Tópicos | Santa Cruz

A pouco mais de um mês da estreia oficial em 2024 – 7 de janeiro, contra o Altos, pela pré-Copa do Nordeste –, o Santa Cruz segue reforçando seu elenco visando a próxima temporada. O clube oficializou nesta quarta-feira (6) a contratação do atacante Pedro Bortoluzo, ex-Portuguesa.

Aos 27 anos, Pedro é o 11° reforço da Cobra Coral para o ano que vem. Antes dele, o clube já havia confirmado as chegadas do goleiro André Luiz, dos laterais-direitos Toty e Wellisson, do lateral-esquerdo João Victor, dos volantes Lucas Bessa e Caio Mello, do meia João Pedro, e dos atacantes Matheus Maias, Tiaguinho e Willie Barbosa.

##RECOMENDA##

Pedro Bortoluzo foi revelado nas categorias de base do São Paulo e fez a maioria de sua carreira no estado. Por lá, passou também por Guarani e Votaporanguense, além da Lusa. Em Santa Catarina, defendeu o Criciúma, por empréstimo, no ano de 2019.

Além desses clubes, o atacante também conta com passagens pelo futebol do exterior. Na temporada 2020/2021, atuou pelo Oliveirense-POR, enquanto em 2022 foi jogador do Hougang United-SIN.

Visando a decisão pelo pré-Nordestão, o Santa Cruz já iniciou sua pré-temporada desde a última segunda-feira (4). Além da chance de ir à fase de grupos da Copa do Nordeste, a equipe comandada por Itamar Schülle tem o Campeonato Pernambucano em seu calendário.

O Santa Cruz anunciou, por meio de suas redes sociais, nesta quarta-feira (6), a contratação do lateral direito Welisson. O atleta de 24 anos é cria da base do Vitória e chega para reforçar a ala direita da Cobra Coral para a temporada 2024.

Welisson, formado pelo Leão da Barra, mas dispensado em 2021, teve passagens por Remo (empréstimo), Bahia de Feira, Figueirense e Concórdia, seu último clube. Por lá, disputou 12 jogos da Copa Santa Catarina, que aconteceu no segundo semestre de 2023.

##RECOMENDA##

O atleta ainda jogou o Campeonato Catarinense pelo Figueirense. Foram sete partidas, sendo três como titular. O mais novo reforço Coral, inicialmente deve ser reserva e disputar a posição com Toty, que chegou ao Santa Cruz com status de titular.

Em sua segunda passagem pelo Santa Cruz – defendeu a Cobra Coral em 2020 –, o lateral-direito Toty destacou a importância do Campeonato Pernambucano para o Tricolor. Em 2024, esta será a única competição a ser disputada pela equipe das três cores, caso não consiga classificação à fase de grupos da Copa do Nordeste – está na Pré-eliminatória e o primeiro jogo será contra o Altos-PI, longe do Recife.

Toty foi um dos pilares da equipe de 2020, que terminou com o vice-campeonato após ser derrotada pelo Salgueiro, na disputa de pênaltis. Por isso, destacou a importância do Santa fazer uma boa campanha no Estadual, que terá início nas primeiras semanas de fevereiro.

##RECOMENDA##

"O Pernambucano vai ser uma Copa do Mundo. Um torneio de tiro curto. Temos o objetivo de fazer o nosso melhor nas partidas e conquistar o campeonato, que tem um peso muito grande", disse Toty.

[@#video#@]

Vale lembrar que em 2020, o Mais Querido era comandado por Itamar Schülle, que retornou ao Arruda nesta temporada. Toty falou, portanto, da experiência de poder trabalhar mais uma vez com o técnico.

"É um treinador que nosso pensamento para futebol bate muito, de não olhar para as dificuldades e problemas. Para onde vai ele me liga, minha vinda ao Santa também passa por ele. A gente quer vencer e lutar juntos", iniciou.

"Vir para o Santa Cruz é uma retomada de esperança e gratidão por tudo que fizeram por mim, a oportunidade que me deram em 2020. Foram momentos de alegrias e algumas tristezas naquele ano. Este ano (2023), em meio a um cenário bem difícil, eu quero estar aqui. Quero fazer parte de um recomeço", concluiu.  

Ressurgir ou não ressurgir? Eis a questão. Se William Shakespeare indagaria, no caso do Santa Cruz, não há opção. Buscando ter calendário durante toda a temporada e voltar a destilar seu veneno nos gramados de Pernambuco, a Cobra Coral iniciou nesta segunda-feira (4 ), no Arruda, a pré-temporada visando o ano de 2024, que tende a ser decisivo para o torcedor das três cores.

Ao todo, 21 atletas estiveram presentes para o treinamento comandado por Itamar Schülle (veja lista completa abaixo). Pelas eliminações na Série D do Brasileiro e no Campeonato Pernambucano, o Mais Querido disputa apenas o Estadual e a Pré-Copa do Nordeste na próxima temporada.

O porta-voz do Tricolor na reapresentação foi o Executivo Francisco Sales, que falou sobre as contratações - até o momento, nove no total - e da montagem de elenco para um ano tão importante para a instituição.

"A gente sabe que o número de atletas ainda não é o ideal, mas com o término da Série B, equipes da Série B, da Série C e também existem alguns estaduais, como (Campeonato) Paulista, que é a preferência dos atletas. Então, o mercado está se movimentando. Sabemos que ainda precisamos reforçar o elenco, porém temos que ter critério, e é isso que a gente tem prezado bastante", iniciou Sales, antes de explicar o processo das negociações.

"Não vamos preencher as vagas por preencher. A gente tem uma série de filtros, desde ligar para o último clube onde o atleta passou, saber como é o dia a dia do atleta, até mesmo saber o patamar salarial. Então a gente faz esse filtro em todos os atletas, não abrimos mão disso", adicionou.

Ainda com o elenco se montando, Sales falou também da movimentação do Santa Cruz no mercado. "Estamos com negociações avançadas e em andamento e esperando respostas de alguns jogadores. Não podemos agir como desespero, mas sabemos que no próximo dia 7 já temos uma 'final'. Então vamos acelerar o processo, mas mantendo os critérios", destacou.

O Santa Cruz retorna aos gramados no dia 7 de janeiro, quando visita o Altos-PI, pela primeira eliminatória da Copa do Nordeste. Quem vencer garante vaga na próxima fase, enquanto o empate leva a decisão do classificado para os pênaltis.

Atletas presentes na reapresentação coral:

Goleiros: André Luiz, Rokenedy

Laterais direito: Toty, Hernandes

Laterais esquerdo: Bernardo Hann, João Victor

Zagueiros: Ruan, Ítalo Melo e Cristiano

Meias: Lucas Bessa, Eduardo, Felipe Cardoso, Carlos, Caio Mello, João Vitor, David Miguel, João Pedro

Atacantes: Matheus Matias, Willie, Gabriel Cardoso, Eduardo Santos, Thiaguinho

As atividades no Arruda voltaram, passados 134 dias da eliminação no Campeonato Brasileiro Série D, a pré-temporada do Santa Cruz começa nesta segunda-feira (4). Itamar Schüle, o novo treinador Coral, começa a preparação do time visando o ano de 2024, quando o clube terá Pré Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano

A próxima temporada do Santa Cruz será de desafios, o Mais Querido teve uma reformulação total do elenco. Foram nove contratações até o momento e a integração de atletas da base ao time profissional

##RECOMENDA##

Para chegar com o time voando no próximo ano, a Cobra Coral já montou seu calendário de confrontos válidos pela pré-temporada. Todas as partidas vão acontecer em dezembro de 2023, no dia 16 o clube enfrenta o Serra Branca, em Campina Grande, às 16 horas no estádio Amigão. 

Já no dia 23, será um jogo-treino contra o time que vai representar o Santa Cruz na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o confronto acontece no CT Ninho das Cobras. Para fechar a preparação, o Tricolor joga contra o Treze, no dia 30 em Campina Grande. O duelo acontece pela tarde, às 16 horas no Estádio Amigão. 

O primeiro jogo do time em 2024 é no dia 7 de janeiro, pelo Pré-Nordestão, quando enfrentará o Altos, no Piauí. Se o Tricolor vencer esse duelo, ainda terá outro jogo para garantir uma vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste. 

O pontapé inicial do Santa Cruz no estadual, vai acontecer no dia 10 janeiro, por causa do calendário do Pré-Nordestão. A FPF ainda não divulgou a tabela de 2024 do Campeonato Pernambucano. 

Ainda na tarde desta segunda-feira (4), o Gerente de Futebol do time, Francisco Sales, concedeu entrevista falando sobre a pré-temporada do Santa Cruz.  

O Santa Cruz teve uma quinta-feira (30) movimentada, foram três novos reforços anunciados. Chegam João Pedro, Caio Mello e Willie. Com isso o Tricolor já tem elenco suficiente para começar a pré-temporada na próxima segunda-feira(4). 

São nove contratações até o momento no Arruda, Toty, João Victor, Lucas Bessa, Matheus Matias, André Luiz, Thiaguinho, João Pedro, Caio Mello e Willie. Além deles, 11 jogadores das categorias de base passam a integrar o elenco profissional do Santa Cruz

##RECOMENDA##

O meia João Pedro, de 25 anos, chega por empréstimo junto ao Vila Nova até o fim do Campeonato Pernambucano de 2024. O atleta jogou em 2023 por Aparecidense e Paysandu, tendo 15 partidas ao longo da temporada e não marcou e nem deu assistência. 

Caio Mello, volante, de 23 anos, chega até o fim do estadual do próximo ano. O atleta foi formado pelo Bahia, mas não conseguiu se firmar no seu clube formador. Nesta temporada, jogou pelo Uberlândia e pela Luverdense, somando 30 aparições e 1 gol marcado. 

O experiente atacante Willie, tem 30 anos e chega até o fim da temporada 2024. Com bastante rodagem, inclusive pelo futebol internacional, o atleta tem passagens por Vitória, Vasco, Atlético-GO, CRB e outros times do Brasil. Fora do país, viveu boa fase pelo Strongest da Bolívia. Foram dois anos pelo time e 27 gols marcados em 57 jogos. 

Em 2022 Willie jogou pelo Jorge Wilstermann, também da Bolívia, marcando quatro gols em 17 partidas. Já seu último clube foi o romeno, UTA arad, foram 11 jogos e nenhum gol. O atleta pode atuar como meia ofensivo e como ponta esquerda, ele e o recém chegado Thiaguinho devem ocupar as pontas do Santa Cruz. 

O Santa Cruz estreia em 2024, no dia 7 de janeiro pela Pré Copa do Nordeste, em duelo contra o Altos, no Piauí. 

[@#video#@]

Desejo antigo do Santa Cruz, Thiaguinho foi anunciado oficialmente pelo clube nesta quinta-feira (30).  O tricolor tentou contar com o jogador nas duas últimas temporadas, mas só conseguiu fechar contrato agora. O atacante chega com contrato até o fim do Campeonato Pernambucano de 2024

Tendo passagens por Remo, Vitória e Jacuipense, Thiaguinho, de 25 anos, pode atuar tanto na ponta direita, quanto na esquerda. Pela Jacuipense-BA, o atacante disputou 25 partidas em 2023, quando fez cinco gols e deu duas assistências. 

##RECOMENDA##

Thiaguinho deve ser uma das peças principais do ataque tricolor para 2024, quando o Santa Cruz disputará o Campeonato Pernambucano e a Pré Copa do Nordeste. O primeiro jogo do Mais Querido acontece no dia 7 de janeiro, no Piauí contra o Altos, em duelo válido pelo Pré-Nordestão. 

[@#video#@]

O Santa Cruz anunciou, nesta quarta-feira (29), sua quarta e quinta contratações visando a temporada de 2024. O tricolor oficializou a chegada do atacante Matheus Matias e do goleiro André Luiz, ambos com contrato até o fim do Campeonato Pernambucano do próximo ano. 

André Luiz, goleiro de 27 anos, vem de boa passagem pelo Cascavel e já chega com status de titular no Santa Cruz e vai ser o paredão tricolor em 2024. O atleta também jogou pelo Operário em 2023, mas disputou apenas dois jogos. 

##RECOMENDA##

O centroavante Matheus Matias de 25 anos, tem passagens por Corinthians, Ponte Preta e mais recentemente pelo ASA. O atleta surgiu no ABC, onde teve as primeiras oportunidades com o comandante Coral Itamar Schülle. 

O atleta que vem a pedido do treinador Tricolor, não fez grandes passagens por seus dois antigos clubes. Pelo ASA, Matias disputou apenas uma partida saindo do banco de reservas e não marcou. Antes do time sergipano, havia jogado na 3ª divisão do futebol coreano e também não marcou gols, após quatro partidas. 

[@#video#@]

A Sigla SAF (Sociedade Anônima de Futebol) já está na ponta da língua dos torcedores do Santa Cruz há mais de um ano e meio. De lá para cá, no entanto, o esbouço não saiu do papel. Questionado sobre a implantação do Clube-Empresa no Arruda, o recém-empossado presidente Bruno Rodrigues foi enfático ao dizer que a tendência é acelerar o processo nos próximos meses.

“A SAF é uma realidade para nós. É uma prioridade para a gente. Eu já coloquei em alguns momentos, e a SAF deverá ser feita num momento oportuno. Mas para nós é uma prioridade, até pelo momento em que o Santa Cruz se encontra”, destacou Rodrigues durante a coletiva de apresentação do treinador Itamar Schülle.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

A expectativa pela SAF no Arruda já se arrasta desde março do ano passado, quando representantes do Azuriz, do jogador Marcelo, chegaram a visitar o CT Ninho das Cobras. Eles também assistiram ao jogo entre Náutico e Santa, na Arena de Pernambuco, pelo Estadual. Mas não passou daí.

Neste ano, o então presidente Antônio Luiz Neto revelou que investidores ingleses teriam interesse na aquisição do Mais Querido. Até agora, as partes não chegaram a um denominador comum e o negócio estagnou. 

A Lei 14.193/2021, inclusive, completou dois anos em agosto e é mais do que uma realidade no futebol brasileiro. Nesse período, o Brasil já tem dezenas SAFs criadas para as diversas divisões. Os casos mais relevantes ficam por conta de Bahia, Botafogo, Cruzeiro e Vasco, que vêm tendo certo sucesso.

 

O Santa Cruz anunciou, na tarde desta terça-feira (28), que 11 atletas da base serão incorporados ao elenco principal. O Tricolor ainda está formando seu corpo de jogadores para 2024, foram três contratações até o momento, os laterais Toty e João Victor, além do meia Lucas Bessa. 

Dos 11 jogadores que sobem do Sub-20 para o profissional estão: o goleiro Thiago de 20 anos; os zagueiros Ruan Robert (20), Cristiano (20) e Bernardo Hann (19); além do lateral direito Hernandes (18). Também sobe o volante Eduardo Ferraz (20); os meias João Victor (17), Felipe Cardoso (20) e David Miguel (17); e os atacantes Eduardo Santos (19) e Gabriel Cardoso (20).

##RECOMENDA##

O Mais Querido está ativo no mercado em busca de formar seu elenco e mais jogadores devem ser anunciados em breve. 

[@#video#@]

Carisma e simpatia são algumas das principais virtudes de Itamar Schülle, apresentado nesta segunda-feira (27) como novo técnico do Santa Cruz para a temporada de 2024. Apelidado carinhosamente pela torcida de "Tio Chico", icônico personagem do programa de televisão Família Addams, ele falou sobre a relação sadia que tem com o torcedor coral, desde sua primeira passagem, em 2020.

"Aqui no Recife, ninguém me chama pelo nome. Tem uma padaria lá em Boa Viagem (bairro na Zona Sul do Recife) que toda vez que eu entro a moça lá grita 'Chegou Tio Chico'. Ficava todo mundo olhando para mim. Uma coisa que não tem como. Então, recebi com tranquilidade (o apelido), sem problemas. O importante é ter essa recíproca de carinho e, para mim, é uma honra estar aqui (no Santa)", disse.

##RECOMENDA##

Itamar também revelou que descobriu o "codinome" graças a Guto Ferreira, ex-Sport, quando os dois faziam um curso de especialização na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Mas precisou recorrer à filha para entender de quem, de fato, se tratava.

"O apelido veio na minha primeira passagem aqui no Arruda. Quando eu estava num curso da CBF, o Guto Ferreira [treinador de futebol] estava comigo e eu tinha acertado Santa Cruz. Então, ele me mandou uma foto de um jornal em que alguém havia colocado o apelido 'tio Chico'. Eu não vejo seriado, não sabia nem quem era e a minha que veio filha me contar em casa", destacou.

O presidente do Santa Cruz , Bruno Rodrigues, também entrou na brincadeira. "O que me deixa feliz e alegre é que, inicialmente, a gente fez uma relação de cinco nomes. Mas nossa prioridade, número, como ele gosta de falar era o 'Tio Chico'", falou.

[@#video]

A 40 dias da estreia oficial, o Santa Cruz apresentou de maneira oficial seu novo comandante para a temporada 2024. Nem tão "novo" assim, aliás. Após passagem pelo Arruda em 2020, Itamar Schülle retorna à Beberibe com o desafio de recolocar a Cobra Coral no seu passado de glórias. No ano que vem, o Santa só disputará o Campeonato Pernambucano e a pré-Copa do Nordeste.

“Resolvi voltar para o Santa por tudo que o clube representa. Uma equipe grande, independente de calendário, de camisa pesada. Estar no Santa Cruz é ter a responsabilidade. Todos estão aqui ciente dos nosso desafio, o Bruno (Rodrigues, presidente), o Sales (Francisco, dirigente). Vamos fazer de tudo para colocar o Santa onde ele nunca deveria ter saído”, frisou Itamar.  

##RECOMENDA##

[@#video#@]

O primeiro compromisso do Mais Querido no ano está marcado para o dia 7 de janeiro, contra o Altos-PI, válido pela pré-Copa do Nordeste. Em formato de mata-mata, no qual quem vencer se classifica e o empate leva a decisão às cobranças de pênalti, a partida será realizada com mando da equipe piauiense.

Recém-chegado, Itamar admite que a confronto. “Um jogo bastante importante. Vamos buscar os resultados que necessitamos. O Santa Cruz precisa e o torcedor merece buscar calendário próximo ano e preparar mais rápido possível primeiro jogo pré-Copa do Nordeste. A expectativa é trabalhar forte durante a semana para fazer um grande jogo”, destacou.

Além de Itamar, estiveram na coletiva de apresentação o presidente Bruno Rodrigues, eleito no último dia 12, e o executivo de futebol Francisco Sales.

O currículo de Itamar

Além do Santa, Itamar já defendeu diversos clubes do futebol brasileiro. Botafogo-PB, Caxias-RS, Chapecoense, Criciúma, Cuiabá, Paysandu, Operário, Santo André e Vila Nova são alguns dos principais. Seu último time foi o Concórdia-SC, neste ano, mas chegou a fechar com o Azuriz-PR nos últimos meses e rescindiu contrato para retornar à Cobra Coral.

Itamar Schülle empilha no currículo quatro títulos de Estadual. Foram eles: um Campeonato Paranaense (em 2015, pelo Operário), um Paraibano (2017, pelo Botafogo) e dois Mato-grossenses (2018 e 2019, pelo Cuiabá). O Santa não vence o Pernambucano desde 2016.

O Santa Cruz, por meio das suas redes sociais, nesta sexta-feira (24) anunciou o lateral esquerdo João Victor. O jogador de 29 anos chega com contrato até o fim do Campeonato Pernambucano de 2024. Essa é mais uma contratação visando a temporada 2024 do Tricolor, que vem acelerando a montagem do elenco.  

O atleta recém contratado, tem passagens pelo Sampaio Corrêa e pelo Retrô recentemente, agora em 2023. Pelo clube pernambucano, o jogador disputou 21 partidas. 

##RECOMENDA##

João Victor é a segunda contratação de atletas para 2024 , se unindo ao lateral-direito Toty, anunciado nesta quinta. Além deles, o clube também já anunciou o treinador Itamar Schülle, o preparador físico Edvaldo Tacão e o executivo de futebol Francisco Sales.

[@#video#@]

O Santa Cruz de 2024 vai ganhando, além de corpo, nomes. Até aqui, o técnico Itamar Schülle já foi oficializado e desembarca no Recife ainda nesta semana - a tendência é que ele seja apresentado de maneira oficial na próxima segunda-feira (27), no Arruda. O primeiro compromisso do Mais Querido na temporada será diante do Altos-PI, pela pré-Copa do Nordeste, no dia 7 de janeiro.

Além de Itamar, o clube também confirmou a chegada do preparador físico Edvaldo Tacão. O novo profissional coral tem vasta experiência no futebol pernambucano, com anos de trabalho no rival, o Sport, clube no qual ficou por 21 anos. Na Ilha do Retiro, faturou títulos como o do Campeonato Pernambucano, da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste.

##RECOMENDA##

O primeiro a chegar foi Francisco Sales, ex-analista de desempenho do clube, que assumiu o cargo de dirigente de futebol. Junto a ele, a Cobra Coral oficializou nesta quinta-feira sua primeira contratação para 2024: o retorno do lateral-direito Toty, de 32 anos.

[@#video#@]

Segundo Sales, a tendência é que o grupo seja enxuto para que o clube possa arcar com a folha de pagamento. “Eu tive hoje a informação que a gente tem três atletas (da base) que já participaram de jogos profissionais. Então, a gente vai precisar contratar realmente esses 20 atletas. A gente tá em contato com Itamar, com o pessoal que faz a diretoria para que a gente possa ter essa montagem com critério”, falou.

No calendário do ano que vem, o Mais Querido disputa apenas o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste, caso avance pela fase eliminatória. Isso porque não conquistou vaga para a Série D do Brasileiro via Estadual - Pernambuco será representado por Petrolina e Retrô.

 

Na tarde desta quinta-feira (13), o Santa Cruz em suas redes sociais, anunciou a volta do lateral direito Toty. O jogador deve assinar com o mais querido até o fim do Campeonato Pernambucano de 2024, por empréstimo junto ao Brusque. 

O atleta de 32 anos, passou pelo Tricolor em 2020, quando fez 41 partidas e marcou 5 gols. Toty chega a pedido do treinador Itamar Schülle e deve ser um dos jogadores experientes que formará a espinha dorsal do Santa Cruz para a próxima temporada. 

##RECOMENDA##

Toty, que deixou o Tricolor do Arruda em 2021 para se juntar ao Brusque, volta para disputar o campeonato estadual e o Pré-Nordestão

[@#video#@]

Competição de base mais tradicional do Brasil, a Copa São Paulo de Futebol Júnior terá sua 54ª edição em 2024. A Federação Paulista de Futebol divulgou, nessa quarta-feira (22), o chaveamento do torneio. São ao todo 128 times, divididos em 32 grupos. 

A competição, que começa no dia 2 de janeiro e vai até o dia 25 do mesmo mês, contará com os pernambucanos Náutico, Retrô, Santa Cruz e Sport. Os clubes de Pernambuco se juntam a times de todos os cantos do Brasil. 

##RECOMENDA##

Além do sorteio dos grupos, foram divulgados as sedes onde os clubes pernambucanos irão jogar (confira a lista completa abaixo).

 

Grupo 16 (Porto Feliz)

Desportivo Brasil-SP

Santa Cruz

Capivariano-SP

Rio Branco-AC

 

Grupo 20 (Alumínio)

Sharjah Brasil-SP

Náutico

XV de Piracicaba-SP

Trindade-GO

 

Grupo 23 (Itaquaquecetuba)

Aster Brasil-SP

Sport

Santo André-SP

Cruzeiro-AL

 

Grupo 32 (São Paulo - Nacional)

Nacional-SP

Avaí-SC

São Caetano-SP

Retrô

O novo presidente do Santa Cruz, Bruno Rodrigues, foi empossado oficialmente nesta segunda-feira (20), na sede social do Arruda. Ele estará à frente no Executivo durante o triênio entre os anos de 2024 e 2026. Em suas primeiras palavras como mandatário, Bruno foi enfático em relação os salários dos funcionários, que têm quatro meses em aberto.

"Hoje foi o dia da posse, a partir de amanhã já vou me debruçar nessa questão financeira. Ainda não tive acesso aos números, de fato. Mas como eu já tinha dito aqui na semana passada (dia 12, quando eleito), que nós devemos honrar até a metade de dezembro, todos os nossos servidores que estão com salários atrasados", iniciou.

##RECOMENDA##

"A informação que me chegou é de em torno de quatro meses em aberto do nosso quadro de funcionários. Ao todo, são R$ 500 mil. Isso já está programado e certamente será realizado", prometeu.

Além da posse de Bruno Rodrigues, a solenidade elegeu os membros do Conselho Deliberativo e da Comissão Fiscal. A lista não havia sido divulgada pelo clube das três cores até a última atualização desta matéria.

Neste domingo (19), o Santa Cruz oficializou a contratação do treinador Itamar Schülle. O clube teve que pagar multa ao Azuris para contar com o comandante, que deve chegar no Recife ainda nesta segunda-feira (20) e fechar contrato válido pela temporada 2024 do tricolor. 

Itamar já se manifestou em suas redes sociais confirmando a volta ao Santa após ter passado pelo clube em 2020. Naquele ano, o treinador teve bons resultados pelo clube e vai reeditar parceria com o recém contratado gerente de futebol Francisco Sales.

##RECOMENDA##

“Tomei uma das decisões mais difíceis da minha vida. Após ter sido apresentado no Azuriz, recebi um convite do novo presidente do Santa Cruz, Bruno Rodrigues, para assumir o time pernambucano em 2024. No Recife, tive uma passagem especial em 2020 sendo vice-campeão estadual. O desejo de jogar novamente ao lado desta grande e apaixonante torcida permanecia em mim”, falou Itamar em nota nas suas redes sociais. ⠀

Francisco Sales, o novo gerente de futebol do clube também falou sobre a chegada do novo treinador. “ Acredito que é um treinador que criou uma identificação com o Santa Cruz. Na sua primeira passagem teve resultados bons e por a gente já ter trabalhado juntos em outras ocasiões, isso facilita, a gente sabe como cada um trabalha. Não vamos medir esforços para que o 2024 do Santa Cruz seja um ano vitorioso e que possamos ter em 2025 um ano com mais competições”, afirmou o presidente tricolor. 

Confira a nota de Itamar Schülle na íntegra:

[@#video#@]

O início do futebol no Brasil, ainda no final do século XIX, foi marcado pelo racismo. De origem etilista e praticada exclusivamente por brancos, nasceu como uma clara tentativa de segregação racial. Em Pernambuco, alguns nomes chegaram para quebrar paradigmas e ajudar a reescrever as páginas da história do esporte mais popular entre os brasileiros.

No Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro em virtude da morte de Zumbi dos Palmares, o LeiaJá relembra alguns baluartes antirracistas em solos e gramados pernambucanos. 

##RECOMENDA##

Lacraia: o pioneiro

O Santa Cruz tem contribuição essencial na inserção do negro em nosso estado. Quando nasceu, trouxe consigo um manifesto contra o racismo. Fundador do clube em 1914, Teófilo Baptista Bacelar de Carvalho, mais conhecido como "Lacraia", aparece na primeira foto oficial do Santa, destoando da maioria esmagadora de brancos.

A reportagem ouviu Gil Batista Bacelar Neto, bisneto de Lacraia, o primeiro negro a jogar por aqui. Ele nunca viu o bisavô atuar, mas ouvia as histórias do pai, Gil Batista Bacelar Filho, e, além de herdar a paixão pelo Mais Querido, se orgulha de sentir correr nas veias um DNA tão importante para a causa.

“Eu costumo dizer que sou um branco de alma preta. Vários dos meus antepassados são de cor negra, não só Lacraia. Na nossa família nunca houve nenhum tipo de distinção, todo mundo trata todos como iguais. Afinal, a cor não interfere nem no caráter nem no potencial da pessoa”, disse Gil.

Vale lembrar que, inicialmente, o Santa tinha um uniforme preto com listras brancas em homenagem a Lacraia. O clube só passou a ser tricolor após perder um sorteio contra o Flamengo-PE, que também era alvinegro, já que segundo o regulamento da extinta Liga Sportiva Pernambucana, o Estadual não poderia ter dois times com a mesma tonalidade. Depois de jogador, Lacraia ainda comandou o Santa como técnico.

Seu maior arrependimento foi não ter comparecido para assinar a ata de fundação por estar prestando vestibular no dia 3 de fevereiro de 1914. Ali, além de um grito por igualdade racial, nascia a alcunha "Time do Povo". Já como ex-jogador, ele foi gerente por décadas de um dos maiores bancos do país.

"Meu pai foi homenageado com uma placa no ano do Centenário do Santa (2014). Foi um dia que ele ficou bastante orgulhoso. Ele me falava muito de Lacraia, do pouco tempo que conviveu com ele. Já meu avô, Gil Baptista Bacelar, o viu jogando ", disse o bisneto.

Gil Baptista Bacelar Filho recebe homenagem no centenário do Santa (Arquivo Pessoal)

Não existe nenhum registro oficial sobre a data do óbito de Lacraia, assim como nenhum familiar vivo para dizer. No entanto, informações não oficiais dão conta que ele faleceu no início da década de 1960.

Nilson: o quebrador de barreiras

Nilson Corrêa foi um dos poucos goleiros negros a ter destaque no Brasil até os anos 2000. Nascido em Vitória-ES, ele marcou época defendendo a meta do Santa Cruz, clube no qual ficou até 2004. Neste mesmo ano, se mudou do Arruda para os Aflitos, sendo campeão pernambucano pelo Náutico, derrotando a própria Cobra Coral na decisão. Desde 2019, o ex-goleiro virou treinador de futebol - seu último clube foi o Aymorés-MG.

“Existia a máxima de que goleiro negro não ia vingar no futebol, mas eu e o Dida (campeão do Mundo pelo Brasil em 2002, no Penta), mostramos que isso não passa de um preconceito. Teve também o Barbosa, goleiro da Copa de 1950. Mas na minha época, duvido que chegue em 10 ou 15% do número de goleiros que eram de cor negra”, relatou Nilson ao LeiaJá.

Para contarmos bem a história de Nilson é preciso voltar a 2000. Jogando pelo Santa, era vítima constante de injúria racial nos Aflitos, com o torcedor ecoando sons alusivos a um macaco. Em janeiro deste ano, foi publicada a Lei 14.532/2023, que equipara a injúria ao crime de racismo, podendo culminar em reclusão de dois a cinco anos, de cunho imprescritível e inafiançável.

Perguntado pela reportagem sobre o que mudou de lá para cá, Nilson fez um desabafo. “Cara, sinceramente...pouca coisa mudou. A diferença é que já há alguns anos, existe o advento da internet, então as coisas se reverberam. E eu também acredito que muitas pessoas vão pelo 'politicamente correto'. Diz que é antirracista nas redes sociais, mas se ver um negro, atravessa a rua. Se for um negro sendo pego pela polícia, fala 'Olha aí! Só podia ser preto’”, disparou.

Outros nomes

Além de Lacraia e Nilson, outros jogadores marcaram época na luta por equidade racial no futebol pernambucano. Um deles é José Roque Paes, ou simplesmente Traçaia. Mato-grossense de Cuiabá, Traçaia é até o hoje o maior artilheiro da história do Sport, com 202 gols marcados. Dentre esses tentos, foram 10 hatt-tricks e duas partidas em que o craque marcou quatro gols - Sport 10 x 0 Auto Esporte em 1955, e Sport 7 x 1 Íbis em 1959.

O artilheiro defendeu o Rubro-negro entre 1955 e 1963. Logo em seu primeiro ano na Praça da Bandeira, ergueu o título do Cinquentenário, sob o comando do lendário técnico Gentil Cardoso. Neste campeonato, sagrou-se o maior goleador, empilhando 22 bolas nas redes adversárias. Ao todo, Traçaia foi pentacampeão estadual (1955, 1956, 1958, 1961 e 1962).

Traçaia, maior artilheiro da história do Sport (Arquivo)

No Náutico, outro negro que destruiu dogmas foi o jamaicano Alan Cole, amigo íntimo de Robert Nesta Marley, o Bob Marley, um dos maiores nomes da música em todos os tempos. Marley, inclusive, era fanático por futebol e chegou a atuar de forma amadora no país da América Central. Lembrando que o Timbu foi o time mais “resistente” do Trio de Ferro a aceitar negros como atletas. 

No Santa Cruz, outros baluartes deixaram suas marcas. Na década de 1970, o pernambucano Ramon, nascido em Tracunhaém, se tornou o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 1973, superando Leivinha, do Palmeiras, e Mirandinha, do São Paulo, ambos com 20. Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, fez 18.

Ramon no gramado onde iniciou sua carreira, o Arruda (Divulgação/SCFC)

Ramon deu seus primeiros dribles com a bola na Usina Trapiche, enquanto se dividia entre cortar cana de açúcar e alimentar o sonho de um dia se tornar jogador de futebol. Depois de deixar o Mais Querido, passou por clubes como Internacional, Vasco, Goiás e Ceará, até pendurar as chuteiras, em 1985. Alguns tricolores que podem ser lembrados são Zé do Carmo e Luiz Fumanchu, entre tantos outros.

Itamar Schülle deve voltar ao Santa Cruz, depois de muitas conversas entre as duas partes o acordo teria sido concluído. Nesta quinta-feira (16), o treinador deve assinar pré-contrato com o tricolor. A informação foi divulgada inicialmente pelo Podcast Beberibe 1985 e confirmada pela reportagem do LeiaJá.

O treinador foi anunciado recentemente pelo Azuriz, clube em que ficaria até o fim do campeonato paranaense de 2024. O mais querido deverá pagar multa para tirar Itamar Schülle de seu time atual, essa foi a condição imposta para liberar o comandante.  

##RECOMENDA##

O catarinense de 56 anos foi o último comandante tricolor a vencer um clássico. Na ocasião em julho de 2020, o clube ganhou do rival Sport por 2x1, com dois gols do atacante Pipico, o rubro negro marcou com Hernane. 

A expectativa é que Itamar desembarque em Recife, ainda nesta semana, para começar a fazer o planejamento do Santa Cruz para a próxima temporada. Que deve começar no dia 7 de janeiro, quando o tricolor enfrenta o Altos no Piauí, pelo Pré-Nordestão

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando