Tópicos | Emprego

Senado aprovou o Projeto de Lei 2245/2, que assegura trabalho digno à população de rua, de autoria da deputada federal Érika Hilton (PSOL). A iniciativa cria a Política Nacional de Trabalho Digno e Cidadania para População em Situação de Rua (PNTC PopRua) e prevê a adoção de medidas para garantir a inclusão de pessoas de 15 a 29 anos de idade, em situação de rua, em programas de qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho.

Além disso, o PL, que teve como relatora a senadora Tresa Leitão (PT), dará estímulo para empresas aderirem ao programa e fornecerem Bolsas de Qualificação para o Trabalho e Ensino da População em Situação de Rua (Bolsas QualisRua), destinada ao público participante das qualificações. “Os efeitos nefastos da pandemia sobre a economia do país e a capacidade de geração de renda das pessoas encontram no aumento vertiginoso dessa população uma das suas faces mais cruéis”, destacou a senadora.

##RECOMENDA##

 

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realizou um levantamento com os novos postos de trabalho que surgiram no Brasil ao longo do ano. A pesquisa apontou uma participação das pequenas empresas em 71% das novas vagas de emprego, uma porcentagem que corresponde a 1,26 milhão de vagas.

Até o mês de outubro, o país chegou à marca de 1,78 milhão de novos empregos gerados desde o início do ano. Além da considerável participação dos pequenos negócios, as médias e grandes empresas colaboraram com 372,4 mil vagas novas, cerca de 21% do montante total.

##RECOMENDA##

Levando em conta apenas o mês de outubro, o Sebrae aponta que 190 mil carteiras de trabalho foram assinadas. As micro e pequenas empresas tiveram uma contribuição de mais da metade (65,2%), contabilizando 124,1 mil empregos no mês. Já as médias e grandes empresas tiveram um saldo de 69,8 mil vagas, 36,7% do total.

“São os empreendedores de pequeno porte que têm sustentado o país. São as pessoas que acordam todas as manhãs e fazem o Brasil se movimentar, distribuindo renda, proporcionando inclusão social e a transformação das vidas de bairros e municípios, em todas as regiões”, afirma Décio Lima, presidente do Sebrae.

O levantamento do Sebrae levou em consideração dados disponíveis no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

A Americanas, uma das principais empregadoras do país, está com inscrições abertas para mais de 300 vagas efetivas destinadas a Pessoas com Deficiência. As oportunidades incluem posições de operador de loja em todo o Brasil e assistente administrativo nos escritórios do Rio de Janeiro e São Paulo. Os requisitos para candidatura são idade mínima de 18 anos e ensino médio completo, e não é exigida experiência prévia, facilitando a integração de quem busca o primeiro emprego.

Além de oferecer salário, que, segundo a empresa, é compatível com o mercado, a companhia proporciona treinamentos para capacitação profissional e suporte do time de Gente. Os contratados também têm acesso a benefícios como plano de saúde com adesão imediata, vale-refeição, vale-transporte, seguro de vida e descontos em compras nos sites e apps das marcas Americanas, Submarino e Shoptime. Após o período de experiência, esses benefícios se estendem às compras nas lojas físicas.

##RECOMENDA##

“A Americanas acredita na construção de um time plural e diverso como estratégia competitiva de longo prazo. O combate às desigualdades deve ser feito com ações efetivas. Sabemos que, para ser realmente uma vaga inclusiva, não basta somente contratar. É preciso fomentar uma cultura organizacional com foco no crescimento, inclusão e engajamento dos colaboradores”, afirma Leonardo Ferreira, vice-presidente de Gente & Gestão da Americanas.

Os interessados no cargo de operador de loja devem se inscrever através deste link A vaga é destinada a todo o Brasil. Já os interessados na função de assistente administrativo para unidades no Rio de Janeiro e em São Paulo devem se candidatar aqui.

Pernambuco é o estado do Nordeste que mais gerou empregos no mês de outubro, de acordo com dados divulgados, na última terça-feira (28), pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. Segundo o levantamento, o mês representa um aumento de 9,5% quando comparado a outubro de 2022. Ao todo, o Estado reúne 52.477 empregos gerados nos 10 primeiros meses de 2023.

"Pernambuco demonstrou, mais uma vez, um resultado animador na geração de empregos, sendo destaque da região Nordeste na criação de vagas em outubro. Mesmo sendo um ano que enfrentamos desequilíbrio de contas e orçamento defasado, estamos trabalhando muito e os resultados começam a se consolidar", disse a governadora Raquel Lyra. Esta é a segunda vez consecutiva que Pernambuco aparece com índice espressivo de geração de empregos. Em setembro, o Estado ficou atrás apenas de São Paulo, com 18.864 carteiras de trabalho assinadas. 

##RECOMENDA##

A companhia Flora está com mais de 150 vagas abertas de emprego para atuação em customer service, produção, financeiro, vendas, logística, fiscal, marketing, trade marketing e mais. As oportunidades são em 38 cidades brasileiras diferentes.

Para participar, é necessário ter disponibilidade de atuação nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina, Alagoas, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul, Paraíba e Rondônia. 

##RECOMENDA##

Os interessados devem se inscrever até o dia 10 de dezembro, pela página da Gupy na internet. Os contratados terão direito a salário compatível com mercado e benefícios como seguro de vida, vale transporte, vale refeição ou refeitório local e programa de treinamentos.

De acordo com uma pesquisa realizada em setembro, envolvendo 565 funcionários de empresas brasileiras de diversos portes, 93% manifestaram preferência por receber um "bônus" de Natal em um cartão, em detrimento da tradicional cesta de fim de ano.

No âmbito empresarial, 31% ainda distribuem cestas de alimentos, enquanto 26% optam por presentear os profissionais com dinheiro extra em cartão alimentação ou cartão presente, que pode ser usado para adquirir produtos não alimentícios. A ValeCard consultou diversas empresas, constatando que todas elas acreditam que benefícios e reconhecimentos de Natal contribuem para criar uma atmosfera de trabalho mais positiva e motivadora, impactando positivamente a percepção dos colaboradores sobre a organização. Para 62% das empresas consultadas, a principal motivação para tais ações é "reconhecer e recompensar o desempenho dos colaboradores ao longo do ano".

##RECOMENDA##

Quanto aos principais desafios dos empregadores na viabilização de ações natalinas, 44% citam o "custo", 38% a "logística" e 19% o "planejamento". Em relação aos valores, 75% das empresas pretendem investir até R$ 200 por colaborador.

Do ponto de vista dos trabalhadores, 56% afirmam que os valores recebidos não são suficientes para atender às suas necessidades durante o período festivo. Apenas 26% se declararam "satisfeitos" ou "muito satisfeitos" com os benefícios de Natal oferecidos por suas empresas atualmente. Por outro lado, 88% afirmaram que receber benefícios tem um efeito positivo em sua motivação e produtividade.

O estudo "Revolucionando a Contratação em Tecnologia," realizado pela Generation em oito países, incluindo o Brasil, revela que apesar do mercado de TI estar em alta, 59% das empresas brasileiras enfrentam desafios ao preencher cargos de tecnologia de nível inicial. Para combater essa dificuldade, o programa global de empregabilidade Generation Brasil organiza o Generation Day em 29/11, um evento online e gratuito focado na inclusão produtiva e empregabilidade de jovens recém-formados em TI.

O Generation Day, promovido pela Generation Brasil, que prepara jovens de grupos sub-representados em bootcamps intensivos em programação, visa conectar empresas a talentos recém-formados. Cerca de 90 ex-alunos terão a chance de demonstrar suas habilidades técnicas e comportamentais para líderes e gestores de RH e Tecnologia de empresas participantes. Helena Tavares, COO da Generation Brasil, destaca que o evento é uma oportunidade única para as empresas descobrirem talentos fora dos métodos tradicionais de recrutamento.

##RECOMENDA##

Empresas com vagas na área de tecnologia podem participar gratuitamente e remotamente para conhecer as habilidades dos jovens formados pela Generation.O evento oferece uma vitrine para as empresas, permitindo que identifiquem talentos de forma eficiente e preencham suas vagas com profissionais qualificados para níveis de entrada em tech.

A RD-RaiaDrogasil anunciou a abertura de 350 vagas de emprego exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). Os candidatos podem se inscrever no site Inspiração Paralímpica, plataforma do Comitê Paralímpico Brasileiro criada para reunir iniciativas que contribuam para a inclusão das pessoas com deficiência.

Os candidatos disputarão vagas como assistente operacional, analista jr., tributário fiscal e auxiliar de reposição logística. Com a abertura das vagas de emprego, a companhia comunicou também uma parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro para apoiar a delegação brasileira no Jogos Panamericanos de Santiago. Cada integrante recebeu um kit com itens essenciais para higiene e cuidado pessoal. Ao todo, foram entregues 700 nécessaires.

##RECOMENDA##

Mais informações sobre o processo seletivo devem ser feitas pelo site da Inspiração Paralímpica.

 

De janeiro a agosto deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) atendeu 204 (63%) de 324 pedidos de empresas para anular decisões da Justiça do Trabalho que reconheceram vínculo de emprego, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) obtido pelo Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado). As decisões têm sido questionadas por meio de reclamações. Nesse tipo de recurso, não há análise das provas do processo. Os ministros apenas avaliam se a sentença, proferida em instância inferior, seguiu ou não a jurisprudência do Supremo.

Na temática da terceirização da atividade-fim ou pejotização, o Supremo recebeu 167 reclamações de empresas visando anular decisões da Justiça do Trabalho que reconheceram vínculo de emprego. Desses pedidos, 80 (ou 48%) foram atendidos pelos ministros. Os casos envolvem contratos de pessoa jurídica (PJ) que, no entendimento de juízes do trabalho, caracterizam fraude.

##RECOMENDA##

Em relação à contratação de advogados associados, 75% das decisões do Supremo não reconheceram a existência de vínculo empregatício e permitiram a contratação como autônomo. Em casos envolvendo transporte autônomo de cargas, 84% das decisões entenderam que a competência é da Justiça Comum, e não da Justiça do Trabalho, para analisar a temática. Já em relação a outros autônomos, 54% das decisões do Supremo permitiram a contratação.

Para a coordenadora da pesquisa, Olívia Pasqualeto, há uma distinção importante entre pejotização e terceirização que não está sendo contemplada nas decisões do Supremo. "Quando o STF libera (em 2018) a possibilidade de terceirizar, muita coisa começa a ser feita, como contratação de pessoa jurídica, que não é mesma coisa que terceirizar. Na PJ, eu contrato diretamente alguém, o que por si só não é fraude, mas em muitos casos é. E, muitas vezes, o que a Justiça do Trabalho vai fazer é avaliar se tem ou não fraude ali", disse a pesquisadora ao Broadcast.

Em 2018, o Supremo validou a terceirização da atividade-fim das empresas e fixou tese para determinar que "é lícita a terceirização ou qualquer outra forma de divisão do trabalho entre pessoas jurídicas distintas". A pesquisa da FGV-SP conclui que, entre os ministros, é predominante a interpretação ampla dos precedentes do Supremo. "Há uma tendência em validar, com certa facilidade, outras formas de contratação que não o vínculo de emprego", avalia Pasqualeto.

A pesquisa observou ainda um pico de reclamações contra decisões da Justiça do Trabalho entre 2018 e 2020. Uma das explicações possíveis, segundo o estudo, é o início da vigência da reforma trabalhista - que ampliou as possibilidades de terceirização.

O advogado Daniel Domingues Chiode, sócio do escritório Chiode Minicucci | Littler e advogado da Cabify nas ações que tramitam no Supremo, avalia que a atuação do STF no tema vem na esteira de uma ausência de regulação de novas formas de trabalho e de uma aplicação indevida da CLT pelos tribunais trabalhistas. "O Supremo vem reconhecendo que a evolução dos métodos produtivos não se encaixa na CLT", disse o advogado ao Broadcast.

Chiode rejeita a crítica de que o Supremo confunde pejotização e terceirização. Para ele, há uma "harmonia" entre o conjunto de decisões da Corte. "O que vincula não é só a tese, é a tese combinada com os motivos determinantes", afirma. "Quando leio as decisões na íntegra, eu vejo que o Supremo tratou da questão de formas diversas da legislação trabalhista."

Em decisões monocráticas, ministros do STF têm deixado claro um incômodo com a atuação de juízes trabalhistas. "Ao fim e ao cabo, a engenharia social que a Justiça do Trabalho tem pretendido realizar não passa de uma tentativa inócua de frustrar a evolução dos meios de produção, os quais têm sido acompanhados por evoluções legislativas nessa matéria", afirmou o ministro Gilmar Mendes.

Em setembro, o Tribunal Superior do Trabalho condenou a Uber a contratar, via CLT, todos os motoristas ativos em sua plataforma, além de pagar R$ 1 bilhão em danos morais coletivos. Segundo levantamento da plataforma de jurimetria Data Lawyer, há 15.221 processos (ativos e finalizados) contra Uber, 99 e Cabify. Destas, 5.555 são decisões favoráveis aos aplicativos, e 2.388 favoráveis aos trabalhadores.

A equipe do presidente do STF, Luís Roberto Barroso, estuda uma forma de unificar a jurisprudência em torno do tema. Uma das soluções em análise é o julgamento em repercussão geral (RG), que afeta todos os processos que tramitam na Justiça. Segundo apurou o Broadcast, há possibilidade de que um recurso da Uber contra uma de suas condenações na Justiça do Trabalho seja julgado por meio de RG.

O Grupo GR, empresa de segurança e terceirização de serviços, está com inscrições abertas para vagas de vigilante para atuação no Recife. Os candidatos selecionados receberão salários e benefícios compatíveis com o mercado, e receberão treinamento contínuo.

Para mais informações sobre as vagas e orientações para se candidatar estão no site oficial da empresa no ícone Trabalhe Conosco. A candidatura e envio do currículo é realizada somente pelo site, sem custo para participação nos processos seletivos, por meio de plataforma digital.

##RECOMENDA##

A Viveo, sistema que reúne vagas de empresas, está com 163 novas vagas disponíveis para o início de novembro. As oportunidades são para diferentes cidades de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e o Distrito Federal.

Os cargos oferecidos são de advogado, analista de custos, analista contábil, auxiliar de produção, gerente comercial de produto, mecânico, assistentes, auxiliares, ajudantes, gerentes, coordenadores, gestor de negócios e farmacêutico técnico. 

##RECOMENDA##

Os postos de trabalho oferecidos aceitam currículos de todos os níveis de experiência e escolaridade. Há, também, vagas destinadas para pessoas com deficiência (PCD). Os interessados podem conferir mais detalhes sobre as oportunidades pelos sites: Portal RH Viveo, Gupy e no LinkedIn da empresa.

Os contratados terão direito a vale refeição e alimentação, vale transporte, auxilio creche, auxilio farmácia, empréstimo consignado (Creditas), convênio de academias (Total Pass) e clube de vantagens.

Uma pesquisa feita pelo Grupo QuintoAndar e Imovelweb, com mais de 1,9 mil entrevistados, apontou um favoritismo ao trabalho remoto no mercado atual. Cerca de 43% das pessoas preferem encontrar outro emprego caso seu cargo atual obrigasse a ser totalmente presencial.

O estudo mostra que dois a cada cinco trabalhadores que, atualmente, possuem uma rotina remota ou híbrida, não aceitariam voltar para o regime tradicional. Este dado é maior entre as pessoas com 35 a 44 anos, sendo os mais jovens (entre 18 e 24 anos) mais dispostos a trabalhar presencialmente.

##RECOMENDA##

O gerente de dados do Grupo QuintoAndar, Thiago Reis, acredita que a faixa etária dos resultados é uma consequência das responsabilidades familiares e compromissos que aparecem, além de maior experiência no mercado, o que torna o trabalho remoto mais atraente para profissionais mais velhos.

“Por outro lado, os mais jovens podem estar mais dispostos a experimentar o ambiente presencial, uma vez que estão em uma fase da vida com menos responsabilidades familiares e em busca dos primeiros passos profissionais”, afirma o gerente.

O levantamento contou com 1.914 mulheres e homens de todas as 27 capitais do Brasil, em que 60% dos entrevistados possuem pelo menos um dia de semana útil fora do seu escritório. Ao todo, 37% são funcionários híbridos e 23% funcionários com regime remoto.

Mesmo em diferentes estados, a pesquisa mostra que o local de trabalho e de moradia possuem uma relação importante com os entrevistados. Para os que trabalham de casa, morar em um lugar silencioso para trabalhar é o fator mais importante na hora de escolher um imóvel (70%) e morar perto do trabalho é o segundo fator mais citado (66%).

Cerca de 33% das pessoas declararam que seu emprego teve influência na escolha de onde vivem atualmente, sendo 57% destas decisões pela proximidade com locald e trabalho, 28% pela proximidade com transporte público e 24% pela rapidez do trajeto entre a casa e o trabalho, sem trânsito.

“O trabalho é um importante fator no momento de escolher a sua residência. 36% dos entrevistados afirmam que podem se mudar no próximo ano por conta do trabalho”, declara Reis.

A GoKursos, plataforma de educação continuada, disponibilizou um e-book gratuito para todos os estudantes e profissionais que desejam se destacar nas entrevistas de emprego e conquistar as melhores oportunidades do mercado.

De acordo com uma pesquisa da Accountemps, empresa especializada em recrutamento, 43% dos recrutadores afirmam que a entrevista é a fase que mais reprova candidatos durante um processo seletivo. Diante dessa realidade, é preciso focar na preparação para essa etapa decisiva e evitar erros que levem à eliminação.

##RECOMENDA##

No e-book gratuito "Guia Prático para Entrevistas de Emprego", o candidato descobrirá quais os principais erros que causam a sua reprovação, como se comportar na entrevista e nas dinâmicas, o que responder ao recrutador, entre outras dicas que vão ajudá-lo a se destacar de forma positiva.

Para Jannine Calixto, que é psicóloga, consultora em Recursos Humanos e mentora de carreiras, os recrutadores analisam um conjunto de fatores. “Inicialmente, vemos se o candidato tem um perfil correspondente à cultura da empresa e ao cargo. O posicionamento deste candidato também é considerado e o quanto ele demonstra interesse na oportunidade", acrescenta a consultora.

Um dos maiores inimigos dos candidatos nas entrevistas é a ansiedade. Para evitar o problema, a consultora cita algumas dicas: "É importante treinar. O candidato deve revisitar seu currículo antes da entrevista, para relembrar as suas conquistas, experiências e situações importantes para seu histórico profissional. Também treine em frente ao espelho para ganhar confiança", conclui.

Os candidatos que desejam aprofundar ainda mais a sua preparação podem baixar o "Guia Prático para Entrevistas de Emprego" gratuitamente e conferir um manual que vai fazer toda a diferença nas suas futuras seleções de emprego.

Da assessoria

Com a proximidade do final do ano, muitas empresas abrem vagas temporárias para atender a demanda, que custuma aumentar nesse período devido à Black Friday, Natal e Ano Novo. Apesar dos contratos terem prazos curtos, com possiblidade de serem estendidos, os profissionais que preenchem esses postos temporários têm direitos trabalhistas, a depender do tipo de contratação, como observa o professor de direito do trabalho Diego Nieto.

"Os profissionais de vagas temporárias podem ser contratados duas maneiras:  diretamente pelo empregador (empresa) e serão considerados totalmente celetistas, com todos direitos normais de um trabalhador comum exceto o aviso prévio ao final do período determinado, pois é um contrato com prazo já estabelecido; ou podem ser contratados por uma empresa interposta, chamada de empresa temporária, que é uma espécie de terceirização. Esses são regulados por uma lei própria (lei 6019/74), ainda que possuindo vínculo empregatício, e podem ter alguns direitos um pouquinho diferentes dos celetistas tradicionais", explica ao LeiaJá.

##RECOMENDA##

À reportagem, o docente ressalta que os benefícios oferecidos ao trabalhador temporário devem constar no contrato. "Tanto no contrato por prazo determinado da CLT, quanto no trabalho temporário por empresas interpostas deve ser pontuado eventuais benefícios no contrato estabelecido para realização do serviço". Diego Nieto esclarece que em caso de descumprimento do que foi acordado no contrato de trabalho, o profissional pode recorrer ao Ministério Público do Trabalho (MPT), "quanto seu sindicato, ou até buscar um advogado especializado para fins de defender seus interesses".

No que se refere à relação empregador e empregado, segundo o professor de direito do trabalho, as cobranças devem permear ao que é permitido em lei, "no contrato e respeitando sempre a ideia de dignidade da pessoa humana trabalhadora, evitando qualquer tratamento discriminatório ou degrandante", frisa.

Com planos de expansão para o Grande Recife, o grupo Mix Mateus abriu um canal de seleção para cerca de duas mil vagas de emprego. A rede contratou 1.064 colaboradores para as lojas que abrem nesta quinta (19) e já planeja novas oportunidades para os próximos lançamentos.

O projeto prevê mais nove unidades em Maranguape e no Janga, em Paulista, e no Recife, nos bairros do Bongi, Santo Amaro, Guabiraba, Caxangá, Boa Viagem e Casa Forte.

##RECOMENDA##

A expectativa é que as 11 unidades sejam operadas por pouco mais de três mil funcionários. Com oportunidades para todos os níveis de escolaridade, o processo seletivo inicia com o envio do currículo do candidato para o site oficial www.curriculo.grupomateus.com.br.

As Agências de Trabalho de Pernambuco estão disponibilizando, nesta sexta-feira (29), um total de 683 vagas de trabalho. Deste número, 50 oportunidades exclusivas para pessoas com deficiência (PcDs). 

Além dos postos de trabalhos, também são oferecidas 8 vagas de estágio e 25 vagas temporárias. Entre os pontos de destaque, está a função de trabalhador da pecuária, em Petrolina, com 104 vagas. Recife é o município com mais oportunidades para PcDs, com 17 vagas no total.

##RECOMENDA##

Os municípios com vagas abertas são Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Nazaré da Mata, Olinda, Palmares, Paudalho, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe, São Lourenço da Mata e Serra Talhada. 

Os interessados devem acessar o portal da Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo (SEDEPE) para mais informações sobre o quadro de vagas.

O Instituto Êxito de Empreendedorismo e a Secretaria do Trabalho, Qualificação e Renda do Paraná firmaram convênio com objetivo de estimular e promover a educação empreendedora para os jovens e adultos do estado e aumentar as oportunidades, a empregabilidade e a renda da população paranaense. Por meio da plataforma on-line do Instituto Êxito, os alunos terão disponíveis cerca de mil conteúdos totalmente gratuitos.

Os cursos, palestras, mentorias e vídeos inspiracionais já estão disponíveis para todos os usuários e abordam áreas como empreendedorismo, desenvolvimento pessoal, carreira, marketing, negócios, comércio, entre outras. “A parceria firmada com a Secretaria do Trabalho, Qualificação e Renda proporcionará um leque de oportunidades aos jovens e adultos do estado. Estamos muito felizes de fazer parte desse acordo e poder contribuir para o desenvolvimento humano e profissional”, afirma o presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo, Janguiê Diniz. “Vamos promover a transformação de vidas e, principalmente, auxiliar aqueles que estão em busca de oportunidades de aperfeiçoamento profissional. Com a educação empreendedora, iremos investir no futuro mais próspero”, completa.

##RECOMENDA##

Para o secretário estadual do Trabalho, Qualificação e Renda, Mauro Moraes, a parceria chega num ótimo momento. “As ações adotadas pelo Governo do Paraná para a promoção de emprego e renda possuem um vínculo muito importante com a qualificação profissional”, ressalta. “Com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e com os avanços da tecnologia, é preciso oferecer aos trabalhadores meios gratuitos e eficazes de acompanhar essas mudanças, garantindo a inserção do maior número possível de pessoas em vagas que exigem formação qualificada e igualmente fornecendo ferramentas sólidas para o avanço do empreendedorismo.  A parceria com o Instituto Êxito de Empreendedorismo, portanto, é fundamental para a formação de profissionais qualificados e empreendedores”, finaliza.

A partir do Termo de Convênio e Cooperação Educacional, cerca de mil conteúdos gratuitos da plataforma virtual estarão disponíveis aos beneficiários. Basta acessar o site da Instituição (exito.app.toolzz.com.br/setr), realizar o cadastro e, a partir daí, navegar em todo o conteúdo disponível.

Os usuários também terão acesso às mentorias on-line, realizadas pelo aplicativo Toolzz Mentor, por grandes nomes do empreendedorismo e sócios do Instituto, como: José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC); Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional; Guilherme Benchimol, fundador da IP Inc.; Antônio Carbonari Netto, fundador do grupo Anhanguera Educacional; Carol Paiffer, presidente da Atom;  João Appolinário, fundador e CEO da Polishop; Ricardo Bellino, empreendedor serial; Geraldo Rufino, presidente da JR Diesel; Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech; João Kepler, fundador e presidente do Fundo de Investimentos Bossa Nova; Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, entre outros.

Sobre o Instituto Êxito de Empreendedorismo

O Instituto Êxito de Empreendedorismo é o resultado de um sonho que envolve empreendedores visionários dos mais variados segmentos do Brasil. Hoje, já conta mais com mais de 900 associados que compactuam de um mesmo propósito: fazer do empreendedorismo a turbina para impulsionar vidas e histórias.

O Êxito tem a filosofia de que, independentemente da classe social e econômica, qualquer pessoa pode transformar suas ideias em ações que mudem e melhorem a realidade e a comunidade na qual vive. Por isso, nasceu com o objetivo de estimular o dom empreendedor dos jovens, especialmente os de escolas públicas, onde há muitos talentos escondidos e boas ideias a serem impulsionadas.

Constituído como uma instituição sem fins lucrativos, seu principal objetivo - plano de ação está em oferecer uma plataforma de cursos online e gratuitos, além de realizar diversas ações voltadas para o fomento ao empreendedorismo.

Da assessoria

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio da Diretoria de Sustentabilidade Ambiental (DSA) da Superintendência de Infraestrutura (Sinfra), publicou Edital de Habilitação 01/2023 para associações e/ou cooperativas de catadores de materiais recicláveis para coleta de resíduos descartados no Campus Recife da UFPE.

As associações ou cooperativas que tiverem interesse devem apresentar a documentação exigida até o dia 8 de novembro, no prédio da Sinfra (antiga Prefeitura da Cidade Universitária), localizada no Campus Recife da UFPE, das 7h às 16h.

##RECOMENDA##

Para participar é preciso estar legal e formalmente constituída por catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis; possuir a infraestrutura para realizar a triagem e a classificação dos resíduos recicláveis descartados; apresentar sistema de rateio entre associados e cooperados; estar regularmente cadastradas e habilitadas no Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos (Sinir).

Confira qual a documentação a ser apresentada de acordo com o Edital:

1. Estatuto ou contrato social (versão atualizada ou consolidada) comprovando a constituição formal por catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis;

2. Declaração de que possui infraestrutura para realizar a triagem e a classificação dos resíduos recicláveis descartados, compatível com o tipo de resíduo ou quantitativo que pleiteia coletar, conforme modelo do Edital;

3. Documento demonstrativo do sistema de rateio entre os associados e os cooperados;

4. Documento comprobatório da regularidade do cadastro e habilitação no Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos - SINIR

O edital, o modelo da declaração e o cronograma completo podem ser conferidos no site da Sinfra.

A presença da mulher no mercado de trabalho está cada dia mais forte e elas esbanjam competência, buscando construir uma imagem profissional empoderada e de sucesso. O assunto é tema do Workshop Mulheres de Impacto: Um Dia que Pode Mudar sua Trajetória Profissional para Sempre. Será no próximo dia 30 de setembro, das 9h às 18h, no Centro Empresarial de Boa Viagem, Auditório One. As inscrições podem ser realizadas através do fone: (81) 99221-6834.

  O valor é R$ 297,00. A realização é da GWS Comunicação com apoio do CRA - Conselho Regional de Administração de Pernambuco. A oficina oferecerá uma gama de estratégias e técnicas que incluem, dentre outros assuntos: posicionamento de mercado, construção de uma marca pessoal, vestimenta, dicas de maquiagem que vão desde o "look de escritório" ao "black-tie".

##RECOMENDA##

De acordo com Gustavo Werk, o objetivo da oficina é atender uma demanda crescente de mulheres que querem dar uma guinada na carreira. “Tem tudo para ser um divisor de águas na carreira de empreendedoras e profissionais liberais que estão determinadas a transformar sua presença no mercado de trabalho”, conta.

Dentre as palestrantes Gisa Ferreira, que vem diretamente de São Paulo, traz seu vasto conhecimento em imagem profissional, respaldada por um MBA em Gestão e Empreendedorismo e uma pós-graduação em Branding. "O poder de uma imagem confiante e profissional é incalculável e pode ser a chave para abrir portas que você nem sabia que existiam," ressalta Gisa.

O PicPay anunciou, nesta sexta-feira (22), a abertura de 70 vagas de emprego para diversas áreas. Os cargos são para profissionais de diversos níveis, desde analistas até coordenadores e gerentes.

Os profissionais integrarão as áreas de departamentos de desenvolvimento, produtos, segurança, dados, operações, growth, devOps e administrativo. A

##RECOMENDA##

Além dos requisitos curriculares e, eventualmente,e xperiências na área, o processo seletivo leva em consideração aderência dos candidatos à cultura da empresa, que é baseada em sete valores: atitude de dono, humildade, determinação, disponibilidade, disciplina, simplicidade e franqueza.

Aos contratados, o PicPay oferece benefícios como vale-alimentação, vale-refeição e vale-mobilidade depositados no cartão PicPay Benefícios, que funciona na modalidade crédito e permite transferir o saldo entre diferentes categorias.

A empresa também oferece assistência médica e odontológica, seguro de vida, Gympass ou Total Pass, licença maternidade estendida e licença paternidade.

As inscrições podem ser feitas pela página de empregos do PicPay, na internet. 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando