Tópicos | Call Center

Termina nesta terça-feira, 16, o prazo para que as empresas de telefonia criem a lista nacional de bloqueio de telemarketing. O consumidor que não quiser mais receber ligações de ofertas de empresas como Claro/Net, TIM, Vivo, Nextel, Oi e Sky deve se cadastrar no portal naomeperturbe.com.br.

A lista, porém, não bloqueia ligações das empresas de telecomunicação com fins de pesquisa ou de empresas de outros setores que queiram vender seus produtos. Portanto, o consumidor está protegido apenas das chamadas indesejadas com o propósito de vender serviços de telefonia, TV por assinatura ou internet.

##RECOMENDA##

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou, em junho passado, o prazo de 30 dias para que as empresas de telecomunicações implementassem o mecanismo, pois são justamente essas companhias as responsáveis por um terço das ligações de telemarketing indesejadas, segundo estudos de mercado que fundamentaram a decisão da agência.

Até maio deste ano, a Anatel registrou quase 14 mil reclamações de consumidores, uma média mensal de 2,8 mil queixas. Sendo que a média do ano de 2018 foi de 2,2 mil reclamações por mês.

O Procon já tem uma lista de bloqueio de ligações de telemarketing. Qual é a diferença?

A diferença está na abrangência. Enquanto o cadastro da Anatel é mais abrangente em termos geográficos, já que se trata de uma lista nacional (e o Procon atua na esfera estadual), o cadastro do Procon é mais abrangente na gama de empresas, pois bloqueia ligações de telemarketing de todas as companhias, e não somente as de telecomunicações.

Não seria melhor criar uma lista de bloqueio nacional que atinja todas as empresas?

O presidente da Anatel disse, em nota divulgada em junho, que a agência estudará soluções técnicas que possam ajudar a combater o problema das ligações indesejadas vindas de outros setores. Mas, apesar de 90% dos brasileiros terem recebido ligações indesejadas de telemarketing, somente 36,8% tentaram bloquear o número e só 11,2% procuraram serviços de proteção do consumidor, de acordo com uma pesquisa realizada pela Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou na última quinta-feira (13) a criação de uma lista nacional e única de consumidores que não querem receber ofertas via telemarketing. A medida vale para as empresas Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo, que terão 30 dias para implementar a exigência.

Além de criar a lista, as empresas deverão, no mesmo prazo, criar e divulgar um canal que o consumidor possa acessar para receber ou não as ligações. A medida inclui serviços de telefonia, TV por assinatura e internet. Quem colocar o nome na lista não poderá mais receber as ofertas.

##RECOMENDA##

Em março deste ano, as operadoras já haviam se comprometido a implementar, até setembro, um código de conduta e mecanismos de autorregulação das práticas de telemarketing. A Anatel também determinou a criação de medidas para combater os incômodos gerados por ligações mudas e feitas por robôs, inclusive as realizadas por empresas que não reguladas pelo órgão.

LeiaJá também

--> China concede quatro licenças 5G

--> Vazou! Confira os ataques hackers mais famosos da história

--> Anatel chama população para discutir sobre de antenas 5G

O governo vai utilizar um site e um call center para ajudar na simulação de cálculos da aposentadoria conforme a proposta da reforma da Previdência, como forma de ajudar a esclarecer dúvidas da sociedade. Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, os dois instrumentos devem entrar em operação depois do carnaval.

O secretário negou que o governo esteja perdendo a batalha da comunicação para alcançar o apoio da sociedade e de parlamentares. Durante um debate no Rio de Janeiro, o secretário lembrou que tem experiência parlamentar em duas legislaturas como deputado federal, tendo completado o último mandato no fim de janeiro.

##RECOMENDA##

Ele disse que que tem se reunido com bancadas parlamentares para explicar as medidas, e que conta com as articulações políticas dos líderes do governo e dos partidos no Congresso, além da atuação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, David Alcolumbre DEM), e da interlocução dos ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Secretaria de Governo, Santos Cruz.

“Rodrigo [Maia] é um liberal, é um reformista, e vai ajudar muito. A liderança que ele exerce na Casa - se elegeu com mais do que um quorum de PEC [proposta de emenda à Constituição], teve 340 e tantos votos - demonstra que ele tem toda condição e capacidade de exercer esse papel de liderança em relação à reforma. Mas também como presidente de um Parlamento que tem pensamentos plurais, tem que dar condição para aqueles que pensam diferente possam se manifestar, participar do processo de discussão. O papel que Rodrigo está fazendo é um papel que a gente espera do Parlamento, que apresente os pensamentos de forma cristalina”, disse. Ele também fez elogios ao desempenho do presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Disposição

O secretário assegurou que nunca viu entre os parlamentares uma disposição tão grande em aprovar a reforma da Previdência. “Nunca vi tanta vontade e disposição de aprovar um projeto como estou vendo agora. As bancadas que percorri, mesmo com os reparos e indagações, com os argumentos sobre este ou aquele texto, de uma forma geral todos reconhecem a necessidade de mudar o nosso sistema previdenciário. Nossa tarefa é tentar costurar um apoio que permita ter, pelo menos, dois terços dos votos, em torno de uma proposta que minimamente contemple as necessidades de deem uma resposta à sociedade brasileira. O Brasil não pode mais esperar”.

Marinho disse que o Estado brasileiro, incluindo a União, estados e municípios, faliu e não se sustentará sem as mudanças na área previdenciária. Ele lembrou que hoje está no Rio de Janeiro e é do Rio Grande do Norte, dois estados que enfrentam problemas para o pagamento de aposentados. “Tenho familiares que são aposentados e estão há quatro meses sem receber os salários. O que acontece no meu estado, aconteceu no Rio de Janeiro, acontece no Rio Grande do Sul, em Minas Gerais, em Goiás, por isso, a mudança de percepção da população brasileira”, observou.

Pesquisas

De acordo com o secretário, pesquisas mais recentes mostram a mudança de apoio da população. Segundo ele, uma enquete feita no ano passado apontava a desaprovação de mais de 70% dos entrevistados à reforma do sistema previdenciário, e em uma outra pesquisa realizada esta semana, empatou em 45% entre os a favor e os contra. “Nossa tarefa é traduzir a narrativa. É muito fácil pegar um ou outro ponto do projeto e sair gritando como mantra ‘isso aqui está sendo contra os pobres’”, disse.

Marinho acrescentou que corporações, que não revelou quais, não reclamam claramente sobre a perda de regalias que têm nas aposentadorias, mas fazem críticas a outros pontos da proposta. “Eles estão dizendo publicamente o seguinte: estamos preocupados com o BPC [Benefício de Prestação Continuada pago a idosos e pessoas com deficiência], estamos preocupados com o aposentado rural. Essa tem sido a cantilena. Isso tem sido o mantra e vem principalmente das corporações que estão se aproveitando desses pontos para dizer que a reforma é contra o pobre. Não, pelo contrário, [a reforma] faz com que a maioria da população, dos contribuintes, que hoje são mais de 20 milhões pagando uma alíquota de 8% passem a pagar 7,5%, e quem recebe acima do teto, porque teve uma sentença judicial que contradisse, inclusive, a constituição brasileira que impede que se ganhe acima do teto do STF, pague 22%”, disse.

“Quem tem mais, paga mais, quem tem menos paga menos”, concluiu.

Um incêndio de médias proporções atingiu o edifício de uma empresa de call center na Rua da Moeda, no Bairro do Recife, neste sábado (23). No início da manhã, o Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar o fogo no local. De acordo com a corporação ninguém ficou ferido e ainda não se sabe a causa do incêndio. 

As chamas teria iniciado por volta das 5h e foi avistado por vigilantes da estrutura da Arena Brahma Nº1, que transmite os jogos do Brasil na Copa do Mundo de 2018 e taxistas que estavam nas proximidades do local. O fogo se alastrou rapidamente e atingiu todo o prédio, composto de dois pavimentos, térreo e primeiro andar. Segundo o proprietário do estabelecimento, não havia ninguém trabalhando no momento do incêndio por causa do feriado de São João.

##RECOMENDA##

Os bombeiros chegaram ao local por volta das 5h26 com uma equipe formada por 15 militares em quatro viaturas. Só após pouco mais de duas horas o incêndio foi contido. “Depois disso foi contabilizada a destruição de materiais de escritório como computadores, cadeiras, birôs”, informou a corporação em nota. Na segunda-feira (25), uma equipe do órgão volta ao local para avaliar os riscos.

A empresa de telemarketing fica localizada ao lado de um hostel, o que acordou todos os hóspedes. Eles se assustaram com a fumaça e o barulho de destruição e foram obrigados a deixar o local. Mas, o fogo não chegou a nenhum dos prédios vizinhos.

O Sine Municipal de Campina Grande oferta 261 vagas para emprego imediato em uma empresa de call center. As oportunidades são para atendente, supervisor e coordenador de telemarketing.

Estão sendo oferecidas 250 vagas para atendentes, 10 para supervisores e 1 para coordenador, neste último cargo é exigido curso superior. Para participar, é necessário que o candidato tenha concluído ou esteja cursando algum curso superior e tenha domínio na língua inglesa na escrita e na fala, de intermediário a avançado, conforme o cargo.

##RECOMENDA##

As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (10), das 7h às 13h, na sede do Sine Municipal, que fica na Rua Afonso Campos, 143, no Centro de Campina Grande. O candidato deve apresentar currículo, identidade e a carteira profissional.

Mais informaçõeso pelo telefone (83) 3343-1486.

Neste sábado (7), no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) será realizada a primeira edição do #CloseUp – Mostra Curtas de Bolso, que irá exibir as produções feitas pelos alunos do Centro Tecnológico de Cultura Digital (CTCD). A sessão começa às 14h e a entrada é gratuita.

Serão exibidos cinco curtas – Dona Rosa, Ana, Paredarte, Call Center e Cícero – todos criados durante o curso de Introdução Visual, promovido pelo CTCD. Os alunos participaram de todas as etapas da produção de um filme, desde o roteiro até a edição das imagens.

##RECOMENDA##

Logo após a exibição haverá duas rodas de debates. A primeira com os críticos de cinema do blog Zona Crítica, parceiro do Portal leiaJá, comentando os curtas, e a segunda uma conversa com professores e pesquisadores da área de audiovisual. Eles irão discutir sobre o ensino e prática audiovisual no contexto da economia criativa de Pernambuco.

Serviço

#CloseUp – Mostra Curtas de Bolso

Sábado (7) | 14h

Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães - Mamam (Rua da Aurora, 265 - Boa Vista)

Gratuito

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai substituir a empresa que presta o serviço de atendimento telefônico aos usuários. A reguladora diz que identificou falhas no serviço prestado pela empresa Telco na central de atendimento telefônico, que opera nos números 1331 e 1332, que vêm resultando em funcionamento do call center em níveis abaixo da capacidade esperada.

“Essas falhas têm gerado dificuldades para os consumidores que buscam registrar suas solicitações na central”, informou a agência reguladora. Um processo de licitação para contratar nova empresa já foi iniciado. Segundo a Anatel, a mudança está prevista nas cláusulas do contrato atual e a nova contratada deve assumir as operações em breve. A agência espera a normalização do atendimento telefônico com a substituição da prestadora de serviços.

##RECOMENDA##

A Telco do Brasil venceu a licitação promovida pela Anatel em 2009, com valor anual do contrato de R$ 16,2 milhões. A empresa informou que foi ela que pediu a rescisão do contrato com a Anatel devido a um desequilíbrio orçamentário do contrato. Segundo o diretor de operações da Telco, Marco Saad, a reguladora diminuiu a demanda pelos serviços e a empresa pediu uma readequação do valor pago por chamada atendida no call center.

“A Anatel estava com um problema orçamentário no ano passado, diminuiu a demanda contratada e nós pedimos a repactuação do contrato, que eles não concederam e pedimos a rescisão”, explicou Saad à Agência Brasil.

Saad informou também que a remuneração da Anatel foi, em média, de R$ 10 milhões por ano, valor considerado insuficiente para manter o contrato ativo. A Telco deverá prestar serviços para a Anatel até o dia 30 deste mês março e não pretende participar da nova licitação para a contratação do serviço de call center. “Não temos mais interesse nesse contrato”, disse o diretor.

A Contax abriu seleção  para 900 vagas de emprego para atendentes de contact center. As oportunidades são para a cidade do Recife. Os candidatos devem ter no mínimo 18 anos, ensino médio completo, boa comunicação verbal e conhecimentos básicos de informática. Não é preciso ter experiência na área, pois própria empresa oferece o treinamento necessário. A carga horária de trabalho é de 6 horas por dia. Entre outros benefícios, a empresa oferece vale-transporte, plano de saúde, assistência odontológica, convênios com faculdades.

Quem se interessar pode cadastrar o currículo pelo site de vagas da Contax  ou enviá-lo para as unidades Príncipe (Rua do Príncipe, 156 - Boa Vista); Conquista (Rua Almeida Cunha, 40 - Boa Vista); Aurora (Rua da Aurora, 1675 - Santo Amaro) ou Santo Amaro (Rua 24 de Agosto, sn - Santo Amaro). Os currículos também podem ser entregues pessoalmente nesses endereços de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

##RECOMENDA##

Os resultados da segunda avaliação trimestral do plano de melhoria da prestação de serviço móvel brasileiro foram divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações, Anatel, na última sexta-feira (17).

As informações revelaram que o acesso à rede de dados ficou 3% abaixo da meta estipulada pela Anatel. Apesar disso, houve uma queda no número de reclamações sobre as falhas no serviço de Call Center.

##RECOMENDA##

Em relação ao desempenho de rede, na média nacional, as empresas ficaram próximas aos objetivos estipulados pela Anatel quanto a queda de chamadas, a queda de conexões e a acesso à rede de voz. Em alguns municípios, porém, esses indicadores ainda carecem de melhorias.

A Consultoria de Pesquisa e Telemarketing Datamétrica está oferecendo mil vagas de emprego na área de call center. As oportunidades são para operador de telemarketing, supervisor, monitor de qualidade e multiplicador analista de treinamento. Para participar, os candidatos devem ter concluído o ensino médio. O salário inicial é de R$ 678, acrescido de vale-alimentação e vale-transporte.

Os interessados devem se inscrever presencialmente até o dia 22 de abril na Facottur, localizada a Avenida Getulio Vargas, 1360, em Bairro Novo, em Olinda. No ato, o candidato deve portar, além do currículo, as originais e cópias de RG e CPF.

##RECOMENDA##

 

A Contax, empresa líder na oferta de serviços integrados de relacionamento, abriu seleção para o cargo de atendente de contact center, no Recife. São oferecidas 500 vagas. Os interessados devem ter idade mínima de 18 anos, ensino médio completo, boa comunicação verbal e conhecimentos básicos de informática. A empresa realiza o treinamento necessário para a atuação no cargo, por isso não é necessária experiência anterior.

Os currículos podem ser cadastrados no site da Contax, ou enviados para as unidades Príncipe (Rua do Príncipe, 156 - Boa Vista); Conquista (Rua Almeida Cunha, 40 - Boa Vista); Aurora (Rua da Aurora, 1675 - Santo Amaro) ou Santo Amaro (Rua 24 de Agosto, s/n - Santo Amaro). Os currículos também podem ser entregues pessoalmente nestes endereços, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

##RECOMENDA##

Além da carteira assinada, a empresa oferece assistência médica e odontológica, vale-refeição, vale-transporte, treinamento, convênios com faculdades e oportunidades de crescimento.

Pernambuco vem recebendo inúmeros empreendimentos e importantes investimentos, o que também traz para o Estado geração de renda e oportunidades de empregos. Um dos segmentos que está se destacando bastante em meio a essa “enorme onda de oportunidades” é o setor de telemarketing. Uma das empresas responsáveis pelo destaque do setor é a Contax, criada há 12 anos e que desde 2001 já tem algumas unidades no Estado e espalhadas pelo Brasil.

A empresa foca em serviços completos de atendimento - ativos ou receptivos - como canais de cobrança, internet call center, retenção, entre outras. No Recife, a prestadora de serviços possui quatro unidades, entre elas a mais recente e de maior espaço físico, localizado no bairro de Santo Amaro.

##RECOMENDA##

Em todo o Brasil, a empresa atende inúmeros clientes, o que gera demanda de contratação. “O Nordeste passa por um crescimento econômico, principalmente Pernambuco. Na capital Recife, por exemplo, existe mão de obra e a Contax precisa expandir ainda mais seus serviços”, explica a gerente regional de recursos humanos no Nordeste, Anna Lúcia Leal. De acordo com ela, a instituição possui 117 mil colaboradores no país e, desses, 20 mil são no Recife.

Quem ingressa na Contax geralmente assume a função de operador de telemarketing. Todavia, a corporação possui vários programas de carreira e colaboradores que desenvolvem um bom trabalho são promovidos de cargos com rapidez. A maioria dos empregados são jovens e cerca de 40% estão no primeiro emprego com carteira assinada.

Entretanto, Anna destaca que também há oportunidade para pessoas com mais idade, até para quem já trabalha e quer complementar a renda. “Nossa empresa não discrimina. Apenas exigimos o ensino médio completo, e não há necessidade de experiência. Nós treinamos todos e não existe seleção por idade”, frisa a gerente. Segundo Anna, por mês, são contratadas em média 1000 pessoas, e o número tende a aumentar nos próximos anos. “A maioria das indicações são feitas pelos próprios funcionários”, comenta a gestora. O salário para a função de operador é de um salário mínimo, além dos benefícios, podendo ocorrer acréscimo, dependendo do serviço prestado.

Exemplos de sucesso

Com 27 anos e um bacharelado em filosofia, Jailson Silvestre da Silva afirma que nunca imaginou trabalhar com telemarkting. Há um ano e oito meses na Contax, atuando em um setor de serviços bancários, o colaborador começa a traçar um futuro de educador e no ramo de contact center. “Por ser muito comunicativo, não tive muitos problemas na função. Aqui trabalho e tenho tempo para fazer outras coisas”, diz o trabalhador, uma vez que na empresa o horário de trabalho só chega a até seis horas e vinte minutos diários, o que propicia tempo para outras atividades.

O comprometimento de Jailson com o trabalho foi reconhecido. Recentemente, ele foi aprovado em uma seleção de promoção de cargo: será supervisor, com a responsabilidade de gerir um grupo de operadores. “Eu gosto de trabalhar com pessoas. Assim me sinto realizado. Estou muito feliz na Contax”, elogia o colaborador.

Indicado pelo irmão, o jovem Reyvisson Viana, de 24 anos, entrou na empresa em setembro de 2008. Sem nenhuma experiência anterior de trabalho com carteira assinada, Viana viu na Contax um “mundo de oportunidades”. “Você quando entra aqui começa a perceber que pode crescer. Fui traçando os meus objetivos. Por exemplo, você entra operador e pode chegar à gerência”, comenta Viana, hoje supervisor no segmento financeiro.

Reyvisson afirma que o trabalho é motivador. “Todo trabalho pode ter estresse. Mas, para evitar esse fato, o trabalhador tem que pensar nos benefícios, nas coisas que pode ganhar. Aqui a motivação é diária. Tudo o que conquistei na vida foi a partir da empresa. Até minha namorada eu conheci aqui”, conta o supervisor, aos risos.

Os profissionais do Programa de Agentes Comunitários de Saúde do Distrito Sanitário I (Zona Central do Recife) organizam nesta quarta-feira (4) uma palestra para trabalhadores em telemarketing. O evento vai abordar temas como doenças sexualmente transmissíveis e planejamento familiar. O encontro será a partir das 9h no Edifício Jorge Santos, localizado na Avenida Conde da Boa Vista, 150. São esperados no evento aproximadamente 700 profissionais da área. 

Na programação os profissionais de saúde e do Núcleo de Assistência à Saúde da Família (NASF) irão falar sobre Planejamento Familiar e DST/Aids. O objetivo será orientar o público alvo para a importância da prevenção e da hora certa para se ter filhos. Ao final da palestra, as dúvidas existentes serão esclarecidas e, dependo da ocasião, haverá também conversas individuais. 

##RECOMENDA##

Também fazem parte do evento a distribuição de preservativos e materiais educativos. A palestra acontece ainda nesta quinta-feira (5).

Passar uma jornada inteira de trabalho sentado em uma cadeira é tarefa comum para os operadores de call center. Mas não se locomover por muito tempo, ficar em excesso com fones de ouvido e trabalhar com a voz podem ocasionar muitos problemas na vida do funcionário, que ele, no entanto, poderá perceber apenas depois de algum tempo.

O atendente de call center é responsável por receber ligações de consumidores que querem dar sugestões, fazer reclamações e pedir informações, além de vender, por telefone, os produtos oferecidos pelas empresas onde atuam. Porém nem sempre são bem recebidos por quem está do outro lado da linha, gerando certo stress para esse encarregado da função. Sendo assim, o funcionário acaba por não cuidar da saúde.

##RECOMENDA##

No Recife a empresa Contax, apenas na última seleção, abriu vagas para contratar mais de 1,4 mil pessoas. A ex-funcionária da empresa, Talita Oliveira, conta que “o público alvo das vagas são universitários que precisam de uma renda a mais para se manter em uma faculdade, no entanto há muita evasão de funcionários”

Talita Oliveira deixou a função de atendente de call center há dois meses. De acordo com ela, o ambiente estressante exige paciência. Porém a empresa oferecia toda formação possível sobre os cuidados necessários a se tomar com o corpo. “Na Contax tem profissionais de ginástica elaboral, que ajudam com exercícios e com correção da postura. Mas nada evitou que eu tivesse tendinite, e os médicos alegaram que a lesão no braço foi por esforço repetitivo por passar o dia digitando”, completa.

A fisioterapeuta Bárbara Cavalcanti alerta para cuidados que os atendentes de call center devem tomar. “Ficar muito tempo sentado compromete circulação e postura, por isso é adequado que o funcionário faça uma caminhada pela empresa durante seu horário de intervalo. Além de ser recomendado que toda companhia possua uma equipe médica especializada em prevenção, que faça os profissionais se alongarem antes e depois do trabalho”, garante.

De acordo com a médica, é importante que a postura esteja correta. Para isso o funcionário deve sentar em cima dos túberos isquiáticos (dois ossos localizados nos quadris). A cadeira não pode ser muito alta e os pés devem estar apoiados no chão em posição neutra, se a pessoa não conseguir alcançar todo o chão, deve usar um apoio.

Bárbara Cavalcanti aproveitou para também alertar sobre a visão. “A tela do computador deve estar na linha dos olhos, e não deve ter janela nem à frente dele para não encadear a vista, nem atrás porque promove reflexo na tela, que vai exigir um esforço na visão do atendente”, destaca.

A atendente Talita Oliveira conta que muitas vezes ao final do dia, ela sofria algumas falhas na voz. “As falhas vinham carregadas da necessidade de ‘limpar a garganta’, por passar o dia todo falando ao telefone. Isso acontecia sempre no início do mês, pelo aumento do fluxo de ligações”, comenta.

Sobre isso, o fonoaudiólogo Elton Fernandes explica que os atendentes de call center, mesmo com tempo de trabalho reduzido em relação a outros profissionais, possuem uma sobrecarga pela demanda de uso da voz. “As ligações praticamente são ininterruptas e muitos atendentes, para cumprir as metas da empresa, são estimulados a atenderem ligações sem uma pausa devida”, acrescenta.

Para os profissionais não terem tantos desgastes com a voz, o fonoaudiólogo dá as dicas. “É necessário hidratar a garganta com a ingestão de no mínimo dois litros de água por dia. Na hora do trabalho, a água deve ser ingerida em pequenos goles, porque engolir vai facilitar a movimentação da laringe, ajudando na liberação de tensões que possam se estabelecer na região do pescoço. Outra coisa benéfica é pingar poucas gotas de limão na água, que ajuda na liberação de mais saliva, que vai diminuir a sensação de ‘garganta seca’. Os refrigerantes não são indicados nessa hidratação”.

O cuidado com a audição também é imprescindível. Elthon Fernandes garante que as empresas precisam se preocupar com profissionais que possam apresentar problemas com a escuta. “É necessário que o call center faça um teste de audiometria no processo de seleção, porque isso é o que afirma a condição saudável da audição para esse tipo de trabalho”, argumenta.

“É aconselhável que o operador de teleatendimento alterne o fone, mais conhecido como handset, entre os dois ouvidos durante o dia de trabalho. E o volume apropriado desse fone é de 60dB, que representa o ideal para exposição ao ruído”, conclui Elthon Fernandes.

Se o profissional obedecer todo o procedimento correto com o uso do corpo, voz e audição, além de ter um acompanhamento médico, não precisa se preocupar com esses problemas.

Confira no vídeo mais sobre o assunto:

[@#video#@]

Famosos por concentrarem alto nível de stress, call centers estão, cada vez mais, se apoiando na tecnologia da informação (TI) para promover um salto na qualidade do atendimento e ainda promover um ambiente adequado de trabalho. 

Na Xgen, empresa especializada no desenvolvimento de sistemas para atendimento ao cliente, a demanda aquecida do mercado fez com que os negócios crescessem e a expectativa de expansão para este ano é, segundo Marcelo Loiacono, diretor de novos negócios da companhia, dobrar o número de clientes e ampliar de 30% a 40% o faturamento.

##RECOMENDA##

Loiacono acredita que a TI tem papel fundamental nos call centers, mas que um dos principais desafios que observa nesses ambientes está relacionado ao conhecimento de quem está atendendo. “Muitas vezes, a pessoa que atende não é usuária do produto e isso dificulta o processo. A tecnologia pode ajudar nesse contexto”, observa.

Como exemplo, ele cita o caso da companhia área Gol, que investiu em uma solução para gestão de conhecimento em centrais de atendimento da Xgen, a Synapse. A ferramenta, segundo o executivo, é baseada em ambiente web e permite construção, armazenamento e distribuição do conhecimento. “Ela possibilita que o funcionário encontre, de maneira ágil e eficiente, respostas para perguntas feitas aos operadores durante o atendimento”, explica.

A plataforma também mantém um histórico dos atendimentos. “A Gol pode observar, 45 dias depois, redução de 10% no tempo médio de atendimento (TMA), o que é uma marca expressiva”, diz. “Sem contar que ganhou-se assertividade na hora de passar a informação para o cliente e maior confiança do agente durante o atendimento”, completa.

Uma das demandas identificadas pela Jabra, fabricante de tecnologia de headsets para telecomunicação, está relacionada aos ruídos gerados nos contact centers. “O distúrbio sonoro causado por diversas chamadas ao mesmo tempo pode resultar em oportunidades de vendas perdidas, atendimentos ruins e menor produtividade”, diz Carlos Souza, diretor comercial Jabra Brasil.

Uma pesquisa global realizada no final de 2011 pela consultoria Frost & Sullivan a pedido da Jabra, com 250 gerentes de contact centers, detectou que headsets de qualidade são considerados por 73% dos gerentes de contact center de todo o mundo o fator número um para se criar um ambiente satisfatório de trabalho.

O levantamento foi realizado, aponta Souza, com o objetivo de investigar a relação entre um bom ambiente sonoro e a satisfação dos empregados e descobriu-se que 91% dos ouvidos pelo estudo têm adotado estratégias para diminuir os ruídos, entre elas aplicar carpetes em pisos de madeira, ou ainda melhorar a qualidade do som dos aparelhos headset [89% afirmaram que estão investindo na aquisição de headsets de melhor qualidade]. “Quando se tem um headset adequado, é possível registrar ganhos de 15% a 20% na produtividade”, garante.

Adicionalmente, prossegue, a qualidade dos dispositivos de comunicações afeta a concentração dos usuários, permitindo que foquem na tarefa, em vez de se preocuparem com o dispositivo.

Atenta a esse cenário a Jabra aplica melhorias constantes nos aparelhos headsets que produz, aponta Souza. “Temos um laboratório com 180 engenheiros focados em pesquisa e desenvolvimento (P&D), sendo que mais de 10% do nosso faturamento é voltado para P&D para que possamos entregar benefícios aos call centers”, detalha.

De acordo com ele, o laboratório da empresa, localizado na Dinamarca, conta com mais de 200 modelos de cabeça e 300 de orelha para buscar assertividade no tamanho do fone.

Há pouco mais de um ano com operação em território nacional, a Jabra espera que a filial brasileira esteja entre as três mais estratégicas para a companhia nos próximos cinco anos. “O mercado está buscando alternativas para ampliar a performance do call center, pois trata-se de um segmento que registra alto turn over e, que ao mesmo tempo cresce. É preciso se apoiar na tecnologia para sair a frente”, afirma.

A AeC é prova de que a TI tem promovido resultados satisfatórios entre os operadores do call center. A companhia possui quatro contact centers em Belo Horizonte, quase 13 mil funcionários, com expectativa de crescimento para 16 mil nos próximos meses e além de programas de carreira, atividades de lazer e acompanhamento profissional periódico, conta com a tecnologia para levar qualidade ao ambiente.

“Nosso DNA é tecnológico e por isso não poderíamos abrir mão desse recurso nos negócios”, sintetiza Soraia Lemos, gerente-executiva de Recursos Humanos AeC. “A tecnologia nos ajuda a conquistar assertividade das informações e manter os profissionais mais tempo na empresa”, resume.

A AeC criou um sistema de RH, desenvolvido internamente, que concentra o histórico do profissional e mapeia o turn over, que, de acordo com Soraia está abaixo da média do mercado. “São indicadores que servem como base para que gestores possam agir e criar um plano para o profissional”, explica.

A organização também criou um portal para publicação de oportunidades internas. “Damos a chance de o profissional buscar recolocação interna. Se não conseguirmos preencher a vaga dessa forma, vamos para fora”, assinala. “Essa movimentação ajuda a reter o profissional”, completa.

O Grupo Provider abriu seleção para operador de call Center. São 1.130 vagas disponíveis distribuídas entre os Estados de Pernambuco (810 vagas) e Bahia (320). Para se inscrever o candidato deve mandar o currículo por e-mail (curriculo@grupoprovider.com.br) ou entregar na portaria do Grupo.

Para se candidatar é necessário possuir ensino médio completo, ter mais de 18 anos e ter conhecimento em informática. O processo seletivo consiste em três etapas, entrevista, prova e dinâmica de grupo, além de teste de voz, digitação e audiometria. A seleção e recrutamento vão acontecer até o dia 10 de outubro.

##RECOMENDA##

Os selecionados terão direito a um salário de R$ 545, mais vale-transporte e vale-refeição, além de assistências médica e odontológica, para titular e dependentes. O Grupo também oferece convênios com faculdades e oportunidade de crescimento dentro da empresa a partir de seis meses de contratação.

O Grupo Provider - É uma companhia de excelência que atua no Brasil e no Exterior, desenvolvendo soluções inovadoras em produtos e serviços de gestão e operação de Call Center, Business Process Outsourcing (BPO) e Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC).

Serviço:

Grupo Provider
Rua 24 de Agosto, 07, Santo Amaro- Recife
Telefone: (81) 2122-2122
www.grupoprovider.com.br
Entrega de currículos, seleção e recrutamento até 10 de outubro

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando