Tópicos | Sevilla

Vinte e quatro partidas abrem nesta quinta-feira a fase de grupos da temporada 2019/2020 da Liga Europa. A segunda mais importante competição interclubes do Velho Continente viverá a sua 11ª edição desde quando passou a ser chamada pelo seu nome atual e a 47ª de sua história, iniciada em 1971 como Copa da Uefa.

Maior campeão do torneio, com cinco títulos, o Sevilla começará a defender a sua tradição fora de casa, contra o Qarabag, do Azerbaijão, a partir das 13h55 (de Brasília). O confronto será válido pela primeira rodada do Grupo A, que no mesmo horário contará com o duelo entre APOEL e Dudelange, de Luxemburgo, no Chipre.

##RECOMENDA##

O clube espanhol levantou o troféu do torneio continental em 2006, 2007, 2014, 2015 e 2016, ano em que superou o Liverpool por 3 a 1, na Basileia, na Suíça, na última vez em que disputou a final da competição.

O Arsenal, comandado pelo mesmo Unai Emery que conduziu o Sevilla a três taças da Liga Europa, estreará nesta quinta diante do Eintracht Frankfurt, na Alemanha, também às 13h55 (de Brasília). O time de Londres foi goleado por 4 a 1 pelo Chelsea na decisão da edição passada do torneio, do qual também foi vice-campeão em 2000, quando caiu nos pênaltis diante do Galatasaray, da Turquia.

Esta partida será válida pelo Grupo F, cuja rodada inicial terá também o confronto entre Standard Liège e Vitória de Guimarães, na Bélgica, em jogo que começa às 13h55.

MANCHESTER UNITED - Outro gigante do futebol europeu que voltará a jogar a Liga Europa é o Manchester United, campeão do torneio em 2017, que receberá o Astana, do Casaquistão, no estádio Old Trafford, a partir das 16 horas (de Brasília). O jogo será pelo Grupo L, que também será aberto no mesmo horário com o duelo entre o Partizan e o holandês AZ Alkmaar, em Belgrado, na Sérvia.

A Roma, por sua vez, abrirá campanha no Grupo J em confronto com o Istambul Basaksehir, em casa, também às 16h, quando também será iniciado, na Alemanha, o duelo Borussia Mönchengladbach x Wolfsberger, da Áustria pela primeira rodada desta chave.

Já o Porto, que acabou ficando fora da Liga dos Campeões após ser surpreendido pelo Krasnodar, da Rússia, no penúltimo estágio qualificatório para a fase de grupos, começará a sua participação nesta Liga Europa contra o Young Boys, da Suíça, em Portugal. O jogo, que começa às 16h, será válido pelo Grupo G, que também conta nesta quinta com a partida entre Glasgow Rangers e Feyenoord, na Escócia.

Confira os jogos da primeira rodada da Liga Europa:

Grupo A

Qarabag-AZE X Sevilla

APOEL-CHP x Dudelange-LUX

Grupo B

Dínamo de Kiev-UCR x Malmö-SUE

Copenhague-DIN x Lugano-SUI

Grupo C

Getafe-ESP x Trabzonspor-TUR

Basel-SUI x Krasnodar (RUS)

Grupo D

Linz-AUT x Rosenborg-NOR

PSV Eindhoven x Sporting-POR

Grupo E

Cluj-ROM x Lazio

Rennes x Celtic

Grupo F

Standard Liège x Vitória de Guimarães

Eintracht Frankfurt x Arsenal

Grupo G

Glasgow Rangers x Feyenoord

Porto x Young Boys-SUI

Grupo H

Ludogorets-BUL x CSKA Moscou

Espanyol x Ferencvaros-HUN

Grupo I

Gent-BEL x Saint Etienne-FRA

Wolfsburg-ALE x Oleksandriya-UCR

Grupo J

Borussia Mönchengladbach x Wolfsberger-AUT

Roma x Istambul Basaksehir-TUR

Grupo K

Slovan Bratislava-ESQ x Besiktas-TUR

Wolverhampton x Braga-POR

Grupo L

Partizan Belgrado-SER x AZ Alkmaar-HOL

Manchester United x Astana-CAS

O Sevilla assumiu a liderança isolada do Campeonato Espanhol neste domingo ao derrotar o Alavés por 1 a 0, fora de casa, pela quarta rodada da competição. A equipe da Andaluzia, para assumir a ponta, contou também com o tropeço do Atlético de Madrid no sábado, pela mesma rodada.

Neste momento, o time do técnico Julen Lopetegui chegou aos dez pontos, contra nove do rival de Madri, que foi batido pela Real Sociedad por 2 a 0, fora de casa - o Atlético vinha de aproveitamento de 100% no campeonato até então. Já o Alavés permaneceu com cinco, ocupando o 11º lugar.

##RECOMENDA##

O gol único da partida deste domingo no Estádio de Mendizorroza, em Vitoria-Gasteiz, foi marcado pelo meia espanhol Joan Jordan, aos 37 minutos da primeira etapa, em cobrança de falta batida com perfeição.

Outros dois times que venceram fora de casa neste domingo foram o Espanyol e o Granada. O time de Barcelona passou pelo Eibar com o placar de 2 a 1, de virada, e chegou ao seu primeiro triunfo na competição, com gols de Ferreyra e Granero - Ramis anotou para os anfitriões. O resultado colocou o Espanyol em 16º lugar, deixando o adversário com apenas um ponto, na vice-lanterna.

Já o Granada obteve sua segunda vitória seguida ao superar por 2 a 0 o Celta, em Vigo, graças à eficácia nas conclusões de Sanchez e Herrera, chegando aos sete pontos, agora com o sexto posto na tabela. Derrotado pela segunda vez na temporada, o clube da Galícia ficou com quatro pontos, em 13º.

Quem decepcionou sua torcida foi o Betis, que, jogando em Sevilha, apenas empatou com o Getafe (18º) em 1 a 1 e agora marca quatro pontos, no 15° lugar. Jogando no Benito Villamarin, o time da casa ainda saiu perdendo, com um gol de pênalti de Jaime Mata no primeiro tempo. Até que Joaquin deixou tudo igual, na etapa final, também em uma penalidade máxima.

E mais um empate na rodada foi registrado no confronto entre Valladolid (12º) e o ainda invicto Osasuna (nono), que ficaram no 1 a 1 no José Zorrilla.

A defesa de Manoel Silva Rodrigues, militar preso com 39 kg de cocaína na Espanha, prepara um pedido ao Ministério da Justiça e Segurança Pública para que o governo elabore um requerimento de extradição para julgamento do militar no Brasil. Também pediu acesso aos autos de inquérito administrativo e policial-militar sobre o caso.

O militar deu procuração para que o advogado Carlos Alexandre Klomfahs seja constituído como seu defensor no Brasil. "A defesa reitera que ainda não teve acesso a íntegra das acusações, mas que de pronto, refuta todas as acusações e afirma com convicção tratar-se de uma armação", afirmou, em nota à imprensa.

##RECOMENDA##

Segundo apurou o Estado, a defesa sustenta que ele deve ser extraditado e pretende refutar a acusação de que Rodrigues era responsável pela droga.

Rodrigues, que é comissário de bordo, fazia parte da comitiva de 21 militares que acompanha a viagem de Bolsonaro ao Japão, onde participa da reunião do G-20. O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) em que estava o militar é usado como reserva da aeronave presidencial e, portanto, esta comitiva não fazia parte do mesmo voo que transportou o presidente. A droga foi encontrada em sua bagagem ao desembarcar em Sevilha, na Espanha, primeira etapa da viagem.

O Getafe derrotou o Sevilla, por 3 a 0, neste domingo, em seu campo, e assumiu o quarto lugar do Campeonato Espanhol, deixando o rival na quinta posição. As duas equipes brigam por uma das quatro vagas na Liga dos Campeões. As três primeiras vão ficar com Barcelona, Atlético de Madrid e Real Madrid. Restam cinco rodadas.

O Getafe abriu vantagem no primeiro tempo com dois gols de pênalti, convertidos por Mata e Molina. Na segunda etapa, Molina voltou a marcar e definiu o placar para a equipe, que atingiu 54 pontos, contra 52 do Sevilla.

##RECOMENDA##

Em outro jogo, Levante e Espanyol empataram por 2 a 2, em Valência. Vezo e Rochina marcaram para o time da casa, enquanto Iglesias e Roca fizeram os gols do time catalão.

O Levante precisava da vitória para fugir ainda mais da zona de rebaixamento. Com o ponto conquistado, o time alcançou os 34 pontos e ocupa a 16ª posição. O Valladolid, o primeiro na zona da degola, acumula 32 pontos. O Espanyol está em décimo lugar, com 42 pontos.

O Sevilla lutou, tentou e foi valente diante do Barcelona. No entanto, quando Messi está inspirado, é praticamente impossível bater o time catalão, que saiu perdendo neste sábado, mas com três golaços do craque argentino e um de Suárez, virou e venceu o duelo em Sevilha por 4 a 2. A partida foi válida pela 25ª rodada do Campeonato Espanhol.

A atuação inspirada de Messi, muito diferente da última terça-feira no empate sem gols com o Lyon pela Liga dos Campeões, fez o time da Catalunha somar 57 pontos e abrir uma distância ainda maior na liderança sobre o Atlético de Madrid, segundo colocado, com 10 pontos a menos. O Atlético ainda joga na rodada e, se vencer, volta a diminuir a diferença para sete pontos.

##RECOMENDA##

Há quatro jogos sem vencer, o Sevilla, com o novo revés, caiu para a quinta colocação, com 37 pontos. Foi ultrapassado pelo Getafe, que venceu o Rayo Vallecano em casa neste sábado por 2 a 1, foi aos 39 pontos e subiu para o quarto lugar, o último que dá vaga na próxima edição da Liga dos Campeões.

Com os três gols deste sábado, Messi chegou aos 650 em 797 jogos na carreira e também alcançou a marca de 50 jogos em que balançou as redes por três vezes (44 com o Barcelona e seis com a seleção argentina). O Sevilla é a maior vítima do craque, que já fez 36 gols e deu 16 assistências em 37 partidas contra o rival espanhol.

Jogando em casa, diante de mais de 40 mil torcedores, o Sevilla fez um bom primeiro tempo. Teve intensidade e chegou a ficar duas vezes à frente do placar, com os gols de Jesus Navas e Gabriel Mercado. O problema para o time mandante é que Messi estava mais do que inspirado.

O craque argentino teve uma atuação magistral. Uma das maiores de sua brilhante carreira. À vontade em campo, o camisa 10 fez três golaços e deu a assistência para o Suárez marcar o quarto, que também foi digno de aplausos.

Messi foi às redes uma vez na primeira etapa e duas no segundo tempo. O argentino marcou seu primeiro gol com um lindo sem-pulo da entrada da área que morreu no ângulo direito do goleiro Vaclík. Uma pintura. Na etapa final, o argentino fez o segundo de direita. Com pouco espaço, o craque dominou no meio e acertou desta vez o ângulo esquerdo de Vaclík para, àquela altura, empatar o jogo.

O terceiro gol que colocou o Barça à frente do placar saiu depois de uma cavadinha de Messi. Bem colocado, o camisa 10, com muito recurso, aproveitou desvio na área e tocou com muita categoria por cima do goleiro rival. Para fechar a atuação primorosa, Messi deu um lindo passe por elevação para Suárez encobrir Vaclík e sacramentar a vitória de virada, marcada por golaços e por um jogo notável de um dos maiores jogadores da história do futebol.

O Sevilla não aceitou a proposta do Corinthians pelo lateral-esquerdo Guilherme Arana. Segundo o Estado apurou, o clube espanhol rejeitou a proposta mais recente enviada pela diretoria do time alvinegro.

O Corinthians monitora desde o final do ano passado o jogador que vem sendo pouco aproveitado no clube espanhol. De início, tentou o empréstimo até o final deste ano. Mas o Flamengo entrou na disputa e fez uma proposta para contratá-lo em definitivo.

##RECOMENDA##

O clube paulista se manteve na briga e ofereceu uma proposta pela contratação no valor de 8 milhões de euros (R$ 34 milhões). A diretoria chegou a acertar salários com Guilherme Arana. O presidente Andrés Sanchez afirmou por algumas vezes que, se voltasse ao Brasil, o lateral-esquerdo atuaria pelo time paulista. Na entrevista coletiva após a vitória sobre a Ponte Preta no último sábado, informou que o clube e o jogador estavam próximos de acerto.

O Sevilla estava disposto a negociá-lo pelos 8 milhões de euros. Vale lembrar que o time espanhol contratou o jogador do Corinthians no ano passado por 10 milhões de euros (R$ 42,5 milhões). O que emperrou o acordo foi a forma de pagamento proposta pelo time alvinegro. A ideia era dividir o pagamento em quatro vezes, sendo a entrada somente no início de 2020.

Os detalhes da proposta foram apresentados à diretoria do Sevilla nesta quarta-feira em reunião com agentes que cuidam da carreira de Guilherme Arana. O lateral-esquerdo é reserva de Sergio Escudero no time espanhol e está relacionado para o jogo desta quarta contra o Barcelona, na Catalunha, pelas quartas de final da Copa do Rei.

O Real Madrid mostrou força neste sábado na sua luta para se consolidar no Campeonato Espanhol. Neste sábado, pela 20.ª rodada, tentando acabar com a instabilidade na temporada, o time merengue derrotou o Sevilla por 2 a 0, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, e ultrapassou justamente o rival para assumir a terceira colocação. Agora tem 36 pontos, contra 33 da equipe de Sevilha.

Pela 21.ª rodada, o Real Madrid tentará manter o embalo diante do Espanyol no próximo domingo, no estádio Cornella-El Prat, em Barcelona. No mesmo dia, o Sevilla voltará a campo em busca da recuperação diante do Levante, no estádio Sánchez Pizjuán, em Sevilha.

##RECOMENDA##

O duelo foi praticamente de ataque contra defesa. O Real Madrid começou a partida cheio de disposição e pressionou nos minutos iniciais. Logo aos 5, Benzema roubou a bola de Banega e serviu Vinicius Junior. O atacante brasileiro entrou na área pela direita e bateu cruzado para defesa do goleiro Vaclik.

A partir dos 20 minutos, o Sevilla equilibrou as ações e teve algumas chances. Aos 21, André Silva puxou contra-ataque pelo meio e abriu para Escudero, que invadiu a área pela esquerda, chutou forte e mandou na rede pelo lado de fora. Os visitantes seguiram apertando e aos 25 Navas cruzou, André Silva testou forte e Courtois salvou o Real Madrid.

Depois do intervalo, só o Real Madrid atacou. Aos 18 minutos, Vinícius Junior tentou por cobertura e a bola saiu. Logo depois, aos 21, Ceballos acertou o travessão. O primeiro gol saiu apenas aos 32. O volante brasileiro Casemiro recebeu de Reguillon e arriscou um chute de longe. Vaclík ainda chegou a tocar na bola, mas ela tocou na trave e entrou.

O Real Madrid ainda conseguiu aumentar a sua vantagem aos 46 minutos e acabou com qualquer chance de reação do Sevilla. O croata Luka Modric tomou a bola de Carriço, avançou sozinho e definiu com sucesso diante de Vaclík.

Em duelo pela vice-liderança do Campeonato Espanhol, o Atlético de Madrid manteve o segundo lugar, neste domingo (6), ao empatar por 1 a 1 com o Sevilla, fora de casa, pela 18ª rodada. O jogo foi muito disputado, nervoso e com várias chances de gols, tendo um resultado final para ser comemorado pelo primeiro colocado Barcelona.

Com o ponto conquistado em Sevilha, o Atlético de Madrid alcançou os 35 pontos, dois a menos do que o Barcelona, que ainda vai jogar nesta rodada. O Sevilla, com 33 pontos, perdeu a chance de assumir a vice-liderança e poderá ser superado na terceira colocação pelo Real Madrid, que também entrará em campo neste domingo.

##RECOMENDA##

Por jogar em casa, o Sevilla teve maior iniciativa no ataque. André Silva acertou lindo chute na trave esquerda de Jan Oblak, antes de Ben Yedder abrir o placar, em rápida virada dentro da grande área, aos 37 minutos da etapa inicial. No último lance do primeiro tempo, Antoine Griezmann, em linda cobrança de falta, empatou a partida. O goleiro Tomas Vaclik nem se mexeu.

O segundo tempo também foi intenso. Saul Ñíguez tentou duas vezes pelo Atlético, mas parou em Vaclik. Do lado do Sevilla, Pablo Sanabria também não superou Oblak, enquanto Ben Yedder errou por muito pouco o alvo. Assim, a partida terminou empatada em 1 a 1.

O Atlético de Madrid agora volta as suas atenções para a Copa do Rei, pois na quarta-feira vai visitar o Girona para o duelo de ida das oitavas de final. No dia seguinte, o Sevilla terá pela frente o Athletic Bilbao, também fora de casa.

Cinco vezes campeão da Liga Europa, o Sevilla justificou a sua tradição como potência nesta competição ao vencer com facilidade o Krasnodar, da Rússia, por 3 a 0, nesta quinta-feira, em casa, e garantir classificação à próxima fase do torneio, que é a anterior às oitavas de final.

Com o triunfo, o time espanhol avançou como líder do Grupo J, com 12 pontos, mesma pontuação justamente do rival russo, que se classificou como segundo colocado pelos critérios de desempate. No outro jogo que fechou esta chave, o Standard Liège, da Bélgica, acabou sendo eliminado ao não passar de um 0 a 0 com o Akhisarspor, na Turquia.

##RECOMENDA##

O resultado ruim fez o time belga terminar a sua campanha com 10 pontos, na terceira posição, enquanto a equipe turca, que já estava eliminada faz tempo, contabilizou o seu primeiro ponto no Grupo J.

Vencedor da Liga Europa em 2006, 2007, 2014, 2015 e 2016, o Sevilla começou o confronto desta quinta-feira de forma arrasadora e, em apenas 10 minutos, abriu 2 a 0 no placar com dois gols marcados pelo atacante francês Wissam Ben Yedder. Na etapa final, logo após ficar com um homem a mais em campo após a expulsão do zagueiro equatoriano Cristian Ramirez, o argentino Ever Banega ampliou para 3 a 0, cobrando pênalti, aos 4 minutos do segundo tempo.

EINTRACHT 100% - Se o Sevilla seguiu em frente na Liga Europa, o Eintracht Frankfurt manteve a sua campanha perfeita em outro jogo já encerrado nesta quinta-feira pela rodada final da fase de grupos. O time alemão superou a Lazio por 2 a 1, de virada, em Roma, e avançou ostentando 18 pontos em seis jogos disputados pelo Grupo H.

Assim, o Eintracht fechou este estágio do torneio com o dobro de pontos da Lazio, vice-líder da chave, que se classificou mesmo com a derrota. Neste duelo entre os dois clubes, a equipe italiana abriu o placar aos 11 minutos da etapa final, em chute cruzado do argentino Joaquin Correa. O time alemão, porém, empatou o duelo com um lindo gol do bósnio Mijat Gacinovic em chute de fora da área, aos 20, e depois virou com Sebastien Haller completando para as redes um cruzamento da direita, aos 26.

No outro confronto que encerrou este grupo, o Olympique de Marselha decepcionou a sua torcida mais uma vez ao ser derrotado por 3 a 1 pelo Apollon Limassol, do Chipre, na França. Atual vice-campeão da Liga Europa, o Olympique se despediu da Liga Europa com apenas um ponto somado em seis jogos no Grupo H, enquanto o Apollon contabilizou sete.

GENK GOLEIA - Em outro jogo já encerrado nesta quinta-feira pela Liga Europa, o Genk também assegurou classificação à próxima fase ao golear o Sarpsborg, da Noruega, por 4 a 0, na Bélgica. Com o triunfo, o time belga garantiu a ponta do Grupo I, com 11 pontos, enquanto a equipe norueguesa deu adeus ao torneio como lanterna da chave, com cinco.

A segunda vaga desta chave nas oitavas de final ficou com o surpreendente Malmoe, da Suécia, que derrotou o Besiktas por 1 a 0, na Turquia, e se classificou como vice-líder, com nove pontos. Já a tradicional equipe turca, que decepcionou os seus torcedores, se despediu como terceira colocada, com sete.

O Barcelona viveu emoções distintas neste sábado. O time catalão derrotou o Sevilla por 4 a 2, no estádio Camp Nou, em Barcelona, e retomou a liderança do Campeonato Espanhol, após nove rodadas. Por outro lado, Lionel Messi saiu de campo com uma lesão no cotovelo e preocupa a equipe para a sequência de jogos importantes.

O resultado põe fim a uma sequência de quatro partidas seguidas sem vencer e recoloca o Barcelona na liderança do torneio com 18 pontos, um a mais que o Alavés, novo vice-líder. O Sevilla, com o revés, não só perde a primeira colocação como cai para o terceiro lugar, com 16.

##RECOMENDA##

Ao mesmo tempo que se alegrou ao ver de volta o bom futebol do time na construção da vitória para a retomada da liderança, o torcedor da equipe catalã se preocupou com a possível lesão de Messi, que deixou o campo com o braço enfaixado e foi encaminhado para um hospital.

Em um lance fortuito, Messi caiu feio sobre o braço direito, saiu de campo com suspeita de lesão no cotovelo e preocupa a equipe às vésperas de uma semana decisiva. A sequência recheada de decisões inclui o confronto contra a Internazionale no estádio Camp Nou, nesta quarta-feira, e o clássico contra o Real Madrid, também diante de sua torcida, no domingo seguinte.

Antes de ser substituído por Dembélé, Messi participou ativamente da partida. O craque argentino deu assistência para Philippe Coutinho abrir o placar com um lindo chute no ângulo, aos dois minutos, e balançou as redes 10 minutos depois, ao seu melhor estilo.

O segundo tempo foi aberto e repleto de lances de perigo para os dois lados. Mais efetivo, o Barcelona chegou ao terceiro gol com Suárez, convertendo pênalti que ele próprio sofreu. O Sevilla, depois de obrigar alguns milagres de Ter Stegen, diminuiu com Sarabia, em chute que desviou na cabeça de Lenglet. A vitória virou goleada quando Rakitic marcou o quarto em finalização de primeira um pouco antes de Muriel fazer o segundo dos visitantes e dar números finais ao marcador.

OUTROS JOGOS - Mais cedo, nos outros jogos deste sábado, Valencia e Atlético de Madrid decepcionaram os seus torcedores e só empataram com Leganés e Villarreal, respectivamente. O resultado impediu que o time de Valência colasse nos adversários que brigam por vagas nas competições europeias e fez com que o da capital espanhola perdesse a chance de assumir a vice-liderança.

O Real Madrid conheceu nesta quarta-feira sua primeira derrota nesta edição do Campeonato Espanhol. Totalmente dominado pelo Sevilla, principalmente no primeiro tempo, o time da capital foi facilmente batido por 3 a 0, fora de casa, e perdeu a chance de assumir a liderança da competição.

Depois de quatro vitórias e um empate, esta foi a primeira derrota do Real, que parou nos 13 pontos. A equipe precisava apenas arrancar uma igualdade contra o Sevilla para chegar à ponta, que, no entanto, segue nas mãos do Barcelona. O time catalão tem os mesmo 13 pontos do rival, mas com vantagem no saldo de gols: 10 a 6.

##RECOMENDA##

Mesmo com seus principais destaques em campo, o Real viu o Sevilla começar dominando. O time da casa já havia levado perigo em duas oportunidades quando abriu o placar aos 16 minutos, em falha de Marcelo. O brasileiro errou o passe na defesa, depois cochilou na marcação e permitiu que Jesús Navas fosse lançado em velocidade antes de tocar para André Silva marcar.

Em grande dia, o atacante português voltou a aparecer quatro minutos mais tarde para ampliar. Em rápido contra-ataque, Navas mais uma vez arrancou pela direita e encheu o pé. Courtois espalmou e a sobra ficou com André Silva, que bateu para o gol vazio.

Sem qualquer resposta, o Real seguia dominado e levaria o terceiro aos 38 minutos. Após escanteio da esquerda, Franco Vázquez recolocou a bola na área e Ben Yedder finalizou para a rede. No segundo tempo, o time madrilenho ainda tentou reagir, mas o Sevilla se fechou bem e garantiu o triunfo.

Com o resultado, o Real Madrid vai pressionado para o clássico diante do Atlético de Madrid, sábado, no Santiago Bernabéu. Também no sábado, o Sevilla, quarto colocado, com 10 pontos, visita o Eibar.

Em outra partida do dia pelo Espanhol, o Valencia recebeu o Celta de Vigo e não passou de um empate por 1 a 1. Batshuayi abriu o placar para os donos da casa na primeira etapa, mas Iago Aspas selou a igualdade. O Valencia foi a apenas cinco pontos, em 15.º, enquanto o Celta chegou a nove, em sétimo.

Maior vencedor da Liga Europa, com cinco conquistas, o Sevilla estreou na segunda maior competição do continente com uma goleada por 5 a 1 sobre o Standard Liège, em casa, pelo Grupo J, nesta quinta-feira.

Com a presença do ex-corintiano Guilherme Arana como titular, o time espanhol não teve problemas para obter a vitória. Logo aos oito minutos, Banega abriu o placar. A equipe belga tentou reagir e empatou com Djenepo, aos 39. Mas dois minutos depois, Vazquez colocou a equipe espanhola novamente em vantagem no placar. O segundo tempo foi todo do Sevilla, que marcou duas vezes com Yedder e outra com Banega, em cobrança de pênalti.

##RECOMENDA##

No outro jogo do grupo, o russo Krasnodar derrotou a equipe turca do Akhisarspor. O único gol da partida foi marcado por Viktor Claesson, aos 26 minutos do primeiro tempo. Os times voltam a atuar pela competição em 4 de outubro. A segunda rodada terá Krasnodar x Sevilla e Standard Liège x Akhisarspor.

GRUPO H - Atuando em casa, o Olympique de Marselha foi surpreendido pelo Eintracht Frankfurt, que venceu por 2 a 1, de virada, no Grupo H. O atual vice-campeão da Liga Europa começou na frente com o gol de Lucas Campos, logo aos três minutos de partida. Mas os alemães foram buscar a vitória na segunda etapa. Lucas Toro empatou aos sete minutos e Luka Jovic garantiu a vitória do time alemão, aos 44 minutos.

Em Roma, com gols de Luis Alberto e Ciro Immobille, de pênalti, a Lazio bateu o Apollon Limassol, de Chipre, por 2 a 1. No dia 4, pela segunda rodada, o Olympique visita o Apollon Limassol, enquanto o Eintracht Frankfurt recebe a Lazio

GRUPO G - O Rangers, do técnico Steven Gerrard, conseguiu um ponto importante na Espanha, ao empatar, por 2 a 2, com o Villarreal. Carlos Bacca e Gerard Moreno fizeram os gols do time espanhol, enquanto Scott Arfirld e Kyle Lafferty marcaram para os escoceses. O Villarreal pressionou, teve 12 finalizações, contra apenas duas dos Rangers, mas não conseguiu a esperada vitória.

Na Áustria, o Rapid Viena largou na liderança do grupo, ao vencer o Spartak Moscou, por 2 a 0. Artem Timofeev (contra) e Thomas Murg fizeram os gols. Spartak Moscou x Villarreal e Rangers x Rapid Viena são os duelos marcados para a segunda rodada do Grupo, dia 4.

O meia Paulo Henrique Ganso foi emprestado ao Amiens, da França. O jogador não vinha nem ficando no banco de reservas nos jogos do Sevilla e por isso foi negociado com o clube francês por uma temporada, com opção de compra ao término do acordo.

O jogador brasileiro de 28 anos deixa o time espanhol após duas temporadas e sem conseguir deslanchar. No total, foram 28 jogos em que ele entrou em campo pelo Sevilla. Marcou sete gols e deu seis assistências. "O Sevilla deseja toda a sorte nessa nova etapa da sua carreira", escreveu o clube em nota.

##RECOMENDA##

Ganso foi revelado pelo Santos em 2008. Foi no time alvinegro onde viveu o melhor momento da carreira e chegou a ter algumas convocações para a seleção brasileira. No Santos, conquistou três títulos do Campeonato Paulista, além da Libertadores em 2011 e a Recopa Sul-Americana em 2012.

Ainda em 2012, foi negociado com o São Paulo após uma negociação tumultuada envolvendo o grupo de investidores DIS. Sua última partida pelo São Paulo foi em 29 de junho de 2016, em triunfo sobre o Fluminense, por 2 a 1. Na ocasião, Ganso sentiu um estiramento na coxa e acabou ficando de fora das semifinais da Copa Libertadores.

A propensão a lesões, inclusive, era considerada um grande obstáculo para Ganso desempenhar o futebol que jogou no Santos. No Morumbi, desde então, superou esse trauma e ficou no departamento médico em poucas ocasiões.

No Sevilla, ele chegou com a responsabilidade de substituir o argentino Éver Banega, que na época havia trocado o clube pela Inter de Milão. No entanto, o brasileiro teve poucas oportunidades de mostrar seu futebol, mesmo com o clube espanhol tendo mudado duas vezes de treinador.

No Amiens, Ganso terá a companhia do colombiano Stiven Mendoza, ex-Corinthians e Bahia. Também reencontrará o amigo e ex-companheiro de Santos Neymar, que atua pelo Paris Saint Germain. Pelo Campeonato Francês, o Amiens visitará o PSG em 19 de outubro, pela 10ª rodada da competição.

Maior vencedor da história da Liga Europa, o Sevilla garantiu-se na fase de grupos da competição nesta quinta-feira. Na última fase preliminar do torneio, o time espanhol recebeu o Sigma Olomouc, da República Checa, e confirmou a classificação com uma tranquila vitória por 3 a 0.

Favorito, o Sevilla já havia encaminhado a vaga na partida de ida, quando venceu por 1 a 0 na casa do adversário. Com o resultado desta quinta, o clube garantiu ao menos o direito de brigar pelo seu sexto título do torneio - Liverpool, Juventus, Inter de Milão e Atlético de Madrid têm três cada e são os segundos maiores vencedores.

##RECOMENDA##

Na partida desta quinta, o lateral-esquerdo Guilherme Arana voltou a ter uma oportunidade como titular e a aproveitou. Foi dele a assistência para o gol de Ganalons. Aos 20 minutos, o ex-corintiano aproveitou sobra na área e ajeitou para o meia, que ainda driblou o zagueiro antes de bater.

Mesmo sem forçar muito, o Sevilla chegou ao segundo gol cinco minutos depois, auxiliado pelo atacante Martin Nespor, do Sigma, que marcou contra. No segundo tempo, Ben Yedder, que acabara de entrar em campo, aproveitou assistência de Roque Mesa e definiu o placar.

Outro favorito que confirmou a vaga, mas com bem mais dificuldade, foi o RB Leipzig. Depois de ficar no 0 a 0 com o Zorya na Ucrânia, o time alemão empatava por 2 a 2 e era eliminado até os acréscimos do segundo tempo, quando Forsberg marcou de pênalti, garantiu o triunfo por 3 a 2 e a suada classificação.

Na Turquia, o Besiktas contou com a estrela do zagueiro Pepe para eliminar o Partizan Belgrado e também ir à fase de grupos. Depois de empatar por 1 a 1 na Sérvia, o time venceu o adversário por 3 a 0, com dois gols do brasileiro naturalizado português. Oguzhan Ozyakup fez o outro.

Na França, o Bordeaux recebeu o belga Gent e venceu por 2 a 0, também confirmando a vaga, após empate por 0 a 0 na ida. Os escoceses Rangers, do técnico Steven Gerrard, e Celtic também vão à fase de grupos depois do empate por 1 a 1 com o FC Ufa e da vitória por 3 a 0 sobre o Suduva, respectivamente.

Em um dos confrontos mais equilibrados dessa fase preliminar, o Olympiacos visitou o Burnley na Inglaterra e ficou com a vaga graças ao empate por 1 a 1, após vencer por 3 a 1 na ida. Já na Dinamarca, o Copenhague surpreendeu a Atalanta e passou nos pênaltis, após novo empate sem gols entre eles.

Entre os outros classificados, destaque para o Dudelange, que passou pelo Cluj e se tornou o primeiro representante de Luxemburgo na fase de grupos de uma competição europeia na história. Astana, Larnaca, Apollon Limassol, Ludogorets, Sarpsborg, Zenit, Qarabag, Malmö, Rosenborg, Genk, Rapid Viena e Spartak Trnava também avançaram nesta quinta.

Atual campeão e maior vencedor da história da Copa do Rei, o Barcelona reforçou sua hegemonia no torneio neste sábado. Impiedoso, o time catalão goleou o Sevilla por 5 a 0, no estádio Wanda Metropolitano, em Madri, conquistou o tetracampeonato consecutivo e chegou à marca de 30 títulos na história do torneio.

Com o quarto título seguido garantido, o Barcelona igualou os feitos de Real Madrid e Athletic Bilbao, que conseguiram tal proeza com as conquistas de 1905 a 1908 e 1930 a 1933, respectivamente.

##RECOMENDA##

O Sevilla, por outro lado, leva a sexta goleada por cinco gols na temporada em que não conseguiu derrotar o Barcelona e virou preza favorita de Lionel Messi. O argentino marcou 31 vezes em 33 jogos contra o time de Andaluzia.

O show foi comandado pelos personagens já conhecidos: Messi, Suárez, Philippe Coutinho e Iniesta. O veterano marcou o quarto gol da vitória em sua provável última final com a camisa do clube que o revelou e o qual defendeu por toda sua carreira, contabilizando 669 jogos.

O meia espanhol tem contrato com o clube catalão até o fim da temporada e anunciará seu futuro antes desta data. O destino provável de Iniesta, que assinou um contrato vitalício com o Barcelona, é o futebol chinês, onde deve encerrar sua carreira.

Em campo, Suárez deu início à goleada ao abrir o placar aos 13 minutos. Ele também marcou o terceiro gol e viu Messi fazer o segundo e Coutinho, de pênalti, sacramentar o passeio em Madri.

A atuação no primeiro tempo foi determinante para o resultado. Em 40 minutos, o time do técnico Ernesto Valverde abriu 3 a 0 e encaminhou a conquista. O primeiro gol, anotado por Suárez, foi fruto de um belo lançamento do goleiro Cilessen para Coutinho, que só rolou para o uruguaio completar para o gol.

Aos 30 minutos, Messi recebeu lindo passe de calcanhar de Alba dentro da área e emendou de esquerdo no alto para ampliar. Nove minutos depois, o argentino protagonizou linda tabela com Suárez e serviu o uruguaio, que tocou por cima do goleiro para marcar o terceiro gol e deixar a conquista, já àquela altura, bem encaminhada.

No segundo tempo, gol de Iniesta e emoção em campo. O meia recebeu lindo passe de Messi na área, driblou o goleiro e marcou o quarto gol em grande estilo, à altura de seu futebol. No final, Coutinho fez o quinto mas o árbitro já havia parado o lance e marcado pênalti após a bola bater no braço de Lenglet dentro da área. Em um gesto nobre, Messi deixou Coutinho bater e o brasileiro, com categoria, deslocou o goleiro para sacramentar o resultado elástico.

Nos últimos minutos, Iniesta foi substituído e, claro, muito aplaudido pelos torcedores no estádio. Do banco de reservas, ele não conteve a emoção e chorou antes mesmo do apito final. Capitão do time, após o fim da partida, o espanhol levantou a taça da sua provável última final com a camisa do clube pelo qual bateu vários recordes.

A invencibilidade do Barcelona no Campeonato Espanhol esteve perto do fim neste sábado. O Sevilla recebeu o time catalão, abriu 2 a 0 e desperdiçou inúmeras chances de matar o confronto. Mas no fim, na marra, o talento de Luis Suárez e Lionel Messi falou mais alto. Os dois marcaram em minutos consecutivos e selaram o empate por 2 a 2.

Melhor para o Barcelona, que mantém o sonho de conquistar o título espanhol de forma invicta. Líder disparado, o time chegou a 76 pontos, 12 à frente do Atlético de Madrid, segundo colocado e que ainda atua na rodada. Já o Sevilla chegou a 46 pontos, na sexta colocação, fechando a zona de classificação para a Liga Europa.

##RECOMENDA##

O confronto deste sábado foi dos mais emocionantes deste Espanhol e teve o Barcelona tomando conta das ações nos primeiros minutos, mesmo sem Messi, que começou no banco de reservas após se reapresentar com um leve problema muscular, sofrido quando servia a seleção argentina.

Suárez, em duas oportunidades, e Iniesta erraram o alvo por pouco e perderam grandes chances antes dos 10 minutos. A partir daí, porém, o Sevilla se encontrou em campo e assumiu para si o controle da posse.

Aos 21 minutos, Correa perdeu grande chance de cabeça, sozinho. Mas aos 36, saiu o primeiro gol dos donos da casa. O mesmo Correa recebeu pela esquerda, tabelou com Jesús Navas e tocou para o meio da área, onde Franco Vázquez apareceu completamente livre para finalizar.

Na volta do intervalo, o Barcelona foi para cima e cedeu espaço para os contra-ataques do Sevilla. Aos quatro minutos, Luis Muriel recebeu na entrada da área e tocou para Escudero, que parou em boa defesa de Ter Stegen. No rebote, o próprio Muriel finalizou para a rede.

Se o Barça já era ofensivo, se tornou ainda mais após o segundo gol. Messi finalmente foi a campo, aos 10 minutos, mas era o Sevilla que assustava nos contragolpes. Jesús Navas chegou a perder sem goleiro, parando em Piqué, que salvou em cima da linha. No rebote, Vázquez chutou para fora.

O jogo se tornou aberto e as equipes acumularam chances desperdiçadas. Aos 41 minutos, Denis Suárez cruzou para a área e Piqué cabeceou na trave, no que parecia ser a última chance do Barcelona.

Mas o time catalão não desistiu, seguiu em cima e foi premiado. Após escanteio da direita, Alcacer desviou na primeira trave e Suárez chegou por trás para diminuir, aos 42 minutos. E praticamente na sequência, Messi aproveitou sobra fora da área e finalizou de primeira, de longe, vencendo Sergio Rico e selando a igualdade.

As duas equipes agora voltam as atenções para a Liga dos Campeões, pela qual jogam no meio de semana pela ida das quartas de final. O Sevilla recebe o Bayern de Munique na terça-feira, na Espanha. Já o Barcelona encara a Roma no dia seguinte, no Camp Nou.

O Leganés se aproveitou do clima festivo do Sevilla para obter um bom resultado neste domingo. Jogando em casa, em duelo válido pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol, a equipe utilizou a desconcentração do adversário para ganhar por 2 a 1.

O resultado manteve o Sevilla com 45 pontos, na quinta colocação e ameaçado pelo Villarreal, que soma 44 e recebe o Atlético de Madrid neste domingo. Já o Leganés chegou aos 36 pontos e briga pelas posições intermediárias da tabela.

##RECOMENDA##

Depois da histórica vitória sobre o Manchester United na terça-feira, fora de casa, resultado que o colocou nas quartas de final da Liga dos Campeões, o Sevilla entrou em campo apático neste domingo e pouco conseguiu criar.

O time mandante, então, se aproveitou. E, depois de pressionar nos minutos iniciais, abriu o placar aos 41 do primeiro tempo com o lateral Unai Bustinza, que aproveitou bom cruzamento e marcou de cabeça.

Pouco mudou no segundo tempo. O Sevilla seguiu sem inspiração e, assim, aos 24 minutos, o Leganés ampliou com Javier Eraso, aproveitando boa troca de passes e finalizando rasteiro.

Pablo Sarabia ainda foi expulso nos minutos finais e deixou o Sevilla com um jogador a menos. Mesmo assim, já nos acréscimos, o mexicano Miguel Layún descontou para o time visitante. Era tarde. Depois da histórica classificação, a equipe foi derrotada pelo Leganés.

O Sevilla derrotou o Manchester United por 2 a 1 nesta terça-feira, em pleno estádio Old Trafford, e conquistou um resultado histórico. Após 60 anos, o time espanhol voltou a ter o direito de disputar uma vaga às quartas de final da Liga dos Campeões - as equipes haviam empatado sem gols o primeiro jogo.

O herói da classificação foi o atacante francês Ben Yedder, de 27 anos. Ele entrou no segundo tempo da partida e marcou os dois gols do time espanhol. No segundo, contou com boa colaboração do goleiro De Gea, que tentou espalmar por cima do gol e mandou contra a própria meta. Lukaku descontou.

##RECOMENDA##

O Sevilla agora aguarda pelo sorteio dos confrontos da próxima fase, que acontecerá na sexta-feira, em Nyon, na Suíça, na sede da Uefa. As partidas de ida acontecerão nos dias 3 e 4 de abril e as de volta serão realizadas nos dias 10 a 11.

A expectativa agora é que a equipe espanhola tenha uma sorte melhor do que quando avançou até essa fase do torneio em 1958. Na ocasião, quando a competição ainda se chamava Taça dos Campeões Europeus, o Sevilla perdeu o jogo de ida para o Real Madrid por 8 a 0 e empatou a volta em 2 a 2.

O Sevilla volta a campo agora contra o Leganés no domingo, fora de casa, pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol. O United jogará no próximo sábado, quando receberá o Brighton & Hove Albion pelas quartas de final da Copa da Inglaterra.

Manchester e Sevilla fizeram um primeiro tempo de muita marcação, truncado e com raras chances de gol. Nos 45 minutos iniciais houve apenas três finalizações certas, duas do time da casa e outra dos visitantes. Mas nada que causasse comoção nas arquibancadas.

Assim como no jogo de ida, o técnico José Mourinho optou por deixar o volante Pogba na reserva. O jogador francês entrou apenas no segundo tempo na vaga de Fellaini, quando a partida esquentou um pouco. No Sevilla o brasileiro Guilherme Arana permaneceu os 90 minutos no banco de reservas.

O United assustou primeiro. Lingard recebeu na área de Lukaku e o goleiro Sergio Rico mandou para escanteio. O Sevilla não fazia uma grande partida, mas encontrou o gol aos 29 minutos, com Ben Yedder, que havia acabado de entrar na vaga de Muriel. Ele recebeu belo passe de Sarabia, invadiu a área livre e bateu colocado no canto esquerdo de De Gea.

Com o time da casa ainda atordoado, o Sevilla voltou ao ataque e ampliou três minutos mais tarde. Após cobrança de escanteio da esquerda, Correa desviou, e Ben Yedder cabeceou na segunda trave. De Gea tentou tirar, mas mandou para dentro.

O Manchester United ainda conseguiu se recompor, diminuiu a vantagem, com um gol de Lukaku após cobrança de escanteio. Mas não houve tempo para buscar mais dois e virar a partida.

O Sevilla foi superior ao Manchester United e merecia até ter saído de campo com uma vitória nesta quarta-feira, em casa, no duelo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Mas o time espanhol nem seus torcedores contavam com uma atuação inspiradíssima do compatriota De Gea. Ele fechou o gol da equipe inglesa e assegurou o empate sem gols.

De Gea fez ao menos dois milagres, quase em sequência, no final do primeiro tempo. Ele mandou para escanteio um cabeceio de N'Zonzi. E, logo depois, Muriel apareceu livre quase na pequena área, cabeceou no canto e o goleiro salvou com a mão direita.

##RECOMENDA##

Quando o árbitro encerrou a etapa inicial, alguns jogadores do Sevilla foram cumprimentar De Gea pelas defesas. Enquanto isso, sua equipe não criou praticamente nada. Pogba, a principal estrela do Manchester United, começou no banco de reservas, dando indícios de que há algo de errado no time.

No entanto, o técnico José Mourinho precisou engolir o meio-campista francês, pois Ander Herrera se lesionou no primeiro tempo. Mesmo com Pogba em campo, o Manchester United foi presa fácil do Sevilla.

No segundo tempo, o Sevilla seguiu pressionando, mas o Manchester United organizou ao menos sua defesa e De Gea teve menos trabalho. O time inglês quase surpreendeu nos minutos finais. Em uma rápido contra-ataque, Rashford chutou com perigo e o goleiro Sergio Rico apenas torceu para bola ir para fora.

As equipes agora voltam a se enfrentar no dia 13 de março. Qualquer empate com gols garante o Sevilla na próxima fase. Se o placar se repetir, a vaga será decidida nos pênaltis.

O Manchester United volta a campo para o clássico contra o Chelsea, no próximo domingo, pela 28ª rodada do Campeonato Inglês. No mesmo dia, o Sevilla receberá o Atlético de Madrid pelo Campeonato Espanhol.

No primeiro jogo realizado neste domingo pela 23ª rodada do Campeonato Espanhol, o Sevilla venceu o Girona por 1 a 0, em casa, e assumiu a sexta posição da tabela, com 36 pontos.

Assim, a equipe voltou a ocupar um lugar na zona de classificação à Liga Europa e ultrapassou o Eibar, que havia ingressado provisoriamente na área de acesso à competição continental ao derrotar o Leganés por 1 a 0, fora de casa, no último sábado, e chegar aos 35 pontos. O time agora voltou a figurar na sétima colocação.

##RECOMENDA##

Já o Girona estacionou nos 31 pontos e ocupa o nono lugar. Com a mesma pontuação, o Celta, oitavo pelos critérios de desempate, enfrenta o Espanyol neste domingo, às 15h30 (de Brasília), em Vigo, com a chance de encostar no Eibar.

E o Girona poderia estar em melhor situação se não tivesse desperdiçado um pênalti aos 41 minutos do primeiro tempo do duelo com o Sevilla, quando o jogo estava empatado por 0 a 0. Na cobrança, Aday parou em defesa de Sergio Rico, que teve ótima atuação com outras intervenções nas duas etapas da partida.

O Sevilla, por sua vez, marcou o gol de sua vitória já no primeiro minuto do segundo tempo, com Pablo Sarabia balançando as redes, e depois sustentou o placar de 1 a 0 até o final.

Na próxima rodada do Espanhol, o Sevilla jogará no sábado contra o Las Palmas, fora de casa, enquanto o Girona atuará na sexta-feira, em seus domínios, contra o Leganés.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando