Tópicos | Hernane Brocador

Nada melhor do que jogar em casa e, contra o vice-lanterna, para se manter no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Foi com essa atmosfera que o Sport entrou em campo, nesta sexta-feira (11), em uma Ilha do Retiro bem cheia, para encarar o São Bento.

E deu Leão. O time deslanchou no segundo tempo, venceu por 2 x 0, chegou aos 49 pontos e subiu para a segunda colocação na competição. Isso, porque o Atlético-GO empatou com o Vila Nova e foi ultrapassado pelo time pernambucano.

##RECOMENDA##

O JOGO

Em um primeiro tempo em que teve bem mais posse de bola, o Sport, porém não teve muita criatividade. O Leão até que chegou perto de marcar, com Charles chutando por cima do gol, após cobrança de escanteio, e com Hernane batendo de dentro da área e tirando tinta da trave.

Do outro lado, o São Bento mostrava que não estava morto e obrigou Mailson a trabalhar duas vezes. Primeiro defendendo uma cobrança de falta de Rodolfo. Depois, o goleiro salvou uma cabeçada de Joílson. O placar em branco fez o time da casa ser vaiado.

Mesmo assim, a equipe voltou do intervalo com a mesma formação. Mas a atitude foi diferente. O time passou a pressionar mais e marcou logo aos 6 minutos. Guilherme achou Charles na área. O volante cruzou e a bola chegou em Marquinho, livre de marcação, para bater forte e fazer 1 x 0.

Aos 26 minutos, o Leão aumentou. Pablo derrubou Rafael Thiery dentro da área e o juíz marcou pênalti. Hernane Brocador foi para a cobrança e fez seu 13º gol na competição, se tornando o artilheiro da Série B.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Ilha do Retiro (Recife)

Sport: Mailson; Norberto, Adryelson, Rafael Thiery e Sander; Charles, Willian Farias (Marcão), Leandrinho (Pedro Carmona) e Guilherme; Marquinho (Marcinho) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira

São Bento: Renan Rocha; Marcos Martins, Gerson, Joílson e Mansur; Fábio Bahia (Wilson), Vinícius Kiss (Pablo), Fernandes (Joãozinho) e Rodolfo; Paulinho Bóia e Minho. Técnico: Milton Mendes

Gols: Marquinho e Hernane Brocador (SPO)

Arbitragem: Roger Goulart (RS)

Assistentes: André da Silva Bitencourt (RS) e Fabrício Lima Baseggio (RS)

Cartões amarelos: Leandrinho e Charles (SPO); Vinícius Kiss, Pablo e Minho (SBE)

Público: 13.577

Hernane teve nos pés a chance de conquistar mais uma vitória do Sport na segunda-feira (7), contra o CRB. O atacante perdeu a grande penalidade que colocaria o leão na frente e desabafou na sua rede social após cobranças pelo erro.

O jogo estava empatado em 1x1. Aos 34 do segundo tempo Hernane se preparava para encaminhar uma importante vitória e não deixar o líder Bragantino escapar. A bola foi caprichosamente na trave e o Sport saiu de campo com mais um empate. A chance desperdiçada por Hernane virou chuvas de críticas da torcida que mereceu resposta do artilheiro da equipe.

##RECOMENDA##

“Uma coisa que nunca fiz na vida é me esconder ou correr das minhas responsabilidades, por isso mesmo toda vez que for preciso eu me apresentarei para cobrar pênalti, falta e sim, existirão dias que a bola não vai entrar e vai ser horrível. A dor de "falhar" é imensa e tenho que lutar para superar, levantar a cabeça e seguir em frente", ressaltou.

“Vinte e duas bolas já entraram esse ano e o melhor de tudo é que Deus, aquele que nunca falha, sempre nos dá outra oportunidade e podemos então acertar. Lembrando que, eu sou o batedor do time e se precisar eu vou bater de novo”, completou Hernane.

[@#video#@]

Após a derrota para o América-MG na Ilha do Retiro, na última rodada, o técnico Guto Ferreira afirmou que iria buscar fora os pontos perdidos em casa. E foi com esse pensamento que o Sport entrou em campo, nesta terça-feira (24), diante do Londrina, no Estádio do Café. Com gols de Hernane Brocador e Guilherme, o time voltou para Recife com os três pontos na bagagem e cada vez mais consolidado no G4, em terceiro lugar.

O JOGO

##RECOMENDA##

No início, a preocupação rubro-negra era segurar os ímpetos dos donos da casa e chegar com eficiência. E deu certo. Aos 11 minutos, Leandrinho deu um passe milimétrico e deixou Hernane Brocador na cara do gol. O artilheiro do Leão foi letal e abriu o placar batendo forte de pé direito.

A partir daí, ficou mais fácil controlar a situação, mas, no final do primeiro tempo, o Londrina se mandou pra cima. Aos 42, Higor Leite cobrou falta e obrigou Mailson a se esticar todo para defender. E nos acréscimos, em um cruzamento na área, Germano, de cabeça, deixou tudo igual.

A segunda etapa começou com o Londrina pressionando, mas as duas melhores chances foram rubro-negras. Aos 10 minutos, Yan entrou pela esquerda, driblou um adversário, deu uma caneta em outro e bateu. A bola passou tirando tinta da trave de Emerson. No lance seguinte, Hernane Brocador ficou de cara com o goleiro e chutou para fora.

Mas aos 35, o mesmo Hernane foi derrubado dentro da área. Guilherme cobrou o pênalti com categoria e colocou o Leão na frente de novo. O Londrina, logo depois, perdeu Luidy expulso e não teve mais forças para empatar.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Estádio do Café (Londrina)

Londrina: Emerson; Alemão, Augusto, Lucas Costa e Juninho; Neris (Paulinho Moccelin), Germano, Higor Leite e Matheuzinho (João Paulo); Luidy e Léo Passos (Júnior Pirambu). Técnico Claudio Tencati

Sport: Mailson; Norberto, Adryelson, Rafael Thiery e Sander; Yago (Pedro Carmona), Willian Farias, Leandrinho e Yan (Marcinho); Guilherme (Marcão) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira

Gols: Germano (LON); Hernane Brocador e Guilherme (SPO)

Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB)

Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Luis Filipe Gonçalves Correa (PB)

Cartão amarelo: Yago (SPO)

Cartão vermelho: Luidy (LON)

Há 12 jogos sem vencer, ocupando a 18ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série B, o Figueirense parecia presa fácil para o Sport. E foi. Com gols de Hernane Brocador e Norberto, o Leão venceu nesse domingo (15), em Florianópolis, afundou os donos da casa na zona de rebaixamento e se firmou no G4, na terceira colocação com 38 pontos.

O JOGO 

##RECOMENDA##

Aos 11 minutos da primeira etapa quase que os donos da casa abrem o placar. Victor Guilherme cruzou na área e Willian Popp acertou a trave. Na sequência do lance, Héliton tentou de bicicleta, mas Mailson pegou.

Já o Sport, quando chegou, foi cirúrgico. Leandrinho passou para Hyuri, que, de letra, deixou na medida para Hernane Brocador bater de dentro da área e abrir o placar. Leão na frente, porém, nem tudo foi sorte. João Igor e Hyuri saíram machucados. Marcão e Marcinho entraram.

No segundo tempo, o Sport também não precisou se esforçar muito para ampliar. Aos 13, Marcinho foi até a linha de fundo e cruzou voltando. Norberto subiu sozinho para, de cabeça, mandar no canto direito de Matheus Vidotto: 2 x 0.

O Figueirense ainda descontou aos 44, com Andrigo chutando de longe e Mailson engolindo um "peru".

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Orlando Scarpelli (Florianópolis)

Figueirense: Matheus Vidotto; Victor Guilherme, Alemão, Ruan Renato e Héliton; Zé Antônio (Patrick), Betinho (Andrigo), Tony e Robertinho; Willian Popp e Yuri Mamute (Matheus Lucas). Técnico: Vinícius Eutrópio

Sport: Mailson; Norberto, Adryelson, Rafael Thiery e Sander; João Igor (Marcão), Charles, Leandrinho e Guilherme, Hyuri (Marcinho) e Hernane Brocador (Elton). Técnico: Guto Ferreira

Gols: Andrigo (FIG); Hernane Brocador e Norberto (SPO)

Arbitragem: Andrey da Silva e Silva (PA)

Assistentes: Márcio Gleidson Correia (PA) e Bárbara Roberta da Costa (PA)

Cartões amarelos: Robertinho e Willian Popp (FIG); Norberto (SPO)

Nesta quinta-feira (1), o Sport voltou à Arena de Pernambuco em busca de um resultado melhor do que o empate diante do Guarani, na última rodada. Contra um adversário direto, era preciso vencer para retornar ao G4 da competição. O roteiro foi diferente, mas o final, porém, foi mesmo.

Outro 1 x 1 e o Leão começa a rodada na quinta colocação. O próximo compromisso vai demorar um pouco. Só no dia 11 de agosto, contra o Criciúma, fora de casa. O negócio agora é secar os adversários.

##RECOMENDA##

O JOGO 

No começo do jogo só deu Coritiba. Aos 6 minutos, Rafael Thiery cortou um cruzamento rasteiro em que a bola ia chegar livre para Igor Jesus. Na cobrança do escanteio, Sabino cabeceou e Mailson espalmou. A pressão continuou e deu resultado. Diogo Mateus entrou pela direita e deu voltando. Robson chegou batendo de primeira e abriu o placar. 

O Sport acordou com a desvantagem e passou a ficar com a bola e atacar mais. Porém, só chegou perto do gol quando Hernane Brocador achou Norberto entrando livre, mas o lateral rubro-negro bateu na rede pelo lado de fora.

Já no segundo tempo, com a entrada de Sammir, o Leão voltou pressionando e chegou ao empate, com merecimento, aos 14 minutos. Guilherme lançou Norberto dentro da área. O lateral dominou e achou Hernane Brocador sozinho, embaixo da barra para deixar tudo igual.

A pressão seguiu na mesma proporção que a chuva começou a cair na Arena de Pernambuco. Só que aí pareceu que água esfriou a partida e o Sport acabou chegando aos seu oitavo empate nessa Série B.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata)

Sport: Mailson; Norberto, Cleberson, Rafael Thiery e Éder; Ronaldo, Charles (Yago), Guilherme e Yan (Sammir); Ezequiel (Juninho) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira

Coritiba: Alex Muralha; Diogo Mateus, Walisson Maia (Rafael Lima), Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Luiz Henrique (Vitor Carvalho), Thiago Lopes, Juan Alano e Robson (Wellissol); Igor Jesus. Técnico: Umberto Louzer

Gols: Hernane Brocador (SPO); Robson (COR)

Arbitragem: Vinicius Gomes do Amaral (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Tiago Kappes (RS)

Cartões amarelos: Cleberson (SPO); Robson, Alex Muralha e Rafael Lima (COR)

Público: 14.152

 

Após três empates seguidos, o Sport entrou em campo nesta sexta-feira (26) tentando não se desgrudar do pelotão de frente do Campeonato Brasileiro da Série B. Na Vila Capanema, diante do vice líder Paraná, o Leão foi cirúrgico. Marcou no início, com Hernane cobrando pênalti, segurou o adversário e subiu para o quarto lugar, com 21 pontos.

O JOGO 

##RECOMENDA##

Quando o jogo ainda se desenhava, o Sport saiu na frente. Aos 11 minutos, Guilherme Santos derrubou Ezequiel dentro da área. Na cobrança da penalidade, Hernane Brocador bateu forte, no meio, e abriu o placar para o Leão.

O Paraná quase chega ao empate com João Pedro chutando de fora da área e acertando o travessão de Mailson. O Sport quase amplia aos 32, com Guilherme batendo de longe e obrigando Thiago Rodrigues a fazer uma grande defesa.

O Leão seguia marcando bem e saindo rápido nos contra ataques. Aos 10 da segunda etapa, foi a vez do Leão carimbar a trave dos donos da casa. Ronaldo arriscou da entrada da área e acertou o poste esquerdo. O Paraná seguiu pressionando, mas o placar não mexeu mais.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Vila Capanema (Curitiba)

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui (Ramon), Fernando Neto (Caio Monteiro) e Bruno Rodrigues; João Pedro e Jenison (Rodrigo Porto). Técnico: Matheus Costa

Sport: Mailson; Norberto (Raul Prata), Adryelson, Rafael Thiery e Guilherme Lazaroni; Ronaldo, Charles, Leandrinho (Sammir) e Guilherme;  Ezequiel e Hernane Brocador (Elton). Técnico: Guto Ferreira

Gol: Hernane Brocador (SPO)

Arbitragem: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Leirson Peng Martins (RS)

Cartões amarelos: Guilherme Santos, Rodolfo e Eduardo Bauermann (PAR); Ronaldo, Norberto, Charles, Raul Prata e Hernane Brocador (SPO)

Em um jogo emocionante, o Sport se sagrou campeão pernambucano neste domingo (21), na Ilha do Retiro. O Leão perdeu para o Náutico por 2x1 no tempo normal, mas nas penalidades, graças a duas belas defesas do goleiro Mailson, o Rubro-Negro garantiu o título. Artilheiro do Estadual, Hernane foi expulso ainda no primeiro tempo, porém, após o apito final, o centroavante comemorou a conquista.

Com nove gols, o Brocador terminou como artilheiro do Pernambucano. “Queria glorificar a Deus por esse momento. Não sairia do Sport se não fosse honrado. Quero agradecer o apoio da torcida e da diretoria, que sempre acreditou no meu trabalho. Fui abençoado com a artilharia. E agora o Guto chegou para coroar. A gente sabe que o título fortalece”, declarou o jogador em entrevista à Rádio Jornal.

##RECOMENDA##

Sobre o lance da expulsão, em que Hernane revidou uma entrada do zagueiro Suéliton, o atleta leonino reconheceu que errou e mandou um recado para o defensor alvirrubro. “Revidei ele sim, reconheço que fui errado. Mas ele defende o lado dele e eu defendo o meu. Ele tem que assistir eu sendo artilheiro e levantando o troféu. Quem manda em Recife é o Sport”, disse Brocador.

LeiaJá também

--> Imagens: veja fotos do título do Sport, campeão estadual

--> Sport: confira a trajetória do 42 vezes campeão estadual

Após jogar apenas pelo Campeonato Pernambucano esse ano, o Sport entrou em campo nesta quarta-feira (13), em uma competição nacional. Diante da Tombense, no interior de Minas Gerais, o Leão encarou seu primeiro desafio na Copa do Brasil 2019. Primeiro e único.

O Leão tinha a vantagem do empate para passar de fase, mas acabou sendo goleado por 3 x 0 no estádio Almeidão, com duas falhas bizarras da defesa, e está eliminado do torneio. Agora, o clube rubro-negro volta suas atenções para o clássico de domingo (17), contra o Santa Cruz.

##RECOMENDA##

O JOGO

O Sport começou ‘amassando’ os donos da casa. Aos 9 minutos, Hernane entrou pela esquerda, cortou o zagueiro, ficou de frente, mas bate fraco para a defesa de Felipe. Aos 21, o mesmo Brocador subiu sozinho para cabecear tirando tinta da trave. No lance seguinte, Ezequiel bateu cruzado e acertou a trave.

Mas foi o Tombense quem acabou abrindo o placar. Everton fez grande jogada pela esquerda, entrou na área e soltou a bomba. Magrão espalmou, mas a bola acabou indo para o meio da área. Juan, então, apareceu sozinho para mandar para as redes rubro-negras.

Precisando vencer a todo custo, o Sport voltou do intervalo partindo para cima. Mas, assim como na primeira etapa, sem eficiência lá na frente. Insatisfeito, Milton Cruz mexeu no ataque e sacou Kaio e Hernane para colocar Juninho e Elton.

Mas foi a defesa que vacilou de novo. Aos 25, Juan cruzou rasteiro, Magrão falhou feio e acabou soltando a bola. Denilson chegou livre e tocou no cantinho para ampliar a vantagem do time mineiro. Nos descontos, Marquinhos bateu forte para fazer o terceiro.

FICHA DE JOGO

Competição: Copa do Brasil

Local: Almeidão (Tombos-MG)

Tombense: Felipe; David (Bruno Ferreira), Lincoln, Reynaldo e Bruninho; Rodrigo, Trindade, Juan e Everton (Vander); Lucas de Sá (Marquinhos) e Denilson. Técnico: Ricardo Drubscky

Sport: Magrão; Norberto (Alisson Farias), Adryelson, Rafael Thyere e Sander; Ronaldo, Charles, Kaio (Juninho) e Guilherme; Ezequiel e Hernane Brocador (Elton). Técnico: Milton Cruz

Gols: Juan, Denilson e Marquinhos (TOM)

Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Assistentes: Marcio Soares Maciel (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)

Cartões amarelos: Lincoln (TOM); Norberto e Elton (SPO)

 

O relógio marcava apenas 5 minutos de jogo quando Hernane Brocador ‘entortou’ Camutanga e abriu o placar para o Sport, na Ilha do Retiro, neste domingo (27). Para o treinador alvirrubro, Márcio Goiano, o gol relâmpago foi primordial para a derrota do seu time por 3 x 1.

“O Primeiro gol foi decisivo e ali o Sport baixou as linhas e acabamos tomando o segundo. Erramos muito. Clássico é decisão, tem que ganhar as divididas, brigar pela bola, mas o que me chamou a atenção foi nossos erros de passe. Não conseguimos ter a posse de bola para chegar ao gol. Não soubemos aproveitar o primeiro tempo. No segundo, o Sport errou menos ainda e aí complicou”, desabafou.

##RECOMENDA##

Para o comandante Timbu, a hora, porém, é de esquecer o clássico e focar no decorrer dos campeonatos. “Temos agora dois jogos em casa e temos que entrar nas competições. É ter tranquilidade e equilíbrio. Os jogadores sabem o que melhorar”, garantiu.

O Sport dominou o Náutico neste domingo (27), na Ilha do Retiro. O placar de 3 x 1 foi mais do que merecido. Mesmo comemorando a vitória no clássico, o treinador Milton Cruz quer manter os ‘pés no chão’ e seguir evoluindo junto ao elenco rubro-negro.

“O time vem evoluindo e espero que a gente possa montar um grupo forte para fazer um grande campeonato. Com 24 dias de trabalho não dá para fazer muita coisa, o time tá de parabéns, mas tem bastante coisa para evoluir. Parte fisica, tática, entrosamento. Precisamos de calma. Estávamos devendo um jogo bom à torcida para apagar a estreia. Mas tem que ter os pés no chão, trabalhar e os jogadores sabem disso”, disse.

##RECOMENDA##

Milton aproveitou ainda para elogiar o ataque do seu time, que funcionou perfeitamente no primeiro tempo. ”Ezequiel dispensa comentários, finaliza bem, vai dar muitas alegrias ao torcedor. Hernane é um oportunista e sempre espero isso dele. Converso com ele todo dia, isso ajuda ele a se empenhar para ganhar a posição de titular”. revelou.

 

O Sport bateu o Náutico, neste domingo (27), na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Pernambucano. 3 x 1 foi placar. Hernane Brocador, Adryelson e Ezequiel marcaram para o Leão e Robinho descontou para o Timbu. Confira imagens do jogo pelas lentes do LeiaJá:

[@#galeria#@]

##RECOMENDA##

Na opinião dos especialistas não havia um favorito para o clássico entre Sport x Náutico, neste domingo (27), na Ilha do Retiro. Porém, quando a bola rolou, o time rubro-negro fez valer o seu mando de campo e venceu com autoridade o primeiro clássico do Campeonato Pernambucano 2019: 3 x 1.

O JOGO

##RECOMENDA##

O Sport começou arrasador. Logo aos 5 minutos, Hernane recebeu na direita, deu um drible desconcertante em Camutanga e tocou com categoria na saída do Bruno, abrindo o placar para os donos da casa.

Depois do gol, porém, o Leão preferiu esperar o Náutico e sair no contra ataque. E deu certo aos 32. Guilherme achou Ezequiel na esquerda, o atacante rubro-negro avançou, entrou na área e fuzilou para fazer 2 x 0.

O Náutico voltou para a segunda etapa disposto a atacar mais, porém foi o Sport quem chegou de novo. Raul Prata, que tinha substituído Norberto, cruzou com perfeição e o zagueiro Adryelson foi lá no segundo andar para fuzilar de cabeça e fazer o terceiro. Robinho descontou para o Náutico nos acréscimos.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Pernambucano

Local: Ilha do Retiro

Sport: Magrão; Norberto (Raul Prata), Adryelson, Chico e Sander; Ronaldo, Charles, Leandrinho, Guilherme (Alisson Farias) e Ezequiel (João Igor); Hernane Brocador; Técnico: Milton Cruz

Náutico: Bruno; André Krobel (Thiago), Camutanga, Sueliton e Assis; Josa, Luiz Henrique e Fábio Matos (Hereda); Jorge Henrique, Matheus Carvalho (Robinho) e Wallace Pernambucano. Técnico: Márcio Goiano

Gols: Hernane Brocador, Adryelson e Ezequiel (SPO); Robinho (NÁU)

Arbitragem: Deborah Cecília

Assistentes: Clóvis Amaral e Marcelino Castro

Cartões amarelos: Sander, Charles e Ronaldo (SPO); Thiago (NÁU)

Público: 8.332

Sport e Vitória se enfrentaram nesta quarta-feira (23), na Arena de Pernambuco, em busca do primeiro triunfo no estadual. Os dois times vinham de derrotas nas estreias. Óbvio, que pelo peso da camisa, a responsabilidade maior era do Leão. Por isso, o técnico Milton Cruz fez cinco mudanças na equipe que havia perdido para o Flamengo de Arcoverde.

E a nova formação rubro-negra deu resultado. Melhor o jogo inteiro, o time venceu por 2 x 0 e apagou a má impressão do primeiro jogo. Agora, o time se prepara para o clássico diante do Náutico, domingo (27), na Ilha do Retiro, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano.

##RECOMENDA##

O JOGO

O Sport entrou em campo animado e, mesmo com alguns sustos lá trás, pressionou o adversário na maior parte do tempo. Aos 27 minutos, essa pressão deu resultado. Ezequiel fez grande jogada pela esquerda, entrou na área e cruzou rasteiro para Hernane Brocador apenas empurrar para o fundo das redes.

O segundo gol veio com tranquilidade, aos 40, após uma saída de jogo errada do Vitória. A bola ficou com Leandrinho, que bateu. O goleiro Dida fez a defesa parcial, mas Charles chegou de trás para pegar o rebote e mandar rasteiro no canto esquerdo e ampliar o placar.

A segunda etapa foi em ritmo de treino. Antes dos 20 minutos, Milton Cruz tirou Ezequiel e Hernane Brocador, e colocou Guilherme e Elton. Pardal também entrou, no lugar de Leandrinho. Satisfeito com o placar o time ficou levando o adversário na “maciota”. E ficou só 2 x 0 mesmo.

FICHA DE JOGO

Vitória: Dida; Felipe Almeida, David, Rafael Araújo e Wires; Gian (Fabinho), Gilmar e Oliveira ; Caiçara, Rogerinho (Gabriel) e Guto (David Henrique). Técnico: Fernando Alcântara

Sport: Magrão; Norberto, Adryelson, Chico e Sander; Ronaldo, Charles e Leandrinho (Pardal); Alisson Farias, Ezequiel (Guilherme) e Hernane Brocador (Elton); Técnico: Milton Cruz

Gols: Hernane Brocador e Charles (SPO)

Arbitragem: José Woshington da Silva

Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e Karla Renata Cavalcanti

Cartões amarelos: Felipe Almeida (VIT); Sander, Chico e Ronaldo (SPO)

O Sport realizou na última quinta-feira (18) o penúltimo treino visando o confronto contra o Vasco, neste sábado (20), às 19h, na Ilha do Retiro. Antes da movimentação, em entrevista coletiva, o atacante Hernane brocador falou sobre o confronto contra a equipe carioca. Para ele, independente de quem for titular na partida, o importante é que o Leão saia vitorioso. 

"Quero ajudar, independente de ser titular ou banco, aqui não tem vaidade. Tomara que eu possa marcar logo esse segundo gol e que seja nessa partida. Mas se for preciso dar assistência para ganhar o jogo eu estarei feliz também. O importante é o Sport sair vencedor", disse. 

##RECOMENDA##

Hernane ainda afirmou que quer manter o bom retrospecto diante do Vasco. O Brocador disse ter boas lembranças de partidas contra os cruzmaltinos na época em que jogava no Flamengo. "Quando joguei lá não lembro de ter perdido nenhum clássico contra eles. Vou encarar esse jogo como um clássico, não só eu como toda a equipe está encarando. Temos que pensar 100% na equipe do Vasco".  

LeiaJá também 

--> Sport terá alguns desfalques contra o Vasco

--> Vasco encara duelo contra o Sport como decisivo no ano

O atacante Hernane Brocador foi reintegrado ao elenco antes do prazo previsto pelo Departamento Médico do Sport. O atleta sofreu uma luxação no ombro esquerdo na partida contra o Corinthians, no último dia 16, pela 25ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. 

Hernane já participou normalmente da atividade no gramado da última segunda-feira (8). "Hernane cumpriu todos os protocolos de forma exemplar, o que explica o retorno dele antes do previsto. O atleta será reintegrado ao elenco para que possa recuperar de forma gradativa a confiança e aprimorar a parte física. Vamos avalia-lo diariamente, em conjunto com a comissão técnica, para definirmos se ele estará ou não à disposição para o duelo em Curitiba", explicou o médico Rodrigo Pérez. 

##RECOMENDA##

A partida contra o Atlético-PR será no domingo (14), às 19h, na Arena da Baixada. O confronto será válido pela 29ª rodada do Brasileirão. 

LeiaJá também 

--> Chance de rebaixamento do Sport cai para 89,5%, diz site

--> Vídeo: jogadores do Sport choram após vencer o Inter

No final do primeiro tempo, Hernane Brocador, autor do gol do Sport contra o Corinthians, neste domingo (16), pela série A do Brasileirão, deu adeus ao jogo. O atacante trombou com Léo Santos e acabou machucando o ombro. Rodrigo Perez, médico do Leão, falou sobre a situação do atleta, após a partida.

“Ele teve o ombro imobilizado, tomou medicamento, e vamos esperar 24 horas para diminuir a inflamação e fazer uma ressonância magnética para saber a gravidade da lesão. Em casos de Luxação, não podemos dar um diagnóstico preciso agora para saber se é cirúrgico ou não. Não tem muito o que fazer agora”, explicou.

##RECOMENDA##

O próprio Hernane falou com a imprensa após o jogo e reclamou da atitude de Léo Santos no lance. “Não vou falar em maldade, mas ele poderia ter evitado o choque. Mas são coisa do futebol, acontece”, lamentou. 

LeiaJá também

--> Eduardo diz que abatimento não tomou conta do elenco 

--> Corinthians vira pra cima do Sport, que segue em penúltimo

Carente de um futebol vistoso e em decadência no Campeonato Brasileiro da Série A, o Sport tenta se reforçar para apagar o quadro negativo. Dois atacantes foram confirmados como novos contratados da equipe. Um deles, Hernane Brocador, 32 anos,  já passou pela Ilha do Retiro em 2015 e retorna com a missão de ser o “homem gol” da equipe.

O centroavante será apresentado na tarde desta quarta-feira (15), no Centro de Treinamento do clube, em Paulista, Região Metropolitana do Recife. Em sua passagem no time pernambucano em 2015, Brocador disputou 17 jogos e assinou quatro gols.

##RECOMENDA##

 "A expectativa é das melhores. Sabemos que o Sport não está numa situação muito favorável, mas só estamos no meio da competição. Temos ainda 20 partidas para tirar o Sport dessa situação. Quero chegar bem e ajudar. Espero poder marcar muitos gols com a camisa rubro-negra", disse o Brocador, em entrevista ao site do Sport.

"Não vou conseguir jogar sozinho. Temos mais dez dentro de campo. Sei da minha responsabilidade, do peso que tenho. Mas quem estiver dentro de campo sempre vai querer dar o melhor e comigo não vai ser diferente”, acrescentou o centroavante. 

Além de Hernane Brocador, o Sport confirmou a contratação do atacante Mateus Gonçalves, de 23 anos, que estava no futebol mexicano. O atleta defendia o Club Tijuana e firmou contrato com o Leão até maio do próximo ano. 

De acordo com Mateus, ele é um atacante veloz e que gosta de atuar pelos lados do campo. O ofensivo também garantiu que parte para cima dos defensores. Em entrevista ao site oficial do Sport, o jogador declarou “vai deixar a vida em campo”.

“As minhas expectativas são as melhores possíveis. Fico feliz por poder estar voltando ao meu País, do qual sai muito jovem, aos 19 anos. Agradeço ao Sport, que abriu as portas para mim, me repatriando. O que esperar do Mateus? Que eu vou deixar a vida em campo e fazer o melhor para o Sport”, disse Mateus.

Técnico – O Sport também está muito próximo de anunciar seu novo treinador. Trata-se de Eduardo Baptista, velho conhecido da torcida rubro-negra. Em entrevista ao LeiaJá, o vice-presidente de futebol do clube, Guilherme Beltrão, afirmou que faltam apenas detalhes para o acerto com o filho de Nelsinho Baptista

No último sábado (18), o Bahia venceu mais uma partida pelo Estadual, dessa vez diante do lanterna Galícia, na Arena Fonte Nova. Com gols de Allione, Régis e Lucas Fonseca, o Tricolor chegou aos 17 pontos e segue firma na disputa pelo título baiano. Porém, um lance específico fez com que parte da torcida se voltasse contra o atacante Hernane, o 'Brocador'. O centroavante foi criticado por desperdiçar uma cobrança de pênalti, tentando uma cavadinha, algo que rendeu várias críticas. Na ocasião, o placar marcava 0x0.

Passado o jogo, Hernane decidiu responder às cobranças que vem recebendo, alegando ter arriscado por ser um atleta ousado. Confira na íntegra a mensagem postada em uma rede social: 

##RECOMENDA##

"Se o futebol continuar seguindo esse caminho que algumas pessoas querem, vai acabar a graça e a emoção. Fui ensinado que, no futebol, tem de se ter ousadia, tentar sempre o melhor. Infelizmente, quando se erra tentando ser diferente, essas pessoas que estão tornando o futebol chato querem apontar o dedo e julgar. Futebol é espetáculo, torcida, gols, lances bonitos. Visto a camisa do Bahia, gigante, bi-campeão brasileiro, nunca vou deixar de ser diferente e representar essa camisa. Sempre vou tentar promover um jogo grande e importante. Tenho certeza de que todos os envolvidos saem ganhando quando damos a um Ba-Vi o peso e o tamanho que ele merece. Acho que é isso, vamos tratar esse nosso show chamado futebol com mais carinho. Valeu e bora Bahêa".

A postagem dividiu a opinião dos torcedores tricolores que, em parte, cobraram mais responsabilidade do atacante. "Espero que você não creia que a graça e a emoção do futebol advenham de atitudes irresponsáveis e desrespeitosas iguais a sua", disparou um internauta. Entretanto, a imensa maioria demonstrou apoio a Hernane que prometeu, em entrevista pós-jogo, gols no clássico contra o Vitória. Veja o pênalti desperdiçado por Hernane no Campeonato Baiano:

[@#video#@]

Com uma possível volta ao Sport especulada, o Bahia não perdeu tempo e renovou o contrato do atacante Hernane Brocador, artilheiro da equipe com 15 gols e 24 jogos, até o final de 2018. Além disso, o tricolor baiano comprou 55% dos direitos econômicos frustrando assim as intenções da diretoria do Leão de um retorno do atacante para a Série A deste ano. 

No Sport, o jogador não teve muitas chances de atuar devido a boa fase de André na temporada passada. Neste ano, o jogador não ficou no clube por opção do técnico Paulo Roberto Falcão, que trouxe para equipe os centroavantes Túlio de Melo e Vinícius Araújo. Essa foi a segunda tentativa do Leão de repatriar um ex-atacante que vstiu a camisa do clube na temporada passada, anteriormente o clube também esteve interessado em André que preferiu seguir no Corinthians.

##RECOMENDA##

Ao site oficial do Bahia, o atacante comemorou a continuidade na equipe e disse acreditar no acesso, apesar da má fase do time na Série B. ““Muito feliz com essa renovação. Era uma coisa que queríamos. O Bahia sempre me deu toda estrutura e respaldo para desenvolver um bom trabalho. Obrigado a essa torcida apaixonada, que certamente faz parte disso. Vamos com tudo para conseguir esse acesso. Bora, Bahia!”, comentou o atleta. Em contraponto a renovação de Hernane, outros três atletas devem estar de saída do tricolor o lateral Hayner, o volante Danilo Pires, que interessa ao Santa Cruz, e o atacante Thiago Ribeiro.

LeiaJá também

--> Renê e Mansur esquentam corrida pela lateral do Sport

Um dos destaques do Santa Cruz na campanha do acesso para a Série A, o atacante Luisinho foi confirmado neste sábado (26) como mais novo reforço do Bahia para a temporada de 2016. O atacante irá, no tricolor baiano, fazer dupla de ataque com Hernane “Brocador”, que recentemente defendeu o Sport. O atleta é um dos poucos os quais a diretoria coral não conseguiu acertar a permanência.

Vice-líder de assistências da Série B, com 10 ao todo e sete gols marcados na competição, Luisinho havia se despedido do tricolor pernambucano na última quarta-feira (23) por meio do seu Instagram. A renovação do jogador com o Santa Cruz deixou de ser prioridade no clube após a diretoria entrar em conflito com seu empresário, Eduardo Maluf.

##RECOMENDA##

Contra o Bahia, Luisinho, inclusive, chegou a marcar seus primeiros gols pelo Santa Cruz na Série B. Foram logo dois na partida realizada no Arruda no dia 28 de julho. No novo clube, o atleta acertou um contrato de dois anos.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando