Tópicos | atentado ao pudor

Uma situação inusitada aconteceu na cidade de Salem, Oregon Estados Unidos. Um usuário de drogas identificado como Andrew Frey, estava se masturbando em público e, por conta disso, a polícia foi acionada. No entanto, foi preciso que 15 policiais para deter Frey - isso porque o homem conseguiu lutar com as autoridades usando apenas uma mão enquanto continuava se masturbando com a outra.

De acordo com o jornal The Oregonian, Andrew estava alterado e parecia estar sob efeito das drogas. Em um restaurante, ele abriu as calças e começou a se masturbar na frente das pessoas. O dono do restaurante chamou a polícia enquanto o drogado estava no banheiro se masturbando. 

##RECOMENDA##

A chegada da polícia não o intimidou e ele, enquanto se masturbava, enfrentou todos os policiais com apenas uma mão. Foi preciso que um dos oficiais utilizasse um taser para imobilizá-lo. Acusado deve responder por atentado ao pudor e resistência à prisão. 

Os próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso prometem! Antes mesmo da passagem de tempo de 10 anos e o começo da segunda fase da trama, os personagens ainda vão viver fortes emoções. A vilã vivida por Grazi Massafera, Lívia, por exemplo, vai ser presa por atentado ao pudor.

Segundo a colunista Patrícia Kogut, a moça irá provocar um belo frentista em um posto de gasolina, e os dois acabarão transando encostados na parede. O casal é interrompido por um policial que os levará para a delegacia. Sophia, personagem de Marieta Severo, então é chamada na delegacia para salvar a pele da filha.

##RECOMENDA##

E não é só Lívia que causará entre os filhos de Sophia. Gael, vivido por Sérgio Guizé, mais uma vez vai agredir a esposa Clara, interpretada por Bianca Bin. A confusão começará quando o moço flagrar Renato, personagem de Rafael Cardoso, saindo de sua casa. Ele então parte para cima da mulher, que esconde o motivo da visita do médico:

- Esperou teu marido sair pra trazer homem pra dentro de casa. Vagabunda! - gritará ele, que vai puxá-la pelos cabelos. Ele pega um objeto e atira contra Clara, que começa a sangrar. Ela então vai ser levada ao hospital, onde resolve finalmente denunciar o marido por agressão para Renato:

- Eu quero denunciar meu marido por maus-tratos. Eu quero botar o Gael na cadeia.

Uma banhista, ao perceber que um homem se masturbava enquanto olhava para ela, decidiu filmá-lo. O caso aconteceu na praia de nudismo Son Serra de Marina, na Espanha. 

No momento do ocorrido, não havia mais de sete pessoas na praia, conforme o jornal La Vanguardia. “Em um momento me girei e o vi. Não dei importância porque podia estar sacudindo a areia de cima. Além disso, por ser uma praia nudista tampouco fiquei encarando com detalhe”, conta a jovem, que não quis se identificar, ao jornal. Ela diz ter notado o que acontecia pouco depois e que o homem não dissimulava.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

A mulher conta que se levantou e começou a perguntar se ele achava aquilo normal. Ela diz se arrepender de não ter começado a gravar antes. 

No vídeo, a jovem filma o homem e começa a relatar que ele estava se masturbando, insultá-lo e dizer para que ele só faça esse tipo de prática com quem consentir. O homem começa a deixar o local. Ele voltou pouco depois para pegar seus chinelos e se desculpar.

Após o fato, a banhista decidiu colocar o vídeo expondo o homem em seu Facebook com o objetivo de que outras mulheres denunciem casos semelhantes. Ela não pretende procurar a polícia por causa dos gastos que haveria na Justiça.

Ju Isen, conhecida como a Musa das Manifestações, e Jéssica Lopes, conhecida como a Peladona de Congonhas, foram detidas pela polícia militar durante ato pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, realizado na Avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (13). Elas foram punidas após após mostrarem os seios em público.

A atriz de Django livre Daniele Watts foi formalmente acusada, nesta terça-feira (21), de atentado ao pudor em público junto com o namorado, seis semanas depois de terem sido detidos. O casal denuncia a polícia de Los Angeles por racismo.

A atriz negra, de 28 anos, e seu companheiro Brian James Lucas, que é branco, terão de comparecer em 13 de novembro à Justiça. Se forem considerados culpados, os dois podem ser condenados a até seis meses de prisão e a pagar uma multa de US$ 1.000. Em sua página no Facebook, Daniele contou que foi algemada em 11 de setembro em Studio City, um bairro situado no norte de Los Angeles, por demonstrações de carinho em público com o namorado.

##RECOMENDA##

A polícia prendeu o casal, suspeitando se tratar de prostituição, depois de receber a chamada de um cidadão se queixando da "exposição indecente" de duas pessoas em um veículo estacionado com a porta aberta. "Quando estava sentada na parte de trás da viatura da polícia, eu me lembrei das inúmeras vezes em que meu pai chegou em casa frustrado, ou humilhado pela polícia, sem ter feito nada de errado", desabafou.

Depois de uma rápida investigação, os agentes determinaram que a atriz e seu namorado não tinham cometido crime algum, e eles foram postos em liberdade. As autoridades continuaram a investigação, porém, e decidiram, finalmente, apresentar acusações contra Watts e Lucas.

Um apresentador da BBC foi indiciado esta quarta-feira por atentado ao pudor, por atos que remontam aos anos 1970 e 1980 e envolvem uma menina e dois adolescentes com idade entre 9 e 16 anos, informou a polícia.

A BBC anunciou imediatamente a suspensão do jornalista em questão, Stuart Hall, de 82 anos, conhecido por seus comentários bem-humorados e eruditos de partidas de futebol na BBC Radio.

"Em razão da natureza muito grave das acusações, Stuart Hall não trabalhará mais à BBC durante a investigação da polícia", informou o grupo audiovisual.

Os crimes que são atribuídos a ele foram cometidos entre 1974 e 1984, segundo a polícia.

Stuart Hall, ex-apresentador do programa "Its a Knockout", uma adaptação do francês "Intervilles", foi preso em sua casa esta quarta-feira em Wilmslow, perto de Manchester, no noroeste da Inglaterra, antes de ser libertado sob caução.

Sua acusação ocorre em um momento em que a BBC atravessa uma profunda crise, após um duplo escândalo de pedofilia e denúncia caluniosa, que provocou a demissão, em novembro, de seu diretor-geral George Entwistle.

A BBC é suspeita de ter abafado um escândalo de pedofilia envolvendo um antigo apresentador estrela, Jimmy Savile, falecido em 2011. A crise aumentou quando o grupo admitiu ter difundido, no começo de novembro, no âmbito de um outro caso, uma investigação baseada em falsas acusações de pedofilia contra uma ex-autoridade política.

A polícia não deu detalhes de se o indiciamento de Stuart Hall teve algum vínculo com o caso Savile.

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando