Tópicos | Flagrante

Um agente policial do Distrito Federal foi preso em flagrante, na madrugada desta quarta-feira (27), em Vicente Pires, a 20 km de Brasília, após agredir duas mulheres em um bar, tendo atirado no pé de uma delas. A vítima atingida é uma delegada da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). 

Rodrigo Rodrigues Dias foi flagrado pelas câmeras de segurança do bar em que estava puxando os cabelos da mulher que estava sentada a seu lado na mesa, acompanhado de um outro homem. A mulher, incomodada com o comportamento agressivo de Rodrigo, começa a bater nele, e depois de uma discussão, muda de lugar.  A discussão passa a ser, então, entre o agente policial e duas pessoas que estavam dentro do bar, uma delas, a delegada Karen Langkammer, que levou um tiro no pé. Ele portava uma pistola Glock 9 mm, além de oito munições e um carregador. A Polícia Militar foi acionada e prendeu Rodrigo em flagrante por disparo em via pública, lesão corporal e vias de fato.  Uma coluna do portal Metrópoles apurou que ele já foi autuado por agressão contra mulher, com base na Lei Maria da Penha. O caso aconteceu em 2018, com a então companheira do agressor, uma sargento do Corpo de Bombeiros do DF, com quem teve duas filhas. Ela teria sofrido violência física por não ter o acompanhado em uma confraternização em família, e a briga foi apartada com a chegada de uma das filhas do casal.

##RECOMENDA##

Uma mulher foi agredida pelo namorado, nesta segunda-feira (18), no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, por ela não ter visto a duas mensagens enviadas por ele. A Polícia Civil prendeu Cristiano Alves de Araújo, de 37 anos, em flagrante, e o encaminhou a uma unidade prisional. A vítima foi socorrida por uma amiga, que chamou a polícia ao ouvir a briga, quando chegava na casa dela. 

Segundo o relato da vítima, registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Iguaçu, o homem teria chegado em casa enfurecido pois ela não havia visto nem respondido a duas mensagens dele. Ele a teria socado no rosto, a jogou na cama e seguiu com as agressões até a chegada de uma amiga da mulher, que ameaçou chamar a polícia. 

##RECOMENDA##

Vítima levou socos no rosto. Foto: Reprodução 

O agressor teria parado com a violência física, mas voltou a bater na namorada com um cabo de vassoura, e ainda quebrou móveis e aparelhos na casa. 

A vítima registrou boletim de ocorrência e foi encaminhada para realizar exame de corpo de delito. 

Após ter tido o mandado de prisão em flagrante cumprido, a polícia confirmou que ele já havia sido denunciado por agressão, em 2010, por outra ex-namorada, que teria tido um braço fraturado. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e deverá responder por lesão corporal e dano. 

 

Um menino de oito anos foi flagrado dirigindo o carro da mãe, em uma área perto da própria casa, no bairro de Nova Santa Marta, Zona Oeste de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O caso aconteceu nessa segunda-feira (11) e sofreu intervenção da Brigada Militar (BM), que foi acionada até o local e resgatou o condutor. Aos militares, o menino disse que estava a caminho da escola, mas ficou sem combustível e acabou subindo com o carro em uma calçada. 

A brigada acionou o Conselho Tutelar e o menino foi conduzido a uma unidade do órgão, tendo se encontrado com os pais pouco tempo depois. O veículo, um Prisma na cor preta, estava no nome da mãe da criança e foi recolhido ao guincho, por estar com o licenciamento vencido.  

##RECOMENDA##

De acordo com a polícia, a mãe deve ser investigada pelo crime de entregar veículo automotor a pessoa não habilitada, presente no Código de Trânsito. O menino mora com os pais e três irmãos, mas ninguém na casa o viu sair com o veículo. A criança receberá acompanhamento. 

 

Um idoso de 80 anos foi preso em flagrante por abusar sexualmente de uma menina de cinco anos, na última terça-feira (5), no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife. O crime foi filmado por uma testemunha e utilizado para a denúncia, além de ter sido publicado nas redes sociais. O suspeito é um conhecido da família e foi autuado por estupro de vulnerável.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi preso através da Delegacia de Mulher de Santo Amaro após ser localizado pela equipe policial próximo ao local do crime, que ocorreu em frente à casa da vítima. Ele foi conduzido à delegacia e ficou à disposição da Justiça. A audiência de custódia aconteceu nessa quarta-feira (6), mas como o nome do agressor não foi divulgado, a reportagem não conseguiu confirmar o resultado da audiência com o Tribuna de Justiça de Pernambuco (TJPE).

##RECOMENDA##

Nas imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver o idoso sentado em uma cadeira na calçada e convidando a criança a se aproximar. Quando ela se aproxima, ele faz com que ela o toque no órgão genital. Uma testemunha flagrou o crime, registrou com um celular e comunicou aos vizinhos e à família.

Divulgar as imagens também é crime

Desde 2018, o compartilhamento de imagens íntimas sem consentimento é tipificado como crime, através da aplicação de duas leis que alteraram o Código Penal: a Lei Rose Leonel (13.772/18), que trata o registro não autorizado de “conteúdo com cena de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter íntimo e privado” como crime com punição de seis meses a um ano de reclusão; e a Lei 13.718/18, reconhecida por tipificar cena de estupro ou de cena de estupro de vulnerável.

A divulgação da imagem de menores de idade envolvidos em questões criminais e/ou judiciais também é crime, independente do menor estar identificado como autor ou vítima. No caso do crime ocorrido no Arruda, não foi possível identificar quem divulgou as imagens do flagrante.

Ao buscar o filho, um bebê de um ano, em uma creche particular de Paranoá, no Distrito Federal, a pedagoga Patrícia Rocha flagrou a criança sozinha, aos prantos e trancada em uma sala escura. O choro do menino era ouvido há pelo menos meia hora, de acordo com o relato de vizinhos do local. O caso aconteceu na noite da segunda-feira (6) e foi registrado em uma Delegacia de Polícia Civil. 

Patrícia, em entrevista ao Uol, informou que a creche funciona apenas das 13h às 19h, mas que há um horário especial para os pais que pagam uma taxa, pela necessidade de buscar as crianças mais tarde. Como em qualquer outro dia, ela compareceu ao local às 19h, para buscar Leonardo, que ainda é uma criança de colo. Ao chegar lá, ela encontrou a creche fechada.  

##RECOMENDA##

"Na entrada, encontrei vizinhos que disseram que ele estava chorando há bastante tempo dentro da creche. As pessoas também relataram que as funcionárias, que eram responsáveis por ele, foram embora às 18h30, ou seja, já tinha meia hora que ele estava trancado lá dentro", declarou a mãe. A porta da sala precisou ser arrombada, com a ajuda dos vizinhos.  

Leonardo é novo na creche, matriculado há apenas duas semanas. O menino foi encontrado dentro de um carrinho virado para a parede. O local estava infestado de baratas e o menino gritava de medo, pois a luz estava apagada.  

"Meu sentimento ali no momento era de pura impotência e culpa por tê-lo colocado naquele lugar. Pouco tempo depois, uma funcionária apareceu e disse simplesmente que tinha esquecido meu filho. Como esquece uma criança lá, me diz?", indaga a mãe. 

A creche Educa Mais disse que o caso era um "fato isolado" e que a responsável pela criança havia se ausentado por cerca de cinco minutos. A direção justificou que a equipe se confundiu e pensou que não havia bebê na sala, pois o carrinho estava de frente para a parede. A instituição também falou que possui um "padrão exemplar" e que não havia histórico de casos como este no local. 

A família procurou a 6.ª Delegacia de Polícia e registrou um boletim de ocorrência. Por meio de nota, a Polícia Civil do Distrito Federal informou que as autoridades foram acionadas "para investigar um caso de abandono de incapaz em uma instituição educacional localizada na região do Paranoá".

Uma mulher de 39 anos foi salva de um possível episódio de violência, após ser obrigada a acompanhar um homem que a abordou aleatoriamente na rua e a ameaçou com um objeto perfurante. O caso é do último dia 23 de outubro e aconteceu no bairro da Vila das Mercês, na Zona Sul de São Paulo, próximo a uma parada de ônibus, mas só agora foi divulgado pelas autoridades. A 26ª Delegacia de Polícia Civil investiga o caso como tentativa de estupro e o autor, que fugiu, se tornou procurado. 

Uma câmera de segurança flagrou o caso, que ocorreu na Rua Dom Vilares, na Vila das Mercês. É possível ver o momento em que um homem, vestido com uma camisa rosa e calça preta, aborda de forma violenta uma mulher que sobe a rua. A vítima, acreditando que a situação se tratava de um assalto, chega a jogar a bolsa no chão de forma instintiva, mas logo é ameaçada pelo agressor. Ela apanha seus pertences do chão e segue andando. No mesmo momento, um ônibus passa devagar pelo local. 

##RECOMENDA##

Trata-se de um veículo da linha 574J/10 Metrô Conceição-Vila Carrão. Tanto o motorista, quanto os passageiros, acompanharam toda a situação e permaneceram atentos aos sinais da vítima, que gesticulou com as mãos, comunicando que precisava de ajuda. A mulher faz o sinal pelas costas do suspeito. Segundos depois, os passageiros descem do ônibus e socorrem a vítima. O assediador chegou a afirmar que era o companheiro da mulher, mas ela negou conhecê-lo. 

Não é possível ouvir a conversa dos envolvidos, mas outra câmera também flagra o momento em que o agressor, intimidado pela reação dos populares, saca do bolso um objeto pontiagudo similar a uma chave, a qual veste como soco inglês, e a usa para ameaçar o motorista. Logo em seguida, ele deixa o local. A vítima é levada para dentro do ônibus e acolhida pela população. 

O motorista deixou a vítima perto da delegacia para o registro da ocorrência. As investigações seguem pelo 26º DP para tentar identificar e localizar o suspeito. 

[@#video#@]  

Uma mulher de 36 anos foi resgatada, na noite da última quarta-feira (27), por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-101, nas imediações do bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife. Vítima de violência doméstica, ela estava sendo perseguida por seu agressor quando passou a pedir socorro na beira da estrada. 

Segundo a PRF, a mulher havia sido agredida fisicamente por seu companheiro, que ainda ateou fogo no barraco onde moravam. O suspeito foi detido no local e apresentava sinais de embriaguez. Os envolvidos foram levados à delegacia, onde a vítima prestou depoimento e deverá solicitar medida protetiva contra o homem. 

##RECOMENDA##

Ainda de acordo com a PRF, o agressor já havia sido preso no estado de São Paulo com base na Lei Maria da Penha. Ele deve responder por lesão corporal, ameaça e incêndio. O caso está sob responsabilidade da Polícia Civil. 

 

Um funcionário da loja Preçolândia, localizada no Shopping Recife, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul da capital, foi preso em flagrante, na última quarta-feira (27), sob acusação de furtar mercadorias para revender na internet e em um estabelecimento comercial no bairro de Brasília Teimosa, também na Zona Sul, onde mora.  

O suspeito atuava com seu ex-cunhado, também detido. A denúncia foi feita pelo advogado da loja, após o furto de uma panela de pressão, e apontou que o funcionário já vinha desviando mercadorias há cerca de quatro anos. No flagrante, ele confessou os delitos, sendo autuado pelo crime de Furto em Estabelecimento Comercial ou de Serviços. 

##RECOMENDA##

Em sua residência havia outros produtos, como computadores, itens para cozinha, secadores e leitores biométricos. Segundo a Polícia Civil, as mercadorias foram apreendidas e os autores conduzidos à Delegacia de Boa Viagem para a realização dos procedimentos cabíveis. O caso está sob responsabilidade do delegado Alessandro Menezes Orico. 

 

Uma mulher de 29 anos foi presa em Águas Lindas de Goiás por anunciar fotos da filha de oito anos nua. Ela foi autuada em flagrante pelo crime de venda de pornografia infantil depois de ir à delegacia para registrar uma ocorrência de ameaça.

A acusada disse que foi coagida por um agiota após ver um anúncio de empréstimo em uma rede social. No entanto, os policiais tiveram acesso ao celular da mãe e constataram que ela havia negociado a venda das fotos íntimas da criança por três dias.

##RECOMENDA##

Sem receber o pagamento, ela parou de enviar o conteúdo e o comprador passou a expor as fotos nas redes sociais. A mulher buscou a Polícia Civil na última quinta-feira (21) e recebeu voz de prisão por desrespeitar o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A pena para o crime é de dois a quatro anos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio da Polícia Militar do Paraná (PMPR), recuperou, na noite dessa terça-feira (19), um veículo que havia sido roubado minutos antes ao lado da sede da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR. Na ação, foram recuperados outros dois carros e uma arma de fogo usados no assalto e presos três assaltantes.

Por volta das 18h30, equipes da PRF receberam informações de que um veículo roubado circulava nas proximidades da delegacia da PRF. Um policial rodoviário federal de folga, que estava na região, viu o carro e deu ordem de parada aos ocupantes. Os homens saíram correndo, entraram em outros dois carros que estavam próximos e fugiram.

##RECOMENDA##

Outras equipes PRF realizaram buscas na região e encontraram os dois carros que estavam envolvidos no assalto e prenderam três assaltantes, no Parque Presidente. Equipes da PM-PR prestaram auxílio na captura dos criminosos.

Dentro de um dos carros, os policiais encontraram uma arma calibre 12 e cinco cartuchos. Os ocupantes haviam abandonado os veículos ao verem viaturas policiais circulando em sua busca.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que a vítima foi roubada pelos quatro criminosos, no cruzamento das avenidas Paraná e José Maria de Brito, centro de Foz do Iguaçu.

[@#video#@]

Um homem de 53 anos foi preso, na última quinta-feira (7), durante o desfile cívico do Dia da Independência, no município de Garanhuns, no Agreste do estado, ao ser flagrado por testemunhas fotografando e filmando as partes íntimas de uma adolescente de 13 anos. 

A Polícia Militar foi acionada ao local e o levou, juntamente com a vítima e as testemunhas, para a Delegacia de Polícia Civil da cidade para os procedimentos cabíveis. A Polícia Civil informou que realizou o registro da prisão em flagrante e autuou o suspeito por "Outras Ocorrências Ilícitos Penais". 

##RECOMENDA##

O homem é funcionário da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos da Prefeitura de Garanhuns (SASDH/PMG), que afirmou, por meio de nota, que vem acompanhando caso, tendo decidido pelo afastamento imediato dele dos quadros administrativos.

“O servidor está afastado de suas funções e não mais comporá os quadros da secretaria. Seu contrato vem da gestão anterior e foi renovado, pois não apresentava qualquer atitude que gerasse suspeita, mas diante da situação, está sendo exonerado nesta data”, diz a nota. A exoneração do servidor será publicada na próxima edição do Diário Oficial.

Uma mulher de 42 anos foi presa em flagrante, nesta segunda-feira (04), no Aeroporto Internacional dos Guararapes, na zona Sul do Recife. A Polícia Federal (PF) encontrou 4 quilos de cocaína em estado de resina no fundo da mala da passageira, que estava com destino a Lisboa, em Portugal. 

##RECOMENDA##

Foto: Divulgação/PF 

Segundo a PF, detectores de raio-X indicaram a bagagem suspeita que, após submetida ao teste de narcóticos, obteve resultado positivo para cloridrato de cocaína. 

Foto: Divulgação/PF 

A mulher, faxineira e natural de São Paulo, veio da capital paulista para Recife de ônibus, para daqui utilizar o transporte aéreo. Apresentada à Justiça Federal, a presa responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas. 

 

Três homens foram resgatados na fachada do quarto andar de um prédio na Rua João Negrão, no centro de Curitiba, na madrugada desta quarta-feira (23). De acordo com a Guarda Municipal, o grupo era de pichadores e um dos integrantes passou mal durante a subida. O local era de difícil acesso e os homens, sem condições de retornar ao solo, passaram a pedir socorro aos moradores do edifício.  

“Um deles tentou chutar a janela de um apartamento para acessar à residência e chegou a quebrar o vidro. Mas o morador impediu a invasão. Tentando convencê-lo, um dos homens ofereceu um pix de mil reais para pagar o dano material e também evitar que os três fossem conduzidos para a Central de Flagrantes”, detalhou a Guarda Municipal à Band TV.  

##RECOMENDA##

O Corpo de Bombeiros foi acionado e precisou utilizar uma escada para resgatar o trio. Com eles, foram encontradas sete latas de tinta spray que seriam utilizadas para pichar o imóvel. Os presos costumavam se arriscar nas escaladas com frequência, registravam a atividade e publicavam nas redes sociais, apenas por lazer e para ganhar curtidas. Eles foram autuados em flagrante e encaminhados para a central da Polícia Civil do Paraná. 

Cinco homens foram presos, na tarde desta quarta-feira (16), no município de Ipojuca, após serem detidos em flagrante, por sequestro sequestro. O dono do veículo roubado estava sob poder dos sequestradores desde o momento da abordagem, que aconteceu na divisa entre os municípios de São José da Coroa Grande e Barreiros, na Mata Sul do estado.

De acordo com o Tenente-Coronel Cézar Belo, a 10ª Companhia Independente da Polícia Militar de Pernambuco (CIPM) foi acionada e identificou o carro já no município de Barreiros, após denúncias de moradores que viram a ação dos suspeitos. “Essa viatura acompanhou o sequestro até as proximidades do município de Ipojuca, quando policiais integrantes do Batalhão Rodoviário de Pernambuco acompanharam também, e começou assim (...) a tentar interceptar o veículo que estava sendo sequestrado”, relatou o comandante ao LeiaJá

##RECOMENDA##

Na altura da PE-38, próximo a entrada de Porto de Galinhas, os policiais interceptaram o veículo e renderam os suspeitos. Não houve troca de tiro, e ninguém ficou ferido. No momento da prisão em flagrante, os cinco suspeitos foram encontrados em posse de três pistolas, sendo duas calibre 9 milímetros e uma calibre 380, carregadores e cartuchos variados contendo o total de 378 balas, R$ 1550,00 em espécie, celulares, entre outros objetos.