Tópicos | Internet

O fenômeno do YouTube, com 12 milhões de inscritos, Ronaldo de Azevedo (Gato Galactico) vai estar em Belém neste sábado (15). O encontro gratuito vai ser realizado pelo Parque Shopping Belém, a partir das 16 horas, na praça 1. O animador vai relembrar seus melhores momentos no canal, cantar seus maiores sucessos e tirar dúvidas em um bate-papo conduzido pelo Anime Geek.

O canal Gato Galactico oferece conteúdos diários sobre entretenimento, criatividade e arte, abordando temas aos amantes de jogos virtuais, séries, vídeos, além de também mostrar curiosidades. Focado na produção de conteúdo seguro e divertido para todas as idades, conta com mais de três bilhões de visualizações e 12 milhões de inscritos, sendo um dos maiores canais do YouTube no Brasil.

##RECOMENDA##

"Há anos estou com essa vontade de retornar a Belém e poder receber de perto o carinho dos meus fãs da cidade. Vai ser uma oportunidade incrível de poder estar com eles", comenta Ronaldo de Azevedo.

Para Thays Leitão, gerente de marketing do Parque Shopping Belém, os novos métodos de comunicação propostos pela internet já estão consolidados e conquistando cada vez mais o público, tanto da geração infantil, quanto juvenil e adulta. 

“É inegável o fenômeno dos youtubers nos nosso dias. Nosso estabelecimento busca se inteirar com todas gerações e gostos culturais e estamos felizes de promover esse evento. Espero que o público aproveite esse bate-papo, que, com certeza, vai ser produtivo e divertido para ambos”, comemora.

Ronaldo de Azevedo nasceu em Gramado, no Rio Grande do Sul. É empresário, animador e fundador do canal Gato Galactico. No início, seu trabalho autoral foi com a série “Cueio”, feita com vídeos curtos de humor nonsense.

A primeira série do personagem se estendeu ao longo de dois anos, totalizando 26 episódios. Esse foi o início de um dos projetos mais bem-sucedidos de animação do YouTube brasileiro. Ali nascia o Gato Galactico.

O youtuber sempre mostrou interesse por arte e criatividade. Essas paixões levaram o jovem a cursar a faculdade de Jogos Digitais da Universidade Feevale. “Lá, eu descobri como trabalhar com uma forma de arte que mudaria minha vida, que é a animação. Percebi que essa era minha verdadeira vocação e mergulhei em cursos de escolas especializadas em animação”, conta.

Serviço

Encontro com o youtuber Gato Galactico.

Onde:  Praça 1, do Parque Shopping Belém, localizado na - Av. Augusto Montenegro, 4300 - Parque Verde.

Quando:  15 de fevereiro de 2020 (sábado). Hora: 16h.

Entrada Gratuita.

Da assessoria do evento.

Trancados em casa por medo de contágio do novo coronavírus, milhões de chineses recorrem à Internet para dar continuidade ao dia a dia, trabalhando em casa, estudando a distância, ou visitando museus e exposições virtualmente.

A China continua paralisada pela crise provocada pelo coronavírus, e o governo insiste em que as pessoas fiquem em casa para evitar mais contágio.

##RECOMENDA##

O resultado é um boom no uso de plataformas de gigantes como Alibaba, Tencent e Huawei, cujos aplicativos agora são os mais baixados.

A Tencent disse que a atividade de seu aplicativo WeChat Work, que serve para coordenar o trabalho remoto de várias pessoas, multiplicou-se por dez desde 10 de fevereiro. Nessa data, a China voltou ao trabalho após as férias do Ano Novo Lunar, prolongadas pelo coronavírus.

O aplicativo DingTalk, do Alibaba, registrou o maior tráfego em seus cinco anos de existência, com cerca de 200 milhões de pessoas usando-o para trabalhar de casa, informou a empresa à imprensa chinesa.

A Huawei disse que sua plataforma WeLink recebe um milhão de novos usuários todos os dias.

"Acabamos de ajudar uma escola de arte a abrir aulas de pintura on-line e estamos ajudando uma escola de música em suas aulas virtuais", afirmou Eric Yang, executivo-chefe da iTutorGroup, uma empresa de Xangai, que afirma ter aumentado sua atividade em mais de 200%.

O vírus, que matou mais de 1.100 pessoas e infectou 45.000, forçou o fechamento de fábricas em todo país e terá consequências no crescimento da segunda economia mundial.

Em 2003, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) ajudou a desenvolver o comércio on-line na China, e o coronavírus também deve "acelerar a mudança estrutural de longo prazo" em direção à economia digital, de acordo com a S&P Global Ratings.

- Consultas médicas a distância -

Saturados de pessoas que querem saber se têm o coronavírus, muitos hospitais estão optando pela telemedicina para classificar os pacientes com base em sua gravidade, informou a imprensa oficial.

Muitos museus e centros culturais estão fechados, mas alguns lugares - como a Cidade Proibida de Pequim, ou o museu dos guerreiros de terracota de Xi'an - criaram passeios virtuais, enquanto o zoológico de Xangai exibe seus pandas nas redes sociais.

Até as coletivas de imprensa diárias do ministro das Relações Exteriores são feitas on-line.

As escolas do país estão fechadas até março, e muitas tentam seguir a recomendação do Ministério da Educação, que pediu para "parar as aulas, mas não parar o aprendizado".

Grace Wu, que tem a filha de nove anos, Charlotte, matriculada na Escola Americana de Xangai, já está se preparando para passar muitas semanas em casa.

"Há duas preocupações. Primeiro, com o coronavírus e, depois, com o ensino", disse Wu.

Na semana passada, porém, a escola decidiu voltar a dar aulas on-line até a reabertura de sua infraestrutura física.

Charlotte e seus colegas de classe se adaptaram à situação e até organizaram uma festa de aniversário virtual por meio do sistema de videoconferência Zoom.

Segundo o Alibaba, mais de 300 cidades em 30 províncias do país estão usando esse sistema de classes a distância com cerca de 50 milhões de usuários.

O recurso à Internet também saturou as redes. Alibaba, por exemplo, disse que instalou mais de 10.000 novos servidores.

Alguns provedores inventam novos serviços, como um sistema para ocultar o fundo da imagem durante uma videoconferência, para que a pessoa que recebe a chamada não perceba que o interlocutor está em casa e, assim, possa parecer mais "profissional".

Os chineses já estão muito conectados e usam seus telefones para comprar, pedir comida, encontrar um parceiro, pagar contas, ou se expressar.

Wang Guanxin, professor do iTutorGroup, acredita que, com o coronavírus, haverá uma "virada decisiva" para a indústria.

"Objetivamente, permitirá que as pessoas que desconfiam, ou não usam a educação a distância, mudem seu ponto de vista", afirmou.

Nesta terça-feira (11), no Senado Federal, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, tentou suavizar os erros ocorridos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) durante esclarecimentos sobre a prova. Em parte de sua fala, Weintraub disse que uma "linha extremamente terrorista" foi aderida por "alguns parlamentares, alguns grupos econômicos e alguns meios de comunicação hegemônicos", com o objetivo de tirar a credibilidade da prova.

O ministro da pasta falou ainda que, à época das solicitações de revisões de notas, haviam três grupos de pessoas que se comunicaram com o MEC nas redes sociais. O primeiro era de "militante que se fazia passar por aluno" que, segundo ele, era descartado pela pasta pois estava causando "ruído". Outro grupo era de pessoas que não estavam compreendendo o processo; essas, segundo o ministro, eram orientadas para fazerem os procedimentos corretos. Já o terceiro grupo, segundo o ministro, era de alunos que foram mal no exame e falavam que "a culpa foi do Abraham", fazendo referência a si mesmo.

##RECOMENDA##

Internautas tuitaram usando a hashtag #foraweintraub para mostrar a instisfação com o ministro da Educação. "Não Weintraub, não! Esse tipo de coisa não pode acontecer! Só acontece quando temos um ministro despreparado e incompetente que desconhece Regra de 3 e regras gramaticais básicas. Erros no Enem não acontecem! O único erro aqui é você! #foraweintraub", disse uma usuária do Twitter. "A educação chegou ao fundo do poço, e a cada dia esse poço vai ficando mais fundo. #foraweintraub", escreveu outra.

Nesta terça-feira (11), Gretchen compartilhou com os seguidores do Instagram o seu look. Como sempre faz na rede social, a cantora postou uma foto mostrando o que estava usando. Arrancando elogios dos fãs, Gretchen bateu de frente com uma internauta que lhe chamou de 'machinho'. "E? Qual o problema?", rebateu a mãe de Thammy Miranda.

Depois que Gretchen deixou a mensagem, a seguidora se explicou. Ela afirmou que não teve intuito de menosprezar Gretchen com o comentário na rede social. "Qual é o problema em dizer que está parecendo um machinho? Eu estou de cabelo curto estilo joãozinho e daí? Foi só um comentário, mulher. [...] Não disse na maldade. Oxe", escreveu a mulher.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Desde o nascimento de Rael, primeiro filho de Isis Valverde com André Resende, a atriz vem se mostrando uma mãe daquelas, além de ser mega babona, como não poderia deixar de ser.

E uma foto postada por ela nas redes sociais fez com que a web se encantasse mais uma vez com o pequeno. De roupão, Rael fez muita gente babar com a sua fofura.

##RECOMENDA##

Na legenda, Isis escreveu: "Poderoso chefinho", fazendo referência ao filme. 

Nesta segunda-feira (10), Mariana Goldfarb, esposa do ator Cauã Reymond, causou o maior auê na internet. Na sua conta do Instagram, a modelo divulgou uma imagem nua em uma banheira. "Segunda é dia de banho", brincou ela. Recebendo comentários dos internautas, Mariana foi bastante elogiada pelo público feminino.

A postagem na rede social reuniu mensagens de mulheres parabenizando-a pela composição do registro. "Me ensina a tirar uma foto assim", escreveu uma seguidora. "Que beleza de foto", disparou outra pessoa. Mariana Goldfarb sempre recebe o carinho do público na internet quando compartilha seus trabalhos ou até quando aparece em momentos de lazer.

##RECOMENDA##

Confira:

[@#video#@]

Se você às vezes olha a quantidade de pessoas que segue no Instagram e pensa “mas quem é esse povo todo?”, a rede social tem uma novidade. A nova atualização da plataforma agora permite que você possa identificar quem são os perfis com os quais teve menos interações. Uma boa forma de escolher quem deixar de seguir sem culpa nenhuma. 

A lista é composta por contas com as quais você menos interagiu nos últimos 90 dias, seja por curtidas em publicações, reações ou visualizando os stories. O recurso é interessante, pois, muitas vezes, começamos a seguir perfis que perdem a relevância com o tempo. Toda vez que você deixar de seguir alguém na plataforma a lista irá atualizar mostrando sempre 50 perfis não muito atuantes.

##RECOMENDA##

Para te ajudar a descobrir quem são esses perfis fizemos um tutorial explicando todos os passos desse recurso. O procedimento foi realizado em um Asus Zenfone MAX Pro, com o sistema operacional Android 9.0 Pie, mas usuários de smartphones iOS também podem repetir o procedimento em seus aparelhos. Lembrando que é preciso estar com o Instagram atualizado.

Acesse o seu perfil e vá na aba de 'seguindo'

Clique em ‘Com quem teve menos interações’ 

Veja a lista e decida o que fazer 

A atriz Camila Márdila, que interpreta na novela Amor de Mãe a ativista Amanda, decidiu matar a curiosidade dos seus fãs. Interagindo com os internautas, nesta terça-feira (4), ela afirmou que não é homossexual. "Nunca me relacionei com outra mulher e, atualmente eu estou casada com um boy muito maravilhoso. Então não vejo muito a previsão disse acontecer. Mas...", explicou.

Questionada também se era pernambucana, por causa do sotaque, Camila contou o lugar de onde nasceu. "É uma pergunta que me fazem demais. O sotaque foi tudo fruto de trabalho mesmo. Sou brasiliense, e eu acho o sotaque pernambucano maravilhoso", disse. Antes de Amor de Mãe, Camila Márdila já havia trabalhado com autora Manuela Dias.

##RECOMENDA##

Em 2016, a atriz fez parte do elenco da minissérie Justiça. Camila Márdila trabalhou ao lado de Adriana Esteves, Jesuíta Barbosa, Débora Bloch, Cauã Reymond, Vladimir Brichta e Leandra Leal. No cinema, ela interpretou Jéssica, filha de Val (Regina Casé), no filme Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert.

[@#video#@]

Sempre ativo politicamente nas redes sociais, o ator José de Abreu não poupou a colega Regina Duarte de suas críticas. Desde que aceitou o convite para chefiar a Secretaria Especial de Cultura, a atriz se tornou alvo das provocações do ator que é contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido). 

Só na manhã desta terça-feira (4), José de Abreu escreveu em sua conta no Twitter três vezes sobre Regina Duarte. Em uma das publicações, o ator disse que a nova secretário da Cultura "faz parte de um governo de bandidos" e que ela representa uma vergonha para a categoria. 

##RECOMENDA##

"Regina Duarte faz de um governo de bandidos! Que vergonha para minha categoria!!! Wajngarten omitiu da Presidência sua relação com empresas pagas pelo governo", afirmou.

--> Criticado, Zé de Abreu rebate:‘o pênis não me faz machista'

Em outro post, José de Abreu afirmou novamente que o apoio e a participação de Regina Duarte no governo é uma vergonha, ao comentar sobre o anúncio do lançamento do plano de abstinência sexual, criado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. 

"Que vergonha uma colega atriz fazer parte deste governo!!! Damares quer lançar plano de abstinência sexual no Norte e Nordeste", indignou-se.

As alfinetadas não param por aí, José de Abreu vem compartilhando posts que indicam que Regina Duarte é ligada ao agronegócio. Tal crítica também foi feita pela atriz Lucélia Santos, que agora vive em Portugal. Em entrevista a uma TV portuguesa, Lucélia apontou que Regina Duarte não está tão comprometida com as artes, mas mais com o agronegócio. 

“Regina Duarte não é mais uma pessoa comprometida com as artes quanto ela é com o agronegócio. Ela se juntou ao Bolsonaro na campanha, foi à Avenida Paulista gritar que tinham mesmo que entrar na Amazônia e deixar o gado e deixar as máquinas entrarem para proliferação de monocultura. Ela é uma mulher que defende o agronegócio", disse a ex-global.

José de Abreu, por sua vez, já demonstrou que era muito íntimo de Regina Duarte em outros tempos. Ele expôs isso nas redes, insinuando que já fez uso de drogas com Regina e resgatou uma capa de revista antiga a qual a atriz teria falado sobre o assunto. “Eu sei o que fizemos em sua casa, na Barra da Tijuca. Eu sou artista, assumo meus vícios e me liberei deles", sugeriu o ator.

[@#video#@]

O Facebook lançou uma ferramenta que pretende aumentar o controle de privacidade de seus usuários, em todo o mundo. Dentro do aplicativo mobile, uma nova área chamada “Atividade fora do Facebook” foi incluída no menu de Configurações, na seção “Informações da conta”. Ela permite que você revise as informações que compartilha com aplicativos que solicitam o login com sua conta da plataforma criada por Mark Zuckerberg. 

 O recurso mostra quais os dados que outros apps instalados no dispositivo estão compartilhando suas atividades com o Facebook, para que a rede social possa mostrar anúncios relevantes baseado no seu perfil. Agora, é possível apagar todos eles de uma vez, clicando no botão “Apagar histórico”.

##RECOMENDA##

 Porém, como tudo na plataforma, o histórico do rastreio de dados compartilhados por apps terceiros não é completamente deletado. Ele passa a ficar desvinculado da conta, porém é mantido nos servidores da plataforma.

Após a declaração do Reino Unido, nesta terça-feira (28), informando que irá permitir que a companhia chinesa Huawei opere na sua rede rede 5G - com algumas restrições, a empresa de tecnologia soltou um comunicado otimista no Twitter. Em nota, Victor Zhang, vice-presidente da Huawei, afirmou estar tranquilo com a decisão e afirmou que vai “continuar trabalhando com nossos clientes para manter a implementação do 5G no caminho certo”.

 A decisão do governo londrino vai contra a pressão norte-americana para excluir a companhia, sob as acusações de que  a gigante chinesa estaria espionando em nome de Pequim. Algo que os executivos da Huawei negam. Porém, o primeiro-ministro Boris Johnson, anunciou que atores de "alto risco" serão "excluídos de partes sensíveis do coração da rede 5G", além de estarem sujeitos a um limite de 35% em sua participação em partes não estratégicas - mas isso não quer dizer que seriam 100% excluídos, como queria o governo dos Estados Unidos.

##RECOMENDA##

 Confira o comunicado da Huawei, após a decisão:

"A Huawei está tranquilizada pela confirmação do governo do Reino Unido de que podemos continuar trabalhando com nossos clientes para manter a implementação do 5G no caminho certo. Esta decisão baseada em evidências resultará em uma infra-estrutura de telecomunicações mais avançada, mais segura e com melhor relação custo-benefício, adequada para o futuro. Ela fornece ao Reino Unido acesso à tecnologia líder mundial e garante um mercado competitivo.

Nós fornecemos tecnologia de ponta aos operadores de telecomunicações no Reino Unido há mais de 15 anos, desenvolvemos esse sólido histórico, apoiando nossos clientes à medida que investem em suas redes 5G, impulsionando o crescimento econômico e ajudando o Reino Unido a continuar competindo globalmente. Concordamos que um mercado diversificado de fornecedores e uma concorrência justa são essenciais para a confiabilidade da rede e inovação, além de garantir que os consumidores tenham acesso à melhor tecnologia possível ", finaliza.

O governo britânico decidiu nesta terça-feira (28) conceder acesso limitado à sua rede 5G aos fabricantes de equipamentos de telecomunicações "de alto risco", a saber, o grupo chinês Huawei, que imediatamente disse estar "tranquilizado".

Londres estava sob forte pressão americana para excluir a Huawei, uma vez que Washington acusa a gigante chinesa de espionar em nome de Pequim. O governo britânico acabou decidindo, como havia sugerido nos últimos dias, que limitará o acesso de fabricantes de "alto risco" às suas redes 5G, mas não as excluiria.

##RECOMENDA##

Em uma declaração que não menciona claramente a Huawei emitida após uma reunião do Conselho de Segurança Nacional presidida pelo primeiro-ministro Boris Johnson, o Ministério da Cultura, Mídia e Digital anunciou que atores de "alto risco" serão "excluídos de partes sensíveis do coração da rede 5G" e estarão sujeitos a um limite de 35% em sua participação em partes não estratégicas.

"Os ministros concordaram que as operadoras britânicas devem estabelecer salvaguardas adicionais e excluir provedores de alto risco de certas partes de suas redes de telecomunicações que são críticas para sua segurança", afirma o comunicado.

Portanto, esses fabricantes de equipamentos serão "excluídos de toda a infraestrutura crucial para a segurança nacional, de funcionalidades centrais e sensíveis da rede, de áreas geográficas sensíveis, em especial perto de locais nucleares e bases militares, e com uma participação" limitada a 35% na rede periférica.

Em um comunicado em separado, a Huawei disse estar "tranquilizada pela confirmação do governo britânico de que podemos continuar trabalhando com nossos clientes para continuar a implantação do 5G".

A gigante chinesa de telecomunicações está presente nas redes britânicas há 15 anos, principalmente nas infraestruturas 4G da Vodafone e da BT.

As operadoras de telecomunicações disseram que excluir a Huawei seria caro e atrasaria a migração para o 5G.

- Pressão dos EUA -

Os Estados Unidos têm exigido que muitos países europeus, em particular o Reino Unido, excluam a Huawei de suas redes, acusando o grupo de manter laços estreitos com o governo chinês e alertando para o risco de espionagem. A Huawei sempre rebateu essas acusações.

Ao autorizar sua participação, mesmo que limitada, Johnson corre o risco de irritar Washington em um momento em que o Reino Unido espera fortalecer seus laços bilaterais, tendo em vista as negociações para um ambicioso acordo comercial após o Brexit.

As autoridades americanas não pouparam esforços para tentar fazer com que Londres cumprisse suas exigências, entre reuniões a portas fechadas e avisos do secretário de Estado Mike Pompeo, que chamou a iminente decisão britânica de "fundamental".

O próprio Johnson falou ao telefone na sexta-feira com o presidente Donald Trump.

Este mês, o primeiro-ministro já havia avisado que existem poucas alternativas à Huawei, dada a sua vantagem tecnológica sobre suas concorrentes.

Além disso, se o grupo chinês fosse excluído, seria necessário eliminar suas estações base da infraestrutura 4G existente, o que seria oneroso e impactaria as contas dos clientes, além de atrasar a migração para o 5G.

Os serviços de segurança britânicos garantiram que é possível trabalhar com a fabricante chinesa sem comprometer a segurança.

Ainda assim, a abertura para a Huawei preocupa alguns no Parlamento de Westminster e dentro do governo.

Enquanto o ministro das Finanças, Sajid Javid, posicionou-se a favor, outros pesos pesados, como o ministro do Interior, Priti Patel, e o ministro da Defesa, Ben Wallace, foram contrários.

Austrália e Japão seguiram o exemplo dos Estados Unidos proibindo a Huawei, mas os países europeus parecem divididos.

Já a maioria dos grandes mercados emergentes, liderados pelo Brasil e pela Índia, está abrindo os braços para a fabricante chinesa.

Neste sábado (21), Silvero Pereira voltou a causar na internet. O ator, que em 2019 fez sucesso no filme Bacurau com o personagem Lunga, fez uma publicação ousada na sua conta do Instagram. Ele compartilhou alguns registros nu. "Depois dessas, nunca mais a amiga viaja e me deixa cuidando da gata no apartamento dela", legendou.

Recebendo mensagens dos fãs, Silvero teve que explicar o motivo da postagem. O cearense afirmou para uma seguidora que fez as fotos porque possui a liberdade de se sentir bem com o seu corpo. 

##RECOMENDA##

"Tô fazendo isso pra ser lembrado não. Tô fazendo porque tenho um celular, achei a luz linda, tô me curtindo e fiz. Nada a ver vocês ficarem achando que artista tem só a vida que querem ver nas telas", respondeu ele. 

Confira:

[@#video#@]

O governo japonês elaborará uma estratégia abrangente sobre as futuras redes de comunicação sem fio ultrarrápidas 6G e montou um painel para discutir o assunto, declarou ministra japonesa do Interior e Comunicações.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (21) pela ministra do Interior e Comunicações do Japão, Sanae Takaichi, que informou que as autoridades japonesas discutirão no final deste mês o desenvolvimento tecnológico, métodos potenciais de utilização do 6G e respectivas políticas.

##RECOMENDA##

"A introdução suave de padrões para redes de comunicação sem fio de próxima geração é indispensável para impulsionar a competitividade internacional do Japão", declarou Takaichi, citada pelo The Japan Times.

As autoridades japonesas esperam lançar redes 6G até 2030, ou antes. A nova tecnologia surgirá após 5G, que estará disponível no Japão já em meados deste ano.

Altas velocidades

O objetivo do Japão é alcançar velocidades até 10 vezes mais rápidas do que a quinta geração oferece. Utilizando ondas de rádio de alta frequência, o 6G japonês será capaz de carregar e transferir enormes quantidades de dados instantaneamente.

Em comparação com as redes 5G, as redes 6G terão uma taxa de dados muito maior, consumirão menos energia dos dispositivos, estarão mais seguras contra hackers e estarão disponíveis em mais dispositivos em rede simultaneamente.

Da Sputnik Brasil

Nesta segunda-feira (20), Regina Duarte agitou a internet após declarar que está "noivando" com o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir a Secretaria Especial de Cultura. A fala da atriz sobre a possibilidade de comandar a pasta não agradou pessoas contrárias ao governo.

No Twitter, Regina foi parar nos trending topics ao ser chamada pelos internautas de 'Rainha da Suástica'. O nome faz referência à novela Rainha da Sucata, protagonizada por ela e pelo ator Tony Ramos, na década de 1990, com crítica ao discurso de Roberto Alvim na última sexta-feira (17), depois de um vídeo alusivo ao nazismo.

##RECOMENDA##

"Vamos, Rainha da Suástica, aproveita que se juntou ao Rei do Gado e tente mudar o que você tanto criticava antes. Agora é a hora", detonou um dos usuários da rede social. "Fico pensando como uma atriz que interpretou Malu Mulher pode participar de um governo machista e misógino", comentou outra pessoa.

Confira a reação dos internautas:

[@#video#@]

O ator Antonio Fagundes, intérprete de Alberto na novela Bom Sucesso, foi mais um famoso que não resistiu ao mundo virtual. Ele escolheu o Instagram para estar mais perto dos fãs. Classificando o seu perfil de forma moderada, Fagundes publicou um vídeo para estrear na rede social. 

"Oi, turminha. Vocês devem estar estranhando eu aqui no Instagram, ficando moderninho. Já fiz um podcast, imagine? Agora estou no Instragram e estou mesmo. Estou querendo saber coisas de vocês, quero que vocês saibam coisas minhas que talvez não tenham tido acesso", disse.

##RECOMENDA##

Em um momento do conteúdo, Antonio Fagundes explicou que a sua entrada no Instagram foi para trocar conhecimentos com as pessoas. "Vamos falar de um monte de coisa: de livros, de teatro, de cozinha, de pintura, de passeios, de viagens, enfim. Vamos trocar informações através do Instagram. Aqueles que acharam que eu não ia me render ao Instagram, eles que lutem", finalizou o ator, colocando na legenda a hashtag #FafaDigital.

Os atores Lúcio Mauro Filho, Mariana Molina, David Junior, Carla Cristina, Giovanna Coimbra, Gabriela Moreyra, Ingrid Guimarães, Grazi Massafera, Sheron Menezzes e Rômulo Estrela, além da esposa Alexandra Martins, que contracenam com ele na trama Rosane Svartman e Paulo Halm, deram as boas-vindas. 

Confira:

[@#video#@]

Em 2018, chegou ao fim, entre idas e vindas, o namoro do jogador Neymar com a atriz Bruna Marquezine. Na época do relacionamento, eles sempre usavam as redes sociais para compartilhar homenagens e declarações de amor que um fazia para o outro. 

No perfil de Instagram de Neymar, as fotos que ele havia publicado ao lado de Bruna continuam por lá. O mesmo acontece com a atriz.

##RECOMENDA##

Em ambas as contas, registros no Paris Fashion Week, campanha para uma famosa loja de departamento e até o retorno do romance em Fernando de Noronha, no final de 2017, acumulam milhões de curtidas dos internautas que acompanhavam os passos de 'Brumar'.

[@#video#@]

O resultado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 será divulgado nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) - autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pela organização das provas.

A espera pelo momento de divulgação do desempenho dos candidatos gera, nas redes sociais, memes sobre o assunto. No Twitter, o termo "Enem" está entre os mais comentados da plataforma, com mais de 26 mil tweets. Abaixo, confira uma galeria com os memes mais engraçados sobre o tão aguardado dia do resultado do Enem 2019.

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

LeiaJá também

-> Enem libera notas nesta sexta; veja como recuperar a senha

As notícias mais pesquisadas no mundo no principal buscador em 2019 reuniram desde esportes como a Copa América (primeiro lugar), a igreja francesa de Notre Dame, em segundo lugar, que ficou em evidência após incêndio no começo do ano, e a Copa do Mundo de Cricket, esporte muito comum na Índia, país com mais de 1 bilhão de habitantes.

O Furacão Dorian, que atingiu as Bahamas em setembro e seguiu para os Estados Unidos, ficou em quarto lugar nas buscas de notícias disponibilizada pelo Google Trends, a ferramenta do buscador que indica o que tem sido mais pesquisado pelos usuários de acordo com a localização em um determinado período. Em quinto lugar o destaque foi a Copa do Mundo de Rugby.

##RECOMENDA##

Dentre os assuntos mais procurados apareceram, em primeiro lugar, Índia X África do Sul, seguida do ator americano Cameron Boyce (que morreu em julho de 2019), Copa América, Bangladesh X Índia e o celular iPhone 11. Todas as principais buscas realizadas em 2019 podem ser conferidas no link.

O apresentador e humorista Danilo Gentili comentou, nessa quarta-feira (8), uma publicação, no Twitter, em que a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) critica a decisão da Justiça do Rio que decretou a retirada do especial de Natal do Porta dos Fundos do ar. Gentili aproveitou a oportunidade e provocou Maria do Rosário, de quem já recebeu um processo.

No tuíte, a deputada defendeu a liberdade de expressão e pediu um basta a perseguição nas produções audiovisuais brasileiras. "Mais adequado e benéfico para a sociedade brasileira seria a liberdade de expressão. Basta desta perseguição às produções nacionais e desta espécie de macartismo tosco. Chega de censura!", reclamou. 

##RECOMENDA##

Danilo Gentili, por sua vez, indagou se ela se sentia mesmo indignada com a censura e desafiou a deputada a retirar as moções de censura enviadas a ele, bem como o processo criminal. 

[@#video#@]

Em 2016, Gentili foi condenado a seis meses de prisão por cometer crime de injúria contra a deputada, por ter publicado um vídeo no qual ele aparece ironizando a parlamentar e rasgando a notificação extrajudicial. Maria do Rosário moveu uma ação contra Danilo Gentili por ele ter feito publicações ofensivas contra ela.

LeiaJá também

--> Justiça determina retirada do especial do Porta dos Fundos

--> Porta dos Fundos: OAB diz que decisão judicial é 'censura'

--> Porta dos Fundos: Eduardo Fauzi está em lista da Interpol

--> Juiz que vetou vídeo de humor defendeu Bolsonaro em 2011

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando