Tópicos | morte

Ao menos 11 mulheres morreram nesta quarta-feira no Afeganistão em um tumulto perto do consulado do Paquistão em Jalalabad, leste do Afeganistão, onde milhares de pessoas estavam reunidas para solicitar vistos.

Dez pessoas, dois homens e oito mulheres, ficaram feridas, informou Zaher Adel, porta-voz do hospital central de Nangarhar, província da qual Jalalabad é a capital.

Milhares de pessoas estavam reunidas em um estádio próximo ao consulado paquistanês de Jalalabad, a 150 km de Cabul.

O tumulto aconteceu quando as pessoas começaram a sair do estádio, de acordo com o porta-voz do governo provincial de Nangarhar, Attaullah Khogyani, que confirmou o balanço de mortos.

Gaby Spanic, a estrela de A Usurpadora, usou as redes sociais para comunicar a morte de sua mãe, Norma Utreta de Spanic, vítima de um câncer aos 67 anos de idade. No comunicado, ela agradeceu o carinho que tem recebido e falou brevemente sobre a perda, revelando que não conseguiu se despedir da mãe pessoalmente.

"Meus amados anjos. Obrigada por cada uma de suas mensagens, elas me enchem de amor e paz. Eu faço cada palavra desta declaração do meu empresário a única verdade. Minha família e eu fizemos tudo ao nosso alcance por nossa mãe, nós a acompanhamos todos os dias, e junto com meus irmãos pudemos nos despedir dela, no meu caso um pouco antes de entrar no show. Agora ela está no reino de Deus. Amo vocês", escreveu.

##RECOMENDA##

No comunicado, que você confere abaixo, foi revelado que a atriz fez uma chamada de vídeo para se despedir da mãe, minutos antes de subir ao palco na competição Dancing With The Stars na Hungria. Ela recebeu a notícia da morte da mãe uma hora após o término da atração.

"Diante da notável piora na saúde de sua mãe, Gaby corajosamente se despediu da mulher mais importante de sua vida por meio de uma chamada de vídeo, minutos antes de entrar em cena no programa Dancing With The Stars na Hungria, em que participa com uma força admirável, com a alma e coração ao lado de sua família, mas o corpo dando tudo de si em cima do palco. Uma hora depois do término do show ela recebeu a notícia de que sua mãe já não estava mais entre nós fisicamente. Foi impossível que Gaby a acompanhasse em seus últimos momentos no domingo 18/10. Gabriela continuará com seus compromissos em Budapeste", diz trecho da declaração.

A atriz mexicana, de 46 anos de idade, ainda publicou fotos e vídeos de momentos com a mãe.

"Obrigada, mãe, por ser uma guerreira, por ter dedicado sua vida a nós, por nos ensinar a ser tão fortes quanto você. Fico com a tranquilidade de saber que agora você está em um lugar melhor, só espero que Deus também nos dê a paz que precisamos para viver sem você. Te amamos", lamentou.

Em 2019, o Brasil bateu o recorde de mortes em ações policiais ao atingir 6.375 assassinatos, equivalente a 2,9% de aumento. O 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, publicado nesse domingo (18), ainda informa que oito em cada 10 vítimas eram negras, o que representa 79,1% dos assassinatos.

Segundo o levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 99,2% das pessoas mortas por policiais são homens. Do total, 74,3% eram jovens de até 29 anos.

##RECOMENDA##

Para realizar o comparativo, foram avaliadas as informações de 23 estados, exceto Acre, Amapá, Amazonas e Rio Grande do Norte. Apenas São Paulo e Rio de Janeiro são responsáveis por 42% da letalidade policial e elevam a média nacional para três homicídios por 100 mil habitantes. Já Pernambuco é um dos estados com menor taxa de mortalidade, com o índice de 0,8 por 100 mil habitantes.

Quando o policial é a vítima

Em relação aos agentes, o registro de mortes sofreu a queda de 44,3% por mil policiais na ativa. Em 2019 foram computadas as mortes de 172 civis e militares, ante 313 assassinatos em 2018. A pesquisa destaca que 64% das mortes ocorreram fora do serviço.

O perfil dos agentes do estado assassinados mostra que 99% eram homens, 65,1% eram negros, e 55,2% tinham entre 30 e 49 anos. Durante o ano passado, 146 agentes morreram em Pernambuco, enquanto 216 morreram em 2018.

O sambista Neguinho da Beija-Flor perdeu um neto após um tiroteio em um baile funk, no Rio de Janeiro, no último domingo (18). Gabriel Ribeiro Marcondes, de 20 anos, estava no evento, no Morro da Bacia, distrito de Miguel Couto, quando outros participantes da festa trocaram tiros com a polícia. Além dele, outros dois homens morreram e um ficou ferido.

Em suas redes, Neguinho lamentou a morte do familiar a pediu justiça. "Pessoal, agradeço por todas as mensagens de conforto e carinho que estou recebendo de amigos e fãs, por conta da passagem do meu neto Gabriel. Peço desculpas aos amigos por não estar atendendo e nem retornando as ligações, mas estou cuidando da burocracia para o enterro, já que o meu filho PC não está condições de cuidar sozinho de tudo. É um momento muito difícil. A dor é enorme. Peço que orem para que o Gabriel siga um caminho de luz. E espero que a polícia e a justiça cumpram seu papel", postou.

##RECOMENDA##

Segundo o UOL, policiais militares do Batalhão de Mesquita estavam em patrulhamento pelo bairro Ambaí, em Nova Iguaçu, quando receberam a denúncia sobre um evento não autorizado que estaria bloqueando uma rua. Ao portal, a PM carioca informou que foi recebida com tiros no local e houve apreensão de uma pistola calibre 9 mm, dois revólveres calibre 38, duas granadas, munições, uma réplica de fuzil, três rádios comunicadores e drogas.

Após o cessar dos tiros, quatro vítimas foram levadas para o Hospital Geral de Nova Iguaçu. O neto de Neguinho, Gabriel, já chegou sem vida ao local, bem como Matheus da Silva Gomes. Rogério Bezerra, 20, passou por uma cirurgia na barriga e está sob custódia. A terceira vítima fatal do tiroteio não foi identificada. 

O 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesse domingo (18) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que 4.928 menores foram assassinados de forma violenta só no ano passado. A soma envolvendo crianças e jovens de até 19 anos representa 10% das mortes violentas no país em 2019, quando foram registrados 47.773 homicídios.

"[...] se episódios isolados impressionam, deveria causar choque que em 2019 foram quase 5 mil crianças e adolescentes mortos de forma violenta e intencional e quase 26 mil que sofreram estupro”, alertou o documento. Cerca de 91% das vítimas são meninos.

##RECOMENDA##

Para pesquisadora associada Sofia Reinach os dados ainda são frágeis e precisam de uma coleta mais eficaz. Apenas 20 estados participaram do estudo, o que equivale a 83,56% da população brasileira.

Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Piauí, Rio Grande do Norte não repassaram as informações necessárias. Esta é a primeira vez que a temática foi abordada pelo Fórum, em parceria com o Fundo das Nações unidas para a Infância (Unicef).

Pernambuco é o segundo com mais casos

Os estados com maior índice de mortes violentas de crianças e adolescentes são Espírito Santo, com 6,79 homicídios a cada 100 mil habitantes, seguido por Pernambuco (6,22) e Sergipe (6,09). Jovens entre 15 e 19 representam 90% do total.

O Anuário também informa que os principais crimes envolvendo vítimas com até 9 anos, são assassinatos e lesão corporal seguida de morte. "Existe um pico de negligência e abandono na faixa etária dos bebês. Depois, com 5 e 6 anos, dá uma estabilizada", comenta Sofia.

A maioria das vítimas é negra

A criança negra é a principal vítima da violência e da criminalidade no Brasil. Casos como o de João Pedro Mattos, de 14 anos, Ágatha Vitória Félix, de 8, expõem a vulnerabilidade dos menores da periferia em ações da polícia. Cerca de 75% dos menores assassinados são negros, enquanto 22% são brancos e 3% foram considerados como ‘outros’.

O pai, um casal de filhos e um genro foram presos nessa sexta-feira (16), por suspeita de articular a morte de uma família boliviana na divisa do país com o município de Acrelândia, interior do Acre. O estupro de uma adolescente boliviana, de 14 anos, ocorrido em setembro, seria o ponto que desencadeou uma série de crimes.

Após dias de investigação, a família brasileira foi achada em um acampamento no meio da mata. O delegado Samuel Mendes informou ao G1 que o pai não teria envolvimento com a chacina, porém assume o papel de 'líder' familiar.

##RECOMENDA##

“Ele acabou sendo preso porque seria o patriarca da família, deu suporte. E essa família já vinha agindo há algum tempo na localidade praticando vários delitos, então acabou formando uma organização criminosa e têm praticado vários crimes de furto, ameaça”, explicou o delegado ao site.

No dia 13 de setembro, o pai da jovem boliviana flagrou o acreano estuprando a filha na fronteira entre os dois países e o amarrou para buscar ajuda com a polícia. Familiares resgataram o suspeito, atacaram a propriedade dos bolivianos e mataram a mãe e dois filhos a tiros. Após os homicídios, eles incendiaram a casa.

“Eles individualizaram a participação da cada um. E foi esse o contexto, eles foram lá para resgatar o membro da família e acabou tendo o desentendimento com os familiares da vítima, inicialmente com o irmão dela e com a mãe. Eles discutiram com o rapaz e mãe interveio na situação para proteger o filho. Foi quando ela tomou o primeiro disparo que atravessou o corpo dela e atingiu o filho que estava atrás dela. Segundo um dos autores, a mãe morreu na hora e esse rapaz que levou o tiro ficou agonizando, o outro foi lá e executou com um tiro. Então, viram que um dos outros filhos estava filmando a ação e por ele está filmando, o menor [que já estava apreendido] viu e deu um tiro nele também”, detalhou o delegado ao G1.

O patriarca boliviano Carlos Ribas, de 49, lamentou a chacina, “me levaram tudo e mais a vida dos meus dois filhos e da minha mulher”. Ele disse que conhecia os brasileiros há cinco anos e, inclusive mantinham uma relação profissional. “Estamos muito abalados realmente. Eu tinha confiança neles, contratei para trabalhar lá na minha propriedade, conhecia há cerca de cinco anos e eles estudaram tudo, até como minha mulher guardava o dinheiro”, frisou.

A vítima de estupro também chegou a ser baleada e precisou passar duas cirurgias no pronto-socorro de Rio Branco, nessa quinta-feira (15). Os procedimentos foram realizados em um dos braços e na região buco-maxilo-facial. A jovem segue internada e a recuperação evolui bem.

Na gravação do depoimento prestado à polícia, a adolescente chora enquanto detalha a ação dos criminosos. “Primeiro dispararam na minha mãe e depois disparam em mim, depois dispararam no [nome de um dos irmãos] e depois no meu irmão [nome do outro irmão], que estava atrás de uma árvore”, afirmou aos prantos.

Capturados, os brasileiros prestaram esclarecimentos antes de serem indiciados por homicídio e ocultação de cadáver. O que cometeu o estupro teve o crime acrescentado às penas. Duas armas que teriam sido usadas no crime foram localizadas e todos foram encaminhados ao presídio da capital acreana.

O consulado boliviano acompanha o caso, mas não comentou por recomendação das autoridades. No entanto, Carlos Ribas espera que os acusados sejam cumpram a prisão na Bolívia. “Peço por favor, e também falo ao meu país, que eles sejam pegos e extraditados para o consulado. Somos trabalhadores, nunca tivemos nenhum problema em Plácido de Castro, nem em Acrelândia ou Califórnia [vila], mas tive a família baleada, querem tampar minha boca, mas não, a mim não vão calar. Quero que se cumpra a lei e que paguem seus delitos na Bolívia, porque mataram na Bolívia. Vou falar com governador da Bolívia, vou ao Ministério Público, quero Justiça”, reinvidicou o agricultor.

O vereador José Paulo Luciano da Silva (MDB), de 68 anos, morreu nessa sexta-feira (16), em decorrência da Covid-19, em Guareí, interior de São Paulo. O político disputaria o 7.º mandato na Câmara de Vereadores nas eleições deste ano. Ele estava internado em um hospital de Sorocaba e não se recuperou. Um irmão do vereador, Edvaldo Luciano Soares, que já foi vice-prefeito da cidade, também contraiu o vírus e morreu há um mês.

De acordo com familiares, José Paulo era hipertenso e diabético. Ele deixou esposa e filhos. O corpo foi sepultado neste sábado (17), no Cemitério Municipal de Guareí. A prefeitura decretou luto oficial por três dias. A Câmara emitiu nota de pesar e de solidariedade com os familiares. O MDB também lamentou a morte do político. A cidade de 18.887 habitantes registra 447 casos positivos e 12 óbitos confirmados pela Covid-19.

##RECOMENDA##

José Paulo é o oitavo vereador morto após contrair o coronavírus no interior de São Paulo desde o início da pandemia. No último dia 12, a vítima foi o vereador José Olímpio Jorge Naben, o Euripinho, do DEM de Barretos. Em 15 de setembro, o vírus matou o vereador Fernando Raimundo da Silva, o Fernando Baiano (PSDB), da Câmara de Guapiaçu.

Também morreram com a doença os vereadores Adilson Perciliano (DEM), de Tarumã; Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB), de Nova Odessa; Antonio Aparecido Falchi (DEM), de Cândido Rodrigues; Valéria Andrucioli (PDT), de Pontal, e Ronaldo Beraldo (PR), de Arandu. Os três últimos estavam no exercício da presidência das respectivas Câmaras.

A Covid-19 também causou a morte de dois prefeitos paulistas que estavam no exercício da função pública. O prefeito de Borebi, Antônio Carlos Vaca (PSDB), morreu no dia 20 de junho, aos 75 anos. O prefeito de Santo Antônio de Aracanguá, Rodrigo Aparecido Santana Rodrigues (DEM), morreu no dia 26 de junho, com 35 anos. Nos dois casos, os vices assumiram as prefeituras.

Medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, a ex-ginasta Ana Paula Scheffer morreu nesta sexta-feira, aos 31 anos. Ela foi encontrada morta no seu quarto na casa onde morava com seus pais, na cidade de Toledo (PR).

De acordo com a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade paranaense para apuração da causa da morte. O velório está marcado para a manhã deste sábado. A família aguarda a chegada de um irmão, que mora no Canadá.

##RECOMENDA##

Em nota, a CBG lamentou o falecimento da ex-atleta. "Ela foi uma das atletas de ginástica rítmica mais notáveis de sua geração. Ana Paula conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007, no aparelho arco", afirmou a entidade.

"Ana Paula Scheffer é uma das atletas que construíram a nossa ginástica rítmica, e que a transformaram em motivo de grande orgulho para todos os brasileiros. Além de inspirar, tinha um importante trabalho de formação de novas atletas no Paraná. Parte cedo demais, mas não será esquecida. Meus sentimentos aos familiares e amigos", declarou a presidente da CBG, Maria Luciene Cacho Resende.

Ana Paula vinha atuando como treinadora na cidade de Cascavel, principalmente na formação de novos atletas. "Ela deu continuidade à carreira na GR como treinadora; suas atletas obtiveram títulos nacionais e sul-americanos", afirmou Marcia Aversani, presidente da Federação Paranaense de Ginástica.

Antes de virar treinadora, a então ginasta disputou o pan-americano da modalidade em 2005, dos Jogos Sul-Americanos de 2006, em Buenos Aires, e de 2010, em Medellín. Também competiu no Mundial de ginástica rítmica de 2009, no Japão.

Nesta sexta-feira (16), um professor foi decapitado na região de Île-de-France, próximo de Paris, por um homem de 18 anos. Suspeito de ter cometido o crime, o agressor, que não teve sua identidade revelada, acabou sendo morto pela polícia. Antes de ser abatido pelos policiais, segundo informações da imprensa local, ele carregava uma faca.

Notícias afirmam que o educador teria deixado alguns pais irritados, devido à uma atividade. Ele havia mostrado para os alunos imagens do profeta Maomé. De acordo com as autoridades, foi constatado que o homem considerado suspeito não conduzia explosivos durante a ação. 

##RECOMENDA##

A Procuradoria Nacional Antiterrorismo da França designou a abertura de uma investigação sobre "assassinato em conexão com uma ação terrorista" e "conspiração criminosa terrorista". Gérald Darmanin, ministro do Interior da França, estava em Marrocos e teve que urgentemente retornar a Paris para acompanhar o caso.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (16), mais 13 mortes e 654 casos de Covid-19. O estado contabiliza 8.469 mortes pelo novo coronavírus.

Entre os casos confirmados nesta sexta-feira, 17 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 637 são leves. Pernambuco totaliza 155.520 casos confirmados da doença, sendo 26.659 graves e 128.861 leves.

##RECOMENDA##

Os 13 óbitos confirmados ocorreram desde 18 de maio. Desse total, sete ocorreram nos últimos três dias. 

Após reduzir o índice de homicídios, Pernambuco sofreu o aumento de 2% nas notificações desse crime em relação a setembro do ano passado. Enquanto o nono mês de 2020 registrou 288 assassinatos, o mesmo período do ano passado terminou com 282 notificações. Ainda assim, o levantamento divulgado nessa quinta-feira (15) pela Secretaria de Defesa Social (SDS) apresenta queda das taxas em todas as regiões do estado, exceto no Sertão.

Com o aumento de 43,75%, as cidades do Sertão pernambucano somaram 46 ocorrências, diante das 32 de setembro de 2019. A SDS ressalta que 56% desses homicídios são por intolerância, como violência doméstica e intrafamiliar, discussões em bares, festas ou brigas de vizinhos.

##RECOMENDA##

Em setembro deste ano, o Agreste diminuiu de 82 para 71 vítimas no ano passado, o que representa a queda de 13,41%. Na Zona da Mata, a retração foi de 12,7%, visto que foram computados 63 homicídios no nono mês de 2019 e 55 neste ano.

Na Região Metropolitana do Recife (RMR), com exceção da capital, foram registradas 73 mortes no último mês. Comparado ao mesmo período do ano passado, houve a retração de 3,95%, pois foram registrados 76 casos.

Dos 185 acusados apreendidos pelas forças de segurança em setembro deste ano, 82 foram capturados em flagrante.

Desde janeiro, 2.837 pessoas foram mortas em Pernambuco, de acordo com o levantamento. O estudo mostra que foram registrados 276 casos a mais que o ano passado, o que configura o aumento de 10,8%. Recife saltou de 377 para 411 vítimas, um aumento de 9,02%. Em toda RMR, o acréscimo foi de 9,46% com a soma de 810 mortes, diante das 740 do ano passado.

No Sertão, o índice passou de 283 para 339, um aumento de 19,79%. Enquanto a Zona da Mata havia registrado 494 homicídios até setembro do ano passado e, neste ano, já soma 600 ocorrências, que representam o aumento de 21,46%.

Municípios sem registro de homicídios em setembro deste ano:

Afrânio, Água Preta, Altinho, Barra de Guabiraba, Belém de Maria, Betânia, Brejão, Brejinho, Cabrobó, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Calumbi, Camutanga, Canhotinho, Capoeiras, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Chã de Alegria, Chã Grande, Condado, Correntes, Cumaru, Dormentes, Exu, Fernando de Noronha, Frei Miguelinho, Glória do Goitá, Granito, Ibirajuba, Iguaraci, Ingazeira, Itacuruba, Itapetim, Itapissuma, Jaqueira, Jataúba, Jatobá, João Alfredo, Joaquim Nabuco, Jupi, Lagoa de Itaenga, Lagoa do Ouro,, Lagoa dos Gatos, Lagoa Grande, Machados, Maraial, Mirandiba, Moreilândia, Orobó, Orocó, Ouricuri, Palmeirina, Panelas, Paranatama, Parnamirim, Passira, Pedra, Petrolândia, Poção, Quipapá, Quixaba, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Santa Cruz, Santa Filomena, Santa Maria do Cambucá, Santa Terezinha, São Benedito do Sul, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, São José do Egito, Serrita, Tacaimbó, Tacaratu, Terezinha, Terra Nova, Triunfo.

Claudia Leitte usou as redes sociais, nesta quarta-feira (14), para homenagear uma seguidora. A cantora se emocionou ao lamentar a morte de sua fã, Raquel Queiroz. Sem dar detalhes do falecimento da jovem, a artista afirmou ter ficado bastante triste assim que recebeu a notícia.

"Eu sei, Senhor! Eu sei que estás no controle... está doendo muito... minha Raquel... Descanse em paz! Um dia vou te encontrar com Jesus!", legendou, ao postar uma foto de um dos encontros com a garota. Internautas rapidamente consolaram Claudia com mensagens carinhosas.

##RECOMENDA##

Veja:

[@#video#@]

O cantor e sanfoneiro Diego Souza Sá morreu, na tarde da última terça (13), após levar um tiro disparado acidentalmente. Ele fazia uma visita a um lava jato localizado na  Avenida 11ª, no Setor Vila Nova, em Goiânia (GO), quando ocorreu a fatalidade. O sertanejo tinha 29 anos.

Segundo o G1, Diego acompanhava um primo na ida ao lava jato, de propriedade de um amigo em comum dos dois, quando o proprietário do estabelecimento resolveu mostrar-lhes uma arma calibre 38 que havia comprado. O revólver teria disparado acidentalmente, durante o manuseio, e a bala atingiu o cantor no olho. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

##RECOMENDA##

Ainda de acordo com o G1 o autor do disparo está foragido e deverá responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, assim que se apresentar à delegacia. Diego era natural de São Miguel do Araguaia, no norte de Goiás. Ele deixa esposa e uma filha de dois anos. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta terça-feira (13), mais três mortes e 77 novos casos de Covid-19 em Pernambuco. O estado contabiliza 8.417 mortes pela Covid-19.

Entre os casos confirmados nesta terça-feira, nove são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 68 são leves, de pacientes que não precisaram de internamento.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 153.299 casos confirmados da doença, sendo 26.569 graves e 126.730 leves. Os três óbitos ocorreram desde 11 de outubro.

Uma pessoa que caminhava pela rua Aires Saldanha, em Copacabana (zona sul do Rio), na tarde desta segunda-feira (12), morreu ao ser atingida por um botijão de gás lançado pela janela de um apartamento. A pessoa que lançou o botijão foi detida.

Segundo a Polícia Militar, o episódio aconteceu por volta das 16h, quase na esquina das ruas Aires Saldanha e Djalma Ulrich. As duas ruas foram parcialmente interditadas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir ao local, mas os profissionais constataram que a vítima já estava morta.

##RECOMENDA##

O acusado de atirar o botijão pela janela é um homem, que foi levado para a 13º DP (Copacabana), onde prestou depoimento. Até as 18h15 não haviam sido esclarecidas as circunstâncias em que a pessoa lançou o objeto nem divulgadas as identidades dela e da vítima.

Levantamento da plataforma digital Fogo Cruzado, obtido com exclusividade pela Agência Brasil, mostra que, desde o início do ano até agora, dez crianças foram baleadas na região metropolitana do Recife. Duas morreram e oito ficaram feridas. Mesmo em meio a medidas de isolamento social por causa da pandemia, houve uma tendência de piora nessa realidade.

Os dados mostram um aumento no número de crianças baleadas em comparação ao mesmo período do ano passado, quando nove crianças foram baleadas, com dois óbitos e sete feridos.

##RECOMENDA##

A análise dos dados mostra também que as crianças nem sempre são os alvos, mas acabam se tornando vítimas em meio ao fogo cruzado. Neste ano, vítimas de bala perdida são a maioria entre crianças baleadas no Grande Recife, com total de oito das dez atingidas por arma de fogo. Esse número dobrou em comparação ao mesmo período do ano passado, quando 4 crianças foram atingidas (1 morta e 3 feridas).

Ipojuca, região sul do Grande Recife, foi o município com maior número de crianças baleadas, com três atingidas, seguido de Cabo de Santo de Agostinho, com duas vítimas.

Em Goiana, Igarassu, Itapissuma, Recife e São Lourenço da Mata houve um criança baleada em cada cidade.

A plataforma Fogo Cruzado é uma iniciativa colaborativa que registra dados da violência armada nas regiões metropolitanas do Recife e do Rio de Janeiro.

O policial militar Cirio Damasceno Santos, de 51 anos, foi morto, na manhã desta segunda-feira (12), após ser atingido por um tiro na cabeça durante perseguição a criminosos pela Avenida Brasil, na zona norte do Rio de Janeiro. O crime aconteceu próximo à favela do Muquiço.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), policiais do 14ºBPM (Bangu) iniciaram cerco a um veículo suspeito que trafegava pela avenida no início da manhã. A equipe tentou interceptar o carro, quando iniciou a troca de tiros. Na ação, a viatura da PM chegou a capotar na via. Os criminosos conseguiram fugir para o interior da favela.

##RECOMENDA##

O sargento chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, mas não resistiu aos ferimentos. Outra pessoa ferida também foi encaminhada ao hospital, mas não há informações sobre ela.

Após a perseguição, a Polícia Militar iniciou uma operação na favela do Muquiço. Dois suspeitos foram presos e um foi baleado. Duas armas de fogo, drogas e rádios transmissores foram apreendidos. A ação prossegue nesta tarde.

O sargento Cirio Damasceno Santos era casado e estava lotado no 14º BPM. Ele havia ingressado na PM há 20 anos. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Um alpinista morreu e outro ficou preso no paredão do Cânion Espraiado, em Urubici, na Serra Catarinense. A ocorrência foi registrada por volta das 10h da manhã de domingo (11) e a operação de resgate durou cerca de seis horas. Lucas de Zorzi, de 39 anos, foi atingido na cabeça por uma pedra que deslizou durante a escalada e não resistiu. O alpinista Diego Braga, de 31, que acompanhava Zorzi, acabou ficando preso a 200 metros de altura do ponto mais alto do paredão de difícil acesso.

Segundo informações da 5ª Base de Aviação da Polícia Militar, ao perceber que o amigo estava desacordado após ser atingido, Diego Braga acionou diretamente a Central de Operações Aéreas, que se deslocou para o local. Todo o resgate foi feito de helicóptero, com uso da técnica de rapel, já que o acesso terrestre no local tem alto grau de dificuldade.

##RECOMENDA##

Ao acessar o local, os tripulantes verificavam que a vítima que parecia desacordada, na verdade, estava sem vida. O corpo foi removido com a técnica conhecida como "McGuire", que consiste em içar a vítima sem o uso de maca. Outro tripulante conseguiu acesso ao segundo alpinista, efetuando sua avaliação primária e constatando apenas alguns arranhões.

Após retirar o corpo sem vida, a equipe retornou ao local do incidente e realizou a extração do segundo alpinista, transportando-o até Lages, onde fica a base. Após avaliação médica, o paciente que sobreviveu foi liberado.

Os dois alpinistas eram experientes e praticavam diversos esportes de aventura. Zorzi, que foi surpreendido pela pedra que se soltou na subida da escalada, foi campeão Brasileiro de Wingsuit Artístico nos anos de 2015, 2016 e 2017, e é o recordista Sul e Latino Americano da modalidade. Ele também praticava snowboard, alpinismo, rock climber, além de outros esportes radicais. Zorzi era proprietário da empresa Mill Indústrias de Serras. O velório e o enterro ocorrem em Lages, também na Serra Catarinense, nesta segunda-feira (12). Zorzi deixou esposa e filho.

Morreu nesta sexta-feira (9), no Rio de Janeiro, aos 77 anos, o ator e diretor Cecil Thiré. Os familiares informaram que ele faleceu de causas naturais, mas que travava uma batalha contra o Parkinson há um tempo. Em um vídeo, a filha de Cecil, a atriz Luísa Thiré, afirmou que o pai foi um grande batalhador.

"Ele mereceia ter um velório mais lindo do mundo, cercado de gente que ele ama, gente que o amou a vida toda. Papai foi um grande guerreiro. Lutou pela democracia, pela arte, pelo teatro. Teve quatro filhos, sete netos, e foi um guerreiro até o último minuto. [...] Se existe um céu, ele e minha avó, com certeza, estão juntos agora", declarou Luísa.

##RECOMENDA##

Na Globo, Cecil Thiré eternizou grandes personagens nas novelas O Espigão, Escalada, Sol de Verão, Champagne, O Salvador da Pátria, Top Model, Pedra Sobre Pedra, Renascer, A Próxima Vítima, Quem é Você?, Kubanacan, entre outras produções. A última aparição pública do ator foi na cerimônia de cremação do corpo da mãe, a atriz Tônia Carrero, em 2018.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, nesta sexta-feira (9), mais 10 mortes e 678 casos de Covid-19 em Pernambuco. O estado contabiliza 8.397 mortes pela doença.

Entre os casos confirmados nesta sexta-feira, 28 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os outros 650 são leves, de pacientes que não precisaram de internamento.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 152.414 casos confirmados da doença. São 26.486 ocorrências graves e 125.928 leves.

Os 10 óbitos registrados ocorreram desde 12 de junho. Desse total, quatro se deram em outubro.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando