Tópicos | celular

Na última semana a Motorola trouxe ao Brasil alguns modelos da nova geração da família moto G, entre eles o Moto G9 Play e o G9 Plus. Agora, a empresa lança uma edição especial do G9 Play, que acompanha o novo fone de ouvido bluetooth da marca, Moto Buds Charge.  

O acessório conta com até 10 horas de uso (cinco horas no fone + cinco horas de carga no case de carregamento) e possui compatibilidade com os assistentes como Alexa, Siri e Google Assistant. Ele pode ser carregado diretamente no próprio smartphone, que conta com uma bateria de 5000 mAh.

##RECOMENDA##

O foco do G9 Play está justamente na exibição de conteúdo audiovisual, então, os fones são uma aquisição recompensadora para os usuários que optarem pelo aparelho. Você pode conferir as especificações aqui. Os dois produtos (Moto G9 Play & Moto Buds Charge) chegam pelo custando R$ 1.699. Os aparelhos Verde Turquesa e Azul Safira terão fones na cor preta na caixa. Já a versão Rosa Quartzo vem com o fone na cor branca.

Sites como 365Dicas já começam a estipular quais serão as próximas novidades da Xiaomi para o ano que vem. A marca de celulares têm lançado produtos importantes no mercado e promovendo intensa concorrência com empresas como Apple e Samsung.

Os celulares Xiaomi são conhecidos pela qualidade e pelo preço mais barato. Essa realidade, no entanto, pode mudar a partir de 2021. Isso tem a ver com o chip utilizado na formatação do aparelho. A principal razão pela qual os principais telefones de praticamente todas as marcas viram um aumento nos preços é o novo Qualcomm Snapdragon 865 SoC usado neles.

##RECOMENDA##

O próprio chipset custa muito mais que seus antecessores, como o recente Snapdragon 855 Plus. Uma razão provável para o aumento do preço foi a inclusão do modem 5G que vem embutido no chipset. Podemos esperar a mesma alta de preços para o próximo chip Snapdragon 875.

Diz-se que o chipset possui um processador Super-Core Cortex-X1 com desempenho 30% melhor que o Cortex-A77, utilizado em modelos anteriores dos aparelhos da empresa.

Além disso, o Snapdragon 865 também ocupou muito espaço devido à sua exigência de um tamanho grande. Isso também aumentou os telefones, aumentando o tamanho das telas e outros componentes. Telas maiores também precisavam de baterias maiores. Os custos dessas peças também somam o preço total do telefone.

De acordo com um relatório da GizChina, o preço do Qualcomm Snapdragon 875 SoC será de cerca de US$ 250 dólares. Com o aumento do preço, espera-se que os carros-chefe de 2021 também sejam cerca de US$ 100 dólares mais caros do que os deste ano.

Com outras melhorias de hardware, o aumento pode ser ainda maior. A série Mi 11 da Xiaomi pode ser afetada pelos novos preços, e o mesmo pode ser esperado do que poderia ser o Redmi K40 Pro.

É preciso esperar, no entanto, para saber se os novos preços vão diminuir o ímpeto da empresa no mercado de telefones celulares. Ainda que os novos valores afastem consumidores acostumados com valores mais baixos, é de se imaginar que os produtos ainda fiquem mais baratos do que aparelhos da Apple, por exemplo.

O Iphone 11 Pro Max, um dos últimos lançamentos da empresa norte-americana, é comercializado por US$ 1000 dólares nos Estados Unidos.

A Motorola anunciou nesta quinta-feira (10), que três de seus smartphones intermediários aportaram no mercado brasileiro. Moto G9 Plus, Moto G9 Play e Moto E7 Plus chegam ao portfólio da empresa custando entre R$ 1.499 e R$ 2.499. Os aparelhos apresentam configurações robustas para a categoria e um bom jogo de câmeras em cada modelo. 

Moto G9 Plus

##RECOMENDA##

A versão plus do mais recente lançamento da família Moto G chega com uma tela de 6,8 polegadas, considerada a maior tela da linha G. Além disso, o telefone possui quatro câmeras traseiras, sendo a principal com sensor de 64 MP, ultra-wide de 8 MP, uma macro de 2 MP e um sensor de profundidade de 2 MP.

O aparelho vem com o processador Qualcomm Snapdragon 730G,  aprimorado para Gaming, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno (expansível) , além de bateria 5.000 mAh com carregamento rápido de 30 W. Ele também é o mais caro dos três, custando R$ 2.499. 

Moto G9 Play

Já o Moto G9 Play vem com tela de 6,5 polegadas, câmera tripla de 48 MP, com lente macro e sensor de profundidade. Nas configurações internas o telefone conta com processador Snapdragon 662, 4 GB de RAM e 64GB de armazenamento interno. A bateria tem a mesma durabilidade da versão plus com 5.000 mAh, com carregamento rápido. Ele custa R$ 1.599.

Moto E7 Plus

Para o novo modelo da linha E, as configurações chegam mais modestas. Ele vem com uma tela de 6,5 polegadas,  processador Snapdragon 460, 4GB de RAM, 64GB de armazenamento interno e botão dedicado ao Google Assistente. Há também duas câmeras, com a principal de 48 MP e bateria de 5.000 mAh. O Moto E7 Plus está disponível por R$ 1.499.

A combinação entre a pandemia de Covid-19 e as flutuações do dólar teve resultado negativo para o mercado de celulares no Brasil. No segundo trimestre de 2020, as vendas do setor caíram 30,7% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento da consultoria IDC Brasil divulgado nessa terça-feira (8). Segundo a firma, trata-se de uma das piores quedas já registradas no setor.

De acordo com a consultoria, foram vendidos 9,6 milhões de dispositivos no período - 8,74 milhões de unidades foram comercializadas em canais oficiais de venda e 885 mil no "mercado cinza", que oferta produtos de origem duvidosa.

##RECOMENDA##

Entre os aparelhos vendidos por canais oficiais, 8,35 milhões foram smartphones e 391 mil foram celulares simples (feature phones, no jargão do setor). As duas categorias sofreram retrações: o tombo foi de 31,1% para os smartphones e 54% para os celulares. A venda de smartphones no mercado cinza foi a única que registrou alta: 8,3% (ou 790 mil aparelhos).

"No início do ano, o cenário era favorável, mas a pandemia afetou bastante o setor, que sofreu primeiro com a falta de componentes da China e, depois, com o aumento de preços devido às flutuações cambiais", disse, em nota, Renato Meireles, analista do IDC Brasil. "Com a reabertura de lojas físicas, a tendência é de diminuição dos índices de queda nas vendas."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A Samsung prometeu e mostrou, nesta terça-feira (1º), os detalhes da sua nova geração de smartphones dobráveis. Em uma rápida transmissão pelo YouTube, a sul-coreana detalhou o uso do Galaxy Z Fold 2, o novo aparelho da companhia. Apresentado pela primeira vez em agosto, durante a primeira parte do Galaxy Unpacked, o dispositivo teve o preço e a data de lançamento reveladas.

Dessa vez, a empresa garante que os problemas da primeira geração foram superados, e apresenta um aparelho mais robusto, mais flexível e com tela  maior, além de aparentar versatilidade na hora de usar aplicativos ao mesmo tempo.  A tela externa de Super AMOLED tem 6,2 polegadas (contra 4,6'' da versão anterior) do tamanho de um smartphone tradicional, o que vai permitir que seja possível utilizar o telefone fechado como tal.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Quando desdobrado,  display de Dynamic AMOLED  fica com 7,6 polegadas, além de ter uma taxa de atualização de 120Hz para transições e jogabilidade suaves. Entre as novidades estão  possibilidade de usá-lo dobrado, apoiado sozinho de 75° a 115°. Tal como o Z Flip, o aparelho vem com a estrutura da dobradiça para repelir poeira e partículas indesejadas, só que ainda menor. A tela interna foi atualizada em várias frentes e agora usa Ultra Thin Glass (UTG), assim como o telefone dobrável Z Flip. 

Características

Há uma câmera na tela frontal e outra na tela interna e ambas tem 10 MP. Na traseira, um conjunto de câmeras triplas têm como principal apenas 12 MP. As especificações não são muito diferentes dos outros telefones Android da Samsung. O Galaxy Z Fold 2 tem um processador Snapdragon 865 Plus, 256GB de armazenamento e 12 GB de RAM. A bateria dupla tem 4500mAh, o que pode fazer com que ele descarregue um pouco mais rápido do que estamos acostumados.  Ele suporta carregamento sem fio, carregamento sem fio reverso, carregamento rápido.

A Samsung afirma que mais aplicativos terão suporte para layouts de tablet no Z Fold 2, incluindo os da Microsoft e do Google para que a função multitarefas funcione ainda melhor. Ele até colocou configurações específicas para tornar mais fácil alternar entre as configurações de DPI. 

O Galaxy Z Fold2 estará disponível globalmente em Mystic Black e Mystic Bronze em cerca de 40 mercados, em 18 de setembro. Quatro modelos de  bordas coloridas devem chegar ao Brasil. Porém, o preço do aparelho no mercado nacional ainda não foi divulgado. Lá fora, ele chega por US $ 9.999,99, equivalente a R$ 10.737, no câmbio atual. 

A atriz e ex-secretária especial de Cultura do Governo Bolsonaro, Regina Duarte, fez um alerta para o mau uso do celular após sofrer um acidente no último dia 13. Em uma publicação feita neste domingo (30), ela conta que caminhava enquanto digitava uma mensagem e, após cair de cara no chão, precisou passar uma cirurgia para restaurar três dentes quebrados.

Regina explica que pisou em falso em uma "depressão" da calçada e não conseguiu evitar a queda. "Aterrissei de boca no chão, queixo, nariz, dente, não tive tempo de amortecer a queda, fui de boca no chão. Resultado: quebrei 3 dentes, muito sangue, a boca cheia de cacos de porcelana", escreveu.

##RECOMENDA##

A queda chamou atenção de pedestres, que se ofereceram para levá-la ao hospital. A atriz recusou e preferiu ver o 'estrago' em casa, já que estava próxima do local do acidente.

Após o susto, Regina recebeu o primeiro atendimento do dentista que lhe acompanha há mais de 10 anos. Em seguida, foi encaminhada ao Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde foi anestesiada e realizou o procedimento.

[@#video#@]

A Samsung confirmou na última quinta-feira (27) a data do Galaxy Z Fold 2: Unpacked Part 2. A segunda parte do evento que traz novidades sobre a linha Galaxy da empresa será focado apenas no Galaxy Z Fold 2. A nova versão do smartphone dobrável foi apresentada em agosto, junto com a linha Note 20 e outras novidades. Em um comunicado à imprensa, a Samsung informou que a apresentação será transmitida ao vivo no dia 1º de setembro e deve explorar os recursos do dobrável. 

O que sabemos até agora

##RECOMENDA##

Durante a primeira parte do Galaxy Unpacked do segundo semestre foi possível ver que o Galaxy Z Fold 2 chegará em uma versão maior que seu antecessor. Desta vez, o espaço entre as telas está menor e suas dimensões foram ampliadas. A tela externa agora tem 6,2 polegadas, contra 4,6’’ da primeira versão. Aberto, o display interno aparece com 7,6’’. Medidas de um smartphone tradicional e de um tablet, ao mesmo tempo. 

A tela é de OLED dobrável, com uma taxa de atualização de 120Hz e o frágil plástico da primeira versão foi substituído por um vidro ultrafino e dobrável, muito parecido com o usado no Z Flip. Entre as características internas estão o processador Snapdragon 865 Plus da Qualcomm e bateria de 4.500 mAh.

Por fora, o “Modo Flex” do Z Flip chega também ao Z Fold 2. Isso permitirá aos usuários usarem o smartphone em diferentes ângulos, incluindo dobrado em 90 graus. A nova dobradiça também apresenta o que a Samsung chama de “varredora”, que utiliza fibras elásticas para limpar poeira ou detritos da dobradiça, a fim de evitar danos ao monitor. 

A morte do garoto Matheus Macedo Campos, na semana passada, causada por uma descarga elétrica enquanto ele usava o celular que estava carregando, em Santarém, Oeste do Pará, trouxe à tona o assunto que sempre foi muito falado, mas poucos o levam a sério: o uso do celular ligado na tomada.

Segundo informações da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), no ano de 2019 foram registrados 37 acidentes com celulares e 19 mortes. Já em 2020, até o mês de maio, foram registrados 15 acidentes, entre choques e explosões com celulares.

##RECOMENDA##

Danilo Almeida, executivo de serviços técnicos e comerciais da concessionária de energia Equatorial Pará, disse que o uso de o uso de celulares, enquanto as baterias estão sendo carregadas na tomada, é altamente perigoso e pode trazer uma série de riscos para o usuário, devido a possíveis explosões ou descargas elétricas. Embora seja raro, esse tipo de acidente pode ser fatal. 

O superaquecimento do aparelho é o principal problema durante o carregamento da bateria, especialmente em celulares com as opções de carga "rápida" ou "turbo", devido à grande quantidade de energia e volts utilizada na ação. O ideal é deixar o celular carregando sem mexer nele, informa o especialista, porque enquanto carrega o aparelho fica esquentando e, quando é manuseado, esquenta mais e fica ainda mais exposto ao risco de explosão.

Sobre as descargas elétricas, Danilo diz que com chuvas fortes e de grande duração vêm as descargas atmosféricas que podem representar riscos à segurança da rede elétrica. “Levando em conta esse perigo, a gente reforça que é importante não ligar qualquer aparelho eletrodoméstico durante chuvas com raios. Torneiras e chuveiros elétricos não devem ser usados nesse período”, explicou.

“Muito cuidado com o uso do celular conectado à tomada, principalmente se estiver usando fone de ouvido. E a gente também sabe que nesse período as ruas costumam ficar alagadas. Seja na sua rua ou na sua casa, a nossa recomendação é desligar toda energia, os disjuntores gerais e esperar que a situação melhore para ligar novamente”, alertou.

 

 

 

A Asus anunciou, na madrugada desta quarta-feira (26), dois novos integrantes da linha Zenfone. Com duas versões divididas em Zenfone 7 e Zenfone 7 Pro, os aparelhos carregam a continuação da câmera flip, para quem gosta de aproveitar o melhor da imagem também em selfies, só que agora com três lentes, uma a mais do que o antecessor, Zenfone 6. A falta do entalhe na tela também permite ao usuário um uso mais completo do aparelho

Ambos os dispositivos têm baterias potentes, com 5.000 mAh e chegam com diversos recursos que fazem brilhar os olhos dos fãs de telefones da empresa, incluindo uma lente de zoom extra e um novo display OLED de 6,67 polegadas, com taxa de atualização de 90Hz. As câmeras se dividem em uma grande angular de 64 MP, uma câmera ultra wide de 12 MP e e uma telefoto de 8 MP com zoom ótico 3x, com estabilização óptica de imagem na versão Pro. 

##RECOMENDA##

Por dentro, cada um tem especificações próprias, para diferenciar a versão regular da Pro. O aparelho mais robusto vem com um processador Snapdragon 865 Plus, 8 GB de RAM e 256GB de armazenamento. Já o Zenfone 7 tem um Snapdragon 865, versões com 6 GB ou 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Os dois têm memória expansível até 2 TB de capacidade e suporte para a rede 5G.

Por enquanto, não há previsão do lançamento do aparelho no Brasil, já qe a Asus anunciou o lançamento apenas para os mercados europeus, em 1º de setembro. O preço também deve ser liberado no dia do lançamento de mercado. 

Confira a análise que fizemos do Zenfone 6:

[@#video#@]

O governo argentino publicou neste sábado (22) um Decreto de Necessidade e Urgência (DNU) estabelecendo como "serviços públicos essenciais e estratégicos" a telefonia celular e fixa, Internet e televisão a cabo, suspendendo até 31 de dezembro "qualquer aumento de preços" no setor. A medida, antecipada ontem pelo presidente Alberto Fernández, via Twitter, foi publicada hoje no Diário Oficial e também regula futuros aumentos.

Na DNU 620, o governo argentino destaca "que o direito humano ao acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e o uso de qualquer uma de suas plataformas requer a determinação de regras por parte do Estado para garantir o acesso equitativo, justo e a preços razoáveis". Por isso, acrescenta, "é necessário recuperar os instrumentos normativos que possibilitem garantir a todos esse acesso".

##RECOMENDA##

O Poder Executivo justificou a decisão de prorrogar o congelamento dos reajustes de serviços em decorrência da emergência pública em matéria de saúde por conta da pandemia do coronavírus. "A situação de emergência sanitária que se vive no quadro da pandemia da Covid-19 e a consequente diminuição da circulação de pessoas para mitigar os contágios constituem uma situação emergencial que impõe a necessidade de outorgar proteção imediata a esses direitos", enfatiza a DNU.

No artigo 3º o decreto acrescenta o artigo 54 da Lei nº 27.078, visando incorporar como serviço público o serviço de telefonia móvel em todas as suas modalidades. "Os preços desses serviços serão regulados pela autoridade de fiscalização, que estabelecerá no regulamento o benefício básico universal obrigatório que deve ser proporcionado em condições de igualdade".

O artigo 4º determina a suspensão, "no âmbito da urgência prorrogada pelo Decreto nº 260/20, de qualquer aumento de preços ou modificação do mesmo, instituído ou anunciado desde 31 de julho e até 31 de dezembro de 2020 pelos titulares das TIC, incluindo os serviços de radiodifusão por assinatura e os correspondentes serviços de telefonia fixa ou móvel, em qualquer das suas modalidades. Esta suspensão aplica-se aos serviços de televisão por assinatura de satélite".

Após quatro dias desaparecido em alto mar, o pescador Fabrício Euclides Margarida, de 35 anos, conseguiu pedir ajuda quando o sinal de celular retornou repentinamente. Ele e um amigo voltavam para São Paulo em um barco recém-comprado em Santa Catarina.

A esposa, Maria Aparecida Almeida Margarida, de 40 anos, mora com ele no Guarujá, e conta que o marido voltava em um barco adquirido no outro estado. “Ele foi até o Sul, na verdade, com a intenção de comprar outro barco, mas não deu certo, porque o rapaz já tinha fechado o negócio. Ele ficou mais uns dias lá para tentar encontrar outro. Foi quando conseguiu esse”, relatou ao G1.

##RECOMENDA##

Ela explica que ele saiu da Praia da Armação, em Florianópolis, às 5h do domingo (16), e chegou a enviar mensagem às 9h55 apontando que estava na Ilha de São Francisco. “Eu só vi a mensagem às 10h25, foi quando retornei e ele falou que o mar estava bom, que ia seguir direto para cá. Alguns amigos também conseguiram falar com ele, e 12h02 foi a última visualização no celular”, lembra a esposa.

Depois disso não houve mais contato com Fabrício e a Capitania dos Portos foi acionada. Pescadores da região se mobilizaram e ajudaram nas buscas. Por volta das 15h40 dessa quinta (20), ele conseguiu fazer contato com Maria, disse que a embarcação sofreu uma pane, mas estava bem. Entretanto, frisou que precisava ser socorrido o quanto antes.

 “Ele ligou no meu celular e falou 'amor, vem me resgatar, eu estou no Guaraú. O barco quebrou, vem logo porque está batendo muito nas pedras'. Aí, caiu a ligação, ele não conseguiu mais ligar, tinha pouco sinal. Não sei o que ele fez, qual foi o milagre, mas graças a Deus ele conseguiu”, conta.

A companheira retornou a ligação e conseguiu falar com ele novamente. Fabrício chorava e aparentava estar nervoso. Mesmo com a neblina, o grupo de pescadores conseguiu achá-lo próximo à Peruíbe. “Acredito que ele tenha ficado à deriva. Foi um milagre. Mesmo com algumas notícias desencontradas, tinha certeza que ele estava vivo e que ele ia chegar aqui, ia mandar um sinal”, completa a esposa.

Cerca de 500 mil beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em todo o país começam, nesta quinta-feira (20), a testar a prova de vida por biometria facial. Nos próximos dias, segurados selecionados pelo órgão começarão a ter acesso ao sistema de reconhecimento facial.

A prova de vida digital será feita nos aplicativos do Governo Digital (Meu gov.br) e Meu INSS com o uso da câmera do celular do cidadão. Como se trata de um projeto piloto, o ícone para a prova de vida digital só estará disponível para os usuários escolhidos. A partir de hoje, o INSS fará contatos com segurados por SMS, e-mail e telefone, convidando para a iniciativa.

##RECOMENDA##

Para evitar fraudes e ter a certeza de que o segurado está sendo contatado pelo INSS, o órgão informa que o remetente que enviará o SMS será identificado como 280-41. Qualquer mensagem sobre prova de vida com origem em números diferentes deve ser ignorada. Quem tiver dúvidas pode ligar para o número 135 e conferir se a notificação é verdadeira.

Passo a passo

O procedimento será feito da seguinte maneira. Primeiramente o usuário abrirá o aplicativo Meu INSS e clicará no ícone “Prova de Vida”, no canto esquerdo superior da tela. Em seguida, entrará no aplicativo Meu gov.br digitando o CPF e clicará na opção “Autorizações” e seguirá as demais instruções do aplicativo.

O aplicativo Meu gov.br fará uma pergunta relacionada a algum documento do segurado, como título de eleitor ou carteira de motorista. Basta respondê-la, e autorizar o programa a tirar fotos e gravar vídeos. A câmera do celular abrirá, e o aplicativo pedirá comandos para o usuário, como sorrir e virar a cabeça.

O usuário retornará ao aplicativo Meu INSS e clicará novamente no botão da “Prova de Vida”. Lá será possível confirmar se a biometria deu certo. Como o INSS usará a base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral, só serão escolhidos segurados com carteira de motorista e título de eleitor.

Pandemia

Obrigatória para o recebimento de aposentadoria, auxílios e pensões, a prova de vida deve ser feita todos os anos, no mês de aniversário do segurado, na agência bancária onde o benefício é sacado. Caso o próprio segurado não possa comparecer, algum representante legal pode ir em seu lugar.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o procedimento está suspenso até setembro. Em alguns bancos, a prova de vida pode ser feita com biometria nos terminais de autoatendimento, mas esta será a primeira vez que o usuário poderá fazer o procedimento com a câmera do celular.

Desde agosto do ano passado, o procedimento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão, por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Se você foi um adulto ou um adolescente nos anos 2000, com certeza viu alguém usando um BlackBerry. Focado no mercado corporativo, o telefone era sinônimo de segurança e eficiência e fez bastante sucesso até ser oficialmente substituído por aparelhos Android e iOS. Quatro anos após a linha ter sido descontinuada, uma empresa norte-americana anunciou que telefones de teclado físico devem voltar ao mercado em 2021.

Uma startup alocada no Texas, nos Estados Unidos, chamada OnwardMobility, anunciou que está fabricando um novo modelo do aparelho, que deve ser compatível com a rede 5G e vir com Android instalado, além do clássico teclado QWERTY físico. A ideia da empresa é oferecer um dispositivo padrão, que funcione não apenas para mandar e-mails, mas também para ser utilizado no dia a dia.

##RECOMENDA##

Ainda não foram divulgados detalhes como preço, tamanho da tela ou especificações, mas é no mínimo curioso que, em plena corrida por smartphones dobráveis, um telefone com teclado físico volte ao mercado. O novo telefone será fabricado pela FIH Mobile, uma subsidiária da gigante de manufatura Foxconn. Ele estará disponível na América do Norte e na Europa.

Usuários de telefones Android agora podem definir configurações especiais para controlar como seu dispositivo móvel se comporta durante o sono. O Google anunciou, na última terça-feira (11), uma série de atualizações para o sistema, entre elas o modo 'Hora de Dormir', que pretende limitar as interrupções no telefone para que o usuário possa, enfim, ter uma boa noite de sono. 

É possível ativá-lo ao clicar no Relógio. O recurso ganhou uma guia ao lado de ferramentas como Timer e Cronômetro. Na aba, representada por um bonequinho em sua cama, o usuário pode programar um cronograma de sono que inclui um horário para diminuir o tempo de tela, um gráfico de atividades durante a hora de dormir - que grava o tempo no smartphone e o tempo de "cama", do usuário.

##RECOMENDA##

Para quem gosta de sons na hora de dormir, músicas tranquilas podem começar a tocar na hora que o horário programado começar integrado com o Spotify, YouTube Music e muito mais. Ao acordar é possível configurar o Alarme do nascer do sol, para clarear a tela e começar a tocar seus sons ou músicas favoritas.  A guia Hora de dormir está disponível para dispositivos com Android 6.0 e superior. Veja como ativa:

[@#galeria#@]

O adolescente João Vitor Domat Remus, de 13 anos, morreu eletrocutado ao retirar o carregador de celular da tomada, em Palmas, Tocantins. Ele sofreu a descarga elétrica quando encostou nos pinos de metal do dispositivo, após o revestimento isolante se soltar.

João ainda foi socorrido para o Hospital Geral de Palmas Dr. Francisco Ayres (HGP), mas não resistiu ao choque e teve a morte encefálica confirmada após oito dias internado na UTI. A imagem do carregador defeituoso foi compartilhada nas redes sociais e é possível perceber que o dispositivo não era original.

##RECOMENDA##

O óbito foi registrado na quinta-feira (6) e o sepultamento ocorreu no sábado (8), no Cemitério Campo da Esperança da Asa Sul, em Brasília. O Colégio Sigma, onde o garoto estudava em Brasília antes de morar para Palmas, emitiu nota de pesar. "É com muita dor que a comunidade escolar manifesta seu profundo pesar pelo falecimento do ex-aluno. Diretores, colaboradores, professores e colegas da escola se solidarizam com a família. Nós optamos por não nos pronunciar em respeito ao momento de sofrimento pelo qual a família está passando", lamenta a nota enviada ao Último Segundo.

Em outubro de 2019, a Microsoft se juntava às empresas que estavam anunciando dispositivos de tela dupla. Em seu evento oficial, a gigante apresentava a nova linha Surface Duo, que prometia unir as experiências do Microsoft 365 com a facilidade dos aplicativos Android, na palma da mão. Nesta quarta-feira (12), a companhia revelou quando chegará o aparelho, que está previsto para setembro.

Aberto, o Surface Duo fica com uma tela de 8,1 polegadas, separadas por uma dobradiça que permite girar o aparelho em 360 graus. Individualmente, os displays de OLED têm 5,6 polegadas. O aparelho também permite ao usuário utilizar as telas tanto de forma individual quanto em conjunto, colocando o aparelho em 90° assim como o Galaxy Z Flip e o futuro Galaxy Z Fold 2.

##RECOMENDA##

A câmera não é um dos pontos altos do aparelho, com 11 MP, mas a Microsoft incluirá modos automáticos para pouca luz, capturas HDR de vários quadros e um zoom de até 7x, além de permitir que vídeos sejam gravados em qualidade 4K. Entre as características de hardware o Surface Duo traz um processador Qualcomm Snapdragon 855, 6 GB de RAM e até 256GB de armazenamento. Não há suporte para 5G. 

Por fim, um dos únicos pontos de preocupação é a bateria do aparelho com 3577mAh. Essa capacidade é menor do que estamos acostumados a ver em dispositivos com telas maiores ou duplas, como o Note 20 Ultra, da Samsung, que possui  4500mAh e até o Galaxy Fold original, com 4380mAh. 

Quanto à compatibilidade com aplicativos Android, a Microsoft revelou que todos as ferramentas da play store podem ser instaladas no dispositivo. Além disso, será possível fazer ligações, receber notificações e mensagens de texto e até mesmo espelhar a tela dupla diretamente no PC com Windows. O Surface Duo já está disponível na pré-venda a partir de US $ 1399 (cerca de R$ 7633,50, em conversão direta).

Em meio a tantos lançamentos de seus top de linha, a Samsung trouxe ao mercado brasileiro opções para bolsos mais comedidos. Na última segunda-feira (10), a sul-coreana anunciou a chegada do Galaxy A01 Core, que chega com configurações básicas e custando menos de mil reais.

Com tela de 5,3 polegadas, o telefone traz também uma câmera frontal, com 5MP, com aprimoramento de imagem e uma lente traseira com 8 MP. O smartphone também disponibiliza o Modo Noturno, que altera o padrão de cores do display, tornando a visualização da tela menos cansativa ao fim do dia.

##RECOMENDA##

O processador do aparelho é quad-core e ele vem com 2 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, expansível até 512GB. A bateria tem 3,000 mAh garante, que pode fazer com que o telefone dure um dia inteiro de uso moderado. Porém, o que deve atrair o público é o valor de R$ 999, pelo aparelho. O Galaxy A01 está disponível nas versões azul, vermelho e preto e pode ser encontrado tanto nas lojas físicas quanto online da Samsung. 

Outro grande destaque do Galaxy Unpacked, evento da Samsung realizado nesta quarta-feira (5), foi o novo visual do Galaxy Z Fold. A segunda geração, do primeiro smartphone dobrável do mundo, foi apresentada com um design mais fino, tela maior e mais espaçosa, além de melhorias relacionadas à resistência do aparelho. Além disso, a empresa sul-coreana estabeleceu oficialmente o Z como marca para sua linha de dobráveis.

Durante a apresentação do Galaxy Z Fold 2, a Samsung mostrou que a inovação não vem apenas da criatividade de seus engenheiros. A companhia relembrou diversos reviews do primeiro smartphone, feitos por influenciadores do mundo todo, que apontaram falhas do dispositivo e provou que ouviu as críticas feitas ao seu primogênito. Durante a transmissão, ela apontou seus erros e o que fez para que eles fossem solucionados. Uma atitude surpreendente. 

##RECOMENDA##

Características

O Galaxy Z Fold 2 chega em uma versão maior que seu antecessor. Desta vez, o espaço entre as telas está menor e suas dimensões foram ampliadas. A tela externa agora tem 6,2 polegadas, contra 4,6’’ da primeira versão. Aberto, o display interno aparece com 7,6’’. Medidas de um smartphone tradicional e de um tablet, ao mesmo tempo. 

A tela é de OLED dobrável, com uma taxa de atualização de 120Hz e o frágil plástico da primeira versão foi substituído por um vidro ultrafino e dobrável, muito parecido com o usado no Z Flip. Entre as características internas estão o processador Snapdragon 865 Plus da Qualcomm e bateria de 4.500 mAh.

Por fora, o “Modo Flex” do Z Flip chega também ao Z Fold 2. Isso permitirá aos usuários usarem o smartphone em diferentes ângulos, incluindo dobrado em 90 graus. A nova dobradiça também apresenta o que a Samsung chama de “varredora”, que utiliza fibras elásticas para limpar poeira ou detritos da dobradiça, a fim de evitar danos ao monitor. 

A empresa não apresentou mais detalhes sobre o aparelho, como preço e data de lançamento, mas garantiu que, em 1º de setembro, irá apresentar novos detalhes sobre seu novo dispositivo. 

A Microsoft fez uma série de anúncios, nesta terça-feira (4), envolvendo produtos e novidades para o Projeto xCloud, a tecnologia de jogos em nuvem da companhia. Além de acessórios para dispositivos móveis, a empresa também revelou a integração do Xbox Game Pass Ultimate para telefones e tablets que usam o sistema Android, a partir do dia 15 de setembro. 

Tentando quebrar a barreira do hardware único e transformando seus serviços em multiplataforma a Microsoft dará aos seus clientes o acesso a mais de 100 jogos armazenados em nuvem, rodados em dispositivos móveis. 

##RECOMENDA##

Os jogos em nuvem serão lançados na versão beta para os membros do Xbox Game Pass Ultimate em 22 mercados, entre eles Áustria, Bélgica, Canadá, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Hungria, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal , Eslováquia, Espanha, Coréia do Sul, Suécia, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos.  O Brasil ainda terá que esperar mais um pouquinho para ter acesso a novidade.

Entre os títulos disponíveis estão Minecraft Dungeons, Destiny 2, Tell Me Why, Gears 5, Yakuza Kiwami 2 e muito mais. Além disso, novos títulos do Xbox Game Studios devem entrar na nuvem a partir do dia do lançamento. "Todas as experiências que você espera no Xbox e seu perfil de jogo viajam com você no celular, incluindo sua lista de amigos, conquistas, configurações de controle e progresso do jogo salvo", revelou a empresa.

Os games em nuvem também desbloqueiam novas experiências de cooperação com os jogos online tradicionais. Ao acoplar os acessórios os títulos poderão ser jogados não apenas com o controle do Xbox One, mas também com DualShock 4, da Sony.

Um homem, suspeito de roubar um celular, foi espancado até a morte depois de ser perseguido pelos moradores do bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste de Manaus. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (31).

A vítima ainda não teve a sua identidade identificada. A polícia aponta que o crime aconteceu depois de o homem, possivelmente, ter roubado um aparelho celular de uma pizzaria do bairro. Além disso, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) informou à Rede Amazônica que os populares garantem que a vítima era acostumada a cometer pequenos furtos na localidade.

##RECOMENDA##

A DEHS registrou o caso e deve investigar os envolvidos no crime. O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde aguarda por identificação.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando