso ideal.

"Estou no peso. O Renato pega no meu pé sempre. Eu estando gordo ou magro, ele pega no meu pé. Sempre vai falar. Durante os treinos é uma coisa, mas no jogo é completamente diferente. No começo da partida com a Chapecoense, eu fiquei um pouco perdido até em campo. Mas passou, em cinco minutos já acostumei", garantiu.

Sobre o estilo de jogo do Grêmio, Douglas, acostumado a dar cadência ao time e assistência aos seus companheiros, entende que não houve muitas mudanças desde que ele se lesionou e, por isso, não terá problemas para se reintegrar à equipe.

"Não mudamos muita coisa, não. Continuamos com o toque de bola, da mesma forma que a gente vinha jogando, então não vejo muita diferença, não. Se eu entrar, vou estar bem porque acho que não mudou muita coisa".

Eleito o melhor jogador da Copa Libertadores, Luan, ainda no gramado de La Fortaleza, não se conteve e voltou a provocar o atacante Eduardo Sasha, do Internacional, após ajudar o Grêmio a buscar o tricampeonato da competição internacional. "Papai voltou e está aqui. Papai é campeão da América. Grêmio campeão. E o Sasha é c.... E continua um c...!", declarou Luan, autor de um belo gol na vitória sobre o Lanús por 2 a 1, na noite desta quarta-feira.

No ano passado, quando o Internacional ganhou o título gaúcho, Sasha festejou com uma valsa, a "dança dos 15 anos", referindo-se ao tempo em que o Grêmio estava sem conquistar títulos nacionais. "Aqui não é Grêmio", disse o atacante colorado, na época.

##RECOMENDA##

Ao ser pentacampeão da Copa do Brasil no fim de 2016, Luan rebateu: "Quero mandar um recado a certas pessoas, que falaram muito mal da nossa equipe. Começou a dançar valsa, o c..., coisa que não tem necessidade. Na final do Gauchão, o Sasha gritou que 'aqui não é Grêmio'. Quero dizer que ele tem razão. Aquilo lá não é Grêmio. Esse ano somos campeões. Isso é o que importa. Ele que não fale essas coisas. Somos campeões e ele é um c..."

Luan não foi o único a comemorar o título de forma irreverente. Lesionado desde fevereiro e com somente duas partidas no ano, Douglas não ajudou diretamente o Grêmio a ser tricampeão, mas isso não impediu o meia de festejar a conquista.

Ainda no gramado da La Fortaleza, em Lanús, o camisa 10 repetiu e ainda melhorou a promessa feita anteriormente na final da Copa do Brasil. Se antes ele falou que iria acabar com toda a cerveja de Porto Alegre, agora mandou: "Vamos tentar acabar com a cerveja de todas as cidades possíveis".

"Não tem o que fazer. Agora é comemorar, por tudo o que a gente fez, (esse título) é merecido. Pra mim é uma alegria muito grande estar aqui, ver meus companheiros jogarem e ganhando dessa forma. Então, mesmo sem jogar, me sinto campeão junto com eles também", disse à FOX Sports.

LeiaJá também

--> Campeão da Libertadores: veja a volta do Grêmio ao Brasil

O Fluminense garantiu a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro ao derrotar a Ponte Preta na última segunda-feira, no Maracanã. Mas se engana quem pensa que o time carioca diminuirá o ritmo para as últimas duas rodadas. Nesta quarta, o volante Douglas prometeu motivação para encarar Sport e Atlético-GO, colocou a vaga na Sul-Americana como principal objetivo e admitiu até o sonho de uma improvável classificação à Libertadores.

"O jogo contra o Sport vai ser muito importante. Vamos jogar firme, vamos brigar. Por nós mesmos, porque queremos a vaga na Sul-Americana", declarou. "A gente vai fazer a nossa parte, ganhar os jogos finais. Os outros resultados? Só deus sabe. E se pintar uma vaga na Sul-americana ou até na Libertadores, estamos aí."

##RECOMENDA##

O próprio volante, no entanto, admitiu que o maior prêmio do Fluminense no ano foi ter se livrado do rebaixamento. Para ele, uma prova da superação de diversos integrantes do elenco, que sofreram com graves lesões em 2017, e até do técnico Abel Braga, após a tragédia familiar que viveu.

"Esse ano foi difícil para nós, não foi tão bem para a gente. Foram muitas contusões. Mas agora é esperar que em 2018 tudo vai mudar. Para mim, foi um aprendizado de vida. Eu superei, o Abel superou, o Sornoza, o Gustavo (Scarpa) também superaram. Só faltou um título para a gente sorrir", comentou.

Sem título, o volante admitiu que um dos objetivos para as últimas rodadas será auxiliar Henrique Dourado na disputa da artilharia do Brasileirão. No momento, ele tem os mesmos 18 gols do corintiano Jô, na ponta da lista. "Acho que jogando bem, acertando o passe para ele, os gols vão sair. Se ele for artilheiro, vai ser uma alegria enorme para todo o grupo."

O Barcelona anunciou nesta quinta-feira o empréstimo do lateral-direito brasileiro Douglas ao Benfica. Sem jamais ter conseguido se firmar no clube espanhol, ele permanecerá um ano no time português.

"O Barcelona e o Benfica chegaram a um acordo para a cessão do jogador Douglas Pereira, de 27 anos, que jogará no clube português durante a temporada de 2017/18", publicou o time espanhol em seu site oficial.

##RECOMENDA##

Douglas chegou ao Barcelona em 2014 após uma negociação polêmica, uma vez que o lateral sequer era unanimidade no São Paulo. E, assim, em seus dois primeiros anos, ele disputou apenas oito partidas, período em que o time espanhol curiosamente conquistou oito títulos.

Sem espaço, ele acabou emprestado na última temporada ao Sporting Gijón e foi mais utilizado, ao jogar 21 partidas e marcar três gols. Chamou, assim, a atenção do Benfica e se transferiu ao futebol português.

O lateral chegará a uma equipe que vive um grande momento: foi tetracampeã do Campeonato Português na última temporada e disputará a Liga dos Campeões no Grupo A, ao lado de Manchester United, Basel e CSKA Moscou. Entre os seus novos companheiros estão o goleiro Júlio César e o atacante Jonas.

O meia Douglas, do Grêmio, ficará de fora dos gramados por cerca de seis meses. Em nota divulgada no site oficial, o clube gaúcho informou que foi constatada uma ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo do atleta, após exame realizado na tarde desta quarta-feira (8). Ainda de acordo com a nota, o jogador de 34 anos será submetido à cicurgia no início da próxima semana.

Douglas levou a pior após dividida com o meia Tilica durante treinamento apenas com titulares. O tricolor gaúcho decidiu jogar com reservas diante do Flamengo, em Brasília, pela Primeira Liga, justamente para poupar a equipe principal de possíveis lesões.

##RECOMENDA##

Para suprir a ausência, o técnico Rentato Gaúcho conta com Maxi Rodriguez e Lincoln e pode testar Bolaños mais atrás na função ou ainda apostar em Jael no comando do ataque, com Luan recuado. A lesão de Douglas ocorre menos de um mês após o jogador renovar seu vínculo com o Grêmio, até o fim de 2018.

Até agora, Fátima (Adriana Esteves), foi a única personagem que teve um final feliz em Justiça. A dona de casa, presa injustamente por sete anos, fez as pazes com Douglas (Enrique Diaz), vizinho que a incriminou, e foi pedida em casamento por Firmino (Júlio Andrade). Nas redes sociais, os telespectadores da minissérie aprovaram o final da história da personagem.

Fátima se reconciliou com Douglas e o presenteou com um cachorrinho, batizado de Filé. Mais tarde, ao lado dos filhos Jesus (Tobias Carrieres) e Mayara (Julia Dlavia), foi pedida em casamento por Firmino, ao som da música Amor Perfeito. 

##RECOMENDA##

Mayara, por sua vez, continuou na prostituição. “Sou de câncer com ascendente em Beyoncé. Nasci pra brilhar”, contou a moça a um cliente, durante um programa. Douglas viajou com Kellen, que o procurou após levar todo o dinheiro de Celso (Vladimir Brichita) e Maurício (Cauã Reymond).

Nas redes sociais, o final da história de Fátima agradou os internautas. “Fátima, a única que perdoou e não quis vingança nem deixou que outros definissem quem ela seria, teve seu final feliz. Bonito de ver”, opinou uma telespectadora, no Twitter. “Fátima sofreu muito e foi a personagem mais íntegra da minissérie. O final feliz honrou a trajetória daquela mulher”, publicou outro. A atriz Adriana Esteves também comemorou o "felizes para sempre" de sua personagem: "Fátima teve o final feliz que tanto mereceu", publicou Esteves em seu Twitter.

Confira, abaixo, alguns comentário dos internautas:

[@#galeria#@]

LeiaJá também

--> Nova vingança faz fãs pedirem 2ª temporada de 'Justiça'

--> Relação de Elisa e Vicente em 'Justiça' atiça internautas

--> Leandra Leal quebra a internet com strip-tease em Justiça

--> Gravada no Recife, 'Justiça' ganha público no 1º episódio

O São Paulo apresentou na manhã deste sábado, no estádio do Morumbi, dois reforços para a reta final do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Douglas, de 26 anos, foi revelado pelo Vasco, estava no Dnipro Dnipropetrovsk e assinou vínculo por duas temporadas com o clube. Já o atacante Robson, de 25, veio por empréstimo do Paraná, que disputa a Série B, e tem contrato até o fim do Campeonato Paulista do próximo ano.

A dupla está regularizada e treinou nos últimos dias com o restante do elenco no CT da Barra Funda. Os dois foram apresentados no Morumbi pouco depois de a diretoria também promover a primeira entrevista coletiva do novo diretor-executivo de futebol, Marco Aurélio Cunha. O dirigente retorna após cinco anos e vai ocupar a vaga deixada por Gustavo Oliveira, desligado do cargo na última quarta-feira.

##RECOMENDA##

Douglas chegou ao São Paulo em julho e precisou esperar ter o contrato com o time ucraniano rescindido para poder ser oficializado como reforço no clube em que é torcedor desde menino. "Eu sou são-paulino desde criança, venho de uma família de são-paulinos. Estou realizando um sonho de vestir essa camisa, um clube vitorioso, estou contente com esse momento. Espero contribuir", contou. O defensor garantiu estar recuperado de uma lesão no joelho que o afastou dos gramados desde dezembro.

O outro reforço será para o setor ofensivo. Robson marcou oito gols pelo Paraná na Série B e disse estar preparado para contribuir para que o São Paulo melhore a produção ofensiva. "Sou um jogador rápido. Posso jogar pelas beiradas, para ter uma briga sadia e ajudar o São Paulo da melhor maneira possível a melhorar o ataque", explicou.

Beneficiado pela ausência de cinco jogadores lesionados, o lateral brasileiro Douglas voltou a ser relacionado para uma partida do Barcelona depois de dois meses. O atleta foi incluído nesta terça-feira pelo técnico Luis Enrique em uma lista de 19 nomes chamados para encarar o Atlético de Madrid, na capital espanhola, nesta quarta, pelo duelo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões.

Douglas não era relacionado para um jogo do Barça desde quando foi chamado para o confronto diante do Valencia, em 10 de fevereiro, pelas semifinais da Copa do Rei.

##RECOMENDA##

Figurante de um elenco que conta com astros do quilate de Messi, Neymar e Suárez, entre outras estrelas, Douglas só disputou três partidas pelo time catalão na temporada 2015/2016, sendo que ao total somou apenas 116 minutos em campo nestes confrontos.

Desta vez, ele acabou sendo relacionado por Luis Enrique pelo fato de que o treinador não poderá contar com Rafinha, Sandro, Aleix Vidal, Vermaelen e Jérémy

Mathieu, todos lesionados. Destes, Rafinha foi o último a ser confirmado como desfalque por causa de uma lesão na coxa.

Assim, Luis Enrique chamou apenas 19 jogadores para o duelo desta quarta, sendo que um deles, provavelmente Masip (terceiro goleiro), terá de ser descartado do grupo de jogadores que irão para a partida. Os relacionados foram os seguintes: Ter Stegen, Bravo, Masip, Douglas, Piqué, Rakitic, Sergio, Daniel Alves, Arda Turán, Iniesta, Suárez, Messi, Neymar, Mascherano, Bartra, Munir, Jordi Alba, Sergi Roberto e Adriano.

Por ter vencido a partida de ida por 2 a 1, o Barcelona poderá avançar às semifinais com um empate no duelo marcado para começar às 15h45 (de Brasília) desta qyarta-feira. Porém, caso seja derrotado por apenas 1 a 0, será eliminado por causa do peso maior do gol fora de casa marcado pelo Atlético de Madrid.

O técnico Eduardo Baptista vai escalar uma formação mais cautelosa no segundo compromisso do Fluminense na Copa da Primeira Liga, a Sul-Minas-Rio. Sem o atacante Fred, suspenso, o treinador indicou no treinamento desta terça-feira (16) que o volante Douglas será a novidade na escalação para o duelo com o Cruzeiro, quarta, no Mineirão.

Na atividade nas Laranjeiras, Eduardo Baptista escalou os meias Cícero e Diego Souza mais adiantados, formando a dupla de ataque. E o restante da formação foi a mesma que derrotou o Tigres do Brasil por 4 a 0, no último domingo, pelo Campeonato Carioca.

##RECOMENDA##

Assim, o Fluminense deverá entrar em campo para encarar o Cruzeiro com a seguinte formação: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique e Giovanni; Pierre, Douglas, Gustavo Scarpa e Marcos Junior; Diego Souza e Cícero

Eduardo Baptista, porém, não poderá contar com Gerson no jogo desta quarta. O meia levou uma pancada no joelho esquerdo durante o treinamento da última segunda-feira e não conseguiu participar da atividade desta terça por causa das dores, sendo descartado para o confronto.

Derrotado na sua estreia na Copa da Primeira Liga pelo Atlético-PR, o Fluminense precisa conquistar um bom resultado diante do Cruzeiro para se manter com boas chances de avançar às semifinais do torneio.

O Grêmio anunciou neste domingo a renovação por mais um ano do contrato do meia Douglas, de 33 anos, em mais uma reapresentação. Assim como fez com o volante Maicon, o zagueiro Geromel e o goleiro Marcelo Grohe, a diretoria gremista preparou uma entrevista coletiva para o veterano atleta com direito a receber a camisa 10, que ele já usou na última temporada, das mãos dos dirigentes do clube.

"Continuo sendo o mesmo, trabalhando do mesmo jeito e tomando as mesmas atitudes. Sempre em prol do grupo, não devo mudar nada. O empenho e dedicação dentro de campo não irá faltar", afirmou o jogador, que destacou a manutenção da base gremista para 2016 - o time só perdeu Erazo, Galhardo e Maxi Rodríguez, o seu reserva.

##RECOMENDA##

"A permanência da base de time para este ano é bom para todos. O pessoal está com uma mentalidade boa e isso vai nos ajudar bastante para conseguirmos conquistar algo importante nesse ano", comentou Douglas.

O jogador ainda brincou com a forma física ao receber a camisa do vice de futebol Cesar Pacheco. "Essa é a P, viu?". Também falou que com a bagagem que tem poderá ajudar a nova geração de atletas da base gremista.

"No que eu puder ajudar a molecada eu vou ajudar, continuo trabalhando do mesmo jeito e orientando os companheiros sempre que preciso. O negócio é trabalhar e estar focado nos objetivos", finalizou o veterano meia.

Um dos destaques do Grêmio na ótima campanha do último Campeonato Brasileiro, o meia Douglas despertou especulações ao fim da temporada. Mas de acordo com o clube, nenhuma proposta foi formalizada, nem mesmo uma possível investida para o futebol chinês, que vinha sendo comentada nos últimos dias pela imprensa gaúcha.

"O Grêmio não recebeu qualquer proposta do futebol chinês pelo Douglas. Estamos encaminhados com ele sobre a renovação. O Douglas cresceu, reassumiu o papel de protagonista e foi fundamental para nós em 2015", declarou o diretor executivo do Grêmio, Rui Costa, em entrevista à Rádio Gaúcha.

##RECOMENDA##

Se Douglas é certeza para 2016, o clube tem uma série de dúvidas para a próxima temporada. A principal delas é o volante Maicon, que terá o contrato de empréstimo encerrado no fim do ano e pode voltar ao São Paulo. Uma outra é o zagueiro Pedro Geromel, que está emprestado até o meio do ano e já desperta o interesse de diversos outros times.

"Estamos tratando dois assunto como duas grandes contratações, que são a permanência do Maicon e do Geromel. São fundamentais para a estruturação do time para 2016. Mesmo que tenhamos ido para Assunção, no sorteio da Libertadores, continuamos trabalhando na busca de reforços e na manutenção desses jogadores", afirmou Rui Costa.

Apesar de trabalhar nestas duas "contratações", o dirigente sabe que precisa reforçar o elenco para o ano que vem. Com as negativas de Zelarayán e Fernández, o clube inicia do zero outras tratativas para 2016.

"Evidente que, na medida em que esses negócios (Zelarayán e Fernández) não saem, o Grêmio busca outras opções. Mas não trabalhamos com plano A, B ou C. Temos uma série de jogadores que são monitorados e trabalhamos dentro daquilo que nossas condições permitem", explicou Rui Costa.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando