Tópicos | Recife

O quadro eleitoral para a disputa nos municípios pernambucanos em 2020 está começando a ser desenhado. Além das cidades com prefeitos que podem buscar a reeleição, o Estado tem entre os 184 municípios alguns estratégicos com gestores já no segundo mandato que alimentam a possibilidade de indicar sucessores para a disputa e, até mesmo, de elegê-los. 

Um dos exemplos com este perfil é o Recife, onde o prefeito Geraldo Julio (PSB) completa oito anos de gestão em dezembro de 2020. O pessebista, apesar de pontuar vez ou outra que a eleição ainda está longe e reforçar a máxima de que a discussão eleitoral será efetuada apenas no próximo ano, já tem se movimentado nos bastidores para tentar fazer seu sucessor. 

##RECOMENDA##

Até o momento, o mais cotado como o candidato da chamada “Frente Popular”, chapa majoritária liderada pelo PSB nos últimos pleitos, é o deputado federal João Campos. Eleito para a Câmara dos Deputados com mais de 460 mil votos, João ainda não admite a participação na disputa municipal, mas vem dando sinais através das constantes agendas que cumpre na capital pernambucana, visitando das periferias às áreas consideradas mais nobres. 

A considerável votação para deputado pode ser uma  vantagem para João na corrida municipal. Além disso, se os índices de aprovação da gestão de Geraldo Julio continuarem maiores do que os de reprovação, ter o prefeito como cabo eleitoral pode alavancar seu nome na cidade. Uma pesquisa recente do Instituto Opinião, divulgada pelo site do jornalista Magno Martins, aponta que Geraldo é aprovado por 52,6% dos recifenses. 

Em 2016, o prefeito do Recife foi reeleito no segundo turno, após uma disputa contra o ex-prefeito da capital João Paulo. Na ocasião, Geraldo recebeu 528,3 mil votos. 

Em outro campo político, mas também seguindo a mesma linha em busca da eleição de um sucessor indicado por ele, o prefeito de Garanhuns, no Agreste do Estado, Izaías Régis (PTB), disse que pretende decidir, até dezembro, quem será o seu candidato. O petebista adiantou ao LeiaJá que está entre o seu vice-prefeito Haroldo Vicente e o ex-prefeito da cidade Silvino Duarte, ambos do PTB.

Izaías tem a vantagem da gestão avaliada positivamente pelos garanhuenses e, em 2016, ele foi reeleito com 44,2 mil votos, mais que o dobro do segundo colocado na disputa, o deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) - que também deve ser candidato em 2020. 

“Todos os prefeitos que estão bem avaliados e fizeram um trabalho que a população reconhece, tem o direito de escolher um nome para disputar a eleição e fazer o possível para que esse nome se elega. O trabalho de um prefeito que deu certo, se o próximo que entrar for a oposição, pode destruir. Por exemplo, o maior Natal do Nordeste é em Garanhuns, se a oposição entrar vai dizer que o Natal é de Izaías e não vai querer fazer com a mesma estrutura atrativa”, considerou o petebista.

A viabilidade turista tem tornado o comando de Garanhuns um dos mais cobiçado por diversos partidos. “Estamos trabalhando sim para fazer o nosso sucessor, não é o interesse de mandar na prefeitura, mas continuar. De que o próximo prefeito administre Garanhuns como uma empresa, como eu fiz. Com toda a crise que nós temos, todos os desastres, estamos muito bem avaliados”, declarou Izaías Régis. 

Quais fatores pesam mais?

Na avaliação do cientista político Elton Gomes, o sucesso de um indicado do atual prefeito na disputa municipal é rodeado de diversos fatores, entre eles, os aspectos de avaliação pessoal, político e econômico.

“Se tratando de política municipal, o que pesa muito são as qualidades do serviço público, como a conservação dos espaços, garantia da saúde, educação. Conta muito a situação fiscal e econômica também, pois quando se fala, por exemplo, em cidades do interior muitos eleitores dizem que vão votar no indicado porque o prefeito pagou os salários em dia. Além do alinhamento com o Governo do Estado e federal”, salientou o estudioso. 

No aspecto mais pessoal, o carisma do político também é levado em consideração, de acordo com o analista. “O carisma joga um papel de grande relevância na disputa municipal. A figura do líder carismático, uma espécie de pai dos pobres ou homem providencial é um fator muito importante”, reforçou. 

Contudo, segundo Elton Gomes, a ciência política aponta que é mais fácil para um prefeito ser reeleito do que eleger um sucessor. 

“Enquanto a reeleição é dada basicamente como certa, a sucessão costuma ser mais complexa, depende de transferir popularidade, convencer a população que não é mais do mesmo ou uma perpetuação de projeto de poder. Em geral, isso se deve a uma série de razões e também tem muito haver com o que chamamos de fadiga do material político decorrido de oitos anos seguidos de mandato”, observou o cientista. 

“A menos que o prefeito tenha construído uma excelente base de poder, a tendência é que seja eleito o grupo rival. Em geral, acontece o fenômeno de elitismo competitivo. Duas oligarquias, duas elites, seja o município pequeno, ou com mais de 200 mil habitantes, que mais ou menos se revezam no poder”, acrescentou. 

Outro aspecto que, na ótica de Gomes, pesa na disputa municipal é o chamado ‘mandonismo local’. “No interior, sobretudo do Nordeste brasileiro e do Centro-oeste, acontece o fenômeno que chamamos de ‘mandonismo local’, da lógica que se tem um chefe político que estabelece a política dinástica onde a sucessão vai passando de pai para filho. Os coronéis vão se alternando, passam o poder para seus filhos, netos, sobrinhos genros e enteados. Aí a sucessão é bastante observada”, considerou o estudioso.

Um incêndio atingiu um apartamento na avenida Beira Rio, bairro da Madalena, zona norte do Recife, na madrugada desse sábado (12). O imóvel fica no sexto andar. O fogo teria sido provocado por um curto-circuito no ar-condicionado e destruiu um dos cômodos.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e conteve as chamas. 10 viaturas e 40 homens atuaram na operação. A Defesa Civil fará uma vistoria para avaliar os danos. Não houve vítimas. Confira as imagens.

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

No feriado de Nossa Senhora Aparecida, celebrado neste sábado (12), as lojas do Centro do Recife, nos bairros de Santo Antônio e Boa Vista, estarão abertas das 9h às 17h. A Câmara de Dirigentes Lojistas aponta que o funcionamento é facultativo de acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho 2019/2020. O órgão aponta que a iniciativa dos lojistas do Corredor do Comércio visa movimentar o Centro da Cidade e oferecer ao consumidor mais comodidade nas compras neste sábado.

Funcionamento dos Shoppings da Região Metropolitana do Recife

##RECOMENDA##

Shopping Recife

Âncoras e Megalojas, das 9h às 21h; Lojas satélites e quiosques, das 12h às 21h; Alimentação e lazer, das 12h às 21h;

Shopping Tacaruna

Lojas âncoras, das 9h às 21h; Lojas satélites e quiosques, das 12h às 21h; Alimentação, lazer e serviços – das 12h às 21h; É facultativa a abertura das operações antes das 12h; Cinema, conforme programação;

RioMar Shopping

Lojas âncoras e megalojas, das 12h às 21h; Lojas satélites e quiosques, das 12h às 21h; Alimentação, das 11h30 às 23h;

Patteo Olinda Shopping

Funcionamento normal. Lojas, alimentação e lazer - das 9h às 22h; Operações de serviços, cinema e academia Smart Fit, conforme programação;

Shopping Guararapes

Funcionamento normal. Lojas, alimentação e lazer - das 9h às 22h;

Plaza Shopping

Lojas, alimentação e lazer – das 12h às 21h; Cinema, conforme programação;

Shopping Boa Vista

Lojas e alimentação, das 11h às 19h; Game Station das 11h às 21h; Loteria fechada; Cinema, conforme programação;

Shopping Camará

Funcionamento normal. Lojas, alimentação e parque, das 10h às 22h; Cartório e Lotérica, fechados; Cinema, conforme programação;

Paulista North Way Shopping

Funcionamento normal. Lojas, alimentação e lazer – das 9h às 22h;

Shopping Costa Dourada

Funcionamento normal. Lojas, alimentação e Playtoy – das 10h às 22h; Supermercado Arco-Vita, das 8h às 22h; Cinema, conforme programação; 

Paço Alfândega

Sem informação sobre o horário de funcionamento até o momento do fechamento do release.

O LGBTQ+Queimado Solidário, ação desenvolvida pela comunidade LGBTQ+ do Recife, tem o intuito de angariar mantimentos para abrigos e institutos. A segunda edição, que aconteceu em Boa Viagem, reuniu mais de 27kg alimentos e a expectativa é de que o apoio cresça nas próximas edições.

Cerca de 60 pessoas entre membros, e apoiadores, da comunidade LGBTQ+ do Recife, se reuniram no dia 6 de outubro, na praia de Boa Viagem, para fazer parte da ação. Além de diversão com o jogo de queimado, os presentes reuniram 27,5Kg de alimentos, 29 peças de roupas, brinquedos e produtos de higiene pessoal. As doações serão encaminhadas para o Instituto Transviver e o Orfanato Lar do Neném.

##RECOMENDA##

“É de uma grande importância estarmos juntos em um momento tão difícil no qual estamos passando atualmente, então a união da comunidade LGBTQ+ se faz necessária, além de ajudarmos juntos instituições em situação precárias”, afirma Victor Calado, um os organizadores do evento.

A próxima edição do Queimado Solidário será realizada no dia 27 de outubro, em Boa Viagem. A recolha de doações e o jogo de queimado iniciam as 13h30.

 

 

O Museu de Arte Contemporânea Aloisio Magalhães (Mamam) promove a oficina “Arte Urbana no Mangue”, com o grafiteiro e educador popular José Clayton, mais conhecido como Carbonel. A atividade tem como proposta apresentar a ligação do Rio Capibaribe com as pontes do Recife. Serão quatro encontros com aula prática e visitação, por meio de embarcações, ao Centro Cultural das Artes e Atelier MangueCrew, localizado debaixo de pontes da cidade e às margens do Capibaribe - local onde Carbonel vem produzindo suas obras. Os encontros ocorrem nos dias 20 e 27 de outubro, 03 e 10 de novembro.

"No primeiro encontro, vou falar um pouco da minha história e da técnica do grafite; no segundo, vamos dar um passeio pela rua da Aurora e captar algumas imagens. O terceiro e quarto momentos vão ser dedicados à produção de um painel. No último dia, também teremos um mutirão de grafite, com a presença de outros artistas urbanos"

##RECOMENDA##

Carbonel é artista de rua, grafiteiro, com 18 anos de carreira. Ele colore muros, casas inteiras e objetos variados com a mistura de cores quentes e imagens alegres. Seus grafites freestyle já foram exibidos em cidades do Brasil e de países como Alemanha, Itália, Holanda e Bélgica.

O curso “Arte Urbana no Mangue” oferece dois tipos de bolsas via formulário, abertos até dia 11 de outubro de 2019. Após o período de análise, os(as) candidatos(as) selecionados(as) receberão a confirmação de participação por e-mail. O curso custa R$ 132 e as inscrições podem ser feitas, clicando aqui.

Para quem deseja se increver e solicitar bolsa social, é necessário preencher o formulário até esta sexta-feira (11), assim como a autodeclaração para canditdatos indigenas e negros.

Serviço

Artes urbanas no mangue, com Carbonel

20, 27 de outubro; 03, 10 de novembro | 9h às 12h

1º Encontro no Museu

2º Encontro - Rio Capibaribe

3º Encontro - pontes do Recife

4º Encontro - Centro Cultural das Artes e Atelier Manguecrew

Classificação 14 anos

R$ 132

*Com informações da assessoria

A Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), realiza entre os dias 18 de outubro a 17 de novembro a exposição "Jornais Centenários do Brasil e Portugal: um legado cultural”. O evento que acontece na Galeria Baobá, no campus da Fundaj, em Casa Forte, é fruto da parceria da Associação Portuguesa de Imprensa e a Associação de Imprensa de Pernambuco.

A mostra realizada em 30 painéis, contam a história de 34 jornais centenários portugueses e 18 brasileiros, entre eles, o Diário de Pernambuco, mais antigo em circulação; Jornal do Commercio e Estadão. Entre os de Portugal, está O Figueirense, que recentemente completou 100 anos, O Público, Jornal de Notícias, Diário do Sul e Região de Leiria. Nas páginas desses jornais, o público pode encontrar mais do que fatos, os mesmos revelam um fio condutor da cultura de dois povos.

##RECOMENDA##

Serviço

Exposição "Jornais Centenários do Brasil e Portugal: um legado cultural”

18 de outubro a 17 de setembro

Terça a Sexta | 8h às 17h

Sábado e Domingo | 13h às 17h

Galeria Baobá - Fundação Joaquim Nabuco (Av. 17 de Agosto, 2187 - Casa Forte)

[@#galeria#@]

A edição 2019 do VillaMix Recife acontece em 7 de dezembro. O festival, que tem como marca o sertanejo, confirmou nesta semana as duplas Jorge e Mateus e Matheus e Kauan para compor as atrações do evento.

As duplas que são fenômenos nacionais do gênero cantam seus maiores sucessos. Na ocasião, Jorge e Mateus apresentam o repertório completo e mesclam musicais atuais e os sucessos mais antigos da dupla.

##RECOMENDA##

Já os irmãos Matheus e Kauan, prometem animar o público com as canções mais marcantes da trajetória da dupla, e já confirmaram os sucessos "O Nosso Santo Bateu"; "Ao vivo e a cores" e as canções mais recentes "Quarta Cadeira" e "Vou ter que superar".

O ‘Sambinha Sunset - Edição Retrô’ acontece no dia 27 de outubro, no Catamarã, área central do Recife, e recebe o cantor Rodriguinho, junto com o ex-vocalista do Exaltasamba Chrigor. Prometendo um super sambinha de domingo, o evento ainda recebe o grupo Pique Novo e é a pré-estreia do selo ‘Sambinha Sunset’ organizado pelo produtor Saulo Melo.

O evento tem início às 15h e promete ser a sensação dos domingos com o pôr do sol da bacia do Pina e edições mensais. Os ingressos custam R$ 50 e já estão à venda nas Lojas Figueiras e pelo Bilheteria Digital.

##RECOMENDA##

A Polícia Civil prendeu, na tarde da quinta-feira (10), Vinícius Lucas Dias da Silva, vulgo Vinícius Doido ou Lágrima. Ele é o segundo suspeito de participação no latrocínio do idoso Jaime Rodrigues da Silva, de 78 anos, na Avenida Dantas Barreto, centro do Recife, na quarta-feira (9).

O homem foi localizado após informações repassadas pelo primeiro suspeito preso, Rodrigo Pedro da Silva. Rodrigo reconheceu o comparsa em uma foto apresentada pela Polícia Civil.

##RECOMENDA##

Vinícius foi autuado por latrocínio consumado e seguirá para audiência de custódia. Ele é investigado por envolvimento em outros crimes. Rodrigo teve a prisão preventiva decretada.

 

[@#galeria#@]

A sétima “Marcha Pernambuco Contra o Trabalho Infantil” reuniu cerca de 800 pessoas no Centro do Recife, nesta quinta-feira (10), em ato organizado pelo Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Pernambuco (Fepetipe). A ação teve participação e apoio de instituições públicas e privadas e seguiu do Parque 13 de Maio, no bairro de Santo Amaro, até o Marco Zero, no Bairro do Recife. 

Para Galba Izabel, 18, estudante e jovem aprendiz, a marcha é importante para evitar que crianças deixem de estudar. “A gente veio incentivar as pessoas a denunciarem os casos de trabalho infantil e incentivar as crianças a continuarem na escola”, disse. Segundo Giselle Carvalho, integrante da Comissão Executiva da Fepetipe, a desinformação precisa ser combatida. “Precisamos deixar claro para toda sociedade que nossas crianças não deveriam estar trabalhando”. 

De acordo com Lívia Macêdo, auditora fiscal do trabalho, representando a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, é preciso conscientizar a população de que lugar de criança é na escola. “A marcha serve para sensibilizar as pessoas sobre os malefícios do trabalho infantil e das consequências que ele pode gerar na vida das crianças”, explicou. 

Uma das organizações participantes da ação foi a UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau. Segundo Roberta Valle, coordenadora do programa de aprendizagem do grupo Ser Educacional, mantenedor da instituição de ensino, a marcha serve para lembrar que criança não pode trabalhar. “Até os 14 anos criança não trabalha”, reiterou. “Depois dos 14, só se for como jovem aprendiz”, concluiu. 

A 5° edição do Festival BB Seguros de Blues e Jazz acontece no dia 19 de outubro no Parque Santana, Zona Norte do Recife. O evento que já passou em grandes cidades, nas cinco regiões do país e se consolida como o maior festival do gênero no Brasil, recebe nesta edição nomes como Jimmy Burns, Sérgio Dias, André Christovam, Bia Villa-Chan e mais.

Na programação, além dos shows o festival ainda promove atividades para o público infantil, com oficina de desenho e colagem; oficina de malabares; pintura artística facial e escultura de balão. As atividades têm início a partir das 14h30 até às 20h30.

##RECOMENDA##

Confira a programação de shows completa:

14h30 - Festival BB Seguros Brass Band

15h00 – Bia Villa-Chan

16h05 – André Christovam

17h10 – Thiago Espírito Santo convida Nivaldo Ornelas

18h15 – Tributo Eric Clapton

19h20 - Sérgio Dias convida Luiz Carlini

20h30 - Jimmy Burns

Serviço

5° Festival BB Seguros de Blues e Jazz

19 de outubro | 14h30

Parque Santana Ariano Suassuna (R. Jorge Gomes de Sá, S/N, Santana)

Classificação Livre

Gratuito

[@#galeria#@]

O professor Alfredo Gomes foi nomeado oficialmente pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) o novo reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A decisão foi divulgada nesta quinta-feira (10), no Diário Oficial da União.

O docente deve assumir o cargo a partir do dia 13 de outubro, quando o mandato do atual reitor, Anísio Brasileiro, termina. Nas eleições realizadas em junho pela comunidade acadêmica, Alfredo, que compôs a chapa Mude UFPE, ao lado de Moacyr Cunha de Araújo Filho, foi o candidato mais votado para o cargo com 31,26% dos votos.

##RECOMENDA##

Mesmo que alunos, técnicos e docentes da instituição votem em quem gostariam de eleger, apenas o presidente da república pode escolher quem ocupará o cargo. Por isso, o Conselho Universitário enviou ao Ministério da Educação (MEC) uma lista tríplice com os nomes de três candidatos, sendo um deles, Alfredo Gomes. 

Na última segunda-feira (7), um grupo chamado de Docentes da Liberdade entrou com um ação popular na justiça para que os nomes da lista tríplice fossem suspensos, já que o segundo e terceiro lugar das eleições realizadas pela comunidade acadêmica ficaram de fora da lista.

Graduado em psicologia (1990) e mestre em Sociologia pela UFPE (1995), Alfredo Gomes tem 55 anos e atualmente é diretor do Centro de Educação (CE) da universidade, desde 2016. Lá, ele também atua como professor associado do Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação. O docente também possui Doutorado em Educação (PhD) pela University of Bristol (2000). 

O nome escolhido para ocupar o cargo de vice-reitor fica a critério do novo reitor que só poderá fazê-lo após começar cumprir o mandato de quatro anos. No entanto, Moacyr Cunha é o mais cotado, visto que disputou as eleições ao lado de Alfredo.

A Prefeitura do Recife anunciou um plano de mobilidade para a área do entorno do Mercado de São José, no centro do Recife. A partir desta quinta-feira (10), as laterais leste (Rua Padre Muniz e Rua do Porão) e sul (Rua José do Ribamar e Rua Padre Muniz) serão exclusivas para pedestres.

O projeto prevê a implantação de faixas de pedestres elevadas para facilitar a travessia de pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida. Outras cinco faixas de pedestres serão implantadas no entorno e cinco refúgios serão colocados para diminuir o espaço de travessia.

##RECOMENDA##

As 25 vagas de Zona Azul já existentes nas laterais Oeste e Norte serão preservadas. Serão implantadas duas vagas de estacionamento para ônibus de turismo na lateral Norte do Mercado de São José.

As obras para recuperação do pavimento original, drenagem e implantação de travessias elevadas vão ser realizadas pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) e têm o prazo estimado até dezembro deste ano. O investimento será de R$ 743.745,28 e as intervenções alcançarão uma área total de 2.226,10 m².

Comerciantes informais foram retirados do entorno do mercado em setembro. A Praça Dom Vital, em frente à Basílica da Penha, já recebeu intervenção com recomposição da acessibilidade da praça, recuperação do piso e dos bancos, melhorias na iluminação, pintura geral e recuperação de monumento e estátua.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano, foram construídos três novos equipamentos para abrigar os comerciantes que ficavam nas ruas do bairro de São José: o Centro de Comércio do Cais de Santa Rita, o Anexo do Mercado de São José e o Novo Mercado das Flores. Eles já estão em funcionamento e têm a capacidade de abrigar cerca de 550 trabalhadores.

A primeira etapa do Centro de Comércio do Cais de Santa Rita está em funcionamento desde 2017, com cerca de 40 boxes de alimentação. A etapa que está sendo entregue agora tem capacidade para 374 bancas e boxes de roupas, alimentação, feira de frutas e verduras, fiteiros, estivas e alimentos como grãos, charque e frios em geral. Além desse equipamento, também foi entregue no dia 1º de setembro o Anexo do Mercado de São José, com 87 boxes de ervas medicinais e artigos religiosos, que antes ficavam no entorno no Mercado de São José. O equipamento vai permitir a passagem de pedestres entre a Praça Dom Vital e o terminal de ônibus do bairro. Já o Novo Mercado das Flores, que antes funcionava próximo à sede do Consórcio Grande Recife, está com nova localização e funciona na continuidade do Centro de Comércio do Cais de Santa Rita. São cerca de 40 vendedores de flores no local.

Um serviço na rede de abastecimento de água no bairro de Jardim Brasil, em Olinda, interdita o cruzamento das ruas Pará e Bom Jardim. O trabalho tem início nesta quinta-feira (10), quando o Grande Recife altera o itinerário de cinco linhas que passam pela localidade. A previsão é de que a obra seja concluída no dia 12 de outubro. Só então o tráfego de ônibus será normalizado.

Confira as linhas que terão desvio:

##RECOMENDA##

821 - Jardim Brasil I (Estrada de Belém)

822 - Jardim Brasil I (Cruz Cabugá)

823 - Jardim Brasil II (Estrada de Belém)

825 - Jardim Brasil/Joana Bezerra

884 - Jardim Brasil/Rio Doce

Sentido ponto de retorno/terminal: ...Av. Brasília, Rua Pará, Rua Belo Horizonte, Rua Garanhuns, Rua Goias, Rua Pará, Rua Pernambuco...

Para tirar dúvidas ou enviar sugestões e reclamações, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

 

*Da assessoria

Na próxima quinta-feira (10), será realizada a aula inaugural do curso de Confeitaria Escola Cozinha Solidária, do Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+). O encontro é destinado a lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, profissionais do sexo, homens que fazem sexo com homens (HSH), LGBTs egressos do sistema prisional ou que possuam familiares na situação, além de pessoas portadoras do HIV/Aids e deficientes auditivos.

Com início às 13h, no auditório da Defensoria Pública da União (DPU), localizada no centro do Recife, o evento conta com a apresentação de pesquisas sobre os desafios e avanços da população LGBTI no ambiente de trabalho, com foco no ramo alimentício.  Essa apresentação será promovida por estudantes da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), além do lançamento de uma campanha virtual para a compra do restante dos equipamentos da Escola Cozinha Solidária e a participação de empresas consideradas amigas desta população.

##RECOMENDA##

De acordo com o coordenador do GTP+, Wladimir Reis, a formação é de extrema importância, visto que engloba diversos fatores sociais em prol do público LGBTI, bem como tem o objetivo de incluí-lo no mercado de trabalho. “Com o curso, a nossa população terá a oportunidade de gerar possibilidades de sustentabilidade, já que ela vem sendo colocada à margem da sociedade”, declara.

O curso, que tem o objetivo de desenvolver uma ponte de mobilização de recursos que fortalece as ações de sustentabilidade institucional, além de minimizar a vulnerabilidade social. A qualificação conta com o total de 105 inscritos, tem duração de seis meses e será realizado duas vezes por semana com aulas práticas e teóricas, que acontecem no GTP+ e na Faculdade Frassinetti do Recife (Fafire), respectivamente.

Neste sábado (12) se comemora o Dia das Crianças e quem tem filhos, sobrinhos e crianças em casa, sabe o quanto essa data é aguardada pelos pequenos, seja pelos presentes ou pelas atividades e passeios em família.

E se você ainda não pensou em uma programação legal para fazer com a criançada, o LeiaJá preparou uma lista com passeios, oficinas e muito mais, para fazer a alegria dos pequenos.

##RECOMENDA##

Confira:

“Oficina de Pintura Gigante”

Promovido pelo Museu da Cidade do Recife, a oficina de pintura gigante acontece neste sábado (12) das 14h às 16h. Podem participar crianças de todas as idades, e também os pais. A oficina é ministrada pelo arte-educador Emerson Pontes e para participar não é necessário se inscrever previamente, mas as senhas e o material serão entregues 30 minutos antes do início.

Serviço

Oficina de Pintura Gigante

Sábado (12) | 14h

Entrada gratuita

Informações: (81) 3355 3108

“O mundo do Egito”

Com início nesta quarta-feira (9) até o dia 13 de outubro, o ‘Mundo Egito’ acontece no Shopping North Way em Paulista. Com torneio de futebol de mesa, oficina de slimes e hoverboard, além da Network Games, nova operação com jogos de realidade aumentada. A atração ainda conta com tem a grande pirâmide, castelinhos de areia, escorregador e múmias. Os ingressos custam R$ 1o por 15 minutos e são permitidas a entrada de crianças a partir de 2 anos.

Serviço

O Mundo do Egito

9 a 13 de outubro | 9h às 22h

Shopping Paulista North Way (Rodovia PE-15, Km 16.5, 242 - Centro, Paulista)

R$ 10

“Mundo Bita e o Circo”

A programação do Dia das Crianças no Shopping Tacaruna traz o show Mundo Bita e o Circo. As apresentações vão até o dia 13 de outubro, a partir das 14h, no sábado (12), às 9h e no domingo (13), às 12h. A programação ainda conta com atividades circenses e lojinha oficial do mundo Bita. Os ingressos custam R$ 10.

Serviço

Mundo Bita e o Circo

até 13 de outubro

Shopping Tacaruna (Av. Agamenom Magalhães, 153)

R$ 10

“A Rua também é nossa”

O projeto “A Rua também é nossa” criado pela Pirilampo Criativo Lab para incentivar a importância de espaços de brincar para a primeira infância. A iniciativa estreia neste sábado (12), a partir das 7h, em seis ruas do bairro do Recife, com atividades simultâneas e gratuitas. As atividades contam com pinturas interativas no asfalto, brinquedos diversos e equipe com recreadores infantil.

Serviço

“A rua também é nossa”

Sábado, (12) | 7h

Rua Aníbal Falcão (Graças); Av. Professor José dos Anjos (Arruda); Rua São João da Lagoa (rua da Creche Sementinhas. Iputinga); Rua São Luis (Bode); Rua Cel Mário Libório (Campina do Barreto); Rua Hélio de Albuquerque (Coque)

Gratuito

“Show com Palhaço Chocolate”

Anualmente o Parque 13 de maio recebe o Palhaço chocolate no Dia das Crianças, e neste sábado (12), não seria diferente. A programação conta com música ao vivo, brincadeiras, apresentação de teatro, dança e atrações para toda a família. Com mais de duas horas de duração o show comemora os 44 anos de carreira do palhaço chocolate.

Serviço

Dia das Crianças com Palhaço Chocolate

Sábado (12) | 15h

Parque 13 de Maio (R. Mamede Simões, 111)

Gratuito

“Reino Encantado Plaza”

Com um universo temático da realeza o Plaza Shopping promove no Dia das Crianças o “Reino Encanto” o projeto que tem parte da renda revertida para a ONG Círculo do Coração, traz uma programação recheada de oficinas e atividades para crianças de 4 a 10 anos. Com oficinas de escudo, de coroas e de bijuterias, feito pelas crianças, o ‘Reino encantado’ promete diversão e magia. Os ingressos a partir de R$ 20 podem ser comprados na Ticket Simples.

Serviço

Reino Encantado Plaza

12, 13, 19 e 20 de outubro | 15h

Plaza Shopping (R. Dr. João Santos Filho, 255 - Parnamirim)

R$ 20; R$25

Uma tarde de atividades gratuitas e lúdicas para festejar a infância, os mitos e convivências afro-brasileiras. O evento "Aguerézinho - o festejo dos contos", idealizado e realizado pela contadora de histórias, pedagoga e empreendedora social pernambucana Kemla Baptista, acontecerá no próximo sábado (12), das 13h às 17h, no Museu da Abolição, bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife.

A proposta é fazer um convite para que as famílias repensem a ótica eurocêntrica da infância, invertam a lógica consumista e troquem a excessiva compra de brinquedos pelo compartilhamento de experiências, afetos e histórias. Nesta segunda edição, o Aguerézinho fará homenagens à ancestralidade feminina africana, à expressividade feminina nas tradições orais afro-brasileiras e na literatura infantil por meio do livro Omo Obá: Histórias de princesas, escrito por Kiusam de Oliveira.

##RECOMENDA##

Em 2019, são comemorados os 10 anos de publicação da obra, que recupera os mitos de orixás femininos como princesas e os apresenta a crianças. "Iremos, por meio das atividades, mostrar como os saberes, o legado e as vivências femininas são importantes na educação das crianças. Pernambuco é um estado com altas taxas de feminicídio e essa também será uma forma de ensinar meninas a se empoderarem como futuras mulheres e meninos a respeitarem, desde cedo, a terem uma relação amorosa, no sentido fraternal, com a mulher", explica Kemla Baptista.

No Aguerézinho, além de ouvir histórias em espetáculos do projeto Caçando Estórias, capitaneado por Kemla Baptista, as crianças fazem apresentações artísticas, conhecem brincadeiras tradicionais africanas, vivenciam diversas atividades lúdicas. A escritora Kiusam de Oliveira, mestra em psicologia e doutora em educação pela Universidade de São Paulo (USP) e professora da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), irá dividir o palco com Kemla para contar as histórias do livro Omo Obá: Histórias de princesas.

O grupo infantil Encantinho do Pina também é convidado. Fundado em 2013 como baque mirim da Nação do Maracatu Encanto do Pina, o grupo oferece atividades educativas e artísticas como a oficina de maracatu para as crianças e adolescentes da comunidade do Bode, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. Outra atividade realizada será o "Pé de livros", espaço compartilhado para a leitura de livros afirmativos de literatura infantil doados pelas editoras Pallas, Arole Cultural, Miolo Mole e Jujuba. Sob a sombra dos baobás do jardim do Museu da Abolição, o público conhece obras que exaltam afro-brasilidades que, ao final do evento, são doadas ao acervo da Ludoteca do museu e à biblioteca do grupo Encantinho.

Haverá um circuito de vivências de Capoeira Angola, com a contramestra Gaby Conde; yoga, com Vida Rodrigues; turbantes e pintura corporal, com Luh Silva; Tranças e penteados africanos com Lílian Mendonça; percussão corporal, com Fábio Curió; e confecção de bonecas abayomy, pintura e desenho criativo, modelagem na argila e o clássico quebra-panela.

O evento terá a ambientação do jardim assinada por Leopoldo Nóbrega, artista responsável pelo Galo da Madrugada 2019. Os temperos, aromas e sabores que contam histórias da tradição afro-brasileira estarão presentes com a gastronomia do Altar Cozinha Ancestral, da chef Carmem Virgínia. O Aguerézinho será acessível à pessoa surda, pois contará com tradutores em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Contará também com o engajamento de voluntários mobilizados pela internet e estudantes da graduação em artes visuais da UFPE e pedagogia da UNINABUCO, que colaborarão ativamente na realização das vivências com as crianças no jardim do museu. "O projeto acredita no poder transformador da autoestima, no protagonismo infantil, respeito às diferenças, cooperação, afeto e confiança. E isto se expressa nas vivências criativas evento", afirma Kemla Baptista.

Primeira edição

A primeira edição do Aguerézinho aconteceu no Museu da Abolição, em outubro de 2018, para celebrar os 10 anos de Caçando Estórias, uma iniciativa de educação para a diversidade criada por Kemla Baptista. Foi pensando em construir novas possibilidades para as comemorações do dia das crianças que a contadora de histórias teve a iniciativa, engajada e divertida, de convidar artistas da música, contação de histórias e cultura popular, educadores, estudantes de escolas públicas e universitários para participar desse evento colaborativo.

Como o próprio nome sugere, o Caçando Estórias convida as crianças para desbravar o universo das tradições afro-brasileiras e mostrar que também criam arte.

Serviço

Aguerézinho: O festejo dos contos

12 de outubro (sábado) | 13h às 17h

Museu da Abolição, Rua Benfica, 1125, Madalena, Recife

Classificação etária: Livre

Entrada gratuita

Evento acessível para pessoas surdas

*Da assessoria

Mais de R$ 200 mil em verbas para melhoria e estruturação da Rádio Frei Caneca FM, foram utilizados para pagar shows, instalação de palco e divulgação para a participação da rádio no Festival Rec’n’Play. A verba seria destinada à pagamento de pessoal, compra de equipamentos e a criação de um edital para fomento da emissora pública.

De acordo com o site Marco Zero, o vereador Ivan Morais do PSOL, autor de duas emendas parlamentares para destinar recursos a rádio, subiu à tribuna da câmara para denunciar o desvio da verba de sua finalidade, considerando a atitude uma ‘inversão de prioridades’ e questionando o uso dos recursos.

##RECOMENDA##

O LeiaJá procurou a administração da Rádio Frei Caneca e da Fundação de Cultura do Recife, mas não obteve retorno. Ao ser procurada, a Prefeitura da Cidade do Recife, também não se pronunciou sobre o caso, até o fechamento da matéria.

Ainda de acordo com o Marco Zero, a administração da Frei Caneca, assumiu ao Grupo de Trabalho (GT), a utilização dos recursos para contratação dos artistas, assim como o custeio do aluguel do palco e da comissão de avaliação da grade da Rádio. O GT acompanha a implementação da rádio, e foi criado para garantir o compromisso com a transparência. Na resposta enviada, a rádio também citou nominalmente os artistas contratados.

O Recife já está em contagem regressiva para o Carnaval e a Prefeitura do Recife abriu nesta semana as inscrições para projetos artísticos para o carnaval 2020. A convocatória que ocorre até 4 de novembro, é para artistas que pretendem se apresentar nos palcos e nas ruas durante a folia de momo.

Para os artistas que desejam se inscrever é necessário preencher o formulário no site do Cultura Recife, onde estão disponibilizadas todas as informações necessárias, assim como modelos dos documentos exigidos, que devem ser entregue presencialmente, na data agendada no momento da inscrição, na sede da Prefeitura, no bairro do Recife.

##RECOMENDA##

Para maiores informações sobre a documentação, o Núcleo de Cultura Cidadã, localizado no Pátio de São Pedro, conta com uma equipe disponível durante o período de inscrições, para orientação e ajuda e na emissão de documentos dos grupos e agremiações. Também estão disponíveis o email do Cultura Recife e o telefone (81) 3355 9013, para outros esclarecimentos.

As avaliações dos projetos serão realizadas pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Cultura, utilizando critérios como: Histórico artístico; representatividade; reconhecimento popular e qualidade artística. Os aprovados serão publicados em uma relação no Diário Oficial do Município em 23 de novembro.

 

 

No dia 9 de novembro, um evento promete mostrar como o autoconhecimento pode contribuir para a vida profissional. O encontro, batizado de WorkCHOQUE, será realizado das 8h às 17h, no auditório do Overdrives, centro de inovação situado na área central do Recife.

Na ocasião, a coach e especialista em gestão de qualidade e produtividade, Lu Bazante, discutirá tópicos como “Pensar com clareza”, “Autoconhecimento”, “Quebra de crenças limitantes” e “Planejamentos para resultados”. As inscrições estão disponíveis e podem ser feitas pela internet.

##RECOMENDA##

O investimento na qualificação é de R$ 97. O Overdrives fica na Avenida Guararapes, 283, bairro de Santo Antônio, área central da cidade.

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando