Tópicos | Latam

As famílias de hoje são multiespécies, termo que designa laços não apenas baseado em parentesco, mas no afeto – e os animais estão inclusos nessa. Segundo dados do IBGE, quase 48 milhões de domicílios no país têm cães ou gatos.  E na estação mais quente do ano, quando muita gente aproveita para fazer algumas viagens, os tutores acabam levando consigo seu pet como companhia.

Em 2021, foram transportados 121.309 pets nas cabines e nos compartimentos de cargas dos aviões “com temperatura controlada”, de acordo com a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas). Para que ocorra tudo bem e em segurança com seu animal de estimação durante a viagem, confira a seguir algumas providências fundamentais antes mesmo de viajar.

##RECOMENDA##

De acordo com regras divulgadas pela Latam Airlines, para que haja transporte aéreo nacional do animal, é necessário que o pet tenha: bom estado de saúde; bom comportamento; pelo menos oito semanas de vida; atestado médico emitido por um veterinário até dez dias ante do voo e carteira de vacinação com vacina antirrábica tomada há 30 dias antes do embarque. 

Conforme o site da Prefeitura do Estado de São Paulo, existem outras recomendações para os tutores, que são: manter a plaqueta de identificação do pet; utilizar caixa transportadora adequada; saber quais as regras do meio do transporte e planejar as paradas, caso o meio de locomoção seja carro ou ônibus, para que o animal e o seu dono possam fazer suas necessidades.

Caso o pet tenha uma cinetose (doença causada pela movimentação durante viagens) na viagem dentro da capital, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) oferece consultas, cirurgias, exames laboratoriais e internação para os animais de estimação da população por meio de quatro hospitais veterinários públicos, nas zonas leste, norte, sul e oeste. 

A empresa de viagens aéreas LATAM está cadastrando profissionais em seu banco de talentos para um processo seletivo online de tripulantes de cabine. As oportunidades estão abertas para todo Brasil.

As inscrições podem ser feitas até 29 de janeiro no site vagas.com.br e tem como objetivo suprir as vagas mediante a necessidade operacional da empresa, no segundo semestre deste ano.

##RECOMENDA##

O processo online da LATAM tem ampliado as oportunidades para pessoas de todo o País e tornou a exigência do idioma (inglês ou espanhol) apenas desejável e não mais obrigatória.

Os requisitos mínimos exigidos para ser comissário de voo da LATAM Brasil são: ter 18 anos e ensino médio completos, possuir Certificado de Conhecimento Teórico (CCT) com código ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e Certificado Médico Aeronáutico (CMA) com validade posterior a 31/12/2023.

A LATAM anunciou, nesta quinta-feira (22), a abertura de 30 vagas para a área de manutenção, em Brasília. As oportunidades estão disponíveis para os cargos de auxiliar técnico de aeronaves, mecânico júnior, pleno e sênior. Os candidatos podem verificar os requisitos e se inscrever até o dia 8 de janeiro, diretamente na aba de vagas do site da empresa.

A companhia ressalta que a seleção está aberta para pessoas de múltiplas origens, etnias, gêneros, nacionalidades, culturas, habilidades e pontos de vista, e a LATAM incentiva que pessoas com deficiência também participem do processo.

##RECOMENDA##

A LATAM Brasil admitiu na última semana para a área de Manutenção Aeronáutica o seu primeiro grupo de estagiários selecionados em uma ação afirmativa. Dentre os estagiários selecionados, aproximadamente 80% representam algum grupo socialmente minorizado como LGBTQIAP+, mulheres, profissionais com deficiência e negros.

Nesta sexta-feira (18), o voo LA 2213  que cobre a rota Lima - Juliaca da LATAM Airlines Peru, sofreu uma colisão com caminhão de bombeiros no momento da decolagem. Dois mortos foram confirmados, ambos bombeiros que estavam no caminhão.

O caso aconteceu no Aeroporto Internacional de Jorge Chávez, localizado na cidade de El Callao. O Ministério Público de Callao abriu uma investigação preliminar para apurar as causas do acidente que causou a morte de dois bombeiros e deixou um ferido. O Ministério Público diz que procura esclarecer os fatos quanto aos possíveis crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa.

##RECOMENDA##

Em vídeo da colisão, é possível ver que o avião entra em chamas em sua parte traseira. Apesar disso, não houve nenhuma vítima fatal entre os 102 passageiros e os 6 funcionários que estavam a bordo, conta a empresa. LATAM AIrlines Peru lamentou o falecimento dos dois bombeiros que estavam no veículo atingido.

[@#video#@]

Em nota, a empresa afirmou que está dando assistência aos familiares dos passageiros e aos afetados pelo incidente e que está à disposição das autoridades para apoiar as investigações o mais rápido possível.

A LATAM Airlines também informou o fechamento de todas as operações no Aeroporto Jorge Chávez, onde houve o incidente. Os passageiros que forem prejudicados com a situação terão opções de reembolso integral ou remarcar seus bilhetes dentro de um limite de dias sem diferença tarifárias ou multas.

A companhia aérea Latam anunciou na manhã desta quarta-feira, 12, que deve sair do processo de recuperação judicial (Chapter 11) no início de novembro. Fortemente atingido pela crise da pandemia, o grupo pediu recuperação judicial nos Estados Unidos em maio de 2020. A operação da empresa no Brasil seguiu o mesmo caminho 45 dias depois, após negociações de financiamento com o BNDES fracassarem.

Para deixar o processo de recuperação judicial para trás, o grupo emitiu US$ 1,15 bilhões em títulos, parte com vencimento em cinco anos e parte em sete anos. Também conseguiu um financiamento de US$ 1,1 bilhão por cinco anos. Os recursos serão usados para pagar outro financiamento que a companhia havia feito no início do processo de recuperação. A empresa também obteve uma linha de crédito rotativa de cerca de US$ 500 milhões. Mas, conforme antecipou a Coluna do Broadcast, do sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o resultado da emissão de títulos foi menos favorável para a empresa do que ela esperava.

##RECOMENDA##

Em nota, o presidente do grupo, Roberto Alvo, destacou as condições de liquidez da Latam após a recuperação. "Em um contexto muito desafiador e dinâmico, estamos no caminho para concluir o financiamento exigido pelo Plano de Reestruturação. Nas próximas semanas, esperamos sair do Capítulo 11 com US$ 2,2 bilhões de liquidez e uma redução da dívida de cerca de 35% em relação ao que tínhamos quando começamos esse processo."

A Latam foi a empresa aérea com operação doméstica no Brasil que mais sofreu durante a pandemia, principalmente por ser também a que possui a maior operação internacional. Com os bloqueios de entrada de viajantes adotados por diversos países logo após o surgimento da covid-19, a companhia teve de suspender grande parte dos seus voos internacionais.

Durante o processo de recuperação judicial da Latam, a Azul anunciou diversas vezes que estava tentando comprar a empresa e negociando formas de viabilizar a aquisição direto com os credores. A Latam, no entanto, acabou conseguindo fechar acordo com os principais credores em um período de exclusividade de negociação que lhe era garantido pela justiça dos EUA.

A LATAM está com 20 vagas de estágio no Brasil para diversas funções da área de Manutenção Aeronáutica com foco na inclusão. As oportunidades estão abertas para todas as pessoas, mas dedicará 70% das ofertas para profissionais LGBTQIAP+, mulheres, PCDs e negros.

Os estagiários trabalharão em atividades de engenharia, manutenção, planejamento, logística e ferramentaria. As inscrições seguem abertas até 4 de outubro pela internet e os selecionados serão divulgados ainda em novembro.

##RECOMENDA##

Além de compor um grupo diverso, os 20 estagiários selecionados terão a oportunidade de atuar em quatro polos de tecnologia e excelência em Manutenção Aeronáutica da LATAM nas cidades de São Paulo, Guarulhos, São Carlos e Campinas.

Podem concorrer preferencialmente os estudantes dos cursos universitários de administração, engenharia aeronáutica, engenharia mecânica, engenharia , mecatrônica, engenharia elétrica, ciência da computação, comércio exterior, informática, logística e manutenção de aeronaves, além dos estudantes dos cursos técnicos de ciência da computação, eletrônica, eletrotécnica, informática, manutenção de aeronaves e mecânica.

Após o preenchimento da ficha cadastral, os candidatos passarão por testes técnicos e cognitivos, avaliações da área de recursos humanos, entrevista por vídeo, entrevista com o gestor, exames clínicos e fase de envio de documentos.

Depois da proposta e admissão, os aprovados vão estagiar de 12 a 24 meses nas bases da empresa em São Paulo (no hangar do aeroporto de Congonhas), Guarulhos (no Centro de Manutenção de Linha da LATAM localizado no aeroporto internacional), São Carlos (no LATAM MRO) ou Campinas (nas atividades relacionadas ao transporte aéreo de cargas em Viracopos).

Todos os selecionados terão uma carga horária de 30 horas semanais (6 horas por dia) e a lígua inglesa será exigida em determinados cargos. A bolsa de estágio a ser oferecida será correspondente ao valor compatível com o mercado. Também serão oferecidos vale refeição, vale transporte (ou transporte da empresa) e seguro de vida.

A Latam emitiu um comunicado na noite deste sábado (18) informando que o Tribunal de Falências do Distrito Sul de Nova York nos Estados Unidos aprovou o plano de recuperação judicial apresentado pela aérea em seu processo de reorganização nos EUA (onde o procedimento tem o nome de Capítulo 11).

A empresa pretende terminar o processo de recuperação no segundo semestre deste ano. O plano atende aos requisitos legais dos Estados Unidos e do Chile.

##RECOMENDA##

Nos próximos meses, a empresa pretende conseguir a aprovação do registro de ações e títulos mobiliários no registro de valores da Comissão do Mercado Financeiro do Chile (CMF) e a implementação dos respectivos períodos de direito de preferência para a oferta das ações e títulos conversíveis aos atuais acionistas.

Uma vez concretizados os objetivos, a empresa pretende seguir o plano de recuperação, apresentado em novembro de 2021: injeção de US$ 8,19 bilhões no grupo por meio de uma combinação de capital novo, títulos conversíveis e dívida.

Segundo a empresa, isso inclui o financiamento de US$ 5,4 bilhões garantido pelos principais acionistas (Delta Air Lines, Qatar Airways e Grupo Cueto) e pelos principais credores da Latam (ou seja, os credores representados pelo grupo Ad Hoc de Credores da Latam Parent e certos detentores de títulos locais).

A LATAM anunciou abertura de seleção online para cadastro de banco de talentos. Até quinta-feira (28), pessoas de todo o Brasil poderão se cadastrar para o cargo de Tripulante de Cabine e concorrer às futuras vagas da empresa, em processos seletivos totalmente online.

Inédito no setor aéreo brasileiro, o novo processo promete ser mais ágil e deve permitir que mais pessoas de diferentes regiões tenham acesso às oportunidades de emprego da companhia.

##RECOMENDA##

Os requisitos mínimos exigidos para ser Tripulante de Cabine da LATAM Brasil são formação no curso de comissário de voo com aprovação da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), com CCT (Certificado de Conhecimento Teórico), que é o código ANAC, e CMA (Certificado Médico Aeronáutico) válidos.

Seleção online

Todas as etapas da seleção - incluindo as entrevistas técnicas e com gestor, testes técnicos e comportamentais, dinâmicas em grupo e entrega de documentos - serão realizadas remotamente, independentemente da localização da pessoa no território nacional.

Até mesmo o exame admissional dos novos Tripulantes de Cabine da LATAM Brasil poderá ser realizado na capital estadual mais próxima do (a) candidato (a), que só precisará se apresentar em São Paulo no seu primeiro dia de integração, já contratado (a).

Não precisa ser bilíngue

Outra mudança da LATAM Brasil diz respeito à exigência do idioma (inglês ou espanhol), que também deixa de ser obrigatória e passa a ser desejável para o cargo de Tripulante de Cabine.

A companhia diz que continuará a aplicar o teste de idiomas para mapeamento, mas os critérios para a escolha dos candidatos serão totalmente baseados em outras capacidades técnicas para exercício da função e em suas competências comportamentais.

Inscrição

Para participar, os interessados têm até a próxima quinta-feira (28) para se inscrever através do site vagas.com, para o cargo de Tripulante de Cabine e concorrer às futuras vagas da empresa.

Com informações da assessoria

As maiores companhias aéreas do país, Gol, Azul e Latam, aumentaram o preço do transporte das bagagens despachadas. A companhia Gol, nos voos que não oferecem o despacho gratuito das malas, passou, desde o último dia 5, a cobrar preços que variam de R$ 95 (1ª bagagem) a R$ 250 (3ª a 5ª), nos voos domésticos; e de R$ 199 a R$ 650, nos voos internacionais. Os preços anteriores eram, respectivamente, de R$ 80 a R$ 250, e de R$ 100 a R$ 650.

“A Gol afirma que o reajuste nos valores para o despacho de bagagens se deve ao atual cenário de aumento de custos na aviação comercial, e ainda como forma de adequação aos valores praticados pelo mercado”, destacou a companhia em nota.

##RECOMENDA##

A Latam elevou o preço para o despacho de bagagens no último dia 14, mas apenas para os voos nacionais. O valor mínimo passou de R$ 65 para R$ 75, e o valor máximo continuou em R$160. Segundo a Latam, a guerra na Ucrânia impactou diretamente o preço do petróleo e, consequentemente, o preço do querosene da aviação, e nos custos da empresa. “Esse cenário também impacta em aumento de preços das passagens e serviços adicionais da ordem de 25% a 30%”.

A empresa Azul elevou, em 7 de março, o preço da primeira bagagem: o valor mínimo passou de R$ 80,00 para R$ 90,00 em trechos domésticos. O preço máximo continua em R$ 250. Nos trechos internacionais, não houve alteração dos preços.

A Latam vai suspender, a partir de abril, temporariamente, 21 rotas nacionais por conta do aumento dos combustíveis. A maioria dos voos impactados vai ficar suspensa entre abril e junho, mas há uma programação específica para cada um.  Alguns voos afetados eram de rotas que ainda seriam inauguradas, como trajetos entre São Paulo e cidades como Montes Claros e Juiz de Fora, em Minas Gerais; Presidente Prudente, em São Paulo; Cascavel, no Paraná; e Sinop, em Mato Grosso. Outras rotas que estavam em operação também foram suspensas. 

De acordo com a companhia aérea, quem já tinha voo comprado para esses destinos está sendo informado pela Latam e poderá remarcar o voo sem custo, solicitar o reembolso integral do valor pago ou optar por alguma rota alternativa com conexão. Todas essas alternativas são válidas até o vencimento do bilhete, 12 meses após a data da compra. 

##RECOMENDA##

Em nota, a Latam explicou que está atenta à vulnerabilidade externa em função da guerra na Ucrânia, o que impacta diretamente no preço do petróleo e, consequentemente, nos valores do querosene da aviação. A companhia destaca, ainda, que diante da imprevisibilidade da crise, esse cenário também impacta em aumento de preços das passagens e serviços adicionais em até 30%.

A Latam, empresa em recuperação judicial (Chapter 11) nos Estados Unidos, teve prejuízo líquido de US$ 2,755 bilhões no quarto trimestre de 2021, valor 186,3% maior que o prejuízo de US$ 962,476 milhões registrado um ano antes. Em todo o ano, o prejuízo foi de US$ 4,647 bilhões, aumento de 2,2% em relação ao resultado negativo de US$ 4,545 bilhões em 2020.

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no quarto trimestre foi de US$ 385,959 milhões, ante o indicador negativo de US$ 102,417 milhões no mesmo período do ano passado. A margem Ebitda ficou em 19,3% , ante -11,4% na comparação anual. No resultado acumulado, o Ebitda totalizou US$ 46,117 milhões, com margem de 0,9%, ante os US$ 275,903 milhões negativos vistos no ano anterior e margem de -6,4%.

##RECOMENDA##

A receita operacional da aérea entre outubro e dezembro foi de US$ 1,995 bilhão, alta de 122,4% sobre o apurado sobre o mesmo período do ano anterior. Nos doze meses de 2021, o número ficou em US$ 5,111 bilhões, alta de 17,9% sobre 2020.

Entre os destaques, a aérea diz que a contínua melhora nos níveis de tráfego aéreo durante o quarto trimestre, como resultado da flexibilização das restrições de viagens e do processo de vacinação na região e no mundo, se refletiu em uma melhora trimestral nas operações, atingindo 63,5% dos níveis de 2019 (medido em ASKs) no período de três meses.

"Isso corresponde a um aumento de capacidade de 29,6% em relação ao terceiro trimestre de 2021, ainda impulsionado principalmente pelas operações domésticas, já que o segmento internacional fica para trás. Em termos de capacidade doméstica, as afiliadas de língua espanhola e a afiliada brasileira terminaram o ano atingindo 89,1% e 92,9% dos níveis de dezembro de 2019, respectivamente", pontua a empresa.

Na manhã do último sábado (26), familiares de Emanuel Marques de Oliveira, de 9 anos, perceberam a ausência da criança na casa, localizada na Zona Norte de Manaus. Após registrar boletim de ocorrência e divulgar, por meio das redes sociais, fotos do menino, a mãe, Daniele Marques, foi contactada por um funcionário da companhia aérea Latam, já no final da noite, informando que Emanuel estava no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, a criança teria embarcado sozinha em um voo da Latam, no Aeroporto de Manaus para São Paulo, sem passagem aérea e documentos de identificação. No entanto, de acordo com a legislação brasileira, menores desacompanhados só podem viajar mediante autorização do Juizado da Infância e da Adolescência.

##RECOMENDA##

Ainda segundo a Polícia Civil, Emanuel não teve ajuda de adultos e, antes de sair de casa, havia pesquisado na internet como embarcar em um avião sem ser visto. Além disso, em escuta do menor, foi dito que o motivo da fuga seria a vontade de morar em São Paulo com outros familiares.

O trajeto

Em entrevista ao G1, Daniele Marques, que trabalha como eletricista, contou detalhes sobre a viagem do filho. "Ele me disse que pegou alguns ônibus aleatórios aqui de casa até chegar no aeroporto [Manaus].Depois olhou no painel o horário dos voos, e entrou em um deles", disse.

Ela relatou também que, mesmo passando por vistorias, ninguém percebeu que o menino estava sozinho e sem os documentos necessários para viajar. "O que eu fico pensando é como uma criança consegue passar por um sistema de aeroporto que é tão burocrático para gente passar. Por isso eu quero uma resposta da companhia aérea e do aeroporto", desabafa.

Latam

A companhia aérea Latam informou que o Conselho Tutelar foi acionado logo após a identificação do menor no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ademais, tanto ela, quanto o Aeroporto Internacional de Manaus, estão investigando o caso.

Em uma publicação revoltada na manhã deste sábado (25), a atriz Leandra Leal criticou a Latam por vender mais lugares do que realmente estavam disponíveis e impedir que clientes visitassem familiares no fim de ano. A companhia aérea respondeu à publicação.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

A empresa respondeu ao tuíte de Leandra e se mostrou preocupada com o caso de desrespeito publicado. A Latam pediu desculpas e se propôs a tentar ajudar.

Mais um avião da LATAM Airlines Brasil precisou retornar ao aeroporto após decolagem nessa quinta-feira (18). Após um passageiro descumprir normas de segurança e fumar dentro da aeronave, o piloto tomou a decisão de voltar. Na quarta-feira (17), outra aeronave retornou ao ponto de partida após colidir com uma ave.

O percurso programado era de São Paulo a Porto Seguro, na Bahia, quando pouco depois de alçar voo, o comandante do avião foi notificado da ocorrência, decidindo por retornar ao Aeroporto de Guarulhos para retirada do passageiro e reabastecimento para seguir viagem.

##RECOMENDA##

Segundo o portal Metrópoles, que recebeu vídeo de outros tripulantes da aeronave, o comandante informou pelo sistema de comunicação a decisão: “Para a segurança de todos, tivemos que retornar. Estamos fazendo os nossos procedimentos de abastecimento. Peço desculpas pelo inconveniente, mas nossa segurança sempre em primeiro lugar”.

De acordo com o artigo 221 do Código Penal, fumar durante o voo é crime por expor o avião e os passageiros a perigos, atentando contra a vida dos mesmos. A pena pode ir de dois a cinco anos de prisão.

A Latam inaugurou na manhã desta segunda-feira (8) o primeiro voo para Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A nova rota decolou do aeroporto de Guarulhos-SP com 81,5% de ocupação. Petrolina passa a ser o 47º destino da Latam no Brasil.

A nova rota São Paulo/Guarulhos-Petrolina terá quatro voos semanais. As viagens serão realizadas com aeronaves Airbus A320, com capacidade para 162 passageiros em classe Economy e 8 em Premium Economy. Segundo a empresa, a partir de dezembro haverá ampliação para cinco voos semanais.

##RECOMENDA##

Neste semestre, a Latam inaugurou operações em Comandatuba-BA e Juazeiro do Norte-CE, e se prepara para iniciar em dezembro os voos para Jericoacoara-CE e Vitória da Conquista-BA. No primeiro mês de operação do voo a Petrolina, já há uma ocupação média de 75%.

A Latam destaca ter recuperado toda sua oferta doméstica de assentos em Pernambuco na comparação com 2019, antes da pandemia de Covid-19. Em dezembro, a oferta será até 12% superior ao que a empresa operava no mesmo mês em 2019.

A empresa também programou para dezembro a ampliação dos voos da capital pernambucana para Brasília (de 17 para 18 voos semanais), São Paulo/Congonhas (9 para 11), São Paulo/Guarulhos (35 para 36) e Rio de Janeiro/Galeão (7 para 11). A rota Recife-Fortaleza será retomada, com sete voos semanais.

A jovem Gabriela Duque Rasseli, de 24 anos, usou as redes sociais para acusar a companhia aérea Latam de maus-tratos contra animais. O cão de estimação dela morreu horas após chegar de um voo que saiu na última terça-feira (14) de São Paulo (SP) em direção ao Rio de Janeiro (RJ), onde a dona o esperava. 

Em um texto postado no Instagram, acompanhado de duas fotos, uma no momento em que embarcou no voo e outra de quando chegou ao destino final, a jovem explicou que o animal demorou mais que o esperado para ser entregue à família.

##RECOMENDA##

"Meu cachorro chegou no aeroporto do GALEAO as 13h53 e só me entregaram ele 15h30, deixaram meu cachorro no calor, quando ele chegou pra mim ele já estava quase morto!!!!! Eu e minha família estamos devastados. Não tem NADA que alivie nossos corações", escreveu.

Ela ainda disse que, até o final da tarde desta segunda-feira (20), não havia recebido qualquer contato por parte da companhia aérea. "A Latam não entrou em contato com a gente. Estão bloqueando meus comentários e da minha família na página deles [no Instagram]", postou, também no Instagram.

Após a repercussão do caso na internet, no entanto, a Latam ligou para Gabriela e prometeu “oferecer toda a assistência necessária”. Ao jornal O Globo, a assessoria de imprensa da empresa afirmou que, diferente do que a dona do animal contou, o cão seguiu para o terminal de carga assim que desembarcou, onde deveria ser retirado pelo responsável. A empresa negou que o animal tenha sido exposto ao sol.

[@#video#@]

O grupo Latam não pretende se desfazer de sua operação brasileira, de acordo com o presidente da empresa no Brasil, Jerome Cadier. "Não há nenhuma intenção de separar a operação Brasil do grupo. A força da Latam está na complementaridade das operações (nos diferentes países). Separar não faz sentido econômico para o grupo", disse o executivo ao Estadão.

A declaração foi feita após a Azul divulgar, na noite de segunda-feira (24), nota em que afirma que a consolidação do setor é uma "tendência" no pós-pandemia e que está em "uma posição forte para conduzir um processo nesse sentido", em uma sinalização de que está interessada em comprar a concorrente.

##RECOMENDA##

Também na segunda-feira, a Latam anunciou que encerrou o acordo de compartilhamento de voos com a Azul. A parceria havia sido firmada no ano passado, no pior momento da crise para o setor. A ideia era que ela ajudasse as empresas a alavancar as receitas.

Cadier voltou a dizer, ontem, que o acordo foi encerrado porque ficou aquém das expectativas. Afirmou ainda que não houve conversas para vender a empresa.

No ano passado, quando as duas empresas se uniram no acordo de compartilhamento de voos - e com a Latam em recuperação judicial nos Estados Unidos -, já circulava no mercado a informação de que a Azul queria ficar com uma parte de sua concorrente. Uma eventual aquisição, no entanto, poderia enfrentar resistência no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), pois a empresa resultante concentraria mais de 60% do mercado.

A Latam afirma que está voltando a crescer no Brasil. Apesar de março e abril terem sido meses difíceis, a companhia percebeu uma melhora em maio e projeta estar operando com 90% da capacidade em dezembro, na comparação com o mesmo mês de 2019. No mês passado, a aérea operou com 38% e, agora, está com 49%.

De acordo com Cadier, a empresa pretende contratar 750 tripulantes até dezembro - no ano passado, 2,7 mil foram demitidos -, ampliar a frota de cargueiros de 11 para 21 e receber mais sete aviões para o transporte doméstico de passageiros.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Diante de sinais de recuperação no setor aéreo, as companhias aéreas Latam e Azul decidiram encerrar o acordo de 'codeshare' que haviam firmado em junho do ano passado. A parceria, que permitia que as empresas vendessem passagens para voos da concorrente e ganhassem uma comissão por isso, terminará em 22 de agosto.

Segundo o presidente da Latam no Brasil, Jerome Cadier, o acordo não correspondeu às expectativas. A ideia era ajudar as empresas a encherem seus voos, dado que havia a possibilidade de o passageiro realizar um trecho da viagem com uma das companhia e o outro com a concorrente. Hoje, porém, 2% dos passageiros transportados pela Latam compraram passagens com a Azul, diz Cadier. "Esperávamos um crescimento, mas, o tempo foi passando e vimos que essa alta não veio na proporção esperada."

##RECOMENDA##

A Latam também deve elevar sua oferta nos próximos meses, respondendo ao aumento da demanda. Segundo Cadier, a empresa pretende contratar 750 tripulantes até dezembro - no ano passado, 2.700 foram demitidos -, ampliar a frota de cargueiros de 11 para 21 aeronaves e receber mais sete aviões para o transporte de passageiros.

Apesar de março e abril terem sido meses difíceis, a Latam percebeu uma melhora em maio e projeta operar com 90% da capacidade em dezembro, na comparação com o mesmo mês de 2019. Em abril, a aérea operou com 38% e, agora, está com 49%.

Entre os sinais de recuperação, a companhia também percebeu uma queda no número de passageiros que compram passagem, mas não aparecem para viajar. Há 45 dias, eles correspondia a 14% do total. Hoje, esse número está em 6%.

A Azul não se pronunciou até o fechamento desta edição.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A Latam registrou um prejuízo líquido de US$ 430,8 milhões de janeiro a março deste ano, uma redução de 79,7% ante o resultado negativo de US$ 2,12 bilhões no mesmo intervalo de 2020, informou a companhia nesta sexta-feira.

No período, o Ebitda da companhia foi negativo, de US$ 62,5 milhões, ante resultado positivo de US$ 479 milhões de janeiro a março de 2020. A margem Ebitda foi negativa, de 6,8%, ante 20,4% positiva um ano antes.

##RECOMENDA##

A receita operacional total da aérea foi de US$ 913,1 milhões no primeiro trimestre, queda de 61,2% sobre o mesmo período de 2020.

Em relatório financeiro, a companhia afirmou que o início de 2021 "foi repleto de mudanças e desafios contínuos" e a "perspectiva de diminuição da capacidade das operações do grupo é um resultado direto do ambiente atual".

A aérea, que enfrenta o chamado Chapter 11 nos Estados Unidos (equivalente ao processo de recuperação judicial no Brasil), afirma que obteve "avanços significativos" nas renegociações de frotas no período.

Ao final do primeiro trimestre, o valor nominal da dívida da Latam alcançou US$ 7,6 bilhões, uma redução de US$ 25 milhões em relação ao intervalo imediatamente anterior. Em março, a companhia possuía US$ 1,330 bilhão em caixa e equivalentes de caixa, "incluindo investimentos de alta liquidez contabilizados como outros ativos financeiros circulantes".

Operacional

A demanda da Latam no primeiro trimestre, medida pelo número de passageiro-quilômetro transportado pago (RPK), recuou 68,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a oferta, medida pelo assento quilômetro ofertado (ASK), caiu 61,5% na mesma base de comparação. Segundo a companhia, o segmento de carga continua em destaque nas operações do grupo. No primeiro trimestre, as receitas de carga cresceram 36,8%, atingindo US$ 345,2 milhões, apesar da queda na capacidade total no negócio.

A companhia aérea chileno-brasileira Latam Airlines informou nesta quinta-feira que irá cancelar grande parte de seus voos internacionais de/para o Chile, após o anúncio do fechamento das fronteiras do país devido ao aumento dos casos de coronavírus.

Autoridades chilenas anunciaram o fechamento das fronteiras durante o mês de abril, ante o número recorde de novos casos de Covid-19, registrado paralelamente a um avanço bem-sucedido da campanha de vacinação.

Segundo a Latam, os voos a partir de 5 de abril, data em que entra em vigor o fechamento da fronteira, serão cancelados, e a empresa irá operar "em capacidade reduzida, para manter a conectividade do país" e permitir a repatriação de moradores ou estrangeiros que desejarem sair do Chile, assinala o comunicado, sobre a exceção permitida pelo Executivo chileno para voar de/para o país.

A medida é anunciada no dia em que foi atingido o maior número diário de novos contágios no Chile desde o começo da pandemia: 7.830, o que levou o país a ultrapassar 1 milhão de infectados desde março de 2020.

O aumento dos casos no Chile acontece paralelamente ao avanço rápido da campanha de vacinação, que já imunizou mais de 6,8 milhões de pessoas com ao menos uma dose, dentro do objetivo de vacinar 15 milhões dos 19 milhões de habitantes até o fim de junho.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando