Tópicos | PA

Na preparação para buscar a vaga nos Jogos de Tóquio através do torneio classificatório que será disputado em janeiro na Colômbia, a seleção brasileira olímpica decepcionou nesta segunda-feira ao perder para o Japão por 3 a 2, em amistoso disputado na Arena Pernambuco.

Ao Tanaka foi o destaque do duelo ao marcar duas vezes pela seleção japonesa. Já os gols brasileiros foram de Matheus Cunha e Pedro, ambos de pênalti, na reedição da final do Torneio Maurice Revello, o tradicional Torneio de Toulon, realizado em junho na França, quando a seleção venceu os japoneses nos pênaltis após empate por 1 a 1.

##RECOMENDA##

O duelo desta segunda-feira teve baixo nível técnico no primeiro tempo, com muitos erros de passe, e a tentativa do corintiano Pedrinho abrir espaços na defesa japonesa através de jogadas individuais. Matheus Cunha abriu o placar aos 14 minutos ao cobrar pênalti sofrido por ele. Só que os japoneses empataram o amistoso aos 27, com uma finalização da entrada da área de Ao Tanaka, que desviou em Douglas Luiz e impediu a defesa do goleiro Cleiton.

Na etapa final, o Japão foi superior ao Brasil e aproveitou falhas do sistema defensivo da seleção, além de ter contado com alguma sorte, para assegurar a sua vitória. Aos seis minutos, Cleiton saiu jogando errado, Ao Tanaka ficou com a bola, chutou de fora da área e contou com novo desvio, agora em Lyanco, para virar o placar: 2 a 1.

O terceiro gol japonês saiu em bela finalização de fora da área, de Nakayama. O técnico André Jardine, então, fez várias mexidas para tornar o Brasil mais ofensivo. Mas com atuação ruim, a seleção só conseguiu marcar em novo pênalti, esse assinalado após a bola desviar no braço de Tatsuta e convertido por Pedro, que havia iniciado a partida no banco, aos 36 minutos. Machida ainda foi expulso por entrada dura em Bruno Tabata, mas os brasileiros não conseguiram o empate.

Nesta Data Fifa, a seleção olímpica havia goleado a Venezuela por 4 a 1, na última quinta-feira, no Estádio dos Aflitos. E dessa vez foi batida pelo Japão, em um duelo que atraiu 7.911 torcedores à Arena Pernambuco.

[@#video#@]

Devoção, fé, emoção inexplicável. Tudo isso é o Círio de Nazaré, em Belém. "As pessoas dizem: 'Como é que Nossa Senhora faz tudo isso? Como é que move essa multidão a vir segui-la? Essa é a fé, que a gente não sabe explicar de onde vem”, disse Teresinha Matos, devota de Maria, que estava acompanhando a Trasladação no sábado (12).

##RECOMENDA##

A Trasladação é a última romaria que antecede o Círio. Ela sai do Colégio Gentil Bittencourt, na avenida Nazaré, e segue até a Catedral da Sé, no boulevard Castilhos França.

As procissões do Círio são repletas de promesseiros e devotos que desejam prestigiar Nossa Senhora de Nazaré (veja vídeo acima). Como André Cals, que conta que sua avó sempre o incentivou a participar. “Eu sou católico. Eu sinto essa fé, o sentimento, me sinto bem no meio do Círio”, comentou. O devoto acrescentou que teve uma graça alcançada, a aprovação no vestibular.

Segundo o Dieese Pará (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), a Trasladação reúne cerca de 1,4 milhão de fiéis, nos 3,7 quilômetros de percurso. No Círio, esse número chega perto de dois milhões.

Teresinha Matos saiu de Peixe-Boi, a cerca de 150 quilômetros da capital paraense, para demonstrar a gratidão pelas graças conquistadas. “Eu venho todos os anos porque é como se fosse uma promessa, tenho que agradecer pelas graças que recebo da mãezinha querida”, afirmou.

Ela revelou que uma das graças foi a aprovação do filho em um concurso público. “Agora ele passou. Pra mim foi uma graça que eu alcancei com Nossa Senhora”, finalizou.

Com reportagem de Bruna Oliveira.

[@#galeria#@]

Jeremy Renner, o Gavião Arqueiro da franquia Vingadores, se envolveu em uma polêmica recentemente. Segundo informações do site TMZ, ele e sua ex-mulher, Sonni Pacheco, estão brigando na Justiça pela custódia da filha, Ava, de seis anos de idade, e Sonni pede para que o juiz mude o acordo de guarda compartilhada para custódia total, com a possibilidade do ator fazer visitas monitoradas à menina. A atriz ainda fez diversas acusações sérias em relação ao ex-marido, que repercutiram bastante e chocou fãs do mundo todo.

Sonni alega que, em novembro do ano passado, Jeremy estava em uma balada sob efeito de cocaína e bebidas alcoólicas, e começou a dizer que iria matá-la, já que não podia mais lidar com ela e só queria que ela se fosse. Em outra ocasião, o ator teria colocado uma arma na boca, ameaçando cometer suicídio, e depois disparou o revólver no teto, com Ava dormindo no quarto ao lado.

##RECOMENDA##

A atriz ainda afirma que Jeremy tem um histórico de abuso de substâncias, além de assédio verbal e emocional. Os documentos legais dizem que Jeremy esteve sob a influência de drogas por diversas vezes quando tinha a custódia física de Ava. Certa vez, Jeremy ainda teria deixado cocaína em um balcão do banheiro, que era acessível por Ava.

Sonni alega que, em outra ocasião, a babá da filha ouviu Jeremy dizer que estava indo para a sua casa para matá-la e depois se matar, porque era melhor que Ava não tivesse pais do que ter [Sonni] como mãe. Ava ainda teria dito à mãe que várias mulheres iam e vinham da casa de Jeremy, e chegou a citar alguns nomes de parceiras sexuais do pai.

Um representante do ator enviou um comunicado ao TMZ sobre as acusações, como você pode ver a seguir:

O bem-estar de sua filha Ava sempre foi e continua sendo o foco principal de Jeremy. Esta é uma questão para o tribunal decidir. É importante observar que as dramatizações feitas na declaração de Sonni são um conto unilateral feita com um objetivo específico em mente.

E aí, o que você achou de tudo isso?

[@#galeria#@]

A Cruz Vermelha montou uma estrutura organizada para atender às pessoas durante as 12 romarias nos três dias de programação do Círio 2019. Somente na Trasladação e na grande procissão de domingo, havia 37 postos da Cruz Vermelha e dois corredores de emergência espalhados pelos quase 3,5 quilômetros de percurso.

##RECOMENDA##

De acordo com o balanço da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), 1.257 pessoas atuaram nas procissões, entre efetivos e voluntários da Cruz Vermelha Brasileira–Pará. Os atendimentos mais recorrentes eram de pessoas que relatavam falta de ar, desmaios e fraturas.

“A gente sempre espera pelos atendimentos de pacientes que têm hipoglicemia, os pacientes que sentem falta de ar, as coisas mais básicas. Mas a gente conseguiu até atender pessoas que sofreram deslocamento do osso do quadril, pessoas que sofreram descarga elétrica, pacientes que entraram com muita dor e tiveram que sere imediatamente medicados e referenciados”, destacou a enfermeira Bruna Oliveira. 

Segundo a Secretaria de Saúde Pública (Sespa), entre as ocorrências houve casos graves: luxação de joelho, luxação de ombro, a queda de um idoso durante a procissão, fratura de tornozelo e até uma suspeita de infarto. “Nesses casos, a gente só pode estabilizar o paciente e remover. O único suporte que a gente tem é a atenção pré-hospitalar”, disse Bruna.

Todos os anos, a Cruz Vermelha abre inscrições para quem quer atuar no Círio. É o chamado Projeto Círio, que visa treinar o voluntário para o socorro de pessoas durante as procissões.

Ana Luíza Rocha participou pela primeira vez como voluntária na Cruz Vermelha. Ela estava responsável pela contabilização e anotações de informações de pacientes que eram socorridos e levados até o posto da Cruz Vermelha na sede social do Paysandu. “Esse é o meu primeiro Círio, e eu estou participando, porque sempre foi meu sonho. E eu fiz uma promessa: se eu passasse no vestibular, eu me tornaria voluntária. Como eu passei, esse ano eu vim aqui cumprir minha promessa. Minha experiência é gratificante. Depois desse Círio, eu tenho o objetivo de me tornar efetiva”, destacou.

Com reportagem de Cristian Corrêa.

A rede de fast food Burguer King acaba de lançar uma iguaria que promete ser um sucesso. Os clientes terão mais uma opção no cardápio, e desta vez a comida nordestina vai dar um toque especial nos pedidos.

Quem for em qualquer unidade do Burguer King vai poder se deliciar com bolinhas de macaxeira. Com o nome Macaxeira Fries, a nova aposta do restaurante servirá de acompanhamento para sanduíches e combos. Já disponíveis nas lojas de todo o país, as bolinhas crocantes são recheadas com creme de queijo.

##RECOMENDA##

Apesar da novidade, o Macaxeira Fries é por tempo limitado. O consumidor poderá escolher o prato com quatro, seis ou dez unidades, saboreando com ou sem molho. O valor sugerido para o petisco vai de R$ 5 a R$ 10,90.

Estava tudo certo para Fafá de Belém fechar com chave de ouro sua participação no "Jornal Liberal", afiliado da Rede Globo no Pará, no último dia 7. Mas o que ela não esperava era que um imprevisto surgisse durante sua performance. No encerramento da atração jornalística, Fafá se engasgou.

No vídeo que vem circulando na internet, a cantora aparece sendo interrompida por uma incontrolável tosse na apresentação da música "Foi Assim". Apesar da cena no telejornal ter viralizado, Fafá de Belém surfou na onda e brincou, compartilhando uma foto no Twitter como se estivesse engasgada. "Credo, mãe", comentou Mariana, cantora e filha de Fafá.

##RECOMENDA##

Confira:

[@#video#@]

A poeira da briga envolvendo Anitta e Ludmilla está longe de cessar. Durante uma coletiva de imprensa em Boston, nos Estados Unidos, divulgando a turnê "Hello Mundo", Ludmilla tentou se esquivar da polêmica com Anitta. 

De acordo com informações do colunista Leo Dias, do Uol, Ludmilla vetou os jornalistas de realizarem perguntas com foco no desentendimento dela com a dona do sucesso "Show das Poderosas". Proibindo qualquer tipo de questionamento sobre a 'treta' com Anitta, Ludmilla falou do namoro com Brunna Gonçalves.

##RECOMENDA##

"O amor não espera. Eu nunca falei antes porque não tinha amado alguém a ponto de querer assumir e começar a namorar. O meu amor não quis esperar mais tempo", disse.

Em um outro momento da conversa, a funkeira declarou que precisou algumas vezes ficar calada durante sua trajetória musical. "Algumas pessoas queriam que eu ficasse quietinha no meu canto, mas eu fui ganhando sabedoria para chegar no momento certo e falar. Agora eu converso, exponho minha opinião. O segredo é não se calar mais e saber usar a palavra certa. Brigar só se for o último caso", revelou.

[@#galeria#@]

A maior manifestação religiosa do Estado do Pará, o Círio de Nazaré, leva milhares de pessoas às ruas de Belém no segundo domingo de outubro. Na edição de número 227, no último dia 13, a devoção e a fé dos católicos paraenses se renovaram em orações, agradecimentos, sacrifício e lágrimas ao longo de quase quatro quilômetros de caminhada.

##RECOMENDA##

Nesta galeria de fotos, imagens captadas no percurso da Catedral Metropolitana, na Cidade Velha, até a Praça Santuário, em Nazaré, o repórter fotográfico Filipe Bispo, estudante de Jornalismo da UNAMA - Universidade da Amazônia, revela detalhes da grande procissão.

LeiaJá também

Peregrinos do Círio expressam gratidão e renovam a fé

Romaria fluvial reúne mais de 300 embarcações

Trasladação ilumina as ruas de Belém durante cinco horas

Devoção à Virgem de Nazaré ganha força no Círio

Motorromaria: procissão com motoqueiros encanta Belém

Projeto voluntário ajuda romeiros em Ananindeua

Manto de Nossa Senhora tem apelo amazônico

Da Redação do LeiaJá Pará.

  

Wesley Safadão está pensando em incluir nos shows uma coreografia bem pernambucana. Nesse domingo (13), Safadão compartilhou um vídeo dançando o 'passinho' com o digital influencer Lucas Albert. Na tentativa de assimilar os passos, o cantor brincou com o seu lado dançarino.

"Tentando aprender, mas acho que não consigo não", escreveu. Com mais de dois milhões de visualizações, o vídeo de Wesley Safadão fez a alegria dos fãs ao mostrá-lo tentando seguir os ensinamentos de Lucas Albert. "Ainda bem que é cantor, Deus", ironizou um dos seguidores. "Se fizer rápido ninguém percebe que está errado", comentou outra pessoa.

##RECOMENDA##

No próximo sábado (19), Wesley Safadão promete agitar o Classic Hall, em Olinda, com o projeto Garota Vip. Além do cantor, se apresentam Márcia Fellipe, Simone e Simaria e o DJ Vintage Culture. 

Confira:

[@#video#@]

No último sábado (12), a personagem de Agatha Moreira em "A Dona do Pedaço" pensou que iria - novamente - se dar bem, mas os planos em breve não terão saldos positivos. Jô vai mostrar para Maria da Paz (Juliana Paes), no capítulo desta segunda-feira (14), que a sua bondade tem prazo de validade.

A ex-digital influencer vai jogar bolos nos clientes após ser chamada de boleira na rua, emprego dado pela mãe. "Querem bolo? Tomem bolo! Tomem!", dirá a jovem. Em seguida, Jô vai dizer a Maria da Paz que tudo não passou de uma humilhação, mas Maria da Paz retruca. "Não foi pra te humilhar. Foi pra te mostrar como foi a minha vida. Foi vendendo bolo na rua que te criei, só depois montei a primeira confeitaria", explica a protagonista.

##RECOMENDA##

Furiosa, Jô dispara toda sua raiva contra Maria da Paz e afirma que não se arrependeu das maldades que fez: "Eu nunca vou me arrepender de gostar das coisas boas. Do luxo. De viver bem. Tá... eu fiz o teatrinho da arrependida pra você... Achei que você tá crescendo, que ia me dar um emprego... quem sabe cuidar das vendas, do dinheiro". Irredutível, Maria da Paz declara que nunca pensou em colocar a filha cuidando das finanças da loja.

O cantor paranaense Thiago Brado se apresenta no dia 14 de outubro como uma das atrações do Círio Musical 2019, a partir das 20 horas, na Praça Santuário, com entrada gratuita. Thiago, que descobriu o amor pela música cristã ainda na adolescência, é uma das novidades dentro da programação deste ano.

Brado participa pela primeira vez do Círio. "Pra mim vai ser uma experiência incrível, porque todos os amigos, cantores e missionários que já participaram do Círio Musical voltaram elogiando bastante o evento e o público de Belém. A minha expectativa é uma das melhores, pois o show está muito legal e animado. As pessoas poderão cantar, dançar e participar do Sopro do Espírito Santo, que é a nossa nova turnê. Espero que todos vivam uma experiência maravilhosa com tudo o que estamos preparando para o Círio Musical", comentou.

##RECOMENDA##

Thiago Brado destaca também como vai ser o show dele para o público. "A nossa apresentação será feita de momentos. A gente pula, dança. Depois fazemos um momento de reflexão, levando ao coração das pessoas mensagens que elas precisam ter consigo e que, nesse mundo de correria em que nós vivemos, acabamos esquecendo", afirmou.

A banda é formada por outros quatro músicos, cantando sucessos como "Minha Essência", "Verdades do Tempo", "Meu Alvo", entre outros. Thiago promete, ainda, algumas músicas inéditas, compostas recentemente.

Outra novidade deste ano é a participação do cantor católico sertanejo Claucio Lima, que se apresentará no dia 26, junto com a banda Cristo Alegria, e fará uma homenagem especial com a apresentação de uma canção inédita composta especialmente para o Círio. 

Claucio Lima é do Estado de São Paulo, autor de diversas canções religiosas que fazem sucesso pelo Brasil e participa pela primeira vez da festa. Hoje, ele é agente da Pastoral da Sobriedade e Servo do Grupo de Oração Jesus é o Senhor na Paróquia de São Francisco de  Catanduva, em São Paulo, e realiza um trabalho de evangelização por todo país.

Outras atrações já estão confirmadas pela Diretoria da Festa de Nazaré. São elas: Eliana Ribeiro, Davidson Silva, Ministério Seráfico, Diego Fernandes, Suely Façanha, Coral do Vale, Sementes do Verbo, Adriana Arydes, Adoração e Vida, Lucinha Bastos, Missionário Shalom e Cristo Alegria.

Confira a programação do Círio Musical 2019:

14/10 – Thiago Brado

15/10 – Eliana Ribeiro

16/10 – Davidson Silva

17/10 – Ministério Seráfico

18/10 – Diego Fernandes

19/10 – Suely Façanha

20/10 – Coral do Projeto Vale Música

21/10 – Sementes do Verbo

22/10 – Adriana Arydes

23/10 – Adoração e Vida

24/10 – Lucinha Bastos

25/10 – Missionário Shalom

26/10 – Cristo Alegria e Claucio Lima

Da assessoria da Diretoria da Festa.

[@#galeria#@]

Uma das procissões do Círio de Nazaré, a motorromaria reúne grupos de motoqueiros e clubes de pilotos para homenagear Nossa Senhora. No último sábado (12), pela manhã, depois da romaria fluvial, as ruas de Belém foram mais uma vez tomadas pelas motocicletas, em percurso que vai da Escadinha da Estação das Docas até o colégio Gentil Bittencourt.

##RECOMENDA##

Fabricio Pinheiro, funcionário público e diretor de Comunicação do motoclube Araras de Aço, disse que a homenagem à santa representa muito para a equipe. “Pra mim não tem como mensurar este momento de fé porque é um momento único, e quem vem para Belém vai perceber que é uma coisa diferente, milhares de turistas e paraenses em um único objetivo: fé”, disse.

Para ele, a gratidão move as pessoas. “Na verdade, só venho agradecer pelo dom da vida e pedir para que o nosso país e estado possam ser abençoados. O clube traz à tona uma questão da fé e da esperança por dias melhores. Não tem como fugirmos da questão religiosa”, afirmou.

O Araras de Aço participa todo ano do Círio. “A motorromaria vem melhorando o acesso. A festa do Círio é uma festa do povo, que se prepara para um momento todo especial neste mês de outubro”, comentou Fabricio.

Também romeira da motorromaria, Hirlene Reis, estudante de Farmácia, destacou a importância desse momento de fé e grande emoção. “Cada um tem o porquê de estar aqui. Agradeço pela minha saúde, pelos familiares, tudo o que eu tenho e sou agradeço a Deus e a nossa mãe santíssima e que hoje eu estou aqui mais um ano em agradecimento. Peço também que Maria abençoe o nosso mundo e todas as pessoas para que tenhamos paz”, comentou. Hirlene doa as imagens que leva para abençoar todos os anos quem estiver por perto ao final da procissão.

Com reportagem de Natália Lavoura.

Parece que Fátima Bernardes não está sabendo lidar com a distância do namorado, o deputado federal Túlio Gadêlha. Para matar a saudade, a apresentadora do programa "Encontro" resolveu publicar uma colagem de fotos ao lado do parlamentar. "Quando o trabalho nos leva pra longe, ficam as lembranças. Os sorrisos. A leveza do tempo juntos", escreveu.

No registro romântico, que mostra até um beijo dos dois, Fátima ganhou mensagens carinhosas de Fernanda Gentil, Sandy, Regina Casé, Fernanda de Freitas, Wanessa Camargo e Flávio Venturini. Os seguidores da jornalista não economizaram nas palavras ao elogiarem o casal. "A saudade tem o poder de trazer para perto as pessoas que amamos", comentou um dos usuários do Instagram.

##RECOMENDA##

Confira:

[@#video#@]

A cantora Márcia Fellipe gerou revolta ao opinar sobre a canonização de Irmã Dulce, nesse domingo (13), no Instagram. A voz do hit "Aqui Ó Pro Meu Ex" criticou em uma postagem da Rede Globo a cerimômia do Vaticano que reconheceu Irmã Dulce como a primeira santa brasileira. 

"Ajudar ao próximo sim! Mais [sic] não faz de nenhum ser humano ser 'Santa'. Santo só o Senhor Jesus Cristo. Não se deixem enganar. Leiam a Bíblia", escreveu Márcia, deixando nos comentários o capítulo e versículo do apóstolo João. Em seguida à mensagem, a artista foi bastante criticada pelos internautas. "Que comentário péssimo. [...] Vai cantar tua música e pronto... pare de julgar os outros. Beijos de luz!", comentou um dos usuários da rede social.

##RECOMENDA##

Após a repercussão do que havia dito, Márcia Fellipe se pronunciou. Ela entrou ao vivo no seu perfil do Instagram para esclarecer o imbróglio. "Eu só vim aqui pedir desculpa para não ofender ninguém e muito menos a Irmã Dulce, que ela sim é um exemplo a ser seguido como ser humano", explicou, mas deixou claro que a sua mensagem envolvendo Santa Dulce dos Pobres foi baseada nos ensinamentos bíblicos.

Neste domingo (13), às 5h da manhã em Brasília (10h em Roma), a soteropolitana Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes (1914–1992), nominada como Irmã Dulce desde 1933, torna-se a primeira santa nascida no Brasil reconhecida pela Igreja Católica Apostólica Romana. Torna-se Santa Dulce dos Pobres.

A canonização ocorre nove anos após o colegiado de cardeais e bispos da Congregação para a Causa dos Santos, da Cúria Romana, atestar o primeiro milagre atribuído à Irmã Dulce descrito no processo de beatificação da religiosa iniciado pela Arquidiocese de São Salvador da Bahia. A decisão do colegiado é baseada em avaliação de peritos de saber científico (como médicos) e teólogos.

##RECOMENDA##

O milagre que levou à beatificação foi a intercessão da freira, a pedido de orações de um padre, para salvar a vida de uma mulher que deu à luz a um menino e estava desenganada por causa de uma hemorragia depois do parto, que os médicos não conseguiam conter. O caso ocorreu nove anos após a morte de Irmã Dulce (2001), em uma cidade do interior de Sergipe.

Para a canonização, a Constituição Apostólica exige a comprovação de um segundo milagre e semelhante ritual processual e comprobatório. A segunda graça, conforme publicado pela Arquidiocese de Salvador, foi a recuperação da visão do músico e maestro José Maurício Bragança Moreira, após 14 anos sem enxergar por causa do glaucoma.

“Eu fui paciente de glaucoma muito grave que me cegou durante 14 anos. No dia do milagre, 10 de dezembro de 2014, o meu coral ia cantar, mas a minha esposa nem me deixou sair de casa por causa do derrame que eu tive nos olhos devido a uma conjuntivite viral. Eu passei a noite sem conseguir dormir e por volta das 4h eu peguei a imagem de Irmã Dulce, que fica na cabeceira da minha cama, a coloquei nos meus olhos e pedi que ela aliviasse a minha dor”, descreve Moreira em relato publicado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

De acordo com o músico, após colocar o santinho impresso sobre os olhos, sentiu sono e adormeceu. “Quando eu acordei de manhã, a minha esposa me deu umas compressas de gelo e foi quando eu comecei a enxergar o gelo e a ver a minha mão, e aos poucos a visão foi voltando. O momento que começou o retorno da visão foi pouco tempo depois da oração. É um milagre”, afirma. Após o reconhecimento do milagre pela Igreja, o Papa Francisco anunciou a canonização de Irmã Dulce.

Vocação social

A vocação religiosa de Irmã Dulce é revelada ainda na adolescência sob influência de uma tia paterna. Ela tornou-se freira no começo da década de 1930 pela Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, em São Cristóvão (Sergipe).

Formada como professora, teve como primeira missão ensinar a crianças em colégio de sua congregação em Salvador. A vocação para as causas sociais teve início naquela década quando passou a prestar assistência à comunidade pobre de Alagados, e a participar da União Operária São Francisco.

Em 1937, funda o Círculo Operário da Bahia, juntamente com Frei Hildebrando Kruthaup. Em 1939, Irmã Dulce inaugura o Colégio Santo Antônio, escola comunitária voltada para operários e filhos de operários.

Dez anos depois, ocupa um galinheiro ao lado do Convento Santo Antônio de Salvador para acolher 70 doentes. Em 1959, é instalada oficialmente as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e no ano seguinte é inaugurado o Albergue Santo Antônio.

Celebração

O Santuário de Irmã Dulce, em Salvador, ao lado da sede das Osid permanecerá aberto durante toda noite de sábado (12) e a madrugada de domingo para a vigília à espera das canonizações que o Papa Francisco presidirá no Vaticano.

Junto com a santa brasileira, serão canonizados os beatos John Henry Newman (1801-1880), cardeal, fundador do Oratório de São Filipe Néri na Inglaterra; Giuseppina Vannini, Madre Josefina (1859-1911), italiana, fundadora das Filhas de São Camilo; a Maria Teresa Chiramel Mankidiyan (1876-1926), indiana, fundadora da Congregação das Irmãs da Sagrada Família; e Margherita Bays (1815-1879), suíça, da Ordem Terceira de São Francisco de Assis.

A primeira missa em honra à Santa Dulce dos Pobres ocorrerá em Roma na igreja San't Andrea della Valle, segunda-feira(14), 24 horas depois da canonização. No dia 20 de outubro, domingo, em Salvador, haverá a celebração pela canonização da Santa. Será no estádio de futebol Arena Fonte Nova, com abertura dos portões ao meio-dia. Os ingressos gratuitos estão à disposição nas diversas paróquias da Arquidiocese de Salvador e começaram a ser distribuídos no início deste mês.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu aplausos, mas também foi vaiado durante a missa em homenagem à padroeira do Brasil, na tarde deste sábado, 12, no Santuário de Aparecida, interior de São Paulo. As manifestações do público que lotava o tempo católico aconteceram quando o presidente adentrou o recinto e em três vezes em que seu nome foi citado durante a celebração.

Mais acostumado a ser ovacionado, o presidente fechou o rosto e pareceu surpreso com a acolhida, mas foi aplaudido após subir ao altar para fazer a Primeira Leitura - uma parte da liturgia.

##RECOMENDA##

Bolsonaro esteve em Aparecida em um momento em que o clero faz críticas à política de seu governo em relação ao meio ambiente e defendem o Sínodo da Amazônia, um encontro mundial convocado pelo Papa Francisco, que chegou a ser questionado pelo presidente.

Na missa principal do dia, celebrada de manhã, o arcebispo de Aparecida, Orlando Brandes, havia criticado o "dragão do tradicionalismo" e dito que "a direita é violenta e injusta". À tarde, Bolsonaro se reuniu com o arcebispo antes de seguir para a missa, no corpo principal do santuário.

Quando o presidente entrou, o público mais próximo aplaudiu, mas logo foram ouvidas as primeiras vaias. A situação se repetiu - com aplausos e um número menor de vaias - quando o padre animador anunciou o nome do presidente.

Já na homilia, quando dom Orlando agradeceu a presença de Jair Bolsonaro, o volume de vaias foi maior. Ao fim da missa, o auxiliar da celebração pediu "uma salva de palmas ao nosso presidente". O público atendeu, mas também se ouviram algumas vaias.

O presidente, que esteve na missa sem os familiares, acompanhado apenas de assessores e parlamentares da região, mostrou pouca intimidade com os ritos da celebração.

Durante o Pai Nosso, quando todos estendem as mãos abertas, ele permaneceu com os braços abaixados. No momento da eucaristia, inicialmente ele não se apresentou para a comunhão. Foi preciso que um assessor interviesse para que o arcebispo, que já seguia de volta para o altar, retornasse para oferecer-lhe a hóstia consagrada.

Bolsonaro saiu-se bem na leitura do trecho do livro de Ester do Evangelho cristão, do chamado antigo testamento, "uma órfã, adotada, pobre e exilada na Babilônia que veio a se tornar rainha", como explicaria depois dom Orlando.

Em sua homilia, o arcebispo foi menos contundente do que na celebração matinal. "Há dragões que atacam de tudo o que é lado. Atacam a Igreja, as religiões. Esses dragões são as ideologias, que quer dizer interesses pessoais, tanto da direita como da esquerda. Isso não faz bem, o que faz bem é procurar a verdade que nos faz viver como irmãos e irmãs entre nós."

Bolsonaro, que tem forte ligação com religiões evangélicas - que não reconhecem o culto a Nossa Senhora -, foi convidado e aceitou a participar da consagração da Virgem de Aparecida.

Ele ainda ouviu do arcebispo que Ester pediu ao rei a vida para seu povo. "É isso que queremos pedir, a vida do nosso povo. Que não falte emprego, pão, dignidade e a paz entre nós." Também foi citado que Nossa Senhora Aparecida é preta e acrescentado: "Fora com o racismo, fora com toda desigualdade social."

Dom Orlando também fez uma analogia com o fato de a imagem de Aparecida, achada suja de lama e quebrada, ter sido restaurada. "Muitas coisas no Brasil estão quebradas, mas, como a imagem, podem ser restauradas.

Ao final, se dirigiu a Bolsonaro: "Senhor presidente, sinta-se abraçado pela nossa Mãe querida, e o Brasil também o abraça. Somos todos irmãos."

O presidente deixou o santuário sem falar com a imprensa.

Afastada dos palcos e das telinhas, Sabrina Sato está mantendo mesmo assim uma vida pra lá de corrida. A apresentadora que está no auge dos seus 38 anos de idade, comentou em uma entrevista para a Veja que até o primeiro trimestre de 2020, ela deverá assumir o Domingo Show, na Record.

Vai mudar tudo e terá a minha cara!

##RECOMENDA##

Na próxima terça-feira, dia 15, a mãe de Zoe vai se aventurar e ir visitar uma feira especializada em televisão, em Cannes, mas a apresentadora já adiantou para a publicação que desta vez a sua pequena de apenas 10 meses de vida não participará da viagem.

Lembrando que Zoe já ostenta números gente grande, como: dois carimbos importantes e internacionais em seu passaporte, viaja com três malas cheias e já possui um closet repleto de roupas de grife. E não é só isso, no final deste ano, a pequena vai completar o seu primeiro aninho de vida e Sabrina Sato já está correndo com os preparativos da festinha.

A festa da primeira filha de Sabrina Sato e Duda Nagle, vai acontecer no Nacional Club, no Pacaembu, para cerca de 500 pessoas e a super produção ai custar em torno de 400 mil reais.

Alvo de ação da Polícia Federal na sexta-feira, 11, o senador e ex-presidente da República Fernando Collor (PROS-AL) reagiu enfaticamente à Operação Arremate, que realizou buscas em endereços ligados ao parlamentar em Maceió (AL) e em Curitiba (PR). Em nota, Collor se diz "indignado e perplexo" e alega que a operação foi baseada em "irreal suposição".

A investigação mira suposta lavagem de R$ 6 milhões em imóveis, que teriam como laranja um assessor do Senado. Os 16 mandados de buscas autorizados pelo ministro Luiz Edson Fachin em 26 de setembro foram requeridos no dia 9 do mesmo mês pela então procuradora-geral, Raquel Dodge.

##RECOMENDA##

Após a deflagração da Arremate, o senador se manifestou em seu perfil no Twitter, escrevendo: "Estou indignado com a tentativa de envolver meu nome num assunto em que não tenho nenhum conhecimento ou participação. Trago a consciência tranquila e a certeza de que, mais uma vez, ficará comprovada a minha inocência."

Em nota, o ex-presidente expressa ainda "veemente repúdio" à ação da PF, diz que é "vítima de retaliações" e ressalta que a Procuradoria da República em Alagoas chegou a pedir o arquivamento da investigação.

A solicitação da Procuradoria foi rejeitada pela 13ª Vara Federal de Alagoas. O caso foi então remetido à 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público, que também não concordou e determinou mais diligências, além de trocar o procurador do caso.

Confira a íntegra da nota de Collor

"Com relação à violência sofrida no dia de ontem, quando vitimado por busca e apreensão em minha residência, após inteirar-me dos fatos pela imprensa, já que não fornecido, até então, o inteiro teor da acusação pelos Órgãos Oficiais, venho, indignado e perplexo, apresentar o meu mais veemente repúdio ao ato em questão.

Envolto na historieta criada pelo malicioso engenho mental de integrantes da Polícia Federal e setores do Ministério Público, sustentados por supostos e inverossímeis relatos de fontes humanas não identificadas, fui figura central de uma busca e apreensão residencial baseada, não em indícios veementes - aptos a afastar o direito a inviolabilidade do lar - mas em mera e irreal suposição de inquisidores destituídos de bom senso, prudência e responsabilidade funcional, porém, movidos por manifesta má-fé e espírito emulativo.

A inclusão do meu nome nessa abusiva, absurda e sórdida trama somente se justifica por pretendido e ilustrativo glamour a ser dado em publicidade autopromocional, por aqueles que, desprovidos de competência para auferir aplausos curriculares por méritos intelectuais, buscam o brilho fácil e fugaz dos holofotes midiáticos, a qualquer custo e por qualquer meio.

Como senhor da minha consciência e dos meus atos, sei do meu mais absoluto distanciamento dos fatos versados na desastrada acusação. Até as pedras em Alagoas testemunham a inexistência de qualquer envolvimento de minha parte em tudo o quanto ali narrado. Aliás, de tão manifesta a ausência de ilícitos a mim vinculados, a Procuradoria da República em Alagoas, mais próxima da realidade local, responsavelmente, já havia requerido o arquivamento dos autos por ausência de conduta criminal típica.

Vítima de retaliações pelos procedimentos abusivos e arbítrios já denunciados, em estado policialesco, continuarei firme na intransigente busca da defesa e da retomada das liberdades fundamentais de todo cidadão, garantidas em um Estado Democrático de Direito e pilar da sociedade livre.

Fernando Collor de Mello

Senador da República"

Saulo Poncio postou em seu stories do Instagram que a babá de seu filho Davi, fruto de seu relacionamento com a influencer Gabi Brandt, tirou se querer o lacre do calçado da criança. A questão é que o lacre faz parte do design no sapato, mas Solene Angelo não sabia. A cena viralizou na internet e apesar de todos estarem rindo nos registros, não chegou de maneira muito pacífica para alguns internautas.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Muitos usuários foram até o Twitter comentar o ocorrido e na noite da última sexta-feira, dia 11, a renomada babá resolveu se pronunciar com o ocorrido e explicar que tudo não passou de um mal entendido, e que a família a tratava muito bem:

Sim senhora Barbosa, foi verdade, cortei o lacre, eu não sabia! Mas eles me amam e não me trataram mal por isso de maneira alguma! Se fosse algum patrão estúpido que já tive antes teria me tratado mal sim por isso, mas eles não, são gente de Deus!, escreveu em sua conta.

Uma internauta saiu em defesa de Solene e passou a fazer uma série de publicações, uma delas dizia:

Antes de sair por aí falando groselha sem saber, dá uma pesquisada em quem é Solene Angelo, a babá dos Poncio, ela ganha mais que quase toda a minha timeline, é escritora, palestrante, fez do seu trabalho um negócio bem sucedido. Ela existe, tem nome, é uma mulher f****, dona de si.

Um seguidor respondeu:

Ela pode ganhar um milhão de reais, a questão é a ridicularização.

E então Solene decidiu responder a esse comentário, deixando claro que não se sentiu mal com a situação:

Acreditem quem quiser, mas sou feliz demais aqui, já sou quase Solene Poncio! Eles me tratam aqui com muito respeito e carinho, eu sou apaixonada por Davizinho e ele por mim. Aqui todos me amam!

E continuou:

Na hora fiquei nervosa porque sou profissional e não gosto de cometer erros, mas falhar é humano, e eles não me puniram nunca por isso! E me acalmaram depois rindo os dois, eu amo muito senhor Saulo é dona Gabi e meu bebê Davizinho, ele é minha vida, amo como se fosse meu filho!

Repercussão

Além de diversos seguidores e fãs, quem também se pronunciou sobre o caso foi a chefe de cozinha Paola Carosella. Apesar de bem discreta e sucinta, seus seguidores pegaram a indireta:

Pode tirar meu lacre a vontade, não preciso dele, escreveu em sua conta do Twitter.

[@#galeria#@]

Logo no início da manhã desse sábado (12), devotos de Nossa Senhora saíram para o Círio Fluvial – a terceira romaria oficial –, que sai do Trapiche do Distrito de Icoaraci com destino à Escadinha da Estação das Docas. A Imagem Peregrina é levada no navio Garnier Sampaio, da Marinha do Brasil, responsável por também fazer a organização e controle de toda a romaria fluvial, que durou duas horas.

##RECOMENDA##

A romaria envolveu pouco mais de 300 embarcações. Do total das 307 inscritas, 30 são de grande porte (400 passageiros ou mais). Há ainda cerca de 80 motos aquáticas. Este ano, o cadastro realizado pela Capitania dos Portos foi mais criterioso e cerca de 40 embarcações garantiram apoio logístico.

Durante a romaria, vários elementos foram analisados. Principalmente equipamentos de segurança em número adequado, superlotação, presença de materiais explosivos ou combustíveis. O Círio Fluvial é um dos eventos mais importantes da festa nazarena em Belém.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando