Adriano Oliveira

Adriano Oliveira

Conjuntura e Estratégias

Perfil:Doutor em Ciência Política. Professor da UFPE - Departamento de Ciência Política. Coordenador do Núcleo de Estudos de Estratégias e Política Eleitoral da UFPE.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJá.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Podcast: O Auxílio Emergencial e o diálogo entre o presidente e os governadores

Cientista analisa o cenário político brasileiro frente à pandemia

Adriano Oliveira, | sex, 22/05/2020 - 10:23
Compartilhar:

Nesta sexta-feira (22), o cientista político Adriano Oliveira comenta em seu podcast a extensão do auxílio emergencial criado pelo governo para ajudar a população de baixa renda a enfrentar a crise econômica instalada com a chegada da pandemia do novo coronavírus. Oliveira defende a importância da prorrogação desta medida de proteção e analisa como ela pode ajudar as pessoas a ter o mínimo de dignidade. Além de que a medida também traz uma certa estabilidade social, visto que, sem ajuda nenhuma, o quadro que tende a se instalar é de protestos e saques nas ruas, como já ocorreu em outros países. Adriano lança luz sobre o debate fiscal que está inserido nesse cenário de crise, e aponta que o Estado brasileiro precisa agir mais rapidamente ao socorrer a população e assim evitar um caos social. O cientista político fala também sobre o "orçamento de guerra" aprovado pelo congresso nacional em caráter de emergência e as dificuldades e barreiras que o ministro da economia Paulo Guedes, juntamente com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), colocam no debate sobre o período de prorrogação do auxílio, o valor que ele deve ter, e se será mantido ou diminuído.  

Oliveira analisa que a discussão do déficit público deve ficar para o futuro, e que a continuidade do auxílio emergencial precisa ser anunciada com urgência evitando que haja maiores instabilidades. Adriano demonstra que esse combate à desordem pública, passa pela conta das profundas desigualdades sociais e a grande ausência de inclusão social. Para ele, esse debate de ter ou não ter a continuidade do auxílio atrasa o país, e isso não deveria nem ser colocado em pauta na atual conjuntura do momento. Segundo o analista político, as decisões de ordem econômicas precisam transitar no campo das medidas de cunho gerencial e executivo, e não por embasamento da visão política. Adriano aponta que as próximas semanas serão bastante complicadas para o país, e o embate da crise política versus as dificuldades da economia frente ao Covid-19 podem acarretar em conflitos e confusão. 

O cientista político reforça que o Estado, juntamente com o seu Banco Central, tem poderes em momento de crises para reverter essa situação e agir impedindo que ocorra instabilidade social. Segundo ele, a visão e a forma de trabalho de Guedes, com excesso de liberalismo entrava as questões ligadas ao auxílio emergencial, e isso força o governo a tomar medidas baseada em ações políticas e não econômicas. Adriano Oliveira conclui seu comentário do podcast de hoje falando sobre o encontro virtual que aconteceu ontem entre Jair Bolsonaro e os governadores. Oliveira comenta que, pela primeira vez desde o início da crise amplificada pela pandemia, houve um diálogo civilizado do presidente com os mandatários dos estados brasileiros. Porém, Oliveira questiona o motivo de Bolsonaro demorar tanto para assinar o projeto que prevê a ajuda financeira solicitada pelos governadores estaduais, se ele em sua live de quinta, afirmou que iria dar prosseguimento ao socorro estadual nos próximos dias.       

O podcast de Adriano Oliveira tem duas edições, nas segundas e nas sextas-feiras. Além disso, também é apresentado em formato de vídeo, toda terça-feira, a partir das 15h, na fanpage do LeiaJá.

Confira esta análise a seguir:

 

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Leia Concursos

Procure os
Concursos

LeiaJá é um parceiro do Portal iG - Copyright. 2020. Todos os direitos reservados.

Carregando