Tópicos | Twitter

O presidente Jair Bolsonaro celebrou nesta segunda-feira, 14, no Twitter, índices de criminalidade divulgados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Bolsonaro afirmou que ainda há muito a fazer, mas que o resultado mostra o "caminho certo". Ele referiu-se, principalmente, às reduções de 22,1% de homicídios, de 40,9% de roubos a bancos e de 12% de estupros no primeiro semestre de 2019 em confronto com o mesmo intervalo de 2018.

"Índice de estupros cai 12% no 1º semestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2018 (fonte: Sinesp). Ainda há muito a fazer, mas o resultado mostra que estamos no caminho certo! Seguimos firmes na missão de devolver aos cidadãos a segurança e liberdade que lhes foi tirada", escreveu Bolsonaro na rede social. "Temos muito ainda para avançar!", postou um pouco antes, sobre os indicadores de assassinatos e roubos a instituições financeiras.

##RECOMENDA##

Os dados apresentam um declínio em todos os nove crimes assinalados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp). De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o ministro Sergio Moro disse que a diminuição é consequência da atividade de inteligência e ação integrada entre as forças federais, estaduais e distritais. "Se aprovado o pacote anticrime no Congresso Nacional, o número de crimes cairá mais", afirmou.

O Sinesp aponta ainda que as tentativas de homicídio caíram em 9,4%, os latrocínios (roubo ou extorsão violenta, à mão armada), 23,8%, e lesão corporal seguida de morte em 3,2%, no mesmo período. Os roubos de carga tiveram redução de 25,7%, os de veículos, de 27%, e os furtos de veículos, de 9,9%, segundo o balanço.

Na manhã deste domingo, 13, Bolsonaro usou sua conta no Twitter para ressaltar pontos que considera positivos de seu governo na segunda semana de outubro. Dentre os temas enaltecidos ontem pelo presidente estavam a queda da criminalidade, recuo na taxa de inflação e retomada do mercado de trabalho.

Na manhã deste domingo (13) o presidente Jair Bolsonaro usou sua conta no Twitter para ressaltar pontos que considera positivos de seu governo na segunda semana de outubro. Dentre os temas enaltecidos por Bolsonaro estão a queda da criminalidade, recuo na taxa de inflação e retomada do mercado de trabalho.

O mandatário citou que houve redução no número de crimes no primeiro semestre deste ano na comparação com igual período de 2018, com menos 5.423 assassinatos. Além disso, escreveu que os roubos a bancos e de veículos caíram 40% e 27%, respectivamente, citando o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) do Ministério da Justiça. "É nosso dever ir mais longe!", disse.

##RECOMENDA##

De acordo com o presidente, a apreensão recorde este ano pela Polícia Federal já superou 60 toneladas. "Sufocamento do crime organizado, retirando o sustento dos partidos e grupos terroristas que compõem o Foro de SP."

Bolsonaro também disse que o governo espera arrecadar até R$ 100 milhões este ano por meio da Medida Provisória que facilita a venda de bens móveis e imóveis do tráfico. Conforme ele, serão leiloados e revertidos em recursos para aparelhar as polícias federal e dos Estados, além de ajudar em programas de tratamento de usuários de drogas.

Enalteceu o Programa Criança Feliz, do Ministério da Cidadania, que, conforme ele, está se avançando em todas as regiões do País. De acordo com ele, houve avanço de 57,4% nos primeiros sete meses de 2019. "Educação e saúde aos mais necessitados. Hoje, o maior programa do mundo de visitação domiciliar para atenção à infância", escreveu.

Inflação e Desemprego

Quanto ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que registrou queda de 0,04% em setembro, após alta de 0,11% em agosto, Bolsonaro comemorou: "É o menor resultado desde 1998 -0,22%".

Além da deflação registrada no mês passado, citou que de julho para agosto, a produção industrial cresceu em 11 dos 15 locais pesquisados, citando dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda no campo da atividade, destacou que a maioria das capitais brasileiras vive retomada do emprego formal. "14 tiveram saldo positivo com carteira assinada nos oito primeiros meses do ano. São Paulo lidera o ranking, com 58.889 novos postos de trabalho. A herança monstruosa deixada pelo PT tem que ser revertida!", escreveu.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro tornou-se um dos assuntos mais comentados no Twitter na tarde desta terça-feira (8), após publicar uma mensagem acompanhada de uma foto do craque português Cristiano Ronaldo com a grafia de seu nome escrita errada.

Na publicação sobre seu posicionamento contra o aborto, o filho do presidente Jair Bolsonaro usou uma foto que inclui o empresário da Apple, Steve Jobs, o personagem "Chaves" e o atacante da Juventus. No entanto, o que mais chamou a atenção foi o nome do atleta, que aparece como "Cristiano Robaldo". "Mãe de Cristiano Robaldo tentou abortar e se arrependeu: 'Se a vontade de Deus é que esta criança nasça, que assim seja", diz a frase atribuída à imagem do português.

##RECOMENDA##

A declaração creditada à mãe do astro da Velha Senhora, porém, é verdadeira. Segundo o livro "Mãe Coragem", Dolores Aveiro afirmou que, na época em que ficou grávida, chegou a pensar em abortar.  Na postagem, Eduardo ainda ressalta que "o aborto não livra a mãe de um fardo, mas pode sim livrá-la da oportunidade de ter uma família incrível".

A gafe do indicado para assumir a embaixada do Brasil em Washington provocou diversas reações nos usuários, que criaram memes e piadas com o erro cometido. O assunto viralizou e assumiu os trends topics do Twitter em questão de minutos.

Da Ansa

Não foram só os clubes da região que decidiram parabenizar seus torcedores pelo Dia do Nordestino. Três times do Sudeste, que possuem grandes torcidas no Nordeste, também se lembraram dos apaixonados que estão há milhares de quilômetros.

Flamengo, Vasco da Gama e Corinthians usaram suas redes sociais para mandar as mengagens de felicitações pela data. Confira.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

O presidente Jair Bolsonaro publicou, em sua conta oficial no Twitter neste domingo (6), uma lista nomeada de "Alguns resultados do trabalho do governo Bolsonaro nesta primeira semana de outubro de 2019". Na lista, com 19 itens, há destaque, por exemplo, para o lançamento da campanha para a aprovação do pacote anticrime, enviado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ao Congresso.

Bolsonaro também cita que o governo alcançou a meta deste ano de privatizações e concessões. "Menos estado, menos cargos nas mãos de políticos, mais eficiência e dinheiro público aplicando em locais realmente necessários."

##RECOMENDA##

Ainda no campo econômico, o presidente destacou a sanção da lei que altera o modelo das concessões de telefonia fixa para o regime de autorização, retirando uma série de obrigações impostas às operadoras. Em troca disso, as operadoras terão que investir na expansão da banda larga do interior do País.

Bolsonaro ainda mencionou a digitalização de serviços públicos, o aumento de venda de carros novos em setembro frente ao mesmo mês do ano passado, segundo dados da Fenabrave, e a assinatura de um decreto que simplifica a entrada de bancos estrangeiros no Brasil, além do aumento da movimentação com o turismo nos primeiros sete meses do ano. De acordo com a CNC, diz o presidente, foi o melhor resultado dos últimos quatro anos.

No campo da segurança pública, Bolsonaro citou a aprovação na Câmara da MP 885, que agiliza a venda de bens apreendidos pelo tráfico de drogas e permite o uso de recursos no combate ao crime organizado. "Vitória do Brasil! Derrota do crime", disse, ressaltando que o projeto teve obstrução do PSOL.

Houve menção ainda à queda de 22,6% nas mortes violentas nos sete primeiros meses do ano ante ao mesmo período de 2018, segundo ele, e à redução de homicídios no mês de setembro nas cidades que aderiram ao programa Em Frente Brasil.

Já na área da educação, Bolsonaro citou os Estados que aderiram à escola Cívico-militar e destacou o lançamento de um projeto de ensino de educação financeira para crianças usando personagens infantis, além de mais bolsas de pesquisa em "áreas úteis como retorno à sociedade, sem aumentar impostos!"

O vereador pelo Rio de Janeiro e filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), afirmou, em sua conta no Twitter, neste domingo (6), que o governo está estudando o barateamento da energia solar. Em setembro, Carlos se licenciou da Câmara do Rio para "tratar de assuntos particulares".

"O Presidente Bolsonaro pediu aos técnicos do governo estudos e números para viabilizar barateamento da energia solar e suas aplicabilidades para o consumidor", disse hoje no Twitter.

##RECOMENDA##

Na publicação, Carlos fez menção a uma conversa de Bolsonaro com um seguidor pelas redes sociais. No diálogo, o seguidor pede ao presidente para baixar o imposto que incide sobre as placas solares, e Bolsonaro responde que encomendou estudos.

Usuários do Twitter têm até a próxima quarta-feira (9) para escolher qual é o tuíte mais engraçado do Brasil. A plataforma lançou a campanha #RindoAltoNoTwitter, em celebração ao Dia Mundial do Sorriso, e deve divulgar o mais votado da rede nos próximos dias.

Para indicar o seu tuíte preferido, o público deverá compartilhar a publicação junto da hashtag #RindoAltoNoTwitter. Ela ativará um emoji exclusivo, que deve significar a participação na competição. Serão considerados apenas tuítes feitos por brasileiros, que tenham sido publicados até o dia 30 de setembro. Não há limites no número de sugestões.

##RECOMENDA##

A partir do dia 14, o perfil do Twitter, no Brasil, fará enquetes diárias para que todos os usuários possam votar entre os quatro finalistas e escolher os vencedores. Além do público em geral, criadores de conteúdo como Lare (@laressa), Luci Gonçalves (@lucigoncalvesa), Cid (@naosalvo), entre outros, também participarão da campanha, indicando e torcendo por seus favoritos.

Na fase final a equipe do Twitter Brasil deverá indicar os vencedores de acordo com a popularidade de cada concorrente, junto com a equipe do MemeAwards (premiação capitaneada pela Produtora de Canais Flocks). Ainda não há data oficial para o resultado da campanha.

Bruna Marquezine discutiu com vários seguidores, nesta sexta (4), em sua conta do Twitter. O motivo foram os inúmeros comentários dos fãs a respeito de seu suposto novo affair, Gian Luca, irmão de Giovanna Ewbank. Chateada, a atriz retrucou diversas pessoas e pediu respeito. 

A confusão começou após um vídeo, em que Bruna é visto abraçando Gian Luca, foi publicado pelo colunista Leo Dias. Os seguidores de Marquezine começaram a publicar toda sorte de comentários, inclusive mencionando seu ex-namorado, o jogador Neymar Jr. A atriz perdeu a paciência e respondeu a alguns, demonstrando sua indignação. 

##RECOMENDA##

Em uma das respostas, a atriz disse a uma seguidora: "Se você está cansada de falar besteira do que não sabe, imagina eu que tenho que ler?". Em outro, ela perguntou de onde a fã a conhecia e, por fim, fez um longo desabafo pedindo respeito. "Mano. Vocês ficam me ironizando, me desrespeitam, criticam cruelmente, criam teorias na cabeça de vocês se baseando em post/like/follow no Instagram e fofocas mentirosas que são divulgadas por fontes bem duvidosas e me julgam por isso, ofendem pessoas que eu amo mais. Que falta de respeito".  

[@#video#@]

 

O título de cidadão honorário concedido pela prefeitura de Paris ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta-feira, 3, fez com que a hashtag "#LulaNobelDaPaz" ascendesse entre os três assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

A hashtag tem sido fomentada por apoiadores do ex-presidente, movimentos sindicais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), e parlamentares de oposição ao presidente Jair Bolsonaro, principalmente do PT.

##RECOMENDA##

Às 16h10 desta sexta-feira, 4, o termo estava entre em terceiro lugar entre os principais assuntos comentados no Brasil na plataforma.

De acordo com a plataforma "trends24", que monitora os assuntos mais comentados do Twitter, o "#LulaNobelDaPaz" entrou no "Top 10" por volta do meio-dia desta sexta.

Em comunicado oficial, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou ter dado o título a Lula em homenagem às ações do ex-presidente durante seu mandato no Executivo federal, e pelo fato de ele ter tirado da extrema-pobreza 30 milhões de brasileiros entre 2003 e 2011.

Uma imagem vem confundindo a cabeça de vários usuários do Twitter. O que deveria ser um simples penteado, despertou confusão nas pessoas, que chegaram a confundir o cabelo de uma jovem com um pênis.

A publicação foi feita na última segunda-feira (30). Desde então, mais de 33 mil pessoas curtiram o compartilhamento da Roberta Rocha. "Só dá pra ver uma vez", disse a garota que também se confundiu quando viu a imagem - e parece que não só ela viu algo estranho.

##RECOMENDA##

Veja a imagem e tire as suas próprias conclusões.

[@#podcast#@]

Que o brasil é gigante em território e na diversidade cultural, é fato, mas algumas regiões do país desconhecem completamente o que outras têm a oferecer. Nos tempos atuais, no entanto, o que a distância separa, as redes sociais unem.

Na última segunda-feira (30), um usuário do Twitter compartilhou um vídeo de um cuscuz, comida típica nordestina. E comentou: “Meu tio mora no Ceará e quando veio visitar a gente aqui no sul trouxe isso pq aqui no rio grande do sul ninguém come, eu só fui saber da existência disso agora, e posso dizer: É MUITO BOM”.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

A publicação, que viralizou na rede já conta com mais de 12 mil curtidas e cerca de 700 mil vizualizações, além de centenas de comentários com as reações das mais engraçadas e até pessoas que não conhecem o prato. Confira:

[@#podcast#@]

O Twitter apresenta instabilidades desde a noite de terça-feira (1°) em todo o mundo. Os usuários enfrentam problemas e recebem mensagens de erro ao tentar publicar novas mensagens na rede social e no Tweetdeck, ferramenta da plataforma que agrupa mensagens e contas.

A rede social informa que os técnicos da empresa "trabalham para consertar o problema" e o site "deve voltar ao normal logo", mas não apresenta um prazo para a normalização. No Brasil, a falha começou por volta das 22h30 desta terça, principalmente no Tweetdeck, depois atingindo também o Twitter.

##RECOMENDA##

A empresa começou a investigar a instabilidade nesse mesmo horário e informou que alguns dados poderiam ter atrasos ou se perder por causa do problema. No meio da madrugada, a plataforma voltou a funcionar, caindo novamente no início da manhã desta quarta-feira (2). A causa da instabilidade não foi divulgada pelo Twitter.

A acadêmica gaúcha Winnie Bueno está usando o twitter para conectar doadores de livros a leitores negros. Ela criou a campanha 'Tinder dos Livros' que conecta quem quer doar a quem precisa receber publicações dos mais diversos estilos. A Iniciativa, lançada no microblog em novembro de 2018, já alcançou cerca de 700 matches.

Funciona da seguinte maneira: os interessados entram em contato com Winnie pelo Twitter indicando qual livro precisam e o endereço para entrega. Ela então se encarrega de encontrar um doador que fica responsável pelo envio do título. A ideia surgiu no dia da Consciência Negra. "Sabe o que seria legal no dia da consciência negra ? Você, branco privilegiado que se diz anti-racista, comprar um livro que um ativista negro precisa e enviar para ele", tuitou Winnie na ocasião. 

##RECOMENDA##

Winnie tem mais de 30 mil seguidores no Twitter e faz todo o processo de conexão entre interessados até a doação de maneira artesanal. Ela está em contato com uma desenvolvedora para que o projeto possa virar um aplicativo e, assim, atingir mais pessoas.

Os internautas adoram um desafio para aquecer as redes sociais. No que se refere à ilusão de ótica, as publicações sempre viralizam e agitam os debates, deixando a internet em polvorosa. Após a busca por um leopardo camuflado repercutir no Twitter, o LeiaJá listou outros desafios que fizeram sucesso na internet. Confira:

O gato dorminhoco

##RECOMENDA##

Mantendo a reconhecida camuflagem dos felinos, um gatinho chamou atenção enquanto tirava um cochilo. A imagem mostra um depósito de talhas de lenha e árvores, e nela o animal repousa. A cor do gato pode confundir mas o animal não passa despercebido aos olhos mais atentos. Após uma examinada minuciosa o gatinho é visto deitado no centro da imagem.

Noite na praia

Um usuário do Twitter, identificado como @nxyxm publicou uma bela foto de uma praia em uma noite de tempestade. Alguns internautas elogiaram o clique, no entretanto, a imagem não se trata de uma paisagem. Após uma série de comentários, o autor do registro revelou que havia fotografado a porta quebrada de um carro e o chão, abaixo do veículo. Mesmo com a confirmação é difícil não enxergar uma praia.

O vestido

Sem dúvidas, o desafio que mais repercutiu -inclusive entre os famosos- foi sobre a cor de um vestido. Na época, a hashtag #TheDress (o vestido) alcançou o topo do Twitter ao criar a dúvida se a peça de vestuário era azul e preta ou branca e dourada. A marca deve ter aprovado todo o alvoroço e revelou que o vestido era azul.

Tênis rosa ou cinza?

Um dos grandes virais no Brasil gerou o mesmo debate, só que referente a um tênis. Muitos internautas afirmaram que o calçado, bem como o cadarço e os detalhes, eram cinza e esverdeado. Entretanto, um filtro aparentemente modificou suas cores. Pois o fabricante divulgou que o tênis era rosa e branco.

Cores da moda

Uma camisa deu seguimento ao debate da moda. Muitas pessoas quebraram a cabeça e "chutaram" que a peça era verde e dourada, azul e preta e até marrom e branca. Porém, a camisa ludibriou a maioria. As cores da roupa são azul e branca.

Qual combina melhor?

Em 2015, a hashtag #TheShoe (o sapato) conquistou o Twitter após uma usuária perguntar qual cor de esmalte ficaria melhor com seu sapato. Ela pôs o calçado ao lado de dois frascos de esmalte violeta e rosa choque. A proximidade dos itens ainda confunde a cabeça de muita gente.

Bolas coloridas

O desafio das bolas coloridas quebra um pouco a cabeça. Na  imagem você vê doze bolas cruzadas por diversas linhas. À primeira vista, as esferas parecem ser de cores diferentes, porém, olhares atentos percebem que todas são da mesma cor.

Em relação à percepção, nosso cérebro relaciona de forma automática as cores com a iluminação do ambiente. Caso interprete que estamos enxergando sob uma luz natural, iremos enxergar de uma determinada cor. Já no caso dele achar que estamos sob iluminação artificial, vamos ver de outra cor. Tal relação confunde os internautas e acaba gerando  a maioria desses desafios.

LeiaJá também:

--> Branco ou azul? A polêmica do vestido mais debatido da web

--> Rosa? Verde? Especialista explica o mistério por trás da cor do tênis

--> Homem é pego com mil mudas de maconha e diz ser "hortelã"

A publicação de uma foto de um leopardo disfarçado entre terra, pedras e madeira está ganhando popularidade no Twitter.

A foto foi publicada em 27 de setembro pela internauta Bella Lack, que destacou que quando lhe pediram para encontrar o leopardo, ela primeiro pensou que era uma piada.

##RECOMENDA##

Alguns internautas se queixaram da dificuldade extrema da esfinge, com alguns deles até relevando terem perdido muito tempo para encontrar o felino sem sucesso algum.

--> Branco ou azul? A polêmica do vestido mais debatido da web

--> Rosa? Verde? Especialista explica o mistério por trás da cor do tênis

Mas nem todo mundo ficou perdeu a paciência tão rápido, e muitos até que encontraram o tão buscado leopardo. Acontece que o felino está deitado em um pequeno buraco do lado esquerdo da árvore. O pelo do mamífero fez com que ele se perdesse entre a paisagem.

--> Assista: vovó esbanja disposição dançando e viraliza

--> Dona de casa viraliza após tatuar um pênis no braço

Sem dúvidas, o leopardo se escondeu muito bem, e muito possivelmente nem estava querendo se esconder de alguém. Só escolheu um local confortável para relaxar.

Da Sputnik Brasil 

LeiaJá também

--> Homem de sunga é confundido com Fabio de Melo e viraliza 

--> Homem é pego com mil mudas de maconha e diz ser "hortelã" 

--> Estudante aponta arma para colega em escola no Ceará

Na manhã desta segunda-feira (30) a atriz Carolina Dieckmann participou do ‘Encontro com Fátima Bernardes’. A atriz foi convidada a cantar no programa matinal, mas parece que não agradou nem um pouco quem assistia e nem os internautas.

Na rede social, o público que acompanhava a atração detonou a cantora, um internauta chegou a comentar “péssima”, na tag levantada que se tornou um dos assuntos mais comentados desta manhã.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

 

Nesta quinta-feira (26), a jurada do Masterchef Brasil Paola Carosella detonou o hambúrguer vegetariano de uma rede de fast food em sua conta do Twitter. Paola foi provar a novidade por ele ser vegetariano ‘sabor carne’ e não amenozou nas críticas: 'Uma bosta ultraprocessada oportunista”.

A Chef ficou extremamente insatisfeita com a qualidade do produto e afirmou: “Experimentei por curiosidade o 'hambúrguer' de plantas 'sabor' carne. Não é hambúrguer, não tem gosto de carne, nem textura de carne, o que é óbvio que não é carne. Gorduroso, pastoso, desagradável”, e completou: “ Se você quer coisas com o sabor de carne coma carne. Se quer comer plantas, coma plantas com gosto de plantas”.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Após a derrubada de 18 vetos do presidente Jair Bolsonaro ao projeto de lei que estipula regras para os crimes do abuso de autoridade, a hashtag #CongressoVergonhaNacional subiu ao primeiro lugar entre os assuntos mais comentados do Twitter na manhã desta quarta-feira, 25.

Circula, com grande intensidade, uma lista com o nome de todos os senadores que votaram pela derrubada dos vetos do presidente na qual são taxados de "criminosos que querem destruir o Brasil", entre outros comentários negativos.

##RECOMENDA##

Parlamentares também comentaram a derrubada dos vetos. O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) disse que "a prática da velha política está instalada no Congresso Nacional". Já Marcel van Hattem (NOVO-RS) classificou como vergonhosa a "manobra para derrubar os vetos de Bolsonaro à Lei de Abuso de Autoridade ignorando o que pede a sociedade".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi ao Twitter para criticar a oposição do Partido Democrata, logo após a presidente da Câmara dos Representantes, anunciar a abertura de um processo formal de investigação para um eventual impeachment contra ele. Trump lamentou o fato de que, em um dia importante no qual ele falou na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas e teve "muito trabalho e muito sucesso", os democratas "arruinaram" o cenário com a "caça às bruxas". "Isso é tão ruim para o nosso país."

Trump questionou o fato de que os democratas nem viram a transcrição do telefonema dele para o presidente ucraniano, Volodmir Zelenski. Segundo reportagens da imprensa americana a partir de fontes que pediram anonimato, o presidente americano pressionou o colega várias vezes a investigar o ex-vice-presidente americano Joe Biden, potencial rival de Trump na próxima eleição presidencial. "Eles nunca nem viram a transcrição do telefonema. Uma total caça às bruxas!", qualificou, dizendo que há "assédio" contra o presidente por parte da oposição.

##RECOMENDA##

Mais cedo, Trump havia informado no Twitter que orientou sua equipe a divulgar a íntegra da transcrição do telefonema com o líder ucraniano e negou que tenha havido qualquer irregularidade nesse contato.

Assuntos ligados à política nacional mobilizam o Twitter na manhã deste sábado (21). Dos dez assuntos mais comentados na rede social, a hashtag "A culpa é do Witzel" está em primeiro lugar, em referência à morte de uma menina de oito anos, que foi atingida por uma bala perdida na noite de ontem no Complexo do Alemão (RJ). Nas publicações, usuários questionam o governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), sobre uma possível participação da Polícia Militar na ação.

Em segundo lugar está a hashtag "Eu Sou Bolsonaro". Nas postagens referentes à hashtag, usuários da rede social publicam fotos e textos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, que fará discurso na Assembleia-Geral da ONU. Entre os posts, usuários pedem para o mandatário resgatar a credibilidade do Brasil no exterior e elogiam as ações do governo federal.

##RECOMENDA##

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando