Tópicos | Fuvest

Por Maya Santos

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgou, nesta sexta-feira (24), a lista de aprovados em primeira chamada no Vestibular 2020. Os classificados devem realizar a matrícula online entre os dias 25 e 28 de janeiro no site da Universidade de São Paulo (USP).

##RECOMENDA##

Para garantir a vaga, o candidato selecionado deverá anexar as documentações necessárias para validação eletrônica na universidade. São elas cópia digitalizada de certificado de conclusão de curso, histórico escolar ou o diploma de curso superior oficial e respectivo histórico escolar; registro geral (RG); e uma fotografia recente, com menos de um ano.

Na etapa presencial da matrícula, é necessário levar identificação fotográfica recente; além dos mesmos documentos solicitados na validação online para de conferência física. Esse processo será realizado entre os dias 18 e 19 de fevereiro. Para os classificados em cursos nos campi no interior, os locais de matrícula serão comunicados via e-mail cadastrado e no site da USP.

A USP oferta neste processo seletivo mais de 11 mil vagas distribuídos em 106 cursos. Para mais informações consulte o Manual do Candidato. Veja abaixo o cronograma da instituição com as demais datas:

Cronograma

25 de janeiro a 28 de janeiro de 2020 – Período da Matrícula Virtual – 1ª Chamada

31 de janeiro de 2020 – Divulgação da 2ª Chamada

Foi divulgada neste domingo (5) a prova realizada na primeira etapa da segunda fase do vestibular 2020 da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest). A avaliação serve para o preenchimento das vagas nos 182 cursos oferecidos pela Universidade de São Paulo (USP). O primeiro dia de prova desta 2ª fase do vestibular trouxe uma prova dissertativa de português com 10 questões, além de uma redação.

O gerente de inteligência educacional e avaliações do curso Poliedro, Fernando do Espiritu Santo, comentou a primeira prova aplicada. Segundo ele, a primeira etapa da segunda fase foi composta por uma prova já esperada. “Foi uma prova tradicional, que versou sobre interpretação de texto e gramática e cobrou nas quatro últimas questões as obras de leitura obrigatória. Então, o aluno que se preparou bem, fez uma boa leitura e trabalhou com os resumos, iria conseguir responder adequadamente às questões de leitura obrigatória", disse.

##RECOMENDA##

Ainda segundo Espíritu Santo, a prova também poderia ser feita com base na interpretação textual. "O restante da prova era possível fazer com um bom domínio de interpretação e regras gramaticais básicas. A interpretação de texto era a palavra-chave para um bom resultado e um bom desempenho nesse primeiro dia da segunda fase da Fuvest”, completou.

Nesta segunda-feira (6), será aplicada a prova final da segunda fase, com questões de disciplinas específicas, dependendo da carreira escolhida. São oferecidas mais de oito mil vagas para os cursos ofertados pela USP.

LeiaJá também

-> Entenda o tema da redação do vestibular da Fuvest

-> Fuvest: apenas 4 em 10 feras entram na USP na 1ª tentativa

A segunda fase do Vestibular da Fuvest, da Universidade de São Paulo (USP), um dos processos seletivos mais concorridos do Brasil, teve início neste domingo (5). Os candidatos responderam, nesta tarde, questões de português, bem como desenvolveram a redação.

De acordo com Fabiula Neubern, coordenadora de redação do Curso Poliedro, o vestibular trouxe como temática o ‘papel da ciência no mundo contemporâneo’. Para a docente, o assunto corrobora com as últimas abordagens do vestibular, que geralmente permeiam pautas atuais: em 2019, por exemplo, foi trabalhada a importância do passado para a compreensão do presente.

##RECOMENDA##

Em sua análise sobre a prova, Fabiula acredita que o tema cobrado foi amplamente trabalhado nos cursos e escolas dos candidatos à USP. Ela indica que a pauta resultou, entre alguns aspectos, da ascensão de um “certo revisionismo científico”, como os movimentos que questionam se a terra é redonda. De acordo com a coordenadora do Curso Poliedro, os estudantes devem ter detalhado o valor da ciência para a contemporaneidade.

“O tema partiu de um ponto atual solicitando a importância da ciência na contemporaneidade. Diante desse tema, os candidatos podem ter se lembrado de divulgadores científicos bastante famosos no Brasil. O cientista Carlos Nobre é um deles, figura pública que faz uma divulgação científica que viabiliza o conhecimento. Faz um movimento de mover a academia para o centro da discussão comum. Outro cientista bastante conhecimento é o Marcelo Gleiser, que já teve colunas em jornais e livros conhecidos”, comentou a coordenadora de redação do Curso Poliedro.

Durante o texto, segundo a professora, os candidatos podem ter feito contextualizações de problemas atuais que podem ser sanados com a ajuda da ciência. “Estamos diante de uma crise climática e do esgotamento de recursos naturais. A ciência é chave para combater esses problemas.  Desigualdade social a ciência também é capaz de resolver”, reforçou.

Nesta segunda-feira (6), os concorrentes encaram disciplinas específicas, conforme suas áreas. Mais informações sobre o vestibular podem ser obtidas no site da Fuvest.

O sonho do ensino superior vai se tornando realidade quando os ponteiros do relógio se aproximam do prazo final para término da prova do vestibular. Mas, para alguns candidatos, esse prazo é apenas o início de uma jornada de dedicação e preparação para as próximas etapas que podem levar ao ensino superior. É hora de sair de uma maratona de provas pensando na segunda fase.

A segunda fase de um vestibular é a outra prova que o estudante deve fazer para tentar ingresso em algumas instituições de ensino. Muitas vezes, as universidades adotam a primeira fase como parte do processo seletivo, com questões mais generalistas, que elimina e classifica os concorrentes e, assim, realiza uma espécie de “peneira” selecionadora para a fase seguinte. 

##RECOMENDA##

Já na etapa consecutiva do processo seletivo, os estudantes enfrentam um número menor de questões, com conteúdos mais específicos e voltados para as áreas escolhidas. “Por exemplo, quem vai fazer medicina tem biologia, química e física de uma maneira mais profunda. A primeira fase é mais simples, o fera passa por uma ‘peneira’. Já na segunda parte, ele sabe ou não sabe”, explicou o professor de matemática Ricardo Rocha. 

Abaixo, o LeiaJá listou alguns vestibulares que contam com provas de primeira, segunda e, até mesmo, terceira fases. Confira abaixo as instituições que contam com mais de uma etapa no processo seletivo de ingresso. 

Unesp

A segunda fase do vestibular da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) é composta por 36 questões discursivas e uma redação dissertativa. Essa etapa é dividida em dois dias, com duração de 4h30, e será realizada nos dias 15 e 16 de dezembro.

No primeiro dia, os estudantes respondem às 12 questões de Ciências Humanas e outras 12 de Ciências da Natureza e matemática. Já no segundo dia, os candidatos farão as provas de Linguagens e Códigos e uma redação. Além disso, cursos que exijam habilidades específicas terão provas aplicadas nos dias 8 e 14 de dezembro. 

ITA

Realizado nesta quinta (12) e sexta-feira (13), a segunda fase do vestibular do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) contará com provas de matemática e química, na quinta-feira, e física e redação na sexta-feira. Em ambos os dias, os candidatos iniciarão as questões dissertativas às 9h, horário de Brasília.

A relação com os aprovados para a terceira e última etapa, composta de inspeção de saúde, será divulgada dia 24 de dezembro, a partir das 10h.

Fuvest

Responsável pelo processo seletivo que dá acesso à Universidade de São Paulo (USP), o vestibular de segunda fase da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) será aplicado nos dias 5 e 6 de janeiro. Confira as notas de corte nesta etapa, divulgadas pela instituição.

No primeiro dia, os candidatos responderão às questões de português e redação. Já no dia seguinte, as provas serão de disciplinas específicas, de acordo com a carreira escolhida. Em ambos os dias, os portões do locais de prova serão abertos às 12h30 e fechados às 13h, momento em que terá início a aplicação das provas, com duração de quatro horas. Não haverá tempo adicional para a transcrição de respostas.

Unicamp

Os estudantes que pretendem uma vaga na Universidade de Campinas (Unicamp) devem realizar a segunda fase da prova nos dias 12 e 13 de janeiro. As provas da segunda fase do vestibular serão compostas de questões discursivas de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza, além de uma redação.

Os candidatos ainda passarão por prova de conhecimentos específicos nas áreas de Ciências Biológicas/Saúde, Ciências Exatas/Tecnológicas e Ciências Humanas/Artes, a depender do curso escolhido. As Provas de Habilidades Específicas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança, serão feitas entre 20 e 24 de janeiro de 2020, em Campinas. A primeira chamada dos classificados finais será divulgada dia 10 de fevereiro.

LeiaJá também

-> Fuvest divulga notas de corte da segunda fase

A segunda fase do processo seletivo da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que selecionará estudantes para a Universidade de São Paulo (USP), será realizada nos dias 5 e 6 de janeiro. Os nomes dos candidatos aprovados para essa etapa já foram anunciados.

Quase 130 mil inscrições estão registradas no vestibular. Na segunda fase, conforme os cursos pretendidos, os candidatos vão encarar questões específicas. Um estudo realizado pelo Curso Poliedro apontou os assuntos cobrados nos últimos cinco anos do processo seletivo:

##RECOMENDA##

LeiaJá também

--> Jovens enfrentam prova do Enem prisional: 'Foi fácil'

--> Com notas do Enem, estudantes podem ganhar R$ 950 mensais

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgou, nesta segunda-feira (9), a lista com os nomes dos aprovados na primeira fase do processo seletivo 2020 que dá acesso à Universidade de São Paulo (USP). Os candidatos podem conferir a relação com os nomes dos selecionados para a próxima etapa clicando aqui.

A Fuvest também disponibilizou os locais em que serão realizadas as provas da segunda fase do vestibular. O local específico em que cada estudante fará a segunda etapa do processo pode ser conferido na Área do Candidato. A segunda fase do será feita nos dias 5 e 6 de janeiro. 

##RECOMENDA##

No primeiro dia, os candidatos responderão às questões de português e redação. Já no dia seguinte, as provas serão de disciplinas específicas, de acordo com a carreira escolhida. Em ambos os dias, os portões do locais de prova serão abertos às 12h30 e fechados às 13h, momento em que terá início a aplicação das provas, com duração de quatro horas. Não haverá tempo adicional para a transcrição de respostas.

A segunda fase do vestibular da Fuvest tem caráter dissertativo. A comissão do processo seletivo já divulgou a lista com as notas de corte de cada curso.

LeiaJá também

-> Fuvest inovou e trouxe interdisciplinaridade para prova

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulga, nesta segunda-feira (9), o listão de aprovados na primeira fase do processo seletivo de 2020. A instituição também irá disponibilizar os locais de prova em que serão realizadas a segunda fase da seleção que oferece vagas para a Universidade de São Paulo (USP).

Com um total de 8.317 oportunidades em 182 cursos diferentes, o vestibular realizará a próxima etapa nos dias 5 e 6 de janeiro. A primeira prova contará com dez questões dissertativas de português e uma redação. Já a segunda prova é composta de outras 12 questões dissertativas sobre duas ou quatro disciplinas específicas, a depender da escolha de curso do candidato.

##RECOMENDA##

A primeira chamada será divulgada no dia 24 de janeiro. Ao total, 117.019 estudantes prestaram a primeira fase do vestibular da USP. A Fuvest já liberou os gabaritos oficiais e as notas de corte do processo seletivo. 

LeiaJá também

-> Fuvest inovou e trouxe interdisciplinaridade para prova

O vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que seleciona estudantes para a Universidade de São Paulo (USP), divulgou as notas de corte da segunda fase para todos os cursos. A nota mais alta é para o curso de medicina no campus São Paulo: para se classificar, o estudante precisa de pelo menos 78 pontos. 

O mesmo curso ocupa o segundo e terceiro lugares da lista nos campi de Bauru e Ribeirão Preto, com 75 pontos em ambos. O segundo curso mais concorrido, o de engenharia aeronáutica no campus São Carlos, tem 70 pontos de nota de corte. Na terceira colocação, vem relações internacionais, com 64. 

##RECOMENDA##

A convocação com os aprovados para a segunda fase será divulgada no dia 9 de dezembro e a lista de selecionados em 24 de janeiro. Ao todo, foram 129.148 candidatos inscritos na primeira fase do vestibular para as 8.317 vagas da instituição. 

LeiaJá também

--> Veja quais são os assuntos que mais caem na Fuvest

--> Fuvest inovou e trouxe interdisciplinaridade para prova

--> Fuvest divulga gabarito da primeira fase do vestibular

--> Saiba tudo sobre o vestibular da Fuvest 2020

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgou, nesta segunda-feira (25), o gabarito das provas da primeira fase realizadas neste domingo (24), em São Paulo. Os candidatos responderam questões de português, matemática, história, química, geografia, física, entre outras áreas.

Os locais de provas da segunda fase - que terá uma avaliação específica conforme os cursos pretendidos - serão divulgados no próximo dia 9 de dezembro. Os exames serão realizados nos dias 5 e 6 de janeiro de 2020. 

##RECOMENDA##

As provas desse domingo foram aplicadas em 35 cidades do Estado de São Paulo. Ao todo, 129.148 mil candidatos se inscreveram para participar do vestibular para concorrerem a 8.137 vagas de 106 cursos.

 

A prova da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), realizada neste domingo (24), continua com seu caráter tradicional, segundo o gerente de inteligência educacional e avaliações do Poliedro, Fernando Espíritu Santo. Apesar disso, a primeira fase do processo de ingresso que oferta vagas para a Universidade de São Paulo (USP), trouxe mais interdisciplinaridade para as questões. 

De acordo com Espíritu Santo, o estilo de prova de Fuvest busca selecionar os estudantes que saibam absorver os conteúdos. "Ela [Fuvest] quer que os estudantes siabam os conteúdos do ensino médio, mas não é só o 'decoreba', precisa entender, precisa conectar as ideias e aplicar nos contextos que ela propõe nas questões", disse.

##RECOMENDA##

A avaliação também teve caráter atual em relação às edições anteriores. "Falou da mudança da embaixada de Tel Aviv para Jerusalém, também falou do terraplanismo, então a gente percebe nessa prova uma tendência de puxar para os conceitos atuais", completou Espíritu Santo. 

Confira o comentário no vídeo abaixo:

LeiaJá também

-> Fuvest: Candidatos apostam em questões com temas políticos

A primeira fase da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) 2020 acontecerá no próximo domingo (24). O vestibular seleciona estudantes para os cursos de graduação da Universidade de São Paulo (USP).

Neste domingo, os concorrentes vão responder uma prova com 90 questões de múltipla escolha das disciplinas de biologia, física, geografia, história, inglês, matemática, português e química. O Poliedro Educação, que oferece curso pré-vestibular, fez um levantamento dos assuntos mais recorrentes nas provas da Fuvest. Confira o resultado:

##RECOMENDA##

Biologia

Física

Geografia

História

Matemática

Português

Química

Incidência de assuntos por disciplina

 

As provas do vestibular 2020 da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que seleciona estudantes para a Universidade de São Paulo (USP), serão realizadas no próximo domingo (24). Os estudantes devem acessar a área do candidato no site da Fuvest e fazer login com CPF e senha para conferir onde irão responder aos quesitos no domingo.

A primeira fase terá provas de biologia, física, geografia, história, inglês, matemática, português e química. Ao todo, 129.148 candidatos se inscreveram para esta edição do vestibular, concorrendo a 8.317 vagas distribuídas entre 106 cursos de graduação. A lista de aprovados na primeira fase será divulgada no dia 9 de dezembro. 

##RECOMENDA##

LeiaJá também

--> Saiba tudo sobre o vestibular da Fuvest 2020

--> Fuvest usará reconhecimento facial no Vestibular 2020

Depois de encarar a marotona de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para alcançar a sonhada graduação, muitos estudantes agora se preparam para prestar outros vestibulares. Quem almeja uma oportunidade na Universidade de São Paulo (USP), o vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) é a chance do sonho se tornar realidade. 

Neste edição, a Fuvest conta com 11.147 vagas em 106 carreiras de graduação. Do total, 8.317 são destinadas exclusivamente à seleção pelo Concurso Vestibular FUVEST 2020. As demais vagas são destinadas a outras formas de ingresso. Ao total, 129.148 se inscreveram, considerando-se candidatos e “treineiros”. Os primeiros atingiram a quantidade de 117.019 inscrições, enquanto os segundos somam 12.129 participantes.

##RECOMENDA##

Os três cursos mais concorridos na Fuvest são de medicina, com diferença apenas nos campi. De acordo com a listagen divulgada pela comissão do vestibular, no campus São Paulo, são 129,46 por vaga. Já nas unidades Bauru e Ribeirão Preto são 124,21 e 89,04 por vaga, respectivamente.

Horários

Com abertura dos portões marcada para às 12h30, as provas da primeira fase do vestibular da Fuvest 2020 é sobre conhecimento gerais e têm início às 13h. De acordo com o manual do candidato, os portões serão fechados no mesmo horário.

Já a segunda fase do processo seletivo será feita nos dias 5 e 6 de janeiro de 2020, na qual no primeiro dia os candidatos irão fazer uma prova de português e redação. No segundo dia, os participantes irão realizar um exame de disciplinas específicas de acordo com a carreira escolhida. Todas as carreiras podem ser conferidas no Manual do Candidato.

O horário de abertura, fechamento dos portões e início de prova é igual o da primeira fase. Candidatos aos cursos de artes visuais, música e artes cênicas devem também realizar provas de habilidades específicas. Veja as datas em que serão realizadas:

Artes Visuais (Carreira 125): 17 de dezembro de 2019

Música - ECA (Carreira 245): 13 de dezembro e de 17 a 19 de dezembro de 2019

Música (Carreira 250): 17 a 21 de dezembro de 2019

Artes Cênicas (Carreira 115): 8 a 10 de janeiro de 2020

Nos dias de prova é necessário que o candidato tenha em mãos o documento de identidade e caneta esferográfica azul. É permitido o uso de lápis para rascunho, borracha, apontador e régua transparente. Entrar com água e alimentos leves também é permitido. De acordo com o edital, é proibida a entrada portando alguns objetos. Confira abaixo quais são eles: 

Relógio individual de qualquer tipo; 

Equipamento eletrônico, como calculadora, telefone celular, computador, tablet, reprodutor de áudio, máquina fotográfica, filmadora, equipamento eletrônico do tipo vestível (como smartwatch, óculos eletrônicos, ponto eletrônico) etc.;  

Material impresso ou para anotações; 

 Corretivo de qualquer material ou espécie;  caneta hidrográfica ou outras, diferentes de caneta esferográfica; 

 Caneta marca-texto;  

Gorro, boné, chapéu ou similares, óculos de sol; 

Protetor auricular, fone de ouvido ou similares;  

Quaisquer outros materiais estranhos à realização da prova;

De acordo com a Fuvest, o vestibular 2020 traz novidades como figuras, mapas, gráficos e outras imagens coloridas para facilitar visualmente o exame para o candidato, a fim de proporcionar maior segurança na interpretação de informações. Nesta edição, o exame também conta com reconhecimento facial, que irá substituir a coleta da impressão digital.

Resultados

 No dia 9 de dezembro de 2019 será realizada a lista de divulgação de convocados e os locais em que as provas da segunda fase serão realizadas. Já em 24 de janeiro de 2020 será divulgada a lista dos aprovados por meio do site da Fuvest e no dia 6 de fevereiro de 2020 será a divulgação do resultado dos treineiros.

LeiaJá também

--> Fuvest usará reconhecimento facial no Vestibular 2020

--> Fuvest abre inscrições para vestibular 2020

--> Alunas criam petição para pedir obras femininas na Fuvest

A Universidade de Campinas (Unicamp) divulgou o gabarito oficial de seu vestibular 2020 nesta terça-feira (19). Os 66,8 mil candidatos que participaram podem conferir as respostas das questões da primeira fase do processo de seleção para as vagas clicando aqui

O vestibular 2020 da Unicamp foi cercado por uma polêmica em torno da questão 32 das provas Q e X. O motivo é que professores e estudantes viram muitas semelhanças com uma questão aplicada no vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que realiza seleções para outras universidades em São Paulo. Apesar da polêmica, a questão foi mantida no gabarito oficial sob alegação da banca organizadora, a Comissão Permanente para Vestibulares da Unicamp (Comvest), e que a semelhança é “compreensível” e não gera prejuízo nem vantagem para nenhum estudante. 

##RECOMENDA##

“Trata-se de uma coincidência compreensível quando se tem por base o trabalho focado em áreas de conhecimento desenvolvidas no Ensino Médio. A banca elaboradora será consultada e seu posicionamento, acerca da questão em debate, será comunicado junto a divulgação do gabarito oficial", disse a banca por meio de nota. 

A Comvest também afirmou ter consultado sua banca a respeito da similaridade das questões e verificado que “não há problemas quanto à pertinência e à clareza da questão. À parte a proximidade entre essa questão e uma usada em outro exame vestibular em 2018, não houve prejuízos ou benefícios a qualquer candidato. O tópico é recorrente no Ensino Médio e nas avaliações, assim como a natureza da contextualização usada. Dessa forma, a banca concluiu pela manutenção da questão". 

Nesta edição do vestibular, a Unicamp está ofertando 2,5 mil vagas em 69 cursos de graduação. A lista de aprovados na primeira fase, as notas de corte de cada curso e locais de prova para a segunda fase serão divulgadas no dia 9 de dezembro no site da vestibular.

LeiaJá também

--> Unicamp divulga os cadernos de provas da primeira fase

--> Prova da Unicamp aborda machismo no futebol e queimadas

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) usará o sistema de reconhecimento facial dos candidatos nas duas fases do Vestibular de 2020. A medida substitui a coleta da impressão digital e aumentará o controle de segurança do exame, além de agilizar a identificação dos candidatos. No momento em que o estudante faz seu cadastro inicial, insere uma foto sem detalhes ao fundo, destacando o rosto sem usar acessórios.

“Essa imagem é comparada digitalmente com as fotos coletadas pela instituição nos dias de prova por meio de um aplicativo desenvolvido especialmente para a Fundação. Ao final do Concurso Vestibular, os candidatos em fase de matrícula têm todas as suas imagens verificadas por um sofisticado sistema de processamento de dados, que certifica a identidade dos aprovados”, explica a Fuvest.

##RECOMENDA##

Além disso, os candidatos contarão com figuras, mapas, gráficos e outras imagens coloridas nas provas das duas fases, para facilitar visualmente o exame para o candidato, proporcionando maior segurança na interpretação de informações. O concurso terá ainda detector de metais, que já existente desde as últimas edições como forma de garantir a segurança dos candidatos e a lisura do exame.

Para 2020, a Universidade de São Paulo oferece 11.147 vagas em 106 carreiras de graduação. Do total, 8.317 são destinadas à seleção pelo Concurso Vestibular Fuvest 2020, enquanto 2.830 vagas são voltadas para o Sistema de Seleção Unificada, com candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio. Adicionalmente, outras 113 vagas foram reservadas para estudantes brasileiros participantes de competições do conhecimento.

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), abre, nesta segunda-feira (12), inscrições para o Concurso Vestibular Fuvest 2020, pelo qual candidatos serão selecionados para ingressar nos cursos de graduação da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo. As inscrições, que começam a partir de 12h e seguem até o mesmo horário do dia de 20 de setembro, podem ser realizadas por meio do site da Fuvest.

Ao todo, o exame conta com 8.317 vagas, distribuídas nos períodos matutino, vespertino, noturno, diurno e integral nos cursos de medicina, direito, administração, ciências contábeis, letras, entre outros. A taxa de participação custa R$182,00 e pode ser paga até o dia 20 de setembro.

##RECOMENDA##

O vestibular da fundação consiste em provas que serão aplicadas em duas fases: a primeira é feita no dia 24 de novembro, enquanto a segunda é realizada nos dias 5 e 6 de janeiro. Alguns cursos como artes visuais, artes cênicas e música exigem também a realização de uma prova de habilidades específicas. As datas podem ser conferidas no manual do candidato.

Ao preencher o formulário para realização da inscrição, o candidato deve utilizar seu próprio número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o número do seu documento de identidade (RG). É necessário também que ele anexe uma foto, cuja imagem contenha um fundo sem detalhes, destacando o rosto do requerente e sem acessórios.

As provas do Concurso Vestibular Fuvest 2020 serão realizadas na Região Metropolitana de São Paulo e no Litoral e Interior do estado. Mais informações através do site da Fuvest.

As inscrições para a Competição USP de Conhecimentos (CUCo) estão abertas até o próximo dia 12. O desafio é exclusivo para os alunos do ensino médio do Estado de São Paulo e serve para incentivar o ingresso nos cursos de graduação da Universidade de São Paulo (USP), além de auxiliar no melhor desempenho nas disciplinas que compõe o conteúdo dos processos seletivos de acesso ao ensino superior. A CUCo faz parte do projeto "Vem pra USP!", que é uma parceria entre a Secretaria do Estado e a USP e recebe o apoio da Fuvest.

Os interessados precisam fazer suas inscrições no site da CUCo.

##RECOMENDA##

A primeira fase, entre 22 e 26 de abril, é composta por 18 testes online de múltipla escolha sobre língua portuguesa, conhecimentos gerais, ciências e matemática. Os alunos que passam para a segunda fase, realizam um teste com 45 questões, sobre português, matemática, ciências e atualidades. A prova será aplicada na própria escola onde o jovem estuda no dia 6 de junho, às 8h.

Os alunos com as melhores classificações recebem prêmios como monitoria de matemática pela internet com universitários da USP, certificados, oportunidade de concorrer a vagas de estágio no Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), visitas a USP, além de prêmios para professores, escolas e grêmios estudantis. Para os alunos do 1º e 2º ano, o prêmio é uma bolsa Santander de iniciação cientifica na Universidade, e para os alunos do 3º ano, a isenção da taxa do vestibular Fuvest.

A Fundação Universitária para o Vestibular, Fuvest, divulgou nesta sexta-feira (08), a terceira chamada dos aprovados no vestibular 2019 da Universidade de São Paulo, USP. Os aprovados precisam fazer as matrículas online nos dias 11 e 12 de fevereiro, das 8h da segunda-feira(11) às 16h da terça (12), no horário de Brasília.

A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da USP fez um passo a passo de como realizar a matrícula de acordo com a modalidade de vaga que o candidato escolheu disputar. Confira neste link.

##RECOMENDA##

Nos dias 27 e 28 de fevereiro, todos os convocados da primeira a quinta chamada do vestibular da USP devem realizar a matrícula presencial nos serviços de graduação da instituição. Nesta etapa foram convocados 332 novos estudantes para 97 cursos, 29 pessoas foram remanejadas.

Confira as datas das próximas chamadas e lista de espera da USP

11 e 12 de fevereiro de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na 3ª chamada

15 de fevereiro de 2019

Divulgação dos candidatos aprovados na 4ª chamada

18 e 19 de fevereiro de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na 4ª chamada

22 de fevereiro de 2019

Divulgação dos candidatos aprovados na 5ª chamada

25 e 26 de fevereiro de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na 5ª chamada

27 e 28 de fevereiro de 2019

Matrícula presencial obrigatória para os candidatos convocados em 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª chamadas nos Serviços de Graduação das unidades da USP

27 e 28 de fevereiro de 2019

Manifestação de interesse - Lista de Espera

7 de março de 2019

Primeira convocação da Lista de Espera

7 e 8 de março de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na primeira convocação da Lista de Espera

12 de março de 2019

Segunda convocação da Lista de Espera

12 e 13 de março de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na segunda convocação da Lista de Espera

15 de março de 2019

Terceira convocação da Lista de Espera

15 a 18 de março de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na terceira convocação da Lista de Espera

20 de março de 2019

Quarta convocação da Lista de Espera

20 e 21 de março de 2019

Matrícula pela internet dos aprovados na quarta convocação da Lista de Espera

25 e 26 de março de 2019

Matrícula presencial nos Serviços de Graduação das unidades da USP para os candidatos convocados nas 4 listas de esperas

 

A Fuvest divulgou nesta sexta-feira (8) a terceira chamada de candidatos aprovados no vestibular da Universidade de São Paulo (USP), a mais concorrida do país. Nesta lista constam 303 nomes novos e 29 remanejados em 97 cursos.

Os candidatos que constam na terceira chamada devem realizar a matrícula por meio do site da instituição de ensino a partir das 8h da próxima segunda-feira (11) até às 16h da terça-feira (12).

##RECOMENDA##

De acordo com a Fuvest, a quarta chamada será divulgada na quarta-feira (15). O calendário completo e as demais informações sobre o vestibular podem ser consultados no Manual do Candidato.

Os 8,3 mil candidatos aprovados na primeira chamada do vestibular da Fuvest devem realizar a matrícula virtual até às 15h59 desta terça-feira (29), pelo site da Fuvest.

Já a segunda etapa da matrícula deverá ser feita presencialmente, no serviço de graduação da unidade responsável pelo curso no qual o estudante foi aprovado. Para ver a lista completa clique aqui (a partir da página 71). Essa etapa ocorrerá entre os dias 27 e 28 de fevereiro. Se o candidato não puder comparecer, um responsável deverá apresentar-se com uma procuração assinada.

##RECOMENDA##

Para efetuar a matrícula presencial, o estudante ou seus responsáveis deverão apresentar os seguintes documentos:

certificado de conclusão do curso de ensino médio e respectivo histórico escolar, ou diploma de curso superior devidamente registrado (original e uma cópia);

documento de identidade oficial (original e uma cópia);

uma foto 3x4 recente, tirada há menos de um ano.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando