Tópicos | Música

A banda virtual de trip rock Gorillaz estreia nesta segunda-feira (19) um novo programa de rádio na Apple Music, o "Song Machine Radio". Na atração, cada integrante da banda apresentará seu próprio episódio com um hora de duração.

A Apple Music informou que o projeto abordará temas como os grande momentos da carreira do grupo, além de receber convidados especiais. Já estão confirmados o cantor Elton John e a cantora St. Vincent.

##RECOMENDA##

O programa "Song Machine Radio" faz parte do lançamento do novo álbum do Gorillaz, o "Song MachineSeason One", programado para sexta-feira (23).

 

No próximo sábado (24), a partir das 15h, no Recife Antigo, o Boteco Parador vai animar mais uma vez o público apaixonado por uma boa roda de samba. Sucesso no último final de semana, com a presença do cantor Xande de Pilares, o evento irá contar desta vez com a animação de Mumuzinho.

O artista promete agitar os fãs com grandes clássicos da carreira como Fulminante, Mande um Sinal e Eu Mereço ser Feliz. Além da apresentação de Mumuzinho, os grupos Di Propósito, Long Neck e Sambstar completam a programação. Através de venda on-line, a mesa, que dá direito para quatro pessoas, está custando entre R$ 400 e R$ 600.

##RECOMENDA##

Pensando no bem-estar de quem for conferir as atrações, a organização da festa vai dar sequência aos cuidados estabelecidos pelos órgãos de saúde, que são normas de higienização, distanciamento, entre outros detalhes necessários para evitar o contágio do novo coronavírus. Os ingressos para o Boteco Parador estão disponíveis no site e aplicativo da Bilheteria Digital.

Muita gente está acostumada a curtir diversos gêneros musicais com cantores profissionais. Mas o que uma boa parte não sabe, ou não recorda, é que o Brasil já teve representantes ilustres de outras partes do entretenimento se aventurando no mercado fonográfico. Conhecidos do público, diversos atores e apresentadores já deixaram a TV um pouco de lado e arriscaram soltar a voz à la superstar.

Sucesso entre os telespectadores, artistas que brilham até hoje em grandes produções da dramaturgia e no comando de programas, alguma vez na vida, deixaram a vontade de cantarolar mais alto, independentemente de como seria a reação do público. Pensando nisso, o LeiaJá relembra cinco celebridades que saíram das suas áreas de conforto e partiram - meteoricamente - para a carreira musical.

##RECOMENDA##

Ana Maria Braga

Em 2003, Ana Maria Braga levou o seu bordão 'Acorda menina' para integrar o seu primeiro CD. Intitulado 'Sou Eu', o primeiro álbum da apresentadora do 'Mais Você' conseguiu reunir grandes nomes da música popular brasileira como Fábio Jr., Zezé Di Camargo e Luciano e Leonardo. Até o Louro José, personagem de Tom Veiga, também se arriscou como cantor, divindo os vocais com Ana na faixa 'Saúde, Amor, Paz e Alegria'.

Celso Portiolli

Dominando o 'Domingo Legal' há um bom tempo, Celso Portiolli já ingressou no universo da música. No final da década de 1990, ele soltou o gogó no disco 'É Tempo de Alegria'. Interpretando canções bem infantis, Portiolli "conseguiu" prever o futuro através da letra Amizades Virtuais. "Só falta agora o computador falar", diz um trecho da música.

Susana Vieira

Amada pelo povão, assim como ela diz, Susana Vieira não só eternizou personagens clássicos nas novelas e filmes. Paralelo a carreira de atriz, ela presenteou os seus fãs rasgando a voz no disco histórico 'Brasil EnCena'. Lançado em dezembro de 2010, o álbum de Susana trouxe releituras de grandes sucessos da MPB como 'A História de Lily Braun', 'Começar de Novo', 'Preciso Dizer Que Te Amo', 'Per Amore' e 'Bem Que Se Quis'. Na época, ela chegou a divulgar o seu trabalho musical no Domingão do Faustão.

Roberto Justus

Ele pode até ser carrasco quando aparece demitindo a galera no reality show O Aprendiz, mas Roberto Justus é "gente como a gente" quando pega o microfone e começa a cantar. Em 2008, o empresário e apresentador gravou o álbum 'Só Entre Nós', com faixas só em inglês como 'Unforgettable', 'Something' e 'Yesterday'. Mas para colocar um tempero brasileiro nas canções, Justus dividiu os vocais com os cantores Agnaldo Rayol e Paulo Ricardo.

Marília Gabriela

O Brasil está acostumado a ver Marília Gabriela arrasando nos seus programas de entrevistas e até mesmo como atriz em novelas, porém, o que muita gente deve ter esquecido é que ela já mergulhou de cabeça no mundo da música. Há mais de 30 anos, Gabi encantava as pessoas quando abria o vozeirão, mas foi em 2002 que ela fez história. Lançado pela gravadora Universal Music, o disco 'Perdida de Amor' chegou a reunir Marília Gabriela e Reynaldo Gianecchini na canção 'Você'.

O Presídio de Vitória de Santo Antão (PVSA), localizado na Zona da Mata Sul de Pernambuco, está oferecendo aulas de música aos detentos através do projeto de iniciação musical intitulado "Liberdade Musical". O músico e reeducando Lucas Araújo é quem está à frente da ação, juntamente com os músicos convidados Rodrigo Araújo e Geison Guedes.

Segundo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, o objetivo é "despertar nas pessoas privadas de liberdade a sensibilidade para a música, arte que se apresenta como uma alternativa ressocializadora".

##RECOMENDA##

Atualmente, o projeto reúne dez alunos com aulas todas as segundas, quartas e sextas, das 13h às 14h30. Os instrumentos utilizados são de cordas e percussão. O repertório engloba MPB, rock nacional e gospel.

Para celebrar os 25 anos do lançamento do disco "Insomniac", a banda estadunidense Green Day disponibiliza um documentário no YouTube, que mostra os bastidores da turnê do álbum pela Europa, entre 1995 e 1996.

Segundo a banda, a produção reúne imagens inédidas de shows, rodadas em filme 16mm, além de momentos no estúdio para a gravação do álbum "Nimrod" (1197).

##RECOMENDA##

A Green Day também colocou à venda um vinil remasterizado do projeto, que pode ser adquirido na loja oficial. Outra novidade é o lançamento da coletânea de covers "No Fun Mondays", de Billie Joe Armstrong, vocalista da banda.

Green Day é um conjunto de punk rock formado em 1986, na Califórnia (EUA), pelos músicos Billie Joe Armstrong, Mike Dirnt e Tré Cool. A banda ganhou notoriedade nos anos 1990 por conta do visual underground.

 

Os fãs do cantor Latino irão vê-lo brevemente se aventurando em um projeto bem diferente do que costuma mostrar. De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', o artista gravou uma música evangélica em parceria com Kleber Lucas. Latino garantiu que a canção tem uma pegada bem animada.

"Gravamos uma música motivacional, falando de Deus de uma forma alegre e extrovertida, simboliza a paz e fé. Traz uma mensagem sobre você amar ao próximo, confraternização e tem uma pegada alegre e dançante. É uma versão de uma música africana, e sempre tive referência gospel o pastor Kleber Lucas por isso minha escolha de gravar meu primeiro gospel com ele", disse.

##RECOMENDA##

Latino deixou claro que não pretende ingressar no universo cristão, mas que não irá descartar encontros como esse que teve com Kleber: "Não tenho pretensão alguma em seguir carreira gospel, mas um projeto ao lado de grandes nomes da música gospel eu tenho, e a primeira faixa é essa música". Considerado um dos grandes nomes da música gospel, Kleber Lucas coleciona na carreira clássicos como Aos Pés da Cruz, Deus Cuida de Mim, Deus Forte e Nova Criatura.

[@#video#@]

No programa Plurarte desta semana, a cantora Sandra Duailibe conversa com o cantor e compositor Guto Risuenho. O músico fala da carreira profissional e de seus projetos.

##RECOMENDA##

O Plurarte estará no ar sempre às sextas-feiras, na Rádio Unama FM (105.5), às 13h20, com reapresentação aos sábados, às 10 horas. Também será exibido no Espaço Universitário da TV Unama, na TV RBA, no sábado de manhã, e no portal LeiaJá. 

Acesse o programa no Youtube por aqui.

LeiaJá também

Programa Plurarte estreia com a cantora leila Pinheiro 

 

Para muitas famílias, o primeiro Dia das Crianças em meio à pandemia do Coronavírus será comemorado dentro de casa. Mesmo sendo forçados a deixarem a diversão de lado em locais como parques, bibliotecas e teatros devido à crise sanitária, os pequenos (e os pais) terão atrações de sobra no ambiente virtual e na televisão durante todo o fim de semana. Confira:

Música:

##RECOMENDA##

Banda Gatos Multicores - a maratona das transmissões ao vivo começa neste sábado (10). Em uma live que será transmitida pelo canal da banda Gatos Multicores no YouTube, o grupo musical infantil apresenta um show especial com cantigas de roda, músicas e diversão que vão envolver os pequenos e os pais. O espetáculo começa às 16h.

Shows no Especial Dia da Leitura - no sábado (10) e no domingo (11), os grupos Trii e Tiquequê apresentam shows ao vivo nos ambientes virtuais das Bibliotecas de São Paulo (BSP) e da Biblioteca do Parque Villa-Lobos (BVL). No dia 10, o Trii faz live às 15h na BSP com o show “Miudinho”. Já no dia 11, no mesmo horário, é a vez do Tiquequê com músicas e brincadeiras na BVL. Ambos os espetáculos serão transmitidos pelo Facebook nos perfis @BSPbiblioteca e @BVLbiblioteca.

Musicar - outra atração especial para os pequenos no Dia das Crianças é o Festival Musicar. Considerado o maior evento de música infantil do país, as mais de 50 atrações online e gratuitas começam neste sábado (10) e ocorrem até o dia 11 de novembro. A produção, elaborada pelo Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), tem apresentações como shows, contação de histórias via podcast, oficinas e algumas dinâmicas voltadas para que os adultos também se divirtam. O conteúdo está acessível pelos canais de streaming Youtube e Spotify. Veja a programação aqui

Teatro:

Sesc - Com unidades abertas, mas com grande maioria das atividades suspensa, o Serviço Social do Comércio (Sesc) transmite peças teatrais pela Internet neste sábado (10) e na segunda-feira (12). No dia 10, a Fabulosa Companhia apresenta “A Linha Mágica” e, no Dia das Crianças, a Companhia do Polvo sobe no palco para a peça “Telhado de Ninguém”. As apresentações são ao meio-dia e podem ser acessados pelo perfil do Sesc no Instagram - @sescaovivo - e pelo YouTube.

Vila Sésamo – As personagens de um dos maiores sucessos da TV dos anos 1970 convidam as crianças de três a seis anos de idade a aprenderem bons hábitos ainda na primeira infância. Com uma programação voltada à orientação dos pequenos de maneira divertida, as chamadas de vídeo de Bel e Elmo acontecem de 12 a 17 de outubro, às 10h, no canal da Vila Sésamo no YouTube.

Contação de histórias: 

Brincantinho Conta Histórias - o programa do Itaú Cultural traz oito vídeos com apresentações educativas, brincadeiras, danças, músicas e contação de histórias. A série audiovisual já está no site www.itaucultural.org.br e pode ser acessado a qualquer momento.

Hora do Conto - ainda nas comemorações do Dia das Crianças, a Biblioteca Villa-Lobos (BVL) convida a atriz e escritora Marina Bastos para contar a história da Branca de Neve. A ‘Hora do Conto’ acontece no próximo dia 17 e tem início às 16h. Já no dia 31 de outubro, na mesma BVL, o Grupo Êba narra a lenda sul-africana de Mazanendaba com interpretação na língua brasileira de sinais. Para participar, é necessário fazer uma inscrição prévia no site www.bvl.org.br/inscricao. O Êba também estará no ambiente virtual das Bibliotecas de São Paulo no próximo dia 24 de outubro, às 16h, para contar a lenda do Boi Bumbá. Inscreva-se e participe: www.bsp.org.br/inscricao. As vagas para assistir às apresentações são limitadas.

Oficinas: 

Fábricas de Cultura de São Paulo – Durante o mês de outubro, as unidades Brasilândia, Capão Redondo, Diadema, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha da Fábrica de Cultura direcionam a programação virtual para as crianças. Além de oferecer as oficinas de dança, brincadeiras e apresentações musicais, o festival ‘Pequenos Grandes Artistas’ convida atores que estrelaram produções audiovisuais infantis. O evento acontece na próxima terça-feira (14). Confira as atrações no Instagram @fabricasdeculturasn ou no site www.poiesis.org.br/maiscultura/.

Televisão: 

Cartoon Network – Para a criançada que prefere desenhos animados, os canais de TV fechada trazem programações especiais durante a Semana da Criança. Dos dias 12 a 18 de outubro, às 15h, a emissora seleciona os melhores episódios de animações como Ben 10, Ursos Sem Curso e as DC Super Hero Girls.

Disney – Já nos canais Disney Channel, Disney Junior e Disney XD, o dia 12 de outubro será todo voltado à exibição de especiais com as animações Ducktales e Phineas e Ferb, além dos filmes “Matilda” (1996) e “Hotel Transilvânia” (2012).

O músico Marco Antônio, conhecido artisticamente como Marco Antônio, o Sax Paraense, está gravando novo CD autoral que será lançado em breve. No ritmo de lambada, o disco, com o nome “Olá, meu Pará”, promete contagiar o público e fortalecer a cultura paraense. 

Lambada, carimbó e merengue sempre foram ritmos frequentes nas apresentações de Marco Antônio, que tem o Mestre Vieira como uma das suas principais referências. Natural de Abaetetuba, município do Pará, por volta dos 12 anos de idade, o músico teve o primeiro encontro com os instrumentos na, até então, única escolinha de música pública de Abaetetuba. “Eu fui para aprender a tocar violão, entrei na sala errada e ali o amor já foi de cara”, relembrou.

##RECOMENDA##

Depois desse primeiro momento, Marco Antônio começou a estudar os instrumentos de sopro e teve como professor o maestro Glaudino Gardinal, que também é uma das referências do saxofonista. Após dois anos de estudos, o músico foi convidado a fazer parte da banda Carlos Gomes, de que é membro há 30 anos.

Segundo o músico, o amor pelo saxofone se deu pelo charme do instrumento e pelo som que emite. Marco Antônio usa o amor pela música para fortalecer a identidade musical paraense. “A gente vem mostrando um pouco da nossa arte na cidade e fora da cidade também”, disse o artista, que também faz parte da União Dos Músicos Abaetetubense (UDMA), que luta pela causa artística de Abaetetuba.

Por Rosiane Rodrigues.

 

A banda paraense Vingadores do Brega vai animar o público no pocket show cheio de muito brega e bom som. O evento será nesta sexta-feira (9), às 23 horas, no Emporium Metrópole, no Shopping Metrópole, em Ananindeua.

Além da banda, a cantora Suanny Batidão também vai participar da festa. O Homem Aranha está animado para a grande noite. “Vai ser uma noite de alegria e muita música. Estamos ansiosos”, disse o herói.

##RECOMENDA##

Serviço

Baile dos Vingadores

Local: Emporium Metrópole

Data: 09/10/2020 (Sexta-feira)

Hora: 23h

Valor: R$ 10

Endereço: Shopping Metrópole (Rod. Br 316, Km 4, nº 4500 – Ananindeua)

Observação: Uso obrigatório de máscara.

LeiaJá também

Vingadores do Brega lançam novo CD promocional

 

Por essa o cantor e compositor Nando Reis não esperava. O ex-vocalista dos Titãs teve que atender a um pedido do 'rei' Roberto Carlos, para retirar a música Nossa Senhora do seu disco Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto. E o projeto, que teve sua versão lançada em vinil na semana passada, ainda passou por mais interrupções.

Roberto pediu para que dois poemas não fossem mencionados no álbum. Segundo informações do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a intervenção é de um texto de Nando, na canção Me Conte a Sua História, e outro de Jorge Mautner em A Guerra dos Meninos.

##RECOMENDA##

O trecho do poema na voz de Mautner, que foi retirado, dizia o seguinte: "Quem fizer mal a um destes pequeninos/ Que me acompanham/ Melhor seria se amarrassem uma mó de atafona/ Uma pedra muito pesada/ Ao redor do seu pescoço/ E o jogassem no fundo do mar".

A última atualização do Spotify adiciona um novo recurso que possibilita localizar músicas por meio de trechos da letra. A novidade está disponível no IOS e Android.

Para utilizar a nova funcionalidade, basta colocar algumas palavras no campo de pesquisa, e o aplicativo oferecerá algumas possibilidades entre músicas e playlists.

##RECOMENDA##

O resultado da pesquisa é apresentado com a marca "correspondência de letra". Esse recurso facilita a busca de faixas que o usuário não decorou o título, mas lembra do refrão.

Tela da busca por trecho da letra da música | Foto: Reprodução / Spotify

Embora seja uma novidade no Spotify, a funcionalidade já está disponível em outros serviços de streaming, como no Apple Music.

Nos últimos tempos, o Spotify tem investido em recursos de acessibilidade. Em setembro, a plataforma de streaming adicionou a possibilidade de compartilhar músicas nas redes sociais com um clique.

Além de apresentar narrativas e personagens cativantes, os animes e tokusatsus também se destacam pelas canções presentes nas aberturas e encerramentos das obras. Por conta disso, o público busca saber quem são os artistas que interpretam essas músicas, tanto de maneira oficial ou em homenagens.

O cantor Ricardo Cruz, 38 anos, de São Paulo, se destacou no Brasil ao interpretar músicas de animes e tokusatsus em eventos geek, como o Anime Friends. O envolvimento de Cruz com esse universo começou em 1996 como um fã que admirava a cultura japonesa e as diversas séries que passavam na Manchete (1983-1999), como "Os Cavaleiros do Zodíaco", "Jaspion" e "Jiraiya: O Incrível Ninja", entre outros.

##RECOMENDA##

Na época, o músico descobriu o grupo de fãs Neo Animation, que se reunia para explorar a cidade em busca de fitas de vídeos (VHS) ou materiais inéditos. Em 1999, Cruz fez intercâmbio para o Japão, e durante sua estadia, frequentou diversos karaokês, que são comuns no país. "Lá eu descobri que no karaokê tinha as músicas de animes e tokusatsus que eu tanto gostava, e eu comecei a cantar de brincadeira, imitando a voz dos cantores que eu curtia. Foi quando percebi que gostava de cantar", lembra.

Hoje, o artista integra uma banda local no Japão, a JAM Project, que celebra 20 anos. Cruz é vocalista ao lado dos cantores Hironobu Kageyama, Masaaki Endoh, Yoshiki Fukuyama, Masami Okui e Hiroshi Kitadani. "Tenho a honra de fazer parte deste grupo desde 2005. Eu mandei uma demo para eles e foi aprovada. Até hoje faço participações esporádicas com a banda", declara o cantor, que teve uma de suas composições escolhida para ser tema da segunda abertura de "One Punch-Man" (2009).

Como um bom fã, o músico admirava os elementos presentes nas séries que assistia, em destaque, as composições que marcaram época, como as de "Os Cavaleiros do Zodíaco". "Na época não passava no Brasil a abertura 'Pegasus Fantasy', do Nobuo Yamada. Mas como eu frequentava o bairro da Liberdade, em São Paulo, eu obtive acesso a vídeos com os temas originais", conta ele, que reproduziu em seu canal o segundo tema de abertura da série protagonizada por Seiya e que ficou popular nos anos 1990.

Em 2006, o artista foi convidado para cantar a abertura brasileira do anime "Hunter X Hunter" (1998), que estreava no Brasil pela Rede TV. Um ano depois, Cruz foi chamado para interpretar a versão brasileira da abertura da Saga de Hades, de "Os Cavaleiros do Zodíaco".

As diferenças do mercado

Soltar a voz nas aberturas de séries foi uma novidade para o cantor, pois no Japão, a indústria das músicas de animes e tokusatsus compõem o mercado musical, já no Brasil, o segmento é visto como uma extensão da dublagem. "É difícil convencer as produtoras e distribuidoras que você deseja produzir uma música no estúdio, com calma, e não como uma dublagem que é feita de maneira rápida", explica o cantor.

Outra característica de Cruz é a fluência no idioma japonês. "Na época de 'Jaspion' e 'Changeman', as letras japonesas apareciam durante os episódios, e eu ficava meio fascinado com aquilo', expõe o cantor, que estudou e aprendeu sozinho os dois alfabetos básicos japoneses, Hiragana e Katakana. Mas foi durante a estadia no Japão que ele colocou em prática os conhecimentos obtidos nos estudos. "O idioma é uma ferramenta, você precisa usá-lo para ficar bom nele, não apenas estudar ele", afirma.

O artista utiliza seus conhecimentos da língua japonesa para produzir as canções no YouTube. Em diversas circunstâncias, ele aproveita a versão original de uma música, e une com o idioma brasileiro. A estratégia agrada públicos de ambas as preferências. "Quando a letra em português é bem marcante, eu divido, e isso virou uma marca registrada do canal", evidência Cruz. Foi assim com música de abertura do seriado "Kamen Rider Black RX", que inicia em português, mas na metade fica em japonês e na finalização, retorna para o idioma brasileiro.

O cantor Ricardo Cruz ao lado da armadura do personagem Jaspion | Foto: Divulgação / Instagram @ricardosbcruz

A rotina do canal de vídeos

Para auxiliar nos trabalhos musicais em seu canal do YouTube, Cruz conta com a ajuda do músico Lucas Araújo, que aparece nos vídeos tocando guitarra. "Sem ele o canal não existiria. Ele não é apenas guitarrista, é um multi-instrumentista que entrou de cabeça comigo. É ele quem cria e modifica os arranjos", conta o cantor. Além Araújo, o artista também recebe ajuda do Bruno Marques, responsável pela mixagem das canções.

Cruz também foi convidado para cantar o tema oficial de "Kamen Rider Black" (1987), que seria transmitido na Band, mas por questões de direitos autorais com um dos dubladores, a série foi retirada da grade da emissora, após a exibição dos dois primeiros episódios. Com a gravação, o cantor realizou um sonho de fã. "Também me senti honrado por poder contribuir com essa composição", declara.

A espera acabou para os fãs de Ivete Sangalo. Na madrugada desta sexta-feira (2), a artista lançou em todas as plataformas digitais seu mais novo trabalho. A canção Dura na Queda, composta por Rodrigo e Diogo Melim, também ganhou um videoclipe. Ivete foi responsável por dirigir as filmagens e assinar toda a produção.

Nas redes sociais, a baiana celebrou: "Desde a ideia até a direção, participei e tive o prazer de dividir essas horas lindas de trabalho com grandes profissionais que me permitiram aprender e me divertir, acima de tudo. Espero que curtam esse trabalho que tem um toque a mais da Veveta aqui".

##RECOMENDA##

Em janeiro, dois meses antes da pandemia do novo coronavírus, Ivete Sangalo presenteou seus seguidores com o EP O Mundo Vai. Contendo três singles, o projeto contou com participações especiais do cantor Tom Kray e do humorista Whindersson Nunes.

Confira o clipe Dura na Queda:

 [@#video#@]

O portal LeiaJá e a Rádio Unama FM (105.5) apresentam um novo produto jornalístico, o programa Plurarte, que terá entrevistas com artistas expressivos da música brasileira. Comandado pela cantora Sandra Duailibe, o quadro de estreia será com a cantora e compositora Leila Pinheiro

##RECOMENDA##

O Plurarte estará no ar sempre às sextas-feiras, na Rádio Unama FM, às 13h20, com reapresentação aos sábados, às 10 horas. Também será exibido no Espaço Universitário da TV Unama, na TV RBA, no sábado de manhã. 

Sandra Duailibe nasceu no Maranhão, em São Luís, e desde pequena já ouvia recitais de música, informa o site oficial da cantora. "Passei grande parte da minha vida em Belém do Pará, onde iniciei, aos 5 anos de idade, meus estudos de musicalização, tendo praticado piano clássico até meus 15 anos, no Conservatório Carlos Gomes", diz Sandra.

Em 1982, já tendo concluído a graduação em Odontologia, Sandra passou a morar em Brasília. Em 1996, fundou a Duailibe Tour - agência de viagens e turismo, e depois, abriu lojas de conveniência em dois hotéis de Brasília.

Em 2005, decidiu dedicar-se exclusivamente ao canto. "Desde então, busco levar a você o que acredito possa melhorar o mundo, alegrar as almas, acalmar os corações: música."

Nascida em 16 de outubro de 1960, Leila Pinheiro está em cena desde 1980, ano em que montou o show “Sinal de partida” na sua cidade natal, Belém (PA). Cantora e compositora, a artista está entre os destaques da Música Popular Brasileira.

Leila Pinheiro tem 20 álbuns gravados e três DVDs. Já participou de turnês internacionais e tocou ao lado dos mais renomados músicos da MPB.

Acesse o programa no Youtube por aqui.

 

 

 

 

Dave, participante do reality show britânico "The Great British Bake Off", surpreendeu os jurados ao apresentar um bolo um tanto bizarro. É que o confeiteiro amador é fã da banda de pop punk Blink-182 e, durante a competição, preparou uma receita em homenagem ao ex-guitarrista/vocalista do conjunto, Tom DeLonge.

O resultado, porém, dividiu a opinião do público e dos jurados. Veja:

##RECOMENDA##

Foto: Twitter / @Don_Pepin

De acordo com o site NME, os telespectadores do reality ficaram assustados quando viram o bolo, que tentou reproduzir o rosto de DeLonge, e classificaram o trabalho como "desastroso". A internet, claro, aproveitou a história para criar várias piadas e memes.

DeLonge reagiu ao bolo de forma hilária e compartilhou a foto do resultado estranho no Instagram. "Quando eu era mais novo, e precisava do dinheiro, eu fiz algumas centenas de filmes adultos. Isso parece exatamente como eu na época", escreveu o músico.

 

 Fãs do grupo de k-pop BTS se uniram para ajudar na luta contra as queimadas no Pantanal brasileiro. Eles criaram o projeto Army Helps the Pantanal, que já arrecadou mais de R$ 17 mil.

O fandom quer custear o apoio logístico de combate aos incêndios e financiar a reforma de uma instalação em que os brigadistas serão alocados, além da formação, contratação de mão de obra e a compra de equipamentos de proteção e trabalho.

##RECOMENDA##

O dinheiro arrecadado será direcionado ao Instituto Homem Pantaneiro (IHP), uma organização civil sem fins lucrativos que atua desde 2002 na proteção e conservação do Pantanal, em Corumbá (MS).

 

[@#video#@]

O duo Ctrl+N, criado em 2018 e composto pelos artistas paraenses Nigel Anderson e Haroldo França, lançou o videoclipe de Madame Dagadá, uma das músicas do EP Vrá, lançado no início de 2020. A personagem Madame Dagadá é interpretada pelo performer Gabriel Bacury, também belenense.

##RECOMENDA##

"Madame Dagadá é um manifesto queer, como quase tudo o que a gente faz. No videoclipe, você vê uma pessoa que se sente à vontade com o seu lado feminino, empodera esse lado feminino e afirma esse lado feminino com força", explica Haroldo França. Segundo ele, a personagem Madame Dagadá foi elaborada de forma glamourosa e sensual para falar de liberdade e da possibilidade de ser quem você quiser.

Gabriel Bacury, artista que deu vida à personagem do clipe, se preparou durante meses em conjunto com a dupla, discutindo ideias, escolhendo passos de dança, técnicas corporais e figurinos para atender às expectativas deles e do público. Além disso, o trio também fez diversas atividades para ajudar Gabriel a entrar na personagem, já que era a primeira vez que o dançarino fazia algo desse tipo. "Aprendi muita coisa com eles. Foi uma honra e uma responsabilidade muito grande ser chamado para participar, porque um videoclipe é um reconhecimento e tanto, ainda mais sendo personagem principal. Agora a sensação é de alívio por tudo ter saído lindo. É uma felicidade imensa", diz Gabriel.

Para Nigel Anderson, uma das principais coisas que o Ctrl+N leva em consideração ao escrever e compor músicas é a preocupação em compartilhar o olhar de mundo e as inquietações dos integrantes, trazendo no trabalho o olhar crítico deles, principalmente voltado para o universo LGBTQIA+, que é com o qual eles se identificam e é onde eles estão inseridos. Nigel afirma que a dupla faz música de uma forma leve e com uma sonoridade própria, inspirada nas músicas paraenses, principalmente no technobrega.

"Quando a gente lançou a nossa primeira música, em 2018, o que alimentou muito a nossa vontade de continuar produzindo foi o retorno que a gente teve do público. É uma mistura de gratidão e orgulho por a gente ter tido a coragem de colocar esse projeto para fora. O carinho que vem do público faz a gente ter mais energia e força pra continuar tocando e fazendo o nosso trabalho", conta Nigel.

De acordo com Gabriel, a cultura nortista ainda é menosprezada pelo restante do Brasil, que não a enxerga por puro preconceito. "As pessoas acham que nada de bom vem do Pará e desvalorizam os artistas que vêm desses lugares. Nosso estado tem muita coisa para mostrar, Belém tem um núcleo cultural muito grande e a gente é capaz de muita coisa. Não é questão de pedir para valorizar, mas sim de dar oportunidade e um olhar diferente para enxergar o que está na sua frente", exige o dançarino.

"Espero que a música Madame Dagadá possa inspirar as pessoas a se sentirem mais a vontade consigo mesmas, a acolherem melhor o próximo, a serem mais tolerantes, a se divertirem, a dançarem e a se soltarem. É para isso que a gente está fazendo música", conclui Haroldo. Gabriel diz que é importante cada pessoa descobrir a Madame Dagadá que existe dentro de si. "Madame Dagadá não tem medo de se mostrar, não tem medo de fazer aquilo que ela gosta, não tem medo de nada. A mensagem que queremos passar é: o outro não precisa nos aceitar, mas vai ter que respeitar", reitera Gabriel.

Por Ana Luiza Imbelloni.

[@#galeria#@]

 

 

Por mais de 30 anos, Xuxa Meneghel fez muito fã feliz. Animando baixinhos e altinhos em suas músicas, a apresentadora foi um fenômeno na indústria fonográfica. Participando de uma live, nesta segunda-feira (20), a loira falou um pouco do seu lado cantora, mas sem saudade.

"Eu não suporto me ver cantando. [...] Se eu visse alguém cantando do jeito que tô cantando, eu ia criticar. Eu me critico muito. Eu não gosto. Fico ouvindo as pessoas que conhecem a música falando 'ah, mas você canta bonitinho, você canta bem, não deixa a desejar', mas eu sempre acho que deixo a desejar. Não é uma coisa que eu gosto muito", declarou.

##RECOMENDA##

Promovendo o seu livro Memórias no bate-papo, Xuxa revelou que as canções que mais lhe marcam são os sucessos Lua de Cristal e Tindolelê. "Eu gosto muito dessas duas. Lua de Cristal pela verdade e Tindolelê pela energia boa, que até hoje eu consigo passar [a mensagem], mesmo eu não tendo a voz que tenho", explicou. Em toda sua carreira, Xuxa vendeu mais de 50 milhões de cópias com os discos.

O processo de criatividade durante a pandemia do novo coronavírus vem rendendo bons frutos para os artistas. Muitos desses músicos disponibilizam às sextas-feiras os resultados dos seus trabalhos. Hoje não foi diferente. Cantores nacionais e internacionais já liberaram nas plataformas digitais suas apostas.

Nomes como Anitta e Lady Gaga estão entre os assuntos mais falados do dia, nas redes sociais, com os lançamentos dos singles. O LeiaJá selecionou as principais canções que invadiram e que já estão dominando os serviços de streaming.

##RECOMENDA##

Anitta - Me Gusta (Participação de Cardi B & Myke Towers)

Lady Gaga - 911

Claudia Leitte - Desembaça

Mc Rebecca - Ela Vai Atrás

Gusttavo Lima - De Menina Pra Mulher

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando