Tópicos | caixões

[@#galeria#@]

As autoridades colombianas apreenderam cerca de 300 quilos de maconha que estavam sendo transportados dentro de caixões. O veículo funerário foi inspecionado em um posto de controle de tráfego, entre Pamplona e Cúcuta, no Norte de Santander.

##RECOMENDA##

O veículo carregava 514 invólucros com fita adesiva. Dentro deles estavam distribuídos o entorpecente. Com a ação policial, o condutor foi preso e ficou à disposição da Justiça, apontou o El Tiempo.

A Prefeitura de Três Corações (MG) começou a receber nesta quarta-feira, 9, propostas de empresas interessadas em fornecer 40 caixões para o município. Mas eles devem ser no tamanho para sepultar "gordo, baleia", termos que constavam em edital e causaram polêmica na cidade.

A prefeitura alegou ter usado termos técnicos quando se referiu ao tamanho, mas se desculpou depois porque 'seriam antigos'. Pessoas que trabalham no setor dizem que hoje as medidas dos caixões são definidas como nas roupas, em formatos G, GG ou Extra G. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

##RECOMENDA##

O ministro das Relações Exteriores da Síria, Walid al-Moallem, advertiu neste sábado que tropas estrangeiras que entrarem em seu país vão voltar para casa "em caixões de madeira" e afirmou que os recentes avanços militares colocaram o governo "no caminho certo" para acabar com a guerra civil que já dura cinco anos.

Os comentários de al-Moallem ocorreram em uma semana em que o mundo viu serem enterrados os mais recentes esforços de paz na Síria. As tropas do governo expulsaram milhares de moradores da região de Aleppo para próximo da fronteira com a Turquia, enquanto as negociações para um cessar-fogo foram enterradas.

##RECOMENDA##

Um funcionário do governo turco disse neste sábado que mais de 35 mil sírios estavam próximos da fronteira com o país.

O governador da província fronteiriça turca de Kilis, Suleyman Tapiz, disse que seu país iria enviar ajuda aos deslocados, mas não tinha planos imediatos para deixá-los entrar. Ele disse que a Turquia estava preparada para abrir as portas no caso de uma "crise extraordinária". Fonte: Associated Press.

O cortejo com os corpos de Eduardo Campos, Alexandre Severo e Carlos Percol chegou ao Palácio do Campo das Princesas após duas horas de percurso pelas ruas da capital pernambucana. Multidão acompanhou o trajeto de bicicleta, moto e carros, pelos 11 bairros do Recife, na madrugada deste domingo (17). O público que estava no local desde o inicio da noite deste sábado receberam os caixões com aplausos e gritos “Eduardo, guerreiro, do povo brasileiro”.

A viúva Renata Campos e a possível sucessora à candidatura a presidência do Brasil, Marina Silva, também foram ovacionadas pela população. Os filhos Pedro, João e Maria Eduarda, que estavam em cima do carro do Corpo dos Bombeiros durante todo o cortejo, acenaram e agradeceram o apoio do público. 

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

A morte de um ente querido é sempre um desafio para familiares e amigos. Somada à saudade e à fragilidade da situação de luto, a necessidade de contratar serviços funerários é algo inevitável e caro, se levadas em conta as despesas financeiras. No Recife, o preço de um caixão mais simples equivale a um pouco mais de R$ 500, enquanto os mais elaborados, de madeira importada e materiais de maior requinte, podem alcançar a casa dos R$ 12 mil. 

##RECOMENDA##

Na funerária Casa Ramos, no bairro da Madalena, caixões personalizados com símbolos dos times de futebol da capital pernambucana são vendidos a partir de R$ 2,5 mil. As urnas ou ataúdes também podem ser ilustrados com imagens religiosas, pintados em cores distintas e decorados com adereços dourados. Tudo para tornar mais leve o doloroso momento em que se encontram os parentes. 

“Nós precisamos ter muito carinho, amor e atenção com as pessoas, porque muitos chegam nervosos, muito abatidos, e é necessário compreender. Acompanhamos, inclusive, a família até o cemitério para ver a disponibilidade de vagas”, informa Maria das Dores Xavier, gerente da Casa Ramos. Diante da condição de cada pessoa, os investimentos podem ser pagos à vista, em cheque ou parcelados no cartão. 

De acordo com Scheila Soares, funcionária de atendimento da Mortuária Descanso Eterno, localizada na avenida Caxangá, o funeral mais popular oferecido pelo estabelecimento fica em torno de R$ 1,2 mil. Remoção do corpo, higienização, coroa de flores e contato com cartórios fazem parte dos serviços oferecidos. Há também a necromaquiagem, algo comum pedido pelos familiares. 

“Faço a maquiagem como se estivesse fazendo em mim, coisa bem natural. Um pó, uma sombra, um batom. Um caso curioso que aconteceu uma vez foi uma filha pedir para lavar o cabelo de sua mãe com xampu, hidratante na pele, pôr creme antirrugas que a senhora usava em vida, todo um processo. E nós fizemos, estamos aqui para servir o cliente da melhor forma”, afirma Scheila. Ela ainda diz que os valores de uma cremação, sem contabilizar preço do caixão, podem chegar aos R$ 4 mil. 

Outros investimentos

Para quem deseja livrar os familiares dos incômodos financeiros após sua morte, uma opção é aderir aos planos funerários, através de pagamentos mensais em parcelas que variam de plano a plano. “É a mesma coisa de um plano de saúde. Nós não pagamos um plano de saúde querendo ficar doente; nós pagamos para nos prevenir. Principalmente porque, em boa parte das vezes, a morte nos pega de surpresa”, ressalta Scheila Soares.  

Às famílias de baixa renda, sem condição de arcar com os custos de um funeral, a Secretaria de Assistência Social do Recife presta serviços de Auxílio Funeral, através dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). Em casos de indigência, sepultamento e funerais são gratuitos.  Nos cemitérios públicos de Casa Amarela, Várzea e Tejipió, os preços das covas são R$ 4 (criança) e R$ 7 (adulto), enquanto as gavetas custam R$ 35 (criança) e R$ 60 (adulto). Em Santo Amaro, as covas para criança e adultos equivalem a R$ 10 e R$ 20, respectivamente, e as gavetas R$ 55 e R$ 75.

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando