Tópicos | Mara maravilha

Depois de deixar às pressas o comando do "Fofocalizando" em agosto de 2018 e ter um retorno triunfal este ano, Mara Maravilha assumirá uma nova missão no programa. A partir da próxima terça-feira (3), Mara vai deixar o sofá da atração do SBT e será repórter. 

Sem pauta definida, Mara Maravilha irá cobrir os eventos e entrevistar os famosos, de acordo com o colunista Flávio Ricco. O programa vespertino segue com a apresentação de Leão Lobo, Lívia Andrade, Décio Piccinini e Mamma Bruschetta. Leo Dias continua com as notícias das celebridades direto do Rio de Janeiro.

##RECOMENDA##

No Instagram, Mara contou que voltará a cursar jornalismo. "Retornei ao meu curso de jornalismo, o qual já tenho quatro semestres e que tive que trancar devido aos percalços da vida; porém esperando o tempo certo e as oportunidades para o meu grande objetivo, ser uma comunicadora que agregue cada vez mais positivamente ao grande público... Obrigada, SBT, por mais um sonho se realizando", escreveu.

A apresentadora Mara Maravilha soltou o verbo contra Anitta no programa "Fofocalizando". Durante uma matéria que mostrou um vídeo de Joelma plantando uma árvore em São Paulo, Mara aproveitou o momento para detonar as declarações de Anitta sobre as queimadas da Amazônia.

Depois de Leo Dias dizer que Joelma está mais preocupada com a Amazônia que a funkeira, Mara soltou: "A Anitta, já que ela quer falar sobre a causa, agora vou falar o que o Leo Dias fala para muitos artistas: procure um assessor te informando sobre essa causa, porque está falando mais do que a boca, está [ruído] pela boca". 

##RECOMENDA##

Ao final da frase, Mara fez um som que remete ao ato de defecar. Na internet, ela foi criticada. "Tira essa Mara chata daí. Só fala m****. Não sei porque ela voltou. Vão perder audiência", comentou um dos usuários do Twitter. "Essa Mara Maravilha não sabe o que está falando. Assiste o vídeo da Anitta novamente antes de tirar suas conclusões", escreveu outra pessoa.

Confira:

[@#video#@]

Mara Maravilha é a entrevistada desta semana no canal 'Na Lata', de Antonia Fontenelle. A apresentadora do SBT falou, com sinceridade, sobre o vício que enfrentou na década de 1980 e ainda revelou detalhes sobre sua relação com alguns famosos, entre eles, Leo Dias. 

Conhecida por algumas polêmicas, e até brigas com colegas de trabalho, Mara não fugiu de nenhum assunto e respondeu à perguntas de todos os temas. Sobre a década de 1980, quando apresentava programas infantis, ela revelou ter enfrentado um sério vício. "As pessoas me acusavam de abusar do álcool, mas eu era viciada em remédios".

##RECOMENDA##

Ela também falou sobre sua relação com Leo Dias e revelou que, apesar da briga com o jornalista - que chegou a fazê-la chorar ao vivo no Fofocalizando - ela não tem raiva do colega. "Eu queria gostar menos do Léo. Tem muita gente psicopata no mundo e no meio artístico, mas não é caso dele". Mara também entregou uma outra apresentadora, Eliana e disse que ela é "esperta e gosta de dinheiro".

No começo desta semana, Mara Maravilha teve que ter jogo de cintura para lidar com as críticas na internet. Depois de retornar ao comando do programa "Fofocalizando", Mara teve que encarar as opiniões dos seguidores do Instagram assim que divulgou um ensaio fotográfico com o noivo, Gabriel Torres.

Contendo dez imagens, a publicação da apresentadora do SBT virou piada aos olhos das pessoas na rede social. "Essa harmonização facial não caiu bem para ele", disparou um dos internautas. "Me limito a dizer que o rosto dele na foto não pareceu tão natural", disse outro usuário do Instagram. Diversas mensagens postadas no perfil de Mara Maravilha foram desaprovando as caras e bocas de Gabriel.

##RECOMENDA##

Confira o ensaio:

[@#video#@]

Colecionando amores e indiferenças no SBT, Mara Maravilha está de volta ao programa "Fofocalizando" nesta quinta-feira (25). A decisão de ter a morena no comando do vespertino partiu do dono da emissora, o apresentador Silvio Santos.

Depois de 11 meses afastada da atração de fofoca, Mara vai se juntar novamente a Leão Lobo, Mamma Bruschetta, Décio Piccinini e Lívia Andrade. Leo Dias, que também faz parte da equipe, ficará afastado do "Fofocalizando" por quase 20 dias para descansar. Vale lembrar que Mara Maravilha, em 2018, trocou farpas ao vivo com Leo e Lívia.

##RECOMENDA##

O diretor Márcio Esquilo confirmou na noite dessa quarta-feira (24), no site do programa, o retorno de Mara Maravilha. "A Mara volta para a família do Fofocalizando para contribuir como sempre fez com o programa. O talento dela e suas opiniões sempre nos ajudaram. Estamos contentes", declarou.

Longe dos holofotes do SBT desde o segundo semestre de 2018, Mara Maravilha vive sempre interagindo com os fãs nas redes sociais. Neste domingo (7), no Instagram, a apresentadora decidiu fazer uma postagem sobre o machismo, declarando que é uma honra ser do sexo feminino.

"Nesse mundo machista, ainda tenho o meu prazer de ser mulher, e como dizia a nossa saudosa Elis Regina: 'Vivendo e aprendendo a jogar'", escreveu a morena, noiva do produtor Gabriel Torres. 

##RECOMENDA##

Na rede social, internautas comentaram sobre a publicação de Mara. "Jesus é o único que pode me ensinar a ser um homem melhor, independente do mundo ser machista", comentou um rapaz. "Temos que ter prazer mesmo em sermos mulheres! Afinal, quem nos criou? Jesus, o Salvador do mundo!", escreveu uma seguidora.

Confira:

[@#video#@]

Mara Maravilha está mais uma vez 'desempregada'. A apresentadora que estava há um mês atuando como jurada do Programa do Ratinho, no quadro Dez ou Mil, foi dispensada da atração. Ela havia sido contratada na nova função após ter sido dispensada do vespertino Fofocalizando, mas agora, voltou à geladeira do SBT.  

Segundo o colunista Daniel Castro, Mara teria sido afastada do júri de Ratinho por falar demais durante suas avaliações aos participantes. Isso estaria atrapalhando a participação dos demais jurados no programa. Ela também teria se desentendido com alguns colegas como Lola Melnick, Arnaldo Sacomani, Leão Lobo e Décio Peccinini, e o próprio Ratinho teria pedido seu desligamento do programa por conta disso.

##RECOMENDA##

Em entrevista ao UOl, a apresentadora e ex-jurada afirmou que não sabia da sua saída do programa mas que faria um rodízio com alguns dos jurados, e garantiu não ter brigado com ninguém. "Não houve desentendimento com ninguém. essa fase já passou. 2018 foi um ano maravilhoso para mim." Mara também disse que está à disposição da emissora: "Tudo que me pedirem para fazer, eu farei. Essa história de desentendimentos com meus colegas é mentira. Só tacam pedras em árvores que dão frutos. Eu estou em paz".

Mara Maravilha decidiu falar sobre sua saída do programa Fofocalizando, do SBT. Ela foi desligada da atração, em agosto, após algumas confusões com os colegas de elenco. Desde então, ela não havia se pronunciado a respeito do assunto.

Em entrevista ao programa TV Fama, da Rede TV, Mara finalmente falou sobre sua passagem pelo vespertino. Com poucas palavras, ela se limitou a dizer que não conseguiu se adequar ao perfil da atração: "não nasci para ser fofoqueira".

##RECOMENDA##

Agora, a apresentadora tornou-se jurada e integra a bancada do quadro Dez ou Mil, do Programa do Ratinho. "Mandaram e eu fui. Eu amei estar ao lado do Saccomani, ele tem uma história comigo, nas minhas músicas", explicou.

Os telespectadores aguardam ansiosos todas as vezes que alguma emissora anuncia um reality show, não importa se terá anônimos ou famosos. O que muitos querem ver, na verdade, é o circo pegando fogo. Em "A Fazenda", por exemplo, os barracos eternizam os participantes conhecidos - ou nem tanto - através de xingamentos e  promessas não cumpridas no jogo.

A décima edição do programa, que teve início em setembro, já configura como uma das mais conflituosas. Na noite desta quinta-feira (25), os peões Aloísio Chulapa e Nadja Pessoa, que já trocaram farpas, disputam uma vaga para permanecerem na atração da Record TV.

##RECOMENDA##

De ofensas pessoais a cusparada no rosto, o LeiaJá escolheu dez barracos que foram protagonizados pelas mais diversas celebridades do entretenimento.

A Fazenda 1: Theo Becker enfrenta Jonathan Haagensen e solta a famosa fala "Esse aqui é irmão desse aqui"

A Fazenda 2: O ator Igor Cotrim, o Boca da série "Sandy e Junior", surpreendeu os participantes ao surtar durante festa de Réveillon

A Fazenda 3: O ator Dudu Pelizzari e o cantor Tico Santa Cruz, líder da banda "Detonautas", discutiram após vazar os planos de colocar Janaína Jacobina na roça

A Fazenda 4: Joana Machado e o paraquedista Gui Pádua se estranharam após a eliminação de Anna Markun

A Fazenda 5: Viviane Araújo e Nicole Bahls, rivais declaradas também fora do reality, 'causaram' durante discussão no celeiro

A Fazenda 6: Matheus Verdelho e a ex-miss bumbum Andressa Urach eternizaram a atração da Record TV quando cuspiram um no rosto do outro

A Fazenda 7: O jornalista Felipeh Campos encarou ao mesmo tempo os participantes DH, vocalista do Cine, e a funkeira MC Bruninha

A Fazenda 8: Enquanto realizavam a construção de um forno, Mara Maravilha e Li Martins brigaram feio

A Fazenda 9: Ana Paula Minerato simulou uma "quase cabeçada" em discussão com Fábio Arruda

A Fazenda 10: Entre dedos apontados, o clima esquentou entre as peoas Nadja Pessoa e Luane Dias

Para quem foi criança nas décadas de 1970, 1980 e 1990, as rádios e os programas de TV eram recheados de músicas que tinham o dom de ser perpetuadas em festas de aniversário, no recreio da escola e nas fitas K7 emprestadas para os melhores amigos. Reproduzir as letras e coreografias oferecia ao universo infantil possibilidades de viver sem pressa e cobrança. 

Nos dias atuais, a internet reina absoluta para facilitar a 'vida de gente grande', mas traz com ela um gosto de nostalgia quando o passado vem em forma de plataforma digital. Celebrando o Dia das Crianças nesta sexta-feira (12), o LeiaJa.com preparou uma playlist que será responsável em levar qualquer pessoa a viajar no tempo através da cauda de um cometa.

##RECOMENDA##

Baby do Brasil – Emília (A Boneca Gente)

Turma do Pirlimpimpim – Lindo Balão Azul

Raul Seixas - O Carimbador Maluco (Plunct Plact Zuum)

Os Saltimbancos – História de Uma Gata

A Turma Do Balão Mágico – Superfantastico

Trem da Alegria – He-Man

Xuxa – Festa do Estica e Puxa

Paquitas – Fada Madrinha

Mara Maravilha - Curumim

Eliana – Pop Pop

Angélica – Big Bom

Sandy e Junior – Dig Dig Joy

Após um saída conturbada do "Fofocalizando", Mara Maravilha já pode ser vista novamente nos corredores do SBT. Na noite desta segunda-feira (8), a apresentadora reestreou na emissora como um das juradas do "Programa do Ratinho".

Ao anunciar a chegada de Mara na atração, Ratinho não perdeu a oportunidade para brincar com a sua participação. "Contratamos a preço de ouro a nossa nova jurada. Tá aí uma moça que não gosta de confusão", disse.

##RECOMENDA##

A morena agora faz parte do quadro "Dez ou Mil", em que irá avaliar os desempenhos dos calouros ao lado de Leão Lobo e Décio Piccinini, ex-colegas do antigo programa vespertino no qual fez parte.

Em agosto, a direção do SBT resolveu comunicar a saída definitiva de Mara Maravilha do "Fofocalizando". Durante sua passagem no programa, os telespectadores chegaram a acompanhar desentendimentos de Mara com Lívia Andrade e Léo Dias.

Após ser retirada do elenco do vespertino 'Fofocalizando', por inúmeros desentendimentos com os colegas, Mara Maravilha está de volta ao ar no SBT. Ela estreia nesta segunda (8), no júri do quadro Dez ou Mil, do Programa do Ratinho. Com a nova posição, Mara volta a trabalhar ao lado de dois de seus desafetos na emissora, Leão Lobo e Décio Piccinini.

Segundo o colunista Daniel Castro, Mara Maravilha vai fazer parte do corpo de jurados do Programa do Ratinho substituindo Nadja Haddad, que foi escalada para apresentar o Bake Off Brasil. No quadro, Mara terá que julgar os mais diferentes tipos de calouros com os mais variados números. A atração vai ao ar todas às segundas-feiras.

##RECOMENDA##

Além disso, a apresentadora, agora jurada, terá que trabalhar novamente ao lado de Leão Lobo e Décio Piccinini, dois de seus desafetos. Ela estava fora do ar desde agosto, quando foi desligada do Fofocalizando, programa em que arrumou algumas confusões com Leo Dias e Lívia Andrade.

Confinada na geladeira do SBT desde a sua dispensa do Fofocalizando, no dia 17 de agosto, Mara Maravilha já negocia um novo programa e em outra emissora. A apresentadora estaria sendo cotada pela Rede TV! para uma atração que vai misturar fofoca, jornalismo e prestação de serviços.

Segundo o portal UOL, Mara seria uma contratação de grande interesse para a Rede TV!. Isso porque a emissora enxerga grande força comercial na imagem da apresentadora, que em seu antigo programa, chegava a fazer três ações de diferentes marcas, a cada edição. A negociação já estaria em estágio avançado, uma vez que o contrato de Mara com o SBT acaba em dezembro deste ano. 

##RECOMENDA##

Na Rede TV!, Mara apresentaria um programa diário chamado provisoriamente de Tudo em Um. A atração está prevista para estrear no dia 29 de outubro, no horário das 18h35 às 19h25, atualmente ocupado pelos jornalísticos Bola na rede e Denúncia Urgente. 

[@#relacionadas#@]

Não é de hoje que Mara Maravilha e os apresentadores do "Fofocalizando", no SBT, vivem em pé de guerra. Após deixar o programa na surdina, na última sexta-feira (17), Mara não deixará a emissora de Silvio Santos tão cedo.

Segundo a colunista Keila Jimenez, a apresentadora terá mais para frente uma atração para chamar de sua. Ainda não foi divulgado o formato do programa que Mara irá comandar. Enquanto isso, a morena deverá participar mais do "Programa Silvio Santos" aos domingos.

##RECOMENDA##

Quando o canal anunciou a saída de Mara Maravilha, fãs encabeçaram no Twitter uma campanha para que Leo Dias e Lívia Andrade deixassem o programa de fofoca vespertino.

Após o anúncio da saída de Mara Maravilha do Fofocalizando, do SBT, na última sexta-feira (17), fãs da apresentadora criaram uma campanha no Twitter pedindo que Léo Dias e Lívia Andrade também deixem a atração.

Ao tornar público a sua saída, a cantora criticou Dias, a quem chamou de "marionete de Lívia". Solidarizados com Maravilha, os internautas subiram a hashtag #ForaLiviaELeoDias no microblog. A decisão de tirar Mara do programa vespertino, segundo comunicado da emissora, foi de comum acordo e ela segue como contratada para novos projetos.

##RECOMENDA##

LeiaJá Também

--> Silvio Santos diz que Mara é a 'secretária do diabo'

--> Em lágrimas, Mara Maravilha briga com Léo Dias ao vivo

--> Mara Maravilha desabafa sobre o preço da fama

 O Fofocalizando, atração vespertina do SBT, acaba de anunciar a saída de Mara Maravilha do elenco de apresentadores. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da emissora.

De acordo com o comunicado do SBT, Mara e a empresa televisiva tomaram a decisão juntas. No entanto, ela permanece no quadro de funcionários e aguarda novos projetos.

##RECOMENDA##

Nas últimas semanas, Mara Maravilha protagonizou várias polêmicas com o colega Léo Dias. Em um dos conflitos, ela deixou a atração chorando. A apresentadora ainda não se pronunciou sobre a saída do programa.

LeiaJá Também

--> Silvio Santos diz que Mara é a 'secretária do diabo'

--> Mara Maravilha desabafa sobre o preço da fama

 

Mara Maravilha ganhou um lugar nos Trending Topics do Twitter, nesta quinta (2). O motivo foi sua reação ao discutir com o colega de trabalho Léo Dias, durante a apresentação do programa Fofocalizando. A apresentadora pediu respeito e chorou ao vivo.

Após divergirem de opiniões acerca de alguns assuntos debatidos durante o vespertino, como a situação acdêmica de MC Loma e o clipe da cantora Anitta, os dois trocaram alfinetadas. Primeiro, Mara disparou, sem citar nomes: "Tem jornalista que não é jornalista, cantora que não canta, apresentador que não sabe apresentar". Ao que Dias retrucou: "Tem apresentadora na TV que precisa aprender o básico da língua portuguesa".

##RECOMENDA##

Depois, ao passar a palavra para Mara, Léo disparou: "Agora, a senhora da razão, Mara Maravilha". A apresentadora não gostou e, com lágrimas nos olhos, respondeu: "Não faça isso comigo, estou te pedindo com todo respeito. Antes de ser artista, eu sou um ser humano e eu amo você, pare com isso. Não sou a dona da razão, eu sou sua colega e exijo respeito".

O 'climão' entre os dois rendeu muitos comentários nas redes sociais. "Não deve ser fácil trabalhar com a Mara Maravilha, ou com o Léo Dias; "Mara precisa de tratamento psicológico, ela não é normal"; "Se preocupa não, Mara Maravilha, o telespectador está vendo de onde está partindo essa falta de respeito"; foram alguns dos comentários. 

[@#relacionadas#@]

Sucesso do "Programa do Silvio Santos", o quadro "Jogo dos Pontinhos" deu mais uma vez o que falar. Na noite do último domingo (8), Silvio Santos recebeu os artistas que compõem a bancada na atração do SBT com humor.

Ao ver que Mara Maravilha estava entrado no palco com Lívia Andrade, Carlinhos Aguiar, Helen Ganzarolli, Flor e do personagem Carlito Teves, interpretado pelo ator Alexandre Porpetone, Silvio cutucou a apresentadora do "Fofocalizando".

##RECOMENDA##

"Ih, não é possível. A Patrícia [Abravanel] faltou e colocaram quem?", disse o apresentador. Entrando no clima da brincadeira, Mara respondeu que era Ana Furtado, comparando-se com a esposa de Boninho, que já virou meme por sempre substituir apresentadores na Globo.

Em seguida, indo ao encontro de Carlinhos Aguiar para iniciar a brincadeira, Silvio brincou com a participação da morena. "O diabo quando não vem manda a secretária", disparou o 'Dono do Baú'.

Parece que Silvio Santos não está gostando nada, nada do clima de inimizade entre os apresentadores do Fofocalizando.

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, o homem do baú, ele mesmo cercado de polêmicas, deu um ultimato à equipe do programa. Silvio teria mandado o seguinte recado: ninguém é insubstituível.

##RECOMENDA##

Na sexta-feira, dia 15, Leo Dias não apresentou o programa, após uma suspensão causada pela publicação de um meme em suas redes sociais. Na foto, ele e seus colegas de trabalho apareciam como personagens da série La Casa de Papel, mas, Mara Maravilha, no entanto, não apareceu - no lugar dela, um emoji de diabinho foi colocado.

Há quem pense que a música da atualidade tem pior qualidade e só trata de temas impróprios, se comparada às de antigamente. Porém, se procurar direitinho, é possível achar canções - muitas delas de grandes ícones da música mundial - que lá atrás já traziam para as paradas musicais assuntos tidos como ‘politicamente incorretos’ e ninguém percebia. Se lançadas hoje, talvez estas pérolas do cancioneiro popular, nacional e internacional, seriam motivo de incontáveis textões nas redes sociais.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Relembre alguns desses ‘sucessos’ e sinta-se à vontade para problematizar:

The Beatles - Run for Your Life

A música de 1965, lançada no disco Rubber Soul, tem aquela pegada 'iê iê iê', bem característica da primeira fase da banda na qual os Beatles exploravam ao máximo a imagem de bons moços, cantando canções de amor. Run for your life, porém, de amor não tem nada. A canção já começa com uma ameaça no título, 'Corra por sua vida'; na letra, escrita por Lennon e McCartney, se ouve os seguintes versos: "Prefiro ver você morta a te ver com outro homem. É melhor você correr pela sua vida. Pegar você com outro homem, é o fim, garotinha. Baby, estou determinado, prefiro ver você morta". Hoje, seria acusada por incitação à violência contra a mulher e uma clara demonstração de machismo.


Racionais MC's - Mulheres Vulgares

Logo em seu disco de estreia, Holocausto Urbano, de 1990, o grupo Racionais MC's já mandou uma música cheia de machismo, misoginia e ataque ao feminismo. Em Mulheres Vulgares, eles cantam que feminista "não aceita ser subjugada, exigem direitos iguais, e do outro lado, como é que é?". Em outro verso, dizem: "fique esperto com o mundo e atento com tudo e com nada, mulheres só querem/preferem o que as favorecem, dinheiro e posse. Te esquecem se não os tiverem".


Sublime - Date Rape

Embora tenha uma melodia bastante divertida, Date Rape, de 2005, abusa da violência. Ela conta sobre um caso de paquera que acabou em estupro, quando um desconhecido convence uma garota, em um bar, a dar uma volta no seu "carro novo", após lhe pagar algumas bebidas. Não bastasse o relato da violência sexual contra uma mulher incapaz de se defender por estar alcoolizada, o estuprador também acaba sendo estuprado, na cadeia, após ser denunciado por ela. A canção termina com os seguintes versos: "Não posso ter pena de um homem desse tipo, apesar de que agora ele está levando por trás".  


Raimundos - Me Lambe

"O que essa criança tá fazendo aí, toda mocinha? á sabe rebolar", assim começa esta música lançada em 1999. Na canção, a banda de rock fala sobre uma menina que desperta o desejo de um homem. E, apesar de mencionar que pedofilia é crime: "Se ela der mole, eu juro, não faço nada. Dá cadeia e é contra o costume", o restante da letra demonstra que a lembrança não fez muita diferença: "Sinto, amigo, lhe dizer, mas ela é de menor, isso é crime. Seu guarda, se não fosse eu, podia ser pior, imagine".


Mara Maravilha - Curumim

Em 1991, Mara Maravilha cantava para crianças e, talvez, sua intenção com a música Curumim tenha sido apresentar um pouco da cultura indígena para seu público. Ela abre a canção com a seguinte frase: "Índia gostar barulho", reforçando estereótipos linguísticos. Já no clipe, Mara aparece com uma maquiagem que deixa todo o seu corpo com um tom avermelhado, seminua, ela abusa da sensualidade - sexualizando a imagem da mulher indígena -  em meio a pequenos indígenas e termina batendo a mão na boca e fazendo "uh uh uh", em mais um forte estereótipo a respeito dos povos originários. Não satisfeita com a obra da colega de trabalho, a apresentadora Eliana gravou Curumim anos depois, em 2003, e produziu um clipe ainda mais estereotipado: com crianças brancas usando cocares e com os rostos pintados, como as escolas infantis adoram fazer no dia 19 de Abril, em que se comemora o Dia do Índio. Levantaria o debate sobre apropriação cultural e preconceito.


Luiz Caldas - Fricote

Apesar de ter sido considerada a música que deu início ao Axé, em 1985, Fricote pode ser apontada como racista e machista. Ela fala de uma mulher, chamada de "nega", que tem o "cabelo duro" e que mexe com a cabeça de um "negão". Hoje em dia teria sido mote para incontáveis textões nas redes sociais, certamente.


The Police - Every Breath you take

Mais uma canção de 'amor' que pode esconder ameaça, incitação à violência contra a mulher e machismo. Nos versos, Sting canta: "Cada respiro que você der, cada movimento que você fizer, cada passo que você der, estarei te olhando", obviamente um 'stalkeador'. E, ainda diz: "Você não consegue ver que você pertence a mim?". Seria facilmente acusado de abusivo.


Bob Marley - I shot the sheriff

Bob Marley pode parecer ser só paz e amor, porém, nesta canção de 1974, 'ele' mata um xerife só porque a autoridade encrencou com sua plantação de "sementes". Além de incitar a violência, faz apologia ao uso de drogas. Apesar da música garantir sido feito em "legítima defesa".


Chico Cesar - Odeio Rodeio

Em 2005, Chico Cesar fez um verdadeiro desabafo e assumiu mesmo odiar essas festas que exploram os animais. Defensores dos bichos podem ter gostado, porém, a música trata de forma pejorativa e preconceituosa aquelas pessoas que vivem no meio. "Sinto um certo nojo quando um sertanejo começa a tocar", canta Chico. Mas ele não parece preocupado com suas afirmações e declara: "Eu sei que é preconceito, mas ninguém é perfeito".


Mamonas Assassinas - Robocop Gay

Várias músicas do Mamonas Assassinas poderiam levantar debates hoje em dia. Robocop Gay poderia ser acusada de homofóbica e preconceituosa por versos como: "O meu andar é erótico, sou um amante robótico. Boneca cibernética". E, ainda termina com mais chacota: "Ai, como dói".


Gaúcho da Fronteira - Churrasco lá em casa

Talvez o Gaúcho da Fronteira não seja assim tão conhecido em todo o país, mas ele é um dos mais importantes intérpretes da música regional gaúcha. A cultura gaúcha tem uma forte gastronomia baseada em carnes. Junte-se os dois primeiros itens e o resultado é a música Churrasco lá em casa, de 1984. Na canção, o cantor não se intimida em dizer: "Qualquer dia, vou matar um bichinho. Se não der um, eu mato dois ou três, e vou levar vocês para comer lá em casa". Na festa, ele garante que vai ter ovelha, gado, "e também um tal de galeto, deitado no espeto de pata para cima". Mas, garante ser "um cara de muito bom coração" e, por isso, vai levar todo mundo para se fartar no seu churrasco". O que diriam os vegetarianos e veganos?


Bezerra da Silva - Minha sogra parece sapatão

Bezerra da Slva poderia render uma matéria à parte, no que diz respeito a músicas ‘politicamente incorretas’. Várias de suas composições falam sobre misoginia, drogas e violência. A escolhida, no entanto, para fechar esta lista, foi 'Minha sogra parece sapatão', de 1983. Nela, o sambista canta: “Ela bebe cachaça e fuma charuto, tem bigode e cabelo no peito. Eu não sei não, minha sogra parece sapatão”.

[@#relacionadas#@]

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando