Tópicos | Redes sociais

Os moradores de Penedo, no interior de Alagoas, reuniram-se na manhã da última terça-feira (20) para impedir a instalação de uma estátua do humorista e influenciador digital Carlinhos Maia na cidade. A imagem feita toda em bronze seria implementada na orla da cidade e causou revolta na população.

A ideia da homenagem partiu da prefeitura de Penedo e a recusa dos moradores em aceitar a colocação da estátua no local causou revolta no humorista. Segundo ele, a rejeição dos moradores é por ele ser gay. 

##RECOMENDA##

"Me entristece os comentários que os penedenses dizem de alguém que veio do mesmo lugar que eles. Ah, mas um viado não representa a nossa cidade. Para que colocar a estátua de um viado? Acho que isso não tem nada a ver com o Carlinhos, mas com o preconceito e a maldade que existe dentro de vocês. E por não suportarem um viado e pobre que saiu do mesmo lugar (que vocês)", disse o humorista. 

Nas redes sociais, internautas se manifestaram sobre o discurso do influenciador por afirmar que o motivo do povo não permitir a estátua seria homofobia, já que algum tempo atrás o influenciador negou que seu casamento era gay e também foi apontado como homofóbico.

[@#video#@]

A cantora Simony usou suas redes sociais, na última terça-feira (20), para anunciar que está noiva do cantor Felipe Rodriguez, que aproveitou as gravações do novo DVD da cantora, no último final de semana, para formalizar o pedido. 

Através do stories do seu perfil no Instagram, Simony compartilhou com os fãs uma foto com o noivo, usando o anel e escreveu: "Feliz por nós. Te amo vida. Vamos juntos escrever uma linda história". 

##RECOMENDA##

O casal está junto há cerca de cinco meses, se conheceram na internet e começaram a conversar após Simony gravar um vídeo para o Tik Tok cantando a música “Me Adora”, da dupla sertaneja Sandro e Cícero e escrita por Felipe.

Carla Perez e Xandy estão comemorando os 19 anos de casamento em grande estilo, o casal viajou para o Havaí nos Estados Unidos e estão aproveitando o momento para conhecer o arquipélago. Durante uma trilha, Carla compartilhou com os fãs nas redes sociais um momento de perrengue vivido pelo casal, por não ter banheiros no local e precisar fazer xixi ao ar livre. 

"Acabamos de perguntar aqui se tinha algum banheiro pelo caminho e disse que não tem...mas tem sim! É um banheiro natural. Disse que tem de passar aqui, pelos matos", disse Xandy após ser flagrado pela esposa fazendo xixi na natureza.  

##RECOMENDA##

A artista chegou a dizer que se sentiu constrangida por ter que fazer xixi nos matos. "Nessas horas, homem é massa. Privilégio de ser homem, viu, gente? Para mim foi tão constrangedor", comentou Carla.

[@#video#@]

A influenciadora digital e atriz Flávia Pavanelli surpreendeu os fãs nas suas redes sociais, nesta segunda-feira (19), ao informar que descobriu estar com algumas úlceras no estômago e alertou que esse seria o motivo caso ficasse afastada das redes sociais por alguns dias. 

Flávia já havia comentado com seus seguidores que tinha gastrite e que estava com algumas dores abdominais e, nesta segunda, a influenciadora realizou uma endoscopia para investigar o problema de saúde. 

##RECOMENDA##

Através dos stories de seu perfil no Instagram, Flávia comunicou aos fãs e seguidores sobre o seu estado de saúde. "Oie! Fiz endoscopia hoje cedo e tô passando só pra dar notícias pra vocês. Estou com 3 feridas no estômago (úlceras) e provavelmente vou começar um tratamento em breve. Mas de resto está tudo bem e se eu ficar mais sumidinha é porque estou me recuperando, tá?", escreveu ela.

O humorista Márvio Lucio foi duramente criticado nas redes sociais após a realização do seu quadro no reality A Fazenda. Nessa quinta-feira (15), ‘Carioca’ fez a chamada 'blackface' interpretando o cantor do grupo Raça Negra, Luiz Carlos, o que é reconhecidamente uma prática racista.

A “brincadeira” era uma tentativa de ironizar o relacionamento da peoa Luiza Ambiel com o músico. No entanto, o público que acompanha o programa não gostou nada e choveram críticas ao mal gosto do humorista.

##RECOMENDA##

Para interpretar o cantor, Márvio pintou o rosto de preto e colocou uma peruca de cabelo crespo, além de uma prótese no nariz, para cantar a música 'É tarde demais'.

[@#video#@]

Blackface - O blackface é uma prática que surgiu para ridicularizar pessoas negras visando o entretenimento de brancos numa época em que os negros não podiam subir nos palcos e atuar. "Tem raízes no racismo, que está ligado ao medo de pessoas negras e à ridicularização delas", explicou Kehinge Andrews, da Birmingham City University, no Reino Unido, em entrevista à BBC.

Na manhã desta quarta-feira (7), o youtuber e influenciador Felipe Neto surpreendeu os internautas com uma série de elogios e retificações ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST), do qual já havia falado mal no passado. O produtor de conteúdo, que recentemente tem se engajado com a política e dado espaço para pensadores da área trocar ideias na sua plataforma, pediu desculpas por comentários maldosos feitos ao movimento no passado.

No fio, Felipe ainda pediu desculpas a Guilherme Boulos (PSOL), que faz parte da coordenação nacional do movimento, por comentários do mesmo cunho.

##RECOMENDA##

Elogiando o trabalho do MTST, ele diz que a população foi enganada e induzida a menosprezar, bem como marginalizar o trabalho do movimento.

“Um dia a população brasileira vai descobrir que foi enganada e ludibriada pra achar que o MTST é algo monstruoso. Quando descobrirem a verdade, vai ficar todo mundo pasmo de como uma mentira tão horrenda durou tanto. Pra quem quiser ver um outro lado: https://mtst.org”, escreveu na rede social.

A mensagem acompanha imagens com manchetes como "MTST entrega 910 apartamentos para famílias em Santo André" e "MST doa uma tonelada de arroz orgânico em ação solidária no triângulo mineiro", divulgando ações afirmativas dos grupos.

“Significa que o MTST é perfeito? Não. Tem gente que faz ou fala coisa errada? Sim. Como tudo na vida, está em constante evolução e mudança. Mas o que fizeram com a reputação do MTST e das pessoas que fazem parte foi uma das coisas mais bárbaras da história da comunicação brasileira”, acrescentou. E concluiu, dizendo que ele mesmo contribuiu “com piadas idiotas em vídeos antigos. Brinquei até mesmo sobre o Boulos invadir minha casa”.

Em uma outra mensagem, o youtuber ainda disse que “O MTST tem minha promessa de nunca mais fazer piadas do tipo, que ajudam a perpetuar o estereótipo mentiroso”.

Boulos chegou a ver o fio de Felipe Neto sobre o MTST, e respondeu em agradecimento à retificação. “Obrigado @felipeneto! O MTST já entregou mais casas que muito governo. É um movimento que luta por dignidade, num país que tem mais imóvel abandonado do que gente sem teto. Valeu pela força, meu caro!”, disse o psolista, candidato à prefeitura de São Paulo.

O Facebook anunciou nesta terça-feira (6) o bloqueio de todas as contas ligadas ao movimento conspiracionista QAnon, tanto na rede social, quanto em sua comunidade de compartilhamento de imagens, Instagram.

"Nós vamos remover quaisquer Páginas do Facebook, Grupos e contas no Instagram representando o QAnon, mesmo que não contenham conteúdo violento", anunciou o gigante das redes sociais em uma postagem em seu blog.

A medida acelera os esforços do Facebook de reprimir campanhas de desinformação, algumas endossadas pelo presidente Donald Trump, semanas antes das eleições presidenciais de 3 de novembro.

As ações, tanto do Facebook, quanto do Instagram, visaram contas vinculadas a "grupos anarquistas 'offline' que apoiam atos violentos em meio a protestos, organizações de milícias com sede nos Estados Unidos e QAnon", informou a plataforma na postagem.

Em agosto, o Facebook havia eliminado centenas de grupos vinculados à teoria da conspiração de extrema direita QAnon e impôs restrições a cerca de outras 2.000 como parte de uma ofensiva contra um aumento da violência.

O Facebook informou ter endurecido seu bloquei ao QAnon após notar que, apesar de eliminar publicações que promoviam a violência diretamente, as mensagens dos seguidores do movimento foram adaptadas para evitar as restrições.

Um exemplo: o QAnon usou a plataforma para afirmar que certos grupos iniciaram incêndios florestais que devastaram a costa oeste, desviando a atenção da polícia e dos bombeiros.

"As mensagens do QAnon mudam muito rapidamente e vemos que as redes de seguidores criam uma audiência com uma mensagem e depois mudam rapidamente para outra", informou o Facebook.

"Nosso objetivo é combater isto de forma mais efetiva com esta atualização que fortalece e expande nossos esforços contra o movimento de teoria conspiratória", acrescentou.

A rede social já proíbe conteúdos que incitam a violência e organizações que a promovem.

Os teóricos da conspiração do QAnon têm usado páginas e grupos públicos e privados no Facebook para difundir "desinformação, racismo e incitação à violência apenas velada", segundo a Liga Antidifamação.

A teoria da conspiração, popular entre diferentes grupos de extrema direita, sustenta que há uma elite global que opera como uma força controladora por trás de governos, bancos e outras instituições.

Em julho, o Twitter tomou medidas enérgicas contra o QAnon quando o grupo aumentou seu alcance na corrente principal da política americana.

A partir de uma publicação anônima de 2017, que alega exploração infantil e conspirações estatais, o movimento sem líderes ganhou um lugar no fluxo do Twitter de Trump.

No ano passado, o FBI informou em um relatório que o QAnon era um dos vários movimentos que poderiam impulsionar "tanto grupos quanto extremistas individuais a realizar atos criminosos ou violentos".

O Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em parceria com a Associação de Terapeutas Ocupacionais de Pernambuco (Atope), está com inscrições abertas para o curso “Implicações éticas do uso das redes sociais por profissionais e estudantes de saúde”, que visa discutir essas questões para entender as consequências do uso, responsabilidades e limites éticos nas redes sociais.

O curso será promovido em cinco módulos a partir do dia 13 de outubro, todas às terças-feiras, das 19h às 21h, e terá carga horária de 30 horas, com encontros pelo Google Meet e atividades remotas com leituras, vídeos e interação virtual. Além disso, os estudantes e profissionais que finalizarem o curso ganharão certificado de participação.

##RECOMENDA##

A UFPE informa que o encontro de abertura ocorrerá no mesmo dia, às 19h, para comemorar o Dia da Terapia Ocupacional. O tema será “Profissionais de saúde, redes sociais, privacidade, confidencialidade e ética”, a ser abordado pelo professor Leandro Brambilla Martorell, da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), com doutorado em Bioética pela Universidade de Brasília (UnB). Para participar, os interessados devem se inscrever em dois lotes por meio do formulário eletrônico.

O primeiro lote, destinado a estudantes de terapia ocupacional da UFPE e aos profissionais sócios da Atope, receberá inscrições até esta terça-feira (6). O segundo, destinado aos estudantes e terapeutas ocupacionais de outras instituições, ficará com inscrições abertas entre os dias 7 e 10 de outubro.

Quem deseja participar apenas do momento da abertura, que será aberto ao público, para até 150 participantes, pode se inscrever pela internet. Saiba mais informações através do e-mail eticaemrede@gmail.com.

Estudantes do curso de Ciências da Computação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no campus IV, em Rio Tinto, no Litoral Norte paraibano, estão desenvolvendo um aplicativo que poderá ajudar outros universitários a diminuir o vício em redes sociais digitais como Instagram, Facebook e Twitter.

Devido aos possíveis impactos que o uso excessivo de redes sociais digitais podem provocar na produtividade de estudantes universitários, a aplicação também tentará minimizar a “síndrome do impostor”, fenômeno caracterizado pelo fato de pessoas capacitadas sofrerem de uma inferioridade ilusória, ao subestimarem suas próprias habilidades, comportamento aparentemente comum no mundo acadêmico.

##RECOMENDA##

Ao mirar nesses dois problemas comumente enfrentados por estudantes universitários, o software terá, no fim das contas, o objetivo de promover a saúde mental desse público-alvo. O programa inovador é resultado do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Ivonaldo Duarte , com a colaboração de Vinícius Henrique.

De acordo com Ivonaldo Duarte, o aplicativo é baseado na teoria de nudge, definida como um empurrão ou um gatilho para influenciar a decisão de alguém. No Brasil, esse conceito é conhecido como “Teoria do incentivo".

O app funcionará da seguinte maneira: inicialmente, o usuário responderá a um questionário. As respostas subsidiarão diagnóstico, propostas e metas para um uso mais saudável das redes sociais digitais, como dedicar, diariamente, menos tempo a elas. A aplicação também alertará sobre possíveis riscos, caso o usuário ultrapasse o tempo de uso indicado.

Em momentos de pressão, como uma semana de provas, através das informações repassadas pelos usuários, o app será capaz de  identificar quadros de estresse, fadiga, impaciência e ansiedade, com o intuito de indicar soluções para garantir a saúde mental dos estudantes.

“Queremos entender o que afeta negativamente a saúde mental dos estudantes universitários e sugerir caminhos para que tenham uma experiência acadêmica melhor. São problemas que atingem vários perfis de alunos, dos que saem de casa para estudar em outra cidade aos que geralmente têm bom rendimento”, explica Ivonaldo Duarte.

O desenvolvimento do aplicativo faz parte do programa Academic Working Capital (AWC), uma iniciativa do Instituto TIM que visa apoiar novos negócios de base tecnológica. A ideia é criar startups para desenvolver ideias de estudantes universitários de todo o mundo. No Brasil, o trabalho do Ivonaldo Duarte foi um dos 19 selecionados para receber investimentos neste ano.

A expectativa é a de que o aplicativo esteja pronto até março, quando será apresentado em uma feira de investimentos. O projeto tem o apoio do laboratório da UFPB Decision Lab, coordenado pelo professor José Adson Oliveira. “Esperamos que o aplicativo possa sanar ou pelo menos amenizar as dificuldades de saúde mental que os estudantes passam”, finaliza Ivonaldo Duarte.

Da assessoria de comunicação da UFPB

Em mais um passo em direção ao mercado de consumo virtual, o Instagram anunciou, nesta segunda-feira (5), que agora será possível iniciar o processo de compras também a partir do IGTV e dos Reels. Com o Instagram Shopping, que já permite a compra de produtos a partir de publicações no Feed e nos Stories, será possível também ter acesso à compra dos produtos listados ou exibidos em um vídeo.

A novidade está sendo lançada globalmente nos aplicativos da rede social. A empresa comunicou ainda que já iniciou os testes nos Reels, função de vídeos curtos similar ao Vine e ao TikTok, e que a liberação ocorrerá logo em seguida. 

##RECOMENDA##

Com a ferramenta, os usuários poderão ver informações sobre os produtos exibidos nos vídeos, como preço, e também ter acesso rápido ao site da loja para comprá-los. O objetivo do Instagram Shopping, segundo a empresa, é impulsionar o mercado e-commerce e trazer mais acessos aos sites de criadores e lojistas que utilizam da plataforma para fazer negócios, aumentando também o potencial de vendas.

“Criadores de conteúdo e marcas ajudam a trazer novas tendências culturais para o Instagram, e as pessoas acessam nossa plataforma para se inspirarem com eles. Com Shopping no IGTV e, futuramente, no Reels, estamos facilitando as compras diretamente por meio de vídeos. Além de ajudar estas marcas e criadores a compartilhar suas histórias, alcançar mais clientes e fazerem negócio", disse o COO do Instagram Justin Osofsky.

A ferramenta e-commerce chegou ao Brasil em julho deste ano. Além do IG Shopping, outra novidade é o tempo de duração dos Reels, que de 15 segundos, passarão a poder ser gravados em até 30 segundos, sob as mesmas condições de edição. O Instagram também diz que, futuramente, pretende incluir funcionalidades do Messenger à rede social.

Larissa Manoela e Léo Cidade não estão mais juntos? É o que os fãs do casal de atores estão especulando desde o último domingo (4), quando notaram que os dois pararam de se seguir no Instagram.

Eles, que namoram há quase três anos, passaram grande parte da quarentena juntos, e a última foto em que os dois posaram lado a lado foi publicada no dia 14 de setembro, quando comemoraram mais um mês de relação.

##RECOMENDA##

A assessoria de imprensa de Larissa diz não ter nenhuma informação a respeito do assunto.

Nas redes sociais, os internautas deixaram inúmeras mensagens questionando os dois sobre o possível fim do namoro, no entanto, não obtiveram resposta até o momento.

A empresária Carol Dourado viralizou nas redes sociais por comemorar a assinatura de seu divórcio. Em frente ao Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís-MA, ela exibiu um cartaz com os dizeres "Enfim... Divorciada!", vestida de branco e com balões vermelhos.

"Ninguém merece ficar em um relacionamento que não quer. Tenha coragem de sair de um relacionamento que não te preenche", ela disse em vídeo postado nas redes sociais.

##RECOMENDA##

A empresária contou ter sofrido em um relacionamento abusivo durante os dois anos em que foi casada. Ao jornal local Imirante.com, ela comentou que decidiu comemorar o divórcio como uma forma de desabafo pelos problemas enfrentados no casamento e os trâmites legais para se separar. Ela estava há um ano e meio querendo se separar.

"Esse post foi pensado há muito tempo, estava esperando só sair o meu divórcio, não foi um marketing gratuito, até porque foi um processo bem longo e arrastado por diversos motivos. Esse casamento foi uma experiência muito intensa e engrandecedora, gosto de dizer que adquiri, em dois anos, uma experiência de 200 anos", disse Dourado. Ela contou que ter se casado com apenas quatro meses de relacionamento.

A empresária pretende montar rodas de conversas para debater o assunto. "A sociedade e o machismo estrutural querem que as mulheres se calem para o relacionamento abusivo. Às vezes, as mulheres estão inseridas nesse relacionamento, mas não conseguem identificar porque a sociedade não quer que elas conversem entre si a respeito desse assunto. É muito cômodo para a sociedade que as mulheres, em maioria no mundo, fiquem caladas, submissas, somente aceitando as leis feitas por homens", afirmou.

Uma lei que fortalece consideravelmente o controle das autoridades sobre as redes sociais entrou em vigor nesta quinta-feira (1°) na Turquia, ameaçando a presença do Twitter e do Facebook no país caso não respondam aos pedidos de remoção de conteúdo considerado polêmico.

A lei foi aprovada em julho, menos de um mês depois que o presidente Recep Tayip Erdogan pediu "ordem" nas redes sociais, um dos últimos espaços de expressão fora do controle do governo. No entanto, muitos duvidam que o governo possa aplicar as medidas rígidas previstas na lei.

##RECOMENDA##

De acordo com a nova legislação, as redes sociais com mais de um milhão de conexões únicas por dia, como Twitter e Facebook, devem ter um representante na Turquia e obedecer aos tribunais que solicitem a remoção de determinado conteúdo em até 48 horas.

"1º de outubro é o prazo para que as redes sociais nomeiem um representante na Turquia", explicou Yaman Akdeniz, professor de direito da Universidade Istanbul Bilgi, em sua conta no Twitter. Em caso de violação desta obrigação, as plataformas receberão um aviso.

A partir de novembro, enfrentarão multas de até 30 milhões de libras turcas (US$ 3,87 milhões), proibição de receitas de publicidade e uma redução acentuada em sua banda larga.

Embora sua conta no Twitter @RTErdogan tenha 16,7 milhões de seguidores, o presidente turco não esconde sua aversão às redes sociais, que ameaçou remover em 2014.

No mesmo ano, Ancara bloqueou o acesso ao Twitter e YouTube após a transmissão de gravações de escutas telefônicas nas quais Erdogan estava envolvido em um suposto escândalo de corrupção.

No primeiro semestre de 2019, a Turquia liderou os países que solicitaram a remoção de conteúdos do Twitter, com mais de 6.000 solicitações.

O Twitter não respondeu às perguntas da AFP sobre o seguimento que pretende dar à nova lei turca.

Em 2019, a Turquia bloqueou o acesso a 408.000 sites, 40.000 tuítes, 10.000 vídeos do YouTube e 6.200 posts compartilhados no Facebook, de acordo com Sevket Uyanik, um defensor dos direitos online.

O chefe de Estado turco já havia descrito o Twitter como uma "ameaça", estimando que a rede social havia facilitado a mobilização para as manifestações antigovernamentais de 2013.

Muitos turcos, especialmente os jovens, contam com as redes sociais para ter acesso a informações independentes ou críticas, em um ambiente dominado pela mídia pró-governo.

O Twitter e o Facebook já estão sendo vigiados de perto pelo governo e vários julgamentos se deram por "insulto ao chefe de Estado" ou "propaganda terrorista" com base em simples tuítes.

No início de julho, Erdogan pediu "ordem" nas redes sociais depois que sua filha e seu genro foram submetidos a insultos no Twitter.

Os apoiadores do governo, no entanto, também usam massivamente as redes sociais, especialmente porque as reuniões são proibidas pelas restrições ligadas à Covid-19, enfatiza Emma Sinclair Webb, diretora da Human Rights Watch na Turquia.

A apresentadora Rachel Sheherazade usou o Instagram para compartilhar uma foto inusitada e acabou movimentando as redes sociais na noite da última terça-feira (29). Na imagem, Sheherazade aparece tomando banho em uma banheira ao lado de uma taça de vinho. 

Nos comentários os fãs deixaram mensagens de apoio à apresentadora que recentemente foi dispensada do SBT. 

##RECOMENDA##

"A serenidade no olhar de quem não precisou se inscrever em nenhum processo seletivo e não ficou nem 24h desempregada", disse um fã da apresentadora, que já está contratada por um famoso portal de notícias. 

Um outro seguidor aproveitou o clique para alfinetar a antiga emissora de Sheherazade. "Eita. Eu chamo isso de banho relaxante após a carga pesada sobre as costas e o peso de carregar o jornalismo do SBT por anos", escreveu ele. 

[@#video#@]

O humorista Victor Sarro, 31 anos, foi hospitalizado novamente na última terça-feira (29) após ser diagnosticado com gastroenterocolite. O artista já havia sido internado na última sexta (26), mas logo foi liberado.

Através das redes sociais, o humorista mostrou aos seus seguidores como tem sido a internação e comentou: "Bom, vou me recolher um pouco pois voltei a passar mal. O negócio é realmente descansar". Logo após isso, a esposa do humorista, Maria Esther Tormin, também explicou um pouco sobre o estado de saúde do artista. "Ele está bem, só cansadinho e se recuperando, porque acaba ficando meio fraquinho. Eu que quis deixá-lo mais quietinho", disse ela.

##RECOMENDA##

Na semana passada o humorista passou mal enquanto participava das gravações do programa de Rodrigo Faro, na Record, e precisou ser internado às pressas. "Durante a gravação do programa a Hora do Faro [na sede da Record TV, no bairro da Barra Funda, em São Paulo], comecei a passar mal, vomitei, tive um vaso rompido e começou a vir sangue no vômito. A equipe me levou ao hospital e fui rapidamente atendido", explicou Victor em suas redes sociais após o ocorrido.

A rede de restaurantes Outback criou um projeto chamado “Conheça Quem Faz”, com o objetivo de divulgar o trabalho de empreendedores que têm pequenos negócios em suas redes sociais durante a pandemia de Covid-19. Dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostram que o setor tem sofrido muito com o distanciamento social: entre os 17,7 milhões de empreendimentos de pequeno porte do Brasil, pelo menos 13 milhões de já foram fortemente impactados.

As artes dos produtores serão postadas na página @OutbackBrasil, no Instagram, que possui quase 2 milhões de seguidores, para valorizar e dar visibilidade aos trabalhadores locais. “Temos total consciência que o período é delicado e queremos ajudar essas pessoas a alavancarem ainda mais seus negócios. Sabemos da importância que os pequenos produtores têm em nossa sociedade, porque além de expandir ainda mais a cultura do nosso país, eles também movimentam a economia, assim como as grandes empresas”, comenta Renata Lamarco, diretora de marketing do Outback Brasil.

##RECOMENDA##

A empresa já desenvolveu outras ações semelhantes, como a distribuição de 13,6 mil unidades do ovo de páscoa exclusivo Outback Duo Thunder para 81 mercadinhos de bairro localizados na cidade de São Paulo em abril deste ano. “Está em nosso DNA pensar no bem de todos e colaborar, seja por meio da doação de alimentos ou outro formato que conseguimos atender. Sempre tivemos uma preocupação com as comunidades e instituições que estão no entorno dos nossos restaurantes e, neste momento, não poderia ser diferente, pois para nós o importante é apoiar quem mais precisa e sabemos que mesmo virtualmente, toda ajuda é bem-vinda. Temos certeza que o projeto Conheça Quem Faz será um sucesso e que através dele conseguiremos divulgar e incentivar a compra do trabalho desses pequenos produtores”, conclui Renata.

"Os primeiros produtores que participaram do projeto foram mapeados pelo time de monitoramento de redes sociais do Outback e pelo próprio Facebook, que tem um programa de incentivo ao pequeno negócio e ajudou na curadoria, compartilhando com a marca alguns nomes que fazem trabalhos incríveis. Mas para quem tiver interesse em participar ou mesmo indicar alguém, basta entrar em contato com a rede de restaurantes via Instagram, através dos comentários e/ou mensagens por direct", destaca a diretora de marketing.

*Com informações da assessoria

LeiaJá também

--> Sebrae: pesquisa revela mudanças para pequenos negócios

Os fãs de Britney Spears estão assustados - de novo!

A princesa do pop postou um clique com um top que parece usar bastante, pelo menos 20 vezes ela já posou com ele, na conta de um fã.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Eles, então, nos comentários, começaram a se perguntar se ela estaria pedindo ajuda ou se alguém estaria postando fotos antigas dela, por algum motivo sinistro:

Olá equipe da Britney, vocês têm alguma foto recente dela?

O ano é 2032 e Britney ainda posta as mesmas três fotos dela, com a mesma roupa e mesma expressão. Espero mesmo que ela esteja bem.

Eu desisto.

 

O ator Arthur Aguiar se converteu recentemente ao evangelho, após procurar o retiro espiritual Estância Paraíso, localizado em Minas Gerais. O espaço oferece ajuda para pessoas com problemas e para conexão com Deus.

Nas últimas semanas, muitos internautas especularam que Mayra e Arthur estariam juntos novamente. Essa busca pela mudança deu fôlego às teorias na web de um possível retorno do casal, apesar da ex-BBB ter negado uma reconciliação.

##RECOMENDA##

Em seu perfil nas redes sociais, Mayra comentou a atitude do ex: "Eu sempre vou acreditar na transformação do ser humano, pois se eu parar de acreditar eu terei que mudar de profissão, falo sobre transformação, perdão, errar e ser sua melhor versão todos os dias nas minhas redes e nos meus cursos". 

"Sou a primeira pessoa a levantar a cada tombo que tomo, e dar a outra face para bater na esperança de ganhar um beijo, não porque sou cega e sim porque tenho esperança de um amanhã melhor para todos nós, se eu não fosse assim eu seria uma grande farsa e então não deveria propagar e trabalhar com pessoas e sim com móveis que não exigem sentimentos, empatia, amor, perdão e exercício diário para todos sermos melhores! Todos erram uns mais uns menos, querer mudar é o primeiro passo para o novo, ainda não significa vitória, claro, mas significa um novo começo, agora deixe o tempo agir, só ele poderá responder por todos nós", disse Mayra, que apagou a postagem depois.

 

A ex-BBB e influenciadora digital Rafa Kalliman usou suas redes sociais, na última segunda-feira (28), para esclarecer que não fez nenhum procedimento estético no bumbum e ganhou elogios da atriz Bruna Marquezine.  

Internautas acusaram Rafa de ter colocado silicone no bumbum. A ex-BBB negou as acusações e comentou que apenas havia engordado.  

##RECOMENDA##

"Estamos vendo vocês falando que meu bumbum é silicone virado, quando na verdade é gordura! Meu bumbum não é silicone. É porque eu engordei e vai tudo para o meu bumbum. Fica desse jeito. Um vídeo com a vibe boa de um dia super leve e feliz, com pessoas que cuidam muito de mim. Meu bumbum do jeitinho que ele é (e que veio ao mundo)", disse Rafa. 

Com a repercussão, Bruna Marquezine comentou sobre o assunto e elogiou Rafa. "E que bumbum, hein, minha filha?! Benza Deus", escreveu a atriz nas redes sociais.

A apresentadora Glória Maria está, há cerca de dez meses em isolamento social devido a pandemia do coronavírus, por ser do grupo de risco. Na última sexta-feira (24), a apresentadora decidiu iniciar um quadro de lives em suas redes sociais. 

Em uma das transmissões, Glória conversou com a jornalista Joyce Pascowitch e deu sua opinião sobre as pessoas pediram a normalização das atividades durante a pandemia, dizendo que não acredita no "novo normal". “Ou é novo, ou é normal, vamos ter que partir para novos olhares. Nada mudou, mas algumas pessoas se viram melhor, começaram a se observar. É preciso uma pandemia para olhar para o outro?", disse a apresentadora.

##RECOMENDA##

No bate-papo, Glória refletiu sobre ter dado uma pausa e o impacto positivo que a pandemia trouxe para a sua vida. “Como foi bom parar. Não tinha noção do que era a minha casa, nunca tive a chance e esse período  foi maravilhoso. Comecei a olhar meu jardim, meus quadros…tinha vergonha quando falava com as pessoas no telefone e elas reclamavam da pandemia. Como ia explicar que eu estava adorando? Descobri amigos que não sabia mais que tinha, livros…esse isolamento me preencheu a alma. Com a tragédia eu estou acostumada, cobri guerras, violência, dor, sofrimento, poucas pessoas entendem mais do que eu. Pude ficar em paz comigo mesma, coisa que há ‘séculos’ não conseguia", disse.

A apresentadora também deixou clara a sua opinião sobre o que ela encara como sendo preconceito e criticou o politicamente correto, dizendo: “Eu acho tudo isso um saco. Hoje tudo é racismo, preconceito e assédio. A equipe com que trabalho me chama de ‘neguinha’, de uma forma amorosa e carinhosa. Estou mais de 40 anos na televisão, já fui paquerada, mas nunca me senti assediada moralmente. O assédio é algo que te fere, é grosseiro, desmoraliza. Existe uma cultura hoje que nada pode. Tem que ter uma diferenciação, não dá para generalizar tudo. O politicamente correto é um porre. Acredito que o politicamente correto é o caráter, a honestidade. Esse mundo que a gente está vem muito da amargura das pessoas, não aceito”, afirmou.

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando