Tópicos | netflix

O vocalista da banda Gorillaz, Damon Albarn, disse em recente entrevista para a Apple Music, que trabalha junto com a Netflix em um novo longa-metragem da banda.

##RECOMENDA##

Nesta segunda-feira (22), um acordo entre a Entertainment One e Netflix foi anunciado. O serviço de streaming recebeu exclusividade em todos os novos conteúdos dos Powers Rangers. Com isso, a produtora responsável pelo título confirmou que teremos um universo compartilhado de séries e filmes baseado na franquia.

##RECOMENDA##

Outlander finalmente irá chegar as telinhas, foi o que divulgou o canal norte-americano Starz, confirmando, nessa segunda-feira (22), a data de estreia da sexta temporada para 6 de março de 2022.

O retorno terá direito a um episódio estendido, mostrando todo o desenrolar do fim da última temporada em que Claire, interpretada por Caitriona Balfe foge de Lionel Brown, vivido por Ned Dennehy, que tenta lhe tirar a vida.

##RECOMENDA##

A série, que pode ser vista na Netflix, tem apenas cinco temporadas adicionadas e os fãs que assistem pela plataforma de streaming terão um tempo maior de espera para matar a saudade.

Antes mesmo da estreia da sexta temporada, o Starz já confirmou a renovação para a sétima.

Confira o trailer:

[@#video#@]

 

A 2ª temporada da série foi produzida pela Riot Games junto com a Fortiche Productions. A série foi criada por Christian Linke e Alex Yee, além de ter Marc Merril, Brandon Beck, Jane Chung e Thomas Vu na produção executiva. A nova jornada foi anunciada pelo Twitter, confira: https://bit.ly/3cFBdNoO anúncio oficial já era esperado, Arcane caiu nas graças do público e recebeu diversos elogios pela crítica especializada. Além disso, a série continua no Top 10 Brasil.

Determinada, batalhadora e ambiciosa: esta é Lulli, personagem de Larissa Manoela no novo filme da Netflix! Nesta segunda-feira, dia 22, a plataforma de streaming anunciou o trailer da comédia romântica escrita pela autora best-seller Thalita Rebouças, que leva o nome da protagonista - uma estudante de medicina que sonha em se tornar a melhor cirurgiã do mundo. Para isso, ela não vai deixar nada nem ninguém atrapalhar seus objetivos, nem mesmo o recente ex-namorado.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

No entanto, o mundo da garota vira de cabeça para baixo quando ela leva um choque de um aparelho de ressonância magnética e começa a ouvir os pensamentos alheios. Sorte ou azar? Agora a jovem precisará aprender a lidar com as maravilhas e os perigos de saber o que os outros estão pensando.

Lulli está previsto para estrear no dia 26 de novembro e ainda conta com Sérgio Malheiros, Amanda de Godoi, Vinícius Redd, Yara Charry, Nicolas Ahnert, Paula Possani, Gabriel Contente, Ana Mangueth e Carlos Artur Thiré no elenco, além das participações especiais de Guilherme Fontes, Luciana Braga, Marcos Breda e da própria Thalita Rebouças.

A Netflix divulgou nas redes sociais o teaser da série estrelada por Zezé e Wanessa Camargo. Intitulada 'É o Amor: Família Camargo', a produção será lançada na plataforma de streaming no dia 9 de dezembro. Nas imagens, pai e filha surgem trabalhando em um álbum inédito, reunindo declarações de pessoas bem próximas. A noiva do sertanejo, Graciele Lacerda, e a ex-mulher dele, Zilu Godoi, também estão no projeto.

Mostrando a intimidade dos dois cantores, retratando a rotina e conflitos da família, a série documental terá cinco episódios. Assim que a Netflix liberou o vídeo, Wanessa celebrou com os fãs. "A série mergulha em nossa relação não só como pai e filha, mas também em momentos de intimidade com nossas famílias e amigos!", explicou ela, no início de sua postagem.

##RECOMENDA##

"É o registro da gravação de um álbum inédito que fizemos juntos, na nossa fazenda. Em breve, vocês entenderão porque a história da nossa família é também sobre o Brasil, sobre o estilo de vida sertanejo e, principalmente, sobre o poder da música na conexão entre as pessoas. É mais Brasil Na tela!", finalizou a cantora. 

Confira ao trailer:

[@#video#@]

Arcane segue batendo recordes após sua estreia no último sábado (6) e se tornou a produção original Netflix com maior nota, 9.4, no mais prestigiado site que reúne todos os filmes e séries que já foram lançados, o IMDb.

No portal, a série animada baseada no universo do jogo League of Legends, recebeu 15 mil avaliações e superou outras séries renomadas, mesmo tendo lançado apenas três episódios em seu primeiro ato.

##RECOMENDA##

Arcane é uma produção da Riot Games em parceria com a Netflix, tendo nove episódios ao todo, divididos em três atos, o primeiro divulgado no dia 6 de novembro e os próximos dois, chegando ao serviço de streaming nos dias 13 e 20 deste mês, ambos com três episódios cada.

As produções originais com maior avaliação da Netflix até o lançamento de Arcane eram “A Fábrica de Kota” com 9.2, “Arremesso Final” com nota 9.1, “Olhos que Condenam” 8.9 e “Black Mirror”, com 8.8 no IMDb.

Recentemente, Arcane já havia batido o recorde de maior estreia da Netflix em 38 países, incluindo o Brasil, superando Round 6 e a segunda temporada de You. Na China, por exemplo, até essa terça-feira (9), a série já tinha 130 milhões de visualizações.

O popular anime de piratas “One Piece” (1999) receberá uma adaptação em live-action no serviço de streaming Netflix, e na última terça-feira (9), a plataforma revelou quem serão os atores que vão compor a equipe inicial do bando do chapéu de palha. 

O ator mexicano Iñaki Godoy, conhecido por seu papel recente em “Go Youth!” (2020), dará vida ao protagonista Monkey D. Luffy; J.J. Jr. Mackenyu que viveu Rurouni Kenshin na trilogia live-action de “Samurai X”, interpretará novamente um espadachim, mas na adaptação de “One Piece” ele será Roronoa Zoro.

##RECOMENDA##

Jacob Gibson de “Greenleaf” (2016-2020) será o atirador narigudo Usopp; Emily Rudd de “Rua do Medo: 1978 - Parte 2” (2021) fará o papel da navegadora Nami; e Taz Skyler de “Villain” (2020) ficará a cargo de interpretar o cozinheiro mulherengo Sanji.

Até o momento, a Netflix não revelou quando o live-action fará sua estreia na plataforma.

“One Piece” é uma história criada pelo mangaká Eiichiro Oda e narra as aventuras de um grupo de piratas liderado por Monkey D. Luffy, que anseia por se tornar o Rei dos Piratas. Para isso, ele navega em busca do tesouro “One Piece”, deixado pelo lendário pirata Gol D. Roger.

O mangá foi adaptado em anime em 1999 e atualmente, já conta com 998 episódios, considerada por muitos, como uma das séries animadas mais bem adaptadas. 

Que League of Legends bate recorde atrás de recorde no mundo dos jogos eletrônicos não é novidade, mas com a chegada nesse último sábado (6) da primeira série de TV baseada na história do game, “Arcane” já deixou para trás Round 6 e You. A animação teve a maior audiência em estreias de série, da história da Netflix em 38 países, incluindo o Brasil.

Arcane foi o primeiro seriado da Netflix que pode ser transmitido em outras plataformas. No dia de sua estreia, streamers do mundo todo puderam transmitir o primeiro episódio pela Twitch.tv com seus inscritos e subscribers. Juntando todas as transmissões, mais de 3 milhões de pessoas assistiram simultaneamente.

##RECOMENDA##

Com três dias de lançamento, já está no top1 em 38 países, batendo recorde de Round 6 e da segunda temporada de You. Na China, por exemplo, até essa terça-feira (9), os episódios já tinham atingido 130 milhões de visualizações, segundo o Bloomberg.

Arcane terá nove episódios no total, mas dividiu o seriado em três atos, com o primeiro tendo sido lançado na sua estreia, no último sábado, divulgando apenas três episódios. No dia 13, mais três chegam a Netflix e por fim, no dia 20, a conclusão da animação.

Arcane foca a história em dois personagens do universo League of Legends, Vi e Jinx, apresentando os dilemas e conflitos das cidades de Piltover e Zaun, contrapostas entre riqueza e pobreza, com vários outros importantes campeões como secundários. Nos três primeiros episódios, destaques para Jayce, Heimerdinger, Viktor e Ekko, além de uma rápida passagem da Caitlyn e Singed.

Confira o trailer oficial da animação:

[@#podcast#@]

Lançada em setembro pela Netflix, a série Round 6 tornou-se a produção mais assistida na história da plataforma. Devido ao sucesso arrebatador, o projeto assinado por Hwang Dong-hyuk vai ganhar uma continuação. Em entrevista à Associated Press, o diretor coreano confirmou a segunda temporada da série.

"Houve tanta pressão, tanta demanda e tanto amor por uma segunda temporada. Então eu quase sinto que não me deram escolha. Mas, sim, direi que realmente haverá uma segunda temporada. Está na minha cabeça agora. Estou no processo de planejamento atualmente. Mas acho que é muito cedo para dizer quando e como isso vai acontecer", explicou.

##RECOMENDA##

De acordo com Hwang, a próxima temporada vai dar continuidade à história de Gi-hun, vivido pelo ator Lee Jung-jae, um dos personagens principais da trama. Logo após o lançamento da produção, o criador de Round 6 chegou a dizer que ainda não estava certo seguir adiante com a série.

"Não tenho planos bem desenvolvidos para Squid Game 2 (nome original da série). É muito cansativo só de pensar nisso. Se fizesse [a continuação], certamente não o faria sozinho. Consideraria usar uma sala de roteiristas e gostaria de vários diretores experientes", disse, em entrevista à revista Variety.

Fazendo o caminho contrário de outros artistas da Globo, que deixaram a emissora e assinaram com plataformas de streaming, Marcos Mion divulgou nota oficial para anunciar que rompeu contrato com a Netflix para poder assumir o Caldeirão até pelo menos o fim de 2022, já que recentemente seu contrato foi renovado até a data.

O apresentador alegou conflito de agenda e sua vontade de sempre estar dando 100% de si em cada projeto, algo que para o serviço de streaming, não seria possível. “Seria humanamente impossível cumprir todos os projetos com o envolvimento, energia e a qualidade que invisto em tudo que faço”, declarou.

##RECOMENDA##

Primeiramente, Mion foi contratado pela Globo para substituir Luciano Huck até o fim de 2021 nas tardes de sábado, mas com a aprovação do público e com os bons números conquistados, teve o contrato renovado por mais um ano.

Após sair da RecordTV, em janeiro de 2021, o apresentador assinou com a plataforma de streaming para diversos projetos, mas menos de um ano depois, o contrato foi rompido. Em nota, Mion afirma ter procurado a Netflix para rever o seu contrato para poder seguir um sonho que é trabalhar na Globo.

“Precisei ouvir meu coração e tomar a decisão de me entregar por completo a um sonho da vida inteira que, finalmente, está acontecendo”, afirmou, antes de agradecer ao streaming. “À Netflix eu agradeço imensamente a parceria e a compreensão. Estendo meu agradecimento a cada um dos profissionais que conheci na Netflix, entre os melhores que já vi”, publicou.

No último fim de semana, a Netflix Brasil divulgou por meio das redes sociais mais um trailer da 4ª temporada de “Stranger Things”, que estreia no próximo ano. Desta vez, a prévia mostra mais detalhes sobre a trama dos jovens adolescentes, e quais serão as possíveis novas aventuras.

No trailer, é possível ver que Eleven (Millie Bobby Brown) e Will (Noah Schnapp) estão juntos no colégio e o período das férias de primavera está chegando. Ao que tudo indica, o novo ano vai explorar os mistérios envolvidos no desaparecimento do xerife. Confira: https://www.youtube.com/watch?v=VBGOOup8lDY&ab_channel=ThiagoRomariz

##RECOMENDA##

Ao todo, a nova temporada vai ser composta por nove episódios e também pode trazer conceitos sobre viagem no tempo. Em relação ao elenco, também retornam para a 4ª temporada rostos familiares, como Mike (Finn Wolfhard), Joyce (Winona Ryder) e Jonathan Byers (Charlie Heaton).

Vale lembrar que serão introduzidos personagens novos, como Vickie, uma nerd falante que estará presente no colégio na Califórnia, que será vivida pela protagonista de “Anne With An E”, Amybeth McNulty. Além dela, o astro de basquete Patrick (Myles Truitt), e a líder de torcida Chrissy (Charlie Says) fazem sua estreia na série.

 

O dia 6 de novembro é considerado pelos fãs e pela produtora o “Dia Stranger Things”, já que é o dia em que a história se inicia no seriado, com a ida de Will (Noah Schnapp) ao “Outro Lado”. Por isso, neste sábado (6), a Netflix trouxe novidades sobre a 4ª temporada, divulgando um novo trailer,

Desta vez, o foco foi na personagem Eleven, interpretada por Millie Bobby Brown, dando pistas de que ela deve se mudar para California e tentar uma nova vida, longe de toda confusão de Hawkins.

##RECOMENDA##

No trailer, Eleven aparece mandando uma carta para seu namorado Mike (Finn Wilfhard) e mentindo ter feito novos amigos e estar gostando da nova vida na cidade.

Enquanto na narração ela afirma este fato, nas imagens, outros adolescentes praticam bullying com ela. Aparentemente um bom tempo se passou e a jovem chegou a ser “adotada” por Joyce Byers (Winona Ryder), mãe de Will (Noah Schnapp) e Jonathan (Charlie Heaton), seus amigos, que se mudaram para a California.

No fim da terceira temporada, Eleven chega a perder seu tutor, Jim Hopper (David Harbour) que agiu heroicamente para lhe salvar. Na cena pós-créditos da série, se descobre que na verdade, ele não morreu, mas está refém dos russos, servindo como cobaia para experiências científicas.

Muitas dúvidas cercam o imaginário dos fãs que não imaginam se Jim será ou não resgatado e como Eleven irá o ajudar. Este é o terceiro teaser de Stranger Things divulgado e o seriado ainda segue sem data de lançamento definida.

Confira o novo trailer:

[@#video#@]

Está quase na hora de cantarmos Bella Ciao pela última vez. Faltando apenas um mês para o público de casa descobrir como terminará o assalto mais famoso da história, a Netflix divulgou, nesta quarta-feira (3), um novo trailer dos cinco episódios finais de La Casa de Papel. Qual será o destino do Professor, interpretado por Álvaro Morte, e de toda a gangue?

No vídeo, os personagens sofrem as consequências da morte de uma companheira e bola um plano para lá de ousado para retirar o ouro do Banco da Espanha sem ninguém perceber. No entanto, o Professor comete o maior erro de sua vida e coloca tudo em jogo. 

##RECOMENDA##

O volume dois da parte cinco está prevista para estrear na plataforma de streaming no dia 3 de dezembro, e promete encerrar a jornada em grande estilo.

[@#video#@]

A Netflix lançou nesta terça-feira (2) jogos para celulares, os quais os assinantes de todo o mundo da plataforma de streaming poderão acessar de forma gratuita.

Dois dos jogos se baseiam em "Stranger Things", a bem sucedida série de terror da Netflix, e os outros três são jogos básicos de cartas ou de habilidade, informou a companhia sediada no Vale do Silício.

##RECOMENDA##

"Estamos emocionados em dar nosso primeiro passo no lançamento de jogos da Netflix em dispositivos móveis para o mundo", anunciou a empresa americana em um comunicado. "Queremos começar a construir uma biblioteca de jogos que ofereça algo para todos".

Os jogos disponibilizados globalmente nesta terça-feira já podiam ser usados em Itália, Polônia e Espanha.

Todos os títulos foram desenhados para smartphones ou tablets com sistema Android e é possível acessá-los através das contas da Netflix.

A plataforma de streaming não revelou quando haverá versões disponíveis para iPhones e iPads, que funcionam com o sistema operacional iOS, da Apple.

A Netflix adquiriu recentemente seu primeiro estúdio de videogames na tentativa de expandir seu império de entretenimento para o lucrativo setor dos jogos.

Lançada pela Netflix no dia 17 de setembro, a série Round 6 tornou-se uma das produções mais comentadas do ano. Sucesso entre os assinantes na plataforma, o projeto criado por Dong-hyuk Hwang acabou ganhando as ruas dos Estados Unidos. Para celebrar o Halloween, o serviço de streaming reproduziu em um bairro de Los Angeles brincadeiras que deram o que falar ao longo da série.

Moradores de Koreatown se divertiram em dinâmicas semelhantes com as exploradas em Round 6, mas sem a violência abordada. Em um vídeo divulgado pela própria Netflix, é possível ver as pessoas brincando de 'Batatinha frita', com a presença da famosa boneca do primeiro episódio.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Para quem ainda não viu a série, Round 6 reúne pessoas que estão passando por problemas financeiros, que topam participar de um jogo misterioso. Na busca de ganhar o prêmio de 45,6 bilhões de wones, cerca de US$ 40 bilhões, cada participante terá que suar para conquistar seus objetivos no game. Caso perca, a consequência vem com o pagamento da própria vida.

O Halloween é comemorado neste domingo (31) e, com ele, vem a vontade de assistir e se aventurar no terror. Pensando na data comemorativa, o LeiaJá trouxe uma lista de séries para você maratonar nesse Dia das Bruxas..

Chucky

##RECOMENDA##

Novidade do Star+, plataforma de streaming da Disney que contém alguns conteúdos +18, a série do boneco assassino mal estreou e já está dando o que falar.

[@#video#@]

Scream

A série da Netflix segue o legado dos filmes Pânico, onde uma pequena cidade é palco de vários assassinatos brutais.

[@#podcast#@]

The Purge

A série, que pode ser assistida na Amazon Prime, segue os passos da franquia Uma Noite de Crime. São duas temporadas, aclamadas pelos fãs.

Missa da Meia-Noite

A série, disponível na Netflix, foi lançada em setembro e traz o terror para refletir sobre a fé, quando um sacerdote chega a uma cidade e começa a realizar milagres.

Desalma

O seriado brasileiro está no catálogo do Globoplay  e conta uma história de bruxaria no interior de Santa Catarina.

Um distrito escolar do estado de Nova York, nos Estados Unidos, proibiu os alunos de se fantasiarem com o tema da série "Round 6", da Netflix, durante o Halloween, por temor de que possa enaltecer a violência.

A série distópica sul-coreana retrata centenas de pessoas com dificuldades econômicas que competem entre si em tradicionais jogos infantis. O vencedor pode ganhar milhões, mas os perdedores são assassinados.

##RECOMENDA##

O distrito escolar de Fayetteville-Manlius, situado cerca de 400 quilômetros ao norte da cidade de Nova York, escreveu aos pais dos alunos para informar que as fantasias com o tema da série não serão aceitas em suas seis escolas.

"Nossos diretores querem garantir que nossas famílias têm consciência de que seria inapropriado os estudantes frequentarem as escolas, por ocasião do Halloween, com fantasias dessa série, devido às mensagens potencialmente violentas da mesma", disse o superintendente do distrito, Craig Tice, em comunicado enviado à AFP.

Segundo as diretrizes das escolas, as "fantasias não devem ser escabrosas nem tenebrosas, para não assustar os alunos mais jovens".

Tice, cujo distrito é responsável por três escolas de nível fundamental para crianças com entre cinco e dez anos, acrescentou que alguns alunos já foram vistos "imitando" os jogos da série.

O supervisor ressaltou que espera que os pais e responsáveis "reforcem a mensagem das escolas de que brincadeiras associadas a comportamentos violentos não são apropriadas".

"Round 6" se tornou o maior sucesso da história da Netflix, após ser assistida por 142 milhões de lares nas quatro semanas seguintes à sua estreia em mediados de setembro.

Muitos personagens da série de sucesso da Netflix "Round 6" são baseados na vida de seu diretor sul-coreano, que acredita que os temas de desigualdade econômica e os problemas do capitalismo moderno ressoaram entre os telespectadores em todo o mundo.

A série sul-coreana de Hwang Dong-hyuk teve a estreia de maior sucesso da gigante do streaming em setembro, atraindo pelo menos 111 milhões de telespectadores.

##RECOMENDA##

Sua visão distópica mostra centenas de pessoas marginalizadas se enfrentando em jogos infantis tradicionais, todos os quais Hwang brincava quando criança em Seul.

O vencedor pode ganhar milhões, mas os perdedores morrem.

As obras de Hwang apresentam visões críticas dos problemas sociais, poder e sofrimento humano, e ele baseou vários personagens, imperfeitos mas próximos, em si mesmo.

Como Sang-woo, um banqueiro na série, Hwang estudou na elitista Universidade Nacional de Seul, e precisou lutar financeiramente apesar de seu diploma.

Como Gi-hun, um trabalhador demitido e jogador compulsivo, Hwang foi criado por uma mãe viúva e sua família pobre morava em um apartamento subterrâneo semelhante ao apresentado no filme premiado de seu compatriota Bong Joon-ho "Parasita".

E uma de suas primeiras experiências no exterior o inspirou a criar Ali, um trabalhador migrante paquistanês abusado e explorado por seu empregador coreano, comentou o diretor à AFP.

"A Coreia é uma sociedade muito competitiva. Tive a sorte de sobreviver à competição e entrar em uma boa universidade", contou.

"Mas quando visitei o Reino Unido aos 24 anos, um funcionário branco da imigração no aeroporto me olhou com desprezo e fez comentários depreciativos. Acho isso chocante até hoje", disse. "Acho que naquele dia fui como Ali".

- Queda social -

Hwang estudou jornalismo e se tornou um ativista pró-democracia, e batizou o personagem principal de "Round 6" de Gi-hun em homenagem a um amigo daquela época.

Mas o país se tornou democrático na época em que ele se formou e "não consegui encontrar uma resposta para o que fazer no mundo real".

No início, "assistir a filmes era algo que eu fazia para passar o tempo", disse ele.

Mas então, com uma câmera de sua mãe, ele descobriu "a alegria de filmar algo e mostrar para outras pessoas".

Isso "mudou minha vida".

Seu primeiro longa-metragem, "My Father", de 2007, é baseado na história real de Aaron Bates, um coreano adotivo cuja busca por seu pai biológico o levou a um prisioneiro condenado à morte.

Em 2011, seu drama policial "Silenced", baseado em um caso real de abuso sexual envolvendo crianças com deficiência, foi um sucesso comercial, assim como sua comédia de 2014 "Miss Granny", inspirada em parte por sua mãe.

Três anos depois, seu drama histórico "The Fortress" tratou de um rei coreano do século XVII que enfrentou uma invasão chinesa brutal.

"Round 6" faz referência a várias experiências traumáticas que moldaram a mentalidade dos sul-coreanos atuais, incluindo a crise financeira asiática de 1997 e as demissões de 2009 na SsangYong Motors, que levaram a vários suicídios.

"Com referência às demissões da SsangYong Motor, eu queria mostrar que qualquer pessoa da classe média no mundo em que vivemos pode cair até o fundo da escala social", comentou Hwang à AFP.

- Absurdo -

Jason Bechervaise, professor da Korea Soongsil Cyber University, considera Hwang como "um cineasta estabelecido há mais de 10 anos" que "encontra maneiras de entreter o público".

"Hwang faz parte de um sistema capitalista e o sucesso de sua série significa que ele se beneficia desse sistema, mas isso não significa que ele não deva lutar com sua própria natureza", comentou à AFP.

Areum Jeong, pesquisadora do cinema coreano na Sichuan University-Pittsburgh, disse que o diretor costuma despertar debate social, mesmo antes da série da Netflix.

"Silenced" abordou "a injustiça, corrupção moral, questões não resolvidas no sistema judicial coreano e, eventualmente, motivou os telespectadores a exigirem reformas legislativas", afirmou à AFP.

Hwang escreveu "Round 6" há uma década, mas os produtores não estavam interessados, achando o roteiro "muito absurdo, estranho e irreal".

Mas a ascensão dos serviços de streaming tornou alguns materiais mais viáveis, e ele aceitou o projeto com a perspectiva de trabalhar com a Netflix.

No entanto, nunca imaginou que "se tornaria a sensação mundial que é agora".

"Acho que os espectadores de todo o mundo se relacionam profundamente com a questão da desigualdade social" retratada na série, "especialmente em tempos de pandemia", aponta.

Prestes a lançar sua animação Arcane na Netflix, a Riot Games divulgou, nesta quinta-feira (28), a trilha sonora oficial para sua série com Imagine Dragons e o rapper JID. “Enemy” é a primeira música a ser divulgada e no clipe animado pode se observar, além dos personagens do League of Legends, os participantes da banda e o rapper em versão 3D.

Arcane chega à plataforma de vídeos no dia 6 de novembro e a Riot já divulgou que as próximas faixas da trilha sonora terão outros artistas como PVRIS, Bea Miller, Ramsey, Curtis Harding e outros. 

##RECOMENDA##

Não é a primeira vez que Imagine Dragons faz parceria com a Riot Games, em 2014 a banda foi responsável pela trilha sonora oficial do Worlds, o mundial de League of Legends daquele ano e ainda se apresentou no palco final da competição, fazendo o show de abertura em um estádio na Coreia do Sul que contou com mais de 40 mil espectadores. “Warriors” foi um sucesso e é tão aclamada pelo público do jogo que ganhou uma nova versão em 2020, cantada por 2WEI e Edda Hayes.

A animação Arcane focará na história das irmãs VI e Jinx, mas terá a participação de outros campeões do League of Legends e alguns novos que a Riot pretende futuramente lançar no jogo. No clipe de “Enemy” muitos deles podem ser vistos em cenas que provavelmente estarão na primeira temporada da série.

Confira o clipe animado da trilha sonora oficial de Arcane:

[@#video#@]

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando