Tópicos | Retrô

Os fãs de jogos eletrônicos não procuram apenas as novidades apresentadas no salão Gamescom de Colonia, Alemanha: também estão de olho nos antigos aparelhos recuperados dos sótãos.

O espaço "retrogaming" ocupa um lugar inédito no grande evento europeu dos jogos eletrônicos, onde o público vibra diante de consoles de outras épocas.

##RECOMENDA##

"Lembra a minha infância", afirma Jackye Müller, uma estudante de 21 anos, ao jogar Donkey Kong no Super Nintendo.

A alguns metros, um pai apresenta à filha ao "Pong", um dos primeiros jogos eletrônicos, criado em 1972, uma espécie de tênis em que cada jogador desloca uma raqueta virtual para manter a bola na área da partida.

"O retrô está em todas as partes: nos filmes, na música, nos carros, nas roupas. Por quê não nos jogos?" pergunta Christian Gleinser, desenvolvedor de jogos eletrônicos que funcionam com gráficos dos anos 1980.

"As pessoas querem se divertir com os amigos e gostam da facilidade na utilização, o pouco tempo para carregar e os pixels antigos", completa.

Caminhando pelo evento é possível escutar as trilhas sonoras de jogos como Sonic, Mario Kart ou Pokemon.

Além dos colecionadores, alguns se acostumaram a voltar a jogar os games clássicos novamente, apesar de terem sido produzidos para um determinado console, graças a pequenos programas chamados "emuladores", nem sempre legais, mas que permitem adaptar o jogo ao suporte.

O fenômeno é marcado sobretudo pelo envelhecimento da idade média dos jogadores: aqueles que se apaixonaram por estes jogos e personagens nos anos 80 e 90 podem agora compartilhar suas recordações, em suportes modernos, com os filhos e as novas gerações.

"Constatamos o retorno do VHS e do vinil. O 'retrogaming' entra nesta tendência", explica Fanny Renard, animadora do estúdio independente Goblinz.

A tendência estimula os fabricantes de consoles a reeditar seus modelos, assim como os catálogos com grandes sucessos dos últimos 30 ou 40 anos.

O grupo japonês Sega aderiu à tendência e vai lançar o Megadrive Mini (42 jogos).

Dois famosos consoles da Nintendo, NES e Super NES, já foram reeditados, assim como o PlayStation (Sony) original.

"O fato de cada fabricante reeditar seus consoles demonstra que existe um verdadeiro mercado. O preço de custo é muito baixo, tudo já foi amortizado há muito tempo, o que significa que isto gera margens adicionais para estes grupos", destaca Laurent Michaud, diretor de estudos da Idate.

Mas é difícil saber se a moda é passageira ou não. "A realidade aumentada é um mercado de futuro para os jogos eletrônicos, mas o 'retrogaming' será algo diferente", afirma Michaud.

"Tem potencial para virar um mercado real, mas nem muito importante em valor nem a longo prazo", opina Andrew Kitson, da Fitch Solutions.

[@#galeria#@]

Imersos durante três dias -26 a 28 de abril- no universo pop retrô, os visitantes da 2ª edição da Retrokon, realizada no Shopping Paço Alfândega, no bairro do Recife, puderam matar a saudade e se divertir com as atrações do evento. Segundo a organização, cerca de oito mil pessoas são aguardadas para conferir a exposição de brinquedos e games antigos, Cosplayers, concurso de K-pop, além de diversas atrações.

##RECOMENDA##

O produtor da Retrokon, relatou que a gratuidade do evento fez com que o público jovem tivesse acesso à cultura pop, "que passa uma coisa bacana e traz a interação entre os jovens. Aqui eles passam a ter conectividade com outros fãs". Com visitantes do interior de Pernambuco e outros estados no Nordeste, é perceptível notar nos dois andares do shopping a relação igualitária entre filhos e pais – que se tornam crianças.

Marcada pela pluralidade, quem compareceu também pode fazer aquele registro com os Cosplayers, que atraiam atenção entre os corredores. "O mais bacana é o reconhecimento das pessoas, que já sabem de longe e abordam dizendo que o cosplay tá legal", declarou o publicitário José Neto, que em dias de folga torna-se o personagem Finn da franquia Star Wars. Sua parceira na caracterização, a administradora Manoela Barreto - trajada de Ray- falou sobre o processo de desenvolvimento para caracterização fiel, "normalmente, eu costuro e ele faz as armas. Existe o preconceito por que as pessoas não conhecem o que a gente faz e acabam julgando errado. Daí eu começo a explicar que não importa a roupa, e sim a personalidade do personagem". Ela explicou que consegue conscientizar os que estranham com simples perguntas: Porque não deixar de ser um pouco adulto e voltar a ser criança? Porque não um pouquinho de diversão?"

Nessa relação de compreensão do universo pop, a gestora de escola Ana Paula foi à feira para conhecer do que se tratava a cultura geek. "Como lhe dou todos os dias com a juventude, vim olhar para incentivar no estabelecimento onde trabalho", e continuou, "A gente precisa tá mais próximo para entender que movimento é esse. Lá [na escola], fez uma interação com os alunos, independente de classe", certificou. Empolgada com as apresentações de K-pop, ela aprovou as músicas coreanas e o ambiente amistoso.

[@#podcast#@]

 Sob a liderança da auxiliar administrativa Dryanne Melo, de 19 anos, o grupo Petite Cherie fez o público vibrar com a coreografia. Há cinco anos, as 13 integrantes revezam-se em eventos, o que mostra o crescimento das origens coreanas na região. "A gente vai para eventos em todo Nordeste. Sempre que temos oportunidades, vamos às convenções". Com uma preparação de três a seis meses, os grupos de K-pop mostram união para consolidar eventos geeks e conquistar abrangência no que diz respeito à popularidade. "A gente mantém o companheirismo por que sempre estamos juntos em camarins e ensaiando nos parques públicos. Pessoas inconvenientes acabam falando besteira, mas a gente procura se ajudar sempre", finalizou.

Outra atração que chamou atenção, sobretudo dos mais “velhos”, foi a exposição de brinquedos e vídeo games antigos. Natural de São Paulo, o militar Tomaz Ribeiro conseguiu colecionar mais de 400 imagens de ação na escala 1/6 de Star Wars, a maioria da década de 70 e 80. Após 20 anos para captar os itens, ele explicou que "é algo que remete a infância e dá possibilidade de você mergulhar no universo do personagem, além da oportunidade de fazer cenas dos filmes".

Além da diversão e interação, a abrangência da cultura pop faz com que empresas se especializem para atender as particularidades dos seus clientes. Há três anos fornecendo para lojas, a Pegasus E-Shop já têm compradores cativos. “Os clientes fazem de tudo para prestigiar os eventos, e eles dão uma visibilidade muito grande por que pessoas do interior e outros estados vem para participar". Perguntada sobre os itens que mais agradaram o público, a vendedora da loja Carolina Melo nem pensa muito para dizer que as linhas dos Vingadores e Dragon Ball têm mais saídas.

Ainda dá tempo de conferir a feira, que vai até esse domingo (28). Mesmo com entrada gratuita, a organização pede doações de alimentos não perecíveis que são destinadas a instituições. “O arrecadado desse evento será doado a desabrigados do próprio Centro do Recife. Às vezes dividimos com várias associações para que chegue em mais locais”, finalizou o produtor da Retrokon.

Os consoles Nintendo NES e SNES Classic deverão sumir das prateleiras em breve. Em entrevista recente ao site The Hollywood Reporter, o presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aimé, disse que os mini-videogames vão deixar de ser produzidos, e uma vez que a ação das festas de fim de ano passarem, eles não serão reabastecidos nas lojas.

Em vez de se concentrar nos gadgets nostálgicos, a Nintendo quer direcionar os jogadores para o conteúdo clássico que está adicionando ao serviço Nintendo Switch Online, que inclui jogos da como "Super Mario Bros", "The Legend of Zelda" e outros. Este mês, a Nintendo está incluido "Ninja Gaiden", "Wario’s Woods" e "Adventures of Lolo" na plataforma.

##RECOMENDA##

Os consoles retrô fizeram bastante sucesso, pois davam aos jogadores uma forma de aproveitar games clássicos em aparelhos de TV modernos. Tanto o NES quanto SNES Classic vinham com títulos da Nintendo que fizeram história em sua memória, entre eles "Castlevania", "Final Fantasy", "The Legend of Zelda" e "Super Mario Bros". Os aparelhos não chegaram a ser vendidos no Brasil.

LeiaJá também

--> Marca dará R$ 387 mil a quem passar um ano sem smartphone

Entre os dias 20 e 22 de abril, a capital pernambucana recebe a 1ª Convenção de Cultura Pop Retrô de Pernambuco. O evento acontece no Shopping Paço Alfândega e contará com exposição de brinquedos dos anos 70, 80 e 90, cosplay, colecionadores de artigos antigos, fliperamas e festival musical com canções que marcaram a década de 80 e 90.

O convenção promete reunir pessoas de todas as gerações. A entrada é gratuita, mas a organização pede que o público contribua com 1 kg de alimento não perecível, que será doado para uma instituição associadas ao evento.

##RECOMENDA##

Serviço

1ª Convenção de Cultura Pop Retrô de Pernambuco

Sexta (20) a Domingo (22) | 11h

Shopping Paço Alfândega (R. Alfândega, 35 – Recife)

Gratuito

A Adidas apresentou nesta quinta-feira (9), em evento estrelado por Lionel Messi, a "Telstar 18", bola oficial da Copa do Mundo da Rússia, que será disputada no ano que vem.

Com design retrô, o modelo é inspirado naquele usado nos Mundiais de 1970, no México, e de 1974, na Alemanha, as primeiras edições a terem uma bola oficial. 

##RECOMENDA##

Além de Messi, o lançamento contou com as presenças de Kaká, Zinédine Zidane, Alessandro Del Piero, Lukas Podolski e Xabi Alonso.

O modelo faz uma releitura estilizada e pixelizada dos clássicos gomos pretos e brancos e conta com o chip "NFC", que permite a comunicação via wireless.

A bola estreará no próximo sábado (11), em um amistoso entre Rússia e Argentina em Moscou.

Da Ansa

Sucesso nas décadas de 70, 80 e 90, os fliperamas fizeram muita criança pular o muro da escola ou economizar cada moedinha que recebia dos pais ou avós. Na época do Master System, ter um videogame em casa era um luxo que muitos não podiam arcar, portanto restava recorrer às máquinas que tinham disponíveis games como "King of Fighters" ou "Street Fighter II". Os jogadores se esforçavam ao máximo só para conseguir cravar três letras do seu nome no ranking dos melhores.

Enquanto empresas como a Nintendo e SEGA apostam no poder da nostalgia relançando seus consoles clássicos, um pernambucano vem chamando atenção por ter sua própria oficina de fliperamas. É em um pequeno corredor na cidade de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR), que o eletricista Reginaldo Luiz da Silva, de 29 anos, cria máquinas que trazem memórias da infância de qualquer aficionado por games.

##RECOMENDA##

Luiz, que exerce a função de eletricista no horário comercial, usa suas horas de descanso para criar os fliperamas, desde sua estrutura de madeira, até programar e se certificar que seus clientes poderão aproveitar a jogatina sem problemas. Tudo teve início a partir de uma brincadeira, quando ele resolveu montar uma máquina para aproveitar o tempo livre com o cunhado. Conhecidos passaram a se interessar pelo produto e perguntar o preço dele. Hoje, o pernambucano já contabiliza a 16ª encomenda.

"Depois que consegui criar a primeira máquina, decidi vendê-la e consegui fazer isso muito rapidamente. Foi aí que percebi que criar fliperamas podia me trazer uma renda extra. Comecei então a comprar as peças pela internet aos poucos e consegui ter uma rotatividade legal. Sempre gostei dos videogames retrôs, mas nunca imaginei que passaria a criá-los um dia", conta o eletricista.

[@#video#@]

Os fliperamas que ele comercializa no momento custam a partir de R$ 1.300 e incluem mais de 7 mil jogos, de videogames como Master System, Mega Drive, Super Nintendo, Nintendinho e até PlayStation 1. Ao realizar sua encomenda, o cliente pode escolher desde a estampa da máquina, até quantos jogadores poderão usá-la ao mesmo tempo. Os temas mais pedidos ficam por conta de personagens como Sub-Zero, Mario Bros. e Star Wars.

"Todo o desenho sai da minha cabeça. Já vi muitos projetos na internet, mas nenhum deles se enquadraram à minha ideia. Com a madeira crua eu faço o corte do fliperama, peço para uma gráfica fazer os adesivos e aí começo a inserir os botões, a alavanca, o cartão de memória, cooler, monitor e tudo o que é preciso. Depois é só pegar essa mistura toda e fazer funcionar direitinho", acrescenta.

Neste ritmo, Luiz consegue montar um fliperama completo em quatro dias. Segundo ele, quem compra uma máquina - seja para si ou para algum estabelecimento - tem boas memórias dos videogames. "São pessoas que na infância não tiveram a oportunidade de ter um console em casa. Quando o cliente chega e olha a máquina, você vê que rapidamente qualquer adulto se torna um menino. Não que eu ganhe rios de dinheiro com isso, mas é um prazer trazer nostalgia para as pessoas", pontua.

Os fliperamas criados em Abreu e Lima têm sido usados como peças de decoração, em escritórios e até em restaurantes com a pegada geek. Os tamanhos, estampas e jogos disponíveis podem variar, de acordo com o gosto de cada cliente. As encomendas podem ser feitas por qualquer interessado, através do número (81) 9.8403-1601.

LeiaJá também

--> Conheça a hamburgueria inspirada em games do Recife

--> Sebo de games vende Mega Drive, Super Nintendo e até fitas

Após a versão americana ter sido anunciada em julho deste ano, agora é a vez dos japoneses ganharem o seu próprio mini Nintendinho. A Nintendo vai lançar no dia 10 de novembro a versão retrô do Famicom, que foi o modelo japonês do NES, lançado em 1983, dois anos antes de surgir a versão americana. 

##RECOMENDA##

Assim como o Mini NES, o Famicom compacto já vem na memória com 30 jogos clássicos lançados originalmente até 1993. O console também vem acompanhado de dois controles já presos ao sistema – não podem ser retirados para usar em outro dispositivo. 

O modelo japonês traz uma lista de jogos parecida mas com algumas mudanças em relação ao Mini NES. Entre as ausências em comparação com a versão ocidental estão Final Fantasy e Kid Icarus. Exclusivamente no Famicom haverá River City Ransom, Mario Open Golf e Downtown Nekketsu Koushinkyoku: Soreyuke daiundoukai.

O Mini Famicom será vendido no Japão por 5.980 ienes, o equivalente a R$ 192. Confira a lista de jogos: 

- Donkey Kong

- Mario Bros.

- Pac-Man

- Excitebike

- Balloon Fight

- Ice Climber

- Galaga

- Yie Ar Kung-Fu

- Super Mario Bros.

- The Legend of Zelda

- Atlantis no Nazo

- Gradius

- Ghosts 'n Goblins

- Solomon's Key

- Metroid

- Castlevania

- Zelda II: The Adventure of Link

- Tsuppari Ozumo

- Super Mario Bros. 3

- Ninja Gaiden

- Mega Man 2

- River City Ransom

- Double Dragon II: The Revenge

- Super Contra

- Final Fantasy III

- Dr. Mario

- Downtown Nekketsu Koushinkyoku: Soreyuke daiundoukai

- Mario Open Golf

- Super Mario USA (the US version of Super Mario Bros. 2)

- Kirby's Adventure

Enquanto o mundo só tem olhos e ouvidos para ''Pokémon Go'', a Nintendo pegou todos os fãs de surpresa e anunciou nesta quinta (14) que relançará seu primeiro console, o NES, conhecido como "Nintendinho", nos Estados Unidos em 11 de novembro deste ano. O videogame volta ao mercado em uma versão compacta, com 30 jogos disponíveis em sua memória, entre eles clássicos que fizeram história como "Castlevania", "Final Fantasy", "The Legend of Zelda" e "Super Mario Bros".

A Nintendo anunciou a novidade em sua página oficial do Facebook. "Há um pouco de tudo para todo mundo - uma mistura de eternos favoritos, clássicos cult e talvez até jogos que você nunca tenha tido a chance de jogar", diz o anúncio do grupo japonês. A nova versão da plataforma, conhecida como "NES Classic Edition" será vendida por US$ 60. Não há previsão de lançamento no Brasil.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Embora o mini console pareça quase idêntico à sua versão original, lançada em 1983, existem algumas diferença pontuais. A nova edição se conecta à TV através de um cabo HDMI, dando os jogadores modernos a chance de aproveitar alguns títulos eletrônicos clássicos em aparelhos com resolução HD.

O console também acompanha uma versão repaginada do clássico controle do NES, mas os usuários que quiserem jogar com um amigo poderão comprar o acessório separadamente por US$ 10. Além disso, o ''Classic Controller'' do Wii e o ''Pro Controller'' do Wii U também serão compatíveis com a plataforma.

Confira abaixo a lista de jogos disponíveis para a nova versão do NES:

-Balloon Fight

-BUBBLE BOBBLE

-Castlevania

-Castlevania II: Simon's Quest

-Donkey Kong

-Donkey Kong Jr.

-DOUBLE DRAGON II: THE REVENGE

-Dr. Mario

-Excitebike

-FINAL FANTASY

-Galaga

-GHOSTS'N GOBLINS

-GRADIUS

-Ice Climber

-Kid Icarus

-Kirby's Adventure

-Mario Bros.

-MEGA MAN

-Metroid

-NINJA GAIDEN

-PAC-MAN

-Punch-Out!! Featuring Mr. Dream

-StarTropics

-SUPER C

-Super Mario Bros.

-Super Mario Bros. 2

-Super Mario Bros. 3

-TECMO BOWL

-The Legend of Zelda

-Zelda II: The Adventure of Link

Marina Ruy Barbosa está realmente arrasando ao interpretar Eliza em Totalmente Demais, novela da Globo. Mas parece que não é apenas sua personagem que tem muito estilo.

A bela provou isso em sua conta no Instagram e compartilhou uma foto para lá de linda, caprichando na sensualidade ao usanr uma camisa de bolinhas e um shortinho, em um visual todo retrô. Lindíssima, não é mesmo?

##RECOMENDA##

Com a imagem, ela provou que ela brilha tanto nas cenas em que modela na novela das sete da Globo, quanto nos ensaios que faz na vida pessoal!

Se você nasceu na década de 80 ou 90 deve lembrar bem de jogos como Pitfall!, Pac-Man e e Space Invaders. Numa época em que o smartphone é o dispositivo eletrônico favorito entre os jovens, títulos clássicos ganharam releituras e agora podem ser aproveitados na palma da mão, em qualquer lugar. Para os mais nostálgicos, selecionamos uma lista de games retrô que estão disponíveis nas lojas App Store (Apple) e Google Play (Android). Confira abaixo.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

O Programa Na Social está especial em comemoração à páscoa. E, para celebrar, esta edição traz ótimas combinações com vinhos, bebida tradicional neste período de festa e que não pode faltar na ceia durante a semana santa. Quem conta os detalhes é o repórter Rodrigo Rigaud, que conversou com Rildo SAraiva, que é presidente do Vinho Club Premium.

Ainda nesta edição, o público ainda vai conferir as tendências da moda outono-inverno deste ano. A repórter Areli Quirino conversou com a consultora de imagem e desing Korina Simões, que trouxe dicas e looks retrô para você fazer bonito nesta estação.

##RECOMENDA##

Confira todos os detalhes no vídeo. O Na Social é apresentado por Fernanda Gomes e exibido toda semana no Portal LeiaJá.

[@#video#@]

A banda norueguesa de pop A-ha, que vendeu mais de 35 milhões de discos desde que fez sucesso, nos anos 80, anunciou nesta quarta-feira que está de volta após cinco anos de separação.

Os membros do grupo decidiram dissolver a banda em 2010, na sequência de uma turnê mundial chamada "Ending On A High Note".

##RECOMENDA##

Naquele momento, o tecladista Magne Furuholmen tinha descartado, em definitivo, um retorno com os companheiros de banda. "É mais provável que o ABBA volte a se reunir", declarou a um jornal local.

O trio anunciou que vai lançar seu décimo álbum, "Cast In Steel", em setembro, e planeja uma turnê por Alemanha, Áustria e Suíça, no ano de 2016.

"Se temos mais coisas a dizer, por que não fazer isso?!" - declarou o guitarrista Paul Waaktaar-Savoy em coletiva de imprensa em Berlim.

A banda chegou ao topo das paradas de sucesso em 27 países, com a canção "Take on Me" (1985).

Em meados da década de 90 o grupo se separou, com o vocalista Morten Harket iniciando uma carreira solo, mas a banda voltou a se reunir no ano 2000.

O Shopping Guararapes sedia, neste sábado (28), um encontro de carros antigos. O evento faz parte da programação da exposição de veículos de época que fica em cartaz, no centro de compras, até o dia 8 de março. A mostra reúne peças de colecionadores pernambucanos com automóveis a partir dos anos 1960. 

A exposição é uma parceria entre o shopping e o Clube de Automóveis Antigos de Pernambuco (CAAPE) e reúne 12 modelos de carros. O mais antigo é um Prefect E493, ano 1952, produzido na Inglaterra. Importado em grande escala para o Brasil no período pós-guerra, hoje é um modelo bastante raro. Entre outros, estarão o MG Avallone, 1985, um Impala 1963 e um Maverick 1976.

##RECOMENDA##

Neste sábado (28), o encontro também contará com a presença dos food trucks Vic´s Hot Dog Gourmet, com diversas opções de cachorros-quentes em pães artesanais e a Kombina - uma Kombi 1975 modificada e transformada em cozinha para massas artesanais e molhos, com opções para vegetarianos e veganos. 

Serviço

Encontro do Clube de Carros Antigos

Sábado (28) | 15h

Shopping Guararapes (Av. Barreto de Menezes, 800 - Piedade)

Gratuito

Exposição de carros antigos 

Até 8 de março 

Segunda a sábado | 9 às 22h

Domingo | 12h às 21h

Shopping Guararapes (Av. Barreto de Menezes, 800 - Piedade)

Gratuito

Ainda sem lançamento oficial do Sport e da Adidas, uma nova camisa do Leão começou a ser vendida na última semana. Em uma loja de materal esportivo, em Boa Viagem, um torcedor comprou a camisa retrô ao preço de R$ 149,90.

Sem entrar em detalhes e num contato rápido com a reportagem do LeiaJá, o executivo de marketing do clube, Sid Vasconcelos, garantiu que a camisa é oficial. “É uma camisa oficial do Sport, sim”, resumiu o dirigente rubro-negro.

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

Ao site oficial do Sport, o dirigente completou a informação sobre o uniforme. "Esta camisa foi um presente que o Sport e a Adidas preparam com muito carinho para o torcedor rubro-negro, já dando as boas-vindas ao aniversário de 110 anos do clube. Suas fortes e tradicionais cores, foram inspiradas nas origens desta parceria. É um modelo que por si só carrega muitas glórias", revelou

A camisa retrô relembra o início da década de 80, quando a Adidas era a fornecedora de material esportivo do Sport. 

A Umbro, fornecedora de material esportivo do Náutico, divulgou nesta quinta-feira (18) as imagens de dois novos uniformes do clube. O da esquerda é a terceira camisa, que será utilizada em 2015. Enquanto o segundo é um padrão retrô com a bandeira do clube, como foi usada até 1969, e um tecido que lembre antigos uniformes. As duas serão comercializadas juntas e custarão R$ 329.

O terceiro uniforme foi motivo de polêmica durante a semana. O presidente do Conselho Deliberativo, Eduardo Turton, chegou a vetar a camisa por conta da modificação no símbolo. Entretanto, após votação entre os conselheiros, o padrão foi aprovado, assim como a de modelo retrô.

##RECOMENDA##

A partir da próxima segunda-feira (22) as camisas serão vendidas juntas, numa caixa especial. Por enquanto, ainda não há perspectiva de uma venda separada das camisas.

A moda é completamente cíclica, tendências e estilos vão e voltam com o passar dos anos e outras perduram no guarda roupa das pessoas. E ao que parece, uma época que nunca e voltou para ficar foram os anos 1970. Há cerca de um ano, as vitrines já vinham expondo roupas com referências à época e agora, com a novela Boogie Oogie - trama da Globo que se passa nesse período - os estilos disco, hippie e as roupas ousadas serão fáceis de encontrar nas lojas.

Nos anos 1970 a moda era muito diversificada e ousada. Os estilos variavam desde peças com cinturas mais marcadas e barriga aparecendo, a vestidos e saias mais longas com um ar mais relaxado. Grandes referências da época que já se pode encontrar nas araras são os shorts e calças de cintura alta - hot pants -; as franjas, que têm aparecido em bolsas e sapatos e calças metalizadas; e as peças de paêtes, que lembram a era disco.

##RECOMENDA##

Para a consultora de moda Karina Leão, o visual hippie em uma versão sofisticada, conhecido como boho chic,  é um dos estilos anos 1970 que volta com força. “O visual relaxado dos hippies volta com uma nova proposta, peças mais sofisticadas”, explica Karina. As peças que  compõem esse tipo de look são saias e vestido longos estampados,  sobreposição de peças com coletes e/ou casacos jeans, e roupas com detalhes em crochet ou renda. 

Outras peças que estarão muito presentes na vitrines são as calças flaire, uma releitura da calça boca sino; macacões com penas largas; sandálias com saltos mais grosseiros, plataformas e meia patas - em cores neutras -; brincos grandes, principalmente os de miçanga; óculos redondos; e chapéus floppy. Um acessório que também ficou popular e vem sendo muito usado é a coroa de flores, presente em muitos figurinos da cantora Lana Del Rey

Entre as várias atrações da décima edição da SuperCon, realizada no Chevrolet Hall, Zona Norte do Recife, durante este fim de semana, está um stand que envolve um misto de nostalgia e novidade. Arena GameOn reúne diversos consoles antigos e jogos clássicos, possibilitando à criançada - acostumada com o PlayStation 3 ou Xbox 360 - se aventurar e conhecer o que dominava o mundo dos games em décadas anteriores.

"Temos desde a primeira geração de consoles até a sexta. Os consoles vão do Telejogo, de 1977, até o GameCube, que saiu no Brasil em 2002. Um destaque é o Virtual Boy, que é uma raridade, eu trouxe da minha coleção pessoal pra mostrar pros jovens que não conhecem", afirma Thiago Moura, representante do stand Arena GameOn. "A galera gosta porque é uma novidade, é uma coisa antiga mas eles não têm mais acesso, então nós trazemos e o pessoal curte porque é algo inédito", comenta Savio Victor, outro representante do stand. 

##RECOMENDA##

Entre os consoles também estavam o NES, Master System II, Sega Saturn, Nintendo 64, Atari 2600. Nos jogos, era possível experimentar clássicos eternos como Pong e Pac-Man. A SuperCon vai até as 22h deste domingo (20).

O Náutico voltará a jogar no estádio dos Aflitos com uma novidade. O time alvirrubro usará um uniforme estilo retrô no confronto contra o Avaí, no próximo dia 27, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O padrão será produzido pela Garra e terá o primeiro escudo do Timbu, utilizado nos anos de 1901 e 1931. Além disso, o uniforme irá contar com uma gola com cadarço. A camisa será comercializada na loja do Náutico e também nos quiosques da Garra a partir do dia 27 de maio. 

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

“Costumo dizer que funcionam como máquinas do tempo: nos transportam para infância. Você pode reviver, mesmo que seja por alguns minutos, uma época pura e descomplicada”. É assim que o fotógrafo, gamer e ex-colecionador, Taylor Ponto, define seu ensaio fotográfico nomeado de "Os garotos de ontem e suas máquinas do tempo", que tem como protagonistas colecionadores de jogos e seus consoles.

##RECOMENDA##

Nas fotografias, pilhas de cartuchos escondem espaços onde deveriam estar camas, estantes e mesas. O tom acinzentado dado às imagens transmite uma sensação de nostalgia, que é reforçada pelas caixas de consoles antigos e TV’s de tubo que rodam os jogos, entre eles Megaman, Sonic e Super Monaco GP.

Segundo Taylor, cada coleção tem seu toque especial. “Cada colecionador e quarto ou sala de games tem uma atmosfera diferente. Encontrei itens interessantíssimos nas três coleções que fotografei até agora e ouvi histórias igualmente interessantes dos três colecionadores”, explica o fotógrafo.

Sobre como o projeto surgiu, o fotógrafo explica que, além de ter contato com games desde cedo, entre os anos de 2009 e 2012 também foi colecionador de consoles e jogos antigos. “Meses atrás, comecei a sentir falta dos jogos. Na mesma época, fiz uma pesquisa atrás de livros sobre colecionadores de games antigos e não encontrei nada. Fiquei surpreso e chateado por ninguém ter desenvolvido algo sobre”, complementa.

Por enquanto, ele fotografou para o ensaio apenas residentes de São Paulo, mas a ideia de incluir colecionadores de outros estados já está sendo estudada. “Pessoas de Goiás, da Bahia e do Rio Grande do Sul já entraram em contato. Falta verba, mas é algo que estou estudando”, finaliza.

Vasos, porcelanas, lustres, arte sacra, esculturas, pratarias e outros artigos de valor histórico e artístico estarão mais uma vez em exposição neste domingo (1º), das 12h às 21h, em mais uma edição da Feira de Antiguidades Precioso Mascate, no Paço Alfândega, localizado no Bairro do Recife.

A Feira traz peças de 27 expositores do Recife, Natal (RN) e João Pessoa (PB), entre eles estão Thereza Brennand, Marilene Moreira, Liliana Figueiredo, Rose Spinelli, Fernando Vila Chan, Carlos Benevides, Fernando Cascão, Rosana Lemos e Evelin Carvalho, Vera Costa e Rosa Spinelli.

##RECOMENDA##

Com objetivo de atrair não apenas os compradores interessados em adquirir raridades, mas também curiosos e os amantes de antiguidades, o evento é gratuito e acontece uma vez por mês no Paço Alfândega. 

Serviço

Precioso Mascate

Domingo (1º) l 12h às 21h

Paço Alfândega (Rua da Alfândega, 35 - Bairro do Recife)

Gratuito

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando