Tópicos | Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 contabilizou cerca de 3.426 candidatos eliminados, informa dados preliminares divulgados, nesta segunda-feira (29), pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Desse total, 2.412 inscritos foram eliminados no primeiro dia de aplicação, realizado em 21 de novembro. Sendo 2.391 do formato impresso e 21 da versão digital.

Já no último domingo (28), dia das provas de matemática e ciências da natureza, 1.024 participantes tiveram que deixar os locais de provas. De acordo com números do Inep, 1.019 fariam a avaliação impressa e 5 o exame digital. A eliminação no Enem pode ocorrer devido ao porte de equipamento eletrônico, não atender orientações dos fiscais, desrespeitar as medidas de biossegurança, entre outros.

##RECOMENDA##

Outros dados do Enem 2021

Também nesta segunda, o presidente do Inep, Danilo Dupas, divulgou as datas para as divulgações do gabarito e resultados individuais do Enem 2021, previsto, respectivamente, para 1 de dezembro e 11 de fevereiro de 2022. Na ocasião, Dupas também anunciou o número de abstenção do segundo dia da avaliação.

O presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Danilo Dupas, anunciou, nesta segunda-feira (29), que a divulgação do gabarito do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 será nesta quarta-feira (1). A afirmação foi durante coletiva de imprensa, realizada em Brasília, para divulgação do balanço do exame.

Na ocasião, ao lado do ministro da Educação, Milton Ribeiro, Dupas falou também sobre a data dos resultados da avaliação, como também, a taxa de abstenção registrada no último dia do certame, realizado no último domingo (28) que contou com as provas de matemática e ciências da natureza.

##RECOMENDA##

Enem 2021

A primeira aplicação foi realizada nos dias 21 e 28 de novembro, nas versões impressa e digital. Já os dias 9 e 16 de janeiro de 2022 serão direcionados aos participantes que se inscreveram após a reabertura das candidaturas, em setembro. Ao todo, 280.145 novos registros foram confirmados pelo Inep. Na mesma data será aplicado o Enem para adultos privados de liberdade e jovens cumprindo medida socioeducativa que inclui privação de liberdade (Enem PPL).

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, versão impressa e digital, registrou taxa de abstenção de 29,9%. no último domingo (28). O quantitativo foi divulgado pelo presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Danilo Dupas, nesta segunda-feira (29), durante coletiva de imprensa.

De acordo com Dupas, 71,1% dos inscritos nesta edição realizaram as provas de matemática e ciências da natureza. Fato, que segundo ele, foi um sucesso e, "mesmo na pandemia, tivemos a manutenção da série histórica", afirmou. No primeiro dia do exame, aplicado em 21 de novembro, o Inep divulgou o quantitativo de 26% de participantes ausentes.

##RECOMENDA##

Neste ano, o Enem registrou cerca de 3.389.907 inscrições confirmadas, sendo 3.321.016 para as provas impressas e 68.891 para as provas digitais. Esses números representam a menor taxa de candidaturas no certame desde a reformulação.

Ainda durante a coletiva, Danilo Dupas ressaltou que os pedidos de reaplicação do Enem, destinados a participantes que tiveram problemas de logística ou intercorrências, devem ser feitos a partir desta segunda até 3 de dezembro.

Enem 2021

A primeira aplicação foi realizada nos dias 21 e 28 de novembro, nas versões impressa e digital. Já os dias 9 e 16 de janeiro de 2022 serão direcionados aos participantes que se inscreveram após a reabertura das candidaturas, em setembro. Ao todo, 280.145 novos registros foram confirmados pelo Inep. Na mesma data será aplicado o Enem para adultos privados de liberdade e jovens cumprindo medida socioeducativa que inclui privação de liberdade (Enem PPL).

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira divulgou, nesta segunda-feira (29), os dados sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021. Na ocasião, o presidente do órgão responsável pelo exame, Danilo Dupas Ribeiro, afirmou que os resultados da avaliação serão divulgados em 11 de fevereiro de 2022.

A data possibilitará que os candidatos da versão impressa e digital, da primeira e segunda aplicação, consultem, por meio da Página do Participante, o boletim com as notas individuais das disciplinas de Linguagens, Ciências da natureza, Ciências Humanas, Matemática e Redação. Nesta edição, o Enem conta com duas edições.

##RECOMENDA##

A primeira aplicação foi realizada nos dias 21 e 28 de novembro, nas versões impressa e digital. Já os dias 9 e 16 de janeiro de 2022 serão direcionados aos participantes que se inscreveram após a reabertura das candidaturas, em setembro. Ao todo, 280.145 novos registros foram confirmados pelo Inep. Na mesma data, será aplicado o Enem para adultos privados de liberdade e jovens cumprindo medida socioeducativa que inclui privação de liberdade (Enem PPL).

Protestos contra o governo de Jair Bolsonaro marcaram o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). "Enem da desigualdade", "o mais elitista da década" e "mais cotas, menos Bolsonaro" eram algumas das palavras de ordem em cartazes do lado de fora do local de prova.

Os portões foram abertos às 12h e fechados pontualmente às 13h. Faltando dez minutos para às 13h, os retardatários começaram a correr para não perder o horário, com o apoio de professores e monitores de cursinhos pré-vestibular, que foram para a porta da universidade prestar solidariedade aos alunos. "Estamos torcendo por vocês", diziam.

##RECOMENDA##

Uma jovem que chegou na garupa de uma moto poucos minutos após o fechamento dos portões ainda tentou negociar sua entrada com os seguranças sem sucesso. Saiu chorando e não quis falar com a imprensa. Mas recebeu o apoio dos professores: "Ano que vem tem de novo, vai dar tudo certo."

Uma tenda solidária também foi armada na porta da universidade, distribuindo canetas pretas, máscara e água para os jovens. A prova deste domingo tem 90 questões de ciências da natureza e matemática. No Rio, 218.200 alunos estavam inscritos para a prova.

Participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 farão neste domingo (28) as provas de matemática e ciências da natureza. As provas serão aplicadas tanto para os candidatos inscritos na versão impressa quanto na versão digital do exame. As questões serão iguais nas duas modalidades.   

Assim como na prova do último domingo (21), é obrigatório o uso de máscara de proteção facial. O documento de identidade e a caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente também são itens obrigatórios na prova. No Enem digital, as respostas são dadas no computador, mas os participantes recebem uma folha de rascunho para fazer os cálculos à mão, por isso, a caneta é também necessária.   

##RECOMENDA##

No primeiro dia de Enem, os participantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Ao todo, 74% dos 3,1 milhões de inscritos compareceram ao exame.   

O Enem impresso é realizado em 11.074 locais de prova em 1.747 municípios. Nessa modalidade, são mais de 460 mil pessoas envolvidas na aplicação do exame, entre coordenadores estaduais, municipais, aplicadores, corretores de redação e supervisores. Já o Enem digital envolve mais de 17 mil pessoas na realização das provas. O exame nesse formato será aplicado em 831 locais de prova em 99 municípios.   

Este será o segundo Enem aplicado neste ano, já que as provas de 2020 foram adiadas por causa da pandemia e acabaram sendo aplicadas em janeiro e fevereiro.  O que é preciso saber  O Enem 2021 tem regras especiais por conta da pandemia. O uso de máscara facial é obrigatório nos locais de aplicação. Participantes que estiverem com covid-19 ou com outras doenças infectocontagiosas não devem comparecer ao exame e podem solicitar a reaplicação. O descumprimento das regras poderá levar à eliminação do candidato. 

No dia da prova, além da máscara de proteção facial, é obrigatório levar documento de identificação original, com foto. Não são aceitos documentos digitais. Entre as identificações aceitas estão a Carteira de Identidade (CNH), o passaporte e a Carteira de Trabalho emitida após 27 de janeiro de 1997. 

Outro item obrigatório é a caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. Ela é necessária para preencher o cartão de respostas no Enem impresso. No Enem digital, ela poderá ser usada para fazer anotações na folha de rascunho. Não é permitido o uso de lápis ou borracha. 

 É recomendado ainda que os participantes levem lanche e água, já que a prova tem uma duração longa.   Também é recomendado que se leve no dia do exame o Cartão de Confirmação da Inscrição. Nele está, entre outras informações, o local de prova. O cartão pode ser acessado na Página do Participante. 

Caso necessite comprovar que participou do exame, o estudante pode, também, na Página do Participante, imprimir a Declaração de Comparecimento para cada dia de prova, informando o CPF e a senha. A declaração deve ser apresentada ao aplicador na porta da sala em cada um dos dias. Ela serve, por exemplo, para justificar a falta ao trabalho. 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando