Tópicos | Santa Cruz

O início da caminhada de Nei Pandolfo com o Santa Cruz aconteceu neste sábado (5). Antes da sua apresentação no Arruda, o executivo acompanhou o empate do Santa Cruz pela Copa Pernambuco contra o Ypiranga em 2x2, em sua primeira ação. Depois, foi a vez de ser oficializado no cargo e conversar com a imprensa

 “Muito feliz de ter retornado ao Recife. Foi muito bem recepcionado por todos”, celebrou.

##RECOMENDA##

“Eu já passei em todos os setores dentro do futebol. Enfrentar dificuldade no futebol não é nenhuma novidade pra mim. Importante é ter relacionamentos, ser assertivo na escolha dos atletas e buscar o acesso para a série B”, cravou Nei.

O executivo comentou sobre seus relacionamentos com vários clubes do futebol brasileiro e salienta que isso pode ser positivo para a montagem do elenco coral.

“Iniciamos contato com as pessoas que sempre me ajudam. Tenho amigos no Grêmio, no Flamengo e a gente vai buscar atletas disponíveis nesses clubes”, pontuou.

Por fim, Nei ainda comentou sobre o perfil do novo treinador, mas sem dar muitas pistas: “Você tem (treinadores) mais antigos de mercado, mais novos que fizeram bom trabalho. A ideia é um treinador que já conhece a divisão”, finalizou.

 

 

Através das suas redes sociais, nesta sexta-feira (4), o Santa Cruz anunciou Nei Pandolfo como Executivo de Futebol do clube. O novo dirigente assinou contrato até o final da temporada de 2020. Nei Pandolfo, de 58 anos, já trabalhou no Bahia, Sport, Guarani e Criciúma.

 

##RECOMENDA##

Sem atuar desde o dia 27 de julho, quando se lesionou durante a partida do Santa Cruz contra o ABC, na série C, o atacante Pipico se recupera da lesão. Sem calendário para 2019 depois da eliminação do clube na terceira divisão o artilheiro passa férias com sua família no Rio de Janeiro.

Em entrevista ao LeiaJá o jogador garante que já pensa no seu retorno ao clube: “Graças a Deus estou me recuperando bem, fazendo o que posso fazer para voltar 100% em dezembro na reapresentação e poder fazer um ano abençoado e de muitas conquistas”, afirma.

##RECOMENDA##

Apesar de ter recebidos várias propostas, algumas inclusive da série B, o atacante sempre deixou claro seu desejo de permanecer no clube e confessou que tem um objetivo pessoal com a camisa coral como forma de agradecimento.

“Um dos motivos que me fez renovar com o Santa Cruz foi o principal objetivo que eu tenho particularmente em conquistar um título pelo clube que me proporcionou algo espetacular eu tenho fé que 2020 vai ser um ano diferente e de muitas conquistas. Eu espero que o principal objetivo que é o acesso a série B seja cumprido”, salientou Pipico que completou.

“Na minha carreira eu passei por muitos clubes importantes, mas o Santa Cruz está sendo diferentemente para mim, está sendo único. O clube que abriu a porta para mim e eu estou muito feliz em vestir essa camisa e honrar essa camisa como eu estou honrando”, crava.

Pipico é o artilheiro do clube no ano com 16 gols marcados além de tambem ser artilheiro da Copa do Brasil. Foto: Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo

Pipico foi o artilheiro do clube no ano de 2019 com 16 gols, além de também ter sido o segundo atleta da história do Santa a ser artilheiro da Copa do Brasil com cinco gols. O atacante tem conquistado cada vez mais a confiança e o carinho do torcedor coral e já cogita encerrar a carreira no clube.

“Claro que um dia a gente vai ter que encerrar nossa carreira devido a idade. Eu com 34 anos me sinto muito novo porque tenho muito para apresentar jogando. Quem sabe, se o clube quiser, encerrar a carreira no Santa Cruz", finaliza.

No Arruda o momento é de planejamento. A equipe tricolor está de olho na temporada de 2020 e chegou a acordo com Danny Morais para renovação de contrato. Com o anuncio feito nesta segunda-feira (23) nas redes sociais do clube, o defensor chega a sua quinta temporada defendendo as cores da cobra coral.

A temporada de 2019 talvez tenha sido a mais difícil para o atleta. Uma lesão na coxa deixou Danny Morais fora de praticamente toda a série C. O novo contrato vai até o fim de 2020.

##RECOMENDA##

Ao todo Danny tem 133 jogos com o tricolor em cinco temporadas. A primeira passagem foi em 2015, ano em que o jogador ganhou o pernambucano e o acesso à série A. No ano seguinte, a conquista inédita da Copa do Nordeste. Depois Danny partiu para o futebol coreano. O retorno ao Santa Cruz foi em 2018.

[@#video#@]

LeiaJá também

--> Messi volta a ser eleito o melhor do mundo pela Fifa

O Santa Cruz anunciou nesta segunda-feira (16), que concretizou a transferência de Elias Carioca, em caráter definitivo, ao Athletico Paranaense. O atacante foi um dos destaques corais no início da temporada, mas caiu de rendimento ainda no primeiro semestre e amargou o banco de reservas durante a maior parte do ano.

Segundo o clube coral, o Furacão adquiriu o percentual de 80% dos direitos econômicos do atleta, pelo preço total de R$ 1.641.009,82. Só que, desse montante, R$ 741.009,82 dizem respeito ao valor atualizado para quitação do processo CNRD 2018/O/096 movido pelo CAP em face do Santa Cruz Futebol Clube, devido ao não repasse do percentual de 50%, quando da transação do ex atleta André Luis realizada em 2017, conforme constante no termo protocolado junto ao CNRD.

##RECOMENDA##

O Santa esclarece que "a continuidade do processo na CNRD poderia causar diversas penalidades ao clube tais quais multas, impossibilidade de inscrição de novos atletas e suspensão de competições". Ainda, de acordo com o comunicado, o saldo restante, no valor de R$ 900.000 servirá para o pagamento de débitos trabalhistas, acordos judiciais e extrajudiciais, manutenção da folha de atletas e funcionários e investimentos em infraestrutura da sede e do gramado do Arruda.

[@#video#@]

Um movimento de torcedores do Santa Cruz tem crescido e chamado atenção nas redes sociais. A 'Intervenção Popular Coral' é um movimento apartidário que busca modernização do Santa Cruz através da mudança do estatuto do clube. A frente do grupo está Jhonny Guimarães, advogado.

O LeiaJá conversou nesta segunda-feira (16) com Jhonny, um dos nomes fortes do movimento que explicou detalhadamente as intenções e as motivações do grupo.

##RECOMENDA##

"Eu fui advogado de uma das chapas das eleições de 2017 e vi como o processo eleitoral do Santa Cruz é irregular, até em indícios de fraudes, a lista de sócio é turbulenta. Desde então venho me preparando para propor essa reforma do estatuto", disse Jhonny.

A motivação veio depois das eleições de 2017. Jhonny fez parte da equipe de advogados da Chapa Santa Cruz do Povo, liderada por Fábio Melo. Naquela ocasião alguns indícios de fraudes foram flagrados, segundo Jhonny. O numero de sócios é um dos motivos de maiores dúvidas.

“Tem uma ação judicial que eu venci que determina o recadastramento total dos sócios do Santa Cruz. A gente estava se preparando para fazer essa mobilização pela reforma do estatuto e aí teve o episódio do Diogo Melo, primeiro secretário do conselho, que estava pautando a reforma lá dentro e renunciou porque disse que os grandes poderes do clube não tinham interesse em modernizar. Isso foi o estopim”, afirmou.

“Eu vou buscar judicialmente essa lista que o clube está se negando a dar. Os indícios eles são claros, quem esteve lá no dia das eleições viu muita coisa acontecendo, foi muito turbulento, teve torcedor puxando arma e tudo mais. Algumas práticas são suspeitas. Primeira a lista de sócio que a gente identificou mais de 500 nomes falsos, na justiça conseguimos remover. Não temos provas para apontar, ninguém para culpar, mas a gente sabe que a eleição no Santa Cruz no mínimo ela é confusa”, completou.

A ação vencida por Jhonny será executada nesta segunda (16) como ele revelou. A expectativa é que no prazo de 30 dias ela seja efetuada caso o juiz acate o pedido conforme solicitação.

Mesmo tendo feito parte de uma chapa nas eleições de 2017, Jhonny garante que todo movimento pela modernização não tem posição política no clube.

“É uma mobilização popular, sem qualquer vínculo com chapa, com candidato, não somos nem contra a situação e nem a favor, a gente quer uma verdadeira reforma política no clube. Ampliando a participação da torcida no conselho deliberativo. Abrindo voto para todas categorias de torcedor e regularizando as eleições para que sejam o mais transparente possível”, salientou.

“No sábado (14) eu me reuni com cerca de 100 torcedores do Santa Cruz e a gente começou a colher assinaturas e explicando como a gente vai atuar que é: colhendo a assinatura de 1/5 dos sócios do Santa Cruz, convocando a assembleia extraordinária para se votar o novo estatuto. Está bem maior do que a gente imaginava. Tem ponto de coleta, tem motoqueiro para ir buscar. É bom para o Santa Cruz, a gente tem pessoas que apoiam a situação, mas estão conosco nessa luta pela modernização do estatuto”, concluiu.

Em números, Jhonny acredita que cerca de mil assinaturas de sócios de todas as categorias são suficientes para convocar uma nova assembleia para mudança do estatuto. Ele ainda revela confiança na aprovação e na modernização do clube.

Grupo criou pontos de coletas das assinaturas dos socios além de serviço de motoboy. Foto: Divulgação/Intervenção Popular Coral

[@#video#@] 

 

Pipico vai permanecer no Santa Cruz em 2020. Um dos poucos jogadores poupados pela torcida na temporada em que o clube coral não ganhou nada, o camisa 9 entrou em acordo com a diretoria e renovou contrato para defender o tricolor por mais um ano. O anúncio foi feito nas redes sociais do time.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Como era de se esperar, o torcedor do Santa Cruz não está nada satisfeito com a diretoria do clube. Após o fracasso na Série C, os tricolores deram início a uma chuva de críticas nas redes sociais. O presidente Costantino Júnior e o executivo de futebol, Luciano Sorriso, são os mais questionados.

Porém, outro membro da direção vem sendo cobrado com força. Na verdade, sempre que algo vai mal no Arruda o nome dele aparece. Ex jogador do clube, Ataíde Macedo, desde 2010 é coordenador técnico do Santa Cruz.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Contratado na primeira gestão de Antônio Luiz Neto, o dirigente já viveu altos e baixos no Arruda: da Série D ao tricampeonato pernambucano, conquista da Copa do Nordeste e acesso à Série A em 2015, passando por quedas para a segunda e terceira divisão.

Discreto na mídia e longe das redes sociais, Ataíde aparece muito pouco, mas, como sua trajetória indica, foi prestigiado em todas as gestões que passaram pela Tricolor. Procurado pela reportagem do LeiaJá, o dirigente disse que não queria se manifestar sobre a situação.

Mais de uma semana depois da eliminação na série C o executivo de futebol do Santa Cruz Luciano Sorriso falou pela primeira vez nesta segunda-feira e anunciou o desligamento de 10 jogadores acordo por Pipico, além de falar sobre a Copa Pernambuco.

"O clube pensando em dar sequência no calendário de 2019 e no ano administrativo tem procurado deixar os atletas claro das coisas que vem acontecendo, os destratos dia após dia, estão sendo concluídos. Hoje temos 10 destratos com jogadores que vão seguir sua vida: Cesinha, Dudu, Everton, Jailson, Guilherme Queiróz, Misael, William Alves, Daniel Costa e Augusto. Tem atletas desses que o clube está procurando para 2020”, contou.

##RECOMENDA##

Mas além das saídas uma permanência é o que tem preocupado o torcedor coral, mas segundo Sorriso tudo está encaminhado para que Pipico fique: “A permanência dele falta detalhes, eu já iniciei uma conversa com o empresário. A gente fez de tudo para que ele ficasse e ele foi muito solicito ao clube e a renovação falta alguns detalhes para a gente divulgar”, confessou.

Luciano Sorriso ainda falou sobre a utilidade da Copa Pernambuco. O Santa Cruz quer usar a competição para observar jovens jogadores que atuam na base coral.

"A Copa Pernambuco é de suma importância porque a gente não tem calendário no segundo semestre. Vai ser um teste grande. A gente vai focar em atletas 20 a 23 no máximo. Vamos tentar revelar e achar atletas com potencial. Temos um planejamento, a comissão técnica será formada por Paulo Massaro, treinador do sub-23 e auxiliar técnico de Milton Mendes. A preparação física pelo Claudio Romão, Renato treinador de goleiro e Marcos Galgário fisiologista”, finalizou.

A precoce eliminação do Santa Cruz e a permanência na série C do Campeonato Brasileiro deixou irritada a maior parte dos torcedores corais. Mas o alvo dos desabafos não são somente o treinador e os jogadoes. Nas redes sociais, o presidente do clube Constantino Junior, o Tininho, tem sido cobrado por seu silêncio.

Desde a derrota para o Náutico no dia 24 de agosto, Tininho não deu declarações sobre o futuro do tricolor. A torcida cobra algum posicionamento do dirigente que ainda não veio a público falar sobre a eliminação.

##RECOMENDA##

“Vocês não fizeram uma coletiva, não postaram um pedido de desculpas pela humilhação do sábado, nada. Meia dúzia de vidraças quebradas não é comparável ao sentimento de humilhação e decepção que sente o torcedor do Santa Cruz vendo o clube na terceira divisão pela SEXTA VEZ (sic)”, publicou um torcedor no Twiiter.

Já outro fez referência a outros clubes que viveram situação idêntica, mas reagiram de forma diferente. “Presidente do Remo apareceu. Presidente do Botafogo-PB apareceu. Presidente do Santa segue desaparecido. É uma vergonha”, afirmou.

[@#podcast#@]

“Pouco mais de 48h de uma eliminação da série C e a primeira postagem do clube é uma m... de uma nota de repúdio por vandalismo? Essa depredação no clube aconteceu por erro de vocês. Não sabiam que poderia ter protesto? Pq (sic) não reforçaram a segurança? Não acionaram a polícia antes?”, criticou mais um torcedor.

[@#video#@]

O LeiaJá tentou entrar em contato com presidente do Santa Cruz por telefone, mas não obteve resposta. A reportagem também procurou a assessoria do clube que não quis se posicionar. 

 

Valorizado, o goleiro Anderson do Santa Cruz tem despertado interesses de vários clubes inclusive o rival Sport, segundo o presidente do clube Milton Bívar em entrevista a Rádio Jornal. O jogador tem vínculo com Palmeiras até o fim de 2019 e pode assinar um pré-contrato.

Mas parece que a investida do Sport não conquistou o goleiro. Com fortes relações com tricolor do Arruda o destino de Anderson está longe do Recife, mas envolve outro rubro-negro. O próprio Milton confirmou interesse do Athlético-PR, mas deixou tudo em aberto. "Se eles não levarem eu levo", disse.

##RECOMENDA##

As negociações com Athlético-PR devem levar o atleta para o Furacão por empréstimo até o final do seu contrato com Palmeiras, o jogador pertence a equipe paulista até dezembro deste ano, depois disso ele deve assinar em definitivo com a equipe paranaense.

LeiaJá também

--> Goleiro Bruno desperta interesse de time cearense

Após a vitória por 3x1 diante do Santa Cruz, neste sábado (24), nos Aflitos, o Náutico conquistou a liderança do grupo A e chega com moral para a fase de mata-mata da competição. O treinador Gilmar Dal Pozzo comemorou o resultado e garantiu que a equipe chega forte para a próxima fase.

"O grande desafio era consolidar o trabalho e ter identidade própria. Nosso grupo tá muito forte. É uma equipe que toma poucos gols e isso conta muito. Tô feliz, mas ainda tô incomodado. Quero cravar meu nome na história do clube", revelou Gilmar.

##RECOMENDA##

O meia Jean Carlos apresentou confiança ao comentar sobre o golaço que ampliou o placar. "Um das minhas características mais fortes é a finalização. Quando a bola sobrou ali, eu tinha praticamente certeza que ia fazer o gol", afirmou.

Vale lembrar que os alvirrubros enfrentaram a equipe coral já classificados. Entretanto, o Timbu teve ímpeto e tomou as melhores ações da partida. O Náutico aguarda o encerramento da rodada para saber o adversário do Grupo B. Até a publicação desta matéria, o confronto é com o Ypiranga-RS.

O Santa Cruz foi aos Aflitos com a missão de vencer o Náutico, para se credenciar ao mata-mata da Série C, neste sábado (24). Entretanto, a equipe de Milton Mendes jogou mal e não atingiu o objetivo. Diante de um time apático, o Náutico  controlou a partida e venceu por 3x1. Os tricolores deram adeus à competição na 7ª posição.

O JOGO 

##RECOMENDA##

A partida começou pouco movimentada. A equipe coral não conseguiu furar o bloqueio do Náutico. Charles bateu uma falta na entrada da grande área, mas a bola saiu fraca para os braços de Jefferson. O alvirrubro conseguiu abrir o placar após uma cobrança de escanteio. Aos 30 minutos, Diego subiu mais que o zagueiro e balançou as redes de Anderson. O goleiro tricolor já havia operado um milagre no cabeceio que originou a bola parada. Antes da ida aos vestiários, Jean Carlos deu uma bela batida e acertou o ângulo direito da meta tricolor. Com o golaço, o timbu ampliou o placar: 2 x 0.

[@#galeria#@]

Anderson salvou o Santa Cruz mais uma vez, após a tentativa de gol olímpico de Jean Carlos. O alvirrubro teve mais volume de jogo e quase fez mais um gol com Rafael Ribeiro. Em um escanteio, Jiménez desviou, mas o companheiro chutou por cima da meta.

Liderança e festa da torcida alvirrubra que aguarda o encerramento da rodada para saber quem enfrentará no mata-mata. Até a publicação desta matéria, a equipe busca a classificação para a Série B diante do Ypiranga-RS. Já o Santa Cruz encerrou a participação na competição na sétima colocação.

FICHA DO JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série C

Local: Aflitos (Recife)

Santa Cruz: Anderson; Cesinha (Warley), João Victor, Vitão e Victor; Charles, Everton e Daniel Costa (Guilherme Queiroz); Augusto (Celsinho), Dudu e Elias Carioca. Técnico: Milton Mendes

Gols: Diego, Jean Carlos e Jhonnatan (NÁU); Dudu (SAN)

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e João Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Cartões amarelos: Charles (SAN);

Público: 11.689

Renda: 218.389

O último treino do Santa Cruz antes do confronto decisivo contra o Náutico aconteceu na manhã desta sexta-feira (23). Após a atividade, Milton Mendes falou com a imprensa e demonstrou está preocupado em transformarem a partida em uma "guerra".

A preocupação veio após uma fala do próprio Milton Mendes na quinta-feira (22). Na ocasião ele afirmou ao Globo Esporte que sua memória em relação a casa do Náutico era a "Batalha dos Aflitos".

##RECOMENDA##

"Sou responsável pelo o que eu falo, mas não pela interpretação das pessoas. Quando elas têm maldade, mudam tudo. Minha intenção foi amigável. A Batalha dos Aflitos foi um acontecimento de repercussão, que o mundo todo viu. Eu não fiz nada de errado", declarou.

O treinador também comentou sobre o atual momento da equipe: "Nos jogos que vencemos na minha chegada, sempre foi mais na transpiração. Depois, aconteceu um período a queda normal dentro de uma mudança de trabalho. Agora, estamos crescendo novamente. Se classificarmos, vamos entrar muito fortes no mata-mata", afirmou.

Sobre a escalação Milton já deu indícios durante a semana que deve manter a equipe que venceu o Globo-RN. A única mudança é a volta de Dudu no lugar de Jaílson.

"Nós vamos jogar para vencer, é uma equipe totalmente ofensiva. Sabemos que o Náutico tem um excelente time, um excelente treinador. Já estão tranquilos com a classificação. E nós temos a obrigação de conseguir a vitória", cravou.

Por fim, Milton Mendes ainda fez uma confissão quando questionado onde gostaria de mandar jogos caso O Tricolor do Arruda avance de fase: "Arena", afirmou.

LeiaJá também

--> Atletas do mundo inteiro se posicionam sobre incêndios 

--> Vídeo: dono de bar despeja garrafas do uísque de Conor

A declaração do presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro de Carvalho, de que torceria pela vitória do Santa Cruz no clássico contra o Náutico não parecer ter conquistado o treinador tricolor Milton Mendes. Em entrevista nesta quinta-feira (22) ao Globo Esporte, Milton comentou posição de Evandro.

"O presidente da Federação disse que ia torcer por nós. Mas não nos identificamos com esse tipo de torcedor, que torce por interesses próprios. Nosso torcedor é quem nos acompanha sempre, que está no Arruda e vai nos ajudar nos Aflitos", afirmou Milton.

##RECOMENDA##

Sem perder nenhum clássico na temporada, a equipe Coral deve entrar em campo no próximo sábado (24) contra o Náutico nos Aflitos basicamente com a mesma equipe que venceu o Globo-RN. A única mudança deve ser a volta de Dudu, que esteve suspenso. O Santa Cruz deve entrar com a seguinte equipe: Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Charles, Everton e Daniel Costa; Dudu, Augusto e Elias.

A principal definição de folclore, no dicionário é a seguinte: “conjunto de costumes, lendas, provérbios, manifestações artísticas em geral, preservado por um povo ou grupo populacional, por meio da tradição oral; populário.” Há, porém, um outro significado para o termo: “aspecto ou característica pitoresca ou antiquada”.

Esse conceito, já há um certo tempo, vem sendo usado no futebol. Quando um atleta é chegado a brincadeiras ou tem atitudes pouco comuns, ele é taxado de “folclórico”. E, em Pernambuco, já tivemos muitos desse tipo. Aproveitando que nessa quinta-feira (22), é comemorado o Dia do Folclore, o LeiaJá preparou uma lista para lembrar desses craques inusitados.

##RECOMENDA##

Jacozinho

Givaldo Santos Vasconcelos, o Jacozinho, chegou ao Santa Cruz em 1985, vindo do CSA. Naquele mesmo ano, ainda pelo clube alagoano, no amistoso que marcou a volta de Zico ao Flamengo, no Maracanã, viveu seu auge ao receber um lançamento de Maradona e marcar um dos gol da partida. Em Pernambuco, não rendeu muito, mas foi tratado como astro quando chegou aqui.

 

Carlinhos Bala

O homem que não tinha papas na língua. Falava tanto, tanto, que falou até com Deus, antes da final da Copa do Brasil de 2008 entre Sport x Corinthians, quando, segundo ele, o todo poderoso lhe garantiu que o título seria do Leão. Foi Campeão pelo Santa Também. Jogou ainda no América. O Rei de Pernambuco. Quase um Simba.

 

Rosembrick

Parça de Carlinhos Bala, Roze (para os íntimos) não teve tanta sorte na carreira, e sempre será lembrado como um talento desperdiçado. Com a bola nos pés, entortava os adversário e gostava de bagunça dentro e fora do campo.

 

Brasão

O homem ganhou até um "Brasão Facts", inspirado no meme criado originalmente para Chuck Norris. Não levantou um título com camisa do Santa Cruz, mas fez alguns gols e muita munganga que lhe rendeu fama a nível nacional.

 

Flávio Caça-Rato

O CR7, o mito. Seja pela cor do cabelo ou pelos gols. Marcou em finais e fez o gol que tirou o Santa da Série C de 2013. Que tricolor nunca gritou "AH, é Caça-rato" nas arquibancadas do Arruda?

 

Neto Baiano

Não há torcedor tricolor ou alvirrubro que não deteste Neto Baiano. O homem "frescou" muito por aqui. Foi campeão Pernambucano, da Copa do Nordeste, subiu para Série A com o Sport e ainda correu atrás de Lisca Doido. Um herói para os rubro-negros.

 

Jessuí "Chuteira Fone"

Esse rodou. Jogou em 30 times, sendo sete em Pernambuco: Serrano, Araripina, Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada, Timbaúba e Chã Grande. Como marca registrada, fazia a chuteira de telefone, sempre que marcava um gol. Uma atitude pouco higiênica, mas pra lá de original. 

 

Túlio Maravilha

O 'Marailha', que virou 'Mararruda' uma semana depois, quando deu um drible no Sport e assinou com o Santa Cruz. Com a camisa coral não fez nada. Só ficou marcado em Pernambuco, por causa dessa palhaçada mesmo.

 

Náutico e Santa Cruz duelam pela quinta vez na temporada 2019. São três empates e uma vitória do Santa Cruz. O confronto do sábado (24) é valido pela última rodada da primeira fase da série C. O Náutico entra em campo sem maiores pretensões e com a classificação garantida, para o Santa Cruz só a vitória interessa. A partida será nos Aflitos e começa ás 17h.

Já classificado, o Náutico pode até poupar jogadores. Alguns torcedores acreditam que a equipe da Rosa e Silva pode facilitar a vida da Cobra Coral. O LeiaJá foi até as ruas do Recife para ouvir as opiniões dos torcedores de Náutico, Santa Cruz e Sport. Tem acordo?

##RECOMENDA##

Confira: 

[@#video#@]

Antes da vitória do Santa Cruz contra o Globo neste domingo (18) na Arena de Pernambuco cerca de 200 pessoas vestidas com camisas da equipe coral pularam catraca do metrô da estação Recife. O vídeo tem viralizado nas redes sociais. A CBTU e a PMPE se pronunciaram por meio de nota.

Nas imagens é possível ver que além de pular e passar por baixo, alguns quebraram parte de duas catracas. Nenhum segurança é visto na imagem.

##RECOMENDA##

O LeiaJá entrou em contato com a CBTU, que confirmou o acontecido através de uma nota, mas afirmou que não tem "quantitativo de segurança para atuar em casos como esse". Ainda na nota ela afirma que a responsabilidade da segurança nesse caso é da Polícia Militar, o que segundo a companhia não aconteceu.

Através da sua assessoria a polícia militar afirmou que a segurança da parte interna do metrô é de responsabilidade da CBTU. Segundo a nota enviada ao LeiaJá, cerca de 274 policiais militares foram destacados para a partida.

Nota da CBTU:

A CBTU Recife informa que por volta das 15h30 deste domingo, 16, cerca de duzentas pessoas, a grande maioria com camisas do Santa Cruz, pularam as catracas da Estação Central do Recife. Geralmente em dias de jogos na Arena Pernambuco,  grupos de torcedores são acompanhados pela Polícia Militar, o que não ocorreu no dia de hoje. A CBTU Recife não conta com quantitativo de seguranças para atuar em casos como esse, em função da indisponibilidade de recursos, por isso em dia de eventos com grande quantidade de público sempre solicita apoio dos órgãos de segurança do Estado. As imagens do circuito interno serão encaminharas para Secretaria de Defesa Social.

Nota da PMPE:

Polícia Militar informa que a segurança na área interna das estações de metrô é de competência da CBTU e que mantém o policiamento ostensivo no entorno das estações,  sendo esse policiamento reforçado em dias de jogos.

A Companhia busca caminhos para possibilitar a atuação da PM na área interna das estações de metrô, mesmo sendo jurisdição Federal.

Ratificamos que na área interna e externa dos estádios de futebol o policiamento é mantido através de Guarnições Táticas que realizam o patrulhamento motorizado e a pé.

Especificamente para a partida entre Santa Cruz x Globo, realizada hoje (18), na Arena Pernambuco, foram lançados 274 policiais militares, além de contar com o apoio das unidades especializadas, antes, durante e após a partida de futebol.

[@#video#@]

 

Com gols de Elias e Charles, o Santa Cruz fez o dever de casa neste domingo (18) e venceu o Globo por 2×1, na Arena. O time coral entrou de vez na briga pela classificação e tudo será decidido na última rodada, no clássico diante do Náutico.

Com os resultados da rodada ajudando, a torcida iniciou o jogo empurrando muito o Santa Cruz. E o tricolor correspondeu. Marcação alta e muita velocidade na hora de atacar. O primeiro gol saiu cedo.

##RECOMENDA##

Logo aos 16 minutos, lindo lançamento de Everton para Augusto, o atacante fez jogada individual e cruzou rasteiro, Elias, que entrou de centroavante, apareceu de carrinho e abriu o placar.

Depois do gol o Santa seguiu no ataque, mas errou muito nas tentativas individuais. Milton Mendes resolveu mexer. Kadu foi acionado na vaga de Jaílson.

O Mais Querido ainda teve um gol anulado. Augusto, novamente fazendo ótima jogada, deixou Elias na cara do gol, ele acertou o alvo, mas o bandeira já marcava impedimento.

A etapa final foi daquele jeito que a torcida coral conhece bem: no sofrimento. O Globo, lutando pra não cair, foi pra cima. Em certos momentos, encurralou o Santa no campo de defesa. Ficaram reclamando de pênalti em dois lances.

O alívio veio aos 40 minutos. Warley trouxe a bola pela direita e bateu cruzado, a zaga não afastou e Charles apareceu chutando de esquerda para fazer 2×0.

Mas a tensão voltou a tomar conta da Arena. Aos 47, o time adversário diminuiu, mas não deu tempo para mais nada. Vitória coral e festa da torcida.

Da assessoria

LeiaJá também

--> Daniel Alves estreia com gol e dá vitória ao São Paulo

Após a vitória por 1x0 diante do Botafogo-PB, neste sábado (17), no Almeidão, João Pessoa, o técnico Gilmar Dal Pozzo comemorou a classificação para as quartas de finais da Série C e exaltou a entrega dos atletas. Sobre o Clássico das Emoções, marcado para o próximo sábado (24), o treinador garantiu que não vai proporcionar vida fácil aos tricolores.

Para o treinador, as ações defensivas garantiram o bom desempenho de toda equipe. "Dominamos e não deixamos o Botafogo jogar. Eles só tiveram uma chance clara no final", comentou Dal Pozzo em relação a boa atuação do sistema defensivo e o controle da partida.

##RECOMENDA##

Em relação a escalação de Álvaro, Gilmar relatou que Jean Carlos -cotado para iniciar a partida na posição- se lesionou durante a semana. "Ele tá trabalhando bastante. Ele tem muita força, tem a velocidade, finaliza bem. Com certeza é um jogador que ainda vai nos ajudar", elogiou ao citar o jogador que marcou o gol da classificação.

Mesmo sem a obrigação de vencer, a torcida não quer facilitar para o Santa Cruz, adversário da próxima rodada. Sobre a possível "ajudinha" aos conterrâneos, ele comentou: "Nosso trabalho é muito intenso, quero descansar para voltar muito forte semana que vem. Meu trabalho é muito sério e a gente vai forte para os próximos jogos".

Sobre a evolução da equipe com sua chegada e a continuidade da competição, apontou: "Hoje temos uma identidade e uma maneira de jogar. Em outros jogos, mesmo perdendo, a gente criou no mínimo cinco ou seis oportunidades. O Náutico vem muito forte em questão de criatividade”.

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando